O governo federal pretende instalar em todo país, pelo menos oito laboratórios de inteligência artificial e Petrópolis já se candidatou para sediar um deles. O assunto já foi apresentado ao Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações Marcos Pontes, durante a cerimônia de expansão da capacidade do Supercomputador Santos Dumont, realizada em novembro deste ano. Além disso, para estimular ainda mais o setor, o poder público lançou a Lei da Inovação, para incentivar a chegada de novas empresas de tecnologia na cidade e também vem investindo no acesso à tecnologia nas comunidades: 20 Centros de Inclusão Digital estão em funcionamento em diversos bairros do município, com a oferta de cursos gratuitos.

O setor da tecnologia emprega mais de duas mil pessoas e mantém empresas estáveis em Petrópolis que utilizam a mão de obra qualificada que é formada nas universidades petropolitanas.

O fomento no setor tecnológico também foi reforçado com a Lei da Inovação, instrumento criado pelo poder público para incentivar a instalação de novas empresas na cidade, estimular o crescimento das existentes e chamar a atenção para as criações dos alunos dos cursos de tecnologia da cidade.

A lei da Inovação prevê a estabilização de instrumentos que fortalecem o setor, como o Sistema Municipal de Inovação (SMI), o Conselho Municipal de Inovação (CMI), o Fundo Municipal da Inovação (FMI), o Selo de Inovação de Petrópolis e o Plano de Sustentabilidade e de Inovação do Executivo Municipal.

CIDs – Acesso à tecnologia nas comunidades

Para fortalecer o acesso à tecnologia nas comunidades, o poder público também vem, desde 2017, reativando os CIDs – Centros de Inclusão Digital – nas comunidades. Vinte e um deles já estão em funcionamento, com a oferta de cursos gratuitos: informática básica, excel e internet. No CERT – Centro de Excelência e Referência em Tecnologia – também são oferecidos os cursos de escrita criativa e montagem de microcomputadores.

As inscrições para os cursos podem ser feitas por telefone, no CERT – (24) 2249-5900.

Setor de Educação Ambiental apresenta balanço das atividades em três anos

Com o território cercado 70% por Mata Atlântica, Petrópolis ganhou 10 mil novas árvores nos últimos três anos. O trabalho de reflorestamento é organizado pelo setor de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e mobiliza estudantes da rede municipal, Associações de Moradores e a comunidade em geral. Esses plantios fazem parte do projeto Inteligência Ambiental (IA) criado pela pasta para conscientizar a população da importância da preservação da natureza. Neste período, o IA envolveu mais de 5 mil alunos em atividades de educação ambiental variadas, como apresentação de eco filmes informativos, caminhadas ecológicas e palestras.

Após a reforma administrativa ainda no primeiro ano de gestão, a Secretaria de Meio Ambiente ganhou novamente os setores de educação ambiental e de fiscalização, que contribuem também neste sentido. A meta para o próximo ano é plantar outras duas mil mudas de árvores.

Grande parte deste plantio envolveu os alunos da rede municipal. Em parceria com o projeto Água, são 3.400 mudas plantadas com a participação dos estudantes. 

O Meio Ambiente também já fez a doação de mudas para associações de moradores que fazem o reflorestamento de áreas afetadas por queimadas, por exemplo. São 560 árvores plantadas com esse objetivo. "Já fizemos a entrega no Madame Machado, Morin e Carangola, e acompanhamos o desenvolvimento dessas mudas", garante o responsável pelo setor de educação ambiental da pasta, Anderson Campos.

Em dezembro, a prefeitura promoveu o Desafio Mais Mata Atlântica com o plantio de 1.600 mudas de árvores em um terreno de 10 mil metros quadrados na Estrada Nova Esperança, no Vale do Cuiabá. Foi o início do reflorestamento das áreas atingidas pela tragédia de 2011. Participaram da iniciativa moradores da própria localidade, voluntários e alunos da Comac, Creche São Barbel, no Caxambu, e da APAE.

 

Sexta, 27 Dezembro 2019 15:26

Comdep e SSOP: força tarefa pós-Natal

Para garantir a limpeza da cidade no período pós-Natal, as equipes da SSOP e Comdep estão atuando em todas as regiões do município no recolhimento de lixo, entulho e limpeza das ruas. A força tarefa vai continuar na semana e o mesmo trabalho será feito após o réveillon. O reforço ocorre por conta da quantidade maior de lixo descartado pelas famílias após as festas de Natal.

A fiscalização a entulhos continua normalmente – o despejo de restos de obras, mato, móveis e eletrodomésticos sobre ruas e calçadas é proibido pelo Código de Posturas do município. A destinação correta é levar o material para o aterro de Pedro do Rio. Quem for flagrado cometendo a irregularidade é intimado a fazer a remoção imediata e recebe multa de R$ 800.

A população pode ajudar a coibir o descarte irregular de entulho denunciando os casos para a Fiscalização de Posturas pelo telefone 2246-9042 e para a Comdep pelo 2292-9500. A Fiscalização de Posturas irá ao local para identificar os responsáveis pela irregularidade.

A Comdep oferece o serviço de recolhimento gratuito de até 20 sacos de entulho por meio do serviço Disque Entulho – os agendamentos podem ser feitos pelo telefone 2243-7822.

A doação de um terreno que pertence ao Exército à prefeitura vai permitir a regularização fundiária de 32 famílias em Itaipava. O contrato de doação da área de mais de 5 mil metros quadrados na Estrada Jerônimo Ferreira Alves, no Manga Larga, foi assinado nesta quinta-feira (26.12) pelo prefeito. Com cerca de 150 pessoas morando hoje na área do Centro General Ernani Ayrosa (CGEA), a comunidade aguarda pela regularização há mais de 20 anos.

A doação do terreno ficou acordada em uma reunião realizada na Secretaria de Obras, Habitação e Regularização Fundiária, em julho, com representantes da Superintendência de Patrimônio da União (SPU), da Advocacia Geral da União (AGU), do CGEA.

A prefeitura já atuava na comunidade com toda a infraestrutura necessária. “Mas agora o município vai poder atuar ainda mais. Agora, vamos iniciar todo processo de cadastro socioeconômico dessas famílias, com apoio da Secretaria de Assistência Social. O último passo é fase de registro e cartório e acerto da documentação”, explica o diretor de Habitação e Regularização Fundiária, Antônio Neves.

Toda a regularização será realizada com base na lei municipal 7.198/2014, que traz os parâmetros para a delimitação de área de especial interesse social, como o local ter condições para fornecimento de energia e abastecimento de água, esgotamento sanitário, coleta de lixo e rede de drenagem de águas pluviais.

Pode receber a documentação definitiva da casa a família que tem renda de até cinco salários mínimos e não possui condições de adquirir um outro imóvel. O beneficiado não pode vender ou alugar a unidade habitacional recebida para terceiros.

Petrópolis é a cidade da Região Serrana mais procurada como destino turístico por aqueles que querem descansar neste fim de ano. E é por isso que atrativos turísticos – como principais museus -, além de hotéis, pousadas e restaurantes estarão de portas abertas para receber os visitantes. Alguns estabelecimentos, inclusive, oferecerão ceias e festas de Revéillon. Até 12 de janeiro, o público vai poder contar ainda com toda a decoração, iluminação e programação cultural do Natal Imperial.

Nos dias que antecedem o Ano Novo, os principais museus da cidade, como o Museu Imperial, Museu Casa do Colono e Museu Casa de Santos Dumont funcionam normalmente no fim de semana e na véspera de Réveilon, dia 31 de dezembro, mas estarão fechados no dia 30 para manutenção. No dia 1º de janeiro os atrativos também não abrem.O Palácio de Cristal, que é destaque na cidade, e está recebendo as atrações do Natal Imperial, funciona todos os dias normalmente, das 9h às 18h, inclusive no primeiro dia do ano.

Quem quiser aproveitar para passear pelos atrativos turísticos da cidade vai encontrar, por exemplo, as principais igrejas históricas funcionando normalmente. A Catedral São Pedro de Alcântara, a mais visitada de Petrópolis, vai contar com missas nos dias 31 (08h e 19h30) e 1º (11h30 e 18h30). Também funcionam – com exceção do dia 1º - atrativos como o Museu de Cera, Museu de Porcelana, Palácio Amarelo, Parque Municipal, em Itaipava, entre diversos outros.

Todas as informações sobre os atrativos da cidade estão disponíveis em http://www.petropolis.rj.gov.br/turispetro/.

Programação do Natal Imperial segue durante todo o fim de semana

Quem quiser curtir a programação do Natal pode contar com atrações já nesta sexta-feira (27): no Palácio de Cristal, a ex-The Voice Carol Coutas sobe ao palco às 19h, seguida do cantor Igor Romão, às 21h. No sábado (28), as atrações começam com atividades infantis com o grupo Tindolelê, às 11h; seguido de atividades circenses com Circolando no Natal, às 14h; Uma janela de histórias, às 15h; Trio Pop Music, às 16h; Dudu King Trio; às 18h; e Concreto Humano, às 21h. No domingo (29), as atividades também começam às 11h, com recreação com o Grupo Faz de Conta; The Erasmos, com Tributo a Roberto Carlos, às 18h; e Breno Morais e DJ, às 20h.

Já na Praça da Liberdade, nesta sexta tem o grupo Forma Certa, às 19h. No sábado será a vez do esquenta da Escola de Samba Império de Petrópolis, às 17:30, e Gargamel DK, às 20h. No domingo, Fred & Ramon animam o público a partir de 19h.

 

Toda a decoração e iluminação instaladas na cidade para celebrar o Natal continuam até 12 de janeiro em Petrópolis. E a programação cultural do Natal Imperial também não para; será retomada já nesta sexta-feira (27.12). Entre os shows que prometem agitar o público neste fim de semana estão cantores e bandas de diferentes estilos musicais, como Carol Coutas, Igor Romão, The Erasmos, Fred & Ramon, Dudu King Trio,Concreto Humano, entre outros. Toda a programação é gratuita.

Além de celebrar uma das datas mais especiais do ano para os católicos, resgatando o verdadeiro sentido do Natal, o evento em Petrópolis também é uma forma de movimentar a cidade com um dos setores carros-chefe da economia do município, o turismo.

As atrações do Natal Imperial serão retomadas já nesta sexta-feira (27): no Palácio de Cristal, a ex-The Voice Carol Coutas sobe ao palco às 19h, seguida do cantor Igor Romão, às 21h. No sábado (28), as atrações começam com atividades infantis com o grupo Tindolelê, às 11h; seguido de atividades circenses com Circolando no Natal, às 14h; Uma janela de histórias, às 15h; Trio Pop Music, às 16h; Dudu King Trio; às 18h; e Concreto Humano, às 21h. No domingo (29), as atividades também começam às 11h, com recreação com o Grupo Faz de Conta; The Erasmos, com Tributo a Roberto Carlos, às 18h; e Breno Morais e DJ, às 20h.

Já na Praça da Liberdade, nesta sexta tem o grupo Forma Certa, às 19h. No sábado será a vez do esquenta da Escola de Samba Império de Petrópolis, às 17:30, e Gargamel DK, às 20h. No domingo, Fred & Ramon animam o público a partir de 19h.

Além da programação cultural, o público que estiver no Palácio de Cristal também pode contar com gastronomia nos jardins do atrativo, com barracas de comidas típicas de diversas culturas, como japonesa, italiana, alemã, portuguesa, entre outras, além de doces e biscoitos. Todo o ponto turístico está decorado e iluminado neste Natal, assim como a Praça da Liberdade – a Vila Imperial -, ruas do Centro Histórico e do distrito.

 

Sexta, 27 Dezembro 2019 15:22

Cascatinha poderá ter nova área de lazer

Uma área de mais de 500m² no terreno da Cia Petropolitana, em Cascatinha, poderá abrigar, futuramente, uma nova área de lazer, com pista de corrida, área para recreação de crianças e até uma academia da 3ª idade.

A ideia é de que o local possa se tornar referência para a comunidade também com projetos culturais sobre a história da fábrica, que possui uma forte ligação com a história de Petrópolis. O projeto também prevê a construção de jardins e bancos, com área de descanso para os visitantes.

A inclusão obrigatória da delegacia de Polícia no fluxo de informações nos casos investigados de abuso sexual em crianças e adolescentes é uma das ações previstas no projeto de lei aprovado nessa semana, na Câmara de Vereadores, que visa acelerar as investigações de abuso sexual no município. O projeto valoriza, ainda, o trabalho realizado pelo NAPE-IJ - Núcleo de Atendimento Psicológico Especializado - em Petrópolis, salientando a importância do contato direto entre o NAPE e a polícia Civil.

O Núcleo de Atendimento Psicológico Especializado é mantido pela Secretaria de Assistência Social. Desde 2017, o NAPE já atendeu mais de 600 casos.

O Nape-IJ realiza a Escuta Qualificada nos casos de suspeita de abuso sexual. Para informar a população sobre a importância de denunciar casos de abuso à crianças e adolescentes, o Nape criou uma cartilha, onde são divulgados os telefones para denúncia anônima, que podem ser feitas pelos Disque 100 e 180, além dos telefones das unidades da 105ª DP 2291-0816 e 99250-0697 e 106ª DP no 2222-7094 e 98816-3939.

O prefeito conferiu nessa quinta-feira (26.12) a ação emergencial de recuperação na Serra Velha que está sendo feito pelo DER – Departamento de Estradas e Rodagens. A manutenção, que teve início no dia 20 de dezembro e seguirá até janeiro de 2020, atende a um pedido da Prefeitura de Petrópolis.

O trabalho conta com a participação de cerca de dez profissionais, caminhão e retroescavadeira.

Vale salientar que, no ano passado, a prefeitura e o DER realizaram um trabalho conjunto para melhorar as condições da Serra Velha. Na época, o órgão estadual cedeu 15 toneladas de asfalto e o município realizou o serviço na Lopes Trovão. Naquele momento, o material utilizado foi o asfalto quente, que tem maior qualidade e durabilidade.

O Procon registrou em 2019 seu recorde de atendimento, com um crescimento no número de registros ao longo deste ano. Foram 33 mil casos de consumidores que deram entrada no órgão de defesa do consumidor com alguma reclamação, denúncia ou solicitação – um crescimento de 33% comparado ao ano anterior. A empresa Oi, mais uma vez, é a que mais demandou procedimentos realizados pela equipe de atendimento, foram quase mil denúncias registradas entre janeiro e dezembro. De maneira geral, o número de casos que tiveram solução, dentre aqueles que protocolaram registro, foi de 93%.

As queixas ligadas ao setor de telefonia são diversas: vão desde cobranças irregulares, a falhas na prestação do serviço. Devido aos problemas, principalmente com a empresa Oi, o Procon conseguiu um espaço exclusivo para atendimento dos consumidores: o “Soluções Oi” e, desde junho, foram 709 demandas resolvidas. Além da Oi, completam o top 10 a Enel, Águas do Imperador, Claro, Via Varejo, Itaú, Bradesco, Sky, Tim e Caixa Econômica Federal são as empresas que mais tiveram registros em Petrópolis ao longo do ano.

O aumento no atendimento se deve a ampliação nos braços de atendimento. O Procon Móvel, por exemplo, um equipamento que faz atendimentos itinerante, é o principal deles

Para o próximo ano, a expectativa é de ampliar ainda mais o atendimento com o App Procon – já no início de 2020. O serviço para smartphone já está licitado, com ele o usuário contará com espaço para anexar fotos (uma nota fiscal, por exemplo), vídeos, áudios, além de local para relatar o problema ocorrido, colocar os números de protocolo de um potencial atendimento, enfim, todas as provas que corroboram a sua denúncia.

O Procon funciona normalmente nesta quinta (26), sexta (27) e segunda-feira (30), com as equipes de atendimento orientando a população sobre a troca dos produtos. Presentes que, por algum motivo, não agradaram podem ser trocados desde que seja estabelecido na política da loja. Há diferenças, ainda, nas regras para as compras presencial e on-line, conforme estabelece o Código de Defesa do Consumidor. Até agora, antes mesmo do Natal, foram registradas 72 reclamações de consumidores, principalmente sobre atrasos.

A troca de produtos comprados em loja física, sem defeito, não é obrigatória e as lojas devem informar as regras para o consumidor na hora da compra.

Para o produto que apresenta algum defeito a troca ou reparo é obrigatória. Nessa situação o CDC dá aos consumidores um prazo para reclamar junto ao fornecedor de até 90 dias para produtos duráveis como roupas, eletrodomésticos, móveis, celulares e até 30 dias para produtos não duráveis – que são naturalmente destruídos na sua utilização como, por exemplo, flores, bebidas e alimentos.

 A partir da reclamação do consumidor, o fornecedor terá até 30 dias para solucionar o problema. Ao fim deste prazo, se o produto continuar apresentando falha no funcionamento, o consumidor pode escolher entre a troca do produto por outro equivalente - em perfeitas condições de uso, o desconto proporcional do preço, ou a devolução da quantia paga, monetariamente atualizada. No caso de produtos essenciais (geladeira, por exemplo), o fornecedor terá de solucionar o problema imediatamente, ou seja, não terá os citados 30 dias de prazo.

 Nas compras de produtos realizadas pela internet, telefone, catálogo ou qualquer outra forma que seja fora do estabelecimento comercial, o consumidor pode desistir em até sete dias, do recebimento da mercadoria ou, se for o caso de uma contratação de serviço, da data da contratação. Nesses casos terá o direito da devolução integral de qualquer valor que tenha sido pago (inclusive frete). A desistência da compra pode ser feita independente do motivo, ou seja, não é preciso que o produto tenha apresentado qualquer problema para que o consumidor faça essa opção.

 Os produtos importados adquiridos em lojas ou sites no Brasil, em estabelecimentos devidamente legalizados, seguem as mesmas regras dos nacionais. Sendo obrigatório conter todas as informações (etiquetas, rótulo e manuais) apresentados em português.

Desde a iniciativa do prefeito Bernardo Rossi por meio da Lei nº 7.532, em 2017, o Programa Petrópolis da Paz avança cada vez mais no segmento de incentivar e trabalhar pela Cultura de Paz por toda cidade. As ações pioneiras do órgão, que faz parte da Coordenadoria de Relações Institucionais, se tornaram referência em todo país. Com apenas 3 anos de atuação o trabalho vem sendo aderido pela população: só este ano, 6.473 pessoas participaram das atividades oferecidas gratuitamente pelo Petrópolis da Paz, o que representa um aumento de 65% nas ações em relação ao ano passado, que foram 3.919.

Com a ampliação das ações, o programa inaugurou uma sede, na Avenida Ipiranga, com a primeira Câmara de Prevenção e Resolução de Conflitos do Município de Petrópolis - é a primeira cidade do Brasil, que possui um programa restaurativo gratuito, realizado pelo executivo. Em 2019, o espaço realizou 80 atendimentos.  A Câmara possui 15 mediadores judiciais e voluntários, que tem a missão de promover a Cultura de Paz através da formação individual e sistemática do entendimento da relação como um todo, baseada no respeito, amor e dignidade. Com todo trabalho, é possível desafogar as ações no judiciário, com acordos que beneficiam as duas partes envolvidas.

O Petrópolis da Paz trabalha com três pilares: Mediação escolar, Justiça Restaurativa e Mediação Comunitária, além de formar mediadores na rede municipal expandindo o serviço por todo município. Este ano, a Mediação Escolar atendeu entre profissionais e alunos 1.300 pessoas nas escolas municipais Liceu Carlos Chagas; Amélia Antunes Rabello; Governador Marcelo Alencar e Germano Valente.

“Uma solicitação do prefeito foi que nossas ações fossem voltadas para a humanização da rede. Hoje o Petrópolis da Paz trabalha em parceria com todas as secretarias ampliando o programa e a inclusão da Cultura de Paz no município. Nossa base da mudança de um paradigma de uma geração. Petrópolis já é uma cidade restaurativa”, frisou a coordenadora do Programa Petrópolis da Paz, Elsie-Elen Carvalho.

A Mediação Comunitária também teve uma atuação bem expressiva durante o ano. A equipe alcançou 2.075 pessoas durante mediações com líderes comunitários e ações com os moradores na Posse e no Vicenzo Rivetti. O Programa esteve também em 5 ações sociais, Semana da Mediação e eventos do Conima totalizando 1.077 participantes.

As ações de mediação do Petrópolis da Paz também estiveram presentes no programa da rede de saúde “Cuidar de quem Cuida de Mim”, capacitando líderes da secretaria nos Caps, Creas, PSF entre outros. O Programa também foi pioneiro na participação da Semana Mundial de Justiça Restaurativa, realizou a Gincana da Paz, Semana Municipal da Mediação e Escolas pela Paz.

 

Notícias por data

« Dezembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo