O Palácio de Cristal já começou a receber a montagem da Serra Serata. A Festa Italiana de Petrópolis este ano começa no dia 18 de setembro e vai até o dia 22 com uma extensa programação cultural, atividades para as crianças e gastronomia típica, que é o ponto alto do evento. Nos jardins do Palácio ficarão as barracas de alimentação decoradas no estilo e nas cores da Itália para fazer com que petropolitanos e turistas entrem no clima da festa. A montagem não interfere no trânsito do entorno do atrativo. Nesta terça-feira (10.09), o prefeito Bernardo Rossi vistoriou o trabalho de montagem.

Os jardins do Palácio estão recebendo as barracas que ficarão responsáveis pela gastronomia da festa, característica mais marcante da cultura italiana. Para que o evento não perca sua característica de preservação da cultura e do folclore, o cardápio de produtos a serem comercializados será tipicamente italiano, conforme cardápio sugerido pela Casa D’Itália. Nele estão delícias como: pizza, foccacia, bruschetta, polenta, spaghetti, gnocchi, risotto, frittata, entre outros.

A Serra Serata se originou da Festa Italiana, que teve suas quatro primeiras edições em Cascatinha, distrito onde muitos imigrantes se estabeleceram para trabalhar na Companhia Petropolitana de Tecidos. Além do apelo turístico que a festa ganhou, o evento tem grande importância pela participação de imigrantes italianos no desenvolvimento de Petrópolis.

Projetos, de contrapartida da rede privada, visam o benefício de comunidades no Bonfim e na Glória

O prefeito foi conhecer nesta terça-feira (10.09) os terrenos onde estão sendo estudadas as possibilidades de construção de um Centro de Educação Infantil (CEI) e de um Posto de Saúde da Família (PSF), em comunidades de Corrêas, respectivamente Bonfim e Glória. As unidades a serem destinadas para o serviço público são propostas de contrapartida feitas por uma instituição privada, que pretende investir em construções habitacionais na região. O projeto apresentado à prefeitura está sendo analisado pelas áreas técnicas das secretarias de Obras e de Meio Ambiente, que avaliam as devidas providências para o licenciamento.

O projeto passa por exigências de adequação ao que determina os parâmetros da Lei de Uso, Parcelamento e Ocupação do Solo (Lupos), que estabelece que os interessados em construir empreendimentos na cidade devem destinar uma área para os serviços às comunidades. Se aprovadas, as construções beneficiarão cerca de 150 crianças na instituição de ensino e a mais de 10 mil moradores na unidade de saúde.

Pela contrapartida, a empresa projeta a construção do Centro de Educação Infantil (CEI) em uma área doada de aproximadamente 2 mil metros quadrados. A empresa vai entregar a unidade de educação pronta, atendendo a legislação que prevê a destinação de algum tipo de serviço comunitário para a região do entorno do empreendimento previsto. A outra parte cedida, essa voltada a unidade de saúde, seria uma doação voluntária da empresa em favor da comunidade. Uma área de 2 mil metros quadrados, que já conta com uma construção de 200 metros2, vai passar por adequações para a instalação de uma UBS. Além das obras, a empresa prevê o reflorestamento de uma área de 170 mil metros.  

O prefeito ressaltou o fato de que os projetos agregam áreas que oferecem serviços de grande importância para a população, as quais têm sido vistas com cuidado pelo atual governo. Na Educação a atual gestão vem atuando para ampliar, até 2020, duas mil vagas em CEIs. Na Saúde, o atual governo já vem investindo em novas unidades de saúde como as UBSs da Posse e Araras que já estão prontas e juntas beneficiam 20 mil pessoas. Em breve, também vai ser concluída a unidade de saúde do Caxambu.

App irá permitir que denúncias sejam protocoladas de qualquer lugar a qualquer horar

Previsão é que no início do próximo ano o aplicativo seja lançado

A Prefeitura acaba de formalizar o contrato para o desenvolvimento do aplicativo Procon Petrópolis. A plataforma tem previsão de disponibilidade a partir do início de 2020, quando será possível abrir chamado junto ao órgão de defesa do consumidor. Com o aplicativo, o usuário contará com espaço para anexar fotos (uma nota fiscal, por exemplo), vídeos, áudios, além de local para relatar o problema ocorrido, colocar os números de protocolo de um potencial atendimento, enfim, todas as provas que corroboram a sua denúncia.

Dinâmico, o aplicativo funcionará como um braço do Procon. Antes de fazer o cadastro, o usuário precisará se cadastrar e é o login e senha que será usado para realizar o acompanhamento, pelo próprio smartphone ou tablete, daquela reclamação. Através do aplicativo, denúncias também poderão ser feitas e o usuário poderá acrescentar informações como fotos, por exemplo. Por ele, ainda será possível ter acesso às notícias do Procon, ao Código de Defesa do Consumidor, contatos e localização das unidades no Centro e Itaipava, dentre outros.

Após disponibilizar o aplicativo, a empresa responsável pelo seu desenvolvimento ficará responsável por toda a manutenção técnica. Na prática, significa dizer que todo o aparado de tecnologia da informação e problemas relacionados à manutenção do sistema deverá ser resolvido por ela pelo prazo de mais um ano, mantendo equipe disponibilizada para esses ajustes e correções à disposição do Procon.

A implementação do aplicativo é mais uma forma de auxiliar o consumidor petropolitano em suas relações de consumo. De um Procon com existência praticamente nula em 2016, agora o órgão é um canal confiável de defesa do consumidor e conta com linhas telefônicas, página no Facebook, canal via WhatsApp, além de um portal na internet, o www.petropolis.rj.gov.br/procon. Ainda este ano, o órgão também ganha uma unidade móvel totalmente equipada.

Licitação para a contratação do serviço terá edital lançado a partir do dia 13

A Secretaria de Saúde lança no próximo dia 13 de setembro edital de convocação de empresas para o processo de licitação para a prestação de serviço de castração de caninos e felinos. O chamamento visa a contratação de clínica especializada para a realização dos procedimentos de forma contínua, ao longo de 12 meses, pelo valor total aproximado de R$ 430 mil. O objetivo é de que a Coordenadoria de Vigilância Ambiental mantenha a oferta da castração pública de forma regular, além da realização das campanhas anuais. O recebimento das propostas das empresas será realizado no final do mês, no dia 30.

Para esse mesmo dia, está marcado o recebimento de propostas para o pregão eletrônico voltado que visa a aquisição de uma unidade móvel para a castração de animais de pequeno porte. O edital desse processo será divulgado no dia 17 de setembro. O veículo, com o suporte para a realização dos procedimentos, será utilizado para as campanhas municipais. Para essa unidade, está previsto o investimento de R$ 145 mil.

O município tem atuado constantemente para a realização das castrações públicas. Ainda para esse ano está prevista uma campanha, a ser realizada na Posse, completando o cronograma retomado na cidade no ano passado. Em 2018, 2500 castrações foram realizadas entre os meses de julho e novembro, atendendo animais dos moradores dos bairros do Bonfim, Castelo São Manoel, Caetitu, Jardim Salvador, Glória, Nogueira, Itaipava e Vale do Cuiabá.  

Para a campanha de castração desse ano já foi realizado o processo de licitação para a contratação de empresa especializada. O processo está em fase de conclusão e definição de cronograma. A expectativa é de que sejam realizados 1200 atendimentos.

Os moradores do Alto do Alcobacinha receberam os técnicos do programa Defesa Civil na Sua Casa para vistorias preventivas nesta terça-feira (10.09). Os técnicos realizaram 14 atendimentos na localidade, e a partir de agora, o relatório com os atendimentos do bairro será encaminhado para as pastas e órgãos responsáveis. A iniciativa da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias tem a finalidade de trabalhar antecipadamente nos bairros, atendendo a população durante o período de estiagem.

Os técnicos também realizaram uma ação de orientação aos moradores sobre os riscos de deslizamentos, preservação das fontes de águas, construções irregulares entre outros. Segundo a presidente da Associação de Moradores, Luciana Maria Machado, o trabalho de prevenção é fundamental não apenas para o Alcobacinha, mas para a toda a cidade.

"O nosso bairro tem um histórico com barreiras. Existe uma preocupação dos moradores no verão. Dessa forma, agindo preventivamente podemos evitar tragédias e salvar vidas", disse a presidente. 

Ainda segundo Luciana, o trabalho de orientação, com a entrega de cartilhas, é fundamental para o bairro. "Essa troca de informação com pessoas formadas, preparadas, ajuda a todos os moradores. Conseguimos mostrar para os técnicos todas as nossas necessidades e isso é muito importante para o bairro, principalmente, quando começarem as chuvas", completou.

O Defesa Civil na Sua Casa foi realizado nas comunidades do Alemão e do Neylor, Siméria, Duarte da Silveira, Vila Operária em Cascatinha, João Xavier, Bairro da Glória e Nova Cascatinha. São cerca de 100 atendimentos previamente realizados somando esses locais.

Na atual gestão, a prefeitura criou planos de contingencia para as ameaças de inverno e de verão, além de realizar treinamentos com os moradores periodicamente. Um calendário está sendo elaborado pela Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias para atender as comunidades do município. Os interessados em receber o programa no seu bairro podem ligar para o (24) 2246-9291 e agendar o atendimento dos técnicos da Defesa Civil.

Município vai investir até pouco mais de R$ 1 milhão em obra na Rua 1º de Maio, na Castelânea

A prefeitura vai providenciar mais uma contenção no município. A Rua 1º de Maio, na Castelânea, receberá uma obra que contempla também drenagem na região e vai beneficiar cerca de 350 famílias. O edital com os detalhes do projeto será divulgado nesta quarta-feira (11.09) e o investimento será de até pouco mais de R$ 1 milhão – valor que deve cair com a ampla concorrência.

Essa é mais uma obra de contenção providenciada pelo município desde 2017. Nos dois últimos anos, a prefeitura investiu cerca de R$ 2,5 milhões de recursos municipais ou emendas em 12 obras desse tipo. São intervenções que protegem os moradores, dão segurança às comunidades e permitem retomem a rotina.

A Rua 1º de Maio é uma região com risco alto de deslizamentos e tem construções de moradias em partes íngremes. A Secretaria de Obras apresentou o projeto que prevê a rede de captação de águas pluviais e, assim, garantir a estabilidade da encosta e dos maciços rochosos.

A licitação está marcada para o dia 27 de setembro. O governo federal aporta R$ 987,6 mil para a obra, enquanto o município entra com contrapartida de R$ 74 mil.

Jelcy Corrêa foi reeleito como presidente do COMED – Conselho Municipal de Educação. Jelcy, que é representante das instituições de Educação do município, já ocupava o cargo desde 2017 e, agora, ficará à frente do conselho até 2022 – mandato de quatro anos, de acordo com o novo regimento do conselho. A eleição ocorreu durante a reunião ordinária do conselho realizada nessa terça-feira (10.09) na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta.

O presidente foi escolhido através da eleição realizada pelos novos conselheiros do Comed. Na ocasião, Jelcy Corrêa, agradeceu o auxílio de toda equipe enquanto esteve à frente do conselho. “O Comed tem um papel fundamental no acompanhamento das políticas educacionais e agradeço pela oportunidade”.

Vale salientar que os integrantes do conselho - 40 – foram eleitos no mês passado. Todo o processo de inscrição dos interessados bem como apresentação dos documentos necessários ficou disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br/eleicoescomed). Os integrantes do COMED se reúnem em toda segunda terça-feira de cada mês, às 14h, na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanata. A eleição dos conselheiros ocorre a cada quatro anos e a eleição para presidente, a cada dois anos.

O COMED foi criado pela Lei nº 5028/90 e tem caráter deliberativo, normativo e consultivo, no que se refere às matérias educacionais de sua competência, como propor normas para organização e funcionamento do sistema municipal de ensino; propor medidas que julgar necessárias à melhor resolução dos problemas educacionais do Município; propor medidas e modificações que objetivem a expansão e o aperfeiçoamento do ensino; fiscalizar a aplicação dos recursos e verbas destinados à Secretaria Municipal de Educação – SME;  emitir parecer sobre assuntos de natureza pedagógica e educativa e propor sindicâncias em qualquer dos estabelecimentos de ensino sob sua competência, sempre que julgar conveniente, entre outros.

Com mais de R$ 300 milhões injetados na economia e 450 mil visitantes na última edição, Petrópolis já se prepara para o Natal Imperial deste ano. Na edição de 2019, a festa vai contar com 40% a mais de iluminação em relação ao ano passado, com o aumento da decoração nos bairros, um pedido de comerciantes e moradores. O evento já está consolidado no calendário de eventos do município e, junto com a Bauernfest, está entre as principais festas turísticas da cidade, que ajudam a atrair visitantes e movimentar a economia, gerando renda e empregos.

Esta semana, a prefeitura está lançando licitação para a contratação da empresa que ficará responsável pelo serviço de instalação, manutenção e desinstalação de iluminação natalina em toda a cidade. No edital estão incluídos os fornecimentos de toda mão-de-obra, materiais e equipamentos de uso temporário, ferramentas e veículos, além da disponibilização e operação de todos os equipamentos de apoio à montagem (guindastes, plataformas, escadas, etc.).

O pregão presencial para definir a empresa que ficará responsável pelo serviço acontece no dia 24 de setembro, no Centro Administrativo da prefeitura. O valor teto, ou seja, o valor máximo que poderá ser pago à empresa é de R$ 4.110.499,68. Em 2018, a empresa vencedora ofertou 16% a menos do que o teto previsto. Para reduzir custos, o edital de cenografia, que também será lançado para a festa, terá valor abaixo do que o da edição anterior.

Iluminação e decoração também nos bairros

Para este Natal Imperial, toda a cidade receberá um tratamento especial, com um projeto quecontempla os cinco distritos do município.O projeto, além de estar voltado para quatro grandes áreas como a Praça da Liberdade, Palácio de Cristal, Rua do Imperador/ Rua 16 de março e o entorno do Hotel Quitandinha, visa integrar o acesso a essas áreas, para proporcionar ao visitante o clima natalino desde sua chegada na cidade até as principais áreas. Além disso, tendo em vista os anos anteriores e atendendo pedidos dos comerciantes locais, os bairros foram contemplados com uma decoração especial em toda área comercial, o que será o grande diferencial da edição de 2019.

Expectativa é de superar edição de 2018

Para este ano, a prefeitura espera superar os resultados do ano passado, quando durante os 52 dias de festa mais de 450 mil pessoas passaram pelos espaços decorados e iluminados – que contaram com mais de 6 milhões de micro lâmpadas -, com turistas vindos dos quatro cantos do país. Foram mais de R$ 300 milhões injetados na economia com o evento. As mais de mil horas de programação, com shows como do padre Fábio de Melo, Roberta Miranda, Preta Gil, entre outros, foram um atrativo a mais para o público.

A Secretaria de Meio Ambiente vai dar continuidade a campanha de recolhimento de lixo eletrônico nesta quarta-feira (11.09) na Rua Paulo Barbosa, no Centro. O ponto de coleta vai ficar na Praça Prefeito Alcindo Sodré, de 10h às 17h, recebendo o material. Na barraca, as pessoas podem deixar diversos equipamentos eletrônicos, como celulares, computadores, câmeras digitais, notebooks e tablets, que estejam obsoletos ou com algum defeito e que não sejam mais utilizados.

A campanha tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da preservação ambiental e o quanto esse material, caso seja descartado de forma incorreta, pode prejudicar a natureza. A Secretaria de Meio Ambiente conta com o apoio da Recicla Ambiental – empresa de reciclagem que vai receber o material – além da Comdep e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Com mais essa campanha com foco na preservação do meio ambiente, a prefeitura está cumprindo a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

A campanha de recolhimento de lixo eletrônico é uma das ações que fazem parte do projeto Inteligência Ambiental (IA) do setor de educação ambiental. Iniciado no ano passado, o trabalho é realizado mensalmente na Praça Dom Pedro, no Centro, recolhendo mais de quatro toneladas de material até o momento.

Mais cinco ruas estão programadas para receber instalação de luminárias de LED nesta semana. As ruas Nilo Peçanha, Barão de Teffé, Dr. Joaquim Moreira, Floriano Peixoto e Alberto Torres terão 89 pontos substituídos nos próximos dias. O serviço vai tornar o parque de iluminação pública mais eficiente e já teve 145 pontos concluídos em 13 ruas até a última segunda-feira (09.09).

Travessa Prudente Aguiar, Oscar Weinschenck, Irmãos D’Ângelo, Dr. Moreira da Fonseca e entorno da Praça Visconde de Mauá foram os últimos locais atendidos, com a colocação de 22 luminárias.

Antes, o trabalho já havia passado por outros oito locais Washington Luiz (trecho entre Duas Pontos e UPA Centro), General Osório, Marechal Deodoro, Aureliano Coutinho, Visconde do Bom Retiro, Paulo Barbosa, Dr. Porciúncula e Caldas Viana.

Nilo Peçanha e Barão de Teffé estão na programação para receber o serviço na noite desta terça (10.09). Nesta quarta (11.09), será a vez da Dr. Joaquim Moreira. Na quinta (12.09), o trabalho está previsto para a Floriano Peixoto. Já na sexta (13.09), o serviço foi marcado para a Alberto Torres.

O trabalho consiste na substituição de lâmpadas de vapor de sódio por luminárias de LED, tecnologia que traz maior iluminação e menos gasto de energia, além de demandar menos manutenções. O serviço é executado pela empresa Vitorialuz, que também faz a manutenção da rede de iluminação pública, e acontece sempre no período noturno – por causa da menor movimentação de veículos –, utiliza um caminhão-cesto e mobiliza dois funcionários entre 22h e 6h30.

O cronograma de instalação de LED inclui 661 luminárias em 24 ruas total. Ele dá continuidade ao trabalho que foi iniciado ano passado com a colocação de 340 pontos em 15 ruas e mais 15 pontos na Rua do Imperador (em frente ao Cefet), em junho.

Ação teve como objetivo despertar atenção para o cuidado com a natureza

A salsinha, é uma planta rica em antioxidantes e em vitamina C, que fortalece o sistema imunológico. Fácil de plantar, a salsinha foi a semente distribuída pelos alunos do CEI Hermínia Matheus para a comunidade do São Sebastião na última segunda-feira (09.09). A ação teve como objetivo chamar a atenção da população para preservação do meio ambiente.

Os alunos também distribuíram pelas ruas e comércio do bairro, um folder com dicas de como podemos contribuir na proteção e preservação da natureza. “Agradecemos todos que nos receberam com tanto carinho! Aguardamos as fotos das mudinhas plantadas!”, explicou a diretora do CEI Hermínia Matheus, Carla Corrêa.

Ainda de acordo com a diretora do CEI, a atividade colabora com os objetivos do Referencial Curricular Nacional. “Na semana de comemoração da nossa Pátria, refletimos com os nossos alunos em relação a questão ambiental, que é de vital importância para garantirmos a melhor qualidade de vida. Quanto mais cedo abordarmos esse tema com as crianças, maiores são as chances de despertar a consciência pela preservação do meio ambiente, do lugar onde vivemos, a começar pela nossa casa, escola, bairro, cidade. O objetivo definido pelo Referencial Curricular Nacional é observar e explorar o meio ambiente com curiosidade, percebendo-se como ser integrante, dependente, transformador e, acima de tudo, que tem atitudes de conservação. Isso é cidadania, crianças conscientes de seu papel na transformação da nossa sociedade”, disse.

No folder distribuído pelos alunos do CEI Hermínia Matheus, dicas importantes como: usar menos o carro, consumir menos carne, usar água com moderação, conhecer a produção e a origem dos alimentos e praticar a empatia e o respeito ao próximo

O CEI Hermínia Matheus atende 123 alunos do 1º ao 5º período da educação infantil e é um dos espaços criados pelo poder público para atendimento de crianças na educação infantil. Funcionando desde 2018 no São Sebastião, o CEI é um dos pontos de atendimento: o poder público mantém 5.638 alunos de até 5 anos em Centros de Educação Infantil. O atendimento ocorre de forma integral: quatro refeições, cardápios formulados por profissionais e atividades pedagógicas dirigidas, de acordo com a idade.

Mais vagas para educação infantil

O poder público planeja criar até 2 mil vagas na educação infantil até 2020.  De acordo com o planejamento do poder público, até novembro, serão inaugurados quatro CEIs que irão oferecer 800 novas vagas. Além dessas, ainda serão ofertadas em espaços que já estão em funcionamento no Bingen, Centro e Jardim Salvador, novas vagas. Até o fim de 2020 serão inaugurados espaços na Estrada da Saudade, Independência, Cascatinha, Itaipava, Castelo São Manoel e Carangola, concluindo a meta da Secretaria de Educação.

Notícias por data

« Setembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo