A prefeitura recepcionou os 44 novos residentes médicos e multiprofissionais que irão atuar nos Postos de Saúde da Família, nos departamentos de Atenção Básica e em hospitais. O encontro aconteceu nesta segunda-feira (1º.04), em cerimônia na Fase. A atuação da equipe na rede, ocorre partir de parceria entre a prefeitura, que abre campo de trabalho e treinamento, e a Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP) – FASE, que disponibiliza os profissionais recém-formados, em residência para especializações. 

Na área de residência médica a rede pública está recebendo 29 profissionais de Clínica Médica, Cirurgia Geral, Ginecologia obstétrica, Pediatria, Medicina da Família e Comunidade, Anestesiologia, Radiologia e Endoscopia. Todos esses profissionais atuarão nas unidades de saúde e hospitais com o acompanhamento de um médico, que supervisiona o período de treinamento. Na residência multiprofissional e de terapia intensiva, estão sendo encaminhados para a rede 9 profissionais, entre os quais, enfermeiros, nutricionistas e psicólogos.

É muito importante ver no olhar de cada novo médico, novo nutricionista, de cada enfermeiro, a disposição e a vontade de trabalhar. Com isso, quem ganha é o paciente, que precisa de um atendimento de qualidade nas unidades de saúde ou nos hospitais. A Faculdade de Medicina é uma grande parceira da cidade e esse reforço é importante. A prefeitura mantém ainda outras importantes parcerias com a faculdade para o avanço de projetos na área de saúde. Essa parceria tem funcionado nessa relação com os residentes, mas o município também está por assinar o convênio de R$ 12 milhões para a construção do setor obstétrico no Hospital Alcides Carneiro.

A parceria faz a integração entre o ensino e o serviço. Traz o aluno para dentro dos cenários da saúde pública e faz com que os alunos vejam o dia a dia das unidades de saúde e aplique seus conhecimentos. Da mesma forma, os novos profissionais fazem com que as unidades tenham a dinâmica do aluno, que sempre traz novos conhecimentos e discussões para a rotina das unidades, o que contribui para a melhoria do serviço de saúde de uma forma geral. É importante esses profissionais se fixarem na cidade para que o trabalho tenha continuidade na rede pública.

Programa de residência completa 18 anos de parceria com o município

Iniciado em 2001, o programa de residência vem se expandindo a cada ano. Atualmente a FMP conta com três turmas de residentes, a nova e outras duas em fase mais adiantada, somando 104 profissionais de residência médica e multiprofissional. A estimativa é de 80% dos profissionais que realizam residência no município, permanecem na cidade. Esse número tende a se tornar cada vez mais expressivo em vista o crescimento de vagas para as residências na cidade.

No ano de lançamento foram abertas apenas seis vagas, divididas nos três programas: de ginecologia, clínica médica e obstetrícia. Passados 18 anos da primeira turma de residência, foram ampliados os números de programas e vagas. A turma de 2019 contou com 16 programas de saúde, onde 44 profissionais foram inseridos. “A residência é considerada o melhor meio de formação do médico e profissional de saúde. A residência é onde o profissional se especializa”, destaca o coordenador de comissão de residência médica, Miguel Koury Filho.

O diretor de ensino do Hospital Alcides Carneiro, Álvaro Veiga, destaca o papel do programa de residência para a melhoria da assistência oferecida no hospital. “A partir da residência conseguimos preencher áreas para as quais tínhamos dificuldades, como a pediatria”, salienta.

Formado em 2014, Rafael Mendonça, de 27 anos, participa do segundo programa de residência. O primeiro que fez foi para a área de Clínica Médica e esse ano ingressou na turma de Endoscopia. “Escolhi Petrópolis para me especializar pelas boas referências que tive. A residência mudou a minha vida pessoal e profissional”, destaca o residente que veio de Teresópolis estudar na cidade e pretende ficar.

Corporação terá 35 agentes em ação, entre escalas extras e trabalho da 2ª Inspetoria, no patrulhamento preventivo, trânsito e fiscalização de ambulantes

A 30ª edição da Expo Petrópolis, que acontece no início de maio, vai contar com mobilização de 25 agentes da Guarda Civil, que vão se juntar a 10 homens que já atuam na 2ª Inspetoria da corporação e que usam o Parque Municipal em Itaipava como base operacional. Os 35 guardas vão atuar no entorno da área do evento para o patrulhamento preventivo, orientação do trânsito e para coibir a presença de ambulantes sem autorização.

O esquema de trabalho foi organizado durante o mês de março e divulgado após a confirmação da programação dos shows.

A Expo Petrópolis é o primeiro grande evento do calendário municipal e mais uma vez tudo está sendo preparado para fazer uma grande festa para os petropolitanos, em total tranquilidade, mobilizando efetivo da Guarda e os equipamentos para garantir a segurança de todo público.

Diariamente, pelo menos seis agentes estarão deslocados para o controle e fiscalização do trânsito tanto na União e Indústria, na área mais próxima ao Parque Municipal, quanto em vias de acesso. O objetivo é dar fluidez ao tráfego e garantir a segurança de pedestres que estiverem em deslocamento na região do evento. Para isso, os agentes terão à disposição uma viatura e duas motos para o trabalho.

A Guarda Civil também estará de prontidão para garantir a segurança do público que vai acompanhar as atrações da Expo Petrópolis. Serão pelo menos oito homens que farão rondas de patrulhamento na área do evento. O efetivo será reforçado, por exemplo, combatentes que atuam na Ronda Escolar.

O canil também estará mobilizado e vai utilizar animais tanto para a detecção de drogas quanto para prevenção de brigas e confusões. Dois agentes estarão fazendo o manejo cães, com apoio de uma viatura.

Monitoramento pelo Ciop e com o ônibus

Os agentes envolvidos no trabalho ainda terão o monitoramento como aliado. O ônibus de videomonitoramento, que está sendo utilizado para apoio de algumas edições do choque de ordem, vai passar por revisão completa e será posicionada próximo a um dos portões, como aconteceu nas duas últimas edições. O veículo possui sete câmeras, sendo duas em cada lateral, duas internas e mais uma no teto, que pode ser içada até 11 metros e faz cobertura num raio de até 300 metros de distância. Ele também servirá de apoio operacional para os agentes que estiverem de plantão.

“Além disso, vamos contar mais uma vez com o Centro Integrado de Operações e fazer o monitoramento de toda região. Temos câmeras desde a chegada em Itaipava de quem vem dos distritos, Pedro do Rio e Posse, e pela Estrada de Teresópolis, quanto no Trevo de Bonsucesso, onde também vamos poder monitorar também a entrada de veículos que tenham sido roubados. E além disso, o Ciop também tem uma câmera em frente ao Parque, o que vai permitir ter ainda mais capacidade de acompanhar toda movimentação em todo esse trecho”, explica o comandante da Guarda, Jeferson Calomeni.

O Ciop ainda conta com duas câmeras móveis, que ficam presas ao uniformo dos agentes durante o patrulhamento a pé. Essas câmeras enviam as imagens em tempo real para a central de monitoramento, no Centro de Cultura Raul de Leoni.

Fiscalização de Posturas

A Fiscalização de Posturas também irá atuar no período para coibir a presença de ambulantes irregulares. Não haverá autorização para qualquer ambulante em calçadas, desde a altura do DPO da Polícia Militar e 106ª DP até o shopping Estação.

Tanto os fiscais quanto a Guarda Civil vão coibir o comércio de ambulantes e impedir a venda e consumo de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos, montagem de barracas nas calçadas atrapalhando a passagem do público.

A Expo Petrópolis vai acontecer entre os dias 1º e cinco de maio. Nesse período serão realizadas exposições de cavalos, haverá barraca de produtores rurais, parque de diversões e todos os dias terão grandes shows: Ferrugem, Thiaguinho, Alok, Felipe Araújo e Suel, respectivamente. No primeiro e no último dia, as apresentações serão gratuitas. Para os demais, os ingressos estão à venda pelo site www.guicheweb.com.br e no estande montado no Calçadão do Cenip.

Espaço terá especial para alunos da rede municipal de Educação

A importância da colonização alemã em Petrópolis será evidenciada durante a Semana da Língua Alemã, que será realizada pela primeira vez na Cidade Imperial entre os dias 5 e 14 de abril. E o melhor da iniciativa é que a Casa da Educação participará da programação com exposição especial de trajes alemãs, apresentação de danças e contação de histórias. Tudo organizado para os alunos da rede municipal de Educação possam também fazer parte da celebração.

Petrópolis comemora nesse ano, pela primeira vez, a Semana da Língua Alemã, um evento que servirá para mostrar a importância da cultura e tradição desse povo que tanto ajudou a cidade. Há muitos descendentes que, com certeza, apreciarão toda a programação, muito bem elaborada pelo Segmento Germânico.

A abertura oficial do evento vai ocorrer no Palácio de Cristal, mas, na Casa da Educação, os alunos que participam dos cursos e oficinas, pais, responsáveis e visitantes poderão conferir, a partir do dia 2 de abril, uma exposição de trajes germânicos. A visitação poderá ser feita das 8h às 18h.

“A ideia é aproximar o público das escolas da rede municipal da história e costumes alemães. Nosso sonho é o de proporcionar o ensino da língua alemã nas escolas e essa programação especifica nos ajuda a mostrar para eles o quanto é rica essa cultura que está tão ligada as raízes petropolitanas. Também teremos apresentações de grupos de dança alemã e convidaremos os alunos para que participem desses grupos. É uma experiência riquíssima e sem custo”, afirmou Marcos Carneiro, do Segmento Germânico, um dos organizadores do evento.

A programação também contará com oficina de contação de histórias. “As princesas da Bauer estarão na Casa e contarão histórias para os alunos da Casa. Tenho certeza que será um momento único para todos os participantes. Vamos perpetuar a história e integrar as crianças nesse contexto para elas também se sintam interessadas e continuem exaltando a nossa história ”, contou Marcos.

A intenção é de que pelo menos quatro grupos de dança participem das apresentações na Casa da Educação. A primeira já está marcada: ocorrerá no dia 10 de abril, às 15h. Uma programação com as datas e horários das contações de história também está sendo formulada pela coordenação da Casa da Educação.

Vale salientar que os visitantes também poderão prestigiar os eventos na Casa da Educação, bem como os alunos de outras escolas. Proporcionar momento lúdicos com os alunos envolvendo temas inerentes a história da cidade é muito importante. Os jovens adoram.

A programação da Língua Alemã também vai contar com atividades em outros locais como as Igrejas Luterana e do Sagrado. Na programação, que será toda gratuita, estão palestras, apresentação de grupos folclóricos e coral. Em todo país, a Semana vai contar com 550 eventos, partindo da ideia de que uma língua abre portas para entender melhor a cultura de outros países. A realização é das Embaixadas da Alemanha, Áustria, Bélgica, Luxemburgo e Suíça – em cooperação com seus consulados e parceiros culturais no Brasil. Em Petrópolis, o evento tem o apoio da prefeitura através de diversas secretarias.

A Comissão Organizadora em Petrópolis é composta pela FECAB, o Clube 29 de junho, o Instituto Bingen, e a AGFAP.A Semana da Língua Alemã em todo país tem como objetivo oferecer ao público a oportunidade de conhecer a beleza e a diversidade do idioma alemão e despertar o interesse dos brasileiros. A programação completa pode ser conferida no site: www.semanadalinguaalema.com.br

Ação vai garantir a inscrição de 150 atletas e vale até o dia 30 de abril

A campanha de doação de sangue que vai garantir a inscrição de 150 atletas na Corrida do Trabalhador começa no dia 10 de abril. Os atletas que participarem da ação no Banco de Sangue Santa Teresa estarão confirmados na prova, que será realizada no dia 1º de maio. Além de garantirem a vaga, os primeiros 50 também ganham uma camisa exclusiva. A iniciativa tem como objetivo ajudar a abastecer os estoques do banco, que atende as duas UPAs da cidade, o CTO, o Hospital Unimed e o próprio Hospital Santa Teresa, que é referência em atendimento de feridos de acidentes de trânsito.

O kit da corrida neste ano conta com a numeração, chip de cronometragem, mochila saco e garrafa. Ao todo, serão mil vagas gratuitas para a Corrida do Trabalhador – a data de abertura das inscrições presenciais e pela internet será divulgada em breve. A prova é a mais tradicional do calendário esportivo de Petrópolis, sendo a terceira a contar pontos para o ranking municipal.

O corredor de rua tem um grande espírito solidário e a prefeitura acredita no sucesso da campanha. A Corrida do Trabalhador também recolhe latas de leite em pó e tênis usados. O município vai aproveitar para ajudar não apenas o banco de sangue, mas também instituições carentes do municípios através de doações. É a principal prova do calendário e a prefeitura espera que seja mais uma vez um sucesso.

A parceria entre a Superintendência de Esportes e Lazer e o Banco de Sangue também acontece dentro da programação dos jogos estudantis. As escolas que levarem o maior número de pessoas para a mobilização ganharão pontos equivalentes a uma modalidade esportiva. A novidade vale tanto para o Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis (Jeups) quanto para o Jogos Estudantis Municipais (Jems).

O esporte é sinônimo de saúde e de qualidade de vida, além de contribuir na formação pessoal dos estudantes. As campanhas em parceria com o Banco de Sangue incentivam também o espírito de solidariedade. Desde o início da gestão da prefeitura, a Superintendência de Esporte e Lazer busca incentivar que a participação dos jovens nas mais diversas atividades.

Critérios para doação

Podem doar todas as pessoas entre 18 e 60 anos, em bom estado de saúde e que pesem mais de 50 quilos. Jovens de 16 a 17 anos também podem doar acompanhados dos responsáveis. Não é necessário fazer jejum, mas é importante não ingerir alimentos gordurosos três horas antes da doação. Também não se deve consumir bebidas alcoólicas 12 horas antes.

As únicas restrições são a diabéticos e pessoas que fizeram tatuagem ou colocaram piercing há menos de um ano. Pessoas que fizeram algum procedimento, como endoscopia só podem doar após seis meses da realização da intervenção. O banco de sangue funciona todos os dias, de 7h às 18h, na Rua Paulino Afonso, 477 – Bingen – Ao lado do HST.

Administração de vagas e transferências realizadas em tempo real

Agilidade nos processos e atualização do quadro de vagas disponíveis nas escolas da rede em tempo real. Esses são os benefícios da informatização do Departamento de matrículas da Secretaria de Educação já está em funcionamento. Servidores que atuam diretamente no setor – tanto no prédio da Secretaria de Educação – Frei Memória, tanto no Polo de Educação, em Itaipava, passaram por uma capacitação sobre o novo sistema. Com a mudança, todos os procedimentos referentes a matricula serão feitos unicamente na Secretaria de Educação.

A atualização do controle de vagas de cada escola por turma já está sendo feita em tempo real através do sistema, ou seja, a Secretaria de Educação tem acesso ao número de alunos e de vagas ainda em aberto nas unidades escolares, o que permite fazer a matricula imediatamente após o pedido do pai ou responsável. O mesmo está valendo para os casos de transferências.

Todo o procedimento está sendo realizado através do sistema e-cidade. Os processos estão acelerados: antes da informatização, os pais precisavam pegar um encaminhamento na Secretaria de Educação para fazer a matricula na escola desejada e a matricula só era efetivada quando o documento era entregue na instituição. Com a informatização, os pais ou responsáveis comunicam na escola onde o aluno está matriculado que desejam fazer transferência, levam na Secretaria de Educação a declaração disponibilizada pela escola e no próprio Departamento de Matrículas é feita diretamente a inscrição do estudante na escola desejada, conforme a disponibilidade de vagas por turma.

Para garantir a implantação do sistema e pleno funcionamento, os funcionários que atuam diretamente no Departamento de Matriculas participaram de uma capacitação – quatro servidores atuam na Secretaria de Educação e dois ficam no Polo de Educação, em Itaipava.

“Como os dados são atualizados em tempo real, o Departamento de Matrículas não precisa mais esperar a devolutiva mensal da escola com o quadro de vagas disponíveis. O próprio sistema mostra quais vagas estão em aberto nas escolas. A movimentação na rede é automática, em tempo real o que possibilita que o responsável tenha, na hora do atendimento, a resposta sobre a matricula solicitada na unidade que ele deseja”, afirma Patricia Neves Moura, responsável pelo Departamento de Matrículas da Secretaria de Educação.

Além de uniformizar o serviço no Departamento de Matrículas, o sistema e-cidade auxilia a gestão administrativa das unidades escolares e mantem cadastro completo: endereço, bairro, corpo gestor, horário de funcionamento, número de estudantes. Com relação a Secretaria de Educação, o e-cidade auxilia no planejamento das ações administrativas e financeiras porque mantém o cadastro de todos os funcionários, levantamento por gráficos das escolas no que diz respeito a aproveitamento geral e por disciplina, frequência dos alunos, censo escolar e horário dos professores.

O Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) encerrou a programação de comemorações do mês de março –  mês em que se comemora o Dia da Mulher, nesta sexta-feira (29.03) com o ônibus Lilás, no Alto da Serra. Foram 10 atividades, entre palestras em escolas da rede, panfletagem, mesa redonda entre outros. Mais de 500 pessoas participaram das ações de conscientização de violência contra mulher. O Cram que é subordinado ao Gabinete, irá continuar as atividades por todo ano com a ação ‘Mulher 365 dias’.

O Ônibus Lilás é um equipamento do município, de atendimento itinerante para as mulheres que não têm acesso a sede do Cram. O veículo esteve no primeiro dia de março, na Praça Alcindo Sodré, no Centro com a ação pré-carnaval, #diversaosemagressao. O ônibus esteve no Caxambu, na Escola Municipal Abelardo Delamare e no Alto da Serra.

“Todas as ações foram muito importantes. Conseguimos atingir nosso objetivo em alcançar também os jovens junto as escolas. As palestras foram muito produtivas, onde as mulheres puderam conhecer toda assistência que o município disponibiliza para essas mulheres tão fragilizadas”, contou a coordenadora do Cram, Cleo de Marco.

O objetivo da extensa e diversificada programação de conscientização, é encorajar as mulheres para que denunciem qualquer tipo de agressão sofrida. Os homens também foram o foco das ações, com informações sobre os tipos de agressões e as consequências da violência, principalmente familiar.

Nos três primeiros meses de 2019, o Cram já realizou mais de 163 atendimentos, entre assistências iniciais e retornos. O órgão possui uma equipe multidisciplinar e oferece gratuitamente assistência social, jurídica e psicológica para mulheres que sofreram qualquer tipo de agressão.

“Conseguimos com várias ações, conscientizar as pessoas sobre a violência contra mulher, que está tão em voga hoje nas mídias. Estamos ampliando os atendimentos na rede para esta vítima, já tão fragilizada, para que ela seja assistida de forma especial. A Sala Lilás e a Violeta são grandes conquistas do nosso município”, frisa a coordenadora do Gabinete da Cidadania, Anna Maria Rattes.

Município contou com várias ações

Ainda no mês de março, a cidade inaugurou a Sala Violeta no Fórum em Itaipava, como mais um suporte de atendimento na rede, para a vítima de violência. O objetivo é garantir a segurança e a proteção das mulheres vítimas de violência doméstica, acelerando o acesso à Justiça. Todo o processo deve ser concluído em cerca de quatro horas. As obras da Sala Lilás, que será implantada no Instituto Médico Legal (IML) de Petrópolis, já começaram. O novo setor será voltado para o atendimento especial às mulheres vítimas de violência, com espaço reservado e profissionais especializados.

O Gabinete da Cidadania realizou palestras com a delegada da 106ª DP, Juliana Ziehe nas escolas da rede, palestra com Edegar Pretto, realizou festival de cinema com debate, Festival de música no Palácio de Cristal, fez homenagens às mulheres destaque e um culto ecumênico.

O município contou com ações em várias secretarias como a Saúde, Educação, Guarda Civil, entre outras. O trabalho em conjunto tem um único objetivo, que a rede possa atender de forma eficaz esta mulher que foi vítima de violência e realizar um trabalho de prevenção com toda a população.

Denuncie:

O Cram possui um telefone de emergência, disponível para chamadas de voz, mensagens de texto ou WhatsApp no número (24) 98839-7387. Para denunciar ou solicitar informações, pode-se ligar para o telefone 2243-6152 ou comparecer à sede do Cram, localizada na Rua Santos Dumont, número 100, no Centro. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, de 8 às 17h. Caso se sinta violentada de alguma forma, a mulher pode contatar a Polícia Militar pelos números 2291-5071, 2242-8005 ou na Central de Atendimento à Mulher pelo 180, além de poder contatar via WhatsApp a emergência da Polícia Militar, pelo número (24) 99222-1489.

O desenho de um lobo feito pelo estudante Rafael Vieira, de 8 anos, da E.M. Rosalina Nicolay foi o vencedor do concurso cultural para a escolha de uma mascote para representar o Procon Petrópolis. A imagem vai passar por tratamento gráfico e o lobo irá estampar as artes e servirá como atrativo para que as crianças, desde cedo, se envolvam a questão das relações de consumo. O vencedor concurso será premiado nesta terça-feira (02.04) na própria escola.

O lobo recebeu maioria dos votos válidos, com mais de 400 reações na página do Facebook do Procon. Em número absolutos, foram mais de 1300 votos foram contabilizados ao fim do concurso, na última sexta-feira (29.03). A escolha da mascote concluiu o Mês do Consumidor, que ao longo de março realizou uma série de ações em toda a cidade.

Foi um mês marcado por fiscalizações e ações educativas, além da efetivação de projetos. No ano passado, o Procon teve, em março, uma grande programação e este ano as iniciativas foram ainda mais intensas. A proposta para a escolha da mascote abriu o mês do consumidor e sua definição fechou com chave de outro.

A notícia da vitória do pequeno Rafael foi recebida com entusiasmo pelo estudante e amigos do menino. “Eu fiquei muito feliz. Quando falaram para gente do concurso e que precisava desenhar uma mascote eu logo pensei em um lobo e fiz”, contou Rafael, que está no 3º ano do 1º segmento. A diretora da Rosalina Nicolay, Rose Vianna Ferreira contou que os amigos abraçaram o menino em comemoração à vitória no concurso. “Estamos todos muito contentes”, disse.

Mês do Consumidor

A entrega da premiação do concurso para a escolha da mascote finaliza um mês marcado por uma série de atividades em prol do consumidor. Foram 22 atividades ao longo do mês, entre fiscalizações de supermercado, bancos, postos de combustíveis. Neste período, Petrópolis recebeu, através do seu coordenador, Bernardo Sabrá, a presidência do Fórum dos Procons no interior do estado, protocolou representação no MPE pedindo ressarcimento para clientes que ficaram muito tempo nas filas de bancos, além de realizar palestras e ações itinerantes.  

A prefeitura está trabalhando na recuperação da Rua Afrânio Melo Franco, no Quitandinha. Um trecho do pavimento da rua cedeu e afundou parte do meio-fio do local. Por isso, está sendo feita a recuperação da base do aterro da rua, que será complementado posteriormente com uma nova camada de asfalto.

O local foi vistoriado pela Defesa Civil, a partir de trincas e rachaduras que apareceram na pista. A partir disso, foi recomendado intervenções no local e a Secretaria de Obras está utilizando uma retroescavadeira para escavar até a área onde abriu o buraco e, assim, fazer o aterro novamente.

Essa rua fica próximo a comércio, empresas importantes e o campus da UFF, por isso que a Secretaria de Obras mobilizou uma equipe para iniciar o serviço por aqui e em breve ela estará totalmente liberada.

O trecho possui uma solução de contenção com um muro de gabião construído na margem do rio. Na vistoria, a Defesa Civil e a Secretaria de Obras constataram que não há risco de desmoronamento da rua. Após a compactação da base do aterro ser refeita, haverá recuperação do meio-fio e o nivelamento da pista com asfalto.

A Guarda Civil encerrou nesta segunda-feira (01.04) o curso de capacitação de todos os agentes para atuarem situação de violência contra a mulher. Todos os guardas da ativa participaram das aulas, ministradas em conjunto com o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram) no mês de março, período dedicado a marcar a luta pelos direitos femininos.

É extremamente importante abrir mais um canal de acolhimento de mulheres que estiverem passando por uma situação de violência. E é um canal capacitado e que está sempre à disposição para dar todo apoio necessário à população.

O curso surgiu por ideia da subcomandante da Guarda, Claudia Conceição, e do Gabinete da Cidadania, para preparar a corporação para prestar o atendimento correto em casos de agressão contra mulheres.

“Só tenho a parabenizar cada guarda que participou do curso pelo interesse em mudar a visão do nosso próprio trabalho. Hoje somos cada vez mais uma Guarda cidadã”, falou a subcomandante da corporação, Cláudia da Conceição.

No encerramento, todos receberam um cartão lembrando que o atendimento à vítima é prioridade durante a ocorrência e quais são os meios de comunicação nesses casos: Guarda (telefone 153); Cram (2243-6152 / 2243-6212 / 9 8839-7387 – Whatsapp); Polícia Militar (2291-5071 / 2291-4020 / 9 8833-8202 – Emergência / 9 9222-1489 – Whatsapp); e Central de Atendimento à Mulher (180).

“Nós somos, muitas vezes, a porta de entrada para denúncias. Quando uma pessoa vê o guarda de uniforme, vê ali o ponto de apoio para ela. E o agente precisa de todo conhecimento para atender da forma correta. Essas mulheres estão criando coragem e nós estamos mais preparados que nunca para acolher a mulher vítima”, afirmou o comandante da Guarda, Jeferson Calomeni.

Durante o curso, a psicóloga do Cram, Liane Diehl, apresentou atributos psicológicos apresentados pelas vítimas de violência e como o agente deve se comportar no atendimento à mulher que procura ajuda após sofrer uma agressão. Já o corregedor da corporação e bacharel em Direito, Vinicius Silva, apresentou os dispositivos da Lei da Maria da Penha, que serviu de base legal para as aulas.

“O ganho é enorme. Cada guarda que está na rua, com essa capacitação, está aumentando a linha de atendimento que a gente já presta no Cram. Essa informação precisa chegar para a mulher de forma que ela se sinta segura de que agora ela tem mais um canal para procurar ajuda”, disse Liane.

“Nós somos servidores e estamos aqui para prestar o melhor atendimento possível ao público. Com esse curso e a com troca de informações, não só a Guarda ou a prefeitura, mas a população tem muito ganhar”, declarou Vinicius.

O secretário-chefe de Gabinete, Renan Campos, participou do encerramento e lembrou que o curso de capacitação visa proporcionar um atendimento profissional e humanizado, como o município já faz no Cram e que vem sendo reforçado com a instalação das salas Violeta (para atendimento de mulheres que procuram o Fórum de Justiça e conseguem medidas protetivas em poucas horas) e Lilás (que está sendo construída para ser uma área de atendimento exclusivo de mulheres no IML).

A Lei Maria da Penha existe há 13 anos e protege mulheres de diversas formas de violência – sofrimento psicológico, violência sexual, violência patrimonial. A legislação estabelece que se enquadram nesses casos mulheres são vítimas de agressões vindas de alguém que possui vínculo com ela. Em Petrópolis, os casos o Cram (Centro de Referência em Atendimento à Mulher) fez 163 atendimentos apenas três meses deste ano – 638 no ano passado –, mostrando a importância que o acolhimento correto tem para o público feminino.

“Para nós também foi muito importante porque o curso aconteceu no mês em que mais trabalhamos. Tenho muito respeito por todos os guardas. E o mais importante é deixar a mensagem de que somos iguais e que não queremos tomar o lugar de ninguém, só queremos o respeito”, destacou a coordenadora do Cram, Cléo de Marco.

 Objetivo do trabalho é conscientizar as crianças e os adolescentes sobre a importância de preservar a natureza

A Secretaria de Meio Ambiente vai estar nas escolas da rede municipal de ensino realizando ações de educação ambiental durante o mês de abril. Na próxima quarta-feira (03.04), dentro do programa Defesa Civil nas Escolas, técnicos da pasta realizam uma palestra sobre preservação ambiental na E. M. Frei Aniceto, na Mosela, para alunos do quinto ano. No dia 11, será a vez dos estudantes da E.M. Rosemira de Oliveira Cavalcante, no Itamarati, participarem das atividades. O calendário prevê o mesmo trabalho na E.M. Nossa Senhora de Fátima, na BR-040, no dia 17 e na E.M. Rosalina Nicolay, no Siméria, no dia 19. O desenvolvimento das tarefas fazem parte do programa Inteligência Ambiental, criado pela pasta em 2017 com o objetivo de envolver os jovens no cuidado com a natureza.

Petrópolis é uma cidade com diversos recursos naturais e é preciso garantir que eles sejam cuidados. Com o Defesa Civil nas Escolas, são abordados temas importantes para a cidade, preservando o meio ambiente e ensinando sobre bem-estar animal. O trabalho com os estudantes vai trazer benefícios para o futuro do município.

Com dois mil alunos da rede municipal de ensino envolvidos neste trabalho no ano passado – com a previsão de dobrar esse número – a Secretaria de Meio Ambiente segue investindo na educação para preservar as áreas verdes do município. O objetivo da prefeitura é envolver os jovens nas mais diversas questões de educação ambiental, com trabalhos práticos e elaboração de cartazes e a participação em palestras.

A Secretaria de Meio Ambiente vai aumentar o número de escolas atendidas neste ano, aumentando também o número de alunos participantes. A ideia é cultivar nos jovens da cidade a cultura de preservar o meio ambiente. A pasta acredita que as crianças tenham o poder de ensinar os seus familiares.

Além das ações nas escolas, a campanha permanente de recolhimento de lixo eletrônico da Secretaria de Meio Ambiente acontece no próximo dia 26 de abril na Praça Dom Pedro. Com mais de quatro toneladas de produtos recebidos nas três etapas realizadas até o momento, o trabalho será realizado também nos distritos da cidade.

Equipamentos eletrônicos podem causar a contaminação de solo e da água. É importante lembrar que esse tipo de lixo foi criado por seres humanos e que é preciso descartar de maneira correta, sem prejudicar a natureza.

 A campanha é mais uma ação do projeto Inteligência Ambiental do setor de educação ambiental, criado pela pasta 2017 com o objetivo de conscientizar a população da importância da preservação ambiental. Também são realizados trabalhos de orientação nos bairros e nas escolas, dentro do Defesa Civil nas Escolas – que engloba também o Meio Ambiente.

É preciso trabalhar desde a infância a importância de preservar a natureza. São ações importantes, como o plantio de árvores e aulas ar livre, que marcam as crianças. Os jovens são ferramenta propagadoras de informação e muitas vezes, educam os pais e adultos.

Encontros ocorrerão ao longo do ano

Os orientadores que atuam nas unidades escolares da rede municipal já podem se inscrever para o ciclo de palestras que será realizado ao longo do ano pelos departamentos de Ensino Fundamental e Educação Especial da Secretaria de Educação. Os temas são diversos e as inscrições podem ser feitas pelo telefone 2246-8678 até o dia 17 de abril.

É importante que os profissionais participem desses encontros que estimulam a atualização dos conhecimentos e troca de experiências entre os profissionais que atuam na rede municipal de Educação. As boas práticas têm sempre reflexo positivo no atendimento dos alunos e, por isso, o poder público promove formações regulares com os servidores da rede municipal de Educação.

Serão disponibilizadas 50 vagas por turno nas palestras. O primeiro encontro ocorrerá no dia 26 de abril: "Essas crianças que não aprendem...". A temática terá foco na linguagem, no raciocínio matemático e nas funções executivas. No dia 31 de maio os focos serão:  "Dislexia, TDAH, TDL, discalculia e comorbidades. Já no dia 20 de setembro o tema será "Autismo". Em 22 de novembro os profissionais terão acesso a informações sobre: "Deficiência Intelectual, Paralisia Cerebral".

As palestras têm como objetivo ampliar a discussão acerca das possibilidades da inclusão nas etapas de escolaridade. Por isso é tão importante a participação dos orientadores nesse processo de formação.

Vale salientar que as orientadoras que participarem da primeira palestra automaticamente já estarão inscritas nas seguintes. O primeiro encontro ocorrerá no dia 26 de abril, das 8h às 12h e das 13h às 17h, no auditório do palácio Itaboraí - Fiocruz Petrópolis - que fica na Rua Visconde Itaboraí, nº 188, Valparaiso.

As inscrições deverão ser realizadas pelo telefone 2246-8678 até o dia 17 de abril. As unidades que desejarem ser foco de estudo dentro das temáticas devem encaminhar e-mail para: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. com relato da seleção do mesmo.

Quem não conseguiu conferir a mostra “Luz Negra”, que representa o empoderamento da mulher e valoriza a beleza negra, tem uma nova oportunidade. A exposição, que está em cartaz no Centro de Cultura Raul de Leoni desde o dia 08 de março – Dia da Mulher, foi prorrogada e fica até o dia 30 de abril. A responsável pela mostra é a jornalista Elaine Vieira, que serviu de modelo para 30 fotografias de nu artístico. A classificação é de 16 anos e a entrada é gratuita.

Mais do que uma simples exposição, “Luz Negra” tem despertado sentimentos nas mulheres que muitas vezes ficam adormecidos. “Fui parada por algumas mulheres que diziam que precisavam de um incentivo para fazer um ensaio do tipo, e que eu as encorajei de alguma forma. Fico muito feliz em ter representado as mulheres”, explica a jornalista, destacando ainda a reação das pessoas em relação ao trabalho. “O público reagiu muito bem. Tanto o feminino quanto o masculino. Recebi elogios de ambos, que enxergaram o ensaio como uma forma de expressão mesmo”, frisa.

A prorrogação da mostra tem como objetivo fazer com que mais pessoas consigam visitar e conferir o trabalho feito pela fotógrafa do Rio de Janeiro, Paula Eliane. As fotografias estão expostas na Galeria Van Dijk e são em preto e branco, o que dá um charme a mais para a mostra. A fotógrafa explorou jogos de luz e o resultado vem encantando o público.

“Superou a minha expectativa. Representar as mulheres, no nosso mês, foi ótimo. E continuar a exposição por mais um mês é sinal de que as pessoas viram o nu como arte.Consegui passar realmente o que realmente o ensaio falava. Somos livres e temos que nos amar”, completa Elaine.

A Galeria Van Dijk, fica no Centro de Cultura Raul de Leoni, na Praça Visconde de Mauá, 305, no Centro Histórico. A entrada é franca e a Galeria fica aberta de segunda a sexta-feira, de 10h às 17h, e sábado de 13h às 17h.

Van Dijk vai receber três exposições de temas variados

Três exposições foram selecionadas, a partir do edital de ocupação dos espaços destinados às Artes Visuais do Centro de Cultura Raul de Leoni, lançado em fevereiro, para ocuparem a Galeria Van Dijk. O edital prevê o período de abril a julho de 2019. Entre as propostas selecionadas estão as mostras: “Patinando pela História”, “O que vem na cabeça quando penso em Petrópolis” e “Made in Santa”. Todas com entrada gratuita.

Os editais de ocupação são uma forma de democratizar o uso dos espaços do Centro de Cultura. Esse é um dos principais equipamentos culturais do município, e é da população. É fundamental que ele esteja sempre ocupado. O município vai receber ótimas exposições nesses próximos meses e tenho certeza de que o público vai gostar.

O calendário começa com a mostra “Made in Santa”, em maio. Do artista Téo Senna, a exposição apresenta quatro grandes telas pintadas com tinta spray em um suporte de alumínio. Ao escolher elementos industriais para trabalhar, como a chapa e alumínio e tinta spray, que não admite traços precisos, o artista cria uma tensão entre a forma estável do suporte e o imediatismo, o traço rápido e espontâneo, que envolve o grafite.

Já em junho, a galeria é ocupada por “Patinando pela história”, de Antônio Caetano, que traz de volta o encanto dos brinquedos feitos artesanalmente que faziam a cabeça das crianças nas décadas de 1940, 1950 e 1960. A mostra apresentará cerca de trinta brinquedos feitos dos mais variados materiais: madeira, latas, cordas e caixas diversas.

No mês seguinte, julho, “O que vem na cabeça quando penso em Petrópolis” é uma coletiva proveniente de uma seleção criteriosa do curso de pintura Processos Criativos no SESC Quitandinha no qual a execução dos painéis foi sugerida a idéia-motivo Petrópolis, na sua forma mais abrangente possível. Participam da mostras os artistas Ana Luiza Schmitt, Bia Penna, Cal Guimarães, Célio Vieira, Cristina Lima, Débora Castilho, Lu Santana, Regina Kronemberger, Rose Lima, Shirley Kling e Vera Matheus.

A entrada é franca e a Galeria Van Dijk fica aberta de segunda a sexta-feira, de 10h as 17h, e sábado de 13h as 17h. Censura Livre. O Centro de Cultura Raul de Leoni fica na Praça Visconde de Mauá no. 305 – Centro.

Escolas interessadas podem comparecer no Centro de Cultura ou acessar o site da prefeitura

Termina na próxima quinta-feira (04.04) o período de inscrições das escolas para os Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis (Jeups) deste ano. Os responsáveis pelas instituições de ensino devem comparecer na sede da Superintendência de Esportes e Lazer, que fica no Centro de Cultura Raul de Leoni, na Praça Visconde de Mauá, no Centro, ou pegar a ficha para o cadastro no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). A competição tem início no dia 9 de maio com os jogos da fase classificatória do vôlei.

Em 2018, o Jeups igualou o número recorde de escolas participantes, que havia sido em 2002: 44 instituições. Os jogos proporcionaram para os estudantes 295 horas de atividades físicas em 895 partidas nas modalidades coletivas. Neste ano, o governo municipal busca que mais alunos e colégios participem da atividade, como forma de incentivar os jovens na prática esportiva. Novidade no regulamento, as instituições de ensino podem inscrever um mesmo atleta para três esportes coletivos nas categorias sub-15 e 18.

É fundamental o incentivo à prática esportiva desde a infância. Nos últimos dois anos, a prefeitura fortaleceu os jogos estudantis, oferecendo mais atividades para os alunos. Além disso, também existe a interação entre os alunos, já que participam e escolas da rede municipal, estadual, particular e federal.

Serão nove modalidades na competição neste ano, sendo cinco coletivas: basquete, futebol de campo, futsal, handebol e vôlei; e quatro individuais: tênis de mesa, xadrez, judô e atletismo. Nos esportes em equipe, as oito melhores escolas no masculino e feminino em cada categoria garantem vaga para a segunda fase, que será realizada no segundo semestre. No restante, as disputas serão realizadas em uma única fase, com previsão para começar em agosto.

Os jogos estudantis são atividades além da sala de aula, promovendo o lazer dos alunos. Além disso, o esporte também abre novas oportunidades para os alunos, contribuindo também com a saúde e bem-estar. Neste ano o Jeups também vai servir como ferramenta de solidariedade: as instituições de ensino que levarem o maior número de pessoas para doarem sangue ganharão pontos equivalentes a uma modalidade esportiva.

Os jogos estudantis mobilizam uma grande quantidade de pessoas, entre alunos, professores e familiares. A Superintendência de Esporte e Lazer vai incluir a doação como se fosse mais uma modalidade esportiva, valendo pontos dentro da competição. Além do Jeups, a campanha também vai valer para os Jogos Estudantis Municipais.

Outra novidade para este ano é a criação do Selecionado Jeups. Serão formadas seleções com os principais atletas das categorias sub-15 e 18 no basquete, handebol, vôlei e futsal - apenas no feminino, já que no masculino a Liga Petropolitana de Desportos representa a cidade. A ideia é que essas equipes disputem competições regionais e estaduais levando o nome de Petrópolis, como forma de incentivar a participação dos jovens no Jeups.

A Superintendência busca o diálogo com todas as escolas para que os jogos ocorram da melhor maneira possível. A pasta criou uma comissão organizadora que mantém contato frequente com os professores, buscando melhorar a qualidade dos jogos estudantis.

Um investimento que pode chegar a R$ 24 milhões – teto de todas as licitações previstas - vai garantir medicamentos e insumos para atendimento da rede de Atenção Básica de Petrópolis durante todo o ano. O município já cotou R$ 7,6 milhões desde o início de 2019 e realiza entre os 1º e 8 de abril mais seis registros de preço, presenciais e eletrônicos, para aquisição de novos remédios – um investimento de mais R$ 12 milhões. A Prefeitura prevê, ainda, outras nove licitações nos próximos meses, sendo estimados R$ 4,7 milhões para a obtenção de medicamentos solicitados pela justiça, além de material para atendimento na rede saúde. Os pregões já realizados desde janeiro abastecem a farmácia básica além do consumo hospitalar.

Desde o início do ano foram cotados R$ 7,6 milhões para a aquisição de medicamentos e materiais para o suporte à rede por 12 meses. O uso dos valores é feito conforme aquisição dos produtos estimados. Além da obtenção de medicamentos para o fornecimento pelo Núcleo de Assistência Farmacêutica (NAF), as licitações visam adquirir os medicamentos que estão fora da lista de medicação básica e precisam ser solicitadas por processos administrativos ou judiciais.

Ainda este ano, são planejadas nove licitações: elas vão atender às demandas judiciais e o atendimento de toda a rede de saúde. A previsão da Secretária de Saúde é investir mais R$ 4,7 milhões com a aquisição desses remédios e insumos.

Importante para o desenvolvimento dos jovens, o esporte vem ganhando mais espaços nos bairros

Importante para o desenvolvimento motor, cognitivo, físico e social de crianças e adolescentes, o esporte ganha cada vez mais espaco nos bairros da cidade. É com o programa Agita Petrópolis que o governo municipal vem aumentando a oferta de atividades físicas gratuita para os jovens, com aulas de vôlei, basquete, futsal, futebol society e artes marciais nas comunidades. Além disso, o Circuito Imperial de Lazer se tornou permanente na Rua do Imperador aos domingos e vai ganhar uma edição especial em Itaipava: em comemoração ao Dia Mundial da Saúde, no dia 7 de abril, as atividades voltadas para o público infantil também serão realizadas no Parque Municipal.

A infância é a fase da vida mais importante para se estabelecer hábitos saudáveis. Segundo estudo coordenado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil terá 11,3 milhões de crianças obesas em 2025. Nas últimas quatro décadas, o índice de obesidade entre meninos saltou de 0,93% para 12,7%. Entre as meninas, o crescimento foi menor, mas ainda assim elevado: passou de 1,01% em 1975 para 9,37% em 2016. Com as atividades oferecidas nas comunidades dentro do Agita Petrópolis, o município quer andar na contramão desses números alarmantes.

No Meio da Serra e no Pedras Brancas, a prefeitura oferece turmas de futsal e no Siméria e Contorno são aulas de futebol society. Na Estrada da Saudade, o basquete e o vôlei acontecem na Fábrica do Saber. Já no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), que fica no Caxambu, são oferecidas aulas de futsal, vôlei, handebol, basquete, basquete 3x3, jiu-jitsu, muay thai, karatê e capoeira. Em abril, o Parque Municipal também vai ganhar um núcleo do Agita Petrópolis com aulas de futebol society.

Outra novidade é o Circuito Imperial de Lazer, que se tornou permanente na Rua do Imperador aos domingos. O trecho entre a Praça Dom Pedro e o início da Rua Marechal Deodoro fica disponível para atividades físicas e de lazer de 9h às 14h. No dia 7 de abril - data em que é comemorado o Dia Mundial da Saúde - o circuito também será oferecido em Itaipava, no Parque Municipal. Graças a uma parceria com o Sesc Rio, acontecem atividades com bambolês, corda e de iniciação esportiva.

“Além das atividades oferecidas para as crianças, neste dia também teremos um aulão de ritmos para os adultos, com aferição de pressão e de glicose. A Academia da Saúde em Itaipava também vai participar do evento, com atividades para os idosos. Vai ser um dia para toda a família, agregando bastante no lazer dos petropolitanos”, explica Leandro Kronemberger, superintendente de Esportes e Lazer, destacando que a ação da prefeitura também conta com o apoio da Pé de Vento, Unopar, Universidade Cruzeiro do Sul e da Unimed.

"Precisamos incluir, cada vez mais, os nossos jovens no esporte. A prática esportiva é um importante fator de integração na idade infantil. Por meio dela, as crianças melhoram a autoestima, aprendem a conviver em grupo e até a desenvolver características de liderança. Vamos aumentar a oferta nas comunidades ainda neste ano", garante Leandro.

A prefeitura também volta a realizar neste ano o Festival das Comunidades – programa itinerante pelas quadras comunitárias da cidade. O governo municipal mantém parcerias com projetos sociais e trabalha de maneira integrada entre as pastas, oferecendo diversas modalidades esportivas nos PSFs, nas Academias da Saúde e nas Escolas Municipais.

Os interessados em participar podem procurar a sede da Superintendência de Esportes e Lazer da cidade, que fica no Centro de Cultura Raul de Leoni, na Praça Visconde de Mauá, no Centro ou fazer contato com a unidade pelo telefone: 2233-1218.

Serão 10 alterações que irão ocorrer de segunda a sexta-feira entre 16h30 e 19h30

Com mais de 172 mil veículos nas ruas, a CPTrans inicia no próximo 8 de abril grande intervenção para o trânsito na região central da cidade. As alterações viárias, que serão experimentais, irão acontecer todos os dias da semana, entre 16h30 e 19h30 e têm como objetivo principal dar fluidez ao tráfego de veículos no horário de pico. As mudanças serão implementadas ao mesmo tempo e incluem faixa seletiva para ônibus, transformação de mão única em trecho da Montecaseros, proibição de conversão à esquerda na área de 13 de Maio e Praça Oswaldo Cruz, entre outras mudanças.

As intervenções propostas foram elaboradas após contagem volumétrica de veículos e análise dos principais pontos de retenção na cidade pela equipe de engenharia de trânsito da companhia. Essas alterações levam em conta a demanda de usuários, ou seja, a maioria das pessoas que utilizam as vias e as conversões.

Na Rua Paulino Afonso, o estacionamento rotativo existente a partir do número 230 até o cruzamento com a Rua Montecaseros será suprimido. É que o local irá ganhar uma faixa seletiva exclusiva para ônibus nesse trecho, do lado direito da via. Ao mesmo tempo, serão dispostas grades na Montecaseros, impedindo a conversão à esquerda em determinados trechos, como na saída da Praça Oswaldo Cruz – o retorno deverá ser feito pelas ruas Frei Rogério e Frei Luiz. Na Montecaseros, aliás, será colocada em mão única no sentido bairro, no trecho da saída da Paulino Afonso até o cruzamento da Rua Francisco Manoel.

Outra alteração será feita na 13 de Maio. Serão disponibilizadas grades no meio de pista para possibilitar a fluidez do trânsito no sentido Barão do Rio Branco e Bingen, impedindo conversões à esquerda, fazendo que o trânsito não fique atravancado em ambas as pistas. A recomendação é que os motoristas façam os retornos para conseguir acessar seus locais. Ainda na 13 de Maio, agentes de trânsito ficarão posicionados controlando as faixas de pedestres. Outra medida que vai impactar o fluxo para essa área, será a moralização do estacionamento na Avenida Ipiranga, que prejudica o fluxo de trânsito da via.

No entorno da Praça da Liberdade também haverá intervenções: agentes de trânsito irão controlar o trânsito de seus acessos, principalmente na ponte com a Rua Roberto Silveira, no sentido Centro e Monsenhor Bacelar – o que acaba afetando na retenção da Avenida Koeler e na saída da Dr. Nelson de Sá Earp, onde também terá agente na faixa de pedestres.

Jairo Pereira destaca ainda que é fundamental que as pessoas sejam conscientes da importância dessas medidas para a cidade e que essas ações devem trazer melhorias, mas nada impede que, se o efeito não for o esperado, que se volte atrás e se reveja as medidas. “Petrópolis tem apresentando crescimento acelerado na frota de veículos do município. Até fevereiro de 2019, o município contabilizou 172.036 veículos – o que representa quase dois veículos a cada três habitantes -, ou seja, as mudanças são necessárias”,afirma.

Uma das festas mais esperadas pelos petropolitanos começa no dia 1º de maio, feriado do Dia do Trabalhador. A 30ª Expo Agropecuária é aberta com o melhor do pagode, o show do Ferrugem, com entrada gratuita. O evento acontece até o dia 5 no Parque Municipal, em Itaipava com grandes atrações como o DJ Alok, Thiaguinho, Felipe Araújo e Suel. Além das grandes atrações, a festa fortalece o setor rural do município, com o Galpão do Produtor Rural que conta com produtos artesanais, concursos e leilões de cavalos, gastronomia e parque de diversões. 

A festa, que é toda custeado e organizado pela iniciativa privada, já está com os ingressos disponíveis no estande montado no calçadão do antigo Cenip, e na internet pelo site www.guicheweb.com.br. Os valores das entradas variam de acordo com os espaços determinados pela empresa. Já as apresentações do feriado do dia 1º de maio, as despesas são custeadas pela Prefeitura, com entrada franca. O show Gospel está sendo definido.

Além do show gratuito de abertura com o pagodeiro Ferrugem, quem quiser curtir toda a programação da 30ª Expo, vai contar com o show do Thiaguinho no dia 02; DJ Alok no dia 03; o sertanejo Felipe Araújo, dia 04 e encerrando a festa, o show com entrada franca, do pagodeiro Suel.

A 30ª Expo Agropecuária conta com uma área especialmente para o setor rural, onde receberá o Galpão do Produtor com produtos da região como geleias, compotas e artesanatos. O espaço conta também com dois concursos de cavalos das raças Pampa e Campolina além do tradicional leilão.

Para a criançada e até para os adultos que queiram se divertir com mais emoção, a 30º Expo conta com o parque PlayCity, que está com mais de 20 atrações, entre elas, o Crasy Dance, KamiKaze, La Bamba, Bate-bate, carrossel, cama elástica, tobogã e vários outros. O parque de diversões funciona de funciona 5ª e 6ª feira a partir das 18h e sábados, domingos e feriados, a partir das 14h.

Em 2018, a estimativa é de que o evento tenha movimentado mais de R$ 3 milhões na economia da cidade e gerado cerca de 700 empregos diretos, com os shows, praças de alimentação, parque de diversões e feiras.

A 15ª Conferência Municipal de Saúde, realizada neste sábado (30.03), no auditório da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FASE) reuniu profissionais de saúde, servidores da rede pública do município, além de representantes da sociedade civil. O evento faz uma retrospectiva dos 30 anos de existência do Sistema Único de Saúde (SUS) e reforça o direito universal de acesso aos serviços de saúde. O ciclo de debates definirá diretrizes a serem apresentadas nas conferências, estadual e nacional, que serão realizadas em maio e agosto, respectivamente. A secretária de Saúde, Fabíola Heck abriu o ciclo discussões com uma apresentação do panorama da saúde do município. 

Para uma plateia de cerca de 300 pessoas, foram apresentados os resultados de todos os serviços que formam a rede pública de saúde do município. Foi destacado o número global de consultas realizadas por toda a rede, que chega a 985 mil atendimentos aos usuários. Toda a rede foi apresentada no sentido de mostrar a gama de serviços e programas que a cidade oferece para a promoção da saúde, prevenção de agravos, diagnósticos, tratamentos, reabilitação, redução de danos e atenção integral. 

Na ocasião foi salientada a estrutura que forma a rede de saúde do município, que torna a cidade referência para os municípios do entorno. A secretaria reforça que Petrópolis conta com todos os serviços orientados pelo Ministério da Saúde. Alguns dados exemplificam os resultados positivos alcançados no município, como os 380 mil atendimento feitos pelas 44 unidades de saúde que contam com o programa de Estratégia de Saúde da Família; os 79 mil atendimentos das Unidades Básicas de Família; as 194 mil consultas da rede de atenção especializada; as 67 mil consultas ambulatoriais do Hospital Alcides Carneiro; e entre outros dados, os 64 mil atendimentos feitos pela rede de saúde mental. 

O presidente do Conselho Municipal de Saúde (Comsaude), Rogério Tosta, destaca que o município, na região, é um dos mais bem estruturados para oferecer os serviços de saúde. “Muitas cidades do entorno não têm essa estrutura e apesar de todas as dificuldades, Petrópolis conta com serviços de qualidade e com várias portas abertas para o atendimento da população” , reforça o presidente do Comsaude, destacando que as diretrizes definidas neste sábado serão levadas para as conferências estadual e nacional. 

Com atuação de parceria com o município em ações de saúde pública, o coordenador de projetos de extensão da Fase, Ricardo Tammela, destaca a importância em contribuir para a realização do evento. “A faculdade estabelece o compromisso que tem com a atenção básica. A formação dos profissionais que acontece aqui dentro é direcionada para a rede pública. A nossa participação na rede como assistência é expressiva. Esse evento convida a nossa comunidade a perceber a importância do SUS, a saber o quanto o SUS tem um papel estratégico no cuidado da saúde da população brasileira”, reforça. 

Os trabalhos na conferência ocupam todo o dia de sábado, que começou com demonstrações das atividades das Academias da Saúde. Os profissionais do programa fizeram atividade física com todos os participantes que nas parte da tarde se reuniram em estudos e debates sobre o Sistema Único de Saúde.

Notícias por data

« Abril 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30          

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo