Em reunião com Bernardo Rossi, Instituto Estadual do Ambiente informou ainda que fará obras no curso do Rio Santo Antônio e dará sequência ao projeto de revitalização do túnel extravasor do Rio Palatinato

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) vai retomar o serviço de dragagem de rios em Petrópolis. O compromisso foi afirmado pelo presidente do Inea, Cláudio Dutra, em reunião com o prefeito nesta terça-feira (24.09). De acordo com ele, o programa “Limpa Rio”, executado pelo órgão, voltará em outubro.

 “Nós vamos retomar o Limpa Rio no mês que vem e ideia é que a primeira cidade a ser atendida seja Petrópolis, pela importância que esse serviço tem para uma cidade que sofre com alagamentos em épocas de chuva”, afirmou o superintendente Regional do Piabanha (SUPPIB-INEA), Edmardo Campbell.

O Limpa Rio utiliza máquinas pesadas para fazer a remoção de sedimentos que podem atrapalhar o curso natural da água, como areia, pedras, mato ou mesmo lixo. Esses materiais podem contribuir para elevar os níveis dos rios e potencializar a possibilidade de transbordamentos.

A própria prefeitura já fez esse serviço em duas oportunidades, tanto em 2017 quanto no ano passado, com autorização do Inea. Na primeira etapa do trabalho feito pelo município, foram removidas mais de cinco mil toneladas de sedimentos. Já no segundo semestre de 2018, foram retiradas 450 toneladas apenas no entorno do Palácio de Cristal e quase 100 toneladas na Cel. Veiga.

Extravasor do Palatinato

Outra notícia do Inea comemorada pelo município foi a licitação concluída pelo órgão para contratação de uma empresa que vai elaborar o projeto de um novo túnel extravasor na região da Rua 13 de Maio e de revitalização do túnel extravasor do Rio Palatinato. A galeria será mais uma medida para mitigar os efeitos de chuvas fortes, evitando alagamentos no Centro Histórico. Já o extravasor que existe atualmente entre a Rua Souza Franco e a Pedro Elmer (Itamarati) tem três mil metros de extensão e tem problemas estruturais que precisam ser corrigidos.

A empresa contratada formulará os projetos em 16 meses e, depois disso, será aberto uma nova licitação para definir quem ficará responsável por executar as obras.

Requalificação do Rio Santo Antônio

Ainda na reunião desta terça-feira o Inea informou ao município que fará uma licitação para contratar uma empresa para fazer a requalificação do curso do Rio Santo Antônio, em Itaipava. Essas obras servirão para evitar o risco de inundações de casas como ocorreu em 2011.

Programa oferece isenção de juros e multas e opções de parcelamento em até 48 vezes

Contribuintes com pendências de IPTU, ISS e taxas, vencidos até 2018, que quiserem aproveitar as condições especiais do programa de regularização tributária – Fique em Dia, têm até domingo para comparecer à sede do clube Petropolitano e negociar os débitos em condições especiais. O programa oferece isenção de juros e multas, nos casos de pagamento à vista, além de opções de parcelamento em até 48 vezes – 4 anos. E quem optar pelos parcelamentos entre 4 e 12 vezes garante descontos que variam entre 80% e 50%. As negociações podem ser feitas até o próximo domingo (29.09). A estrutura funciona diariamente das 9h às 16h.

Os recursos arrecadados pelo programa serão investidos em áreas importantes para a população, como Saúde e Educação. “O atendimento é excelente. As pessoas são muito atenciosas. Fui muito bem recebido por todos. O atendimento foi rápido e o atendente muito educado e solícito, me mostrando todas as opções para que eu pudesse encontrar a melhor forma”, conta o aposentado Aristides Campos, que aproveitou o Fique em Dia para regularizar pendências de quatro imóveis.

A empresária Joyce Schwartz também elogiou o atendimento. “Foi excelente, bem rápido. Gostei muito das opções para negociação oferecidas e fiquei muito satisfeita com a flexibilidade das propostas”, destacou.

Após a negociação, a pensionista Lenia Lopes, deixou o setor de atendimento aliviada pela negociação. “O atendimento aqui foi maravilhoso. Tenho dois imóveis que estavam com dois anos de IPTU atrasados. Saio mais tranquila daqui, hoje. Em um deles eu fiz o pagamento à vista. No outro fiz o parcelamento em 12 vezes, que é a melhor forma para que eu possa pagar. O melhor é que consegui aproveitar os descontos. Agora estou tranquila”, disse.

Petrópolis tem 25 mil imóveis com débitos de IPTU e 3.858 empresas com pendências de ISS.  Se somados os débitos, o município deixou de arrecadar R$ 660 milhões em tributos - R$ 398 milhões referentes a processos acumulados entre os anos de 2008 e 2017 e já ajuizados em cartório para execução fiscal.

Desde o início dos atendimentos, no dia 2, até às 17h desta terça-feira (24), 6.235 atendimentos foram realizados e 4.290 negociações foram firmadas.

Contribuintes que optam pelo parcelamento entre 4 e 12 vezes garantem descontos dos juros e multas. No caso de parcelamento em quatro vezes, o contribuinte tem uma redução de 80% de juros e multas; em seis parcelas, o desconto é de 70%; em oito vezes, o desconto é de 60%, e quem optar pelo parcelamento em 12 meses ainda têm direito à redução de 50% de juros e multas. Em todos os casos é aplicada a atualização monetária sobre o débito originário. As parcelas devem ter valor mínimo de R$ 50, nos casos de pessoas físicas e R$ 100, nos casos de pessoas jurídicas.

Os devedores foram convocados por carta a regularizar seus débitos.  “Com o Fique em Dia o município está dando uma última oportunidade para que os contribuintes que têm débitos, consigam regularizar a situação, evitando problemas futuros, como a inscrição do nome nos cadastros de restrição ao crédito, bloqueio de contas e até mesmo o leilão do imóvel”, destaca o procurador Geral do município, Sebastião Medici.

A estrutura do Fique em Dia conta com 80 pessoas. Para dar mais tranquilidade aos contribuintes, durante o atendimento eles terão 90 minutos de estacionamento grátis, além de um espaço especial para diversão de crianças.

O programa de regularização tributária reúne as três esferas públicas: a prefeitura, o legislativo, na aprovação da lei para concessão de anistia, e ainda o Judiciário, representado pela 4ª Vara Cível. Todo trabalho é acompanhado pelo Judiciário, o que agilizará, por exemplo, a liberação de custas de processos para pessoas carentes que querem acertar as contas.

Serão instaladas 67 luminárias

O Programa Petrópolis Iluminada inicia a primeira etapa de instalação de luminárias LED nessa terça-feira (24.09) na Rua Teresa. Ao todo, 67 luminárias serão instaladas entre a Rua Aureliano Coutinho e o início da Rua Lopes Trovão – até a cabine da PM. A expectativa é de que o trabalho, que será feito durante a noite, dure sete dias. O assunto foi abordado durante um encontro entre o prefeito Bernardo Rossi e a diretoria da Associação da Rua Teresa (Arte), realizado nessa terça.

O serviço deverá ser executado entre 22h e 6h30, mas, se chover, o serviço precisará ser interrompido. O trabalho consiste na substituição de lâmpadas de vapor de sódio por luminárias de LED, tecnologia que traz maior iluminação e menos gasto de energia, além de demandar menos manutenções.

O trabalho será feito pela empresa Vitorialuz, que também faz a manutenção da rede de iluminação pública. As lâmpadas de LED têm 180 wattz – uma redução de consumo de 70 watz por luminária.

A presidente da Arte, Denise Fiorini, aprovou a iniciativa. “Melhorando a iluminação, garantimos segurança e maior movimento na rua no fim do dia, uma boa notícia para a Rua Teresa”.

Na segunda etapa do cronograma de instalação de luminárias do Programa Petrópolis Iluminada serão instaladas, ao todo, 233 luminárias de LED em pontos diferentes da cidade. Os próximos locais que receberão as luminárias: Rua Floriano Peixoto, Rua Alberto Torres, Avenida Dom Pedro I, Rua Barão Teffé, Rua Nilo Peçanha, Avenida Ipiranga, Rua Dr. Joaquim Moreira e Avenida Ipiranga.

O serviço também já passou pelos locais: Travessa Prudente Aguiar, Oscar Weinschenck, Irmãos D’Ângelo, Dr. Moreira da Fonseca, entorno da Praça Visconde de Mauá, Washington Luiz (trecho entre Duas Pontos e UPA Centro), General Osório, Marechal Deodoro, Aureliano Coutinho, Visconde do Bom Retiro, Paulo Barbosa, Dr. Porciúncula e Caldas Viana.

A prefeitura promoveu a manutenção da rede de escoamento de águas pluviais na Rua Madre Francisca Pia, na localidade Campo do Serrano, Quarteirão Ingelheim, nesta terça-feira (24.09). Uma equipe do setor de manutenção viária da Secretaria de Obras fez a substituição de uma manilha quebrada que abriu um buraco na via. Após a troca da peça, o local é reaterrado e tem o calçamento refeito. Neste ano, a Secretaria de Obras promoveu 324 ações de manutenção de redes pluviais em 37 bairros.

Em geral, a rede é danificada por ação da chuva e também por consequência do aumento da população e da corrosão das manilhas causada por reagentes químicos presentes na água. Os moradores constatam o problema quando há um buraco mais fundo na rua. É possível solicitar reparos na rede de águas pluviais pelos contatos: 2246-8620 / 2246-8621 (Centro e arredores); 2246-8701 / 2246-8625 (Distritos); ou 2246-8702 (Posse).

Rede já vem reestruturando o serviço para oferecer mais agilidade no atendimento em casos de morte natural

A Secretaria de Saúde atua em conjunto com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Polícia Civil no planejamento para a capacitação dos profissionais da rede pública para o registro de óbitos, quando não há indícios de violência e possível ocorrência criminosa. A iniciativa visa reduzir ainda mais o índice de encaminhamento de casos de morte natural para a perícia do Instituto Médico Legal (IML), garantindo assim maior agilidade na liberação dos corpos e menos traumas aos familiares. 

A proposta é evitar que casos de morte natural sejam encaminhados para a perícia do IML, que é voltado para casos onde há suspeita de crime. Para isso será elaborado um treinamento voltado para os profissionais que atuam nas unidades de urgência e emergência ou realizem o atendimento domiciliar. 

De acordo com a médica perita legista, Mary Laura Villar cerca de 20% dos casos encaminhados ao órgão poderiam ser liberados sem necessidade de avaliação do perito criminal. Em casos de morte natural, o próprio médico é habilitado a emitir a declaração de óbito. “A capacitação visa dar mais segurança para que o médico emita a declaração e entender quando o corpo deve ser encaminhado ao IML”, destaca Mary Laura. Para o IML são encaminhados os casos em que são encontrados sinais de violência, que podem caracterizar um suicídio, homicídio e acidentes ou os casos suspeitos, como de envenenamento, por exemplo.

A Secretaria de Saúde desde o mês de março implantou serviço que vem agilizando o atendimento a chamados para emissão de atestado de óbito em casos de morte naturais, em domicílio ou fora de unidades médicas. Um veículo foi disponibilizado ao SAMU especificamente para o encaminhamento do médico da unidade de saúde mais próxima até o local da ocorrência. “Com esse serviço conseguimos acelerar o atendimento para a emissão da declaração de óbito e liberação dos corpos. Essa capacitação só tem a agregar esse trabalho”, destaca a superintende da rede de urgência, emergência e hospitalar, Carla Kling.

Desde que foi criado, o serviço já atendeu 100 casos de atendimento em domicílio para a declaração de óbito em casos de morte natural. Com a capacitação a estimativa é de que os profissionais estejam ainda mais preparados para as emissões.

Explicar os próximos passos do processo de transição das vitórias de tração animal para um novo modal de transporte turístico. Esse foi o objetivo de uma reunião realizada nesta terça-feira (24.09) na Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) entre membros do governo, guias turísticos, Comtur e os charreteiros. Após o chamamento público feito pela prefeitura no último dia 16 de setembro, são 12 empresas cadastradas para os testes da operação do novo serviço, que começam a ser realizados nos próximos dias.

Os testes serão acompanhados pela CPTrans, a quem caberá acompanhar os deslocamentos dos novos veículos em via pública. Entre os elementos avaliados estão de segurança viária; aspectos de circulação e conduta; resistência mecânica; adequação ao pavimento, inclinação e demais configurações viárias. Após o período, serão criados relatórios individuais de cada empresa, que serão avaliados por uma comissão da prefeitura.

Esse é mais um passo da prefeitura para manter a tradição dos passeios pelo Centro, sem a utilização dos animais, o que foi definido após a realização do plebiscito em outubro do ano passado. O fim do uso de animais para tração das charretes foi escolhido por 117 mil pessoas. Após homologação do resultado pelo TSE, a prefeitura decretou a extinção da atividade, em março.

O Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) – que é o próximo passo da implantação do serviço após a realização dos testes – contempla preferencialmente a utilização da mão de obra dos antigos condutores das vitorias de tração animal, como explicou o diretor técnico e operacional da companhia, Luciano Moreira. "O objetivo é atender a todos os envolvidos nesse assunto. Existe uma recomendação na PMI para que as empresas contemplem preferencialmente os charreteiros", disse.

A prefeitura fez a remoção de 16 toneladas de entulho em Corrêas, nesta terça-feira (24.09). A Secretaria de Serviços atuou na Rua Álvaro de Azevedo, na subida que leva ao Hospital Alcides Carneiro. O local é alvo frequente de descarte irregular de entulho, o que obriga a pasta a trabalhar no local pelo menos a cada 15 dias. O prefeito acompanhou o serviço, que mobilizou cinco funcionários, dois caminhões e uma retroescavadeira.

Tanto Comdep quanto SSOP fazem a remoção de restos de obras, lixo verde, móveis e eletrodomésticos depositados em ruas e calçadas de forma irregular e já retiraram mais de 93 mil toneladas este ano até agosto. A Comdep faz o serviço com funcionários e maquinário próprios. Já a SSOP coordena o trabalho feito pela Força Ambiental.

O Código de Posturas proíbe o despejo de entulho em ruas e calçadas e determina que o caminho correto é levar os resíduos volumosos para o aterro de Pedro do Rio. Quem for flagrado cometendo a irregularidade é intimado a fazer a remoção imediata e pode ser multado em R$ 800. A população pode apresentar denúncia da irregularidade tanto pelo telefone da Comdep (2292-9500) quanto junto à Fiscalização de Posturas (2246-9042).

“Vejo todo dia o descarte irregular, muita gente faz a limpeza de jardins e depois joga tudo aqui. É um absurdo porque está perto de um hospital. Nossa cidade é lindíssima e não pode ficar desse jeito”, fala a moradora Regina Senra.

“Eles sempre vêm para fazer a limpeza, a máquina está sempre aqui para remover tudo, mas em pouco tempo já tem gente jogando entulho de novo”, afirma o comerciante Wilson de Oliveira.

Para fazer o descarte correto e gratuito, basta ligar para o telefone 2243-7822 para agendar atendimento pelo Disque Entulho. O programa faz recolhimento de até 20 sacos até 25 kg. O serviço já ultrapassou a marca de 7,6 mil coletas realizadas desde maio de 2017.

Unidade vai funcionar em horário estendido para ao atendimento de pacientes agendados

Mais um mutirão de consultas vai ser realizado na Clínica Maria Célia Machado nesta quinta-feira (26.09), que vai funcionar em horário estendido para o atendimento de 45 pacientes agendados. Para esse dia foram marcados pacientes de dermatologia, otorrinolaringologia e endocrinologia.  A unidade vai estar aberta até às 20h para o atendimento. Esta é a quarta edição do evento que intensifica a oferta de vagas para especialidades médicas.

Os mutirões realizados nas unidades de saúde aos sábados ou em horários estendidos durante a semana têm tido grande adesão da população. Nas três primeiras edições dos mutirões, aproximadamente 430 pessoas foram atendidas na clínica. A medida tem facilitado o acesso dos usuários da rede ao atendimento especializado de rotina. 

A cada mutirão realizado são oferecidas consultas em diferentes tipos de especialidade. Além das consultas que vão ser disponibilizadas nesta quinta-feira, a unidade conta ainda com atendimento de alergologia, cardiologia, cardiologia de risco cirúrgico, neuropediatria, fisiatra, gastroenterologia, geriatria, hepatologia, nefrologia e pneumologia adulto.

Os próximos mutirões estão previstos para o Centro de Saúde nos dias 19 de outubro e 23 de novembro. O último realizado na unidade foi no sábado, dia 21 de setembro, quando 112 pessoas foram agendadas. Ao todo, nos quatro mutirões do Centro de Saúde foram oferecidas mais de 800 vagas para consultas. Em todo o município, esse ano, mais de 1500 pessoas foram atendidas aos sábados ou em ações realizadas em horário estendido ao logo da semana. Esse número ultrapassa ao que foi realizado em 2018, quando 1300 consultas foram ofertadas em seis mutirões, sendo maioria deles realizada no Ambulatório do Hospital Alcides Carneiro. 

Cerca de 400 pessoas estarão envolvidas na realização da eleição dos novos membros do Conselho Tutelar, que acontece no dia 6 de outubro em todo município. A prefeitura de Petrópolis está oferecendo toda a estrutura como espaço, funcionários e segurança para o dia da votação. Todo o trabalho foi definido nesta terça-feira (24.09), durante uma reunião no gabinete da prefeitura. Estarão disponíveis 41 postos de votação, das 8h às 17h, e a novidade desta eleição, é que a votação ocorre pela primeira vez com urnas eletrônicas.

Todos os envolvidos participarão de uma capacitação na próxima segunda-feira (30.09), para executar todo o serviço previsto pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. Todo o processo da eleição é uma realização Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA), com fiscalização do Ministério Público (MP), em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

São 27 candidatos concorrendo a cinco vagas para o primeiro distrito – Petrópolis, e cinco para os demais distritos (Cascatinha, Itaipava, Pedro do Rio e Posse), para quadriênio 2020-2024.

O Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, seguindo as atribuições previstas nos artigos do estatuto da Criança e do Adolescente.

A relação com as informações dos candidatos e locais dos postos de votação, estão disponíveis no site da prefeitura http://www.petropolis.rj.gov.br.

Palestras e sessão de crédito

Segue até a próxima sexta-feira (27.09) a programação especial da Semana de Educação Financeira. Temas como Finanças para Hoje e Para o Futuro, Educação Financeira no Dia a Dia e um Futuro de Sucesso foram os temas abordados nessa terça-feira (24.09), durante as palestras da Semana da Educação Financeira, mas a programação segue até o dia 27, inclusive com sessão de crédito com bancos como AgeRio, Bradesco e Santander.

A Semana está sendo promovida pela Prefeitura de Petrópolis, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, com o apoio e participação de parceiros como Sebrae, Estácio, Ágil Consultoria, Costa Salgueiro Consultoria, SICOOB, UCP e CEBRAC.

A programação conta, inclusive, com palestras em escolas da rede municipal. 

Toda a programação é gratuita, mas, para a sessão de crédito do dia 27, solicita-se a inscrição prévia através do site: http://bit.ly/inscricoes_semana_educacao ou pelo telefone: 2237-0062.

Confira a programação:

Dia 25 de setembro:

16h - Sicomércio - Tema: Educação Financeira e Empreendedora - Renato Winter

19h - CERT - Educação financeira no dia a dia (tipos de investimentos) - Daniel Montes (CERT)

19h - Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio - Tema: Quero ser empreendedor: o que fazer? - Mairom Duarte - Costa Salgueiro Consultoria

Dia 26 de setembro:

10h - EM Geraldo Ventura Dias - Tema: Educação financeira – Tiago Martins

18h30 - CEU da Posse - Tema: Finanças na minha casa: como organizar e planejar - Mairom Duarte - Costa Salgueiro Consultoria

19h30 - Universidade Estácio de Sá - Tema: Finanças pessoais - Jorge Antonio Maroun

20h30 - Universidade Estácio de Sá - Tema: Conexão Sicoob – Fabiano Cavour

14h - CERT - Tema: Educação financeira – Aline Bogato

Dia 27 de setembro:

14h - Sesc Quitandinha - Tema: A Importância do controle e planejamento das finanças de sua empresa – Joaquim José Fagundes

15h - Sesc Quintandinha – Finanças Pessoais – Maria Claudia Salles

15h30 - Tema: Sessão de crédito: Apresentação das agências de financeiras (Banco do Brasil, caixa Econômica, AgeRio, Bradesco, Bancoob, Santander e BizCapital

16h - Sesc Quitandinha - Sessão de crédito: Gerentes de bancos locais

Terça, 24 Setembro 2019 19:53

Prefeitura vai reformar a EM Leonardo Boff

Edital está disponível no site da prefeitura

Para garantir o retorno dos alunos da EM Leonardo Boff para o prédio da escola, no Contorno, a prefeitura publicou o edital que prevê a recuperação da escola. Pelo edital estão previstas revitalização da parte elétrica, pintura geral, troca de pisos e adequações nos banheiros. O documento com as especificações da obra e data para a entrega de propostas está disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Segundo o edital, as empresas interessadas na obra deverão entregar os envelopes com as propostas no dia 8 de outubro, às 14h, no Centro Administrativo Frei Antonio Moser.  A obra está orçada em R$ R$ 351.283,38. O prazo para execução dos serviços será de 120 dias.

O prédio foi desocupado em novembro de 2017 após a abertura de uma cratera no Contorno, às margens da rodovia BR-040, na altura do quilômetro 81 da pista de descida da Serra. O incidente acarretou a interdição total do local, além da mudança dos moradores da região. Desde então, os alunos – matriculados do 4º período da educação infantil até o 5º ano do ensino fundamental – estão sendo atendidos em um imóvel alugado pela Concer, no Duarte da Silveira.

Após a obra realizada pela concessionária no local, quando a cratera foi fechada e a pista da BR-040 desinterditada, o prédio da escola também foi desinterditado, mas, para que os alunos possam voltar a ser atendidos, melhorias são necessárias no prédio

Pelo menos um metro após o carro. Essa é a distância segura que um motociclista deve se distanciar de um carro para que possa ser visto pelo retrovisor do motorista, evitando pontos cegos e, consequentemente, um acidente. A informação foi passada nesta terça-feira (24.09) pelo empresário e especialista em pilotagem segura, Ricardo Lyra Ferreira, no evento Parada Positiva, que faz parte da Semana Nacional de Trânsito. Durante a atividade, cerca de 100 motociclistas passaram pela tenda disponibilizada no entorno da Praça D. Pedro. A Semana voltada à conscientização no trânsito termina nesta quarta (25) com a apresentação do Anuário Estatístico de Acidentes de Trânsito, às 13h30, na Casa da Educação.

Durante a ação desta terça, promovida pela CPTrans em parceria com a Motomundi e a Yamaha, um profissional foi escalado para fazer um check-up na motocicleta: inspeção no motor, transmissão, embreagem, inspeção de freios e acelerador, verificação de pneus, caixa de direção, suspensão dianteira e dispositivos elétricos foram os itens verificados e apontados, em caso de necessidade, para a manutenção. Além disso, os motociclistas foram colocados em um carro para que pudessem vivenciar a importância do correto distanciamento dos carros na hora de pilotar.

“E, caso seja necessário fazer a ultrapassagem, a recomendação é que o motociclista, primeiro, verifique se consegue ver o rosto do motorista pelo retrovisor do carro. Quando ele tiver certeza que foi visto aí sim, deve executar a manobra de ultrapassagem”, explica Ricardo Lyra Ferreira, lembrando que esta já é a quarta edição do evento e que o intuito é conscientizar os motociclistas para que pilotem de maneira defensiva. “Ocorre que, do ponto de vista comercial, toda vez que há uma fatalidade envolvendo motociclista eu perco cinco potenciais clientes – pessoas do entorno daquela vítima que se recusarão a fazer uso deste tipo de veículo”, explica o empresário.

Para quem participou da ação, a demonstração dos pontos cegos foi uma dica importante. O operador de processo de reparo, Geovane Lima Teixeira, passava pela via quando resolveu fazer a checagem da moto e participar a ação. Ele destaca que pilota desde de 2006 e nunca sofreu um acidente. “Mas é muito importante ter essa consciência, de que, no trânsito, temos que ter cuidado com a gente e com o outro. Achei a ação muito bacana, porque não fazia ideia dessa distância, de que o carro poderia ter um ponto onde o motociclista fica praticamente invisível e que, num potencial acidente, ele seria o maior prejudicado”, destacou.

E os dados confirmam a percepção de Geovane. O Anuário Estatístico de Acidentes de Trânsito referente a 2018 mostra que apesar das motocicletas representarem 17,1% da frota, os acidentes com este tipo de veículo são quase 1/3 do total registrado na cidade. Os números de vítimas fatais são ainda maiores e representam 50% do total, ou seja, de 26 mortes registradas no ano passado, 13 foram de vítimas de acidentes com esse modal.

Os moradores do bairro Oswaldo Cruz, no Valparaíso, receberam os técnicos do Defesa Civil na Sua Casa para vistorias preventivas nesta terça-feira (24.09). O programa tem a finalidade de prevenir os desastres de origem natural causados pelas fortes chuvas de verão. Iniciado em maio deste ano, o mutirão de atendimentos nas comunidades está sendo realizado durante o período de estiagem, que segue até o fim de outubro.

As equipes realizaram 12 vistorias preventivas na Oswaldo Cruz. O próximo passo será encaminhamento do relatório com as melhorias necessárias para avaliação das pastas e órgãos responsáveis. “A prevenção é a melhor medida para salvar vidas. Acreditamos bastante nesse trabalho feito com as equipes da Defesa Civil”, destacou o líder comunitário Antônio Carlos dos Santos, que recebeu as equipes do programa no bairro.

O presidente da escola de samba da Oswaldo Cruz, Alcebíades Petronilho, também fez questão de acompanhar as vistorias no bairro. “A Defesa Civil tem mostrado grande preocupação com as comunidades de Petrópolis. Essa é uma ação importante, já que os moradores conhecem as dificuldades e podem indicar para os técnicos”, disse.   

A iniciativa da Defesa Civil tem a finalidade de fortalecer as ações de prevenção nos bairros, trabalhando antecipadamente as ameaças do verão. Já são 12 comunidades atendidas no programa. As equipes também realizaram uma ação de orientação com os moradores. Os técnicos explicam sobre medidas simples que podem ser adotadas para a redução do risco de desastres, como a instalação de calhas de água e o descarte correto do lixo domiciliar. 

O Defesa Civil na Sua Casa já foi realizado nas comunidades do Alemão e do Neylor, Siméria, Alcobacinha, Nogueira, Duarte da Silveira, Vila Operária em Cascatinha, João Xavier, Bairro da Glória, Madame Machado e Nova Cascatinha. São mais de 120 atendimentos previamente realizados somando esses locais.

Os interessados em receber o programa no seu bairro podem ligar para o (24) 2246-9291 e agendar o atendimento dos técnicos da Defesa Civil.

170 pessoas debateram a implantação de iniciativas visando o estabelecimento de políticas públicas para o município

A XII Conferência Municipal de Assistência Social realizada no último sábado (21.09) resultou em propostas a serem implementadas em ações no município. Entre as medidas sugeridas está a criação de canais de comunicação com os usuários dos serviços, como a implementação de uma Ouvidora e a realização de abordagens a representantes de moradores para ciência de demandas locais. O evento teve a participação de aproximadamente 170 pessoas entre profissionais da área, representes do governo, sociedades civil e entidades ligadas ao serviço social, que se reuniram no Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), no Quitandinha, das 9h às 18h para debater as propostas.

Durante todo o dia de debates foram traçadas propostas que serão levadas para as conferências estadual e federal. No evento as entidades representativas puderam se candidatar a uma das seis vagas abertas no Conselho Municipal de Assistência Social, que terá eleição na próxima quinta-feira (26.09). Na ocasião também será feita a eleição do novo presidente que exercerá a função por mais um ano. “Nesta eleição será feita a escolha do presidente representante da sociedade civil”, explica o presidente do CMAS, Rodrigo Lopes.

Realizada a cada dois anos, a Conferência é aberta para a sociedade civil, profissionais de Assistência Social, representantes de entidades e organizações relacionadas, representantes dos poderes executivo, legislativo e judiciário, educadores e participantes de conselhos. Todas as representações apresentam propostas a serem discutidas nas conferências estadual e federal para a implantação de políticas públicas em Assistência Social.

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Setembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo