Prefeitura aguarda o decreto para determinar o fim da atividade no município

A prefeitura confirmou o fim da tração animal em Petrópolis. Em reunião realizada nesta sexta-feira (01.03) com membros do governo e 30 protetores de animais, o prefeito garantiu que aguarda a notificação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) à Câmara de Vereadores para enviar ao legislativo projeto de lei regulamentando o fim da tração animal. Enviada ao legislativo e aprovado pela Câmara, a matéria será sancionada pela prefeitura. Antes mesmo da homologação do resultado do plebiscito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – na noite da última terça-feira (26.02) – a prefeitura já trabalhava para atender a demanda da população quanto à substituição das charretes.

Como anunciado após o plebiscito, a prefeitura vai respeitar o resultado das urnas. Restam apenas trâmites burocráticos para determinar o fim da tração animal na cidade. A prefeitura criou ainda no ano passado um grupo de trabalho que estuda alternativas para os charreteiros e que discute também as questões de bem-estar animal e de turismo. Todos os segmentos serão contemplados.

A reunião serviu para esclarecer as dúvidas dos protetores com relação ao término da atividade. Presente no encontro, o protetor e ativista da causa animal, Domingos Galante, elogiou a preocupação da prefeitura com o assunto.

"A reunião foi importante para esclarecer todas as nossas dúvidas com relação ao término da tração animal em Petrópolis. É importante que, dessa maneira, terminamos com as notícias falsas. É uma vitória da causa animal”, disse.

Em paralelo a isso, o grupo de trabalho criado pela prefeitura para acompanhar o assunto está avaliando projetos e busca soluções. O município estuda opções para a realização do serviço de outra forma, sem a utilização dos animais, de forma que atenda também ao turismo. O termo de referência obrigatório para o edital de licitação para charretes elétricas está próximo de ser concluído.

A prefeitura está trabalhando para criar um projeto que permita a continuidade da atividade, mas sem a tração animal. É preciso explorar o potencial turístico da cidade da melhor maneira possível, respeitando o resultado e o desejo da população. A prefeitura espera ter novidades em breve com relação as charretes elétricas.

Aumento será 20,73% no valor repassado mensalmente

Após 11 anos sem aumento, as instituições educacionais que possuem parceria com o poder público no atendimento dos alunos da educação fundamental receberão aumento de 20,73% no valor repassado mensalmente por cada aluno matriculado. Seis unidades educacionais serão beneficiadas com a ação que representa um investimento anual de R$ 1 milhão. O anúncio foi feito pelo prefeitura nessa sexta-feira (01.03). Ao todo as unidades atendem 2.654 alunos da rede municipal.

Esse reajuste ficou congelado por onze anos e a prefeitura sabem da importância desse valor para cada instituição. O poder público deseja fazer mais pelas unidades parceiras e continua com o cinto apertado nas contas para garantir o investimento em setores importantes como educação e saúde.

O valor passará de R$ 165 para R$ 200 pagos por criança. É um investimento necessário que garante o atendimento de qualidade para esse público. Na última semana, a prefeitura também anunciou o reajuste de 9% no valor que é pago para as instituições que atendem educação infantil. São dez instituições que receberão anualmente mais de R$ 4 milhões. Aos poucos, a prefeitura está acertando as contas e investindo cada vez mais na qualidade da educação.

Serão beneficiadas as instituições Comunidade São Jorge Fundamental, Liceu São José de Itaipava, Padre Corrêa, GAAPE, Anglicano de Araras e Pró Saber Fundamental.

“Essas são instituições importantes para a nossa rede porque atendem um quantitativo considerável de alunos e mantém um trabalho sério e comprometido que mostra a qualidade da educação. A Secretaria de Educação está realizando visitas nas unidades parceiras e continua de portas abertas para receber a instituições”, disse a subsecretária de Educação, Adriana Vellasco.

Antonio Roni de Oliveira, do Colégio Anglicano de Araras, afirmou que o reajuste chegou em boa hora. “Foram 11 anos sem reajuste e receber essa boa noticia é um avanço. Estamos felizes com o comprometimento do governo e com a nova gestão da Secretaria de Educação que vem nos atendendo e mostrando respeito com as instituições parceiras”. O Colégio Anglicano de Araras atende 880 alunos da educação infantil até o 9º ano do ensino fundamental.

Pesquisa está disponível até 30 de abril no site da prefeitura

Líder no ranking de transparência na Região Serrana – resultado da disponibilização de links e informações detalhadas sobre as contas da públicas no Portal Transparência -  a prefeitura de Petrópolis vai ampliar as informações disponibilizadas no portal com base em uma pesquisa que está sendo realizada para saber quais os cinco assuntos de maior interesse para a população.

Petrópolis é o 6º município mais bem colocado entre os 92 municípios do Estado e tem hoje o 1º lugar na Região Serrana, de acordo com a Controladoria Geral da União (CGU). O trabalho para manter a posição na região e melhorar no Estado é permanente, mas, a prefeitura quer ir além, ouvindo a população e sabendo o que o cidadão petropolitano considera importante, que assuntos ele quer que a prefeitura disponibilize.

A pesquisa está disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br ). Participar é fácil. Na página eletrônica, basta clicar no banner “Portal Transparência” – o que você gostaria de ver no Portal Transparência. O interessado então é direcionado para a página da pesquisa, onde informa seus dados e aponta, entre 10 opções listadas, qual o assunto que mais lhe interessa.

O cidadão poderá por exemplo apontar o desejo de ver mais informações sobre a folha de pagamento de servidores; sobre obras que estão sendo realizadas pela prefeitura na cidade; sobre vagas para escolas e creches e mais informações sobre os investimentos na área de saúde. O cidadão também pode escolher que o município disponibilize a relação de empresas que recebem incentivos fiscais ou consultar que imóveis pertencem ao município. Os interessados também podem optar por saber mais sobre as ações da prefeitura na área de assistência social, prevenção a ocorrências desastres naturais ou sobre bem-estar animal.

A ideia é que a população diga o que quer ver no portal Transparência, para que a Controladoria Geral do Município possa disponibilizar informações além daquelas legalmente exigidas. Os cinco assuntos mais votados passarão a ser disponibilizados. A intenção é despertar o interesse das pessoas e trazer a população para participar, para que haja também um controle social sobre as ações da prefeitura.

A pesquisa estará disponível até o dia 30 de abril. Com base na pesquisa, serão definidos os cinco assuntos que mais interessam aos petropolitanos. A ideia é começar a implementar estas informações ainda no segundo semestre. O objetivo é aperfeiçoar cada vez mais o Portal Transparência. 

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Ministério da Infraestutura e o Tribunal de Contas da União (TCU) estão sendo acionados pela Prefeitura de Petrópolis e o MercoSerra, agência que representa empresários e poder público de Teresópolis e Nova Friburgo. O município reuniu o gabinete de crise na manhã desta sexta-feira (01.02), com a presença do presidente do MercoSerra, Luiz Fernando Gomes, para uma ação conjunta frente aos engarrafamentos que estão prejudicando usuários da BR-040 em função das obras de pavimentação feitas pela Concer no km 82, no Quitandinha. 

Mesmo ciente de que 250 mil veículos passariam pela estrada no Carnaval, a concessionária iniciou uma obra dia 05 de fevereiro. A intervenção, que deixou em meia pista a estrada perto do Quitandinha, chega a ocasionar 12 quilômetros de congestionamento.

Em documento enviado à ANTT, Dnit, Minfra e também remetido ao Ministério Público Federal (MPF), prefeitura e empresários querem imediata sinalização e presença de controladores de trânsito e ainda finalização da intervenção. 

O documento também foi enviado à Concer, concessionária que administra a via. A Prefeitura vai noticiar ao Ministério Público Federal (MPF) os transtornos ocasionados pela empresa por falta de planejamento nestas obras.

Foi apresentada a necessidade imediata de sinalização no local,  a área está abandonada, sem qualquer presença física de controladores de trânsito. O segundo é que toda intervenção seja comunicada com antecedência à Prefeitura para que estabeleça, em conjunto, datas e prazos para que não interfira em épocas de grande movimentação de turistas como agora, às vésperas do Carnaval.

A Prefeitura cobra que existam estudos que mensurem o grau de mudança no trânsito nos locais que recebam intervenção.

Em Brasília na quinta-feira (27.02) com a secretária executiva adjunta do Ministério da Infraestrutura, Viviane Esse, um dos pleitos do município é que as demandas sejam previstas no edital de licitação na próxima concessão da BR-040.

A Concer informa que está procedendo a recuperação de 23 placas de concreto e atribui ao mau tempo atraso na intervenção. “Em se tratando de uma obra linear, ela poderia estar sendo acelerada. E este mesmo trecho sofreu obras há cinco meses. Esta parte também já poderia ter sido realizada. Trata-se de um desleixo com a cidade todo o procedimento sem planejamento e sem nenhum plano de emergência para concluir a obra”, afirma o presidente do MercoSerra, Luiz Fernando Gomes.

Verba de R$ 224 mil vai beneficiar mais de cinco mil pessoas que participam das atividades da prefeitura

A prefeitura conquistou a prorrogação do convênio da prefeitura com o Ministério da Cidadania – através da Secretaria Especial de Esportes – garantindo o investimento de R$ 224 mil do governo federal no Agita Petrópolis e no Jogos Unificados de Petrópolis (Jeups). A verba destinada vai beneficiar mais de cinco mil pessoas, entre jovens e adultos, que participam dos programas esportivos oferecidos pela prefeitura. A continuidade da parceria com a presidência foi garantida durante a missão de governo liderada pelo prefeito em visita à Brasília.

A gestão se preocupa em ter uma excelente abertura com os governos federal e estadual, trazendo mais investimentos para Petrópolis. Luta pela manutenção das parcerias que trazem benefícios para a população da cidade. O esporte é uma prioridade, proporcionando mais saúde e qualidade de vida para os beneficiados pelos projetos.

Matheus Quintal, chefe do escritório regional Sudeste do Ministério da Cidadania, participou do encontro com o titular da pasta especial do esporte, general Marco Aurélio Vieira na última semana. "O governo federal entende a importância do investimento no esporte e quer ajudar os municípios a desenvolver programas que incentiva a prática esportiva. Petrópolis desenvolve uma série de ações que serão agraciadas com a verba", disse. 

O Jeups é a principal ferramenta de incentivo ao esporte entre as crianças e adolescentes da cidade. No ano passado, a competição igualou o número recorde de escolas participantes, que é de 2002: 44 instituições. Os jogos proporcionaram para os estudantes 295 horas de atividades físicas em 895 partidas nas modalidades coletivas. Para 2019, a prefeitura quer mais alunos e colégios participando da atividade. 

Com o apoio do governo federal, a Superintendência de Esporte e Lazer vai melhorar a estrutura dos jogos estudantis. A pasta segue trabalhando com o objetivo do fomento das mais diversas modalidades esportivas no município, começando com as crianças e adolescentes.

A verba destinada para o Agita Petrópolis será utilizada no Festival das Comunidades e no torneio de futebol e futsal organizado pela prefeitura. Desde 2017, a atual gestão contribui com os campeonatos municipais de futebol e futsal, organizados pela Liga Petropolitana de Desportos (LPD). Esse apoio é fundamental para os clubes da cidade estarem fortes, formando atletas e cidadãos. Quem ganha com isso é a população da cidade.

A calendário esportivo do município - com todos os eventos e projetos realizados - está disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). Os interessados em participar das atividades, deve procurar a sede da Superintendência de Esportes e Lazer da cidade, que fica no Centro de Cultura Raul de Leoni, na Praça Visconde de Mauá, no Centro, ou fazer contato com a unidade pelo telefone: 2233-1218.

Etapa em Petrópolis acontece nos dias 9 e 10 de março no Vale do Cuiabá

As inscrições para a etapa em Petrópolis da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB) se encerram neste domingo (03.03). Os interessados em participar devem acessar o site oficial do evento (www.cimtb.com.br) e garantir sua vaga. O evento será realizado nos dias 9 e 10 de março em uma pista no Vale do Cuiabá - assinada pelo petropolitano campeão mundial Henrique Avancini. São 31 categorias em disputa - entre profissionais e amadoras - que atendem desde crianças até idosos. A prova conta com o apoio da prefeitura, que observa na CIMTB uma oportunidade de crescimento para os atletas da cidade, além de movimentar a economia com a chegada de turistas.

Desde o início da gestão, a prefeitura busca parcerias para trazer competições para a cidade e criou também o primeiro evento municipal de Mountain Bike. A modalidade está crescendo em Petrópolis e é preciso dar mais espaço para os atletas da cidade. É importante o incentivo para que eles se tornem profissionais e representem bem a cidade.

A competição também incentiva o turismo. Vai movimentar a economia da cidade, ocupando quartos de hotéis e pousadas, além das vendas no comércio em geral. A prefeitura está explorando o potencial que Petrópolis tem para eventos esportivos, trazendo um perfil diferente de turistas, que consome na cidade. Neste ano, o município preparou um calendário com mais de 100 eventos, atendendo todos os públicos.

Considerada a principal prova do calendário brasileiro, a Copa Internacional acontece de maneira inédita em Petrópolis e vai atrair diversos pilotos do mundo. Atletas como Henrique Avancini, Giuliana Morgen e Walmir Terra já confirmaram a participação. O evento conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e estaduais.

Petrópolis é berço de um campeão mundial, que vai ajudar fomentando a modalidade na cidade. A Superintendência de Esporte e Lazer também está trabalhando em parceria com o Henrique Avancini em outros projetos, para que cada vez mais os petropolitanos estejam inseridos no mountain bike.

O percurso em Petrópolis vai contar com muitos locais de subidas, exigindo que os atletas estejam bem preparados. No entanto, será uma pista com maior fluidez em comparação com outras que existem no país.  A cidade foi escolhida para abrir a temporada da CIMTB, aproveitando o bom momento e a força do nome do atleta brasileiro para impulsionar os fãs e aumentar o número de apoiadores.

Crianças de escolas municipais poderão desenhar o personagem que irá personificar o órgão de defesa do consumidor

No mês em que é comemorado o Dia do Consumidor, o Procon inicia uma série de atividades com a abertura de um concurso cultural para a definição de uma mascote – personagem que irá personificar o órgão de defesa do consumidor nas ações pela cidade. Voltado a alunos de escolas municipais de Petrópolis, a ideia é aproximar o Procon do público infantil tornando a questão das relações de consumo um aprendizado continuado. A definição da mascote está prevista para acontecer no dia 29 de março, quando terá fim o mês de atividades intensificadas. 

Os alunos das escolas convidadas para participar são da Américo Fernandes Ribeiro, Odette Fonseca, Governador Marcello Alencar, Rosalina Nicolay e Hildebrando de Carvalho. Cada instituição irá propor aos estudantes elaborar uma mascote e cada aluno poderá fazer um desenho. Depois, uma comissão formada por representantes do Procon e da escola irão selecionar os cinco melhores desenhos, que irão à votação popular na página oficial do Procon, no Facebook. O desenho que mais votos tiver, será o vencedor e o aluno irá receber um prêmio surpresa.

Com a mascote, o Procon conseguirá se aproximar de um público que hoje não recebe orientação sobre o consumo. A ideia é tornar essa questão mais próxima da realidade dos pequenos. Crescer sabendo não só seus direitos e deveres, mas que a má administração do dinheiro e o consumo indiscriminado trazem consequências que comprometem a saúde financeira que acaba afetando diversos outros fatores da vida. O concurso também abre o mês do consumidor, com uma programação extensa, tendo destaque o dia 15, que é efetivamente o Dia do Consumidor.

A intensificação das ações em prol do consumidor começou no ano passado, quando mais de 80 horas de atividades foram realizadas ao longo do mês. Depois, o prefeito Bernardo Rossi sancionou a Lei 7.647 instituindo o Mês Municipal do Consumidor e Consumo Consciente, o Março Verde. A legislação prevê que o Procon, independente da administração vigente, realize atividades voltada à educação de consumo, ações itinerantes, palestras e fiscalizações. No cronograma 2019, o órgão planeja, ainda, lançamento de novidades para o consumidor.

Além das ações do Mês do Consumidor, o Procon segue fazendo os atendimentos, normalmente, na sede, que funciona na Rua Dr. Moreira da Fonseca 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. Os telefones para contato são o 2246-8469 / 8470/ 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Há, ainda, a unidade de Itaipava, que fica na Estrada União e Indústria, 11.860, no Centro de Cidadania. Os usuários também tem como opção o WhatsApp denúncia pelo 92257-5837 e o site www.petropolis.rj.gov.br/procon e o serviço de mensagens da página Procon Petrópolis no Facebook.

A campanha de doação para o Banco de Sangue Santa Teresa promovida pela Guarda Civil foi encerrada nesta sexta-feira (01.03) de Carnaval. Em duas semanas de mobilização, 35 agentes participaram da ação, feita abastecer o estoque antes de um dos períodos com maior demanda.

Por causa das viagens dos foliões, o número de acidentes cresce nesse período e, consequentemente, a necessidade de atender mais pessoas. O Banco de Sangue Santa Teresa atende as duas UPAs da cidade, o CTO, o Hospital Unimed e o próprio Hospital Santa Teresa, que é referência em atendimento de feridos de acidentes de trânsito.

Uma pessoa pode fazer uma doação de 470 ml de sangue. A bolsa é fragmentada em quatro partes e cada uma é usada em ocasiões diferentes. No entanto, o tempo de armazenagem é diferente – as plaquetas, por exemplo, usadas para coagulação, podem ser armazenadas por apenas cinco dias. Por isso, é necessário um fluxo constante de doadores.

“Eu sempre doei e participei de todas as campanhas. É importante participar, é uma ação de cidadania. Hoje estou aqui doando e contribuindo e amanhã eu ou alguém da minha família pode precisar. É uma consciência que todos deviam ter. Doar é salvar vidas”, disse a agente Rita de Cassia Motta, uma das que participou da campanha.

Podem doar todas as pessoas entre 18 e 60 anos, em bom estado de saúde e que pesem mais de 50 quilos. Jovens de 16 a 17 anos também podem doar acompanhados dos responsáveis. Não é necessário fazer jejum, mas é importante não ingerir alimentos gordurosos três horas antes da doação. Também não se deve consumir bebidas alcoólicas 12 horas antes. As únicas restrições são a diabéticos e pessoas que fizeram tatuagem ou colocaram piercing há menos de um ano. Pessoas que fizeram algum procedimento, como endoscopia só podem doar após seis meses da realização da intervenção. O banco de sangue funciona todos os dias, de 7h às 18h, na Rua Paulino Afonso, 477 – Bingen (ao lado do Hospital Santa Teresa).

Ideia do município vizinho é implementar o programa até o início do próximo verão

Cooperação técnica, troca de experiências entre os agentes, além do aprendizado prático sobre o Defesa Civil nas Escolas: nesta sexta-feira (01.03), representantes da prefeitura de Teresópolis estiveram na Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias para conhecerem as ações de prevenção realizadas em Petrópolis. O trabalho desenvolvido com as crianças da rede municipal de ensino e o desenvolvimento de outras ações antecipadas estiveram em pauta durante o encontro. Nesta semana, o município recebeu também a visita de técnicos de Nova Friburgo e de Areal com os mesmos objetivos.

Os municípios vizinhos conheceram o trabalho desenvolvido em Petrópolis em dezembro do ano passado, na última reunião do MercoSerra. Na oportunidade, a política pública de inserção dos temas Defesa Civil e Educação Ambiental foi apresentada para os governantes, que planejam formas de implementar a atividade em suas cidades.

A criação do Defesa Civil nas Escolas é a principal aposta para reduzir os riscos de desastres. A ideia é mudar a forma de pensar da população da cidade. Com treinamentos, simulado e a visita aos pontos de apoio, a Defesa Civil esteve nos bairros trabalhando a prevenção. É preciso trabalhar de forma antecipadas, reduzindo a quantidade de ocorrências.

O coordenador de Defesa Civil de Teresópolis, coronel Albert Andrade, destacou a importância da cooperação entre as cidades e aprovou a iniciativa de Petrópolis trabalhar o tema Defesa Civil em sala de aula.

“A organização dos órgãos é importante, então viemos compartilhar a nossa experiência com a de Petrópolis. Dessa maneira, estaremos aprendendo e desenvolvendo um trabalho ainda melhor. Mas destaco o Defesa Civil nas Escolas pelo pioneirismo e importância. Estamos com um plano de lançar um programa como esse até o início do próximo verão”, disse.

No ano passado foram realizadas 170 atividades dentro do Defesa Civil nas Escolas, com a participação de 103 colégios da rede, oito particulares e um estadual. Neste ano, o programa está sendo ampliado para as escolas da rede pública e privada que contam com educação infantil. Outra novidade é a inclusão do bem-estar animal como tema de discussão em sala de aula. 

Transformar a forma de pensar e de agir da população passa diretamente pelo ensinamento nas escolas. A criança é uma ferramenta que propaga a informação, levando o conhecimento para os pais e os parentes. É preciso trabalhar a prevenção de desastres em todas as idades.

A aplicação da lei em sala de aula é um passo fundamental no desenvolvimento de uma cultura de resiliência na cidade, com a orientação dos jovens sobre como se comportar em caso de ocorrências. Silvia Guedon, secretária do MercoSerra, participou do encontro e destacou que as crianças propagam o aprendizado em sala de aula.

“Contam para os país, para a família, podendo transformar o futuro das cidades. É um programa importante, diferenciado, que pode modificar toda uma realidade”, disse Silvia. 

Neste ano, o programa está sendo ampliado para as escolas da rede pública e privada que contam com educação infantil. Outra novidade é a inclusão do bem-estar animal como tema de discussão em sala de aula. O objetivo é que esse número seja ampliado ainda neste semestre, em que serão abordadas as ameaças de inverno: incêndios florestais e estiagem.

Apesar de estar em prática há pouco tempo, o programa já rendeu um prêmio para a prefeitura. O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) vai entregar um pluviômetro semiautomático e um kit educativo para serem usados dentro da política pública. A contemplação acontece dentro da campanha nacional #EducarParaPrevenir, criado pelo órgão nacional para as melhores atividades do país focadas em ERRD – Educação em Redução de Riscos de Desastres.

Com o objetivo de coibir o serviço irregular das vans que transportam estudantes, a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), realizou mais uma fiscalização, desta vez na Rua Marechal Deodoro, no Centro da cidade.  Das 32 abordagens realizadas, 20 vans estavam regulares junto à Companhia, seis em processo de entrega de documentação e seis vans foram flagradas fazendo o transporte irregular de estudantes. Os veículos foram autuados pelo artigo 231 do Código de Trânsito Brasileiro.  As ações serão constantes por toda cidade.

Para regularizar o serviço de transporte escolar, os motoristas de vans, kombis e ônibus precisam procurar a CPTrans para atualizar a concessão que permite o transporte de estudantes no município para o período do primeiro semestre de 2019. O proprietário do veículo deve levar os seguintes documentos: original e cópia da carteira de habilitação na categoria D; comprovante de residência; nada consta criminal, comprovante de inscrição de ISS; CRLV 2018 ou 2019 (de acordo com calendário de licenciamento DETRAN), além do próprio veículo que faz o transporte.

Os valores das taxas para renovação variam de acordo com o número de assentos do veículo. O veículo de até 18 lugares a taxa custa R$ 136, já os com mais de 18 lugares as renovações custam R$ 272,60.Além disso, os automóveis também devem estar com a faixa amarela identificando que é ‘Escolar’, possuir o número de registro na CPTrans, os quesitos de segurança e toda a documentação exigida.

A CPTrans fica localizada à Rua Alberto Torres, 115, Centro. A vistoria deve ser feita de 9h às 17h30. A companhia pede a ajuda das famílias na hora de escolher o veículo que vai levar as crianças no trajeto casa x escola, escola x casa, bem como que denunciem a prática suspeita deste tipo de veículo pelo telefone 156.

Cerca 93 mil pessoas foram atendidas nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Centro e Cascatinha nos primeiros seis meses da nova gestão do Serviço Social Autônomo Alcides Carneiro (Sehac), entre agosto de 2018 e fevereiro de 2019 . Esse valor representa um aumento de 13% nos registros se comparado com período anterior (agosto de 2017 e fevereiro de 2018). Nos 180 dias de gestão chamou a atenção o aumento do número de pacientes na UPA Cascatinha. Essa alteração ficou mais evidente após a unidade passar a dar suporte para parte dos atendimentos de urgência do Hospital Alcides Carneiro. Atualmente a unidade se igualou com a UPA Centro, como registro de cerca de 400 pessoas por dia.

Dos atendimentos, maior parte foi para pacientes de clínica médica, com 67%, seguido da pediatria, com 30%. No período anterior o total de pacientes foi de um pouco mais de 82 mil, mantendo a relação com a maioria dos pacientes adultos. As unidades contam ainda com o suporte de assistentes sociais e profissionais de odontologia, que ficam com a menor parte dos registros.  Para todos os serviços oferecidos pelas unidades, houve aumento nos índices. O maior número de pessoas que passaram a ser atendidas pela rede pública é refletido na elevação dos indicadores das unidades.

Na rede pública de saúde do município foi registrado um aumento de 44 mil pessoas que buscam por atendimento. São pessoas que migraram dos planos de saúde para a rede, mas o município tem conseguido atender a necessidade, inclusive de pacientes vindos de outras cidades. A rede do município atende cerca de 14 mil pessoas vindas de outras regiões por ano.

Para comportar a maior procura, as unidade passaram por reestruturações no método do trabalho que contribuíram para agilizar os atendimentos. Entre as medidas adotadas foi a inclusão de um médico especificamente para fazer o transporte de pacientes, de forma que a equipe não precise ser desfalcada para realizar remoções, seja para fazer exames ou encaminhamento de internações. “Inserimos no quadro da equipe um médico para realizar as transferências. Vimos que perdíamos muito tempo de atendimento quando um médico da equipe precisava se deslocar, assim, os atendimentos não são interrompidos”, destaca o diretor geral da UPAs, José Victor Caldeira Junior.

O diretor destaca que constantemente são feitas adequações que contribuem para a agilidade. No período de seis meses, além do pronto atendimento, quase três mil pacientes ficaram internados nas UPAs, mais de 150 mil exames foram realizados e cerca de 3 mil pacientes foram removidos para realizar exames pela rede. “Estamos evoluindo para garantir a agilidade no atendimento. Os resultados desses primeiros seis meses foram positivos. As unidades funcionam 24 horas, com 4 médicos de clínica geral; 3 pediatras; 4 enfermeiros; 11 técnicos de enfermagem.

Iniciativa é do Gabinete da Cidadania

Inscrições podem ser feitas até o dia 22 de março

Homenagear as mulheres e promover a literatura através da divulgação e publicação de poesias e crônicas. Com esse objetivo, o Gabinete da Cidadania vai realizar no mês de março o 1º Concurso de Poesias e Crônicas em comemoração ao Mês da Mulher 2019, voltado para a participação de alunos da rede municipal de Educação. As inscrições poderão ser feitas até o dia 22 de março.

O concurso é destinado aos estudantes do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental. Todos os inscritos deverão estar matriculados em estabelecimentos públicos. As escolas serão responsáveis por inscrever os alunos.

“Essa é uma parceria com a Secretaria de Educação com o objetivo de envolver os jovens na questão da não violência contra a mulher. Queremos estimular a participação de todos. As mulheres merecem essa atenção e os homens podem ser cada vez mais parceiros e amigos”, disse a coordenadora do Gabinete da Cidadania,  Anna Maria Rattes.

Cada participante poderá inscrever apenas uma obra (poesia ou crônica).  As inscrições devem ser realizadas pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Vale salientar que as obras deverão ser inéditas. Os textos serão julgados por uma comissão julgadora e o resultado dos melhores será divulgado até o dia 25 de março.

Todos os inscritos receberão certificado de participação e os primeiros colocados, em número a ser definido pela Comissão Julgadora, serão premiados com medalhas. As obras inscritas serão incorporadas ao Gabinete da Cidadania, para eventual edição de uma publicação digital ou em meio impresso.

“Temos nas escolas alunos que gostam de participar de concursos e também apreciam a arte da escrita. Essa será uma ótima oportunidade para estimular a criação de textos poéticos. Tenho certeza que teremos bons resultados”, contou a secretária de Educação, Marcia Palma.

A premiação dos trabalhos selecionados do concurso de Poesias e Crônicas em comemoração ao Mês da Mulher, acontecerá em cerimônia a ser realizada no dia 26 de março de 2019, às 10h, na Casa dos Conselhos Augusto Zanata, situada à Av. Koeler, 260 – Centro – Petrópolis – RJ.

Abrindo a Campanha das comemorações do Dia da Mulher, no dia 8 de março, o Gabinete da Cidadania, o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram) e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim), realizaram uma ação de conscientização na Praça Alcindo Sodré, no Centro. Durante a ação, as pessoas puderam conhecer o ônibus lilás – um equipamento de atendimento itinerante, receberam informativos, preservativos, além do serviço de aferição de pressão, em parceria com Instituto Técnico do Brasil. A equipe divulgou também a #diversaosemagressao – ação para o Carnaval, que este mês acontece no mês da mulher. As atividades, entre elas palestras, homenagens e apresentações musicais e culturais acontecerão durante todo o mês de março.

Só em 2019, o Cram já realizou mais de 103 atendimentos, entre assistências iniciais e retornos. O órgão possui uma equipe multidisciplinar e oferece gratuitamente assistência social, jurídica e psicológica para mulheres que sofreram qualquer tipo de agressão.

“Acho importantíssimo conscientizar a população. Estamos vivendo um período que só vemos violência contra mulher na TV. A violência é silenciosa e acontece em casa, conscientizar a mulher que ela precisa falar, que ela será ouvida e acolhida. As próximas gerações já precisam saber que ser violento é muito errado”, frisou a vendedora Esmeralda Alves, que participou da ação aferindo a pressão.

Segundo a coordenadora do Cram, Cleo de Marco, a equipe irá fazer palestras nas escolas durante todo o mês de março. “Hoje é a abertura do mês das mulheres, e nós estamos aqui com o ônibus lilás para que as mulheres façam uma visita. Está bombando, as mulheres estão parando, e os homens também estão se interessando em se informar. Está muito legal o evento e junto com o carnaval estamos abordando também o assédio e que ‘Não é Não’, insistir é crime. E não podemos esquecer da #diversaosemagressao”, frisou a coordenadora.

“A campanha começa hoje com um chamamento no Centro Histórico, para as mulheres ficarem mais atentas. Mostramos que a cidade oferece um equipamento de acolhimento, o Cram, por exemplo. Precisamos chamar a atenção para a prevenção. Pensamos também na saúde das mulheres e oferecemos aferição de pressão, distribuição de preservativos, material informativo para o carnaval e vamos nos divertir sem agressão porque ‘Não é Não’”, finalizou a coordenadora do Gabinete da Cidadania e presidente do Comdim, Anna Maria Rattes.

Programação da Campanha Mês da Mulher

13.03 – Entrega do Prêmio Mulher destaque da Prefeitura e homenagem às mulheres

18h - Casa dos Conselhos

18.03 – Culto Ecumênico pelas mulheres

18h - Casa dos Conselhos

21.03 – Palestra Edegar Pretto Deputado Estadual do Rio Grande do Sul

18h- Casa dos Conselhos – tema: Desconstrução do Machismo e Enfrentamento a Violência contra a Mulher

26.03 – Premiação do Festival Mulher Poesia e Crônica

10h – Casa dos Conselhos

27.03 – Festival Mulheres de Cristal

19h – Palácio de Cristal – apresentação de talentos femininos petropolitanos

Cercada de 70% por Mata Atlântica, com opções de lazer, hotéis e restaurantes de todos os tipos e uma das cidades mais seguras do estado, Petrópolis é um dos principais refúgios do Rio de Janeiro para quem quer passar um Carnaval tranquilo este ano. Por isso, além de toda rede hoteleira e gastronômica à disposição, pontos turísticos e principais atrativos da Cidade Imperial estarão de portas abertas para receber os visitantes. A expectativa é de que o município fique movimentado nos cinco dias de folia.

Pontos turísticos mais procurados na cidade, como o Museu Casa de Santos Dumont, Palácio de Cristal, Museu de Cera, Museu de Porcelana, além de parques como o Municipal, em Itaipava, e o da Ipiranga, funcionam todos os dias, inclusive, na quarta-feira de Cinzas (06.03). Já outros atrativos, como o Museu Casa do Colono e Museu Imperial também abrem durante o feriadão, mas fecham para manutenção na quarta. Mercados e principais shoppings também funcionam no Carnaval, alguns com programação especial para animar os foliões.

Petrópolis já é referência para quem busca tranquilidade, mas com ótimas opções de lazer e turismo. Mais uma vez, a cidade está preparada para receber os visitantes da melhor maneira possíve. É um período muito bom para o turismo e a prefeitura tem incentivado para que hotéis e restaurantes, além do atendimento usual, criem novas opções para os turistas. Muitos buscam o sossego e a tranquilidade, principalmente os que se hospedam nos distritos, mas há opções também para quem procura um Carnaval mais animado.

Shoppings como o Vilarejo, em Itaipava, e restaurantes como o da Cervejaria Bohemia prepararam uma programação especial. Ainda em Itaipava, outra boa opção também é o Hortomercado Municipal, que vai funcionar durante todo o feriadão, inclusive o bar. O Castelo Imperial, no Duchas, e o clube Petropolitano, no Centro, também terão atrações, com matinês para as crianças.

Já para os que preferem o circuito religioso, igrejas como a Catedral São Pedro de Alcântara, Sagrado, Rosário, entre outras, também estarão abertas.

Cartilha informativa auxilia consumidores

Com o objetivo de orientar e alertar a população sobre possíveis situações de desconfortos que podem acontecer durante o período do carnaval, o Procon Petrópolis realizou uma ação itinerante na Praça Alcindo Sodré, no Centro da cidade. A equipe ficou disponível na quinta-feira (28.02) tirando dúvidas, além de distribuir uma cartilha informativa com dicas, entre elas, compra e cancelamento de passagens aéreas, cartões de crédito e pacotes de viagens.

A cartilha informa como o consumidor deve agir em situações recorrentes neste período do ano. Mais de 65 pessoas receberam o material e aproveitaram para pedir orientações sobre consumo em geral, dúvidas de consumidor com as operadoras, concessionárias e lojas varejistas.

O Procon aproveitou para tirar dúvidas dos consumidores e orientar com relação a problemas com operadoras, concessionárias, instituições varejistas entre outras. Porém, o foco era em assuntos relacionados ao Carnaval com os temas mais propícios a esta época do ano.

O consumidor encontra na cartilha informações sobre cartões de crédito, serviços essenciais e sobre a comanda de bares e restaurantes. O órgão ressalta que é ilegal a cobrança de multa pela perda da comanda. O controle do consumo do cliente é de responsabilidade do estabelecimento. Vale lembrar que, aceitar apenas dinheiro como forma de pagamento é um comportamento legal, porém, deve ser divulgado de forma clara.

Casos de irregularidades podem ser denunciados no Procon, que fica na Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, ao lado da Câmara dos Vereadores, e a unidade de Itaipava funciona no Centro de Cidadania, na Estrada União e Indústria, 11.860. Para realizar os atendimentos os usuários podem utilizar, ainda, o serviço de mensagem da página do Facebook do Procon Petrópolis, os telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Os telefones da unidade em Itaipava: 2222-1418 / 7448 e 7337, ou WhatsApp Denúncia no número 98857-5837. O atendimento pelo site pode ser acessado pelo link http://www.petropolis.rj.gov.br/procon/index.php/fale-conosco.

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Março 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo