Os 75% restantes do 13º salário serão pagos aos servidores do funcionalismo público nesta quarta-feira (18.12). O anuncio foi feito pelo prefeito Bernardo Rossi durante reunião com representantes do Sindicato dos Servidores Públicos do Município (Sisep) e do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe), nessa terça-feira (17.12).

Os aproximadamente 12 mil servidores da prefeitura receberão o 13º. Vale destacar que a primeira parcela do beneficio – 25% - foi pago em julho deste ano, junto com o reajuste de 4,3% nos salários de todos os servidores. Agora, antes da data prevista por lei para pagamento integral do 13º, 20 de novembro, o total será quitado.

O poder público vem liberando licenças prêmio, quinquênios, regularização de férias, enquadramentos por formação e por tempo de serviço para funcionários da Educação, aposentadorias e adequação da previdência e abono por permanência. Além de outras em andamento, como a criação do PCCS da Comdep e a promoção automática da Guarda Civil, pagamento de triênios que já começa agora em dezembro e o aumento de 20% nos salários dos servidores da Educação que atuam na função de auxiliares de serviços gerais.

“É uma boa notícia para os servidores que já contam com esse valor a mais no final do ano para pagar contas. Acompanhamos as dificuldades dos gestores públicos, não está fácil cumprir com os deveres e o pagamento em dia e garantir o compromisso com o servidor”, disse Oswaldo Magalhães, presidente do Sisep.

A representante do Sepe, Rose da Silveira, destacou também os avanços para a Educação. “Salário em dia, quinquênio, enquadramentos por formação e o anuncio do pagamento dos triênios, tudo isso representa aumento no salário do servidor. O ano foi positivo para os servidores da Educação e terminá-lo com o descongelamento dos triênios e pagamento do 13º em dia é realmente uma boa notícia. Continuaremos lutando pelos servidores e acompanhando o cumprimento dos deveres do poder público”, disse.

Terça, 17 Dezembro 2019 18:53

UBS Mosela será reformada

A Unidade Básica de Saúde (UBS) Mosela vai passar por reformas. O anúncio foi feito pelo prefeito durante visita ao local na última segunda-feira (16.12) para acompanhar o funcionamento em terceiro turno. Já são oito unidades com horário ampliado até às 20h, facilitando o acesso da população aos serviços médicos.

O funcionamento das unidades com horário estendido faz parte da estratégia de ampliar a oferta de consultas e procedimentos na rede municipal. Na UBS Mosela, consultas, atendimento com dentista, vacinação entre outros serviços já são uma realidade. Outra importante iniciativa, foi a de oferecer em cada unidade de saúde básica o serviço de coleta de material para exames clínicos, como o exame de sangue, por exemplo.

E, além de ampliar os serviços de saúde, o prefeito também está investido nas melhorias físicas das unidades. As obras de reforma da UBS Mosela devem ser iniciadas já em janeiro de 2020.

Unidades que já funcionam das 8h às 20h: UBS Itaipava; UBS Retiro; UBS Quitandinha; UBS Itamarati; UBS Mosela; UBS Pedro do Rio; Centro de Saúde Coletiva e PSF Alto da Serra (Programa Saúde na Hora, com funcionamento também aos sábados, até às 12h). O Centro de Especialidades Odontológicas de Corrêas, o PSF Amazonas e o do São Sebastião, já oferecem tratamento odontológico no terceiro turno.

Os pais ou responsáveis que desejarem fazer a inscrição dos filhos em uma das unidades da rede municipal de Educação devem ficar atentos: o período da pré-matrícula começa nessa quarta-feira (18.12) e segue até o dia 6 de janeiro.  Um link será disponibilizado no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

A pré-matrícula é para quem ainda não pertence à rede municipal. Serão aceitas matrículas para 4º e 5º períodos da Educação Infantil; 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e 1ª a 9ª Fase da Educação de Jovens e Adultos (EJA - Noturno).

As informações necessárias para a pré-matrícula são: dados pessoais (nome, data de nascimento, filiação, endereço e telefone); ano/período de escolaridade e CPF do responsável.

Ao preencher o cadastro, os pais e/ou responsáveis ainda detalharão as três opções de escolas desejadas.

Os polos de atendimento para quem precisa de auxilio ficam na própria Secretaria de Educação - Rua da Imperatriz, 193 – Centro, e no Polo de Educação - Estrada União e Indústria, Shopping 2000 - sala 105.

O resultado será disponibilizado a partir do dia 9 de janeiro de 2020 no site da prefeitura. Vale salientar que as datas e locais de matrícula serão divulgados juntamente com o resultado.  Os pais deverão comparecer no local e na data indicada no resultado para efetivação da matrícula levando os seguintes documentos:

*Cópia da certidão de nascimento/casamento e documento de identidade do aluno (original e cópia);

*Duas fotos 3x4;

*Declaração de situação, impressa após fechamento do calendário 2019 e/ou histórico escolar original;

*Registros de vacina contidos na Carteira de Vacinação para alunos que efetivarem matrículas até o 2º ano do Ensino Fundamental (original e cópia);

*Comprovante de residência atualizado (original e cópia);

*Carteira de identidade e CPF do responsável (original e cópia);

*Cartão do Bolsa Família (se beneficiário, original e cópia) / cartão do SUS (original e cópia);

*Laudo específico para alunos da modalidade da educação especial (original e cópia);

*Comprovante de tipo sanguíneo e fator RH (Lei Municipal nº 7.216, de 27/08/2014, original e cópia).

Rede conta com 183 unidades de ensino

A rede municipal conta com 183 unidades – entre escolas e Centros de Educação e atende aproximadamente 42 mil alunos. As inscrições para a fila de espera nos CEIs ocorre diretamente do Departamento de Matrículas, na sede da Secretaria de Educação. Informações adicionais sobre pré-matrícula e transferências também podem ser adquiridas através dos telefones: 2246-8683 e 2246-8685.

Rosas, amarelas, azuis e verdes. Neste finalzinho de Primavera, canteiros de vários locais da cidade já apresentam essas cores que brotam junto com as Hortênsias plantadas neste ano. A prefeitura fez o plantio de mudas da flor característica de Petrópolis em fevereiro e março de 2019 e ainda neste mês de dezembro o setor de jardinagem da Comdep vai continuar esse trabalho.

A tradição de plantar Hortênsias, iniciada no início do século XX, foi retomada em 2017, depois de seis anos sem novas mudas em Petrópolis. Só em 2017 e 2018, já foram plantadas 17,2 mil em vários locais da cidade. Para os próximos meses, serão mais 15 mil mudas.

Neste ano, locais como Alfredo Pachá, Roberto Silveira Praça 14 Bis e Av. Koeler receberão plantio. Essas mudas são resultado do cultivo feito pela própria Comdep, a partir da poda feita em outras hortênsias em canteiros da cidade. O processo de cultivo leva pelo menos cinco meses – as mudas que serão plantadas agora foram criadas após a poda feita em maio. Após o plantio, são mais cinco meses até mais uma poda e assim o ciclo continua.

Com o objetivo de atualizar os dados cadastrais funcionais e financeiros dos servidores públicos efetivos ativos, aposentados e seus dependentes e pensionistas, o município iniciou este mês, de forma inédita, o processo de desenvolvimento para a coleta dos dados através da plataforma on-line, ou seja, sem a necessidade presencial do usuário. Todo o Censo Previdenciário é uma realização do Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público do Município de Petrópolis (INPAS), com recursos próprios sem nenhum custo para o município. A ação de recolhimento dos dados é obrigatória e tem a previsão de início em fevereiro de 2020.

Com o levantamento, o município poderá qualificar seus planejamentos administrativos e financeiros e até mesmo identificar se há alguma distorção dentro do regime.

O projeto está na primeira fase, onde os técnicos estão finalizando todo o sistema do portal de coleta – base de dados, e de acompanhamento. Um modelo de dados foi criado em formato de formulário eletrônico para iniciar a captação das informações que serão realizadas pelo site do INPAS e da Prefeitura, e também poderá ser feito pelo celular tanto nas plataformas IOS quanto Android. A informatização da atualização dos dados irá permitir uma celeridade processual de forma mais segura e eficaz.

A etapa seguinte consiste na coleta dos dados, com previsão de início em fevereiro de 2020, e que a conclusão do processo dure em média de 90 dias. A terceira e última etapa será de validação das informações coletadas e importação, quando a equipe técnica verifica a qualidade em geral dos dados coletados.  

A participação dos servidores é obrigatória, até os afastados ou licenciados, por qualquer motivo, licença sem vencimentos, férias e servidores cedidos. Aquele que não atender o prazo estabelecido, sem justificativa terá seu pagamento bloqueado a partir do mês da conclusão do levantamento dos dados, ficando assim o seu restabelecimento condicionado à realização de seu recenseamento.

Pesquisa realizada pelo Procon Petrópolis aponta variação de preços de até 92,98% entre um mesmo produto nos supermercados da cidade. O levantamento foi feito pelo órgão na último segunda-feira (16.12) em quatro supermercados, com 17 produtos. A maior diferença detectada foi no preço do quilo da Noz, que custa R$ 39,9 em um supermercado e chega a R$ 77 em outro.

Outro produto cujo preço apresentou grande variação foi o pão de rabanada: enquanto em um supermercado o valor é de R$ 9,93, em outro o preço chega a R$ 16,55, diferença de R$ 66%. O azeite extravirgem da marca Andorinha custa R$ 21,99 em um local, enquanto, em outro, o preço é de R$ 17,98.

A pesquisa também incluiu o preço do chester, panetones e chocotones, peru, peixe, tender, bacalhau, entre outros.

Fortalecer as relações familiares e comunitárias além de promover maior integração e troca de experiência entre os participantes valorizando a convivência coletiva. Este é o objetivo do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, desenvolvido nas unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), da Secretaria Municipal de Assistência Social. O serviço, no entanto, vai além: trazer sentido de vida para muitos dos usuários.

O Serviço de Convivência é um dos principais trabalhos desenvolvidos pelos CRAS e atende principalmente idosos, mulheres e crianças. Com encontros semanais ou quinzenais, o fortalecimento dos grupos é feito por meio de palestras, oficinas, atividades lúdicas, esportivas, passeios, cinema, entre outras atividades – complementando os trabalhos técnicos desenvolvido pelos centros de referência.

“O serviço atua de forma preventiva, visando evitar o rompimento de vínculos e a superação das vulnerabilidades sociais”, explicou Rodrigo Lopes, diretor do Departamento de Proteção Social Básica da Secretaria de Assistência Social.

Para a aposentada, Dora Barbosa, de 68 anos, que frequenta o grupo de idosos do CRAS Centro, os encontros semanais têm reflexos positivos inclusive para sua saúde. Foi no CRAS que ela conseguiu superar a depressão. “Foi aqui que tive ajuda para enfrentar a depressão, que recebi as orientações que precisava. Venho de uma a duas vezes por semana e gosto de tudo que faço aqui”, contou. 

É raro o dia que Célia Storti dos Reis, 68 anos, não aparece nos encontros. “Se eu não venho, os colegas logo acham que adoeci. Toda segunda e quarta-feira participo dos grupos de idosos e de mulheres. Adoro fazer os trabalhos manuais”, contou. As terapias desenvolvidas por psicólogo do CRAS também são um diferencial para a vida da aposentada. “Participo das terapias de treinamento para a memória e estou melhorando muito. Estava muito esquecida”, revelou.  

No CRAS Centro, o Serviço de Convivência tem 45 usuários participantes dos grupos de Idosos, Mulheres e Crianças e Adolescentes.

O CRAS executa serviços de proteção social básica, organiza e coordena a rede de serviços socioassistenciais locais da política de assistência social e é responsável pela oferta do Programa de Atenção Integral às Famílias. As equipes do CRAS também prestam informações e orientações à população de sua área de abrangência, bem como se articulam com a rede de proteção local no que se refere aos direitos de cidadania, mantendo ativo um serviço de vigilância da exclusão social na produção, sistematização e divulgação de indicadores da área de abrangência do CRAS.

Unidades do CRAS:

CRAS CENTRO – Rua Dr. Nelson Sá Earp, 39 – Centro.

CRAS QUITANDINHA – Rua Alagoas S/N – Quitandinha

CRAS RETIRO –  Rua Hermogênio Silva, 238 - Retiro

CRAS VALE DO CARANGOLA – Rua Waldemar Vieira Afonso, 19 – Carangola

CRAS CORRÊAS – Rua Vigário Corrêas, 443 – Corrêas

CRAS ITAIPAVA – Est. União e Indústria, 11860 – Itaipava

CRAS MADAME MACHADO – Rua Geraldo Lourenço Dias,

CRAS POSSE – Est. União e Indústria – Posse (ao lado do CIEP)

CRAS ALTO INDEPÊNDENCIA - Rua José Lino Pai, S/N – Alto Independência (ao lado da UBS)

Nesta terça-feira (17.12) as equipes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias vistoriaram os pontos de apoio no Quitandinha (CEI Chiquinha Rolla) e Rua João Xavier (Salão Paroquial São Paulo Apóstolo). As condições de cada local para receber os moradores em caso de fortes chuvas foram avaliadas pelos agentes, que também distribuíram cartilhas de prevenção aos desastres de origem natural para moradores e comerciantes. As visitas fazem parte de um calendário de operações da Defesa Civil nos bairros, que segue até amanhã (18).

Pela manhã, no Quitandinha, os agentes também verificaram as condições da placa do ponto de apoio e fixaram cartazes do programa SOS Chuvas na instituição de ensino e no comércio do entorno. Na sequência, houve a distribuição das cartilhas de prevenção aos desastres de origem natural. O mesmo trabalho foi realizado à tarde, na Rua João Xavier. O acionamento manual e remoto das sirenes também foi realizado.

Voluntária da Defesa Civil há mais de 18 anos, a responsável pelo ponto de apoio da João Xavier, Ângela Ramos de Lima, ressalta a importância da vistoria no bairro. “A época das fortes chuvas está chegando então é importante esse trabalho. Já perdi as contas das vezes em que foi necessário abrir o ponto de apoio, então precisamos estar ainda mais atentos nesse período”, disse.

O trabalho nas comunidades integra as ações de prevenção do Plano Verão 2020. Na quarta-feira, acontecem as últimas ações do calendário nas comunidades: visita na E.M. Dr. Paula Buarque (Gentio/Vale do Cuiabá) e na quadra do Boa Esperança (Buraco do Sapo). Além disso, no mesmo dia, a Defesa Civil também vai promover o treinamento dos responsáveis pela abertura destes locais de apoio.

A atividade acontece às 15h na Sala de Cooperação municipal.

Petrópolis conta com 20 conjuntos de sirenes do Sistema de Alerta e Alarme em 12 comunidades: Gentio, Buraco do Sapo, 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe. São 15 pontos de apoio, que são locais seguros para os moradores permanecerem caso os índices de chuva estejam alarmantes. O calendário de operações da Defesa Civil será realizado em todos estes locais.

Capital Estadual do Canto Coral, Petrópolis tem em seus corais uma das principais atrações do Natal Imperial. Neste fim de semana, o tradicional Concerto do Coral Integração vai reunir centenas de vozes petropolitanas – entre crianças e adultos - em uma mesma apresentação, que acontece no domingo (22.12), às 20h30, na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia). O grande coro terá também o acompanhamento de orquestra.

No programa estão sucessos natalinos conhecidos no mundo inteiro que prometem emocionar o público. O congraçamento e a emoção de tantos coralistas cantando juntos é uma marca do Segmento de Canto Coral. O espetáculo terá regência alternada entre os maestros Rafael Macedo, Mary Rios, Marco Aurélio Lischt, Leonardo Randolfo, Marcelo Vizani, Paulo Afonso Filho e Rodrigo d’ Ávila.

No programa estão os mais significativos sucessos natalinos, como “AdesteFideles”, tradicional; “Jesus Alegria dos Homens” de J.S. Bach; “Jingle Bells”, tradicional; “Ó Noite Santa” de Adolph Adam; “Surgem anjos proclamando (glória)”, tradicional francesa; “Exodus” de Ernest Gold/ Pat Boone; “Laudate Domino” de Mozart; “HappyXmas” de Yoko Ono/ John Lennon; “Hallelujah” de G.F. Handel; “Noite Feliz” de Franz Gruber.

Equilíbrio e muita emoção marcaram os jogos da III Copa Imperial de futsal feminino. Realizada no último domingo (15.12) no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis, no Caxambu, a competição contou com a participação de sete equipes que disputaram 11 partidas e marcaram, ao todo, 27 gols. Na decisão, o Jardim Salvador FC (JSFC) venceu a Comac por 3 a 0 e conquistou o título.

A artilharia da competição ficou com a atleta Francislaine Souza, do Coronel Veiga, que marcou 5 gols. A goleira menos vazada foi Lidiane Carvalho, da equipe campeã.  Cerca de 80 atletas participaram do evento.

As meninas do JSFC jogam juntas há cerca de dois anos e nesse tempo venceram quatro campeonatos. Elas se orgulham de nunca terem perdido nenhum jogo. “Somos muito entrosadas. Desde que começamos a jogar juntas, estamos invictas. Apesar do placar, a final foi bastante disputada, a Comac tem uma grande equipe”, disse Débora Amaral, que é capitã e treinadora da equipe.

“Torneios assim incentivam as meninas a estarem treinando, jogando, se aprimorando ainda mais. Todas estão lutando por mais espaço e a III Copa Imperial de futsal feminino foi importante neste sentido”, completa Débora.

Desde 2017, o governo municipal promoveu outros dois torneios de futsal e um de futebol society para as equipes femininas. Outras competições femininas estão previstas no calendário esportivo municipal em 2020.

A atual gestão também implementou o futebol de campo das meninas nos jogos estudantis de forma inédita em 2017. Desde então, as escolas também estão se mobilizando para incentivar a modalidade. Neste caminho, a prefeitura também quer que os clubes da cidade comecem a montar times femininos.

Petrópolis volta a se destacar na Região Serrana com o maior Produto Interno Bruto. O ranking divulgado pelo IBGE é referente ao ano de 2017 e apresenta crescimento de R$ 120 mil em relação ao ano anterior chegando a R$ 12,8 bilhões. Esse número também faz com que município tenha destaque no estado do Rio, na 8ª colocação, entre as 92 cidades do estado. O PIB é a soma de todos os bens e serviços finais produzidos pela cidade.

Além do destaque no PIB – revelado pelo IBGE – o desenvolvimento econômico da cidade vem se mostrando como ambiente favorável na área economia. Um exemplo disso foi o destaque, pela primeira vez, no ranking "Melhores Cidades para se fazer negócios", divulgado em outubro desse ano. O levantamento, feito pela empresa de consultoria Urban Systems, mostra que, na análise geral de 317 municípios, Petrópolis ficou na colocação 91ª, única cidade da Região Serrana a aparecer no ranking final. O estudo é feito para a revista Exame, especializada em economia, negócios, política e tecnologia e tem como base sete indicadores. No quesito infraestrutura, Petrópolis ficou na 72ª posição.

Com relação à desburocratização dos serviços e fomento aos novos negócios, o poder público adotou e, agosto de 2019, o Alvará Eletrônico Automatizado, sistema adotado pela Secretaria de Fazenda -  integrado ao Regin – que permitiu, por exemplo, a legalização de 383 novos negócios nos 20 primeiros dias de funcionamento. Em todos os casos a emissão dos documentos foi feita menos de 24h após a solicitação dos empresários. São atividades consideradas de baixo risco que não precisam de licenciamentos junto a órgãos como Vigilância Sanitária e Corpo de Bombeiros. A intenção é facilitar a vida de quem quer iniciar um novo negócio ou legalizar uma atividade que já exerça.

Festa, lanche e aulão na piscina marcaram o início das férias dos alunos que participam das aulas de natação e hidroginástica, na EM Monsenhor João de Deus Rodrigues, em Pedro do Rio. As aulas, totalmente gratuitas, beneficiam alunos da rede e moradores, que totalizam 669 pessoas.

Além das 464 pessoas que participam das aulas de hidroginástica, 205 crianças, jovens e adultos participam da natação e outros 49 do projeto ISE – Inclusão Social e Esportiva – com aulas adaptadas às necessidades de alunos com deficiência. Os alunos do ISE também participaram de uma comemoração, com direito a entrega de medalhas e presentes.

O diretor da EM Monsenhor João de Deus Rodrigues, Ney Marcos de Paula Júnior, explica que os alunos entrarão em férias, mas o atendimento retorna em fevereiro de 2020, junto com o calendário escolar. “É apenas um descanso. Voltamos com tudo no próximo ano. Atendemos alunos da rede municipal, além de moradores de outros bairros. As aulas são realizadas por profissionais, temos sempre um guardião na piscina e sempre há vagas disponíveis”, explicou.

A E.M Monsenhor João de Deus Rodrigues oferece, ainda, aulas de basquete e dança de salão, além de atender aproximadamente mil alunos, em três turnos de atendimento, do 4º período da educação infantil até o 9º do ensino fundamental e ainda mantêm aulas do EJA (Educação de Jovens e Adultos) no turno da noite.

Papai Noel e Auto de Natal

O Papai Noel também esteve na EM Monsenhor João de Deus Rodrigues na última semana e distribuiu bolas e bambolês para os alunos da educação infantil e ensino fundamental. A comemoração contou, também, com Auto de Natal.

“Foi inesquecível para eles. Representaram muito bem e receberam o Papai Noel de braços abertos. Agora, estão prontos para as férias e, em fevereiro de 2020, estaremos juntos, mais uma vez”, completou o diretor da escola, Ney Marcos.

Notícias por data

« Dezembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo