Um dos destaques do Natal Imperial, o primeiro desfile da Parada Iluminada deste ano acontece neste domingo (08.12). Com novas fantasias, carros e uma trilha sonora especial, cerca de 250 petropolitanos vão transformar a Rua do Imperador, no Centro Histórico, em passarela para contar a história de Natal. O desfile, que acontece a partir de 19h, é um espetáculo a céu aberto e está entre as atrações mais aguardadas por visitantes e moradores. Outros dois desfiles acontecem nos domingos seguintes, 15 e 22 de dezembro.

Entre adultos e crianças, os desfilantes vão ajudar a fazer com que o público embarque no espírito natalino. Este ano, as fantasias estarão mais iluminadas, a maioria com lâmpadas de LED. Outra novidade são as alas novas, como a de árvores de Natal.

“Dividido” em setores, o desfile conta com a “Anunciação”, narrando o nascimento do menino Jesus, com anjos, estrelas, fadas e presépio vivo abrindo a Parada Iluminada.O público poderá acompanhar também todo o “simbolismo natalino”, com confeiteiros, soldadinhos, bonecas, e outros elementos desse período do ano. Há ainda o “Reino Encantado de Papai Noel” com, claro, a presença do bom velhinho em um trenzinho totalmente renovado, além de seus ajudantes gnomos.

“O resultado das fantasias e carros virou um dos pontos altos no Natal na cidade. Este ano estamos criando três carros inéditos e restaurando outros. A trilha sonora será totalmente inédita”, explica Arthur Varela, responsável pelo desfile este ano.

A Parada Iluminada tem como objetivo reafirmar o mundo de magia e sonhos proposto por todo o Natal Imperial.

O Núcleo de Educação Permanente do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência já formou 1.400 pessoas no curso de Atendimento Pré-Hospitalar e Suporte Básico de Vida. No treinamento, são ensinadas técnicas de socorro que podem aumentar a sobrevida das vítimas em casos de urgência e emergência. A procura pelo curso é tão grande que as vagas para as turmas de 2020 já foram todas preenchidas. 

Como agir se alguém sofrer um infarto ao seu lado? Ou quando uma pessoa tem uma fratura exposta? A predisposição em socorrer o próximo é instintiva em muitas pessoas. Mas para que a ajudar seja eficaz, é preciso conhecer algumas técnicas que podem minimizar a gravidade do caso e até salvar vidas. Pensando nisso, Núcleo de Educação Permanente do Samu vem oferecendo o treinamento em sua unidade desde 2017. O curso, que tem duração de 50 horas, tem como instrutores experientes socorristas que atuam própria base do Samu em Petrópolis.

Segundo o médico e coordenador geral o Samu, Cláudio Lázaro, o curso é aberto a qualquer pessoa que tenha interesse em aprender as técnicas de socorro e o pré-requisito é apenas ter o Ensino Médio. Já passaram pelo treinamento funcionários da rede de saúde do município; pessoas que atuam junto ao público como aeromoças e pastores de igreja; inspetores de escolas; militares e até médicos de unidades para atualização nas técnicas de socorro em urgências e emergências. 

O curso, que é dado em uma semana, é oferecido quinzenalmente na sede do Núcleo de Educação Permanente que funciona na base do Samu e os alunos têm aulas teóricas e práticas com simulações. Além disso, acompanham o dia-a-dia na base de socorro e recebem informações acerca dos casos em que o Samu é designado a atender. A Central de Regulação Médica das Urgências (CRMU) da Região Serrana, instalada na base do Samu em Petrópolis, recebe os chamados de urgência e emergência de seis municípios: Petrópolis, Cachoeiras de Macacu, Cantagalo, Carmo, Guapimirim, São José do Vale do Rio Preto e Sumidouro. Em média, os atendentes recebem cerca de 2,4 mil ligações por mês. 

O coordenador de Enfermagem e do Núcleo de Educação Permanente, Renato Duarte Pereira revelou que desde que começou a ser oferecido, o curso passou a ser bastante procurado. “Além de já estarmos como todas as turmas fechadas para 2020, já temos pessoas na fila de espera”, contou.

Será realizada nesta quarta-feira (04.12) a 2ª Mostra de Educação Popular em Saúde de Petrópolis (EdpopSUS) na Praça Dom Pedro, a partir das 13h. A mostra marca o encerramento do curso de Educação Popular em Saúde oferecido pela Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fiocruz.

O Curso de Aperfeiçoamento em Educação Popular em Saúde é desenvolvido com agentes comunitários de saúde, agentes de controle de endemias, profissionais da Atenção Básica e representantes de movimentos sociais. O treinamento faz parte da programação de educação permanente da rede de atenção básica e da estratégia da Secretaria Estratégica de Gestão participativa do Ministério da Saúde. Durante o curso, as equipes compartilham as iniciativas realizadas nas unidades que vão desde grupos de artesanatos, de terapia comunitária e ainda ações culturais.

“Durante o curso de formação, fazemos o resgate do papel educativo dos agentes, além de promover a troca de saberes e práticas populares, ampliando olhar sobre a saúde”, explicou Norma Pontes, educadora em Saúde.  “Sua finalidade é a troca de saberes e experiências relativas às práticas de cuidado, integrando saberes técnico-científicos aos saberes e práticas populares”, acrescentou, Norma.

Nesta Mostra, serão apresentadas também as experiências de implantação dos Conselhos Locais de Saúde, espaços de participação comunitária local, visando melhoria da qualidade de Saúde da comunidade. “Teremos também atividades físicas e culturais e práticas interativas de cuidado que serão apresentadas à população “, explicou.

O resultado deste trabalho poderá ser conferido na mostra, que ficará até as 17h na Praça Dom Pedro.

Mais dois pontos de apoio foram visitados pelas equipes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias. Neste terça-feira (03.12) os agentes estiveram na E.M. Ana Mohammad, no Sargento Boening, e na E.M. Papa João Paulo II no São Sebastião. Além de verificarem as condições de cada local – que servem de abrigo em casos de fortes chuvas – também foram entregues mais de 300 cartilhas de prevenção aos desastres de origem natural para moradores e comerciantes, somando os dois bairros.

O calendário de operações nos bairros da Defesa Civil integra as ações do Plano Verão 2020 e tem a finalidade de reforçar a importância do Sistema de Alerta e Alarme para a população, além de preparar os pontos de apoio para estarem abertos na estação mais crítica do ano.

Pela manhã, no Sargento Boening, os agentes verificaram as condições da placa do ponto de apoio e fixaram cartazes do programa SOS Chuvas na escola e no comércio próximo. Na sequência, houve a distribuição das cartilhas de prevenção aos desastres de origem natural. “É bastante simples o material, com dicas sobre o descarte do lixo e instalação de calhas, mas são dicas que podem ajudar a comunidade”, disse José dos Santos Oliveira, dono de uma loja no bairro.

O mesmo trabalho foi realizado à tarde, no ponto de apoio do São Sebastião. O objetivo principal dessa ação é conscientizar a população sobre a importância das sirenes. Os moradores precisam acreditar que as sirenes salvam vidas. Já abrigamos mais de 200 moradores em uma chuva forte que aconteceu em 2013. Precisamos sempre estar atentos no verão”, explicou o diretor da E.M. Papa João Paulo II, Paulo Almeida.

Petrópolis conta com 20 conjuntos de sirenes do Sistema de Alerta e Alarme em 12 comunidades: Gentio, Buraco do Sapo, 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe. São 15 pontos de apoio, que são locais seguros para os moradores permanecerem caso os índices de chuva estejam alarmantes. O trabalho será realizado em todos estes locais.

O calendário da Defesa Civil começou no dia 26 de novembro no bairro

Independência e segue até 18 de dezembro. A próxima ação acontece na quinta (5), às 10h, na E.M. Rosalina Nicolay, no Siméria. No mesmo dia, às 14h, o trabalho será realizado na E.M. Augusto Meschick, na 24 de Maio.

Uma iniciativa que integra a produção local à cadeia produtiva do turismo. É assim o trabalho do chef Dann Mattos em Secretário, explorando o máximo de sabor dos produtos da região para a criação dos seus pratos e ainda promovendo um passeio turístico para que os clientes conheçam pessoalmente sítios de pequenos produtores locais, um passeio histórico cultural e gastronômico pelo distrito. E é por isso, que o profissional petropolitano é um dos três finalistas ao Prêmio Nacional do Turismo, na categoria Produção Associada ao Turismo. Um reconhecimento para todo o setor na cidade.

Concorrendo com projetos de todo o país, o que começou como um incentivo aos pequenos produtores locais ganhou proporções que tornaram o Dann Mattos referência na fomentação do turismo e gastronomia na região que engloba Secretário e Sebollas (Paraiba do Sul). Dann Mattos colhe os frutos da dedicação ao longo de dois anos, desde que inaugurou o restaurante Le Coq Bar & Bistrô. O prêmio, realizado pelo Ministério do Turismo,terá cerimônia de premiação nesta quarta-feira (04.12), em Belo Horizonte.

“Poder inserir novas rotas no mapa turístico da região, e ver os resultados que nossa região tem conseguido, é muito além de turismo, é resgate da autoestima de uma comunidade, a valorização dos produtores e produtos, tornando-os como atrativo turístico. Acredito que esse prêmio nos dará muita visibilidade, e serviremos como incentivo, para que outras regiões desenvolvam projetos parecidos”, explica o chef.

O prêmio tem por objetivo identificar, reconhecer e premiar iniciativas de destaque do turismo e profissionais que tenham inovado ou trabalhado de forma proativa para o desenvolvimento do turismo no país. A categoria Produção Associada ao Turismo está vinculada a atividades artesanais, industriais, artísticas, gastronômicas ou de agropecuária que detenha atributos naturais e/ou culturais de uma determinada localidade ou região, capazes de agregar valor ao produto turístico. São as riquezas, os valores e os sabores brasileiros. É o design, o estilismo, a tecnologia: o moderno e o tradicional.

“Já temos visto os resultados impactando a comunidade, mais procura pela região, mais empregos para os moradores, e esse é nosso maior prêmio”, completa o chefe Dann.

A prefeitura fez a lavagem do Terminal Corrêas na noite da última segunda-feira (02.12). O trabalho da Comdep mobilizou 12 funcionários que usaram um caminhão-pipa de oito mil litros de água para limpar o espaço usado por pelo menos 13 mil passageiros que frequentam o local diariamente. Também foi feita a aplicação de um gel que vai ajudar a conservar a limpeza por mais tempo.

O Terminal Corrêas é ponto de partida de 780 viagens de 26 linhas todos os dias. De lá saem ônibus em direção a Itaipava, Centro, Estrada da Saudade, Carangola, Itamarati, Araras, Nogueira e Corrêas. Este ano, o local já havia recebido outras melhorias, como aplicação de asfalto e instalação de luminárias de LED.

A Comdep promove ações diárias de limpeza com caminhão-pipa. Só no mês passado, por exemplo, o serviço passou por diferentes locais no Centro, Praça Alcindo Sodré, Valparaíso, Posse e Quitandinha. O equipamento também usado para encher os chafarizes da cidade e para regar canteiros de flores da cidade.

Duas escolas da rede municipal receberam um reforço para as atividades de fomento à leitura: o projeto Cultural “Baú de Histórias”, realizado pelo Ministério da Cultura e patrocinado pela GE Celma, que doou para cada unidade escolar um baú com 100 livros infantis. A chegada do baú foi marcada por alegria e diversão, com direito a contação de história.

A secretária de Educação, conferiu nessa terça-feira (03.12) o recebimento do projeto na Escola Paroquial Nossa Senhora do Carmo, no Atíllio Maroti.

Na Escola Paroquial Nossa Senhora do Carmo são atendidos 105 alunos do 4º período da educação infantil até o 5º ano do ensino fundamental”. Estamos muito felizes. As crianças também. Vamos aproveitar e muito esses livros”, garantiu a diretora da unidade escolar, Carla de Paula Corrêa. Uma contação de história com uma Mamãe Noel animada marcou a chegada do Baú na escola.

A Escola Soroptimista também foi contemplada com o Baú. A escola atende 110 alunos - de forma integral, da educação infantil até o 5º ano do ensino fundamental. “Acreditamos que qualquer tipo de valorização da leitura é um presente para qualquer escola”, contou a diretora da escola, Cristiana de Oliveira Machado Soares, salientando que a leitura já faz parte da rotina dos alunos. “É através do ato de ler que desenvolvemos a imaginação, o intelecto, além de promover a aquisição de conhecimentos! Em nossa unidade, desde quando assumimos, estamos institucionalizando projetos nesta área, eu e a orientadora Camila Alves Correia de Oliveira”.

O programa Rio Limpo continua sendo feito em outros pontos do Rio Piabanha, no Centro. Nesta terça-feira (03.12), o serviço aconteceu na Av. Koeler. Antes, as equipes já haviam atuado no entorno do Palácio de Cristal e na Rua Padre Feijó. O trabalho consiste na retirada de areia, pedras, mato e lixo que podem atrapalhar o curso natural da água e, assim, causa transbordamentos em dias de chuvas mais intensas. Na maioria das vezes, os sedimentos são arrastados de forma natural pelo vento ou pela própria água. É uma das ações da prefeitura dentro do Plano Verão 2020 para minimizar os efeitos da chuva na cidade.

Há poucas vagas para a palestra "Eu professor: Desafios e Potenciais da Profissão Docente" que será ministrada no dia 5 de dezembro pela professora doutora Jane do Carmo Machado, na EM Monsenhor João de Deus Rodrigues. O evento é direcionado para professores da rede municipal.

As inscrições podem ser feitas pelo telefone 2223-2857 ou na própria unidade escolar – Rua Dr. Barros Franco, s/nº, Pedro do Rio. O encontro no dia 5 será às 17h30.

O diretor da EM Monsenhor João de Deus Rodrigues, Ney Marcos de Paula Júnior, salienta que restam poucas vagas – cerca de 20. “A inscrição prévia é necessária para organizarmos o espaço. Também agradeço à professora Jane pelo encontro que, com certeza, será muito rico em conhecimento. A professora fez parte da nossa rede, conhece a realidade da educação pública e poderá nos dar muitas dicas”, explica Ney.

A Comissão de Defesa do Consumidor da Alerj está em Petrópolis, com atendimento itinerário nesta terça (03.12) e quarta-feira, no centro da cidade e quinta e sexta-feira (06.12), em Itaipava. A equipe busca orientar a população sobre relação de consumo, direitos e deveres do consumidor e captar reclamações. O serviço atua em parceria com o Procon Petrópolis, que também disponibilizou sua unidade móvel de atendimento para fortalecer a ação na cidade.

É a primeira vez que a van da Comissão vem a Petrópolis, contribuir com todas as ações voltadas para os consumidores já realizadas no município. Segundo o coordenador da unidade móvel da Alerj, Vitor Andrade, o veículo irá percorrer os 92 munícipios do estado do Rio de Janeiro, e já na próxima semana irá atender a Região dos Lagos.

“É mais uma proximidade com o consumidor. Estamos no centro da cidade realizando atendimentos e mostrando a população que muitas vezes desconhecem que podem contar com uma rede de assistência a defesa do consumidor muito ampla”, destacou. Ainda de acordo com o coordenador, a ação tem o intuito também de desafogar o jurídico e pacificar os conflitos entre consumidor e fornecedor.

O serviço itinerante da Comissão, é mais uma ferramenta disponível para os petropolitanos durante esta semana, que sucede o destaque de vendas no comércio nacional, com grandes promoções que é a Black Friday.

Denúncias sobre a irregularidades podem ser feitas na unidade do Procon que funciona na Rua Dr. Moreira da Fonseca 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. Os telefones para contato são o 2246-8469 / 8470/ 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Há, ainda, a unidade de Itaipava, que fica na Estrada União e Indústria 11.860, no Centro de Cidadania. Os usuários também têm como opção o WhatsApp Denúncia pelo 92257-5837 e o site www.petropolis.rj.gov.br/procon e o serviço de mensagens da página Procon Petrópolis no Facebook.

Inspeção, matrícula e psicologia escolar foram temas abordados durante o 8º módulo do curso de gestão promovido pela Secretaria de Educação para os diretores das unidades educacionais da rede municipal de Educação. Dois encontros foram realizados nessa terça-feira (03.12) no Salão Nobre da UCP.

Crianças e jovens da Orquestra Sinfônica de Charbel participaram da abertura do evento, com a apresentação de músicas de Natal.

O trabalho realizado pela Inspeção Escolar – que faz visitas rotineiras nas escolas e CEIs foi abordado durante esse módulo. “Estamos sempre à disposição para ajudar no que for necessário, tirar dúvidas e dar orientações sobre as práticas nas unidades escolares, mas o encontro com todos os diretores também serve para mostrar um pouco da nossa rotina e de que forma as visitas e relatórios são organizadas”, explica a responsável pelo Departamento de Inspeção Escolar, Ana Paula Valle.

O Departamento de Educação Especial também marcou presença no evento e o assunto abordado foi o trabalho realizado pela equipe da Psicologia Escolar. “Operacionalizamos uma política pública que prevê o acompanhamento dos alunos que necessitam dessa atenção, muitos deles em vulnerabilidade social. O trabalho é articulado com demais setores, incluindo a Inspeção Escolar”, afirmou a responsável pelo Departamento de Educação Especial, Bianca Paiva.

As dúvidas sobre o setor da matricula também forma esclarecidas durante o módulo. Nesse ano, o período de pré-matrícula 2020 da rede municipal de Educação começará no dia 18 de dezembro e seguirá até o dia 6 de janeiro de 2020. Um link será disponibilizado no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). Já no caso dos alunos com deficiência, o atendimento será diferenciado: os pais ou responsáveis terão prioridade nas vagas - eles deverão agendar um horário para atendimento no Departamento de Educação Especial da Secretaria de Educação e não precisarão fazer a pré-matrícula no site da PMP.

No curso para gestores já foram apresentados outros temas como a importância dos Conselhos Escolares e uso do PDDE – Programa Dinheiro Direto na Escola, Assessoria Jurídica da Educação e Patrimônio.

As inscrições dos clubes e equipes para a III Copa Imperial de futsal feminino seguem até o dia 12 de dezembro. Os times interessados em participar devem ligar para o telefone: (24) 2233-1218, ou comparecer na Superintendência de Esportes e Lazer, no Centro de Cultura Raul de Leoni, de 9h às 18h. São oito vagas para o torneio que será realizado no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis, no Caxambu, no dia 15, começando às 9h.

Ainda no dia 12, será realizado o congresso técnico, às 17h, com os representantes das equipes. A reunião acontece na Superintendência de Esportes e Lazer e vai definir a tabela da competição. Segundo o regulamento, cada time pode inscrever o número máximo de 12 jogadoras acima de 16 anos, mas será exigida uma autorização assinada pelos responsáveis para as meninas menores de idade.

Os finalistas da III Copa Imperial de futsal feminino recebem medalhas e troféu de premiação. Desde 2017, o governo municipal promoveu dois torneios de futsal e outro de futebol society para as mulheres.

Outra novidade implementada pela atual gestão neste sentido foi o futebol de campo das meninas nos jogos estudantis no primeiro ano da gestão. Desde então, as escolas também estão se mobilizando para formar equipes. Neste caminho, a prefeitura também quer incentivar os clubes da cidade a montarem times femininos.

 

A partir da gestão da fila, iniciada em novembro, a Secretaria Municipal de Saúde verificou que o número de pessoas à espera de consultas e exames está abaixo do que vem sendo apresentado pelo sistema usado pela rede municipal de saúde. Isto porque foram identificadas falhas como a não retirada da fila dos pacientes que já passaram pelos exames em clínicas conveniadas, por exemplo, ou de casos de pessoas que acabaram fazendo o procedimento nas unidades de emergência do SUS ou em unidades privadas que não são retirados do sistema. Todo o sistema já está sendo remodelado para acabar com esse tipo de problema. A fila de espera por uma ultrassonografia, por exemplo, possui 58% de pacientes nesta situação. Vale ressaltar que de janeiro a setembro deste ano, foram realizados 40.235 ultrassonografias pelo município, sendo eletivas e de emergência. O preconizado pelo SUS para o município seriam de 33.994 exames do tipo, segundo a portaria 1.631/2015. Ou seja, quase 7 mil exames a mais.

Ao longo de 2018, foram feitas 45.063 ultrassonografias pelo SUS, tanto em unidades de emergência e/ou urgência e eletivas, quanto em clínicas conveniadas e nos aparelhos pertencentes ao município.

Outro exemplo suspeito de falhas no sistema é no caso de tomografias. Entre janeiro e setembro deste ano, foram realizados 17.976 exames no município pelo SUS. O previsto pelo Ministério da Saúde era de 7.592 exames, ou seja, 10 mil exames a mais foram realizados pelo município. Na lista de espera, existem 755 pessoas hoje aguardando agendamento para este exame, porém, a lista possui 9.558 pedidos cancelados e mais de 5 mil pedidos que precisam ser reavaliados para saber se constam ainda como pendentes ou se os pacientes já passaram pelo procedimento e a unidade executora não deu baixa; ou se passaram pelo exame entrando pelas unidades de emergências ou se ainda foram realizados na rede privada.  

A Secretaria de Saúde vem trabalhando pontualmente nos casos reais onde há necessidade de investimentos e maior oferta dos serviços para atender a demanda.  No caso da ortopedia, por exemplo, em 2018, foram oferecidas 45.799 consultas. Este ano, o sistema apresenta que existem ainda 15.595 pessoas na fila, no entanto, 42% deste número precisa ser investigado, pelos mesmos motivos informado acima, ou seja, podem ter tido o atendimento realizado nas urgências.

Também foi identificado um aumento de 40% nos pedidos de exames feitos pelos médicos nestes dois últimos anos. Desta forma, para aumentar a oferta de exames de imagens, o município está em processo de compra de mais um aparelho de ressonância magnética e um mamógrafo o centro de imagens do Nélson de Sá Earp. Nesta segunda-feira (02.12) a secretária participou em Macuco da reativação do consórcio da Região Serrana para iniciar a repactuação do serviço identificando a necessidade de contratação de exames e consultas em clínicas especializadas e também levantar os serviços oferecidos por cada município.

O sábado (30.11) foi o dia mais movimentado do Natal Imperial neste fim de semana. Só no Centro Histórico e arredores, hotéis e pousadas registraram 97,3% de ocupação, e a média em toda a cidade chegou a 84,2%. Outro número alto foi registrado pela CPTrans; no dia, mais de 150 ônibus de turismo entraram no município com visitantes vindo, principalmente, para a festa. Alguns, inclusive, chegaram no período da noite por causa da iluminação especial que invade a Cidade Imperial desde o dia 14 de novembro.

O que três anos atrás era considerado baixa temporada, hoje o setor de turismo enxerga dezembro como um dos meses mais movimentados para Petrópolis. Só em 2018, a festa injetou R$ 300 milhões na economia do município.

No sábado, entre os turistas que escolheram Petrópolis para aproveitar o fim de semana estava a professora Gisele Pereira, do Rio de Janeiro, que subiu a Serra com toda a família e ainda se hospedaram na cidade. “Vim com toda família, já à noite, só pra ver o Natal. No ano passado estivemos aqui, gostamos muito, e voltamos. Vamos ficar até domingo para ver tudo”, disse ela. Neste período, a Cidade Imperial tem recebido, principalmente, visitantes do Rio de Janeiro e outros municípios próximos.

O Natal Imperial segue até 12 de janeiro com shows, desfiles, corais, teatro, recreação infantil, gastronomia e atividades para toda a família. A Praça da Liberdade – a Vila Imperial - e o Palácio de Cristal – que abriga a Casa do Papai Noel – são os principais palcos da festa, que tem todas as atrações gratuitas.

De caixa registradora ao título de campeão mundial para o Flamengo, pedidos inusitados não faltaram ao Papai Noel neste domingo (1º.12), dentro da programação do Natal Imperial. O “Bom Velhinho” chegou para ocupar sua casa, montada no Palácio de Cristal, e mesmo a chuva que caía na cidade não desanimou a criançada e até os adultos de fazer aquele pedido especial para o Papai Noel. A “Casa” funciona todos os dias – inclusive durante a semana - até 23 de dezembro e a entrada é gratuita.

A festa, que começou no dia 14 de novembro, vai até 12 de janeiro com extensa programação para a toda a família, além de uma decoração especial no Centro Histórico e nos bairros. Neste domingo, o destaque foi a chegada do Papai Noel e muitos visitantes subiram a Serra exclusivamente para ver o “Bom Velhinho”. Não só as crianças, mas até os adultos. “Somos do Rio de Janeiro e viemos só pra ver o Papai Noel e ver o Natal de Petrópolis”, disse o marítimo Wellington Pereira, que aproveitou a ocasião pra fazer um pedido: “Eu pedi o mundial (de Futebol) pra ele. O Flamengo vai ganhar do Liverpool de 3 a 0, igual em 1981”, brincou.

Durante todo o domingo, o público pôde contar com recreação infantil, contação de história, personagens animados, shows e corais, tanto na Praça da Liberdade, que se transformou na Vila Imperial, quanto no Palácio de Cristal. É lá que está a Casa do Papai Noel e a chegada do “Bom Velhinho” movimentou o atrativo à tarde. A partir de agora, o Papai Noel recebe os visitantes de segunda à sexta-feira das 18h às 21h, sábados das 11h às 21h e domingos das 11h às 18h30. .

Quem aproveitou para curtir a programação da festa neste domingo não se arrependeu: “O Natal aqui está maravilhoso. Somos da Baixada e viemos só para curtir o evento. Passamos pela Praça (da Liberdade) e também o Palácio de Cristal. Pra gente foi uma surpresa encontrar o Papai Noel, ficamos maravilhados. As crianças adoraram”, disse a dona de casa Raquel Ribeiro, que subiu a Serra com a família.

 

Com o objetivo de incentivar projetos assistências voltados para a criança e adolescente do município, o Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA), inicia a campanha Leão Amigo da Criança, em parceria com a Prefeitura de Petrópolis e o judiciário. A finalidade é fomentar as doações do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (Funcria), por meio de doação de parte do Imposto de Renda. O recurso destinado ao Fundo, apenas deixa de ir para à União, e é encaminhado como investimento local para as entidades assistenciais. Pessoas físicas podem destinar até 6% do imposto, e as pessoas jurídicas podem doar 1%, conforme o Artigo 260 do Estatuto da Criança e do Adolescente. O prazo é até o último dia do expediente bancário do mês de dezembro. As doações podem ser feitas pela conta da Caixa Econômica Federal – agência:  1651; c/c: 155-6; operação: 006. O CNPJ é: 18.210.251/0001-66.

Podem doar, as empresas que declaram Imposto de Renda pelo Regime de Lucro Real ou pessoas físicas que pelo formulário completo podem participar do redirecionamento fiscal em favor do Funcria. Quem não tem imposto a pagar, também pode contribuir com fundo. Basta entrar em contato com a sede do CMDCA pelo telefone 2246-1508.

O doador pode escolher a entidade a ser beneficiada. Do valor total doado, 20% ficam no fundo a fim de serem distribuídos entre outras entidades através de edital. Os 80% serão repassados às entidades indicadas, que deve apresentar um projeto ao CMDCA e aprovado pela Comissão de Orçamento e pela Plenária do Conselho. As instituições indicadas pelos doadores, assim como os participantes de editais, deverão estar registradas e atualizadas no CMDA.

O CMDCA possui 43 instituições inscritas, atendendo a mais de 7 mil crianças e adolescentes no município. Para 2020, foram aprovados 19 projetos assistenciais, e 3 chancelados, no valor de até R$ 50 mil, que serão financiados pelo Funcria. Os projetos contemplados foram Apae, com projeto Integração de Diversidades; Instituto Mafer- Lar Santa Catarina, com projeto Reformar Crianças; creche São Judas Tadeu, com projeto Restaurando os Ambientes; Projeto C3; Renovar Saúde Criança; Centro Educacional Terra Santa; creche São José do Itamarati; Aldeia da Criança; Instituto Recicla Vida; Sadias; CDDH; Amparo; Amigos da Mata; Colégio Santa Catarina; creche Santo Antônio; Pestalozzi; creche Nossa Senhora da Glória; creche Castelo e Sal para Terra.

Este ano foram aplicados, a captação junto à iniciativa privada de R$ 3.033.352,69, mais um recurso que a atual gestão destinou ao Funcria, no valor de R$ 250 mil. 

Dados do Funcria:

Rua do Imperador, 38 - sala 101 – Centro

Cep: 25620-000

Tel: 224615-08 ou 2249-4284

CNPJ: 18.210.251/0001-66

Caixa Econômica Federal – agência:  1651; c/c: 155-6; operação: 006

A Guarda Civil coibiu um ato de vandalismo na Rua Teresa no domingo (01.12). As câmeras do Centro Integrado de Operações de Petrópolis (Ciop) registraram o momento em que três adolescentes chutaram uma peça de decoração de natal instalada no polo de moda. Um Papai Noel feito de pneus foi chutado por um deles e caiu na via. Agentes que monitoravam as imagens acionaram uma equipe que fazia patrulhamento na rua. O caso ocorreu por voltar de 18h40, próximo ao número 300. Em menos de 15 minutos, os jovens foram localizados e, na abordagem, os guardas identificaram os responsáveis. Em seguida, os jovens recolocaram a peça no mesmo local.

Na semana passada, a Guarda Civil já havia conduzido para a delegacia sete homens por suspeita de vandalismo com a decoração do Natal Imperial. Após danificarem lixeiras, o grupo foi localizado na Av. Koeler com lâmpadas utilizadas na decoração da cidade e vara de bambu usada para alcançar a parte mais altas de árvores. O Ciop também fez registros do grupo se movimentando no local – todos eles foram levados para a 105ª DP e prestaram depoimento.

A Guarda Civil mantém patrulhamento reforçado no Centro Histórico para a segurança durante o Natal Imperial, tendo como um dos focos coibir atos de vandalismo. O Ciop também é uma ferramenta utilizada para coibir a ação de vândalos. Caso alguma ação seja registrada pelas câmeras, a Polícia Militar será acionada para agir no flagrante e as imagens serão repassadas para investigação pela Polícia Civil.

A etapa na Praça Dom Pedro, no Centro, da campanha de recolhimento de lixo eletrônico arrecadou mais de 300 kg de material na última sexta-feira (29.11) e no sábado (30). Foram entregues os mais variados produtos, como monitores e peças de computadores, televisores, impressoras e ventiladores, que foram encaminhados para o Centro de Excelência e Referência Tecnológica (CERT) nesta segunda (02). A iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente tem a finalidade de facilitar o descarte correto dos produtos eletrônicos.

A campanha, que teve início em dezembro do ano passado, recolheu quase cinco toneladas de material em dez etapas realizadas. Outro objetivo da ação é conscientizar os petropolitanos sobre o quanto esse tipo de produto pode prejudicar a natureza.

O lixo eletrônico contém substâncias como chumbo, mercúrio, cádmio e berílio que, ao serem descartados incorretamente, poluem o meio ambiente. De acordo com a Organizações das Nações Unidas (ONU), em 2017 foram gerados 44,7 milhões de toneladas desse tipo de resíduo em todo o mundo, sendo que até 2021 esse número deve crescer 17%.

“Além do recolhimento, orientamos também a população sobre a importância do descarte correto do lixo doméstico e de preservar a natureza. Já realizamos a campanha em Nogueira e em Corrêas, facilitando a vida de quem mora nos bairros. No ano que vem, estamos planejando realizar a campanha em mais locais”, disse o responsável pelo setor de educação ambiental da pasta, Anderson Campos.

Com mais essa iniciativa com foco na preservação ambiental, a prefeitura está cumprindo a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

A campanha é mais uma ação do projeto Inteligência Ambiental (IA) do setor de educação ambiental, criado pela Secretaria de Meio Ambiente em 2017 com o objetivo de conscientizar a população da importância da preservação ambiental. Em mais de dois anos, o IA envolveu mais de cinco mil alunos em atividades de educação ambiental variadas, como apresentação de eco filmes informativos, caminhadas ecológicas e palestras.

O prefeito assinou, nesta segunda-feira (02.12), o termo de doação de um pluviômetro semiautomático para a cidade. A atual gestão municipal conquistou o equipamento pelo trabalho desenvolvido dentro do Defesa Civil nas Escolas. O aparelho, no valor de R$ 4.408,18, será instalado na E.M. Senador Mário Martins, no Caxambu, e servirá de apoio para a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias em caso de chuvas fortes.

Neste segundo semestre, o Defesa Civil nas Escolas envolveu 192 unidades de ensino, sendo 180 municipais e 12 particulares, em 608 atividades realizadas. Os trabalhos desenvolvidos foram sobre as ameaças de verão, que são os deslizamentos de solo ou rocha (255), inundações (191), rolamentos de blocos rochosos (24), vendavais (57) e tempestades de raios (81).

Programa pioneiro no país e referência no Estado do Rio de Janeiro na prevenção de catástrofes, o programa está alinhado à estratégia internacional de redução do risco de desastres das Organizações das Nações Unidas (ONU). O programa busca desenvolver a cultura de prevenção aos desastres de origem natural e de percepção de riscos.

Outra novidade é que Petrópolis foi selecionada para sediar o encontro da ONU sobre escolas seguras e cidades resilientes no Brasil.

O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, tem 12 vagas disponíveis nesta semana. Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura no site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas pelo telefone (24) 2233-8113.

O Balcão de Empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Rua Aureliano Coutinho, 203, no Centro. Confira as oportunidades:

Assistente administrativo - 1 vaga - sexo masculino - Experiência, CNH categoria B e disponibilidade para plantões de final de semana

Auxiliar de cozinha - 2 vagas - sexo feminino - Experiência

Auxiliar de manutenção - 1 vaga - sexo masculino - Experiência comprovada, CNH categoria B e disponibilidade para plantões no final de semana

Barman - 1 vaga - sexo masculino - Experiência

Churrasqueiro - 1 vaga - sexo masculino - Experiência

Garçom - 3 vagas - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Porteiro - 1 vaga - sexo masculino - Experiência comprovada, CNH categoria B e disponibilidade para plantões de final de semana

Zelador - 2 vagas - sexo masculino - Experiência comprovada na função, CNH categoria B e disponibilidade para plantões de final de semana

O fim de semana foi movimentado no comércio nacional, tanto nas lojas físicas como nas on-line, período marcado por grandes promoções na Black Friday. Com este aumento de vendas, a equipe do Procon selecionou algumas dicas para os consumidores, que devem estar atentos com os prazos de troca de produtos. As políticas de troca são diferentes para compras em loja física e internet.

Segundo o Código de Defesa do Consumidor (CDC), nas compras em lojas físicas, o estabelecimento tem 30 dias para solucionar o problema do produto. A partir deste prazo, se o produto continuar apresentando falha no funcionamento, o consumidor pode escolher entre a troca do produto por outro similar, restituição do valor pago ou abatimento proporcional do preço. Vale ressaltar que a troca só é obrigatória nos casos dos produtos que apresentarem defeitos.

O cliente precisa estar ciente durante as compras, pois alguns casos como tamanho e cor de produtos, a loja não é obrigada a efetuar a troca. O estabelecimento precisa deixar claro o prazo para troca fixada do produto ou em local visível na loja. É importante que o consumidor por garantia sempre guarda a nota fiscal ou recibo de compra.

Uma dúvida muito comum entre os consumidores, são as políticas de troca para produtos online. Para as compras nas lojas virtuais, prevalece o Direito de arrependimento, disposto no artigo 49, do CDC. Caso o consumidor desista da compra, o mesmo tem 7 dias – contando pela data de recebimento do produto, para solicitar a restituição total do valor que foi pago.

Confira algumas dicas:

O que fazer quando o produto for defeituoso?

O defeito pode ser aparente ou oculto. Quando aparente, o defeito é superficial, fácil de perceber. Quando oculto, o consumidor somente perceberá depois de um tempo de uso. Será algum problema no funcionamento, ou que possa interferir em seu tempo de vida útil. Segundo o artigo 26 do código de defesa do consumidor, se o vício for aparente, o prazo de reclamação para produtos não duráveis é de 30 dias a contar da data da compra e 90 dias para produtos duráveis. Se o defeito for oculto, os prazos se mantêm os mesmos, porém, será a contar a partir de quando o defeito é detectado pelo consumidor conforme o artigo 18, §1º do Código de Defesa do Consumidor.

Se o produto não tiver nenhum problema, posso pedir a troca ou meu dinheiro de volta?

Se o produto não tiver defeito, e a compra foi realizada em loja física, a troca partirá da liberalidade do fornecedor e de sua política interna. Caso ainda assim, o fornecedor não cumprir com sua própria política de troca, o consumidor poderá exigir o cumprimento forçado da obrigação, aceitar outro produto ou serviço equivalente, ou rescindir o contrato com direito à restituição da quantia antecipada com atualização monetária e perdas e danos, conforme disposto no artigo 35 do Código de Defesa do Consumidor.

Como funciona a garantia estendida?

A garantia estendida é uma espécie de seguro que o consumidor pode escolher se vai contratar, ou não. Ela vai oferecer a manutenção do produto depois do prazo legal, ou do prazo contratual. O consumidor deve estar sempre atento aos termos da garantia pois o seguro cobre somente o que é descrito na apólice.

Pais e responsáveis por alunos que participam dos cursos de música e teatro na Casa da Educação Visconde de Mauá terão a oportunidade de conferir tudo o que os alunos aprenderam durante o ano nessa semana durante as apresentações especiais na Casa: terça-feira (03.12) da oficina de teatro e na quinta-feira (05.12), concerto especial da Companhia Maestro Guerra Peixe.

A oficina de teatro será realizada na terça, às 18h30. Atualmente, 30 alunos participam das aulas de teatro na Casa. “Através do teatro, esses jovens mostram toda a sua desenvoltura. Ao se apresentarem para o público, terão a oportunidade de colocar em prática tudo o que aprenderam. Tudo está sendo preparado com muito carinho pelas equipes”, conta a diretora da Casa da Educação, Maria Fernanda Secco.

A apresentação da Companhia Musical Maestro Guerra Peixe – canto-coral, flauta doce, violino e viola contará com a participação de 38 alunos.

As apresentações serão abertas para o público. A classificação é livre e a Casa da Educação fica na Avenida Barão Rio Branco, nº03.

A Secretaria de Educação vai realizar nesse mês de dezembro mais um seminário. Dessa vez, através do Departamento de Educação Especial, o foco do encontro "Diálogos inclusivos: a experiência de ser mediador no espaço escolar" será o de compartilhar as experiências dos estagiários realizadas no campo de atuação por meio de narrativas. Serão dois dias de seminário: 12 e 13 de dezembro, na UCP – Benjamin Constant.

É a segunda vez que o seminário com os estagiários é promovido pelo Departamento de Educação Especial.

Durante o evento também serão oferecidas oficinas que subsidiarão a pratica dos estudantes: Oficina 1 - Estratégias para o trabalho com a inclusão; Oficina 2 - O ensino de Libras na escola; Oficina 3 - O trabalho com os alunos deficientes visuais e Oficina 4 - O vínculo emocional do estagiário no processo de mediação.

As escolas deverão realizar as inscrições dos estagiários pelo telefone: 2246- 8912 até o dia 6 de dezembro. Nos dois dias de evento a programação começará às 8h30 e seguirá até as 15h30.

De acordo com a Secretaria de Educação, a educação especial na rede municipal encontra-se configurada conforme as diretrizes do MEC, em atendimento à política Nacional da Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, que, desde 2008 privilegia o atendimento do público-alvo da Educação Especial na escola comum.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Dezembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo