Recursos serão usados para pavimentação de três ruas e reforma de cinco quadras esportivas

A prefeitura vai promover obras de pavimentação em três ruas– o circuito formado por Caldas Viana, Floriano Peixoto e Alberto Torres –, algumas das mais movimentadas do Centro, com fluxo de 800 veículos por hora em momentos de pico, dos quais 70 de coletivos. O trabalho integra o programa Mais Asfalto, que investe em vias de grande movimento e também nos bairros, em ruas que servem de itinerário de linhas de ônibus, com 176 vias atendidas este ano. Além disso, serão reformadas cinco quadras esportivas: Amazonas (Quitandinha), Vila São José (Bingen), Comunidade Oswaldo Cruz (Valparaíso), Comunidade do Alemão (Retiro) e Vale do Carangola. Todas essas intervenções somam um investimento de R$ 3,3 milhões e são fruto de emendas parlamentares conquistadas pelo poder público.

De acordo com o poder público, são duas frentes simultâneas: pavimentação em ruas centrais onde há intensa movimentação de ônibus e, nos bairros, manutenção viária. Em ambas, melhorando as condições das vias, o tráfego de ônibus também melhora. E a reforma das quadras oferece melhores locais de lazer dentro das comunidades.

O trecho que será pavimentado possui cerca de 900 metros de extensão e pelo menos seis metros de largura, ambas interligadas e em sentido único. Elas receberam movimento de 800 veículos por hora em momentos de pico, sendo 70 ônibus nesse período. Essas vias são importantes ligações entre a Rua do Imperador e Paulo Barbosa e a região de Cascatinha. O serviço será feito dentro do Mais Asfalto, que já atendeu 42 bairros em todos os distritos em cinco meses de 2019.

O projeto do serviço nas duas ruas prevê a retirada do asfalto antigo e aplicação de nova camada de material, nivelamento de caixas de passagem e a pintura de sinalização em todo trecho. A licitação para as empresas interessadas ocorre no dia 18 de junhoe tem teto máximo de R$ 520 mil – com a ampla concorrência, esse valor pode diminuir. O Ministério das Cidades aporta R$ 493,1 mil, com contrapartida de R$ 26,9 mil pelo município.

Cinco comunidades vão ganhar melhorias nas quadras esportivas

Além da pavimentação, a prefeitura vai promover ainda reforma de cinco quadras esportivas. Entre as intervenções previstas estão melhoria de pisos, vestiários, troca de telas, traves, redes e, em alguns casos, construção de coberturas. Juntas, elas somam quase R$ 2,7 milhões de investimentos liberados pelo Ministério do Esporte e mais R$ 108 mil de contrapartida da prefeitura.

Essas obras vão trazer melhorias nos equipamentos usados diretamente para cerca de 15 mil moradores de Amazonas, Vila José, Comunidade Oswaldo Cruz, Comunidade do Alemão e Vale do Carangola. E vão permitir que a prefeitura instale programas sociais que atendam todas essas comunidades.

Na Comunidade Oswaldo Cruz, por exemplo, será instalada cobertura para que o equipamento esportivo seja usado, por exemplo, em dias de chuva.

“Vai ser um marco para a nossa comunidade, é uma coisa que a gente sonha há mais de 10 anos. Temos o projeto “Bom de Bola” com 70 crianças de cinco a 13 anos, mas não podemos fazer nada quando chove. Já aconteceu de ter campeonatos aqui que ficam com jogos atrasados porque temos que adiar a rodada inteira para a outra semana. E com a cobertura, isso não vai mais acontecer. Depois da reforma, temos a intenção de aproveitar e trazer projetos de vôlei e basquete”, conta o presidente da Associação de Moradores, Reinaldo Santos.

“É a nossa área lazer para os meninos poderem jogar bola. É algo muito importante para gente, que a gente espera muito. Torcemos para que tudo possa acontecer o mais rápido possível e o pessoal possa aproveitar bastante a quadra”, fala a moradora e integrante da Associação de Moradores do Vale do Carangola, Eunice Souza de Lima.

As licitações para definição das empresas que ficarão responsáveis pelas reformas das quadras vão acontecer nos dias 17 e 18 de junho. A concorrência ampla também fará o preço final ficar abaixo do teto.

Todos os editais completos estarão disponíveis a partir desta sexta (31.05) no Portal da Transparência, no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). A entrega e abertura das propostas serão feitas no Centro Administrativo da prefeitura, na Av. Barão do Rio Branco, 2.846 – Centro.

Prefeitura amplia as vagas para educação infantil na rede municipal de Educação

Uma nova creche municipal será aberta em Corrêas no segundo semestre. O imóvel alugado pela prefeitura, está localizado em área central do bairro: Rua Princesa Dona Paula. Nos próximos dias já começa a adaptação do espaço para receber crianças de até 3 anos. A previsão, segundo o poder público, é de que 200 crianças sejam atendidas no novo Centro de Educação Infantil. A expectativa é de que, com o novo CEI, a lista de espera por vagas na região seja zerada. Até o final do ano, em toda a cidade, serão 700 novas vagas.

Ainda segundo o poder público, novos espaços serão inaugurados nesse ano, como CEI Augusto Meschick, o Primeira Infância, no Centro, que foi ampliado.

A casa, que será transformada em CEI, tem cinco quartos, três salas amplas, seis banheiros, cozinha, área de serviço, espaço para solário e área gramada, que será utilizada para o lazer das crianças.

Mais vagas para creche

O investimento em novas vagas para creche não para: além do novo CEI em Corrêas, da adaptação do CEI Primeira Infância e do CEI Augusto Meschick, no Centro, no último ano uma escola foi toda adaptada e se tornou CEI no São Sebastião, o Hermínia Matheus. Atualmente, mais de 100 crianças são atendidas no espaço. No Independência, o poder público vai adaptar o CIEP Santos Dumont para que sejam absorvidas mais de 400 crianças no local e a previsão é de que o espaço fique pronto no 2º semestre. No CEI Boa Vista, que também será inaugurado no 2º semestre, serão pelo menos 60 vagas para educação infantil.

Nomes foram publicados no DO de 28 de maio de 2019

A prefeitura liberou o enquadramento por tempo de serviço – quinquênio – para mais 340 servidores da Educação. Além disso, outros 52 tiveram o enquadramento por formação incorporados aos salários. Os nomes dos agraciados foram publicados no Diário Oficial do dia 28 de maio de 2019. Com mais essa leva, já são 1.740 enquadramentos por tempo de serviço. Com relação ao enquadramento por formação – que começou a ser liberado em abril – já são 83 servidores beneficiados com a ação.

Vale salientar que os enquadramentos podem significar um aumento real entre 10% e 35% - até R$ 400,00 - no salário, dependendo da situação do servidor. Alguns terão o quinquênio incorporado aos salários; outros o enquadramento por formação e, em alguns casos, o servidor terá os dois enquadramentos somados ao vencimento.

O descongelamento do quinquênio começou em outubro de 2018 e o descongelamento por formação, em abril deste ano. Vale salientar que o pagamento do quinquênio está previsto no Plano de Cargos Carreiras e Salários da Educação. 

Estacionamento rotativo regular terá horário estendido no Centro Histórico

Com o acumulo de carros nas ruas do Centro, a CPTrans e a Guarda Civil já estão articulando um cronograma para evitar a atuação de flanelinhas durante a Bauernfest – medida que visa evitar que motoristas sejam explorados pela atuação irregular, que também atrapalha o trânsito com a orientação de locais proibidos para estacionamento como vagas. Entre as medidas, está a ampliação do horário de cobrança do estacionamento regulamentado rotativo, que funcionará até às 22h de quarta-feira a domingo em ruas próximas à festa. As tarifas também serão mantidas: R$ 2,50 nas áreas brancas e R$ 3,50 nas áreas azuis.

Ao mesmo tempo em que amplia as vagas de rotativo, a CPTrans também está aumentando as possibilidades de estacionamento no período da festa: a Avenida Koeler, Rua da Imperatriz e Avenida Barão do Rio Branco – até a altura do Corpo de Bombeiros, serão transformadas em estacionamento rotativo nas sextas de 18h às 22h e, aos sábados, domingos e feriados, de 8h às 22h. Um serviço de valet também será oferecido pela SinalVida, na Avenida Koeler, nº 260, pátio da Prefeitura, nas sextas a partir das 18h e nos sábados, domingos e feriados, a partir das 9h, por R$ 35.

As ruas que terão o horário estendido são para às 22h de quarta a domingo são: lado par da Rua Imperatriz, lado ímpar da Avenida Tiradentes, Rua Raul de Leoni, Rua São Pedro de Alcântara, Praça Princesa Isabel, Rua Dr. Nelson de Sá Earp, Rua Engenheiro Miguel Detsi, Rua Roberto Silveira, Rua Barão do Amazonas, Rua 7 de Abril, Rua Montecaseros, Rua Padre Siqueira, lado ímpar da Avenida Koeler, Avenida Presidente Kennedy, Rua Frei Rogério, Rua 13 de Maio e Praça da Liberdade.

Durante os dias de festa, serão disponibilizados pontos fixos para pagamento do rotativo nas duas extremidades da Rua Alfredo Pachá, na Praça da Liberdade e na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia). Além disso, o usuário pode falar com qualquer controlador (identificados com camisas amarelas da SinalVida) independentemente do local onde o veículo estiver estacionado e utilizar, também, o aplicativo DigiPare disponível para celulares com iOS, Android e Windows Phone, o site www.estarpetropolis.com.br; por SMS pelo número 27317, por ligação 0800-941-3444, em qualquer um dos parquímetros disponíveis - sendo que esses equipamentos aceitam pagamentos em moeda e cartão de crédito e débito; no comércio local

A CPTrans também fez um levantamento dos estacionamentos privados no Centro da cidade. São 39 no entorno da festa e a solicitação da companhia é que esses locais ampliem seu horário de abertura para atender a demanda de usuários durante a festa.

Tarifa de regularização

A tarifa de regularização praticada pela SinalVida em casos em que não haja o pagamento pelo rotativo poderá ser suspensa na primeira vez que o petropolitano ou turista utilizar a vaga. A suspensão da tarifa de R$ 42 pode ser feita com qualquer controlador em até 48h a partir da emissão do bilhete. A medida visa evitar a cobrança da taxa para pessoas que, por desconheceram o sistema de cobrança na cidade, paguem além do tempo que utilizou a vaga.        

Funciona assim: o usuário que parou em uma vaga e, por algum motivo, recebeu a tarifa de regulamentação pode falar com algum dos controladores identificados e explicar o desconhecimento das regras de utilização. O atendente vai verificar, pela placa do veículo, se essa foi a primeira vez que o veículo parou em uma vaga de rotativo na cidade, e se for o caso, e esse veículo acabou sendo notificado, a cobrança será suspensa, tendo o usuário que arcar, apenas, com o período que o veículo ficou na vaga.

Na apresentação do Dossiê Mulher 2019, ela afirmou que iniciativas como o Cram e o Nuam representam “avanço no enfrentamento à violência”

Dados sobre Petrópolis mostram que o número de femícídios em 2018 caiu, mas ainda são altos os índices de lesão corporal, estupros e ameaças

Apesar dos baixos índices de violência contra a mulher em Petrópolis na comparação com todo Estado, a rede de atendimento precisa continuar a ser fortalecida para que os índices possam diminuir ainda mais. Essa é a conclusão da diretora-presidente do Instituto de Segurança Pública, Adriana Pereira Mendes, que esteve na Casa dos Conselhos na quarta-feira (29.05) para apresentar os dados obtidos pelo Dossiê Mulher 2019. Espaços e ações desenvolvidas em locais como Centro de Referência em Atendimento à Mulher (Cram), o Núcleo de Atendimento à Mulher (Nuam) na delegacia do Retiro, entre outros, são vistos por ela como “imprescindíveis” para enfrentar a violência por causa do gênero.

O Dossiê Mulher 2019 reúne dados do ano passado. De acordo com o relatório, foram dois femicídio (homicídios dolosos), contra seis um ano antes. O número de tentativas de homicídio, no entanto, teve um pequeno aumento (foi de 12 para 15). Em 2018, houve registro de 861 casos de lesão corporal, 118 estupros e 931 ameaças.

“Com relação a Petrópolis, considerando o Estado do Rio como um todo, vemos que não são números tão significativos, felizmente. A gente observa, por exemplo, com relação ao número de feminicídio, em comparação com o Estado do Rio de Janeiro, que é bem reduzido, chegamos até, em 2016, a não ter nenhum caso. Ainda assim, observamos números expressivos de lesões corporais, ameaças, crimes que não têm a mesma gravidade como são os contra a vida, mas que ainda é necessária toda a atenção para que esses números diminuam”, analisou.

Nesse cenário, a rede de assistência às vítimas da violência doméstica ganha ainda mais importância. Até meados de maio deste ano, o Cram fez 257 atendimentos em Petrópolis. O espaço oferece orientação jurídica, acompanhamento social e psicológico, em parceria com as delegacias da cidade, para atender mulher em situação de violência, seja ela moral, verbal, patrimonial, física ou sexual.

Além disso, a cidade também tem a Sala Violeta, no Fórum de Itaipava, para acelerar o acesso das vítimas ao judiciário; e está construindo a Sala Lilás, que vai oferecer atendimento reservado para exames no IML. Este ano, a Guarda Civil também capacitou os agentes para atender mulheres em caso de violência dentro da Lei Maria da Penha.

“Qualquer ação que visa dar um melhor atendimento e, sobretudo, um fortalecimento da rede de atendimento à mulher nos seus mais diversos aspectos, seja no âmbito da unidade policial ou no pós, é imprescindível, é muito importante, é um avanço no enfrentamento à violência”, ressaltou a diretora-presidente do ISP-RJ.

Manutenção da política de redução de despesas, apesar do registro de aumento de arrecadação, frente à necessidade de gerenciamento de dívidas acumuladas por gestões anteriores - que ainda estão no patamar de R$ 610 milhões. Este foi um dos pontos destacados pela prefeitura em audiência pública sobre avaliação do cumprimento de metas fiscais do município no primeiro quadrimestre de 2019. Os dados foram apresentados pela equipe de governo na Câmara de Vereadores, na tarde desta quinta-feira (30.05).

Números do quadrimestre apontam para um aumento na arrecadação dos principais impostos (IPTU, ITBI, ISS e ICMS), o que não é motivo para que o governo desaperte o cinto, uma vez que o montante de dívidas ainda é alto e o foco do governo é ampliar a oferta de serviços de qualidade para a população.

Outro ponto destacado pela equipe de governo foi o modelo de gestão, que prioriza investimentos em Saúde e Educação. Na Saúde, foram empenhados no primeiro quadrimestre R$ 322 milhões, dos quais R$ 126 milhões já liquidados. Na Educação, foram empenhados de janeiro a abril R$ 62 milhões, sendo R$ 40,6 liquidados até o mês de abril. Os orçamentos da Saúde e Educação, este ano, são de R$ 380 milhões e R$ 275 milhões, respectivamente.

Os números também mostram os resultados da austeridade naadministração da folha de pagamento dos servidores, que está em 42.89% do orçamento - abaixo de todos os patamares da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF),cujo limite de alerta é de 48,60%, o prudencial 51,30%,  e o máximo de 54%.

Em relação ao crescimento da arrecadação, a equipe de governo apresentou ainda durante a audiência pública um comparativo entre as receitas arrecadadas no período de janeiro a abril de 2016 e ao mesmo período deste ano. Considerando a arrecadação dos quatro principais tributos (IPTU, ITBI, ISS e ICMS), em 2016, a arrecadação foi de R$ 121 milhões. Este ano a soma dos mesmos alcançou R$ 181 milhões.

Em janeiro de 2017, o município tinha uma dívida acumulada por antigos gestores de R$ 766 milhões. Desde então, o município quitou R$ 155 milhões e hoje a prefeitura trabalha para quitar R$ 610 milhões em dívidas – mais da metade do orçamento do município, que está em R$ 1,1 bilhão.

Foi realizada nessa quinta-feira (30.05) mais uma ação do programa Mais Asfalto na localidade Vale do Sossego, local por onde passam 18 viagens de ônibus da linha 615 diariamente. O trabalho de manutenção viária na Rua Carvalho Junior, que liga Corrêas e Carangola, teve aplicação de 12 toneladas de asfalto. O serviço foi acompanhado nesta quinta-feira (30.05). O trabalho de manutenção viária já ocorreu em 167 ruas de 42 bairros em todos os distritos em cinco meses deste ano.

Nesta quinta-feira, o serviço de manutenção viária ocorreu na Rua Washington Luiz, local por onde passam 1.285 viagens de 66 linhas diariamente. A Rua Adão Braun foi mais uma a receber o trabalho.

O Mais Asfalto ainda promoveu o trabalho em outro trecho da Estrada União e Indústria, dessa vez na Posse, próximo a localidade Taquaril. O trecho é de responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), mas a prefeitura fez o serviço para evitar acidentes.

A prefeitura recebeu nesta quinta-feira (30.05) representantes do governo de Nova Friburgo para troca de experiências com a Procuradoria Geral de Petrópolis. A intenção foi conhecer o trabalho realizado por aqui na formulação de projetos e leis e os mecanismos de controle de contratos sob o ponto de vista jurídico. Estiveram na cidade o procurador geral, Ulisses da Gama, o subsecretário de Serviços Concedidos, Dr. Nader Pedro, e o engenheiro Zury Maurer e a primeira-dama de Nova Friburgo, Cristina Bravo.

As obras na ‘UPA’ Itaipava, que seguem em ritmo acelerado. A meta é iniciar o serviço de urgência e emergência dos distritos no segundo semestre. Um prédio no ‘coração’ de Itaipava está sendo adequado para receber a unidade.  A FCK, empresa licitada para a obra, concentra os esforços nesta primeira etapa na readequação do espaço que terá consultórios, internação e demais estruturas para uma unidade de urgência.

Segundo o poder público, com a terceira UPA as unidades do Cascatinha e Centro também terão reflexos positivos - Descentralizando os serviços como o de emergência e ainda a saúde básica. Além da UPA de Itaipava, o poder público está levando aos distritos a UBS de Araras, já em funcionamento, e a UBS da Posse  em fase final de construção. Juntas, vão atender 20 mil pessoas.

Atuarão na unidade 21 médicos clínicos, 14 pediatras, 36 técnicos de enfermagem, 14 enfermeiros, 4 farmacêuticos, 2 assistentes sociais, além de direção médica, coordenação de enfermagem, além de profissionais de radiologia e administrativo. A unidade de Urgência e Emergência contará com uma sala amarela e vermelha, sala infantil além de uma sala de medicação, nebulização e uma central de material esterilizado (CME).

Balcão de Empregos da PMP divulga, em média, 20 oportunidades por semana

Trinta pessoas participaram do encontro realizado pelo DETRA – Departamento de Trabalho e Renda da Secretaria de Desenvolvimento Econômico - nessa quinta-feira (30.05) na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta. Na ocasião, foram divulgadas algumas dicas para quem busca uma recolocação no mercado de trabalho: manter o currículo atualizado, se inscrever nos cursos gratuitos ofertados nos Centros de Inclusão Digital e buscar especializações nas áreas de interesse.

Com 19 mil currículos cadastrados, o Balcão de Empregos da Prefeitura - administrado pelo DETRA – já divulgou, entre dezembro de 2018 e maio deste ano, 430 vagas de empregos. O DETRA também encaminhou os currículos para as entrevistas de emprego.

.Luciano Pereira Rosa da Masterpo – empresa que realiza treinamento especializado de funcionários –deu dicas de como se sair bem nas entrevistas e os cursos ofertados gratuitamente nos Centros de Inclusão Digital também foram abordados durante o evento – são 6 CIds em funcionamento na cidade e, neles, são oferecidas aulas gratuitas de informática básica, pacote office e até educação orçamentária, uma boa opção para quem busca atualizar os seus conhecimentos para concorrer a uma chance no mercado de trabalho. Os interessados devem fazer a inscrição no próprio CID.

Patricia Oliveira, de 44 anos, está buscando uma vaga no mercado de trabalho há um ano e resolveu se inscrever no Balcão. “Não conheci esse serviço gratuito que a prefeitura oferece e achei muito interesse. Estou confiante e quero muito voltar ao mercado de trabalho. Além de precisar, porque eu tenho família, não estou acostumada a ficar em casa e gosto de ter contato com outras pessoas”, disse Patrícia que busca uma vaga na área de auxiliar de cozinha ou serviços gerais.

Palestras terão continuidade ao longo do ano

As próximas palestras do Balcão de Empregos serão realizadas nos dias: 26 de junho, 25 de julho, 29 de agosto, 26 de setembro, 31 de outubro e 28 de novembro – sempre de 14h às 17h, na Casa dos Conselhos que fica na Avenida Koeler, nº 260, Centro.

Os interessados em cadastrar os currículos no Balcão de Empregos da Prefeitura devem fazer a inscrição no site www.petropolis.rj.gov.br. Informações podem ser consultadas pelo telefone (24) 2233-8113. O Balcão de Empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O DETRA fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.

Momentos simples em família, do dia a dia, que ficam sempre guardados na lembrança, agora vêm sendo eternizados em um novo nicho da fotografia. E esse é o tema da próxima exposição que entrará em cartaz no Centro de Cultura Raul de Leoni. Dos fotógrafos Érica Marci e NévitonMarci Júnior, a mostra “Fotografia Documental em Família – Amor sem Pose”, será aberta neste sábado (1º.06), no Espaço Alternativo. A entrada é gratuita.

A exposição conta com 31 fotos de três famílias diferentes que contam a história de cada uma. “São momentos registrados de cada família a partir de um tempo que passamos com elas. Muitas pessoas valorizam a família e esses momentos, mas têm apenas lembranças. Com as fotografias a gente consegue eternizar isso. Tenho certeza de que as pessoas vão gostar e se identificar”, explica o fotógrafo.

Diferente dos ensaios de família dirigidos como o lifestyle, o conceito na fotografia documental é a família ser fotografada sem poses, 100% documental, o dia todo. Seja na hora de preparar e tomar o café da manhã juntos, ler um livro com os filhos, brincar, ir ao mercado fazer compras, preparar o almoço, enfim, aquilo que a família é e faz no dia-a-dia.

O Espaço Alternativo funciona de 10h as 17h, de segunda a sexta-feira, e de 13h as 17h aos sábados. O Centro de Cultura Raul de Leoni fica na Praça Visconde de Mauá, 305, no Centro Histórico. A mostra fica em cartaz durante todo o mês de junho. 

O Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE) foi homenageado com uma moção congratulatória oferecida pela Câmara Municipal. A iniciativa é resultado do trabalho realizado durante a 30ª Expo Agropecuária, que aconteceu no início do mês, no Parque Municipal, em Itaipava. No evento, o palco que passou a ser chamado de “Talentos de Petrópolis”, recebeu artistas e bandas locais e esteve entre os pontos altos da programação.

“O sucesso alcançado pelo evento é resultado de um esforço de uma grande equipe que reúne força, experiência, compromisso e melhoria contínua. O bom trabalho inspira uma sensação de dever cumprido e vitória. Essa moção é devida por merecimento e gratidão”, diz a homenagem.

Aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público do Município de Petrópolis (INPAS) poderão renegociar dívidas com a Caixa Econômica Federal, com descontos de até 90% para pagamentos à vista, nos próximos dias 13 e 14 de junho. Na sede do próprio Inpas, uma estrutura do banco e do Procon – que vai homologar acordos – será montada para o atendimento individualizado. O INPAS fica na Rua Dr. Alencar Lima, 35, 1º andar.

Os servidores que estiverem com alguma pendência junto ao banco poderão negociar suas dívidas de forma personalizada, ou seja, de acordo com a situação do contrato e tipo de operação de crédito, como renovação dos contratos para o aumento de prazo, unificação de dividas diversificadas, dividas de cartões de crédito, cheque-especial, créditos consignados e descontos de até 90% sobre o valor da dívida com pagamento à vista, além de parcelamento da quantia negociada.

A Campanha Quita Dívida Servidor vai passar por quatro locais, em dias distintos, com equipes itinerantes, para garantir melhor acesso dos profissionais às oportunidades de negociação. As equipes iniciam os trabalhos pela Comdep 3 e 4 de junho; nos dias 5, 6 e 7, os profissionais estarão na Sede da Prefeitura, no prédio da Casa dos Conselhos, Avenida Koeler, 260. Já nos dias 10, 11 e 12, a equipe estará no Centro Administrativo, na Avenida Barão do Rio Branco 2.846; e, fechando a ação, nos dias 13 e 14 no Inpas, na Rua Alencar Lima, 35, 1º andar.

Confira os dias e locais onde as equipes estarão:

3 e 4 de junho - Comdep

5, 6 e 7 de junho - Casa dos Conselhos

10, 11 e 12 de junho - Centro Administrativo

13 e 14 de junho - Inpas

Mais de 150 estiveram envolvidos no primeiro dia de disputa do futsal nos Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis (Jeups). Foram realizados nove jogos na categoria sub-13 masculino e três no feminino. Até o dia 11 de junho, acontecem mais 112 partidas em todas as idades: sub-13, 15 e 18. A modalidade reúne 43 escolas, com a participação de cerca de mil alunos. As partidas acontecem no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), no Caxambu. Neste ano o Jeups bateu o recorde de escolas participantes, com a participação de 50 instituições inscritas.

O futsal é a última modalidade coletiva em disputa nesta primeira fase. Já foram realizados os jogos de vôlei, basquete e de handebol. Os oito melhores colocados por categoria de cada esporte garantem vaga para a fase final, que será realizada no segundo semestre.

Os esportes disputados de forma individual - tênis de mesa, xadrez, judô e atletismo – serão realizadas em uma única fase, com previsão para começar em agosto. A competição vai reunir cerca de três mil alunos em mais de 250 horas de atividades esportivas variadas até outubro.

Henrique Zanatta, diretor do Colégio São Tomás de Aquino, destacou que a escola busca mais uma vez o prêmio geral da competição e sabe da importância do futsal. “É o esporte mais disputado, que todos querem vencer. Nossas equipes estão preparadas não apenas para o futsal, mas em todas as modalidades”, garantiu.

A novidade deste ano é uma parceria entre a prefeitura e o Banco de Sangue Santa Teresa, que busca incentivar os colégios a doarem sangue no período em que ocorrem as disputas. Quem conseguir o maior número de pessoas vai ganhar a pontuação equivalente a uma modalidade esportiva. “Estamos incentivando que as escolas organizam um dia D, levando um grande numero de pessoas para doarem”, disse Leandro.

O regulamento deste ano também permite a inscrição de um mesmo atleta para três esportes em equipe nas categorias sub-15 e 18. A mudança atende a um pedido das escolas menores, que contam com menos alunos e ficavam de fora de algumas modalidades. “Dessa forma, é possível qualificar os colégios de menor porte a disputar com os maiores”, disse Silmar Assumpção, professor de educação física do IPAC.

Além disso, serão formadas seleções com os principais atletas das categorias sub-15 e 18 no basquete, handebol, vôlei e futsal (apenas no feminino, já que no masculino a Liga Petropolitana de Desportos representa a cidade).

A segunda fase do Jeups e as modalidades individuais acontecem no segundo semestre. O evento de encerramento com a premiação dos alunos e das escolas vai acontecer no mês de outubro no Sesc Quitandinha.  As tabelas com todas as partidas da primeira fase estão disponíveis no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Hoteleiros e poder público estão unindo forças para alavancar o turismo em Petrópolis. Um calendário de encontros foi marcado para grupos de trabalho atuarem em projetos que possam contar com a união da iniciativa privada e da prefeitura. A primeira reunião foi realizada nesta quarta-feira (29.05), na Pousada da Alcobaça, em Corrêas, organizada pela ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis. Entre os principais objetivos está criar estratégias para aumentar o tempo de permanência de turistas na cidade.

Atualmente, Petrópolis conta com 117 meios de hospedagem, entre hostels, hotéis e pousadas para todos os gostos e bolsos, sendo 6.325 leitos disponíveis para os visitantes.

Para os hoteleiros, aumentar a ocupação está diretamente ligada ao aumento de visitantes do destino turístico e por isso é importante essa união. Hoje, Petrópolis já é uma das principais cidades indutoras do turismo no estado, mas o objetivo é transformar o município em dos principais destinos turísticos do país.

“Petrópolis tem muitos pontos positivos, que podem fazer crescer o turismo. É uma cidade ímpar, de muitas qualidades. A hotelaria tem que se juntar e acreditar nas nossas ideias”, frisa o vice-presidente da ABIH-RJ, Gerard R. Jean Bourgeaiseau.

“A hotelaria tem que buscar soluções para os seus problemas, fazer novos negócios para potencializar Petrópolis como destino turístico. Então estabelecemos hoje encontros frequentes, como uma agenda de trabalho”, completou o conselheiro da ABIH-RJ representando Petrópolis, Guilherme Lacombe.

O encontro também contou com hoteleiros da cidade. Reuniões também foram realizadas em Nova Friburgo e Teresópolis e todas têm como objetivo ainda diagnosticar os entraves, sugerir e oferecer soluções, além de colaborar na formação e aperfeiçoamento das equipes, a fim de melhorar o desempenho e o acolhimento aos turistas.

Esta semana, o turismo em Petrópolis recebeu outra boa notícia que deverá fomentar o setor. A Cidade Imperial é uma das principais cidades da rota "Rio de Janeiro Imperial", que é a única rota do estado contemplada com o programa Investe Turismo - neste primeiro momento. A cidade, única da Região Serrana com classificação A no Mapa do Turismo do Brasil, impulsionou a rota e está entre os cerca de 30 municípios do Sudeste do país que receberão o programa, que tem investimento inicial de R$ 200 milhões. A iniciativa, do Ministério do Turismo, do Sebrae e da Embratur, vai levar um pacote de ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação e melhoria de serviços voltados para regiões turísticas.

O acesso aos benefícios de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e também as vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual pode ser garantido pelos petropolitanos através do programa do governo federal Identidade Jovem (ID Jovem). Para receber o benefício, os jovens devem ter entre 15 e 29 anos e ter renda familiar de até dois salários mínimos, além de estar inscrito no Cadúnico - Cadastro Único para Programas Sociais. Em Petrópolis, o programa é executado pela Coordenadoria de Juventude, em parceria com a Secretaria de Assistência Social.

Entre os benefícios para os jovens inscritos estão a possibilidade de viajar o país em ônibus intermunicipais de forma gratuita, assistir a shows, peças de teatro e eventos esportivos pela metade do preço, além de gratuidade na inscrição de concursos e do Enem.

O programa prevê que os jovens dentro da faixa etária estejam adequados às regras estabelecidas. Uma renda familiar bruta de até dois salários mínimo comprovada e estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), com os dados atualizados nos últimos 24 meses, são pré-requisitos para inclusão no programa.

No caso das passagens interestaduais, o jovem deve reservar lugar com antecedência de, no mínimo, três horas antes dos horários de partida dos coletivos. O usuário deve apresentar a Identidade Jovem e a carteira de identidade quando requerer a passagem. São reservadas duas vagas gratuitas e duas com 50% de desconto em cada coletivo, trem ou serviço de transporte convencional terrestre interestadual.

Como fazer para se inscrever no programa ID Jovem

Existem duas maneiras para o beneficiário adquirir o cartão ID Jovem, que é emitido pela Secretaria Nacional de Juventude (SNJ), que são o aplicativo para smartphones e pelo site do programa. A partir de um download para celular – que é compatível com Apple IOS, Android e Windows Phone – o jovem insere no programa seus dados, conforme inscrição do CadÚnico. O próximo passo é a solicitação a geração do ID Jovem virtual, que armazena uma imagem com dados pessoais e um QR Code individual. Com essa ação finalizada, o mesmo fica disponível para utilização pelo próprio aplicativo, mesmo em modo off-line, por 30 dias. As informações e detalhes do podem ser obtidas no site www.juventude.gov.br/idjovem.  

A Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) orienta que caso ocorra recusa na aceitação da ID Jovem para o pagamento da meia-entrada, a queixa deve ser formalizada no Procon. Já no caso de viagens, a reserva de vagas em ônibus interestaduais deverá se feita, no mínimo, três horas antes da viagem. O beneficiário deve apresentar a ID Jovem e a carteira de identidade no momento em que solicitar o bilhete. Serão reservadas duas vagas gratuitas em cada veículo, comboio ferroviário ou embarcação do serviço convencional de transporte interestadual de passageiros; e duas vagas com desconto de 50% (cinquenta por cento), no mínimo, no valor das passagens, a serem utilizadas depois de esgotadas as vagas gratuitas. Caso a empresa se recuse a fornecê-lo, as denúncias devem ser feitas pelo telefone 166 da ANTT.

Ação, que faz parte do Maio Amarelo, levou brincadeiras e informações aos pequenos

A rotina de 350 estudantes de sete instituições de ensino foi alterada nesta quinta-feira (30.05): de forma lúdica, as crianças aprenderam sobre às regras do trânsito numa ação do Maio Amarelo realizada na Germano Valente. No espaço foi montado uma mini cidade onde as crianças faziam o papel dos pedestres e dos próprios veículos. Houve, também, oficina de desenhos sobre o cuidado com os animais no trânsito e na rua, cinema com vídeos educativos e oficinas de placas de trânsito.

Dividido em dois turnos, as crianças participaram das ações desde às 9h. São estudantes dos CEIs Comac e Tina Grazinoli, e das EM Carlos Canedo, EM Germano Valente, EM Paulo Freire, EM Clemente Fernandes e EM Abelardo de Lamare. Mote do Maio Amarelo nesta edição, a intenção a CPTrans ao levar às crianças é para que elas aprendem desde a infância as regras de trânsito e que sejam, dentro de suas casas, agentes multiplicadores.

E foi nesse espírito que o pequeno Miguel Zau Lemmek, de 5 anos, falava sobre a importância de atravessar na faixa de pedestres, ter cuidado com os animais nas ruas, “que devem sempre estar na coleira”. “Eu achei muito legal e vou contar para minha família quando chegar em casa. Gostei de ser a bicicleta ali na mini cidade”, disse o menino, que estudo no CEI Comac.

A diretora da EM Carlos Canedo, de Barra Mansa, que atende estudantes do 3º período ao 5º ano fundamental destacou a importância desse tipo de trabalho para o desenvolvimento no aprendizado dos alunos. “Estamos o mês inteiro trabalhando o tema do Maio Amarelo na escola e essa mudança de ambiente trabalha a sociabilidade e convivência ao mesmo tempo que agrega novos conhecimentos às turmas”, disse.

Já a professora da EM Paulo Freire, Roseni Egidio, que levou 16 alunos com necessidades especiais destacou que esse tipo de ação traz conhecimentos voltados à autonomia. “Alguns dos nossos alunos andam sozinhos na rua, vão para a escola, e saber onde atravessar, como se comportar no trânsito, é um conhecimento muito importante porque dá a eles maior independência nas suas tarefas. Já aqueles mais impossibilitados tornam-se agentes multiplicadores no desenvolvimento de suas tarefas”, disse.

Este ano, o Maio Amarelo tem foco nas crianças. Com o mote “No Trânsito, o sentido é a vida”, a assinatura #MeOuça nas peças da campanha tem o viés voltado à reflexão dos adultos frente aos conselhos dado pelas crianças. O tema escolhido propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Maio 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo