Espaço estará aberto excepcionalmente neste sábado das 9h às 14h

Contribuintes que precisarem retirar a segunda via do boleto para pagamento do IPTU 2020 em cota única – que tem primeiro vencimento no dia 6 de janeiro -   terão atendimento diferenciado em uma estrutura especialmente montada em um espaço no Centro de Cultura Raul de Leoni. A Central de Atendimento ao Contribuinte, abre as portas nesta quinta-feira (02.01), com funcionamento de 9h às 17h. Para facilitar a vida dos contribuintes, que quiserem aproveitar o desconto de 9% no pagamento em cota única feito até o dia 6 de janeiro, a Secretaria de Fazenda manterá excepcionalmente neste fim de semana, equipes para atendimento no local no sábado (04.01), com funcionamento de 9h às 14h.

As equipes da Secretaria de Fazenda já estão treinadas e prontas para receber os contribuintes que buscam este atendimento presencial, e fazer a emissão dos boletos para pagamento em cota única. A estrutura de atendimento fica em uma área central da cidade, para facilitar a vida dos contribuintes e garantir a acessibilidade para todos.

Optando pela cota única o contribuinte economiza recebendo o desconto e ainda contribui para que a prefeitura possa garantir a qualidade dos serviços, como a merenda balanceada para os alunos das nossas escolas, estoques de medicamentos nos posto e unidades de saúde, limpeza pública, manutenção de ruas, entre outros serviços importantes no dia a dia das pessoas. 

No Centro de Cultura contribuintes encontram uma estrutura com seis baias de atendimento, espaço para 30 pessoas aguardarem sentadas, recepção com orientação, distribuição de senhas, computadores e impressoras. Toda a estrutura para garantir o atendimento rápido e eficiente ao contribuinte. Além de retirar o boleto para pagamento em cota única, o contribuinte também poderá fazer a atualização de endereço.

Além do desconto de 9% para pagamentos no primeiro vencimento da cota única - dia 6, o município oferece ainda opções de 7% de desconto para quem quitar a cota única até 6 de fevereiro, ou ainda 5% de desconto para aqueles que optarem pelo último vencimento - 6 de março.

A Secretaria de Fazenda também oferece a possibilidade de retirada do boleto via internet.    A emissão do boleto deve ser feita no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Ensino integral, formação para professores e destaque no Programa Busca Ativa Escolar

Uma rede extensa, com 183 unidades de atendimento requer atenção dobrada. E o cuidado e atenção com os quase 42 mil alunos da rede municipal vem dando resultado: Petrópolis vem se destacando em índices que avaliam o ensino, como o Ideb – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. Aumento na oferta de vagas na educação infantil, oferecimento de cursos no contraturno e aumento no número de escolas em tempo integral são alguns dos destaques da rede. Além disso, a eficiência no combate à evasão escolar também garante a qualidade do trabalho: o Unicef formalizou o reconhecimento público ao município pelo trabalho realizado através do Programa Busca Ativa Escolar.

Formação de professores e investimento em merenda também somam nesse cenário positivo. Desde 2017, a Prefeitura vem acompanhado de perto as instituições de ensino, promovendo melhorias, adaptando espaços, tudo para garantir o conforto dos alunos. Todas as ações contribuem para o destaque da educação na rede em comparação a outras realidades. Outro fator importante diz respeito ao aumento na oferta de escolas que oferecem o ensino integral. Em 2016 eram apenas 4 escolas e em 2020, serão 24.

O fortalecimento da educação em Petrópolis é diferente do cenário nacional, segundo o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), divulgado no início de dezembro. O Pisa é uma iniciativa de avaliação comparada, aplicada de forma amostral a estudantes matriculados a partir do 7º ano do ensino fundamental na faixa etária dos 15 anos, idade em que se pressupõe o término da escolaridade básica obrigatória na maioria dos países.

Em Petrópolis, os dados do Ideb – ano base 2017 - mostram que 23 escolas de Petrópolis ultrapassaram inclusive as metas projetadas para o ano de 2019, com relação aos resultados do 5º ano. Já com relação aos resultados do 9º ano, seis escolas também ultrapassaram a meta estabelecida para 2019. São 29 escolas, no total, que estão dois anos à frente. No cômputo geral, com índices de 5.6 nas turmas de 5º ano e de 4.3 nas turmas de 9º ano, os resultados mostram avanço de três e dois décimos em cada avaliação, respectivamente. São 41 escolas com resultados positivos entre as 77 avaliadas em Petrópolis. O resultado fica acima do obtido pelo Estado. Com relação a formação dos professores, Petrópolis também se destaca, chegando a quase totalidade dos professores com nível superior.

Na edição de 2018, participaram 600 mil estudantes de 15 anos de 80 países diferentes. Juntos, eles representam cerca de 32 milhões de pessoas nessa idade. No Brasil, 10.691 alunos de 638 escolas fizeram a prova em 2018. São 2.036.861 de estudantes, o que representa 65% da população brasileira que tinha 15 anos na data do exame. O objetivo do Pisa é produzir indicadores que contribuam para a discussão da qualidade da educação nos países participantes, de modo a subsidiar políticas de melhoria do ensino básico. As avaliações do Pisa acontecem a cada três anos e abrangem três áreas do conhecimento – Leitura, Matemática e Ciências – havendo, a cada edição do programa, maior ênfase em cada uma dessas áreas – na edição de 2018, o foco foi na leitura.

Várias ações contribuem para o destaque de Petrópolis. As equipes que atuam nas escolas são capacitadas, o governo vem investindo em cursos no contraturno e na educação integral que, reconhecidamente, têm resultados positivos no rendimento pedagógico e a secretaria vem realizando formações com os servidores, desde os educadores até os gestores.

Reconhecimento público

Em junho 2019 a rede municipal conquistou mais um destaque: o reconhecimento público da UNICEF - Fundo das Nações Unidas para a Infância – pela participação no Programa Busca Ativa Escolar. A plataforma, criada pela UNICEF e UNDIME com o objetivo de promover a inclusão social e erradicação da evasão escolar, está sendo utilizada pela prefeitura de Petrópolis desde o início do ano. Dos 39 municípios do Rio de Janeiro convidados a participar do programa, 26 aderiram ao Busca Ativa e apenas 11 receberam o reconhecimento.

Atualmente, Petrópolis tem 656 casos em andamento e 476 casos de (re)matricula, ou seja, são 656 casos que estão sendo analisados pelas equipes das secretarias municipais que estão à frente do programa – Educação, Saúde e Assistência Social – e 476 casos em que as crianças que estavam fora da escola voltaram a frequentar o ambiente escolar, em um universo superior a 42 mil alunos.

Rosas, amarelas, azuis e verdes. Neste finalzinho de Primavera, canteiros de vários locais da cidade já apresentam essas cores que brotam junto com as Hortênsias plantadas neste ano. A prefeitura fez o plantio de mudas da flor característica de Petrópolis em fevereiro e março de 2019 e ainda neste mês de dezembro o setor de jardinagem da Comdep vai continuar esse trabalho.

A tradição de plantar Hortênsias, iniciada no início do século XX, foi retomada em 2017, depois de seis anos sem novas mudas em Petrópolis. Só em 2017 e 2018, já foram plantadas 17,2 mil em vários locais da cidade. Para os próximos meses, serão mais 15 mil mudas.

Neste ano, locais como Alfredo Pachá, Roberto Silveira Praça 14 Bis e Av. Koeler receberão plantio. Essas mudas são resultado do cultivo feito pela própria Comdep, a partir da poda feita em outras hortênsias em canteiros da cidade. O processo de cultivo leva pelo menos cinco meses – as mudas que serão plantadas agora foram criadas após a poda feita em maio. Após o plantio, são mais cinco meses até mais uma poda e assim o ciclo continua.

Estão abertas inscrições para Programa Residência de Software, com 70 vagas para interessados em Petrópolis

O setor de tecnologia já emprega mais de duas mil pessoas em Petrópolis e cresce em ritmo acelerado: cerca de 10% ao ano. E as perspectivas para o futuro continuam animadoras, estimuladas por um ambiente de fomento possibilitada pela Lei da Inovação, que incentiva a instalação de novas empresas e, consequentemente, a geração de novas vagas de trabalho. Por isso, quem busca qualificação profissional sai na frente. O Programa Residência de Software, parceria entre a prefeitura e o Serratec, está com inscrições abertas para o processo seletivo para o curso que propõe uma imersão no processo de desenvolvimento de software, aliando conhecimento teórico e prático.

As inscrições vão até o dia 31 de janeiro no site do Serratec. Depois da inscrição, os candidatos às 70 vagas abertas passarão por prova de conhecimentos gerais e entrevistas para a seleção dos participantes. Em Petrópolis, as aulas vão acontecer na Faeterj entre março e julho e contam com 93 inscritos até o momento.

De acordo com o Serratec, o objetivo do programa é que o residente participe de experiências diretas, como se estivesse dentro de uma empresa, com tutores, mentores e problemas reais a serem resolvidos. A residência terá aulas de segunda a sábado com 500 horas de carga horária e é voltado para quem ainda não está no mercado. Os alunos selecionados terão direito a almoço e lanches e ainda terão custeados 50% do valor com ônibus.

É um projeto muito importante porque hoje há uma demanda muito grande por mão de obra nesse setor e poucos profissionais preparados para essas vagas. Desses cursos, a maioria dos participantes já recebem oportunidade de trabalho. Nesse sentido, essa iniciativa atende plenamente o objetivo de fornecer essa mão de obra que é tão importante, o que estimula a vinda de empresas para a cidade, além de oferecer uma oportunidade para petropolitanos que estão procurando recolocação no mercado, com uma nova possibilidade de trabalho e de carreira.

Objetivo é o de tornar cidade mais atrativa para investimentos do setor privado

Primeiro projeto sobre conectividade e infraestrutura inteligente já tem autorização para começar os estudos

Visando acelerar o fomento de projetos que possam tornar a cidade cada vez mais atrativa, inteligente e com foco na eficiência energética e conectividade, a prefeitura deu mais um passo em busca de novas Parcerias Público Privadas – PPPs: criou, através de um decreto, um Grupo de Trabalho de Apoio ao Conselho Gestor das Parcerias Público-Privadas. Três projetos estão sendo analisados pelo CGP e, em uma reunião ordinária na última semana foram autorizados os estudos de um projeto que prevê uma transformação no ambiente urbano da cidade por meio de rede de conectividade e tecnologias da informação e comunicação avançadas, que deverão ser aplicadas aos serviços e estruturas públicas.

O grupo tem como objetivo dar celeridade nos processos em que a parceria privada pode auxiliar a prefeitura na estruturação de novos serviços, como por exemplo, na questão da infraestrutura e ampliação de serviços públicos. Esse é um passo importante para a gestão da cidade. 

Ainda segundo o poder público, o conselho terá como atribuições auxiliar na modelagem dos projetos de interesse do município e subsidiar a administração na estruturação de empreendimentos com objetivo de concessão comum ou permissão de serviços públicos.

O grupo terá duração de 12 meses e vai analisar todas as propostas que chegarem ao poder público. Continuamos mostrando aos empresários que Petrópolis tem um ambiente favorável para negócios e que está sempre atenta as novas tecnologias. 

Projetos em analise

Três projetos foram apresentados à prefeitura em formato de PPPs: Eficiência energética (diminuição de gastos com energia nos prédios públicos), nova modelagem do Parque de Exposições em Itaipava e o projeto “Cidade Inteligente”, criado pela empresa Enel X, cujos estudos para implantação de novas tecnologias na cidade – sem custo para a municipalidade – cujos estudos foram autorizados durante a reunião do CGP.

O projeto da Enel, que recebeu o nome de “Petrópolis Cidade Inteligente”, foi apresentado como Manifestação de Interesse da Iniciativa privada e tem como objetivo transformar a cidade com o auxílio de tecnologias da informação e comunicação. A empresa fará estudos – sem custos para o município – e desenvolverá uma rede de conectividade e tecnologias da informação e comunicação avançadas aplicadas aos serviços e estruturas públicas que deverão ser usados para se obter melhores resultados em serviços como iluminação pública, iluminação artística, semáforos e controle da mobilidade urbana, câmeras de videomonitoramento, sensores diversos, roteadores de wi-fi públicos e aplicativos, gerenciados por um Centro de Controle Operacional.

Após a concretização do estudo, o projeto será novamente apresentado para o CGP para, posteriormente, ser feita uma consulta pública sobre o assunto.

Criação do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais foi o destaque deste ano

As políticas públicas voltadas para a causa animal avançaram neste ano em Petrópolis: o fim do uso de cavalos em charretes de passeios foi anunciado em março, após 117 mil pessoas votarem pelo fim do uso dos animais para o trabalho. Também neste sentido, a prefeitura promoveu mais uma etapa do serviço de castração, atendendo a 1.266 cães e gatos na região da Posse. Em paralelo, o município criou o Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (Comupa) e implementou, também em 2019, a Semana Municipal de Proteção Animal.

Outras novidades são as leis que proíbem as cirurgias com fins estéticos em animais e do uso e a comercialização de coleiras de choque. Outro pedido antigo dos protetores e que se tornou realidade nesta gestão, foi a realização do 1º Outubro Rosa Pet, graças a parceria entre a Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea) e a clínica veterinária Patas e Pelos.

Principal novidade da gestão, o Comupa vai permitir o debate de campanhas que visam à proteção e defesa animal, assim como as medidas para a conservação da fauna silvestre e a manutenção dos seus ecossistemas. Também será criado o Fundo Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (FMPDA), com seus recursos voltados para a elaboração de programas e ações indicados pelo conselho.

Já a criação Semana Municipal de Proteção Animal prevê a realização de campanhas de conscientização sobre bem-estar animal, guarda responsável, importância da vacinação e do controle reprodutivo de cães e gatos na primeira semana do mês de outubro. Também estão previstas palestras nas escolas municipais neste mesmo período.

Em outubro deste ano, a Cobea realizou uma série de atividades com alunos e professores da rede municipal, com palestras e eventos de conscientização. Além desse trabalho, no mesmo mês, também aconteceu o 1º Outubro Rosa Pet - em parceria com a veterinária Patas e Pelos - e que contou com mais de 200 pessoas envolvidas. Neste evento, a “cãominhada” no entorno da Praça da Liberdade foi o destaque.

Outra novidade foi a proibição das cirurgias com fins estéticos em animais, que já é realidade em Petrópolis. As medidas previstas na lei nº 7.853 passaram a valer no município para evitar a realização, por exemplo, de retirada ou corte da cauda e das orelhas em cães e gatos, consideradas mutilações e maus-tratos.

Três dessas cirurgias agora proibidas por lei acontecem em cães: a caudectomia (retirada ou corte da cauda); a cordectomia (retirada das cordas vocais) e a conchectomia (corte na orelha). A onicectomia é a extração das unhas dos gatos e a proibição também está prevista na norma.

Ação será realizada durante o mês de janeiro e integra o Plano Verão 2020

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias vai entregar cartilhas de prevenção aos desastres de origem natural para usuários e comerciantes nos terminais rodoviários urbanos. A ação acontece em janeiro nos dias 7 (Centro); 9 (Itamarati); 14 (Corrêas) e 16 (Itaipava) às 10h. A ideia é aproveitar o grande fluxo de pessoas nestes locais para reforçar o trabalho de conscientização realizado pela pasta, com dicas de segurança e ensinando quais medidas podem ser adotadas em casos de chuvas fortes. Esse trabalho integra as ações do Plano Verão 2020.

Entre as dicas da cartilha estão a preparação de um kit de emergência, o conserto de vazamentos em reservatórios e caixas-d’água, além de orientar que a população não jogue lixo ou entulho nas encostas.

No ano passado, o mesmo trabalho foi realizado nos terminais com a entrega de mais de três mil exemplares. A entrega acontece de 10 até 12h. Os agentes também irão fixar o material do SOS Chuvas em bares, lanchonetes, padaria e bancas de jornais próximos aos terminais rodoviários. 

Nos meses de novembro e dezembro, a Defesa Civil realizou a entrega desse material educativo nas 12 comunidades da cidade que contam com 20 conjuntos de sirenes do Sistema de Alerta e Alarme. Os agentes também vistoriaram cada um dos 15 pontos de apoio existentes nos bairros. A ação reforçou a importância das sirenes e preparou os locais para estarem abertos neste período.

Os pontos de apoio precisam estar abertos para atender a população no momento em que a sirene é acionada. 

O trabalho realizado nos terminais rodoviários urbanos faz parte Plano Verão 2020. Também estão incluídos neste planejamento o Defesa Civil nas Escolas, o Defesa Civil Jovem, o SOS Chuvas e o programa Rio Limpo. É importante que os moradores de áreas de risco do município procurem um local seguro sempre que começar a chover forte, antes mesmo de a sirene tocar. Os alertas das sirenes são o último aviso.

Desde janeiro, mais de 16 mil pessoas foram atendidas no Espaço Empreendedor

A desburocratização dos serviços é o incentivo para quem deseja abrir um novo negócio, seja microempreendedor ou empresário e, para facilitar a vida de quem quer investir em um novo ramo, ou, até mesmo aumentar o seu negócio, a prefeitura mantém o Espaço Empreendedor. Em um mesmo local e sem necessidade de agendamento prévio, quem quer investir encontra no EE atendimento da Jucerja – Junta Comercial do Rio de Janeiro, secretarias municipais e, pode até solicitar o microcrédito da AgeRio. Em 2018 durante todo o ano, foram atendidas no EE, 10.169 pessoas. Nesse ano, até o momento, mais de 16 mil procuraram o EE.

A retomada da economia está diretamente ligada ao surgimento de novos negócios e o poder público está atento as necessidades dos empreendedores. Por isso, o número de atendimento no EE vem crescendo a cada ano. Ao facilitarmos o acesso das pessoas aos serviços necessários para concretização dos negócios, mostramos o ambiente favorável que a cidade tem, com vários setores em destaque e com o auxílio do poder público. 

Os números de atendimento no EE vêm crescendo a cada ano: mais de 50% de aumento na comparação com o acumulado de 2018. No EE, são oferecidos serviços como o da consulta de viabilidade, que permite ao empresário saber se o estabelecimento que ele quer abrir pode ou não ser aberto em determinada área do município, ou seja, é um trabalho minucioso de desburocratização que auxilia e fomenta o crescimento do setor econômico. 

No EE os empresários também têm acesso a outros serviços como: Jucerja, informações sobre alvará, Autenticação de livro, Mais Valia (Secretaria de Obras), Departamento de Trabalho e Renda, Incentivos fiscais (Secretaria de Desenvolvimento Econômico), Posturas e IPTU (Secretaria de Fazenda), atendimento ao produtor rural, Protocolo Geral, Secretaria de Assistência Social e Secretaria de Meio Ambiente. Um serviço que é bastante procurado é o de cadastro de vagas no Balcão de Empregos.  O atendimento no EE está disponível de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h, no Centro Administrativo Frei Antonio Moser – Avenida Barão do Rio Branco, nº 2.846.

Site do EE

Todas as informações sobre a cidade e como abrir um negócio estão concentradas em um espaço específico no site da Prefeitura, é a página do Espaço Empreendedor. Informações sobre MEI, alvará on-line, Nota Fiscal Imperial, Incentivos Fiscais e Junta Comercial do Rio de Janeiro – Jucerja – são apenas alguns dos serviços oferecidos no site do Espaço Empreendedor e que já está disponível para consultas: www.petropolis.rj.gov.br/espaco-empreendedor

No site também há informações sobre a consulta Processo Fácil e links da Jucerja, Balcão de Empregos e site do Sebrae. A página também mostra informações sobre a cidade: turismo, economia, transporte e segurança e o link para o Balcão de Empregos da prefeitura.

Levantamento feito pela Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) aponta um dado preocupante: apenas em 2019, houve um prejuízo de mais de R$ 29 mil por conta de furtos e depredação de material de sinalização de trânsito. A contagem foi feita após retirada no material das ruas para verificação e análise do que foi perdido ao longo do ano – medida realizada anualmente para balanço da companhia. A sinalização na Rua Montecaseros será reinstalada nos próximos dias.  

No acumulado de perdas deste ano estão 72 cones, 23 balizadores, 25 pedestais, 14 bombonas, quatro grades, além de 85 metros de correntes. No balanço de perdas a CPTrans também constatou que 12 placas de sinalização foram destruídas ou arrancadas de seus locais. São casos, inclusive, de pessoas que arrancam as placas de proibição de estacionamento para parar em locais impróprios. Vale destacar que deteriorar placas é caracterizado como vandalismo e os autores podem ter pena que varia de seis meses a três anos de prisão. Já no caso de furto de patrimônio público, a pena pode variar de um a quatro anos de reclusão.

Principal medida feita pela companhia ao longo de 2019 e que demonstrou resultados positivos, foi a implementação da sinalização com cones e bombonas em frente à Praça Oswaldo Cruz, na Montecaseros. É que a implementação do material cria uma baia para quem tem a intenção de virar à esquerda, no sentido bairro, em direção à Praça, fazendo com o que fluxo seja mantido para quem segue em direção à Avenida Piabanha. Nesta semana, a companhia fez a retirada do material para realizar consertos, adequações e melhorias nos cones, bombonas e grades, além de contagem do material.

Decreto que regulamenta o serviço foi publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (30.12)

 A prefeitura autorizou o serviço de vitórias elétricas em substituição às charretes por tração animal. O decreto foi publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (30.12). Nele o município permite o funcionamento do novo veículo nas vias principais e nos pontos turísticos do Centro Histórico em caráter experimental. Segundo o documento, a “Vitória Elétrica” fica definida como carruagem de estilo vitoriano movida a motor elétrico. A Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte (CPTrans) será responsável por fiscalizar o transporte, podendo aplicar multas ou penalidades de acordo com os instrumentos normativos existentes.

A companhia poderá ainda editar normas prévias para a implementação da atividade de forma experimental, de acordo com a viabilidade prática e operacional, para posteriormente regularizar de maneira definitiva. Caberá também a CPTrans conceder a autorização após o cumprimento integral das exigências por parte da empresa requerente.

A decisão do executivo em substituir o modelo tradicional é inédita no país e entre os objetivos está o de estimular ainda mais o turismo. O fim do uso dos cavalos no transporte foi escolhido por 117 mil pessoas em um plebiscito realizado no ano passado. Após homologação do resultado do plebiscito pelo TSE, a prefeitura decretou a extinção da atividade em março deste ano.

A comissão criada pela prefeitura com o objetivo de substituir as charretes com tração animal definiu, neste momento, que as vitórias elétricas serão autorizadas a funcionar no Centro, como eram os veículos antigos.

Uma estrutura especial está sendo montada pela Secretaria de Fazenda no Centro de Cultura Raul de Leoni para atender aos contribuintes que quiserem retirar presencialmente a segunda via para o pagamento do Imposto Predial Territorial e Urbano - IPTU 2020. O atendimento começa já no próximo dia 2 de janeiro e, excepcionalmente no sábado (04.01), o espaço também estará em funcionamento. O primeiro vencimento para receber o desconto de 9% deverá ser realizado até o próximo dia 6.

O atendimento ocorrerá de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e no sábado, dia 04, das 9h às 14h. Em Petrópolis 116.782 imóveis são cadastrados pela Secretaria de Fazenda. Além do desconto de 9% para pagamentos em cota única, o município oferece a possibilidade de 7% de desconto para quem quitar a cota única até 6 de fevereiro, ou ainda 5% para aqueles que optarem pelo último vencimento - 6 de março.

No Centro de Cultura estão sendo montadas seis baias de atendimento, espaço para 30 pessoas aguardarem sentadas, recepção com orientação, distribuição de senhas, computadores e impressoras. Toda a estrutura para garantir o atendimento rápido do contribuinte.  A exemplo do que foi feito nos anos anteriores, para facilitar o acesso dos contribuintes, a Secretaria de Fazenda disponibilizará a emissão do boleto pela internet, no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). Para imprimir o boleto de pagamento, o interessado deve informar apenas o número de inscrição do imóvel.

Com 660 metros quadrados, a primeira pista de skate construída em Petrópolis para a modalidade “street” foi inaugurada nesta sexta-feira (27.12), pelo prefeito. O novo equipamento, que era uma antiga reivindicação dos skatistas da cidade – há pelo menos 15 anos -, foi instalado no Parque Municipal, em Itaipava, ao lado da pista de Pump Track, que será inaugurada no próximo mês. A obra representa um investimento de R$ 247 mil e os recursos são fruto de um convênio assinado com o Ministério do Esporte.

A nova pista de skate leva o nome de Rogério Carreteiro Pinto Neto, uma homenagem póstuma ao skatista que ficou conhecido em Petrópolis como Neném. O espaço simula um ambiente urbano comum, no qual os atletas saltam e fazem manobras em rampas, muretas, bancos, corrimãos. O equipamento esportivo tem nove obstáculos de concreto e ferro, além de bancos para o público e paisagismo. Para o prefeito, a conclusão da obra é uma conquista.

Quem esperava há mais de 15 anos por uma pista como esta na Cidade Imperial comemorou a inauguração. O skatista e empresário Eduardo Peçanha ressaltou que o espaço é democrático e vai atender praticantes acostumados com diferentes níveis de dificuldade. “A pista é uma vitória de anos. A gente luta para conseguir essa pista há, pelo menos, 15 anos. Já falamos várias vezes o quanto isso é importante para trazer uma etapa de um circuito estadual, brasileiro ou até mundial dependendo do nível da pista. Vindo gente para competir as pessoas vão dormir em hotel, comer em restaurantes, comprar nas lojas, gera movimento. Pra economia isso é ótimo. E não só isso, é uma área para a prática do esporte. E acertaram bem nessa pista”, disse.

“Temos aqui um espaço apropriado, feito por profissionais, e dentro dos padrões atuais, do que é o skate no mundo. Isso pra gente é uma vitória imensa, só temos a agradecer”, completa o skatista Amplus Taren.

A pista de skate fica ao lado da pista de Pump Track, um com rampas arredondadas, paredes em curvas, que podem proporcionar pequenos saltos. Feita com asfalto, a pista poderá ser usada não apenas por ciclistas, mas também por praticantes de modalidades como patins, skate e patinete. Ela é fruto de uma parceria entre a prefeitura e o atleta petropolitano campeão mundial de mountain bike cross-country, Henrique Avancini, com a Red Bull, patrocinadora do atleta, e com a LanceTracks, empresa especializada em construções deste tipo.

Além das pistas, os avanços no esporte vêm sendo percebidos em toda a cidade.

O município tem outros dois locais para a prática do skate. As outras duas pistas, na Praça Duque de Caxias, no Centro, e no CEU (Centro de Esportes Unificados) da Posse são voltadas para a modalidade “vertical”, aquela que tem formato de “U”.

A inauguração da Pista de Skate Rogério Carreteiro Pinto Neto também foi acompanhada por vereadores e secretários municipais.

Teatro, inglês, informática, ballet e canto-coral são apenas alguns dos cursos que são oferecidos gratuitamente para alunos da rede municipal de Educação. Nesse ano, mais de mil crianças e jovens participaram dos cursos e oficinas oferecidos pela Casa da Educação Visconde de Mauá e também no Centro de Ensino Darcy Ribeiro. O espaço do município é referência no oferecimento de cursos.

Na Casa da Educação Visconde de Mauá nesse ano, 923 alunos foram atendidos nas oficinas: viola, violino, violão, flauta, desenho, fotografia, coral, banda, capoeira, ballet, judô, karatê, inglês, alemão, jogos matemáticos, letramento, Educação Patrimonial e reforço em matemática. A Casa também está abrigando uma turma da EJA – Educação de Jovens e Adultos – da 5ª fase. Além da grade curricular da EJA, os alunos têm a oportunidade de participar de oficinas oferecidas na Casa da Educação Visconde de Mauá.

Outro ponto de referência no oferecimento de cursos e oficinas no contraturno escolar é o Centro de Ensino Darcy Ribeiro. Para os estudantes da rede matriculados no ensino fundamental II – 6º ao 9º ano – o local oferece vagas para os cursos de Espanhol, música, graffiti, dança, teatro, desenho técnico, auto-maquiagem, judô, acompanhamento pedagógico, artesanato, informática, capoeira e cozinha experimental.

Nesse ano, 260 estudantes participaram das oficinas e cursos e as matriculas para o próximo ano já podem ser feitas: Estrada Machado Fagundes, nº 326, Cascatinha. É necessário levar os documentos: cópia da certidão de nascimento ou RG do (a) aluno(a); declaração da escola de origem; 2 fotos3x4 e comprovante de residência. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 2246-2392. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h.

Com um investimento de R$ 574.268,03 em 2019, o Procon Petrópolis conseguiu avançar em importantes áreas para a proteção do consumidor. Os recursos são provenientes do pagamento de multas aplicadas em empresas que lesaram a população ao longo do ano. Foram R$ 766.400 mil pagos pelas instituições devido às penalidades aplicadas. Entre os destaques dos investimentos, o Procon Móvel é uma das aquisições mais importantes da história do órgão petropolitano.

O veículo possui espaço para dois atendentes na parte interna e ainda a possibilidade de mais um na parte externa. Possui também elevador para acessibilidade de portadores de deficiência física, computadores com internet, banco de espera, TV, entradas USB para carregamento de smartphones e conexão wi-fi. Essa aquisição teve o objeto de levar o mesmo serviço qualificado que o consumidor recebe na sede do órgão no centro da cidade e também em Itaipava.

Outro investimento que representa grande avanço foi aquisição de um veículo para o órgão. O Procon, agora, tem uma viatura que fica à disposição dos fiscais para realizar as ações fiscalizatórias, deslocar a equipe e demais serviços administrativos. Também foi implementado o sistema de PABX e Call Center, aperfeiçoando o trabalho de atendimento aos usuários. Houve, ainda, aquisição de computadores e novo mobiliário e de material gráfico para a distribuição e ações educativas do órgão, entre outras ações para melhorar o atendimento ao consumidor.

Aquisição é possível graças a reativação do Fucon

Desativado desde 2010, a Prefeitura reativou o Conselho Gestor do Fundo Municipal de Interesses Difusos do Consumidor (Funcon) para gerir os recursos provenientes de multas aplicadas pelo órgão. A importância dessa iniciativa já se vê com a com todo o órgão sendo equipado de maneira efetiva. Além disso, também foi construído um conselho gestor, que delibera sobre as melhorias essenciais para o consumidor.

 

O prefeito  anunciou o adiantamento do pagamento do salário dos profissionais da educação do mês de dezembro: os valores estarão na conta dos servidores já neste sábado (28.12). O pagamento das férias dos profissionais que atuam na rede municipal também começará a ser liberado nesse mês de dezembro – desde 2011 o pagamento das férias não ocorria no final de dezembro.

As férias começarão a ser liberadas no sábado (28.12) e a liberação continuará ocorrendo por blocos até o início de janeiro. Prefeito salientou, ainda, outras ações do poder público em prol do funcionalismo,  como liberação de aposentadorias, licenças, adequação da previdência e abono por permanência. Além disso, outras ações estão em andamento como a criação do PCCS da Comdep e a promoção automática da Guarda Civil e o aumento de 20% nos salários dos servidores da Educação que atuam na função de auxiliares de serviços gerais.

A secretária de Educação, que é servidora há 33 anos da rede, parabenizou o poder público pela ação.

Vale salientar que no último dia 18 de dezembro, a prefeitura pagou os  75% restantes do 13º salário para os servidores municipais – antes da data prevista por lei para o pagamento – 20 de dezembro.

 

Um dos principais equipamentos culturais de Petrópolis, o Centro de Cultura Raul de Leoni recebeu melhorias e avanços em 2019 – com mais de mil horas de atividades. Ponto de encontro para artistas e espaço para exposições, aulas, reuniões, shows e atividades dos mais diversos segmentos culturais, o prédio contou, por exemplo, com 32 espetáculos, além de 561 horas de ensaios de 18 grupos de teatro e de dança, nove exposições na Galeria Van Dijk, Espaço Alternativo e Espaço Aberto, entre outras atividades. Um importante avanço para o espaço, também, foi a realização da licitação para a reforma do telhado do prédio.

A prefeitura definiu, em novembro, através da licitação, a empresa que ficará responsável pela reforma. O contrato já foi assinado e, após a ordem de início de serviços, a empresa terá 90 dias corridos para concluir o trabalho. A previsão é de que o serviço comece já em janeiro. A reforma não vai interferir nas atividades realizadas no Centro de Cultura. A obra vai custar R$ 221.224,87.

Durante todo o ano, foram 32 apresentações abertas ao público, como mostras de dança, de teatro, e música; 140 alunos inscritos em atividades educativas, como aulas de redação para o Enem, capacitação de professores, aulas de atabaque, masterclass de dança, entre outros; 11 palestras, como sobre logosofia, eneagrama, literatura e meio ambiente, filosofia, entre outras; além de 561 horas de ensaios de 18 grupos de teatro e de dança; nove exposições na Galeria Van Dijk, Espaço Alternativo e Espaço Aberto, entre diversas outras atividades.

Também foram promovidas a limpeza e reabilitação de espaços como: a Sala Etienne Demonte, que estava fechada. O mesmo com o Depósito de Equipamentos do Teatro Afonso Arinos e a Sala de Apoio do Cine Humberto Mauro. Foram separados os materiais e realizada a limpeza para fazer com que os locais fossem novamente utilizados.

"O Centro de Cultura Raul de Leoni é o maior equipamento de Cultura do Estado do Rio e merece esse cuidado. Trazer a arte para ocupar os espaços é a proposta”, explica a gerente do espaço, Rosane Guitarelli.

Em 2019, também foram implantados novos projetos, como o “Atelier Aberto”, que após a liberação da Sala Etienne, o artista plástico e animador cultural Paulo Campinho iniciou as aulas de Pintura e Desenho; e o “Atelier Aberto”, para troca de experiências entre artistas consagrados na cidade. Já foram apresentados cerca de 30 trabalhos produzidos durante os seis meses de atividades.

Neste ano, também foram lançados dois editais de ocupação dos espaços do Centro de Cultura, como Teatro Afonso Arinos, Sala Guiomar Novaes e Sala Sylvia Orthof, Galeria Van Dijk, Espaço Alternativo e Espaço Obras do Mês. O ultimo edital foi lançado para o período de 02 de fevereiro a 31 de julho de 2020. As inscrições estão abertas desde o dia 02 de dezembro. O edital inclui a cessão de espaços para apresentações, palestras, ensaios e eventos artísticos em geral.

 

O Valparaíso Gourmet recebeu, nesta sexta-feira (27.12), o primeiro portal demarcando o corredor gastronômico na região. Essa era uma antiga reivindicação de empresários do polo – há mais de cinco anos - e a ação foi promovida pela prefeitura de Petrópolis, após reunião realizada no último mês. O portal fica na entrada da Rua Gonçalves Dias, próximo às Duas Pontes, e tem como objetivo estimular o movimento no bairro, valorizar o setor – que está entre os mais procurados pelos turistas -, e fomentar a economia. Ao todo, o polo gastronômico do Valparaíso conta com mais de 20 estabelecimentos – entre restaurantes, hotéis e pousadas, bares, mercado, confeitaria, padarias e cafeterias.

O local escolhido para a instalação do portal é um ponto estratégico para atrair os visitantes, e outro espaço já está sendo estudado para a colocação de outro portal.

No total, a região conta uma variedade gastronômica que inclui pizzaria, hamburgueria, comida japonesa, doces, entre diversos outros tipos de culinária.  A instalação de portais para a demarcação do corredor gourmet foi decidida em reunião entre empresários e representantes da prefeitura no último mês. “O interesse é o de promover a identidade de um polo já existente, com a divulgação. Vamos ter uma identidade física. O portal personifica a imagem do empresariado, da atitude inovadora”, disse, na ocasião, o empresário Henrique Molter.

A delimitação do corredor gourmet vai estimular ainda mais as ações que já acontecem nos estabelecimentos, como festivais e promoções voltados para petropolitanos e turistas.

Segunda, 30 Dezembro 2019 14:08

Natal Imperial já é referência no país

O Natal Imperial já é referência para todo o país. A festa conquistou, por exemplo, divulgação espontânea em mídias especializadas em turismo e viagens, que vêm mostrando o evento entre os principais do segmento no Brasil. Esta semana foi a vez das redes sociais da Decolar mostrar as belezas do Natal na Serra, frisando que a Cidade Imperial é uma boa opção neste período do ano. “A cidade se vestiu de luzes para receber o Natal Imperial! Por lá, uma rica programação te espera, com shows, concertos e apresentações diversas. É uma boa oportunidade para visitar a região e aproveitar seus diversos atrativos turísticos. Ainda dá tempo: o Natal Imperial vai até o dia 12 de janeiro de 2020”, escreveu a Decolar.com, que é a maior agência de viagem online da América Latina.

O ano letivo 2020 da Escola Santa Luiza de Marillac no prédio do Colégio Santa Isabel será realizado normalmente e, para garantir o atendimento dos alunos a partir de 2021, em todos os anos do ensino fundamental I, a prefeitura começou a negociar com a direção do colégio particular, a continuidade do atendimento da escola municipal no mesmo prédio. O assunto norteou uma reunião entre o prefeito, o bispo Dom Gregório e representantes da Comissão de Pais de Alunos da escola, realizada nessa sexta-feira (27.12) na sede da prefeitura.

A unidade de ensino funciona há 55 anos nas dependências do colégio particular Santa Isabel, no turno da manhã. No entanto, para garantir o atendimento de novos alunos na escola o poder público está negociando uma forma de continuar utilizando o espaço cedido pelo colégio particular. O pagamento de aluguel faz parte da negociação.

A escola atende 270 alunos no ensino fundamental I. Em 2020, o atendimento continua na sede.

O bispo diocesano, Dom Gregório Paixão, salientou que a Mitra Diocesana vem acompanhando a situação. “Compreendemos a posição da prefeitura e também da escola particular e estamos oferecendo apoio. Reconheço a importância da escola, o carinho da comunidade e desejamos a continuidade do serviço”.

Entenda:

A parceria do poder público com a instituição mantenedora da Escola Santa Isabel existe há 55 anos: a instituição disponibiliza o espaço e a prefeitura mantém a equipe da Escola Santa Luiza de Marillac e fornece a merenda, para o atendimento de 270 alunos no ensino fundamental I. Em setembro de 2019, a direção da escola particular anunciou que não aceitaria mais matrículas para as turmas de 1º ano do ensino fundamental, para que os espaços antes utilizados por essas turmas, possam ser usados pelo integral do colégio participar. Desde então, os pais dos alunos formaram uma comissão que vem acompanhando o assunto.

“Reunião foi importante para tirarmos as dúvidas e nos aproximar do poder público. Agora vamos disponibilizar as informações para os demais pais da comissão”, contou Cássia Silva, integrante da comissão.

Boa opção para quem deixar as compras da comemoração do Réveillon para a última hora: tanto o Hortomercado Municipal quanto a feira livre funcionarão no dia 31 de dezembro, em horário diferenciado.

A feira livre vai funcionar na Rua Souza Franco - Centro - no sábado, dia 28, das 6h às 16h; no domingo, dia 29, a feira vai ser no Alto da Serra, das 6h às 14h. Já no dia 31 de dezembro, terça-feira, a feira retorna para a Rua Souza Franco e funciona das 6h às 16h.

Já o Hortomercado Municipal vai funcionar no sábado, dia 28 de dezembro, das 8h às 18h. Domingo e segunda-feira, 29 e 30 de dezembro, das 8h às 14h e na véspera do Réveillon, dia 31 de dezembro, das 8h às 13h.

“Além dos preços justos, a oportunidade de negociar diretamente com o produtor é sempre vantajosa na venda direta. Para os agricultores, oportunidade de vender um pouco mais nessa época do ano”, disse o diretor do Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, José Maurício Soares.

O Município vem se destacando pela qualidade de atuação e quantidade dos Conselhos ativos nos últimos três anos. A atual gestão é uma grande incentivadora do espaço como ferramenta de desenvolvimento das diversas políticas públicas da cidade. Atualmente, Petrópolis possui 31 Conselhos Municipais com cerca de 848 conselheiros. Em 2019, foram realizadas 403 reuniões sendo 9 conferências, 6 fóruns e 2 audiências públicas no espaço.

A Casa dos Conselhos Municipais Augusto Ângelo Zanatta tem o objetivo de fomentar e disponibilizar o espaço para a participação popular na construção e no aperfeiçoamento das políticas públicas de Petrópolis. O local também elabora minutas, regimentos, resoluções, editais de convocação e outros documentos.

Um dos destaques na Casa em 2019, foi a criação de mais dois conselhos: Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais e o Conselho Municipal de Inovação.  As atividades cresceram 5% em relação ao ano passado, quando a Casa realizou 384 reuniões.  Os Conselhos Municipais de Políticas Públicas são canais efetivos de participação pública, que permitem estabelecer uma sociedade onde a cidadania deixa de ser apenas um direito, mas uma realidade.

“O ano de 2019 foi muito promissor, uma vez que conseguimos realizar diversas melhorias que fomentaram a participação popular, garantindo benefícios e reconhecimento ao trabalho dos Conselheiros, o avanço das diversas políticas públicas, cumprindo também as ações previstas no Plano de Governo do Prefeito para este Órgão”, frisou a Coordenadora da Casa dos Conselhos e Comissões, Maria da Penha Rodrigues de Veras. “Agradeço ao prefeito, ao Secretário-Chefe de Gabinete, e ao Coordenador Especial de Articulação Institucional,  pela confiança depositada no trabalho da Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta”, completa.

 

Segunda, 30 Dezembro 2019 14:04

Servição – Réveillon

Durante o feriado prolongado de Ano Novo, principais museus da cidade, como o Museu Imperial, Museu Casa do Colono e Museu Casa de Santos Dumont funcionam no dia 31 de dezembro e fecham nos dias 30 e 1ª de janeiro. O Palácio de Cristal, que é destaque na cidade, e está recebendo as atrações do Natal Imperial, funciona todos os dias.

Na Saúde, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs - Centro e Cascatinha) e Pronto Socorro Leônidas Sampaio (Alto da Serra) – funcionam normalmente. O Hospital Municipal Nelson de Sá Earp funciona 24 horas. O Hospital Alcides Carneiro também funciona normalmente. Unidades de atendimento da atenção básica (UBSs e PSFs) –  não funcionarão no feriado.

A coleta de lixo na cidade funciona normalmente, com reforços de equipes. Já os ônibus circularão em horário de domingo e os agentes da CPTrans estarão atuando com rondas em todo o município. As equipes da Defesa Civil também operam com regime de plantão para atender quaisquer intercorrência.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Dezembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo