A prefeitura liberou 182 enquadramentos por formação para servidores da Educação, que já terão o abono incorporados ainda na folha de pagamento nesse mês de julho. Desde outubro de 2018, quase 3 mil servidores já receberam os abonos nos salários, só em julho foram 283 liberações. Os enquadramentos podem representar, em alguns casos, ganho real entre 10% e 35%. Na prática, esses enquadramentos podem representar um aumento real nos salários dos servidores de até R$ 400. Alguns casos, os servidores poderão ter o enquadramento por formação e o quinquênio somados ao vencimento. Os quinquênios, aliás, começaram a ser liberados, por blocos, em outubro de 2018 e os enquadramentos por formação, em abril de 2019.

Aumentar a oferta de atividades físicas nos bairros e a ampliação do Agita Petrópolis foram os temas de reunião entre o prefeito e a equipe da Superintendência de Esportes e Lazer nesta sexta-feira (26.07). O prefeito apresentou os números atuais do programa, que atende a cerca de 2,5 mil pessoas em 17 bairros com ginástica e dança para adultos e esportes de quadra para o público infantil. Além disso, até o fim do ano, a prefeitura quer implementar o Programa Segundo Tempo (PST), que vai atender a mais 400 jovens em outros quatro locais.

No Agita Petrópolis são aulas de ginástica, alongamento ou dança no Contorno, Centro, Cascatinha, Vila Rica, Bairro da Glória, Caxambu, São Sebastião, Alto da Serra, Retiro, Bataillard, Oswaldo Cruz e Madame Machado. No Meio da Serra e no Pedras Brancas, são turmas de futsal e no Contorno de futebol society. Na Estrada da Saudade, o basquete e o vôlei acontecem na Fábrica do Saber. A capoeira acontece no Amazonas e Oswaldo Cruz.

A ideia da prefeitura é ampliar as atividades oferecidas para outros bairros. Outro projeto é a recuperação das academias ao ar livre, que passariam a contar com um professor de educação física dando suporte para os moradores.

Neste mês, o prefeito esteve em Brasília acompanhado por uma comitiva de secretários municipais e pelo deputado Federal Vinícius Farah, e garantiu a liberação integral dos recursos para a realização do PST. O programa atenderá até 400 jovens em quatro bairros: Caxambu, Moinho Preto, Bingen e Valparaíso com futsal, basquete, vôlei, handebol, futebol de campo, rúgbi e atletismo.

O governo municipal mantém parcerias com projetos sociais e também oferece diversas modalidades esportivas nos PSFs, nas Academias da Saúde e nas Escolas Municipais. Também voltou a ser realizado neste ano o Festival das Comunidades - projeto itinerante pelas quadras comunitárias nos bairros da cidade.

O Procon Petrópolis deflagrou a operação pizzaiolo na noite desta quinta-feira (25.07) e autuou duas pizzarias delivery na Montecaseros. Em ambos os casos foram encontrados produtos com problemas de armazenamento de ingredientes e com a validade vencida. Em uma delas a autuação também se deu por conta da cobrança indevida: em caso de pizzas meio-a-meio, o valor deve corresponder a metade de cada pizza inteira e não o preço da maior – o que não estava sendo praticado.

A equipe do órgão de defesa do consumidor iniciou a ação às 17h e terminou por volta das 23h30. Na primeira pizzaria em que a equipe esteve presente foram encontrados 4,574g de produtos como confeitos, pimentão fatiado, mistura de açúcar e canela fracionadas, queijo gorgonzola e chocolate de diversos tipos sem identificação adequada. No mesmo local, 21Kg de champignon fatiado estavam acondicionados de forma irregular, em um barril, sem qualquer indicação de data de vencimento. No mesmo local também foi encontrado 100g de chocolate em pó com validade até janeiro de 2019.

Já na segunda pizzaria visitada o problema maior foi dos produtos fora da validade: ao todo foram 14,56Kg de ingredientes vencidos no dia anterior, a maioria tomates processados (7,735Kg), mas também havia cebola, queijo, pasta de banana, entre outros. Havia, ainda, 1,220Kg de champignon vencido na última terça-feira (23) e 180g de pão com validade até o domingo (21). Este estabelecimento estava em dia com o tipo de cobrança, levando em conta o valor de metade de cada pizza na composição do preço estabelecido para o cliente.

Os alimentos foram descartados na presença de funcionários de ambas as pizzarias, conforme preconiza a legislação. Segundo o Código de Defesa do Consumidor (CDC), o qual baseia às ações do Procon, produtos com prazos de validade vencidos, deteriorados, alterados, adulterados, avariados, falsificados, corrompidos, fraudados, nocivos à vida ou à saúde, perigosos ou, ainda, aqueles em desacordo com as normas regulamentares de fabricação, distribuição ou apresentação, devem ser descartados.

Denúncias sobre irregularidades podem ser feita na unidade do Procon que funciona na Rua Dr. Moreira da Fonseca 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. Os telefones para contato são o 2246-8469 / 8470/ 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Há, ainda, a unidade de Itaipava, que fica na Estrada União e Indústria 11.860, no Centro de Cidadania. Os usuários também têm como opção o WhatsApp Denúncia pelo 92257-5837 e o site www.petropolis.rj.gov.br/procon e o serviço de mensagens da página Procon Petrópolis no Facebook.

Oficialmente, Petrópolis celebra 174 anos da chegada dos primeiros colonos germânicos que ajudaram a construir a cidade. Mas há registro de alemães trabalhando em fazendas por aqui muitos antes disso. Independente da data, a cultura que eles deixaram de herança é presença marcante até hoje na cidade e, por isso, Petrópolis também entrou no circuito das comemorações pelos 195 anos da imigração alemã no Brasil. Na manhã desta quinta-feira (25.07), o Museu Casa do Colono celebrou a data com um café da manhã organizado pelo Segmento Germânico na cidade.

A ideia é se preparar para a grande comemoração que vai acontecer em 2024, em todo país, quando será marcado o bicentenário da imigração.

“O trabalho é para que todos os centros culturais trabalhem em conjunto. Estamos marcando a data pra que a partir de 2019 o dia 25 de julho seja sempre comemorado, um preparativo para a grande celebração em 2024”, frisa Elisabeth Graebner, representante em Petrópolis da Fecab, Federação dos Centros de Cultura Alemã do Brasil.

Para os organizadores o encontro visou também estreitar ainda mais os laços, em prol de múltiplas soluções e pesquisas sobre o Patrimônio Cultural da cidade, e o quanto enriquece a identidade local. Como marco inicial do evento, o Museu Casa do Colono junto com representantes do Segmento Germânico e outras instituições assinaram uma Carta de Intenções para a Elaboração do Inventário Participativo dos Bens Culturais, materiais e imateriais de Petrópolis, relacionados à Memória Germânica na cidade.

 

O café da manhã contou com a presença de representantes da secretaria de Educação; do Segmento Germânico da cidade (Agfap, Clube 29 de Junho, Instituto Bingen); da Turispetro; do Iphan; Instituto Histórico de Petrópolis; Cefet; Uerj; Igreja Luterana, Mitra Diocesana; Associação dos Guias de Turismo de Petrópolis; Museu do Artesanato; entre outros.

O Museu Casa do Colono fica na Rua Cristóvão Colombo, 1.034, na Castelânea. A visitação funciona de terça a domingo, das 8h30 às 16h, com entrada gratuita. Mais informações no telefone: (24) 2247-3715, ou e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

A etapa inédita em Petrópolis do XTerra Brasil Tour – festival de esportes off-road com corrida em trilha e montain bike – vai contar com uma prova exclusiva e inovadora de MTB em formato de seis horas, chamada de MTB Cup X6. Além dela, serão realizadas corridas no estilo trail (trilha) de 5, 10 e 21 quilômetros, duathlon (dupla em corrida) e kids (crianças). O evento será realizado no Vale do Cuiabá nos dias 24 e 25 de agosto. Os interessados em participar devem garantir a vaga no site oficial do evento: www.xterrabrasil.com.br. A iniciativa conta com o apoio da prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer e da Turispetro.

A MTB Cup X6 acontecerá somente na etapa de Itaipava e consiste em uma experiência de seis horas pedalando em um percurso de XCO nos padrões mundiais, podendo ser realizado individualmente, em duplas ou em quartetos. A prova acontecerá na pista criada pelo campeão mundial de mountain bike Henrique Avancini, no Vale do Cuiabá. Devido às especificidades de uma competição tão longa, o trajeto precisou sofrer algumas alterações, tornando-o assim mais propício para atletas amadores que buscam a diversão e muito tempo sobre a bike.

"Petrópolis é uma cidade que conta com um fator logístico bastante favorável, pela proximidade do Rio de Janeiro. Além disso, somado às montanhas da região, ar puro e um visual alucinante farão da edição uma experiência inesquecível para todos, principalmente os amadores”, explica Gabriela Corrêa, gerente do XTerra no Brasil.

O XTerra Brasil Tour é um festival de esportes off-road que agrega toda a família para um final de semana de muita diversão, adrenalina e, principalmente, contato com a natureza. A cada ano o circuito escolhe novos destinos para apresentar aos atletas e proporcionar uma experiência completa de esporte e turismo.

Cada vez mais Petrópolis vive o mountain bike. Nesta semana, o prefeito fechou parceria com Henrique Avancini, atleta petropolitano campeão mundial de Mountain Bike cross-country, para a construção de uma Pump Track no Parque Municipal em Itaipava. A proposta é fazer uma pista revestida por asfalto, que atenda também aos praticantes de outras modalidades, como patins, skate e patinete.

Além da construção da pista, a atual gestão criou a primeira prova permanente do calendário esportivo, a Copa Imperial de MTB, que acontece no dia 4 de agosto. O município investe também em parcerias público-privada para a realização de eventos da modalidade na cidade. A Copa Internacional de Mountain Bike teve uma etapa inédita no início deste ano. 

Em uma ação de integração e inteligência para atuação conjunta com forças de segurança de outros municípios, os cães da Guarda Civil de Petrópolis participaram de uma megaoperação realizada em Três Rios para combater uma quadrilha de tráfico de drogas. Dois cães foram utilizados e tiveram papéis decisivos para encontrar um tijolo de maconha, balanças para pesagem de entorpecentes, uma espingarda e munições escondidos em um sítio, e ainda uma barra de crack durante uma varredura por uma comunidade do município. Oito pessoas foram detidas por envolvimento com a quadrilha e ainda foram apreendidos mais um revólver e grande quantia em dinheiro. A operação mobilizou cerca de 90 agentes do 38º Batalhão da Polícia Militar e da 108º DP, que atendem a população de Três Rios, e dois agentes que atuam no canil da Guarda de Petrópolis.

O canil tem participado com frequência de ações de combate ao tráfico de drogas, tanto no Centro quanto em operações em conjunto com a Polícia Militar e a Polícia Civil. Em pouco mais de dois anos, foram encontrados mais de 40 mil pinos de cocaína e, só em 2019, mais de 15 kg de maconha. Só este mês, um homem foi preso por tráfico e quatro foram conduzidos como usuários de drogas em operações com os cães.

Termina na próxima sexta-feira (02.08) o prazo para doações de cobertores e agasalhos no Procon Petrópolis. A ação solidária fará mais duas entregas e já contemplou com um total de 477 peças a Pestalozzi e APAE. Quem quiser ajudar pode entregar os itens nas duas sedes do órgão, no Centro e em Itaipava. A única solicitação é que eles estejam em bom estado de conservação – sendo entregues lavados, ou sejam novos. Os endereços para doação são, no Centro, Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, ao lado da Câmara dos Vereadores e, em Itaipava, no Centro de Cidadania, que fica na Estrada União e Indústria, 11.860. O Procon Solidário já realizou campanhas para arrecadação de brinquedos, chocolates e até ração para animais.

Ponto fixo de recolhimento de lixo eletrônico, só no primeiro semestre o Centro de Excelência e Referência Tecnológica (CERT) recolheu 600 quilos de materiais. As peças que não são reaproveitadas são encaminhadas para Comdep para destinação correta, e as em bom estado são direcionadas para projetos sociais. Foram executadas 86 manutenções em computadores, além dos 228 inscritos nos cursos sete cursos disponíveis, voltados para a área de tecnologia. O CERT também possui um espaço Coworking e Laboratórios de informática que em seis meses realizaram dez reuniões. A equipe também realizou 11 visitas técnicas em Centros de Inclusão Digital (CID) alocados em diversas comunidades do município. O CERT funciona na Rua Bingen, nº 520. Mais informações podem ser adquiridas através do telefone 2249-5900.

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias vai intensificar o trabalho de prevenção aos incêndios florestais com mais quatro etapas da Blitz Verde. A meta é distribuir cerca de 10 mil panfletos alertando para os problemas causados pelas queimadas e a soltura de balões em localidades com grandes índices de incêndios florestais. A iniciativa conta com o apoio da Polícia Militar e faz parte do Plano Inverno municipal.

Nos últimos dois anos, o número de incêndios florestais em Petrópolis caiu 28,4%. Através do trabalho de conscientização, a Defesa Civil quer reduzir ainda mais a quantidade de casos em 2019. Além da Blitz Verde, acontecem outras ações antecipadas, como a Operação Abafa II e o sobrevoo com o drone, que será utilizado pela Defesa Civil em parceria com órgãos ambientais no mapeamento e monitoramento de áreas de preservação. 

Somente neste mês, o Corpo de Bombeiros já registrou 79 casos de fogo em vegetação na cidade, a maioria deles nos distritos.As práticas de queimada são criminosas,

mesmo em áreas rurais, é crime previsto em lei e pode levar a detenção de seis meses a um ano, além da aplicação de multa.

Os casos podem ser denunciados para a Secretaria de Meio Ambiente através do 2233-8180 ou para o Linha Verde, programa do Disque Denúncia do Rio de Janeiro exclusivo para recebimento de informações sobre crimes ambientais, nos telefones 0300 253 1177 e (21) 2253-1177.

Mais conselheiros com mandato de quatro anos de duração

Acontece neste sábado (27.07) a eleição da nova composição do Conselho Municipal de Saúde (Comsaúde). Para a próxima gestão serão adotadas algumas mudanças, entre elas: o número de cadeiras, que passam de 24 para 32 e o tempo de mandato, que agora será de 4 anos, não mais de dois, conforme adotado até o momento. A eleição vai ser realizada das 8h às 17h, no auditório do prédio anexo da Faculdade Medicina de Petrópolis (FMP).

A ampliação do número de cadeiras visa aumentar a representação dos segmentos da sociedade que contribuirão para a implantação e manutenção de políticas públicas de saúde. Dos segmentos que farão parte do Comsaúde, 50% é de representação dos usuários; 25% de trabalhadores de saúde; e 25% de prestadores de serviço, governo, instituição de ensino e pesquisa. A ampliação no tempo de mandato visa ainda adequar o município ao formato usado pelo Conselho Nacional e Estadual de Saúde.

Nesta eleição, estarão habilitados a concorrer no segmento usuários, representantes da Associação de Moradores Santa Edwiges, Associação de Moradores Presidente Sodré, Associação de Moradores do Bairro da Glória, Associação de Moradores Manoel Torres, Associação de Moradores Bairro Primeiro de Maio, Associação de Moradores e Amigos do Vale das Videiras, Unidão Distrital das Associações de Moradores, Mitra Diocesana de Petrópolis, União Nacional LGBT-Petrópolis, Associação Pró-saúde, educação, esporte e lazer Yedda Granato (Seelyg), Ordem dos Advogados do Brasil Seção-Petrópolis, APAE, Frente Nacional de Combate ao Câncer, Gruparj, APPO, Instituto Alliance e Sindicato dos Empregados no Comércio de Petrópolis.

O segmento trabalhadores da saúde terá representantes do Sindicato dos Médicos de Petrópolis, Sociedade Médica de Petrópolis, Asbantho, Associação Petropolitana dos Agentes Comunitários de Saúde, Associação Brasileira de Enfermagem, Conselho Regional de Petrópolis, Sindicato dos Servidores Públicos e dos Trabalhadores nas Entidades Paraestatais do Município de Petrópolis e Sindicato Empregados em Estabelecimentos Serviço de Saúde Petrópolis.

O segmento prestadores de serviços terão indicados do Ambulatório Escola da FMP/FASE, Centro de Terapia Oncológica e Hospital Clínico de Correas. E as entidades de ensino e pesquisa participam com nomes da Faculdade Medicina de Petrópolis, Faculdade Arthur Sá Earp (Fase).

O conselho tem importante colaboração no processo de implantação e manutenção de políticas públicas na Saúde. 

Para a nova gestão está prevista ainda a possibilidade de o Conselho passar a ter representação da comunidade LGBT, entidades do movimento negro, mulheres e idosos, além dos estudantes, entidades religiosas, associação de moradores, sindicato dos trabalhadores, entidades de patologias como APPO (Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos) e APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Petrópolis).

A prefeitura promoveu a limpeza e uma série de serviços do departamento de obras da Comdep na Comunidade do Alemão nesta semana. Além da retirada de entulho, o local recebeu reforma de coletoras de base fixa, colocação de uma tela para impedir o despejo irregular de lixo no chão e ainda a instalação de uma mesa de jogos para criar uma área de lazer para os moradores.

Os serviços estão acontecendo próximo à quadra do bairro e em outros pontos da Rua Hans Bistrischan. Na região do equipamento esportivo, a tela foi colocada para coibir o despejo de lixo e entulho. Por isso, junto da tela, a Comdep também instalou uma placa indicando a proibição do descarte de entulho sobre ruas e calçadas, que pode render multas a quem for flagrado cometendo a irregularidade, e também informando o telefone do serviço de Disque Entulho, que faz a coleta gratuita de entulho em casa – as solicitações podem ser apresentadas pelo 2243-7822.

No local, ainda foi iniciada a montagem de uma área para que os moradores possam aproveitar momentos de lazer, com a colocação de mesa para jogos e bancos feitos de concreto. Ainda houve a implantação de novas coletoras de lixo que vão atender os moradores.

A Comunidade do Alemão ainda será incluída na programação do Mutirão nos Bairros, quando a prefeitura fornece os materiais necessários e faz a orientação técnica para promover melhorias de pavimentação, drenagem e colocação de meio-fio em uma servidão, com os moradores fornecendo a mão de obra.

Capital Estadual da Cerveja, com 24 marcas sendo produzidas aqui, Petrópolis busca agora um título nacional. Já tramita no Congresso Nacional – e deve ser votado neste segundo semestre - o projeto de lei para tornar o município “Berço Imperial da Cerveja”. Isso é resultado de um setor em plena expansão nos últimos anos na cidade. A desburocratização para tirar do papel sonhos de pequenos e médios produtores, o incentivo e fomento dado pela prefeitura, a garantia de participação nos eventos do calendário turístico e os passeios nas fábricas visando os visitantes de fora têm feito com o que o setor se firme como uma das principais vocações atuais do município. 

Nesta quinta-feira, o prefeito e secretários municipais visitaram algumas fábricas de cerveja da cidade acompanhados do autor do projeto de lei, o deputado federal Vinicius Farah, que pôde conhecer um pouco mais sobre as produções. “Petrópolis é uma cidade que nos enche cada vez mais de orgulho. Acabou de ser aprovado na comissão esse projeto de lei que torna Petrópolis o Berço Imperial da Cerveja. É um orgulho muito grande porque Petrópolis é uma das maiores cidades produtoras de cervejas artesanais, sem contar as outras cervejarias. Estou consciente do que esse rótulo vai proporcionar pra Petrópolis, pros produtores, com esse segmento de sucesso no país”, frisou.

No total, entre as 24 marcas de cerveja produzidas aqui, três são grandes fábricas – Cidade Imperial, Bohemia (AmBev) e Grupo Petrópolis, e 21 artesanais, distribuídas entre fábricas (Duranz, Buda Beer, BrewPoint, Odin, Real e Rocky Garden, por exemplo) e ciganas. Em 2018, só as microcervejarias produziram 1 milhão de litros da bebida que é uma das paixões dos brasileiros, com um investimento de R$ 10 milhões no setor, que emprega mais de 5 mil pessoas direta e indiretamente. Na 30ª Festa do Colono Alemão de 2019, mais de 130 mil litros de cerveja foram consumidos, sendo 30 mil só de cerveja artesanal na barraca que ficou nos jardins do Palácio de Cristal, em 17 dias de evento. 

“O setor vem movimentando a economia da cidade. A gente já vem fazendo um trabalho turístico na região. E teve a lei que reformulou todo o processo de implantação de um novo processo cervejeiro na cidade. E também na agilidade do processo interno com a prefeitura. Hoje, em aproximadamente seis meses uma indústria é legalizada em Petrópolis”, destaca José Renato Romão, presidente da Associação das Microcervejarias de Petrópolis e proprietário da Brewpoint, uma das fábricas visitadas.

“Em Petrópolis, a gente está conseguindo se posicionar dentro do mercado nacional de uma forma diferenciada. A gente tem de tudo pra poder ser realmente o diferencial na economia da cidade. Petrópolis teve uma lei aprovada, que foi a lei da cerveja, que me possibilitou estar nesse espaço aqui. Com certeza o apoio do governo faz toda a diferença”, completa o sócio da Duranz, Daniel Noel, outra cervejaria que recebeu a comitiva.

O circuito também incluiu a Cervejaria Imperial, que é uma das “plantas” – como as fábricas são chamadas – mais modernas do mundo. Por lá, estão empregadas 320 trabalhadores e o lugar continua em expansão, com projeto para implantação de visitas turísticas.

Vale ressaltar que, nestes dois anos de Capital Estadual da Cerveja, a lei 7.565 de outubro de 2017, que regulamentou o setor facilitando a instalação das microcervejarias artesanais e brewpubs (bares que produzem as próprias cervejas), foi um dos exemplos de incentivo do município ao setor, trabalhando para fortalecer os cervejeiros. Aprovado por unanimidade em 22 de junho do ano passado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), desde 14 de julho de 2017 é lei o projeto classificando Petrópolis como Capital Estadual da Cerveja.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Julho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo