O prefeito acompanhou, nesta quarta-feira (25.09), as equipes da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) na vistoria da primeira empresa a testar o novo modal de transporte turístico, em substituição às charretes com tração animal. Uma comitiva da prefeitura, acompanhada por secretários municipais e empresários, percorreu ruas do Centro Histórico e o teste serviu para avaliar a adequação do veículo ao pavimento. Além disso, outros itens estão sendo avaliados pela CPTrans, como a segurança dos passageiros e a resistência mecânica. O veículo, que é elétrico, também deve atender ao design histórico exigido pela comissão que acompanha o processo de transição das vitórias. Este veículo vai permanecer em avaliação prática e operacional pelos próximos 15 dias, podendo ser prorrogado a critério da Companhia.

Segundo o poder público, a iniciativa respeita o resultado do plesbicito, determinando o fim da tração animal em março. Mas também é importante a manutenção do serviço turístico, por isso, os testes estão sendo acompanhados de perto pela CPTrans, garantindo o máximo de segurança dos passageiros.

Após o chamamento público feito pela prefeitura neste mês, 12 empresas se cadastraram no teste de operação do serviço. A CPTrans está organizando um calendário de avaliações para atender a cada instituição. "Os passeios com os novos veículos podem ser feitos por qualquer pessoa. É importante ressaltar que todos os deslocamentos serão acompanhados pelas nossas equipes. Estamos considerando a relevância cultural do serviço turístico prestado por vitórias na cidade", explica o diretor técnico e operacional da companhia, Luciano Moreira.

O objetivo do novo serviço é manter a tradição dos passeios pelo Centro Histórico aliando a tecnologia e a segurança. "Essa é a primeira carruagem elétrica feita em Petrópolis. É um produto 100% da nossa cidade, do nosso país. Buscamos manter o modelo tradicional das antigas vitórias, mas atendendo aos quesitos de segurança indicados pela CPTrans", garante a responsável pelo primeiro veículo testado, Mari Andrada.

O fim do uso dos cavalos para tração das charretes foi escolhido por 117 mil pessoas. Após homologação do resultado pelo TSE, a prefeitura decretou a extinção da atividade, em março desse ano.

O Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) – que é o próximo passo da implantação do serviço após a realização dos testes – contempla preferencialmente a utilização da mão de obra dos antigos condutores das vitorias de tração animal, conforme explicado em reunião pública na CPTrans na terça (24). "Existe a necessidade de avaliação para que a gente pontue possíveis mudanças nos modelos apresentados. Vamos elaborar relatórios de cada empresa, de acordo com os testes realizados", completa Luciano.

Comitiva da Enel X acompanha o teste dos veículos

Uma comitiva da Enel X também acompanhou os testes dos veículos. A empresa pretende ajudar na popularização dos veículos elétricos e vem expandindo sua atuação em serviços relacionados em vários países. "Esse é um assunto que nossa empresa tem grande experiência e queremos ajudar a colocar em prática em Petrópolis. Nossa equipe vai estudar maneiras de agregar valor a esse serviço, como a instalação de locais para a recarga de energia, por exemplo", disse o executivo chefe da empresa de serviços na América do Sul, Simone Tripepi.

Novidade repercute positivamente entre os protetores de animais

A ativista e defensora do direito dos animais, Luísa Mell, parabenizou o município pela iniciativa. No seu Instagram, ela publicou que “Ainda dá tempo de construirmos um mundo justo, ético e com respeito a natureza e aos animais. Que sirva de exemplo e incentivo para outras cidades que ainda usam charretes puxadas a cavalo”.

 Documento foi apresentado nesta quarta-feira (25.09), Dia Nacional do Trânsito e encerra a programação da Semana dedicada ao tema

A CPTrans apresentou nesta quarta-feira (25.09), Dia Nacional do Trânsito, a edição 2018 do Anuário Estatístico de Acidentes de Trânsito. O evento foi realizado na Casa da Educação e contou com a presença de autoridades e sociedade civil. O documento consolida os dados sobre mortes, vítimas, frota e locais onde os acidentes foram registrados. Petrópolis teve redução de 38,1% no número de óbitos entre 2017 e 2018, aumento no número de acidentes em 9,8% no mesmo período e crescimento de 81,7% da frota em 15 anos. O evento também foi marcado pela apresentação de alunos da Escola Municipal Arnaldo Dycjerhoff, que fizeram uma performance temática sobre o trânsito. O anuário já está disponível no site da CPTrans: www.petropolis.rj.gov.br/cptrans.

Dados consolidados no anuário apontam a redução significativa no número de óbitos por acidente de trânsito: enquanto em 2017 foram registradas 42 mortes em Petrópolis, em 2018 foram 26. Apesar disso, o número geral de acidentes de trânsito cresceu de 1.776 para 1.950. O percentual de vítimas também registrou aumento. Foram 1.589 registros contra 1.713 no ano passado – 7,8% a mais. O documento ainda aponta que são os motociclistas as principais vítimas de acidentes de trânsito, considerando que apenas 17% da frota total são motocicletas. Eles representam 48,93% do número total de vítimas, ou seja, são 869 pessoas.

“Número que se agrava quando falamos sobre os óbitos registrados com este tipo de modal, que representam metade das 26 mortes, ou seja,13 mortes. No anuário a gente também traçou o perfil das vítimas desses acidentes: 79,5% são homens e 20,3% de mulheres, sendo que 32,1% deste total – a maioria – tem idade entre 21 e 30 anos. Já quando falamos do perfil considerando todos os modais há uma pequena alteração com 73,3% de vítimas homens e 24,9% de mulheres – 1,8% não teve o sexo informado. A faixa etária que mais sofre acidentes também tem entre 21 e 30 anos de idade (27,3%)”, explicou Iza Machado, chefe do setor de estatística da CPTrans ao apresentar o anuário.

Outro ponto avaliado no anuário são os tipos de acidentes, sendo a maioria colisão (680), seguido por abalroamento (360), queda de moto (298), choque (250), atropelamento (178), capotamento (86), tombamento (42) e queda de bicicleta (3). Acidentes não identificados foram 53. O documento apresenta, pela primeira vez, informações do DPVAT. De acordo com os dados dos sinistros pagos no município em 2017 e 2018 se percebe queda nas indenizações de morte (-34,6%), que é percentual superior ao índice nacional. Para os sinistros referentes à invalidez permanente a queda foi de -7,6%, índice também abaixo do nacional.

Houve a redução no número de mortes, mas ainda é necessário um esforço coletivo para mudar o cenário que hoje é de acidentes: uma média de 5,34% sinistros por dia. A CPTrans tem atuando com ações de conscientização constante, um setor específico de Educação para o Trânsito dentro da CPTrans, que tem um trabalho continuado com o público que vai desde às crianças até as empresas que fazem solicitações para palestras e eventos, além de atividades como panfletagem e abordagens à população para tratar sobre esse assunto.

O anuário também apresenta as vias com maior número de acidentes em 2018. A Estrada União e Indústria é que mais houve registro, seguido da Avenida Barão do Rio Branco, Rua Bingen e Coronel Veiga. No entanto, é preciso considerar a extensão das ruas – enquanto umas tem vários quilômetros, outros, bem menores, concentram maior número de acidentes. Desta forma, esse recorte também foi feito no anuário chegando a conclusão que a Avenida Barão do Rio Branco foi a que mais teve acidentes no ano passado, seguida da General Rondon, Coronel Veiga e Rua Bingen voltando a aparecer nesse índice e, por fim, a Rua do Imperador.

O comandante do Corpo de Bombeiros, Gil Kempers, que participou da apresentação do anuário, destacou o papel da CPTrans em fomentar o trabalho de conscientização. "Esse é um trabalho que precisa ser de todos. Não somente do poder público, mas cada um precisa fazer a sua parte, trabalhar para que tenhamos uma realidade diferente. Temos altos índices de acidentados com motos, por exemplo, e a maioria dos motociclistas sem habilitação. Isso é um problema sério. Nesta semana mesmo, houve um caso de um atropelamento onde o motociclista estava sem a carteira. Então, é importante que todos trabalhemos juntos para mudar esse cenário", destacou.

Os dados foram consolidados com informações do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Secretaria Municipal de Saúde. A Secretária de Educação, Marcia Palma, também participou da apresentação, assim como o vereador Silmar Fortes.

Categoria A no Mapa do Turismo Nacional e com 2 milhões de visitantes por ano, Petrópolis foi escolhida para sediar o 2º Convention Business Tour, importante evento do setor de turismo, que reúne empresários em palestras, talks para troca de experiências, área de expositores e sessão de negócios. O prefeito prestigiou a abertura do evento, que aconteceu nesta quarta-feira (25.09), no Sesc Quitandinha. A solenidade também reuniu autoridades e representantes do segmento de turismo de Teresópolis, Nova Friburgo, Guapimirim e Cachoeira de Macacu.

O Convention Business Tour visa a integração e valorização entre as regiões, estimulando o desenvolvimento integrado de projetos e negócios na Serra Verde Imperial. A iniciativa é dos Conventions & Visitors Bureau, promovido pelo Sebrae, com apoio do Mercoserra e do Sesc. A escolha de Petrópolis para sediar a segunda edição, comprova o crescimento do setor no município e a importância do segmento para a economia.

Com uma programação ampla, o evento ofereceu palestras, talks para troca de experiências, stand com expositores e sessão de negócio. “Mais importante que a sessão de negócios, é o fortalecimento da união das regiões. A integração é vital para potencializar a Serra Verde Imperial. A parceria com o poder público também fortalece as instituições e melhora toda a região”, frisou o presidente do Petrópolis Convention & Visitors Bureau, o empresário Samir El Ghaoui.

“É a primeira vez que participo de um evento deste porte. Estou muito animada com a rodada de negócios e com o networking que podemos fazer aqui. Neste espaço podemos divulgar e conhecer as outras regiões”, contou a secretária do Sindicato de Hotéis e Restaurantes de Nova Friburgo, Márcia Pereira.

Petrópolis recebe 2 milhões de visitantes por ano, o setor do turismo representa 6% do PIB anual, o que equivalente a R$ 760 milhões. As principais festas injetam cerca de R$ 400 milhões na economia e chegam a receber, juntas, mais de 1 milhão de pessoas.

Com rico patrimônio preservado com prédios, casarões e igrejas do século XIX e início do século XX, a cidade tem no circuito histórico-cultural o seu carro-chefe, mas oferece também opções de ecoturismo, turismo rural, turismo de compras, gastronômico, cervejeiro e religioso. São 117 meios de hospedagem e 6.325 leitos disponíveis. O município conta ainda com quase 300 restaurantes e mais de 40 atrativos turísticos.

Estiveram presentes no evento representantes do Sesc Quitandinha, Sebrae, Senac, Mercoserra, GE Celma e Polícia Militar de Teresópolis.

Município avança para ter R$ 20 milhões aprovados para contratação com a Caixa dentro do programa de Financiamento para Infraestrutura e Saneamento

A proposta foi apresentada a vereadores, que vão analisar projeto de lei para autorizar a linha de crédito

Petrópolis está próxima de receber aprovação para ter acesso a operações de crédito no valor de R$ 20 milhões junto à Caixa Econômica Federal. Os valores, que serão obtidos dentro do programa de Financiamento para Infraestrutura e Saneamento (Finisa), vão ser usados para pavimentação em vias da cidade. O projeto foi apresentado em uma reunião com representantes do banco público, que contou ainda com a participação de vereadores e secretários municipais.

O Finisa permite investimentos em uma série de obras, como por exemplo, de pavimentação. A prefeitura não precisa apresentar projetos para análise do banco, apenas deve fazer a prestação de contas sobre a utilização dos recursos conforme estabelecido dentro do programa. Os recursos para o município virão de duas cartas de crédito que estão fase final de análise por parte do banco público. Para aprovação do financiamento, é necessário que a Câmara de Vereadores aprove uma lei autorizando a operação de crédito – o projeto de lei já foi enviado à Câmera. Na reunião, os representantes do Legislativo puderam esclarecer alguns pontos sobre o programa.

De acordo com os representas da Caixa, já foram feitas operações de financiamento dentro do Finisa com mais de 500 municípios em todo país.

“É importante ficar claro para os vereadores que a Caixa fez uma avaliação de risco e a prefeitura tem hoje condições de obter esse crédito.A prefeitura só está podendo ter acesso a essa linha de crédito porque a Caixa está fazendo análise de risco há algum tempo,temos feito reuniões periódicas. A prefeitura tinha um “rating” (classificação de risco financeiro) muito ruim no início da gestão e veio melhorando chegan agora no ponto de poder contratar uma operação de crédito junto à Caixa”, afirmou o gerente geral da Caixa, Pedro Mattoso.

O município já fez a manutenção viária de 197 ruas em 45 bairros de todos os distritos de Petrópolis neste ano dentro do programa Mais Asfalto, um investimento de R$ 2,3 milhões. No ano passado, foram 140 ruas atendidas só no último trimestre. O programa ainda fez a pavimentação completa de sete quilômetros de nove vias do Centro. A prefeitura já planeja o investimento de R$ 18 milhões de recursos em manutenção viária para os bairros e ainda até R$ 2,8 milhões em emendas para pavimentação de mais nove ruas no Centro, Castelânea e Carangola.

O Programa Petrópolis Iluminada iniciou o trabalho de substituição de lâmpadas comuns por luminárias de LED na Rua Teresa. Na noite desta terça-feira (24.09), foram instaladas seis luminárias. O trabalho terá sequência nesta quarta (25.09) à noite, caso não volte a chover – motivo que forçou a interrupção do serviço planejado para o primeiro dia de atuação no polo de modas. Estão programadas a colocação de 67 luminárias no trecho entre a Rua Aureliano Coutinho (na altura da Rua Visconde de Bom Retiro) e o posto da Polícia Militar no Alto da Serra.

Esse é um trabalho extremamente importante para toda cidade e, claro, também para a Rua Teresa. É o maior polo de modas de Petrópolis, com centenas de lojas, que já teve uma parte atendida este ano com a colocação de LED, mas agora o serviço vai se estender até o Alto da Serra. É um trecho muito movimentado sempre e a nova iluminação terá um impacto muito significativo na segurança e no conforto de todas as pessoas.

O planejamento para esta fase é de instalação de LED em oito ruas do Centro (depois da Rua Teresa, passará por Floriano Peixoto, Alberto Torres, Dom Pedro, Barão de Teffé, Nilo Peçanha, Av. Ipiranga, Dr. Joaquim Moreira) e também está programado para alcançar a reta de Itaipava. No total, são 442 luminárias nesta etapa.

As luminárias de LED iluminam mais e consomem menos energia, além de demandarem menos manutenções – por isso, com a instalação da tecnologia, a rede de iluminação pública está se tornando mais eficiente. Esse processo começou no ano passado e, somando as duas etapas do serviço já realizadas (2018 e 2019), 500 luminárias foram colocadas em 28 ruas da cidade.

Em outra frente, o Programa Petrópolis Iluminada fará a extensão de rede de iluminação pública em pelo menos 510 locais, já com luminárias de LED, e também levará a tecnologia para bairros, sobretudo para ruas que servem de itinerário para linhas de ônibus que atendem as comunidades.

A prevenção de desastres de origem natural inserida nas salas de aula de escolas estaduais. Este será o objetivo do Defesa Civil Jovem, programa que será lançado nesta quinta-feira (26.09), às 10h, na sede da pasta, que fica na Rua Buarque de Macedo, 128, no Centro. A iniciativa vai capacitar 100 alunos do ensino médio para que se tornem monitores do Defesa Civil nas Escolas em suas instituições de ensino e em escolas com ensino fundamental e educação infantil. O programa conta com o apoio do grêmio estudantil do C.E. Princesa Isabel.

Além dos estudantes do C.E. Princesa Isabel, serão capacitados alunos do C.E. Rui Barbosa, C.E. Cardoso Fontes e o D. Pedro II.

"Uma grande parte dos petropolitanos já presenciou alguma ocorrência causada pelas chuvas fortes, seja um deslizamento de terra ou alagamento. Acredito que as turmas estarão engajadas também nesse assunto", disse Everton Dias, presidente do grêmio estudantil do C.E. Princesa Isabel.

No primeiro semestre deste ano, o Defesa Civil nas Escolas envolveu mais de 20 mil alunos em 631 atividades. Os trabalhos foram desenvolvidos em todas as 180 unidades da rede municipal, além de outras 30 particulares e outras duas estaduais. Os alunos trabalharam as ameaças de inverno. O Defesa Civil Jovem será criado para ampliar esses números, atendendo mais estudantes.

Evento conta com a parceria da Secretaria de Saúde que fará a verificação e atualização das cadernetas de vacina

Os moradores do bairro Duques vão receber este sábado (28.09) a sétima edição da Ação Social que levará diversos serviços para os moradores na Escola Municipal Odette Fonseca, na BR-040. Como nos eventos anteriores, além dos serviços disponibilizados pela Secretaria de Assistência Social, a Secretaria de Saúde participa com a verificação e atualização das cadernetas de vacina. Quem buscar o serviço deve comparecer com o cartão de vacina. A ação será realizada das 9h às 14h.

Cerca de 2 mil pessoas já foram atendidas este ano durante as Ações Sociais. A última foi realizada no último dia 14, no Bairro Esperança.

O evento agiliza a obtenção de documentos de identidade, a população é orientada sobre os benefícios aos quais conseguem acesso pelo CadÚnico, Cadastro Único para inserção em programas sociais, consegue informações sobre o balcão de empregos, esclarecimentos da Defesa Civil sobre construções, do CRAM sobre a prevenção a violência contra a mulher, além de atendimentos em saúde com avaliação nutricional, aferição de pressão e glicose, além do teste rápido para a identificação de infecções sexualmente transmissíveis.

O corte de cabelo é um dos grandes atrativos no evento e conta com o apoio voluntário de cabeleireiros e barbeiros.  Em cada ação um número entre 300 e 400 pessoas são atendidas.

Em 2018 foram realizadas 16 Ações Sociais por vários bairros da cidade. Ao todo, 10 mil pessoas foram atendidas pelos diferentes serviços oferecidos durante os eventos. Este ano, o evento já percorreu os bairros Pedro do Rio, Caxambu, Comunidade do Alemão, Oswaldo Cruz, Independência, Espírito Santo e também estão programadas ações na região de  Araras, Atílio Mariotti e outras.

CPTrans, Guarda Civil e Polícia Militar realizaram uma operação conjunta nesta quarta-feira (25.09) para coibir o transporte irregular de passageiros na cidade. A ação que destacou 15 agentes ocorreu no Retiro no período da tarde. Nesta fase da ação o objetivo é abordar, notificar e conscientizar os motoristas para que se adéquem às legislações vigentes, em caso de irregularidade constatada. A operação busca evitar o transporte pirata na cidade, garantindo a segurança dos usuários e teve foco em motoristas de vans escolares, aplicativos de smartphone e taxistas que não estão em dia com as licenças exigidas pelo município. Essa foi a primeira fase da operação, que será continuada em diversos pontos da cidade.

Secretários municipais participaram nessa semana da Fepro – feira de profissões realizada pela Cruzeiro do Sul – instituição especializada em educação à distância, realizado nesta terça-feira (24.09). O evento ocorreu na Casa da Educação Visconde de Mauá. A feira teve como tema “A importância e os desafios da educação no Brasil”.

Na ocasião, a secretária de Educação, Marcia Palma falou com jovens matriculados no ensino médio sobre a importância da continuidade dos estudos. “Não se sintam pressionados a escolher uma carreira. Tenham certeza de que fazer o que se gosta é o melhor. Avaliem as possibilidades e não desanimem. Estudar nos traz conhecimento, mas, também, experiências maravilhosas”. 

O superintendente de Esportes e Lazer, Leandro Kronemberger, falou sobre a atuação e atribuições do professor de educação física. Ressaltou também as ações realizadas pelo governo municipal que geram empregos e oportunidades na área, como o Agita Petrópolis e o Festival das Comunidades.

Já o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá palestrou sobre os direitos dos consumidores, falou sobre as políticas consumeristas e destacou a importância das denúncias e das ações de fiscalização. “A prioridade do órgão, hoje, é o consumidor. Dá o suporte necessário para a população. Temos focados em iniciativas que agregam e focado em na educação da população enquanto consumidor”, destacou.

Agendamentos já podem ser realizados nas unidades de saúde para consultas ao longo de todo o mês

A Secretaria de Saúde se prepara para intensificar as ações de conscientização do Outubro Rosa, ocasião em que são fortalecidas as medidas de promoção de saúde da mulher. O Dia D será realizado no sábado, 5 de outubro, quando 47 unidades de saúde estarão com as portas abertas, das 8h às 17h, com oferta de consultas para a coleta de preventivos, rastreamento do câncer de colo de útero e mama, além de palestras e orientações sobre o cuidado com a saúde. Os agendamentos das consultas estão sendo feitos em todas as unidades de saúde para atendimentos no dia da campanha e ao longo de todo o mês.

Essa é uma ação de grande importância para a promoção da saúde da mulher. A rede vai mais uma vez estar preparada para intensificar os atendimentos. Assim como nos anos anteriores, a campanha Outubro Rosa tem um dia de intensificação, mas as ações são realizadas ao longo de todo o mês. Em 2018, em todo o mês de outubro foram realizados 2.706 atendimentos voltados para a saúde da mulher. Esse montante atingiu um atendimento 88% maior do que a média mensal no ano passado. Somente no Dia D, foram realizadas 1.259 consultas.

A estimativa é de que também haja grande adesão, tendo em vista que faltam 10 dias para o evento e todas as unidades já trabalham para os agendamentos das consultas. “Esse é um dia que todas as nossas equipes se juntam para realizar os atendimentos. É uma oportunidade para quem precisa colocar os exames em dia e para quem já faz o acompanhamento com regularidade vai ter a chance de participar de palestras e ações para mais orientações”, destaca a secretária de Saúde Fabíola Heck, reforçando que a prevenção é o melhor cuidado para a saúde.

Assim como todas as doenças, o diagnóstico precoce de câncer é fator de grande relevância para a recuperação do quadro clínico. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de mama é o segundo que mais afeta as mulheres no mundo e no Brasil, perdendo apenas para o de pele não melanoma. Segundo os estudos apresentados, o câncer de mama corresponde a 25% dos novos casos a cada ano. No Brasil, esse percentual é de 29%. Em 2018 foram estimados 59.700 casos novos de câncer de mama no Brasil. Os homens, em índices bem inferiores, também são acometidos pela doença, correspondendo a 1% dos casos. Já o câncer de colo do útero é o terceiro tumor maligno mais frequente na população feminina no Brasil.

As ações do Outubro Rosa no município vão contar com o apoio da Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO) que vai realizar palestras sobre a prevenção do câncer pelas unidades de saúde.

No dia 5 de outubro, 47 postos irão funcionar para o atendimento das mulheres nas unidades localizadas nas comunidades de:

Águas Lindas, na Estrada do Palmital, n.º 768 – Nogueira

Alto da Serra I/II/III/IV, na Rua Teresa, 2024 (Praça Miguel Couto)

Alto Independência, Rua Ângelo João Brand, S/Nº (Em frente a Igreja Universal)

Alto Siméria, na Rua Manuel Francisco de Paula, S/N. º

Amazonas I/II, na Rua Alagoas, s/n (esquina Rua Amazonas)

Ambulatório Escola, na Rua Hivio Naliato, 899 – Cascatinha

Araras, na Estrada Bernardo Coutinho, N º 2256

Bairro Castrioto, na Rua Santa Rita de Cássia, n.º 114

Bataillard, na Rua E, nº 35 – Parque Residencial Mosela

Boa Vista, na Rua Henrique João da Cruz, n.º 300

Boa Esperança, na Estrada Ministro Salgado Filho , S/N.º- Cuiabá

Bonfim, na Estrada do Bonfim, S/N.º

Brejal, na Estrada do Brejal, KM 06 Posse

Carangola I/II, na Estrada do Carangola, 860

Castelo São Manoel, na Rua Capitão João Amâncio de Souza Coutinho, nº 436

Caxambu, na Estrada José de Almeida Amado, S/N.º

Comunidade 1º de Maio, na Estrada Philúvio Cerqueira Rodrigues, KM 05

Comunidade 24 de Maio, na Rua 24 de Maio, 197

Comunidade Menino J. Praga, na Rua João Xavier, Nº 269

Comunidade S. João Batista, na Rua Luiz Winter, n.º 560, Duarte da Silveira

Dr. Thouzet, na Rua Doutor Thouzet, nº 609 – Quitandinha.

Estr. da Saudade I /II, na Estrada da da Saudade, 160

Fazenda Inglesa, na Estrada da Fazenda Inglesa , S/N.º

Jardim Salvador, na Rua Juiz Castro e Silva , nº 33

Itaipava, na Estrada Philúvio Cerqueira Rodrigues, S/Nº - Ao lado da Águas do Imperador

Itamarati, na R. Bernardo Proença, 32

Lajinha, na Estrada das Arcas , N.º 1.817 , Itaipava

Machado Fagundes, na Rua Dr. Paulo Hudge , n.º 238

Meio da Serra, na Estrada Velha da Estrela, S/Nº - Próx. E.M. Pedro Amado

Moinho Preto, na Rua João Xavier , n.º 2.109 – A

Morin, na Rua Pedro Ivo, n.º 81 – Morin

Mosela, na Rua Mosela, 744

Pedras Brancas, na Rua Pedras Brancas, nº 1.190

Pedro do Rio, na Estr. União Indústria, 16.471

Posse I /II/III, na Estrada União Indústria, Nº 33.530 – Posse

Santíssima Trindade, na Rua Lopes de Castro, nº 101

São Sebastião I/II, na Rua São Sebastião, nº 625

Sargento Boenning, na Estrada do Paraíso (Cond. Jardim Passaroto) - lote 68 – Castelânea

Secretário, na Rua Visconde de São Bernardes, n.º 320

Vale do Carangola, na Estrada Sertão do Carangola, S/N.º

Vale das Videiras, na Estrada Almirante Paulo Martins Meira, Nº 8.201

Vila Felipe, na Rua Ermínio Schimidt , S/N.º

Vila Rica, na Rua A, ao lado da quadra 28 , Vila Rica

Vila Saúde, na Rua Santa Catarina, n. º 23, Quadra 41.

A Casa da Educação Visconde de Mauá está com novidades: alunos do ensino fundamental II que estiverem com dificuldades em matemática poderão participar de aulas de reforço na Casa. As inscrições podem ser feitas na secretaria do espaço, que fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 03. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

As aulas ocorrerão nas quintas-feiras, das 13h30 às 16h – o horário dos alunos será ajustado de acordo com a demanda. O atendimento será para os estudantes matriculados do 6º ao 9º ano do ensino fundamental em escolas da rede municipal.

A secretaria de Educação salienta, ainda que, na Casa, também estão sendo realizadas oficinas de Jogos Matemáticos e Letramento Lúdico. As atividades serão dirigidas aos estudantes do ensino fundamental I – 1º ao 5º ano – a ainda há vagas para essa oficina.

As turmas das oficinas de letramento e jogos matemáticos funcionam em dois dias, terças e quartas. No turno da manhã: das 8h às 9h40 – 1º ao 3º ano e das 9h50 às 11h30 – 4º e 5º anos. Na parte da tarde as aulas ocorrem das 13h às 14h40 para 4º e 5º anos e das 14h40 às 16h20 para os alunos do 1º ao 3º ano.

“Além dessas oficinas, a Casa da Educação também oferece aulas de alemão, Informática, Musicalização Infantil, Teatro, Ballet e violão, entre outras. A Casa está de portas abertas para receber novos alunos”, afirma a diretora da Casa da Educação, Maria Fernanda Secco.

Ensino fundamental, merenda, Seminário Municipal de Educação e patrimônio foram os temas do encontro

Dando continuidade ao curso de Gestão Escolar que vem sendo oferecido pela Secretaria de Educação para os diretores das 183 unidades educacionais da rede municipal, o 6º módulo foi realizado nesta quarta-feira (25.09) na UCP. Desta vez, os temas abordados foram: Ensino fundamental, merenda, Seminário de Educação e patrimônio.

Com relação ao Departamento de Ensino Fundamental, a responsável pelo setor, Gloria Maria Vargas, falou com os diretores sobre os ciclos de formação alinhados à BNCC – Base Nacional Comum Curricular. “No próximo ano serão realizadas formações com o intuito de fortalecer a política de alfabetização de acordo com a BNCC, seguindo a proposta curricular, tudo para garantir a troca de informações e o suporte necessário para o funcionamento da rede”, disse Gloria.

Outro assunto abordado durante o encontro foi o Seminário Municipal de Educação 2019 que será realizado nos dias 23, 24 e 25 de outubro. Durante o evento, as unidades terão a oportunidade de apresentar projetos realizados com os alunos e que tiveram resultados positivos. “A ideia é a de promover a troca de informações entre os gestores, discutir os planejamentos pedagógicos e mostrar as atividades de sucesso da rede”, afirmou Simone Malheiros, responsável pelo Departamento de Educação Infantil.

A equipe da Gerência de Alimentação Escolar também participou do curso e apresentou as formas de preenchimento dos relatórios mensais, mapa da merenda, além de dar orientações sobre o recebimento de produtos nas escolas. Já o setor do Patrimônio tirou as dúvidas sobre recolhimento de bens que não são mais utilizados, tombamento de bens e requisição de novos materiais para as unidades da rede municipal.

Mais de 100 alunos da escola Municipalizada Hercília Moret, em Corrêas, participaram da palestra de conscientização sobre a violência contra a mulher, ministrada pela equipe do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram), que é subordinado ao Gabinete da Cidadania. A ação, que aconteceu nesta terça-feira (24.09), faz parte do Projeto Mulher 365 dias, que visa alertar a população sobre a violência doméstica e apresentar todas as ferramentas que o equipamento possui para assistir as vítimas.

Durante o encontro, os jovens puderam esclarecer dúvidas sobre a Lei Maria da Penha, os tipos de violência e os diretos que as mulheres possuem. As questões jurídicas foram explanadas pela advogada do Cram, Ana Luiza Franco, e as questões de estrutura e assistência foram ressaltadas pela coordenadora do órgão, Cleo de Marco.

O Cram possui uma equipe multidisciplinar e oferece gratuitamente assistência social, jurídica e psicológica para mulheres que sofreram qualquer tipo de agressão. O trabalho acontece também em parceria com as delegacias, secretarias e equipamentos da rede.

“Além do trabalho de conscientização, trabalhamos em parceria com as delegacias da cidade, e ligamos para todas oferecendo nosso acolhimento que é gratuito. Queremos proteger essa vítima que já está em uma situação vulnerável. Estamos alertando para que as mulheres não desistam do processo contra os agressores, para que sua integridade seja preservada”, frisou a coordenadora do Cram, Cleo de Marco.

O Cram funciona de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h, na Rua Santos Dumont, 100 – Centro. É possível entrar em contato pelo telefone 2243-6152 ou, em caso de emergência, pelo número (24) 98839-7387. Outras formas de contato para a mulher que sofrer alguma violência é o Disque 180.

Valores dos remédios devem obedecer a planilha da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos

Operação Tarja Preta já realizou ação no Centro, quando duas drogarias foram notificadas

Ação realizada nesta terça-feira (25.09) em quatro farmácias do município verificou se o preço de 12 medicamentos obedecia ao preço máximo estipulado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, vinculado à Anvisa. O objetivo foi verificar se havia irregularidades nesses estabelecimentos para garantir que o valor final cobrado ao cliente não estivesse acima do estabelecido. Durante a ação, nenhuma das drogarias foi flagrada cometendo a irregularidade.

A operação Tarja Preta foi iniciada em julho, quando 12 farmácias do Centro foram vistoriadas. Dessas, duas apresentava preço acima da média permitida. Elas foram notificadas e se adequaram à legislação. Nesta etapa da operação, os estabelecimentos verificados foram a Drogarias Brasileiras, Venâncio Produtos Farmacêuticos, Farmácia HFM e Drogaria Descontão.

Denúncias sobre irregularidades podem ser feitas na unidade do Procon que funciona na Rua Dr. Moreira da Fonseca 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. Os telefones para contato são o 2246-8469 / 8470/ 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Há, ainda, a unidade de Itaipava, que fica na Estrada União e Indústria 11.860, no Centro de Cidadania. Os usuários também têm como opção o WhatsApp Denúncia pelo 92257-5837 e o site www.petropolis.rj.gov.br/procon e o serviço de mensagens da página Procon Petrópolis no Facebook.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Setembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo