Com o objetivo de discutir políticas públicas voltadas para o transporte e trânsito da cidade, a 15ª Conferência Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT) traz o tema “Mobilidade Urbana”, que será abordado nesta sexta-feira (17.05) e no sábado (18), por membros do poder público e sociedade civil. Na ocasião, também serão eleitos 11 novos conselheiros representantes da sociedade civil e 11 vagas para suplentes, que participarão por todo ano do Conselho Municipal de Trânsito e Transportes (Comutran). A reunião, que acontece no auditório da Universidade Católica de Petrópolis (UCP), no campus Barão do Amazonas, conta com 39 candidatos.

Na sexta-feira, a abertura solene está marcada para às 19h, quando os participantes irão aprovar o novo regimento interno do Comutran, que será apresentado pelo diretor técnico Operacional da CPTrans, Luciano Moreira.

Já no sábado, a Conferência começa às 8h30, e receberá duas palestras. A primeira será com o diretor do Banco de Sangue no Hospital Santa Teresa, Vinicius Neves, em seguida a Arquiteta e mestre em Engenharia pela PUC, Flávia Carvalho, irá explanar sobre Veículos Leves sobre Trilhos (VLT). A reunião conta também com a apresentação do Plano de Mobilidade Urbana. No mesmo dia, a partir das 11h, será aberta a votação para os novos conselheiros do Comutran, e encerrada às 13h.

A equipe da CPTrans, para elaborar o Plano de Mobilidade, levou em conta os princípios estabelecidos pela Política Nacional de Mobilidade Urbana, no qual envolvem a necessidade de oferecer acessibilidade universal, ou seja, qualquer cidadão poderá usufruir dos meios de transporte, o desenvolvimento sustentável, a eficiência e efetividade na prestação de serviços de transporte público, a gestão democrática e o controle social da política, a segurança no deslocamento das pessoas e a equidade no uso das vias.

A Secretaria de Assistência Social inicia a programação de Ações Sociais pelos bairros da cidade. O calendário de eventos voltado para a prestação de serviços terá início no próximo sábado (18.05), na Comunidade do Alemão - Retiro, no Centro Paroquial de Educação Infantil Nossa Senhora Aparecida. Durante cinco horas, das 9h às 14h, a população terá acesso a uma série de ações voltadas para a saúde, bem estar, cuidados pessoais, serviços, entre outros.

Esta será a primeira vez que a Comunidade do Alemão recebe a Ação Social e a estimativa é de atrair entre 400 a 500 pessoas do bairro. O evento tem o objetivo de facilitar o acesso da população a serviços oferecidos pela rede pública.

Em 2018 foram realizadas 16 Ações Sociais por vários bairros da cidade. Ao todo, 10 mil pessoas foram atendidas pelos diferentes serviços oferecidos durante os eventos. Neste sábado, os moradores da região contarão atendimento para aferição de pressão arterial, glicose e avaliação nutricional; realização do Cadastro Único, que dá acesso a vários benefícios sociais do município e do governo federal; orientação jurídica; emissão de primeira via de documento de identidade e carteira de trabalho; orientações sobre o combate a violência contra mulheres e crianças; e esclarecimentos de como acessar o balcão de empregos do município.  Para dar entrada em documentações é necessário levar foto 3x4.

          

O corte de cabelo é um dos grandes atrativos do evento, e essa primeira edição vai contar com o suporte de profissionais da Secretaria de Assistência Social e de voluntários. Outras sete ações já estão programadas para acontecer todos os meses, até setembro, nos bairros Caxambu, Pedro do Rio, Meio da Serra, Boa Vista, Atílio Marotti, Amazonas e Duques.

O sobrevoo de drone nas áreas propensas aos incêndios florestais, operações de caráter educativo distribuindo panfletos sobre os problemas causados pelas queimadas e a elaboração de trabalhos sobre educação ambiental dentro do Defesa Civil nas Escolas. São essas as ações previstas no Plano Inverno municipal, que começou a ser atualizado pela Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias nesta quarta-feira (15.05). As matrizes de atividades e responsabilidades estão sendo discutidas pelos 58 órgãos que integram o plano. A meta deste ano é reduzir ainda mais os casos de fogo em vegetação na cidade: em 2017 foram registrados 302 e no ano passado 174.

Para isso acontecem reuniões setoriais, treinamento das brigadas de incêndios florestais complementares, simulados e o direcionamento de atuação de cada órgão. A Blitz Verde, iniciativa da Defesa Civil em parceria com a Polícia Militar na entrega de material educativo sobre as queimadas, será ampliada neste ano com a meta de entregar mais de 10 mil cartilhas.

A integração garante que a Defesa Civil tenha um grande número de pessoas nas ruas trabalhando de forma antecipada ao lado da população. 

O lançamento oficial do Plano Inverno municipal está marcado  para o dia 12 de junho, na Casa dos Conselhos.

Metodologia pioneira no país com relação as ameaças de inverno, o Plano Inverno municipal vem contribuindo na redução do número de casos de incêndios florestais: o 15° Grupamento de Bombeiro Militar (GBM) de Petrópolis registrou 302 queimadas em 2017, sendo 174 atendidas pelo Destacamento de Itaipava. No ano passado, foram 174 casos ao todo, com 78 desses acontecendo na região do terceiro distrito. O fogo prejudica o solo, visto que elimina nutrientes fundamentais a qualquer cultura vegetativa, como o potássio e fósforo.

O telefone da Secretaria do Meio Ambiente para denuncias é o (24) 2233-8180.

O comandante do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo do Pico do Couto (DTCEA-PCO), tenente Pedro Henrique Mazzoni, participou da reunião de trabalho e destacou a parceria da aeronáutica com a Defesa Civil com o objetivo de reduzir os casos de incêndios florestais na cidade. Uma equipe do Destacamento deve participar do treinamento para as brigadas complementares.

“Na região próxima do nosso destacamento existe uma grande área de preservação e nós já tivemos o registro de queimadas. Estamos ao lado da Defesa Civil e já colocamos nossas equipes a disposição para atuação no Plano Inverno. É importante dizer que o papel da Força Aérea Brasileira é servir a população”, afirma.

Além do trabalho operacional, o eixo humanitário também será ampliado, com a campanha de agasalho e cobertores, a doação de sangue dos agentes, ação no Dia dos Pais, além da III Festa Julina Solidária.

Participaram da primeira reunião de atualização do Plano Inverno municipal representantes do Exército, Corpo de Bombeiros, Bombeiros Civis, Rede de Operações de Emergência de Radioamadores de Petrópolis (ROER), Águas do Imperador e de outras secretarias de governo.

Ação da UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e UNDIME (União dos Dirigentes Municipais de Educação) através de parceria entre a Secretaria de Saúde, Assistência Social e Educação, o programa Busca Ativa Escolar tem como objetivo promover a inclusão social e erradicação da evasão escolar. O programa possibilita que municípios e estados consigam dados concretos que possibilitam planejar, desenvolver e implementar políticas públicas que contribuam para a inclusão nas escolas e é justamente para trocar informações e experiências sobre o programa que será realizado na próxima sexta-feira (17.05), às 9h30, na Casa da Educação Visconde de Mauá, um seminário com a participação dos comitês gestores dos seis municípios do Estado do Rio que fazem parte do Polo 3 do Programa Busca Ativa Escolar.

Participarão do seminário integrantes dos comitês das cidades: Itaboraí, Belford Roxo, Teresópolis, Petrópolis, Rio das Ostras e São João de Meriti.

O Programa auxilia os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão.

“O alerta é dado quando é notado um possível caso de evasão escolar. Quando o aluno começa a faltar, prontamente os agentes envolvidos no processo já buscam informações sobre o caso e começam a investigar as causas do problema e de que forma as secretarias podem ajudar as famílias”, explica Ana Paula Valle, responsável pelo Departamento de Inspeção Escolar da Secretaria de Educação e gestora do Comitê Petrópolis.

Até o momento, por causa do Busca Ativa Escolar em Petrópolis, já foram registrados 35 casos de (Re) Matricula, ou seja, casos em que os alunos já se encontram matriculados e estão em observação para que se mantenham na unidade escolar.

O encontro será ministrado pela gestora do Polo 3 do programa, Roberta Castro.

Como funciona o programa:

Todo o processo do Busca Ativa Escolar pode ser feito pela internet e a ferramenta pode ser acessada em qualquer dispositivo, como computadores de mesa, computadores portáteis, tablets, celulares (SMS) e smartphones. No Busca Ativa Escolar, cada secretaria ou grupo têm um papel específico, que vai desde a identificação de uma criança ou adolescente fora da escola até a tomada das providências necessárias para a matrícula e a permanência do aluno ou aluna na escola. Os diretores alimentam os dados dos alunos e realizam o monitoramento de frequência regularmente. Decorrido um ano e não tendo sido constatado problema com a criança ou o adolescente (re)matriculado, o caso recebe o estado Concluído. Caso seja verificada a evasão, o caso recebe o estado Fora da escola.

O Circuito Imperial de Lazer na Rua do Imperador terá uma programação especial para adultos e crianças no próximo domingo (19.05). Serão oferecidas aulas gratuitas de dance mix, funcional, jump e de tênis para todas as idades de 10h30 às 12h30. Outras atividades, como brincadeiras, iniciação esportiva e estafetas, também acontecem para o público infantil. Sucesso entre os petropolitanos, o trecho entre a Praça Dom Pedro e o início da Rua Marechal Deodoro está disponível para a população praticar atividades físicas desde março deste ano.

As aulas acontecem graças a uma parceria da prefeitura com a Academia Locatelli, que vai oferecer as atividades com o acompanhamento de professores e estagiários. Além da academia, o Circuito Imperial de Lazer também conta com o apoio do Sesc Rio, Unopar, Universidade Cruzeiro do Sul e Estácio de Sá. O objetivo comum é proporcionar um espaço para que toda a família pratique exercícios.

Além das atividades na Rua do Imperador, o novo percurso do Circuito Imperial de Lazer da Av. Barão do Rio Branco - começando na Av. Ipiranga, também vai funcionar de 7h às 14h. Além destas opções, tem o Parque Municipal, em Itaipava, e o Parque Natural, no Centro, que são outras alternativas para quem gosta de correr, andar de bicicleta ou de andar de skate.

Corrida de rua para mulheres também acontece no domingo

A corrida feminina Circuito Mulheres também acontece no domingo (19.05). A prova tem percurso de 6 Km, com a largada na Cervejaria Bohemia, no Centro. O evento conta com o apoio da prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer e da CPTrans. O objetivo do circuito é incentivar a presença das mulheres nas corridas de rua realizadas no município. A prática da modalidade ajuda na melhora da resistência física, circulação sanguínea, fortalece o sistema imunológico e ajuda a emagrecer. As cinco primeiras colocadas no geral receberão a premiação com troféu, e nas três melhores corredoras por categoria.

Ensaios de música, teatro e dança, masterclass, exposições, aulas em grupo, e outras atividades estão entre os projetos que atualmente ocupam os espaços do Centro de Cultura Raul de Leoni. Um dos principais equipamentos culturais no Centro Histórico, o prédio conta com galerias, salas multiuso, teatro, que têm como objetivo servir para ajudar a fomentar a cultura entre os diversos segmentos existentes na cidade. A abertura dos espaços é uma das ações do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE) para fortalecer o setor no município.

As salas de Música Guiomar Novaes, Sylvia Orthof, Multiuso, além do Teatro Afonso Arinos recebem atualmente, por exemplo, ensaios e encontros de dança, de corais, como o Pró Tempore e Municipal, masterclass de danças urbanas e experimentações corporais, entre outras atividades culturais. O espaço é palco também para ensaios de peças como “Máscaras”, uma peça poema-teatral, e “Cazuza – o Musical”, em homenagem aos 60 anos do artista, entre outros.

A ideia é abrir as portas do Centro de Cultura para grupos que necessitam de espaços para desenvolver sua arte. Interessados podem entrar em contato com a gerência do lugar para mais informações sobre salas e horários disponíveis. Podem participar pessoas físicas ou jurídicas, necessariamente de natureza cultural e/ou artística, com ou sem fins lucrativos.

No dia 17 de maio o Departamento de Educação Especial da Secretaria de Educação vai promover uma Roda de Conversa especial sobre os cuidados necessários com a voz. O encontro, que recebeu o nome "Como vai a sua voz? Tens cuidado dela?" será realizado às 14h no Palácio Itaboraí.

Os professores da rede municipal interessados em participar devem entrar em contato com a Secretaria de Educação através do telefone 2246-8912. O encontro será intermediado pela fonoaudióloga Nanci Barillo.

"Assim como a impressão digital, a voz é única para cada ser humano e revela traços da personalidade, do estado emocional entre outras características. Além de ser uma ferramenta de comunicação, ela é o principal instrumento de trabalho dos professores. Por este motivo é fundamental conscientizar os professores sobre a importância dos cuidados com a saúde vocal", explica a diretora do Departamento de Educação Especial da Secretaria de Educação, Bianca Paiva.

O Palácio Itaboraí fica na Rua Visconde de Itaboraí, nº 188, Valparaiso.

Dia Nacional do combate ao abuso

Também no dia 17, às 9h, na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta ocorrerá o Dia Nacional do combate ao abuso e exploração sexual. Na ocasião, uma equipe do NAPE-IJ (Núcleo psicológico Especializado Infantojuvenil) promoverá palestra sobre o tema.

As unidades escolares irão participar desse encontro. A equipe do NAPE vai falar sobre o fluxo de atendimento e atuação do núcleo, um momento importante para tirar as dúvidas de diretores, orientadores e professores.

A equipe regional da prefeitura em Pedro do Rio concluiu o serviço de manutenção de mais uma estrada vicinal no distrito. O trabalho foi feito na Estrada do Eldorado, que tem cerca de 18 km de extensão.

O serviço durou uma semana e utilizou uma máquina que faz uma raspagem da terra para eliminar buracos (patrol), além de retroescavadeira e caminhões. O trabalho foi complementado com aplicação de uma camada de brita corrida.

O trabalho feito na Estrada do Eldorado se soma a outros já executados no distrito de Pedro do Rio nos últimos meses, como nas localidades Mata Nova, Anápolis e Posse dos Coqueiros.

O trabalho de manutenção viária é feito constantemente na cidade, seja nas vias de asfalto, de calçamento e também nas estradas vicinais, como já foi feito em Itaipava, na Posse e em outros lugares. A manutenção das ruas vicinais acontece principalmente nas zonas rurais, ajudando também a escoar a produção e na locomoção dos moradores.

Discutir o papel do profissional de enfermagem no Sistema Único de Saúde (SUS) é o que propôs a Secretaria de Saúde durante a 80ª Semana de Enfermagem que teve início em 12 de maio, no Dia Internacional do Enfermeiro. Nesta quarta-feira (15.05) foram realizados dois encontros com enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem para discutir e buscar avanços para a categoria, que conta com 453 profissionais em toda rede, com atuação direta em ações que visam a prevenção de doenças e promoção da saúde. No campus da Universidade Católica de Petrópolis (UCP) foram reunidos enfermeiros que discutiram sobre a consolidação da profissão, e no Centro de Saúde, para os profissionais de nível médio, foram apresentados métodos aplicados para cuidados paliativos em pacientes crônicos.

O evento realizado anualmente reuniu representantes das 44 equipes que atuam nos 37 Postos de Saúde de Família, além dos lotados nas sete Unidades Básicas de Saúde, dois Centros de Saúde e hospitais. Na UCP, o evento teve a representação de enfermeiros que atuam como gestores da saúde.

Conforme protocolo do Ministério da Saúde, os enfermeiros têm atuação ativa na rede de atenção básica nas UBSs, PSFs, Centros de Saúde e unidades hospitalares da rede pública. No encontro, o destaque da discussão foi o desafio dos enfermeiros para a prática da equidade no atendimento no sistema público de saúde. O objetivo foi debater medidas que garantam o acesso aos serviços do sistema público de saúde, de forma que a população de maior risco social e maior necessidade clínica tenham atendimento igualitário, resguardando o direto de cada cidadão.

No sistema público de saúde, a categoria se coloca como protagonista em ações preventivas no que se refere à saúde. O secretário de Saúde de Teresópolis Antônio Henrique Vasconcelos da Rosa destaca os profissionais de enfermagem como os principais apoiadores do SUS. Para o secretário, uma das principais vertentes é a atuação em campanhas de imunização. “No Brasil as campanhas de imunização existem por causa dos profissionais de enfermagem. Se um enfermeiro abraça uma causa ele salva vidas. É através do trabalho preventivo que isso ocorre”, reforça Antônio Henrique.

O importante papel dos enfermeiros para a manutenção da qualidade do serviço público de saúde foi ponto destacado até mesmo no âmbito de desenvolvimento econômico. Para o secretário, uma cidade com o atendimento de saúde bem estruturado, atrai pessoas. “Petrópolis e Teresópolis são cidades que se destacam pelo perfil turístico e recebem pessoas e inúmeros lugares, que ao verificarem um bom serviço de saúde, se sentem seguros em voltar e contribuir para o crescimento da região”, destaca.

No Centro de Saúde, os profissionais técnicos e auxiliares em enfermagem discutiram sobre os cuidados paliativos aos pacientes com quadros clínicos crônicos, atendidos pela rede ou em suas residências. No encontro foram abordadas as medidas que visam a melhoria da qualidade de vida dos pacientes, com foco no cuidado humanizado. “O enfermeiro é a ciência do cuidado, do olhar o paciente como o todo, não apenas da doença. É observar o paciente além do que ele apresenta. Passamos a ser referência para o paciente que passa a nos ver com maior confiança”, destaca a enfermeira da UBS do Retiro, Vanessa Braz.

A equipe do Procon Petrópolis foi às ruas nesta semana para levantar os valores dos principais alimentos consumidos pela família petropolitana. A pesquisa considerou 18 produtos, como leite, óleo, arroz, feijão, café, açúcar e frango das principais marcas disponíveis nos mercados, além de tomate, batata, entre outros. A equipe percorreu os mercados Supermarket, Multimix, Tá no Gosto, Armazém do Grão e Terê Frutas.

O Procon constatou que o quilo do peito de frango congelado, por exemplo, pode custar mais que o dobro dependendo do estabelecimento. A equipe encontrou o alimento no local mais barato por R$ 6,99 e o mais caro por R$14,89 – uma variação de valor de 113%, economia de quase R$ 8. O quilo da batata e da cebola variam o valor em 50,1 % entre os estabelecimentos.

O produto que menos apresentou variação de preço nos supermercados foi a farinha de trigo sem fermento, com diferença de 8,6%. A orientação do Procon é que o consumidor pesquise por preço e qualidade. Outro ponto que o consumidor deve ficar atento é se há divergência de preços entre o valor anunciado com o registrado no caixa – o valor menor deve ser o pago pelo consumidor.

O consumidor que encontrar qualquer irregularidade, pode denunciar ao Procon, que fica na Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, ao lado da Câmara dos Vereadores, e a unidade de Itaipava funciona no Centro de Cidadania, na Estrada União e Indústria, 11.860. Para realizar os atendimentos os usuários podem utilizar, ainda, o serviço de mensagem da página do Facebook do Procon Petrópolis, os telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Os telefones da unidade em Itaipava: 2222-1418 / 7448 e 7337, ou WhatsApp Denúncia no número 98857-5837. O atendimento pelo site pode ser acessado pelo link http://www.petropolis.rj.gov.br/procon/index.php/fale-conosco.

A 30ª Bauernfest já tem definidos os responsáveis pelas 12 barracas de de alimentos tipicamente alemães.  O pregão presencial, que começou na sexta-feira (10.05) e terminou nesta terça (14), contou com 19 empresas, microempresários e micro empreendedores na disputa e resultou em uma arrecadação de R$ 259.119,00, dinheiro que será usado nos custeios do evento. . A Festa do Colono Alemão acontece entre os dias 14 e 30 de junho (exceto dia 20, feriado de Corpus Christ), no Palácio de Cristal e arredores. As barracas licitadas ficam na Rua Alfredo Pachá e na Praça da Liberdade. O restaurante, na Casa Visconde de Mauá, que fará parte da festa, ainda será licitado.

O pregão, realizado no Centro Administrativo da prefeitura, chegou a valores entre R$ 12.789 mil e R$ 32 mil. O lance mínimo foi estimado em R$10.767,00 para barracas na Rua Alfredo Pachá e R$5.384,00 para barracas na Praça da Liberdade. Entre as empresas na disputa, oito venceram a licitação e duas foram inabilitadas por falta de documentos. 

Já as barracas que ficam nos jardins do Palácio de Cristal são indicadas pelo Clube 29 de Junho. Vale lembrar que, no ano passado, o prefeito Bernardo Rossi sancionou a lei que regulamenta a autorização do espaço que fica nos jardins do Palácio para que receba apenas empresas petropolitanas, que tenham produtos típicos culturais alemães, mantendo assim a tradição e as raízes germânicas. A lei também garante a participação de produtores de cerveja artesanal na festa. 

Para evitar que a festa perca suas características, os produtos comercializados nas barracas deverão seguir a listagem fornecida pelo Clube 29 de Junho. Entre os produtos estão o “kalbsbratwurst”, salsichão branco; “bockwurst”, salsichão alemão; “wurst”, linguiça; “erbsensuppe”, sopa de ervilhas; “goulashaus filet”, goulash de filé; “klosse”, bolinhos salgados; “kartoffelsalat”, salada de batatas; ”wurstelundgrukohe”, salsichão com chucrute; entre diversos outros. 

Festa foi expandida este ano

Este ano, a festa foi expandida para 16 dias e terá três fins de semana. O evento movimenta a economia - a Bauernfest é considerada a 2ª maior festa da cultura germânica do país. No ano passado, mais de 350 mil pessoas passaram pelo Palácio de Cristal durante os 10 dias da Festa do Colono Alemão. Foram mais de 200 atrações, espalhadas por seis palcos oficiais da 29ª Bauernfest. A prefeitura estima que mais de R$ 43 milhões foram injetados na economia do município. Ápice da alta temporada, no período, a cidade também recebeu em torno de 880 veículos de turismo e comemorou a alta taxa de ocupação nos hotéis e pousadas, que ultrapassou os 96% nos dois fins de semana da festa. Alguns chegaram a 100% de ocupação. Em restaurantes e lojas, alguns comerciantes calculam até 40% de aumento no movimento se comparado a outras semanas comuns.

Notícias por data

« Maio 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP