Visitantes aproveitam a Bauernfest para conhecer os destaques da história de Petrópolis

O friozinho da serra foi um incentivo a mais para os turistas de Petrópolis no fim de semana: além de aproveitarem a 30ª edição da Bauenfest, a Festa do Colono Alemão, os visitantes têm aproveitado para conhecer os polos de moda e também os pontos turísticos da cidade.

Suenir Emilio veio de Navegantes, em Santa Catarina, para a Bauern e fez questão de conhecer a Casa de Santos Dumont. “É linda a casa, sua história e as particularidades do gênio da aviação que é contada através de cada detalhe. Valeu muito a pena. A cidade é linda e ainda fiquei sabendo dessa festa alemã e já quero conhecer”, disse.

Junior Medeiros, que estava com Suenir, também visitou a Casa de Santos Dumont. “Fizemos esse roteiro pela cidade e estamos encantados com tanta beleza".

Já o casal Jenifer Carvalho, de São Paulo e Vinicius Costa, do Rio de Janeiro visitaram o Museu de Santos Dumont, seguiram para o Museu Imperial e depois irão a Bauernfest. “A cidade é linda, a festa é mais bonita ainda e estou encantada com os pontos turísticos”, contou Jenifer. “A cidade está ainda mais bonita toda enfeitada para a Bauer. Vale muito a pena a visita", contou.

Movimento no comércio

Mas não são só os pontos turísticos que receberam mais visitantes durante a Bauernfest. Ruas tradicionalmente conhecidas pelo comércio também se prepararam para receber mais visitantes. Esse é o caso da Rua Dezesseis de Março.

“A cidade está linda e nós da 16 de Março entramos no clima. Queremos que os turistas conheçam nossas lojas e prestigiem o comércio da nossa cidade”, contou a empresária Alvaney Abi Daud.

A 30ª edição da Bauernfest segue até o dia 30 de junho.  A programação continua intensa no Palácio de Cristal – o coração da festa – e na Praça da Liberdade, além de atrações também na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia), com o Biergarten. Entre os destaques estão as apresentações de danças folclóricas, os bailões com a Banda Germânica, concursos, teatro, shows e muitas atividades para as crianças.

            A programação completa está disponível no site da festa: https://www.bauernfestpetropolis.com.br e na página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/bauernfest/.

Visitantes aproveitam a festa em homenagem à cultura alemã para fazer compras no polo de modas

Silvia Lourenço é do Rio de Janeiro e fez questão de fazer umas comprinhas na Rua Teresa após conhecer a Bauernfest. “Gostei muito do polo de modas. São muitas opções e os preços são ótimos. Dá para aproveitar a festa e ainda fazer umas comprinhas, o que a mulherada adora", contou a turista que veio conhecer a Bauernfest e a Rua Teresa. Silvia é apenas uma dos milhares de visitantes que estão aproveitando a Festa da Colono Alemão para dar uma esticadinha no polo de modas nos fins de semana. E, segundo os lojistas, o aumento no movimento da rua por causa da festa tem sido muito positivo.

Alguns lojistas chegam a registrar um aumento de até 30% nas vendas. “O movimento está ótimo. São pessoas que vieram para a Bauernfest e decidiram dar uma esticadinha até a Rua Teresa. Estamos muito satisfeitos. A Rua está lotada, o que nos enche de alegria”, contou o empresário João da Silva, que atua na Rua Teresa há 23 anos.

Para atrair ainda mais o público da Bauernfest à Rua Teresa, empresários, com o apoio da prefeitura, montaram uma série de ações, como divulgação dentro da festa e transporte gratuito no fim de semana. Uma van faz o trajeto entre a Bauernfest e a Rua Teresa para o público da festa. Os pontos de embarque e desembarque são na Rua Roberto Silveira, próximo ao Amparo, e na altura do número 122 da Rua Teresa. O serviço foi implementado no primeiro sábado da festa e transportou 176 pessoas.

 “Com a disponibilização das vans que trazem os turistas da festa para a Rua Teresa, desde o início da festa, estamos notando uma movimentação maior, o que reflete no aumento de vendas, o que e ótimo, sensacional para a Ria Teresa”, garante Denise Fiorini, presidente da Arte – Associação dos Lojistas da Rua Teresa.

A van faz o itinerário entre a Bauern e a Rua Teresa direto, sem paradas em outros locais da cidade. As viagens partem às 12h, 13h, 14h, 15h e 16h da Roberto Silveira e às 12h30, 13h30, 14h30, 15h30 e 16h30 da Rua Teresa de volta à festa.

Fábio Alves e Ana Paula Correa, de Nova Iguaçu, também aproveitaram o serviço da van: fizeram umas comprinhas na Rua Teresa pela manha e partiram, na van, para almoçar na Bauern. “Achei muito bacana esse serviço. A Rua está cheia e poder vir de van facilita. Foi muito legal”, contou.

Ana Paula também aprovou. “Muito interessante e uma ótima jogada para atrair pessoas para o polo de modas. Adorei!”.

A 30ª edição da Bauernfest segue até o dia 30 de junho.  A programação continua intensa no Palácio de Cristal – o coração da festa – e na Praça da Liberdade, além de atrações também na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia), com o Biergarten. Entre os destaques estão as apresentações de danças folclóricas, os bailões com a Banda Germânica, concursos, teatro, shows e muitas atividades para as crianças.  A programação completa está disponível no site da festa: https://www.bauernfestpetropolis.com.br e na página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/bauernfest/.

Estrutura da 30ª edição da Festa do Colono Alemão é elogiada por público de toda as regiões

No segundo fim de semana da tradicional Festa do Colono, a cidade teve grande movimentação desde as primeiras horas de sábado (22.06). Pessoas de várias regiões vieram para prestigiar a 30ª Bauernfest, que ocupa diferentes pontos até o dia 30 de junho.  A temática da festa tomou conta da cidade com as pessoas exibindo canecas de chope e acessórios estilizados. Além da gastronomia e cervejas artesanais, atrações diversas movimentaram cada ponto.

No ponto principal a festa, no Palácio de Cristal, o público se dividia entre as diversas opções gastronômicas, o comércio de produtos temáticos, o palco principal com apresentações musicais, além dos diferentes pontos onde a decoração servia de pano de fundo para a foto de recordação. Com espaço amplo, a festa atraiu o público que compareceu em grupos de amigos ou familiares. Como a carioca Kelly Oliveira, de 25 anos, que tem presença marcada todos anos. Vestindo o traje típico alemão, aproveitou cada parte da festa. “Todos os anos venho, e faço questão de vir vestida à caráter. Gosto da cerveja e a comida é maravilhosa. A organização da festa é muito boa”, destaca

Com o mesmo envolvimento com o clima da festa, o professor de Educação Física, Deyedson Felipe Vicchy, de 28 anos, veio de Campo Grande. Há seis anos participa da festa com a família e amigos. A primeira parada deste sábado (22.06) foi na Praça da Liberdade. “Gosto muito de tudo nessa festa, os sabores, as cervejas, viver um pouco dessa cultura, é tudo muito bom”, ressalta. A comerciante Juliana Caldeira Souza, de 31 anos, veio de Jacarepaguá para passar o dia na cidade curtindo a festa. Pela primeira vez em Petrópolis, estava conhecendo a estrutura da festa. “É a primeira vez que venho e no pouco que vi, estou gostando bastante. Tudo muito bem organizado”, reforça.

A ampliação do tempo de realização e a distribuição da festa em diferentes pontos, foi algo destacado entre os petropolitanos. A pedagoga Daniele Cruz, de 37 anos, tirou o sábado para curtir a festa com toda a família. O tema da festa toma conta do estilo de toda a família. “A festa é muito adequada para toda a família. Gosto muito de participar e esse ano, com mais dias de festa, está menos tumultuado, conseguimos circular melhor pelos espaços”, destaca. Com a mesma ideia de aproveitar com toda a família, estava o empresário João Batista da Silva Júnior, de 39 anos. Com duas crianças pequenas, se acomodou no gramado do Biergarten. “A estrutura está excelente para as crianças, ficamos todos bem acomodados e curtimos a festa”, ressalta.

Veículos de turismo não param de chegar para a Festa do Colono Alemão 

O sábado (22.06) começou cedo para quem veio de fora de Petrópolis curtir a Bauernfest. Só até às 13h, 146 ônibus e vans de turismo já haviam cruzado os pórticos da Quitandinha e do Bingen com destino à festa do colono alemão. Veículos chegam a todo momento de diversas cidades do Rio, como Niterói e Cabo Frio e até de fora do estado, como Minas Gerais, Espírito Santo e até Santa Catarina. Desde o início da festa Petrópolis já acumula 554 veículos de turismo que trouxeram milhares de pessoas para aproveitarem o evento.

E se a Bauernfest está cheia, o comércio não fica atrás. Da Rua Teresa à Rua do Imperador, passando pela 16 de Março e, claro, Palácio de Cristal, Praça da Liberdade e Praça Da Águia - os principais palcos da festa seguem movimentados. Quem veio de longe aprova: “Vim ano passado e adorei a festa, este ano estou aqui para aproveitar, beber muito chope e, claro, curtir essa cidade tão bonita que é Petrópolis”, disse Ramon Leandro, que chegou em um ônibus lotado de turistas, vindos de Cabo Frio.

Paulo Jorge, motorista de ônibus de turismo elogia: "Percebi uma receptividade muito boa. Só de chegar aqui e ter pessoas explicando como fazer para parar, onde desembarcar os passageiros, já demonstra uma preocupação com o turista. Isso é receber bem as pessoas na cidade”, disse. Paulo Jorge se refere à triagem feita pela CPTrans quando os veículos chegam à cidade. Eles são parados e recebem um adesivo com as informações de estacionamento, desembarque e embarque de passageiros. Sistema que evita o acúmulo de veículos em um mesmo local diminuindo possibilidade de retenção e aumentando a fluidez do trânsito.

Aliás, isso tem sido destacado por quem trabalha com turismo. Jean Marinho chegou hoje cedo na cidade com um grupo do Rio de Janeiro. Já é a terceira vez que ele sobre a Serra para a Bauernfest nesta edição e destaca: “Um grande diferencial. Não ficamos perdidos procurando onde parar, ficou ótimo”. José Pedro Soares, guia de turismo em Petrópolis desde 1982, antes mesmo da Bauern começar, corrobora “o controle mais bem feito quanto a entrada, a saída e o estacionamento desses ônibus”.

As guias de turismo Adriana Lefever e Cintia Esteves trouxeram a Petrópolis um grupo animado para a Bauernfest. “Estava aqui na semana passada e tenho que elogiar, tudo muito organizado para receber as pessoas”, contou Cintia. “A festa só tem a ganhar com isso. As pessoas se sentem felizes e falam em voltar para cá em outras ocasiões. A cidade realmente conquista quem chega para visita-la”.

 “A operação foi elaborada, principalmente, para que o trânsito não seja prejudicado com o excesso de veículos que buscam local para parar e acabam atravancando a cidade. Esse sistema facilita a vida dos guias, dos motoristas de ônibus e, claro, da população”, completa o diretor técnico e operacional da CPTrans, Luciano Moreira.

A alta gastronomia alemã é uma das atrações mais apreciadas pelo público nesta Bauernfest. A variedade de comidas típicas, produzidas de forma fiel nas mais de 30 barracas dentro e fora do Palácio de Cristal, atraem a cada dia mais turistas e petropolitanos. São chucrutes, salada de batata, salsichão, pernil, bolo de carne e joelho de porco defumado. Sem falar nos doces como o strudel de maçã e a tradicional torta alemã, que estão sendo servidos na festa.

O prato típico salgado mais procurado pelo público é o joelho de porco defumado que vai acompanhado de salada de batata e porção de chucrute. Segundo Vanusa Barcellos, que possui uma barraca de comida na festa, o prato possui um preparo todo especial com gostinho bem alemão com toque agridoce puxando um pouco para o paladar meio ácido. "O carro chefe das vendas é o joelho defumado, que servimos em sanduíches e também em porções. É um prato típico que eu sirvo desfiado acompanhado do chucrute, que é um repolho agridoce, e com a salada de batata, que para ser bem tradicional precisa ter picles, mostarda e maçã", contou Vanusa. 

"Achei um ambiente muito agradável e com preços justos. Tudo o que eu comi estava uma delicia e achei válido. Estou gostando muito da festa", contou  a aposentada de Maringá-PR, Eriete Roncaglia, que visitou Petrópolis pela primeira vez.

Para quem aprecia uma boa sobremesa, além do tradicional strudel de maçã, o doce queridinho do público é a famosa torta alemã.   Bruno Araujo Albuquerque, conta que no ano passado vendeu mais de mil tortinhas e a expectativa é grande para este ano. "Estamos animados já que a festa este ano está maior que os anos anteriores", disse Bruno que destacou o segredo da tortinha alemã. " A Torta tem um creme base com creme de leite, biscoito maisena e com uma cobertura especial de chocolate. ela com toda certeza é o nosso carro chefe de vendas", ressaltou.

Quem quiser apreciar os quitutes servidos na Bauernfest, tem até o dia 30 de junho, a partir das 10h, para aproveitar.

Notícias por data

« Junho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP