Ministério da Saúde credencia hospital a receber verba anual, por apresentar capacitação técnica para cirurgias de alta complexidade

Com mais de 700 atendimentos realizados somente no primeiro semestre deste ano em procedimentos cardiovasculares, o Hospital Alcides Carneiro irá ampliar os atendimentos por conta do credenciamento formalizado pelo Ministério da Saúde – R$ 1 milhão por ano destinados a serviços de alta complexidade cardiovasculares e cirurgias vasculares. Hoje o setor vascular do HAC conta com suporte para o atendimento ambulatorial, exames, procedimentos e cirurgias. Em 2018, foram atendidos 1.537 pacientes, sendo 866 em consultas, 287 em cirurgias e 384 procedimentos.

Com o credenciamento a unidade passa a ser referência para a realização de cirurgias vasculares e procedimentos endovasculares extracardíacos, e já a partir de setembro, começa a receber os recursos. O título habilita a unidade a realizar intervenções de alta complexidade. A habilitação é fruto das reivindicações feitas pelo prefeito desde 2017 e reforçadas no mês passado, quando o prefeito liderou uma comitiva de secretariado em Brasília e reivindicou recurso para diferentes setores do governo municipal.

Com a nova habilitação, o hospital receberá o custeio do governo federal para a realização das cirurgias de alta complexidade, como por exemplo, as de aneurismas. Essas intervenções requerem recursos para a utilização de próteses e materiais de alto custo. “O governo federal entende que o hospital tem capacitação técnica para realizar essas cirurgias. Contamos com um parque tecnológico para cirurgias e exames”, destaca diretor presidente do Sehac, Filipe Furtuna, lembrando que há cerca de dois meses o hospital realizou uma cirurgia de alto risco, de aneurisma abdominal. “Essa foi uma ocasião em que comprovamos a nossa capacitação”, reforça.

O hospital conta com equipamentos e profissionais para o atendimento especializado. Além das cirurgias, oferece o suporte para exame de imagem de ecodoppler de membros inferiores e procedimentos de tratamento de varizes por espuma. A escleroterapia tem sido oferecida aos pacientes como uma alternativa à cirurgia, podendo ser realizada no atendimento ambulatorial.

Hospital vem conquistando novos credenciamentos no atual governo

Além da atual habilitação, o Hospital Alcides Carneiro vem conquistando recursos com o governo federal para o credenciamento de outros serviços. A unidade hospitalar já foi habilitada para a Rede de Urgência e Emergência e para UTI Neonatal. Esses credenciamentos geram R$ 1,8 milhões em repasse do Ministério da Saúde. Outras habilitações estão sendo reivindicadas para a aquisição de recursos para a terapia nutricional, habilitação de mais 10 leitos de UTI neonatal e mais 7 leitos de UTI adulto. Se credenciado, o hospital pode passar a receber mais R$ 2 milhões do governo federal para a manutenção dos serviços na rede pública. “São recursos importantes que garantem a oferta do serviço, com menos custo para o município”, frisa o Filipe Furtuna.

Com 80% dos alunos de outros estados, evento movimenta R$ 6,3 milhões na economia

Importante para movimentar a economia da cidade, em especial no setor de serviços, a formatura dos alunos da Faculdade de Medicina de Petrópolis – que deixou de ser realizada na cidade há 7 anos - pode retornar ao município em 2020. A celebração dos formandos tem uma programação distribuída em quatro dias, o que faz com que as famílias – boa parte de outros estados – permaneçam na cidade neste período. Uma movimentação financeira estimada em R$ 6,3 milhões para Petrópolis. O prefeito participou de um encontro na noite de quarta-feira (21.08) com representantes do Sesc Quitandinha e da comissão dos estudantes buscando retomar o evento para o município. Até 2011 a festa de formatura era realizada nos salões do Hotel Quitandinha. O local é o único espaço que comporta os quase 2 mil participantes.

A estimativa de movimentação financeira tem como base, além do valor de investimento da festa – que custa em torno de R$ 1 milhão – também a movimentação com a permanência de parentes de cerca de 80% dos 120 formandos – cerca de 1.800 visitantes –, que são de outros estados e permanecem em média por cinco dias na cidade. Uma movimentação econômica importante para o município.

São famílias que vem de outros estados e que movimentam hotéis e pousadas, além de consumir no comércio local, fazendo compras e utilizando uma gama enorme de serviços – um evento importante para a economia da cidade. Por isso a prefeitura busca junto ao Sesc abrir espaço para que os estudantes possam voltar a fazer a festa na cidade.

O gerente do Sesc Quitandinha, Anderson Bravo, sinalizou de forma positiva à retomada do evento no local. "Precisamos estudar as datas e horários, além de respeitar as nossas normas, mas temos todo o interesse em receber novamente a formatura dos alunos de medicina", disse.

Nascida em Petrópolis, a representante da comissão de formatura, Raquel Medeiros, explica que mesmo os alunos de outros municípios querem que a festa aconteça por aqui. Nos últimos anos, o evento foi realizado em Juiz de Fora. "Todos criam laços com a cidade, já que estagiamos nos hospitais e nos postos de saúde. Além disso, estamos em uma cidade turística, que bastante gente tem interesse em conhecer", afirmou, lembrando que o custo com o aluguel do espaço é custeado pelos alunos. “É um apoio importante que a prefeitura está nos dando nesta articulação junto ao SESC”, disse.

A etapa do XTerra Brasil Tour vai movimentar o Vale do Cuiabá no próximo fim de semana. Serão realizadas corridas de montanha de 5, 10 e 21 quilômetros, duathlon, kids e a inédita prova de Mountain Bike Cup X6, em uma pista assinada por Henrique Avancini. São 1.200 atletas inscritos, somando todas as competições. A expectativa é que mais de duas mil pessoas participem do evento, que vai contar ainda com food trucks, cervejarias artesanais e stands de lojas com produtos esportivos. A iniciativa conta com o apoio da prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer e da Turispetro.

 O XTerra Brasil Tour é um festival de esportes off-road que agrega toda a família para um fim de semana de muita diversão, adrenalina e, principalmente, contato com a natureza. A cada ano o circuito escolhe novos destinos para apresentar aos atletas e proporcionar uma experiência completa de esporte e turismo.

"Petrópolis é uma cidade que conta com um fator logístico bastante favorável, pela proximidade do Rio de Janeiro. Além disso, somado às montanhas da região, ar puro e um visual alucinante farão da edição uma experiência inesquecível para todos, principalmente os amadores”, explica Gabriela Corrêa, gerente do XTerra no Brasil.

Trilhas, cachoeiras e mirantes são facilmente encontrados no percurso da prova, além de um centro comercial em Itaipava bem próximo do evento. "A ideia é que a cidade entre de vez para o calendário oficial do X Terra Brasil Tour. Existe uma grande expectativa em torno desta prova, pelos desafios que serão encontrados em todo o percurso", disse Gabriela.

Neste ano, Petrópolis já recebeu uma etapa da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMB) reunindo mais de cinco mil pessoas em apenas um fim de semana. A prefeitura segue apostando em parcerias público privada para garantir que grandes eventos aconteçam na cidade, incentivando também o turismo.

Unidade conta com sistema classificação de risco que agiliza o atendimento de casos mais urgentes

Com 2700 atendimento médicos ao mês, o Pronto Socorro do Alto da Serra oferece o suporte para cerca de 32 mil pessoas ao ano e realiza exames, internações e transferências. A unidade conta com 74 profissionais entre equipe médica (28 clínicos gerais) e de enfermagem (46 enfermeiros, técnicos e auxiliares), que atuam em esquema de plantão 24 horas todos os dias. O PS tem passado por reestruturações que contribuem com a agilidade no atendimento dos pacientes. Uma das melhorias, é a implantação do serviço de classificação de risco que agiliza o suporte aos pacientes de maior urgência.

No Pronto Socorro, 20% dos atendimentos são de pessoas de fora da cidade. A unidade atende moradores de Magé, Piabetá, Duque de Caxias e Santa Cruz da Serra. O sistema de classificação de risco oferece mais agilidade para no Pronto Socorro. O tempo de espera na unidade, do início do atendimento até a definição de um diagnóstico, é de 40 minutos.

A paciente Rosa Corrêa, de 70 anos, mora no Quitandinha e busca o atendimento no local. “O posto aqui é muito bom, os médicos são muito atenciosos e o atendimento é muito rápido”, conta. A recepcionista Karla Aguiar, mora no Morin e tem a unidade como referência. “Sempre que precisamos conseguimos atendimento. Meu pai é paciente oncológico e sempre conseguimos um ótimo atendimento. Essa unidade é muito importante para a região”, frisa. O cobrador Jardel Galdino, de 36 anos, também recorre ao Pronto Socorro. “O atendimento aqui é muito bom, sou sempre muito bem atendido. É sempre aqui que venho quando preciso”, conta.

O PS conta com estrutura para acolhimento e estabilização de quadros clínicos de maior gravidade. O primeiro diagnóstico do paciente é adquirido por exames laboratorial e raio x que vai definir o encaminhamento de cada caso. A unidade conta com duas ambulâncias para o transporte de pacientes (adultos e crianças) para a realização de exames específicos em outras unidades ou internações. Nos primeiros seis meses do ano foram realizados aproximadamente 31.700 exames laboratoriais; 4.300 laudos de raio x; e mais de 400 pacientes foram encaminhados para internação.

Dados foram apresentados em audiência pública na Casa dos Conselhos

Com receita estimada em R$ 1,1 bilhão o projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2020, que será entregue à Câmara de Vereadores na semana que vem, aponta que a atual gestão deverá manter a política de austeridade e controle rigoroso das contas no ano que vem para garantir a ampliação de serviços oferecidos à população. Frente a um saldo a ser pago de R$ 610,3 milhões - de um total de R$ 766 milhões em dívidas deixadas por antigos gestores. Em 2 anos e meio a atual gestão quitou R$ 155,7 milhões em dívidas. Os dados foram apresentados em audiência pública realizada na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta.

A LOA aponta a receita e fixa despesas do município, estabelecendo que valores serão aplicados em cada uma das áreas do município no ano seguinte. Para 2020 Saúde e Educação continuam detendo os maiores orçamentos -  R$ 344,8 milhões e R$ 261 milhões, respectivamente. “A Saúde é uma das prioridades da atual gestão. O percentual destinado a área, por exemplo (29,57%), é quase o dobro do que estabelece a legislação – 15%”, destaca o coordenador de Planejamento e Gestão Estratégica, Dalmir Caetano, lembrando que no ano que vem o Funcria deverá receber R$ 500 mil - o dobro de recursos se comparado a este ano.

A Educação receberá R$ 25,3% dos recursos - cumprindo os limites constitucionais. Despesas com pessoal consumirão 48% do orçamento – abaixo do limite prudencial (49%) estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).   

A LOA 2020 prevê ainda o repasse de R$ 135 milhões ao Instituto de Previdência do Servidores (INPAS). O pagamento de precatórios continuará causando impacto nas contas do município, com precatórios judiciais consumindo R$ 44 milhões do orçamento. O projeto também prevê a destinação de R$ 30 milhões para pagamento de parcelamentos, juros e valor principal de antigas dívidas do município.

O projeto será enviado à Câmara de Vereadores até o fim deste mês para que seja discutido pelos vereadores e levado à votação, que deve estar concluída antes do fim do ano legislativo.

Profissionais da rede pública, da Assistência Social e da Saúde, estão sendo preparados para atender pessoas com deficiência auditiva

O prefeito acompanhou nesta quinta-feira (22.08) o curso de libras oferecido para profissionais da rede pública. Promovido pela Secretaria de Assistência Social, em parceria com o Instituto Alliance, o curso capacita 40 profissionais da própria pasta e da Secretaria de
Saúde. O objetivo é oferecer mais acessibilidade aos usuários dos serviços do poder público, facilitando o atendimento a uma população de cerca 30 mil pessoas que apresenta algum tipo deficiência auditiva na cidade.

A realização do curso conta ainda com a parceria da Associação da Rua Teresa (Arte), que cede as salas para a realização das aulas. Ministradas semanalmente, as aulas ocorrem as quartas e quintas-feiras na parte da manhã. “Acho essa uma iniciativa muito importante, trabalhamos diretamente com a comunidade e esse curso está ajudando a me comunicar melhor com as pessoas com deficiência auditiva. É uma forma de as pessoas estarem inseridas no sistema. É importante para os profissionais de todas as áreas”, destaca a agente comunitária de saúde, Lurdes de Oliveira Silva, que trabalha no PSF do Amazonas. A pedagoga do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Itaipava, Gracelene Santos, destaca a necessidade de ter esse conhecimento para as atividades do dia a dia. “Assim tenho como se comunicar melhor com as crianças que atendo na unidade. Melhora muito o atendimento”, ressalta.

A capacitação dos profissionais da Assistência Social e Saúde visa avançar os serviços que vêm sendo realizados. Atualmente a rede conta com uma Central de Libras com profissional que contribui para a inserção dos deficientes auditivos aos serviços públicos, que compreende atendimento nos setores públicos de saúde, educação, assistência social, entre outros.

O curso de libras vai expandir a assistência para todas as unidades. A ideia é que ao menos um profissional em cada setor seja preparado para atender o surdo.  Na Secretaria de Saúde, a capacitação vai atender a meta do planejamento estratégico. A estimativa é ter ao menos com um profissional em cada uma das 92 unidades de atendimentos.

Em seis meses foram liberados os enquadramentos que estavam congelados há 6 anos

Mais de três mil servidores tiveram os enquadramentos previstos no Plano de Carreira e Salários da Educação incorporados aos salários, desde que o poder publicou começou a liberar o pagamento que estava congelado há 6 anos. E, em pouco mais de seis meses uma força tarefa realizada por servidores da Secretaria de Administração conseguiu liberar os enquadramentos – por tempo de serviço (quinquênio) e por formação. E como forma de agradecimento, um café da tarde foi oferecido para os funcionários da Administração. A diretoria do Sepe – Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação – também agradeceu o esforço dos funcionários públicos.

Com mais uma leva liberada nessa semana – 253 enquadramentos, sendo 101 por tempo de serviço e 152 por formação, as progressões já beneficiaram mais de três mil funcionários. Vale salientar que os enquadramentos podem representar, em alguns casos, ganho real entre 10% e 35%, cerca de R$ 400, dependendo do caso.

A representante do Sepe, Rose da Silveira, agradeceu e explicou que os enquadramentos chegaram em uma boa hora. Em alguns casos, como os dos servidores que atuam como auxiliares de serviços gerais, o aumento pode chegar a 55% nos salários. “É uma conquista muito grande para toda a categoria. Viemos agradecer porque reconhecemos o esforço de todos da Administração”.

O prefeito acompanhou nesta quinta-feira (22.08) a etapa final de uma de recuperação da beira de rio na Rua Washington Luiz, no Centro. Parte do serviço foi feito pela Águas do Imperador, já que foi necessário fazer o reparo de uma tubulação que ficou danificada após ser atingida por pedras que soltaram no trecho. Nesta quinta, a Secretaria de Obras promoveu a manutenção viária no trecho.

Um grupo de 35 pessoas participará da caminhada ecológica guiada promovida pela prefeitura no próximo domingo (25.08) na Pedra do Retiro. O passeio guiado pela Secretaria de Meio Ambiente tem percurso aproximado de pouco mais de seis quilômetros e deve durar cerca de 1h e 40 minutos. Cada participante deve levar comidas leves, como frutas e barras de cereais, água, boné e protetor solar. A previsão do tempo indica uma manhã com céu nublado, mas sem chuva. A iniciativa busca aproveitar as belezas naturais de Petrópolis e reforçar a importância da preservação ambiental.

O ponto de encontro é a Praça Dom Pedro, às 9h. Um ônibus do Cidade das Hortênsias leva todos os participantes até o início da trilha na Mosela, na localidade da Toca do Coelho. O veículo irá esperar o retorno do grupo. Uma equipe da Secretaria de Meio Ambiente vai fazer uma palestra sobre os impactos causados por queima de lixo e suas consequências para o meio ambiente dessa região. As caminhadas ecológicas são usadas como atividade de educação ambiental em diversas cidades do país.

 Já são mais de 200 pessoas envolvidas somando as outras etapas do circuito de caminhadas. O circuito pelas trilhas da cidade começou em maio, pelo Alto da Ventania, no Caxambu. Também foram percorridos o Caminho do Ouro, a travessia Araras-Secretário e o Castelinho. Além desta atividade, a pasta investe em outras ações de conscientização, especialmente, nas salas de aula da rede municipal. 

As caminhadas contam ainda com o apoio técnico da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, Cruz Vermelha, Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e do Grupo de Escoteiros 132.

Dentro do projeto Mulher 365 Dias, a equipe do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), que é subordinado ao Gabinete da Cidadania, realizou uma palestra de conscientização sobre violência contra mulher, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), em Itaipava, nesta quarta-feira (22.08). Durante o encontro, as atendidas puderam ter mais informações sobre a Lei Maria da Penha, além dos tipos de violências, seus direitos e toda a assistência que o município oferece principalmente com os serviços do CRAM. 

O Cram possui uma equipe multidisciplinar e oferece gratuitamente assistência social, jurídica e psicológica para mulheres que sofreram qualquer tipo de agressão.

Denuncie:

O Cram possui um telefone de emergência, disponível para chamadas de voz, mensagens de texto ou WhatsApp no número (24) 98839-7387. Para denunciar ou solicitar informações, pode-se ligar para o telefone 2243-6152 ou comparecer à sede do Cram, localizada na Rua Santos Dumont, número 100, no Centro. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, de 8 às 17h. Caso se sinta violentada de alguma forma, a mulher pode contatar a Polícia Militar pelos números 2291-5071, 2242-8005 ou na Central de Atendimento à Mulher pelo 180, além de poder contatar via WhatsApp a emergência da Polícia Militar, pelo número (24) 99222-1489.

Evento será realizado no dia 29 de agosto, na Bohemia

Debater o desenvolvimento da Inovação no interior do Estado do Rio de Janeiro. Esse é o principal objetivo da 4ª edição o Rio Info Petrópolis, que será realizada no dia 29 de agosto, na Bohemia, a partir das 16h e reunirá empresários, empreendedores, profissionais, estudantes e interessados em inovação, empreendedorismo e tecnologia em paineis e sessões de negócios. O evento é uma realização da Rio Soft, com promoção da TI Rio e conta com apoio da Prefeitura de Petrópolis por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Sebrae, e universidades. As inscrições podem ser realizadas pelo site https://rioinfo.com.br/rio-info-petropolis

Neste ano a Rio Info Petrópolis tem como tema a Cultura Digital e em Petrópolis, especificamente voltada para a criatividade e inovação. “Petrópolis tem no setor tecnológico um atrativo para empreendedores. Não é à toa que a cidade abriga centros de pesquisa, universidades, faculdades e empresas do setor e é por isso que a Rio Info é tão importante. Atualiza os conhecimentos dos empresários, aproxima a academia das empresas e revela talentos. É uma honra ter mais uma edição da Rio Info na nossa cidade”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

Os objetivos da Rio Info são apoiar o ambiente de inovação na região; aproximar universidade e seus projetos ao mundo empresarial e de empreendedorismo intensivo em conhecimento; auxiliar no desenvolvimento de canais para a ampliação de negócios; aproximar empresariado da capital e do interior e desenvolver socialmente e economicamente o interior do estado do Rio de Janeiro.

Entre os destaques da edição estão a “Mostra Hélice Tripla de Petrópolis” - Empresas selecionadas para divulgação do ambiente de inovação na cidade: SDE/PMP(Secretaria de Desenvolvimento Econômico), SAS/PMP (Secretaria de Assistência Social), Empresa Júnior do CEFET, CRTL+CAFE, TV Rede Petrópolis, Empresa Júnior da FASE, Incubadora da UFF, CIEE, Sebrae, TI Rio/ RioSoft, CENIPII); a Sessão de Negócios - organizada pelo Sebrae contará com âncoras nos segmentos de inovação e vocacionados da cidade de Petrópolis e os debates sobre cultura digital, economia criativa e Lei da Inovação.

“O evento em Petrópolis é muito importante para valorização das competências locais e integração dos ambientes de Inovação, empreendedorismo e desenvolvimento tecnológico do Estado. O Circuito Rio Info começou em Petrópolis em 2016 e, desde então, vem realizando o fomento da inovação na cidade”, explicou Alberto Blois, um dos organizadores do evento e integrante da Rio Info, Rio Soft e TI Rio.

Como contribuição social, os organizadores do evento estão solicitando a doação, por participante, de uma lata de leite integral em pó que será doada para a Escola Doméstica de Nossa Senhora do Amparo. A doação deverá ser feita no local do evento da Mostra Tripla Hélica, no stand da Secretaria de Assistência Social.

Confira a programação – ainda sujeita a alterações:

16h - Abertura

TI Rio; RioSoft; Prefeitura Municipal; Sebrae Ciência em Movimento; CEFET; CENIPII;FASE;UFF)

16h30 - Oferecimento de coffee-break

16h30 - Mostra Empresarial Tecno-Científica de Petrópolis

Empresas apoiadoras; startups; empresas de economia criativa;

16h30 - Sessão de Negócios

Sessão de Negócios organizada pelo Sebrae. Serão convidados quatro empresas âncoras em áreas vocacionadas da cidade tais como Saúde, Agricultura; Moda, Industrial e instituições de ensino, empresas e projetos inovadores para a sessão.

18h30 - Pitch Inova Petrópolis

Seis minutos de apresentação e quatro de perguntas

*O Rio Info Petrópolis: a tripla hélice em ação, Marcio Campos

*Co-working: a evolução do trabalho, Roberta Cassiano

*Pitch FASE

*Pitch UFF

*Pich CEFET

*Pitch CENIPII

19h - Coletiva: Cultura Digital e Vocações de Petrópolis - Mediador Humberto Medrado

Debate dinâmico com quatro convidados, tendo cada um 6 minutos de apresentação e em seguida com perguntas do mediador e da plateia

Debatedores: Denise Fiorini (Moda/ARTE); Rodrigo Boaventura (Mostra Audiovisual de Petrópolis); Frederico Oliveira, AgroTurismo e Marcelo Simões, (projeto Cidade Inteligente de Petrópolis)

20h - Coletiva: Oportunidades da economia criativa de Petrópolis - Mediador Marcio Campos

Debate dinâmico com quatro convidados, tendo cada um 6 minutos de apresentação e em seguida com perguntas do mediador e da plateia

Debatedores: Moacyr Figueiredo/UFF (Cadeia produtiva do Turismo); Thatiana Mesquita (Film Commission); Ronaldo Fiani, a Lei de Inovação da Cidade de Petrópolis e Poliana Duarte (SEBRAELab)

21h – Encerramento - Marcelo Fiorini e Celso Pansera

21h30 - Encerramento - Networking no Bar da Bohemia

Encontro de negócios no bar da Bohemia

Programação terá mostra das melhores criações e premiação

Vídeos serão apresentados no Festival de Cinema de Petrópolis

"Qualidade de vida na comunidade com sustentabilidade". Esse é o tema do Festival de Vídeo das Escolas da Rede Municipal. Trinta e cinco escolas participarão do evento e os melhores vídeos serão premiados durante uma cerimônia. Representantes das unidades educacionais participaram, nessa quinta-feira (22.08) de uma oficina sobre os benefícios da sustentabilidade.

“A intenção foi a de fomentar ideias sobre o tema para que as escolas possam se inspirar. Neste ano, os vídeos produzidos nas escolas também serão divulgados durante o Festival de Cinema de Petrópolis, em setembro, e em sessões especiais no Centro e na Posse, para que os alunos possam apreciar as suas criações”, explicou Ana Lúcia de Oliveira, da equipe de Projetos da Secretaria de Educação.

A oficina foi ministrada por Lucas de Almeida Braga, formado em Ciência Ambiental, produtor orgânicos e professor de educação ambiental. “A sustentabilidade é um tema muito interessante e pode ser trabalhado de diversas formas com o público jovem”, contou.

Todas as escolas participantes do festival receberão certificado de participação. 

Serão premiados os cinco melhores vídeos das categorias: Alunos do 1º segmento; Alunos do 2º segmento; Ensino médio; Educação Especial e EJA. O objetivo é o de promover a integração entre as escolas, motivar o exercício da leitura crítica da mídia televisiva e a produção audiovisual com foco nas atividades pedagógicas voltadas ao currículo escolar.

A data limite para entrega dos vídeos finalizados será 27 de setembro. Para cada trabalho inscrito deverão ser entregues três mídias (CDV) com vídeo editado. Junto com os documentos: autorizações de uso de imagem, sinopse do vídeo, ficha técnica com título, duração, nome da escola, nome do professor responsável e dos alunos participantes.  Os trabalhos deverão ser entregues no Departamento de Ensino Fundamental.

Os vídeos serão selecionados pela comissão organizadora, sob os critérios: originalidade, organização na apresentação do material, roteiro, apresentação da documentação exigida, mensagem educativa e qualidade técnica. Os filmes deverão ter duração mínima de 5 minutos e máxima de 10 minutos. Os vídeos selecionados serão divulgados no dia da premiação. A data e hora serão divulgados posteriormente.

Parceria entre a prefeitura e a Polícia Civil busca otimizar a realização de exames médicos de vítimas de abuso sexual

O projeto será apresentado nesta sexta-feira (23.08) em evento na Fase

A atuação integrada entre vários órgãos de assistência de saúde e social é decisiva para o suporte correto e rápido de vítimas e para contribuir em investigações de casos de estupro. Por isso, a Polícia Civil, com apoio da prefeitura, criou o projeto “Minha Aurora”, com o objetivo de reunir os diversos atores envolvidos no apoio de vítimas de abuso sexual e estabelecer um protocolo de atendimento desde o acolhimento, realização de exames médicos e coleta de depoimentos de forma não apenas a reduzir o tempo de resposta policial em relação ao crime e levar ao indiciamento do agressor, mas também para assegurar os direitos de quem foi agredido. O projeto será apresentado à sociedade nesta sexta-feira (23.08), na Fase/FMP.

O Instituto de Segurança Pública (ISP) mostra a importância de reforçar a rede de atendimento das vítimas de abuso sexual. O número de casos de estupros vem crescendo desde 2014 em Petrópolis. Naquele ano, foram 78 registros desse crime nas duas delegacias da cidade. Em 2019, apenas em sete meses (de janeiro a julho), foram 77 ocorrências. No ano passado, foram 141 casos, o maior número desde o início do levantamento feito pelo ISP, em 2003.

O projeto Minha Aurora mostra de forma muito clara que a segurança pública não é apenas uma questão restrita à atuação policial, mas de todo serviço prestado à população. O que ele propõe é que o acolhimento social, principalmente das vítimas menores de 18 anos, e da rede de saúde sejam ainda mais agilizados para dar uma pronta resposta às vítimas e possibilitar uma investigação mais rápida e levar a punição de quem comete esse crime.

A delegada titular da 106ª DP, de Itaipava, é uma das pessoas à frente do projeto. Ela ressalta a maneira que a prefeitura vai atuar a partir da implementação do Minha Aurora, que conta também com a nova estrutura do Posto Regional de Polícia Técnico-Científica (PRPTC), que fica ao lado do Hospital Alcides Carneiro.

“A participação da prefeitura se dá com engajamento do Nape-IJ (Núcleo de Atendimento Psicológico Especializado Infantojuvenil), com oitiva das vítimas menores de 18 anos para evitar a revitimização; o Hospital Alcides Carneiro, para que ali seja atendida a vítima de estupro e, após a saída do IML, ela já tenha acesso à medicação do “minuto seguinte” (ou seja, antirretrovirais para prevenir o HIV e vacinas como a da hepatite B e, para mulheres vítimas, pílula contraceptiva de emergência, como estabelecido pelo Ministério da Saúde), o que é muito importante para que ela não tenha que se deslocar para uma UPA para receber esse medicamento; e com o Gabinete da Cidadania, que organiza palestras que eu ofereço nos colégios da rede municipal, para atuação junto ao nosso público-alvo que são, principalmente, meninas de até 17 anos com foco na prevenção”, explica a delegada. 

O projeto Minha Aurora também conta com um braço de conscientização da população em torno do tema para, em longo prazo, incentivar que vítimas não fiquem escondidas e denunciem os agressores. Isso acontecerá por meio de palestras em escolas e distribuição de cartilhas.

A prefeitura de Petrópolis através da Secretaria de Turismo, estão investindo cada vez mais na divulgação da cidade por todo país. As equipes estão participando de feiras e eventos voltados para o setor, com o objetivo de apresentar o município com o melhor da gastronomia, pontos turísticos, passeios ecológicos e muita cultura. A partir desta quinta-feira (22.08) até domingo (25.08), o Turispetro estará com um stand junto com outros municípios do Serra Verde Imperial, no Salão Estadual de Turismo do Rio de Janeiro 2019, que acontece na capital, no Pier Mauá. O coral Canarinhos de Petrópolis fará uma apresentação especial no sábado (24.08), às 17h, durante o evento.

Durante esses eventos, Petrópolis seus atrativos e festas são vistos como destino para milhares de guias e agentes de turismos.

Serão quatro dias de várias atividades no Salão Estadual de Turismo, entre elas shows musicais, oficinas, desfile e muitas informações de cidades turísticas de todo estado. Durante o evento, a equipe da prefeitura fará a divulgação da cidade através da distribuição de folders informativos, a participação de duas associações de artesanatos, além da apresentação do coral Canarinhos de Petrópolis.

Petrópolis já apresenta com as estatísticas o resultado de toda divulgação e qualidade das festas locais, como a Bauernfest, que recebeu 450 mil pessoas e movimentou R$ 55 milhões na economia este ano. No primeiro semestre de 2019, os principais museus históricos e culturais da Cidade Imperial registraram crescimento no número de visitantes. O Museu Casa do Colono e o Museu Casa de Santos Dumont, por exemplo, administrados pela prefeitura, tiveram aumento de 23,7% e 14,3%, respectivamente, entre janeiro e junho deste ano se comparado ao mesmo período de 2018.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Agosto 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo