A prefeitura já iniciou a entrega dos carnês de Imposto Predial Territorial e Urbano – IPTU, que em 2020 terá desconto de 9% para pagamentos em cota única efetuados até o dia 6 de janeiro; 7% para quem quitar a cota única até 6 de fevereiro, e 5% para aqueles que optarem pelo último vencimento - 6 de março. Os carnês já foram emitidos pela Secretaria de Fazenda, estão sendo distribuídos pelos correios e devem chegar às casas dos contribuintes até o fim do mês. Os pagamentos podem ser feitos somente a partir do dia 2. Em Petrópolis 116.782 imóveis são cadastrados pela Secretaria de Fazenda.

O pagamento dos tributos é fundamental para custear a compra de merenda para as escolas, medicamentos para unidades de saúde, limpeza pública, manutenção viária, bem como outros serviços fundamentais no dia a dia da população.  

A exemplo do que foi feito nos anos anteriores, para facilitar o acesso dos contribuintes, a Secretaria de Fazenda disponibilizará a emissão do boleto pela internet, no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). Para imprimir o boleto de pagamento, o interessado deve informar apenas o número de inscrição do imóvel.A emissão do boleto, no entanto, pode ser feita somente a partir do ano que vem.     

Uma central de atendimento ao contribuinte também será montada no Centro de Cultura Raul de Leoni para retirada da segunda via do boleto. O núcleo funcionará de segunda a sexta-feira.

Segunda, 16 Dezembro 2019 18:40

Obras da UPA também nos fins de semana

As obras da UPA de Itaipava estão em ritmo acelerado. Em fase de acabamento e adaptação para a instalação de equipamentos médicos, os trabalhos vêm sendo realizados inclusive nos fins de semana. Neste domingo (15.12), o prefeito  voltou ao prédio onde funcionará a unidade de urgência e emergência para acompanhar os trabalhos.

O prédio de dois andares fica na Estrada União e Indústria, 11.175, no centro de Itaipava. No domingo, funcionários da empresa FCK, responsável pelos serviços, concluíam a pintura de salas.

A UPA dos distritos conta com uma parceria do Grupo Petrópolis com R$ 1,5 milhão de financiamento junto à Agência de Fomento do Estado do Rio (AgeRio). A unidade de urgência e emergência irá atender moradores do 3º ao 5º distrito de Petrópolis, beneficiando cerca de 90 mil pessoas.

A unidade de Urgência e Emergência contará com salas amarela e vermelha, sala infantil, além de sala de medicação, nebulização e uma central de material esterilizado (CME). A equipe da unidade contará com 21 médicos clínicos e 14 pediatras, além de 36 técnicos de enfermagem, 14 enfermeiros, 4 farmacêuticos, 2 assistentes sociais, e ainda direção médica, coordenação de enfermagem, profissionais de radiologia e administrativo.

Mais um Centro de Educação Infantil será inaugurado no próximo ano: em Itaipava. O anuncio foi feito nesta segunda-feira (16.11) pelo prefeito  durante uma visita no terreno onde funciona a EM Celina Schechner, em Itaipava. A expectativa é de que o novo espaço fique pronto até março de 2020.

No terreno há uma construção que foi iniciada em 2016 e paralisada no mesmo ano – pela gestão passada – e a ideia é de que a obra passe por uma revisão para que sejam feitas adaptações para a construção do CEI: além da conclusão das intervenções, o prédio deverá ganhar uma ampliação para possibilitar um imóvel de 150 m².

A construção será realizada por empresários de um empreendimento imobiliário - como forma de compensação pelo impacto da construção, a Coperlupos determinou que o empreendimento construa uma passarela, em Bonsucesso e uma creche. Nesse caso, a prefeitura seria a responsável pelo terreno e, após uma análise criteriosa das possibilidades ficou determinado que o CEI seja construído nesse terreno, em Itaipava.

A quantidade de salas e crianças atendidas ainda serão definidas.

Além do CEI em Itaipava, a rede municipal ganhará reforço em 2020 com novos CEIs: no Centro, Boa Vista e Corrêas. Em 2019 a prefeitura inaugurou o CEI Augusto Meschick, no Centro e aumentou o número de vagas no Centro e Jardim Salvador com a adaptação de espaços já existentes.

Segunda, 16 Dezembro 2019 18:38

Novos equipamentos chegam ao HMNSE

O prefeito Bernardo Rossi visitou hoje (16.11) o Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE) onde foi instalado o novo aparelho de ultrassom, já em pleno funcionamento. São dezenas de equipamentos hospitalares que já chegaram ou estão em fase de aquisição para as unidades de saúde, totalizando cerca de R$ 2,4 milhões em investimentos. Outros dois ultrassons serão instalados no Centro de Saúde Coletiva e no futuro Centro Municipal de Ortopedia.

Nesta semana, funcionários do HMNSE passarão por treinamento para usar os novos ventiladores pulmonares que também já estão na unidade. Na lista de equipamentos médicos, constam o aparelho de desintometria óssea por Raio X, eletrocardiograma, estetoscópios, desfibriladores, oxímetros, entre outros, além de macas, cadeiras de rodas, armários, monitores, e diversos outros itens. A verba é fruto de emendas parlamentares.

“O aparelho de ultrassom que já está funcionando no HMNSE é um equipamento de ponta. Está sendo criado na unidade um Centro de Imagens, que contará ainda com equipamentos de Raio X, o aparelho de desintometria, tomógrafo e ainda um aparelho de ressonância magnética, o segundo do município, que já está em licitação. Um avanço significativo na saúde de nosso município”, ressaltou o prefeito.

O prefeito Bernardo Rossi conversou com o diretor administrativo do HMNSE, Nilson Wayand, que falou sobre a nova aquisição. “É um aparelho completo, que faz exames como o Doppler e ultrassonografias de diversas partes do corpo”, ressaltou.

A secretária de Saúde, Fabíola Heck está acompanhando a distribuição dos equipamentos nas unidades de saúde. De acordo com ela, além do HMNSE, novo Centro Municipal de Ortopedia e Centro de Saúde Coletiva, Unidades Básicas de Saúde e PSFs também estão sendo contemplados com equipamentos e móveis

O olhar atento das crianças à espera do Bom Velhinho já anunciava a expectativa de receber o presente pedido na cartinha enviada meses atrás. De violões a chuteiras, passando por bicicletas, skates, patinetes, bonecas e até cestas básicas. Os pedidos foram os mais diversos e todos eles foram contemplados em mais uma edição da campanha de Natal do Procon Solidário. Nesta segunda-feira (16.12), 280 crianças e adolescentes da E.M. Rubens de Castro Bomtempo receberam seus pedidos das mãos do Papai Noel. Na próxima quarta (18), será a vez de 130 estudantes de E.M. Ana Mohammad, que também participam desta edição da campanha.

A chegada do Papai Noel na escola aconteceu logo no início da tarde. Com muitos presentes para entregar, todos apadrinhados por pessoas atendidas no próprio Procon ou que souberam da campanha no início de novembro, o dia foi marcado por muita diversão e alegria. Pipoca, algodão doce, cachorro-quente, refrigerante, tudo para alegar um dia de recreação, com brincadeiras, sorrisos pelos quatro cantos da escola e, também, muita emoção. As próprias crianças, contagiadas pelo clima de confraternização do Natal, declamaram poemas e fizeram apresentações com muita música e dança – tudo representando o simbolismo desta, que é uma das datas mais aguardadas pelos pequenos.

Entre os pedidos, histórias que surpreendem. O menino João Felipe Vilella, de 11 anos, por exemplo, pediu ao Papai Noel uma camisa do Flamengo e um carrinho de controle-remoto. O segundo, presente, no entanto não é para ele. “Meu irmão tinha um carrinho, mas o dele quebrou e ele ficou muito triste. Então, eu pedi para o Papai Noel e eu tinha certeza que eu ia ganhar, porque eu queria muito dar esse presente para o meu irmão”, contou o menino, emocionado.

E, se para quem ganhou os presentes o dia foi de emoção, para aqueles que participaram da campanha, desde o seu início, não foi diferente. Parte da equipe do Procon esteve no local ajudando a entregar os brinquedos e fazendo o fim de ano das crianças mais especial. A chefe de atendimento do Procon, Mara Cristina Albuquerque não conteve às lágrimas. “É um trabalho feito com muito carinho, com muito amor e cuidado. Então, hoje, chegar aqui e ver a alegria nos olhinhos de cada um deles é muito gratificante. Fico feliz porque houve um envolvimento de muito tempo, lendo cada cartinha, buscando os padrinhos e ajudando a realiza esses sonhos”, disse.

Por falar em sonho, quem teve um dia para lá de especial graças à campanha foi a Ana Carolina, de 11 anos. A menina havia pedido uma camisa do Fluminense, mas teve, como ela própria definiu “o dia mais feliz da sua vida”. É que a pessoa que pegou sua carta convidou Ana e sua família para assistir um jogo do tricolor carioca, no Maracanã. A surpresa foi grande e na noite do último dia 4 de dezembro, a menina foi com a família ver o time jogar contra Fortaleza. Apesar do placar ter terminado empatado em 0x0, a experiência da menina foi única.

“Eu não esperava que fosse ser tão legal. Eu pedi uma camisa e ganhei cinco, além de uma cesta cheia de doces. Fiquei muito emocionada, muito realizada com isso e, no final, ainda ganhei a camisa do Marcos (Felipe, goleiro do Fluminense)”, disse a menina, que, nesta segunda, também foi contemplada com mais um presente das mãos do Papai Noel.

Para a diretora da escola, Gisele Wilbert, que está há 19 anos na instituição, o dia foi emoção e gratidão. “Nunca houve nada nesta proporção, nada deste tamanho. Já conhecia esse trabalho do Procon, e quando fomos convidados, em outubro, fiquei muito feliz porque sei do trabalho sério que é realizado por toda a equipe”, contou.

Essa já é a terceira edição da campanha, que contemplou 626 crianças e adolescentes das escolas E.M. Rosalina Nicolay, E.M. Hidelbrando de Carvalho, em 2017, e na E.M. Odete Fonseca e E.M. Marcelo Alencar, no ano passado.

O reflorestamento das áreas afetadas pela tragédia de 2011 começou no último sábado (14.12).  A prefeitura, através da Secretaria de Meio Ambiente em parceria com o Instituto da Criança, promoveu o Desafio Mais Mata Atlântica com o plantio de 1.600 mudas de árvores em um terreno de 10 mil metros quadrados na Estrada Nova Esperança, no Vale do Cuiabá. Participaram da iniciativa moradores da própria localidade, voluntários e alunos da Comac, Creche São Barbel, no Caxambu, e da APAE.

Em fevereiro de 2014, quando as casas do Condomínio Marília Cápua foram entregues para a população, houve a promessa de que toda aquela região seria reflorestada pelo poder público. Desde então, os moradores aguardavam por esse trabalho, que vai proporcionar uma série de benefícios para a localidade. Os principais são a proteção da superfície do solo, diminuindo os riscos de erosão e uma maior biodiversidade.

"Naquela época foi prometido sim, mas nunca houve uma iniciativa como essa aqui, envolvendo os moradores também. Para a gente é importante, vai ajudar a melhorar o clima, uma conquista para todos. Além desse trabalho, também vamos fazer outras ações, promovendo o plantio também em outros terremos que vamos indicar", disse Elizier Vieira Borges, aposentado de 78 anos, representante da associação de moradores do local.

O secretário de Meio Ambiente, participou do plantio coletivo destacando que o trabalho foi baseado em um plano de recuperação ambiental criado pelo engenheiro florestal Flávio Bandeira, que integra o corpo técnico da pasta. Após o plantio, será feito o acompanhamento do desenvolvimento das mudas, com o auxílio dos próprios moradores e do Instituto da Criança.

 Desde o início da atual gestão foram plantadas mais de 10 mil mudas de árvores na cidade.

O Desafio Mais Mata Atlântica foi mais uma ação do projeto Inteligência Ambiental (IA) do setor de educação ambiental, criado pela Secretaria de Meio Ambiente em 2017 com o objetivo de conscientizar a população da importância da preservação ambiental. Em dois anos, o IA envolveu mais de 3 mil alunos em atividades de educação ambiental variadas, como apresentação de eco filmes informativos, caminhadas ecológicas e palestras.

“Todos que participaram irão lembrar para sempre deste dia. Queremos aumentar as vertentes da Educação Ambiental. A ideia é evidenciar as ações para todo o município. O projeto é um trabalho que teve uma pesquisa completa para que fosse desenvolvido com total fundamento, dentro da realidade da cidade”, aponta o coordenador de Educação Ambiental, Anderson Campos.

Também apoiaram o Desafio Mais Mata Atlântica no último sábado as equipes da Comdep e da CPTrans; Projeto Água, viação Cidade das Hortênsias; Academia Brasileira Ambientalista de Letras; Águas do Imperador; estudantes de biologia da Universidade Estácio de Sá, além de biólogos e professores.

As obras das pistas de skate e de Pump Track seguem avançando rapidamente. As construções no Parque Municipal, em Itaipava, estão previstas para serem entregues pela prefeitura para a população logo no início de 2020. Petropolitanos de todas as idades poderão usufruir dos novos espaços, que também serão usados para o fomento do esporte. O prefeito acompanhou o andamento dos trabalhos no domingo (15.12).

A Pump Track, assinada pelo atleta Henrique Avancini, terá rampas arredondadas, paredes em curvas, que podem proporcionar pequenos saltos. Ela terá ainda uma camada de asfalto.

Já a pista de skate, simula um ambiente urbano e é usada para manobras em rampas, muretas, bancos, corrimãos. A pista tem 20 metros de largura e 35 metros de extensão, com nove obstáculos. Esta é a primeira pista construída em Petrópolis para a modalidade “Street”. Faltando apenas a pintura e ajustes finais, já tem adepto da modalidade usufruindo do novo espaço.

"Essa é uma pista única na cidade. O skate cresce a cada ano e essa pista também vai ajudar os mais novos, quem está começando agora na modalidade. O skate se tornou esporte olímpico e quem sabe daqui não saí um atleta que pode representar o nosso país", disse Jeanslei José Ferreira, que pratica a modalidade há nove anos.

As inscrições para os concursos do Natal Imperial foram prorrogadas até o dia 22 de dezembro. Essa será a oportunidade para aqueles que não conseguiram fazer a inscrição a tempo de participar. As competições são um estímulo a mais para fazer com que o comércio e moradores também entrem no clima do Natal Imperial. A escolha será através de voto popular, na internet, e os vencedores serão premiados com viagens.

Tanto para o “Concurso Casa Mais Enfeitada” quanto para o “Concurso Vitrine Mais Enfeitada”, os interessados devem enviar uma fotografia da fachada para o email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . O edital com todas as informações está disponível no link: http://www.petropolis.rj.gov.br/natalimperial/. As fotografias das fachadas das casas e das vitrines serão postadas no dia 23 de dezembro na página oficial do Natal Imperial no Facebook (https://www.facebook.com/Natalimperial/). A foto da casa e da vitrine mais enfeitada que obtiver o maior número de curtidas - até o dia 06 de janeiro de 2020, às 18h - será a grande vencedora.

Os dois concursos premiarão os vencedores com uma viagem para Nova Friburgo, que inclui a hospedagem de dois dias e uma noite no Hotel Domingues Mirador, além da cessão de um carro de luxo. Todas as informações estão disponíveis no edital.

O mundo mágico de Natal – que vai desde o simbolismo religioso até Papai Noel e sua turma – invadiu mais uma vez a principal rua do Centro Histórico dentro da programação do Natal Imperial. O segundo desfile da Parada Iluminada, neste domingo (15.12), levou uma multidão para a Rua do Imperador e a estimativa da prefeitura é de que o evento tenha superado o número de público do primeiro, quando mais de 15 mil pessoas ocupavam as calçadas para assistir papais e mamães noéis, fadas, estrelas, presépio vivo e muito mais. No próximo domingo (22) acontece a última parada iluminada desta edição da festa, a partir de 19h.

A animação, que era vista tanto entre os desfilantes, quanto entre adultos e crianças que assistiam atentas ao desfile, foi o ponto alto da maior atração do Natal Imperial. O público cantou e dançou junto com os mais de 250 participantes da Parada.

A atração é uma das que mais atrai visitantes de fora da cidade.

Toda a iluminação e decoração da Cidade Imperial, que criou um imenso cenário de Natal desde o dia 14 de novembro – e que vai até 12 de janeiro – tem encantado que passa pelas ruas do Centro Histórico e até dos distritos. “Todo o ano eu venho, amo de paixão. Como eu tenho uma escola, eu procuro trazer as crianças para assistir, porque em Três Rios a gente não tem um evento desse, então eu fico maravilhada. Estão todos aqui felizes da vida. A gente monta uma van e vem pra cá. É um trabalho magnífico, a cidade está de parabéns. Muito lindo. E todos os lugares que estivemos fomos muito bem tratados”, frisa a pedagoga Valéria Araújo.

Outro que curtiu em grupo a Parada Iluminada foi analista de sistemas Samir Wayand, segundo ele, as crianças ficaram maravilhadas com o que viram. “O desfile foi fantástico, simplesmente maravilhoso. A gente vê a cidade iluminada, muitos turistas, as pessoas se encantam e a gente fica muito feliz, traz as crianças pra ver, é uma renovação das esperanças e da alegria do Natal, das nossas vidas”, destaca.

Da anunciação à Papai Noel

Este ano, a Parada Iluminada conta com quatro setores. No primeiro, que nesta edição está com um novo carro alegórico, o desfile narra a “Anunciação”, simbolizando o anjo Gabriel anunciando a chegada do menino Jesus. O setor conta com anjos, pastores, estrelas e presépio vivo. É a parte religiosa da atração; o segundo apresenta todo o simbolismo natalino, mostrando que a data virou mais do que uma celebração religiosa, com uma grande festa com presentes, confeiteiras, soldadinhos, bonecas, a ala nova das árvores de Natal, entre outros. Já a terceira traz o mundo mágico de Natal, com duendes, fadas e gnomos. E, por último, Papai Noel encerra o desfile em seu tradicional trenzinhho, fazendo a alegria da criançada.

 Os desfiles de Natal foram retomados na atual administração, em 2017, totalmente renovados, se transformando na Parada Iluminada. Para a edição de 2019, foram recuperadas 180 fantasias e criadas 40 novas. Este ano, 80% das fantasias estão iluminadas com lâmpadas LED para tornar o clima de magia ainda mais presente nas noites de domingo.

Itaipava recebeu desfile de São Nicolau com crianças

No sábado (14), Itaipava mergulhou no clima natalino com o “Desfile de Velas São Nicolau”. Crianças da Associação Filantrópica de Petrópolis (Afipe) e da Ginástica Artística Gerorgette Vidor transformaram um trecho da Estrada União e Indústria em passarela para contar a história de São Nicolau, um bispo que virou santo e deu origem à figura do Papai Noel. Não só petropolitanos, como muitos turistas disseram ter adorado curtir as atrações do Natal também no distrito.

“Estou hospedado em Itaipava, passeando com o meu filho e gostamos bastante”, disse o turista do Rio de Janeiro, Fabio Lobo.

“Adoro o Natal e adorei ver o desfile aqui em Itaipava, muito lindo ver as crianças passando”, completa a aposentada Alcindeia Miguez, moradora de Petrópolis.

O Papai Noel fez a festa com as crianças atendidas no CEI Tina Grazinoli – localizado na Rua Teresa – na última sexta-feira (13.12): os 160 alunos – do berçário até o 5º período da educação infantil ganharam presentes do bom velhinho graças a uma doação da ARTE – Associação da Rua Teresa.

A diretora do CEI, Hercilia Maria Alves de Oliveira destacou a importância da solidariedade. “Uma educadora fez o pedido e fomos prontamente atendidas. Outras educadoras conseguiram doações. Percebemos um maior espírito de solidariedade das pessoas em geral este ano, apesar da crise financeira, o que nos deixou muito feliz”, disse Hercilia.

Na festa foram distribuídas bolas, carrinhos, bonecas e ursos de pelúcia. Os pais e responsáveis puderam, ainda, prestigiar apresentações especiais preparadas com carinho pela equipe do CEI. “Eles ficaram muito animados e nós também”, contou Hercilia.

“Em uma campanha interna da ARTE conseguimos arrecadar 186 brinquedos com os empresários da Rua Teresa. Por muitos anos o centro de educação infantil foi o suporte necessário para as mães que trabalhavam na Rua. Ali elas tinham certeza de deixar seus filhos em boas mãos enquanto estavam no trabalho. E ainda hoje, sabemos o quanto é importante para uma mulher que precisa sustentar uma casa ter um local seguro para deixar seus filhos. Natal é tempo de união e de solidariedade, por isso foi um prazer fazer parte desse momento”, afirmou Denise Fiorini, presidente da Associação da Rua Teresa.

CEI recebeu melhorias em 2019

O CEI Tina Grazinoli foi uma das unidades da rede municipal que recebeu melhorias nesse ano como a instalação de câmeras de segurança, rede de proteção em todas as janelas, grade de segurança no portão.

“As melhorias trouxeram mais segurança para as crianças. Os materiais pedagógicos enviados pela Secretaria de Educação também contribuíram muito no desenvolvimento das crianças, além disso, estamos com uma equipe muito boa e comprometida no desenvolvimento das crianças”, acrescentou Hercilia.

Presentes também no CEI Augusto Meschick

O Papai Noel também esteve no CEI Augusto Meschick, na 24 de maio e distribuiu presentes para os 130 alunos que tem entre 1 e 3 anos. A unidade foi inaugurada em junho deste ano após uma adaptação realizada no prédio que era do Estado e foi municipalizado.

A tecnologia e metodologia utilizada no Centro Integrado de Operações de Petrópolis (Ciop) continua chamando atenção de outros municípios que querem empregar o mesmo trabalho de monitoramento. Nesta segunda-feira (16.12), o superintendente de monitoramento e segurança de Nova Iguaçu, José Carlos Aleixo, buscou uma troca de experiências para levar o trabalho realizado por aqui para o Centro de Operações de Nova Iguaçu (Conig).

Em Petrópolis, Aleixo buscou informações sobre o funcionamento do Ciop na parte administrativa, como a questão das escalas de agentes, como funciona a parte de solicitação de imagens e quais as orientações feitas para os operadores, e também na parte técnica, como a questão da identificação de veículos roubados, o reconhecimento facial e os filtros de busca por imagens, que é utilizado para facilitar as investigações.

“O objetivo aqui é conhecer o que é feito de melhor para que a gente possa repetir e evitar erros”, disse Aleixo. De acordo com ele, o monitoramento foi iniciado em Nova Iguaçu em 2016, mas foi interrompido seis meses depois. O trabalho foi retomado no último mês de abril, porém, por causa da chuva, nem todas as câmeras estão funcionando. Ele trabalha para que 76 possam estar em operação plena o mais rápido possível.

O Ciop tem 56 câmeras e serão instaladas mais 24 em outros pontos da cidade. A localização de cada uma delas foi decidida em conjunto com a Polícia Civil e com a Polícia Militar e as imagens ainda são usadas também pela CPTrans e a Defesa Civil.

A última reunião deste ano do Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente aconteceu nesta segunda-feira (15.12), na Casa dos Conselhos, com a participação das crianças da Ong Sal para Terra. O grupo dos jovens abriu o encontro com uma apresentação do coral com repertório natalino. O evento contou também com a presença do promotor da 2ª Promotoria da Justiça da Infância e da Juventude de Petrópolis, Odilon Lisboa Medeiros.

Durante a reunião foram aprovadas a convocação da sociedade civil para o processo eleitoral para novos conselheiros do CMDCA, que acontece no próximo ano, e o registro no conselho da Instituição Caminho da Roça, em Secretário.

“Quero parabenizar todas as instituições do CMDCA, pois sem o trabalho delas não tem como manter as crianças no melhor caminho, com oportunidades. Precisamos sempre tentar fazer o melhor, perseverando para conseguir. Este conselho é o mais atuante que eu já vi em toda minha experiência”, destacou o promotor da 2ª Promotoria da Justiça da Infância e da Juventude de Petrópolis, Odilon Lisboa Medeiros.

“Hoje recebemos a apresentação das crianças, o que representa todo o nosso trabalho durante o ano. Conseguir ajudar os projetos que logo melhoram a vida das nossas crianças. Encerramos com muitos agradecimentos”, completou o Vice-Presidente do CMDCA, Jose Claudio de Souza Junior.

Nas próximas semanas, Grupamento de Operações com Cães, veterinários e outros parceiros vão divulgar dicas de como preparar os cães para a hora da queima de fogos

Todo fim de ano traz a mesma preocupação para quem cuida de animais: os fogos de artifício. O barulho produzido pelos explosivos pode causar medo dos bichinhos e trazer consequências graves, como a tentativa de fuga, agressividade e até mesmo a morte deles. Por isso, a partir desse domingo (15.12), o Grupamento de Operações com Cães da Guarda Civil, junto com protetores, veterinários e ONGs ligadas à causa animal lança o projeto “Como proteger seu animal do barulho de fogos”, com dicas sobre treinamentos, medicamentos e outras ações para minimizar o pânico que eles sofrem.

O projeto vai contar com pelo menos quatro vídeos que serão divulgados ao longo do mês. O primeiro está sendo disponibilizado neste domingo com a veterinária Priscila Viveiros Mesiano falando sobre medicamentos que podem ser usados, de acordo orientação médica, para acalmar os bichos.

Os próximos vão tratar de dessensibilização sistemática – treinamento para que os animais possam se acostumar com o barulho –, com o coordenador técnico do Grupamento de Operações com Cães, Leandro Lopes; legislação específica sobre o tema, com o coordenador operacional do canil da Guarda, Vinicius Silva; e como agir em caso de fobias e fugas, com o protetor Domingos Galantes.

“Todos esses assuntos estão em vídeo que vamos disponibilizar nas páginas do canil no Facebook e no Instagram e também vamos divulgar essas dicas direto com a população, já neste domingo na Cãominhada Natalina, e também nas edições da cinoterapia de rua”, conta o coordenador técnico do canil da Guarda, Leandro Lopes.

A Cãominhada Natalina vai acontecer na Rua 16 de Março, às 10h. A cinoterapia de rua está programada esta semana para terça-feira (17.12), no Calçadão do Cenip. Todos os vídeos poderão ser assistidos no Facebook (Grupamento de Operações Com Cães GCM Petrópolis) e no Instagram (Cães GCM Petrópolis).

O Grupamento de Operações com Cães da Guarda Civil existe há mais de dois anos e meio com 10 cães, sendo usados para o trabalho de proteção e contenção de confusões e brigas, detecção de drogas, armas e explosivos, resgate em escombros, além de cinoterapia. O canil fica na sede da Guarda e é cuidado por 11 agentes.

Audição sensível

A audição de um cão, por exemplo, é mais desenvolvida do que a de um ser humano. O pet consegue ouvir o mesmo barulho a uma distância quatro vezes maior e capta sons em mais frequências do que a capacidade humana. Por isso, o barulho de fogos de artifício pode levar o animal a produzir mais hormônios ligados ao estresse.

No fim de novembro, uma cadela da Polícia Federal do Espírito Santo sofreu uma parada cardíaca e morreu por causa de fogos de artifício usados na comemoração da vitória do Flamengo na Libertadores. Esse caso mostra como a questão dos fogos pode ser grave.

Por isso, o Grupo de Operações com a Cães reuniu os demais parceiros para alinhar essas ações que começam a ser divulgadas esta semana.

“O ideal seria, na noite de fogos, preparar um ambiente seguro para os cães e para os gatos ficarem abrigados longe de perigo e coisas que eles possam se cortar, como copos de vidro, por exemplo. Se possível, um local longe do barulho, colocar cobertores em janelas e portas. Verificar se não há nada que possa ocasionar um acidente, que são muito comuns, assim como também é comum acontecer fugas”, fala a veterinária Priscila Viveiros Mesiano, que está no primeiro vídeo do projeto “Como proteger seu animal do barulho de fogos”.

Uma forma de tentar acostumar cães, gatos e outros animais com o barulho de fogos é realizar treinamentos simples, que podem ser feitos através de brincadeiras como fazer o animal estourar bexigas, ou mesmo colocando sons em aplicativos de vídeos e músicas perto deles.

Mais uma recomendação é colocar uma identificação na coleira do animal, para que seja possível fazer o resgate e devolvê-lo ao dono em caso de fuga.

Aulas são gratuitas na EM Monsenhor João de Deus Rodrigues, CEI Aldeia da Criança e Igreja Metodista

Já são 21 CIDs em funcionamento no município. Neste mês, mais três espaços passaram a oferecer aulas gratuitas para alunos da rede municipal e também comunidade: os laboratórios ficam na EM Monsenhor João de Deus Rodrigues, em Pedro do Rio, no CEI Aldeia da Criança, no Contorno e na Igreja Metodista, no Caxambu.

Na EM Monsenhor João de Deus Rodrigues, 200 alunos já estão participando das aulas de informática básica, nas quartas e sextas. No CEI Aldeia da Criança, nove jovens estão participando do curso, às segundas e sextas.

São mais de 800 crianças, jovens e adultos participando de aulas gratuitas nos CIDs. Esses equipamentos são referência na inclusão digital nas comunidades. Importante que as pessoas se inscrevam e aproveitem essa oportunidade.

As inscrições podem ser feitas nas unidades e também no CERT - Centro de Referência e Excelência Tecnológica - (24) 2249-5900.

“Os alunos estão animados e a equipe da escola também. Os moradores da comunidade também podem se inscrever para as aulas que são dinâmicas”, explicou o diretor da EM Monsenhor João de Deus Rodrigues, Ney Marcos de Paula Júnior. Duzentos alunos da escola já estão participando das aulas no Cid, que ocorrem às quartas e sextas, das 13h às 21h.

No Caxambu, as aulas ocorrem na Igreja Metodista do bairro, nos sábados, na parte da manhã. Com mais esses três espaços em funcionamento, o número de CIDs chegou a 21. As máquinas passam por revisão e acompanhamento do Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. “Principalmente para quem busca uma recolocação no mercado de trabalho é importante atualizar os conhecimentos e o CID tem essa proposta, com aulas dinâmicas de acordo com a idade. Muitas pessoas que estão na terceira idade tem procurado as aulas”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

Vale salientar que, além das aulas ofertadas no CID, no CERT, há vagas para aulas de educação financeira e montagem de microcomputadores. “A atualização dos conhecimentos é necessária para quem busca uma recolocação no mercado de trabalho por isso os conteúdos das aulas são de fácil entendimento e também ficamos a disposição para auxiliar”, explica Leonardo Sindorf, responsável pelos CIDs.

Confira os locais onde são ofertadas aulas nos CIDs:

  • Associação Moradores do São Sebastião - R. Álvaro Machado, 109
  • CERT - Rua Bingen, n° 520
  • COMAC - R. Um, 88 - Morin
  • Casa da Cidadania (Centro) - Rua Visconde de Souza Franco, 474
  • Casa da Cidadania Desembargador Jorge Loretti (Itaipava) - Estrada da União e Indústria, nº 18060
  • Centro Educacional Terra Santa - Rua Monsenhor Bacelar, nº 590, Centro
  • Centro Cultural Pedro do Rio - Rua Capitão José Leal, s/n (Antiga Estação), Pedro do Rio
  • Escola Santo Antonio (Cuiabá) - Estr. Min. Salgado Filho, 4839
  • Igreja Metodista do Quitandinha - R. Gen. Rondon, 1377 - Quitandinha
  • Telecentro CEU Corta Rio (posse) - Estrada União e Indústria s/ nº. Posse
  • Terceira Igreja Batista de Petrópolis - Rua Quissamã, n° 1737 – 3ª Igreja Batista
  • Projeto Grão em Grão (Nogueira) - Avenida Leopoldina, nº 590 – Nogueira
  • Jardim Salvador - Rua Ary Nogueira, nº 86
  • Comdep - R. Gen. Rondon, 400 - Quitandinha
  • Escola Municipal Governador Marcello Alencar - Av. Amaral Peixoto, s/n - Quitandinha
  • Instituto Caminho da Roça (Secretário) – Praça da Feira, nº 11
  • Igreja Metodista do Floresta - Rua Dr João Glass Veiga  n° 03
  • Capela Nossa Senhora da Graça (Corrêas) - Rua Vigário Corrêa, nº 195
  • EM Monsenhor João de Deus Rodrigues - Rua Dr. Barros Franco, s/nº, em Pedro do Rio
  • Aldeia da Criança (contorno) – Estrada do Contorno
  • Igreja Metodista do Caxambu - Rua Peixoto da Costa, nº 567

Em breve:

  • Associação de Moradores Alto da Derrubada (Fazenda Inglesa)
  • Paróquia Santa Trindade (Valparaíso)

O Restaurante Popular Regina de Lourdes Vieira terá cardápios especiais neste fim de ano e até o Papai Noel já confirmou presença. O serviço é mantido em Petrópolis pela prefeitura por meio da Secretaria de Assistência Social. Diariamente, são oferecidos no local 1 mil almoços ao preço de R$ 1, além de 500 cafés da manhã e lanches da tarde por R$ 0,50.

O almoço especial de Natal será servido no dia 20 de dezembro, com a presença do Papai Noel.  Neste dia, o cardápio contará com pernil ao vinho, frango crocante, farofa doce e Rabanada. No mesmo dia, das 17h às 19h, o espaço também receberá o Baile dos Idosos.

Já no dia 27 de dezembro, o restaurante oferecerá o almoço de Ano Novo. Filé de peixe ao molho de limão, filé de frango ao molho especial, batata duquese e pudim de coco com calda de ameixa para a sobremesa prometem agradar.

O cardápio oferecido durante todo o ano tem a supervisão de nutricionista e é elaborado a partir de critérios de qualidade e de valor nutricional. O almoço é a refeição mais procurada no restaurante, chegando a 1 mil por dia. Para o café da manhã e o lanche da tarde, o restaurante chega a receber até 500 pessoas em cada turno.

Por meio do Restaurante Popular, a Secretaria de Assistência Social também oferece almoço à população em situação de rua. As pessoas cadastradas no Centro POP ganham tickets para se alimentarem no local gratuitamente.

O Restaurante Popular Regina de Lurdes Vieira funciona de segunda a sexta-feira, no Terminal Rodoviário Imperatriz Leopoldina, no Centro. O café da manhã é servido de 8h às 9h30; almoço a partir das 10h30, até esgotarem as mil refeições, e os 500 lanches da tarde são servidos das 15h30 às 16h30.

Contribuintes tem até dia 20 para formalizar os acordos com a prefeitura

Contribuintes que têm débitos de IPTU, ISS e taxa municipais e quiserem aproveitar os descontos do programa de regularização tributária Fique em Dia, têm apenas esta semana para comparecer ao setor de dívida ativa da prefeitura e formalizar os acordos com a prefeitura. O prazo, estabelecido por Lei, termina na sexta-feira (20.12) e não será prorrogado pelo município. O programa permite a isenção total de juros e multas sobre débitos vencidos até dezembro de 2018, nos casos de pagamento à vista, além de possibilidades de descontos de juros e multas entre 80% e 50% nos casos de parcelamentos entre quatro e 12 vezes.

Desde o início da campanha, no dia 2 de setembro, 15.307 atendimentos foram realizados e 11.241 contribuintes formalizaram acordos. Somados, os parcelamentos totalizam R$ 46.9 milhões - R$ 12,9 milhões, referentes à pagamentos à vista já foram recuperados aos cofres do município.

A legislação prevê redução de juros em diferentes escalas para parcelamentos entre quatro e 12 meses, ou ainda a possibilidade de parcelamento do débito em até 48 meses – 4 anos. Quem parcela o débito em até quatro vezes garante redução de 80% de juros e multas; já aquelas divididas parceladas em seis vezes têm 70% de desconto; em oito vezes, a redução é de 60%, e em 12 meses o desconto é 50% de juros e multas. Em todos os casos é aplicada a atualização monetária sobre o débito originário, e os acordos devem ter parcelas mínimas de R$ 50, para pessoas físicas e R$ 100, para pessoas jurídicas.

 Para formalizar a negociação o contribuinte deve se dirigir ao setor de dívida ativa – prédio anexo à prefeitura, na Av. Koeler, 260 – Centro. O atendimento no local é feito por oito atendentes, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.

 Um levantamento feito pela Procuradoria Geral do Município apontou que havia no município 25 mil imóveis com débitos de IPTU e 3.858 empresas com pendências de ISS.  O levantamento apontou ainda que somados os débitos, o município deixou de arrecadar R$ 660 milhões em tributos. Deste total, R$ 398 milhões são referentes a processos acumulados entre os anos de 2008 e 2017 e já ajuizados em cartório para execução fiscal.

Com a abertura na noite desta sexta-feira (13.12), o Natal do Sesc-RJ agora é, oficialmente, mais uma opção em Petrópolis para celebrar uma das datas mais festejadas em todo o mundo. Além do Natal Imperial, que conta com decoração e programação cultural por toda a cidade, o evento promovido pelo Sesc, Senac e Fecomércio RJ vem ao encontro da programação montada pela prefeitura neste fim de ano. Com o tema “Natal é a Gente que Faz”, o evento traz exposições, shows, teatro, dança, literatura, entre outras atrações, a maioria gratuita.

Embora as atividades estejam acontecendo desde a primeira semana de dezembro, a abertura oficial foi realizada nesta sexta com o concerto da Orquestra Maré do Amanhã, além da iluminação com o vídeo mapping que transformou a fachada do Palácio Quitandinha em uma grande tela de contemplação, com cores e sons. O destaque da noite ficou por conta da tradicional árvore de Natal no lago, com 12 metros de altura. Dela saem cheiros e sons.

Este ano, a programação e identidade visual do evento tiveram como inspiração o poema “Eu sei, mas não devia”, da escritora Marina Colasanti. “O objetivo é trazer a reflexão sobre os verdadeiros valores que devem ser cultuados nessa época. Nós estamos dentro do calendário que acontece na cidade e também integra a programação de festividades de Natal”, destaca o gerente do Sesc Quitandinha, Anderson Bravo.

A árvore de Natal do Sesc está entre os pontos altos da decoração. Uma criação do Estúdio Sauá e da artista Tânia Sarquis, a cenografia consiste em uma grande instalação em forma cônica em estrutura metálica, estilizada, adereçadas com lanternas triangulares com algumas faces espelhadas e cores metalizadas. Sua base é composta com folhas de acetato também espelhado para refletir os passantes. E em seu miolo formas geométricas de acetato espelhados coloridos como cortinas de contas com variação de cores em dégradé culminando no centro o vermelho. Da árvore saem guirlandas com luzes de filamento se expandindo de forma radial como a estrutura de um circo. No entorno caixas de luz iluminadas, seguindo as guirlandas. Destes pontos também saem cheiros e sons. A árvore está aberta à visitação até 05 de janeiro de 2020, de terça a domingo, das 9h às 22h, exceto 24,25,31/12/19 e 01/01/20.

Toda a programação está disponível no site: http://www.natalsesc.com.br/. Já a programação do Natal Imperial pode ser acessada no: http://www.petropolis.rj.gov.br/natalimperial/.

Segunda, 16 Dezembro 2019 13:55

Prefeito anuncia a liberação dos triênios

Progressão funcional beneficia servidores de toda a prefeitura

Após cinco anos de congelamento, os triênios serão liberados pelo poder público. O anúncio foi feito pelo prefeito em uma reunião com representantes do Sisep, Sepe e de secretários municipais, nesta sexta-feira (13.12), na prefeitura. A progressão, que é um direito dos servidores e garante um ganho real nos salários, será autorizado por blocos e os primeiros beneficiados já receberão no final de dezembro.

O triênio é o adicional por tempo de serviço que prevê à razão de 5% (cinco por cento) a cada 3 (três) anos de serviço público efetivo prestado, ao município, estado e união no que se refere à administração direta, às autarquias e às fundações públicas, incidente exclusivamente sobre o vencimento básico do cargo efetivo, conforme prevê o artigo 110 da Lei 6.946/2012.

O prefeito lembrou, ainda, de outros enquadramentos que foram liberados pelo poder público, como o por tempo de serviço e por formação, da educação, além do pagamento de gratificação para auxiliares de serviços gerais – que garante um adicional de 20% nos salários, também para os profissionais que atuam na rede municipal de Educação, nessa função.

Quinquênios e enquadramentos por formação também estavam congelados. Mais de 3.500 servidores já tiveram esses enquadramentos liberados, o que pode garantir, dependendo do caso, aumento real entre 10% e 35% nos salários. Mas, além disso, a prefeitura garantiu o adicional para os auxiliares de serviços gerais, vem liberando licenças prêmios e realizando o pagamento de férias, ou seja, o compromisso com o servidor está sendo cumprido. 

Na ocasião, a representante do Sepe, Rose da Silveira, salientou a importância da liberação dos triênios. “É um marco esse anuncio porque outras gestões deixaram acumular o triênio que é um direito do servidor. Fico feliz pelo empenho. A liberação dos enquadramentos fez diferença para os servidores da educação nesse ano e, agora, ficamos satisfeitos com mais essa notícia”.

Oswaldo Magalhães, presidente do Sisep, destacou o fato da liberação ocorrer devido a um planejamento administrativo. “Muitas vezes temos que recorrer à justiça para valer o direito e quando o poder público assume um compromisso e cumpre é sempre importante para a valorização da categoria”.

Petrópolis acaba de receber 14 novos ônibus para operar em linhas da Petro Ita e Cascatinha. Serão oito e seis veículos que irão compor a operação dessas empresas, respectivamente. A apresentação foi realizada nesta sexta-feira (13.12) para o prefeito, no Quitandinha. Todos os ônibus são zero quilômetro e, sendo que os micros têm capacidade para receber até 18 pessoas sentadas e os micrões, até 25. No último mês, a Cidade das Hortênsias também recebeu dois novos veículos e, em julho, foi a Turb que reforçou a sua frota com dez novos ônibus.

O investimento feito pela Petro Ita totaliza R$ 2,4 milhões. A empresa adquiriu seis micro-ônibus e outros dois micrões. Os veículos maiores já começam a rodar neste sábado (14.12), nas linhas Honduras e Praça Cátulo. Os demais veículos estão sendo equipados para estarem nas ruas já na próxima semana. São seis, que irão atender as linhas 464 – Nelson Roncoroni, 445 – Osvero Vilaça, 206 – Valparaíso, 460 – Aldo Tamancoldi, 462 – Alto Pedro Ivo e 444 Rua Nova.

Já a Cascatinha investiu R$ 1,7 milhão em cinco micros e um micrão – este último já habilitado para estar nas ruas a partir deste sábado atendendo a linha do Fragoso. Os cinco micros começam a rodar a partir da próxima semana, sendo dois atendendo a linha 525 Comunidade do Neylor, dois a 523 Alto Boa Vista e um 521 Monte Florido. Esses veículos estão sendo equipado com câmeras de segurança, sistema de biometria facial, entre outros recursos.

O diretor das empresas, o empresário Izidro Ricardo Rocha, destaca o comprometimento para melhorar a qualidade do serviço ao usuário. “Estamos investindo no que há de melhor e mais moderno quando falamos de ônibus. São veículos que vão atender a demandas dos moradores de maneira mais eficiente, em um investimento total de R$ 4,1 milhões por parte da empresa”, explica.

Cidades das Hortênsias também adquiriu novos em 2019

No fim do mês passado a empresa Cidade das Hortênsias colocou nas ruas dois novos ônibus zero quilometro. Os veículos, do modelo micrão, atendem as linhas 315 – Nova Cascatinha e 309 – Humberto Rovigatti. Ambos têm capacidade para 22 passageiros sentados, piso antiderrapante, letreiros digitais, iluminação interna e externa em led, elevador e até mesmo entrada USB para carregamento de smartphones.

“A configuração desse carro foi totalmente pensada para as duas localidades que estão sendo direcionadas, através de um projeto de engenharia específico, onde foram avaliadas as condições viárias e a topografia dos bairros”, destacou o diretor da empresa Gian Salvini.

Turb fez a aquisição de 10 novos veículos

A Turb também adquiriu 10 novos ônibus este ano. Veículos que começaram a rodar em julho atendendo as linhas alimentadoras.  Um investimento de R$ 3,5 milhões da empresa Turb no transporte público de Petrópolis. Nos últimos dois anos, a empresa fez um investimento que renovou 28% da frota – total de R$ 11 milhões investidos.

 “Com isso aumentamos a efetividade do nosso serviço. Estamos sempre buscando tecnologias melhores, carros mais modernos e avaliando a necessidade de substituição dos carros para que o usuário tenha sempre à disposição o melhor serviço possível”, explicou o diretor da empresa à ocasião, Jean Moraes.

De sexta a domingo, durante o Natal Imperial, a CPTrans vai intensificar a sinalização para o estacionamento de ônibus de turismo na Barão do Rio Branco, sentido bairro. A medida ocorre em atendimento ao grande número de veículos que chegam diariamente na cidade para curtir as atrações de uma das maiores festas de Petrópolis. Para se ter uma ideia, desde que o evento começou, no último dia 14 de novembro, mais de 2 mil ônibus e vans já estiveram na cidade, sendo o recorde no último sábado (07.12), quando 215 ônibus chegaram no município.

Cidade cheia é sinônimo de economia girando e comércio agitado. A expectativa é superar os R$ 300 milhões que circularam na cidade em 2018. E, para atendimento à demanda do público, que nesta edição promete bater recorde de 450 mil pessoas do ano passado, a companhia está reforçando a sinalização no trecho da Barão do Rio Branco para atendimento aos ônibus de turismo. É que os espaços destinados a estes veículos, como o Quitandinha e Bingen, por exemplo, lotam aos fins de semana já nas primeiras horas da manhã e, por isso, há necessidade de ampliação da área de estacionamento.

A meta da prefeitura é evitar acidentes. Apesar das alterações, no entanto, o governo municipal também está atento aos petropolitanos, garantindo o Circuito de Lazer aos domingos até às 12h. A utilização da Barão do Rio Branco para estacionamento de veículos será apenas durante os fins de semana de Natal Imperial e, exclusivamente, nos dias em que os espaços destinados a estes veículos não comportarem o volume de ônibus e vans que chegam à cidade. É necessário ter paciência porque a chegada de turista é essencial para alavancar a economia do município. Principalmente para aqueles que utilizam a ciclofaixa, o município reforça o pedido de paciência e de compreensão, já que é apenas por um curto período.

Desfile é criado e produzido por artistas petropolitanos

Já virou tradição: nos domingos de dezembro que antecedem o Natal, os carros dão lugar a um mundo mágico, cheio de personagens encantados que invadem a Rua do Imperador, em pleno Centro Histórico, para contar a história de uma das festas mais celebradas em todo o mundo. E neste fim de semana não vai ser diferente. A Parada Iluminada, a maior atração do Natal Imperial, retorna neste domingo (15.12) com mais de 250 desfilantes entre crianças, adultos e artistas – todos de Petrópolis, a partir de 19h. Assim como os desfilantes, toda a criação e a produção do desfile são locais, inclusive os materiais utilizados. 

É um espetáculo a céu aberto, que em seu primeiro desfile de 2019 (no dia 08) contou com um público de mais de 15 mil pessoas, muitas emocionadas com a alegria e o clima de Natal que contagiou a principal rua do Centro. Além dos moradores, o evento atrai ainda visitantes vindos de diversas cidades do país – no último, 115 ônibus de turismo entraram na cidade. A Parada Iluminada é um dos pontos altos da festa.

“Isso é algo que nos orgulha muito, que mostra como Petrópolis tem gente boa”, completa Arthur Varella, responsável pelo desfile e criação da Parada Iluminada.

A partir da altura do Colégio Pedro II até a saída da Rua Alencar Lima, a Rua do Imperador se transforma em palco para papais e mamães noéis, fadas, duendes, árvores de Natal, presépio vivo, e uma série de personagens interpretados por artistas e moradores de Petrópolis. “É um evento que engloba os artistas, mas também as comunidades. As pessoas vêm por vontade própria, porque gostam, e não perdem um ano sequer. Desfilam animadas, levantando o público”, frisa Dafne Souza, cujo atelier é responsável pela produção das fantasias.

Além dos 250 desfilantes, mais 30 pessoas estão envolvidas na produção do desfile no dia do evento, sem contar o pessoal que trabalhou na construção dos carros alegóricos, das fantasias e de cada detalhe que é exibido na Rua do Imperador. “São pintores, marceneiros, que trabalharam no barracão, além de figurinista, costureiras, artesãos, estúdios de dança que fizeram as coreografias, os responsáveis pela a iluminação, pelo som, ou seja, é um trabalho enorme por trás de todo esse espetáculo”, acrescenta Arthur.

Da anunciação à Papai Noel

Este ano, a Parada Iluminada conta com quatro setores. No primeiro, que nesta edição está com um novo carro alegórico, o desfile narra a “Anunciação”, simbolizando o anjo Gabriel anunciando a chegada do menino Jesus. O setor conta com anjos, pastores, estrelas e presépio vivo. É a parte religiosa da atração; o segundo apresenta todo o simbolismo natalino, mostrando que a data virou mais do que uma celebração religiosa, com uma grande festa com presentes, confeiteiras, soldadinhos, bonecas, a ala nova das árvores de Natal, entre outros. Já a terceira traz o mundo mágico de Natal, com duendes, fadas e gnomos. E, por último, Papai Noel encerra o desfile em seu tradicional trenzinho, fazendo a alegria da criançada.

Os desfiles de Natal foram retomados na atual administração, em 2017, totalmente renovados, se transformando na Parada Iluminada. Para a edição de 2019, foram recuperadas 180 fantasias e criadas 40 novas. Este ano, 80% das fantasias estão iluminadas com lâmpadas LED para tornar o clima de magia ainda mais presente nas noites de domingo.

Shoppings e o comércio de Itaipava entraram no clima do Natal Imperial com decoração e uma programação especial para os distritos e, neste sábado (14.12), a região vai ganhar um toque a mais de magia com o “Desfile de Velas São Nicolau”. São cerca de 160 crianças que vão transformar um trecho da Estrada União e Indústria em passarela para contar a história de São Nicolau, um bispo que virou santo e deu origem à figura do Papai Noel, a partir de 20h. No mesmo dia também tem programação no CEU da Posse, com contação de história e teatro para as crianças.

O destaque do sábado fica por conta do desfile. Com velas nas mãos, os pequenos saem da altura do Shopping Estação Itaipava, às 20h, no sentido Centro, e percorrem a rua até o Parque Municipal. A concentração será a partir de 18h30. O evento vai contar com o apoio da CPTrans para orientar os motoristas durante a atração. Crianças da Associação Filantrópica de Petrópolis (Afipe) e também de escolas municipais da região participam do desfile.

O desfile é uma parceria entre a prefeitura e o Petrópolis Convention & Visitors Bureau.

No CEU da Posse, o público infantil ainda vai poder contar com atrações como a Contação de Histórias “Desbravando Natais” – Grupo Quinta Sete, às 11h, e  Teatro: “Contos de Natal “ – Coletivo Foco de Teatro, às 16h. A programação é gratuita.

Os novos membros do Conselho Tutelar e suplentes participaram de um treinamento ministrado por autoridades jurídicas e especialistas envolvidos na área nesta sexta-feira (13.12), na Casa dos Conselhos. A menos de um mês para serem empossados, os eleitos acompanharam palestras que destacaram a importância e a responsabilidade da vaga de Conselheiro. A ação é uma realização do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), com acompanhamento do Ministério Público (MP).

A primeira palestra foi ministrada pelo promotor da 2ª Promotoria da Justiça da Infância e da Juventude de Petrópolis, Odilon Lisboa Medeiros, que falou sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), além de alertar sobre a responsabilidade, postura e comportamento de um conselheiro durante as ações em prol das crianças.

“Este encontro será com as instruções básicas para debatermos aqui, trocarmos ideias e que todos saíam instruídos. Quero lembrar e o ECA não é de fácil entendimento, mas as ações do conselheiro partem dele”, frisou o promotor Odilon Lisboa Medeiros. “Temos uma rede de proteção excelente e um CMDCA atuante e bem aparelhado, vale aqui os meus parabéns pelos eleitos, pois foi uma eleição muito tranquila e eu estarei sempre à disposição para quem tiver alguma dificuldade”, completou.

O grupo com os 10 titulares e 10 suplentes também puderam se conscientizar ainda mais sobre suas novas funções já no mês de janeiro, com as orientações do Juiz da Vara e da Infância e do Adolescente, Alexandre Teixeira de Souza. “A primeira função de um conselheiro é gostar de gente e de trabalhar. É preciso ter sensibilidade para descrever e documentar os fatos de modo real para que as atividades legais sejam executadas de forma eficiente”, contou.

Durante o encontro, todos os envolvidos com proteção da criança e do adolescente explanaram sobre o compromisso, os desafios do dia-a-dia, o trabalho e deveres de um conselheiro. “Ninguém procura um conselheiro se não tiver um problema sério, por isso este primeiro atendimento precisa ter credibilidade e segurança para essa possível vítima. Estaremos sempre acompanhando todos os passos dos conselheiros para que suas reais atribuições sejam cumpridas”, disse o promotor da 1ª Promotoria da Justiça da Infância e da Juventude de Petrópolis, Vicente de Paula Mauro Junior.

“Estamos hoje aprimorando os reeleitos e orientando os novos conselheiros. Esperamos que todos tenham aproveitado o dia com todas as instruções de autoridades e toda a rede que trabalha em prol das crianças”, completou o Vice-Presidente do CMDCA, Jose Claudio de Souza Junior.

O Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, seguindo as atribuições previstas nos artigos do estatuto da Criança e do Adolescente.

Com o objetivo de ampliar as ações e garantir as oportunidades e direitos entre homens e mulheres, de forma a assegurar à população feminina seu exercício de cidadania, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (COMDIM), encaminhou para o executivo um novo projeto de Lei criando o Fundo Municipal dos Direitos da Mulher (FUMDIM). A proposta também visa assegurar a participação de pessoas físicas no corpo do Conselho.

Caso a Lei seja aprovada, o conselho poderá ampliar sua atuação no direito da mulher em toda a cidade. A iniciativa proporcionará ações nas comunidades, auxilio às entidades ligadas ao segmento, ampliação de programas de capacitação e a inserção no mercado de trabalho de vítimas atendidas pelo CRAM, além da criação e manutenção de uma Casa Abrigo no município.

Outra implementação disposta no projeto é a participação de pessoa física no Conselho, ou seja, não precisa estar ligado a nenhuma entidade, basta ter o CPF para participar das vagas. Também será criada a vaga representantes de Entidades de Classes. O número de conselheiros também dobrou, serão 16 membros da sociedade civil e 16 do poder público. A proposta prevê também que as eleições para presidente do COMDIM aconteçam de 4 em 4 anos assim como a acontecem as Conferências Estadual e Nacional.

A aprovação do documento irá fortalecer as ações do COMDIM, garantindo qualidade no atendimento, além de novas políticas públicas de promoção e Defesa dos Direitos da Mulher por todo município.

Cerca de 150 funcionários da Secretaria de Assistência Social passaram por treinamento para atendimento à população em casos de ocorrências de desastres naturais. Foram três dias de capacitação das equipes que atuarão diretamente nos casos de calamidades.

 O treinamento foi realizado pela Secretaria de Assistência Social no auditório do Centro de Moda da Rua Teresa. Em casos de desastres naturais, as equipes estão preparadas para realizar tanto o atendimento residencial como em alojamentos provisórios, realizando o cadastramento da população atendida, promovendo a inserção das vítimas de calamidades na rede socioassistencial e possibilitando o acesso, quando necessário, aos benefícios sociais ofertados nestes tipos de situações.

“O treinamento tem como principal objetivo promover um atendimento rápido, humanizado e eficaz à população. Os funcionários receberam instruções sobre como agir em situações de desastre. Estamos entrando em um período de fortes chuvas e precisamos de uma equipe integrada e preparada para enfrentar situações adversas”, comentou o diretor de Proteção Social Básica, Rodrigo Lopes.

O treinamento foi ministrado pelos próprios técnicos da secretaria com experiência em situação de calamidade. A capacitação contou ainda com simulados de atendimento, de organização da equipe, afim de ter conhecimento sobre como agir em situações extremas.

O prefeito decretou luto oficial de um dia pelo falecimento de Dona Nilce Caminada Sabrá, ex-primeira dama do município. Ele recebeu, com pesar, a notícia, tratando de perda inestimável à família e ao município por seus preciosos trabalhos dedicados à comunidade petropolitana. Assim, o prefeito expressa seus sentimentos, prestando condolências à família e rogando que Deus conforte amigos e parentes.

Competição será disputada por sete equipes no próximo domingo

Sete equipes estão divididas em dois grupos na disputa da III Copa Imperial de futsal feminino, que acontece no domingo (15.12) no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis, no bairro Caxambu. Na chave A, estão o Coronel Veiga, Cruzeirinho do Sul, Comac e As Pequenas. Na B, disputam o Serrano, Caxambu e o JSFC. Os jogos começam às 8h e acontecem até às 16h, quando está prevista a disputa da final. A expectativa é que 80 atletas participem do torneio.

Segundo o regulamento da Copa – discutido no congresso técnico realizado na última quarta (11) – cada time pode inscrever o número máximo de 12 jogadoras acima de 16 anos, mas será exigida uma autorização assinada pelos responsáveis para as meninas menores de idade. Os finalistas da III Copa Imperial de futsal feminino recebem medalhas e troféu de premiação.

Desde 2017, o governo municipal promoveu outros dois torneios de futsal e um de futebol society para as equipes femininas. Outras competições femininas estão previstas no calendário esportivo municipal em 2020.

Outra novidade implementada pela atual gestão neste sentido foi o futebol de campo das meninas nos jogos estudantis no primeiro ano da gestão. Desde então, as escolas também estão se mobilizando para formar equipes. Neste caminho, a prefeitura também quer incentivar os clubes da cidade a montarem times femininos.

Serão plantadas 1.600 mudas em um terreno no Vale do Cuiabá

O plantio coletivo de 1.600 mudas em um espaço de 10 mil metros quadrados. O Desafio Mais Mata Atlântica, promovido pela prefeitura em parceria com o Instituto da Criança, viação Cidade das Hortênsias e o Projeto Água, será realizado neste sábado (14.12), das 9h às 13h, na Estrada Nova Esperança, que fica no Vale do Cuiabá. Participam da ação equipes da Secretaria de Meio Ambiente, Comdep, Associação de Moradores da região e mais 80 voluntários.

Com mais essa iniciativa, o governo municipal vai conseguir ultrapassar a marca de dez mil novas árvores plantadas em três anos de gestão. Grande parte desse número envolveu os alunos da rede municipal. Em parceria com o projeto Água, são 3.400 mudas colocadas com a participação dos estudantes. Anderson Campos, responsável pelo setor de educação ambiental, destacou os números positivos desde 2017.

"Também já fizemos a doação de mudas para associações de moradores que fazem o reflorestamento de áreas afetadas por queimadas, por exemplo. São 560 plantadas com esse objetivo", disse Anderson. 

O terreno que será reflorestado neste sábado foi usado para abrigar os sobreviventes da tragédia de 2011. A ação está baseada em um plano de recuperação ambiental criado pelo engenheiro florestal Flávio Bandeira, que integra o corpo técnico da Secretaria de Meio Ambiente.

Com o auxílio do Instituto da Criança e dos técnicos pasta, os moradores da região também irão auxiliar na manutenção e acompanhamento do espaço.

O plantio coletivo é mais uma ação do projeto Inteligência Ambiental (IA) do setor de educação ambiental, criado pela Secretaria de Meio Ambiente em 2017 com o objetivo de conscientizar a população da importância da preservação ambiental. Em dois anos, o IA envolveu mais de 3 mil alunos em atividades de educação ambiental variadas, como apresentação de eco filmes informativos, caminhadas ecológicas e palestras.

A 1ª Conferência Extraordinária de Saúde será neste sábado (14.12) no Salão Nobre da Universidade Católica de Petrópolis (Rua Benjamin Constant, 213). O evento está sendo realizado pelo Conselho Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria de Saúde e o tema é “Redimensionar para Avançar e Transformar”. Ainda há vagas disponíveis para quem quiser participar, e as inscrições deverão ser feitas no local até às 8h30.

Gestores públicos, profissionais de saúde da rede pública e rede privada prestadora de serviços, conselheiros e sociedade civil estarão unidos para levantar e discutir propostas sobre a reestruturação do sistema de saúde em Petrópolis. Até quinta-feira (12.12), mais de 220 pessoas já tinham feito suas inscrições por meio do site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

A conferência será iniciada com a apresentação do trabalho realizado pelo Instituto de Medicina Social (IMS) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) através de convênio entre a Secretaria Municipal de Saúde e o Centro de Estudos e Pesquisas em Saúde Coletiva (CEPESC).  Em seguida, a secretária de saúde de Petrópolis apresentará dados atualizados da saúde do município.

A conferência visa discutir o conteúdo que será apresentado, assegurando e reafirmando os princípios e diretrizes do SUS. Os participantes inscritos poderão apresentar propostas que serão discutidas e levadas à votação. A expectativa é que seja criado um pacto em torno de propostas apresentadas e aprovadas e cronograma para a execução.

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Rogério Lima Tosta, o resultado dará corpo a uma resolução do conselho que pretende nortear os planejamentos futuros da gestão de saúde do município, a curto, médio e longo prazos. “O conselho terá a responsabilidade de conduzir este processo ao longo do tempo para que as propostas definidas neste encontro sejam aplicadas”, disse.

A elaboração de propostas para a saúde com a participação de gestores e sociedade civil priorizará ainda as manifestações locais para sua aplicabilidade. “Não é um documento fechado, apenas um norteador que será levado às comunidades para aplicação de acordo com as realidades locais”, explicou.

Defesa Civil capacita agentes comunitários de saúde e de endemias

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias capacitou 300 agentes comunitários de saúde e de endemias sobre o Plano de Emergência Contra Incêndio e Pânico, conforme previsto no Índice de Efetividade de Gestão Municipal (IEGM). As atividades foram divididas em oito turmas e aconteceram na Sala de Cooperação municipal, começando na última segunda-feira (09.12) e terminando ontem, quinta (12).

A Defesa Civil também havia capacitado as equipes gestoras das escolas municipais, em junho e julho, sobre o mesmo tema.

Alunos da Cia Maestro Guerra Peixe encantam na programação do Natal Imperial

A alegria marcou a apresentação dos alunos da Casa da Educação durante a programação do Natal Imperial. Na última quinta-feira (13.12), no Palácio de Cristal, os estudantes tiveram a oportunidade de mostrar tudo o que aprenderam ao longo do ano nas aulas de violão, violino, viola, canto e flauta doce.

Aproximadamente 250 alunos participam das aulas promovidas pela Cia Maestro Guerra Peixe através da parceria com a Casa da Educação Visconde de Mauá.

“Foi um momento especial, podemos acompanhar todo o trabalho desenvolvido pelos professores na Casa da Educação com os nossos alunos. Esperamos em 2020 mais momentos como esse ocorram. Foi uma noite iluminada. É um prazer para a Casa ter essa parceria da Cia Maestro Guerra Peixe”, contou a diretora da Casa, Maria Fernanda Secco.

Alunos do curso de ballet da Casa – 240 também participaram de duas apresentações nessa semana da programação do Natal Imperial, com o espetáculo: “A loja de Brinquedos".

Referência na oferta de aulas no contraturno escolar

Na Casa da Educação são oferecidos os cursos: viola, violino, violão, flauta, desenho, fotografia, coral, banda, capoeira, ballet, judô, karatê, inglês, alemão, jogos matemáticos, letramento, Educação Patrimonial e reforço em matemática. Nesse ano, 850 alunos foram atendidos na Casa da Educação. Além dos cursos no contraturno escolar, a Casa está abrigando uma turma da EJA – Educação de Jovens e Adultos – da 5ª fase. Além da grade curricular da EJA, os alunos têm a oportunidade de participar de oficinas oferecidas na Casa da Educação Visconde de Mauá. As matriculas para os cursos em 2020 ocorrerão em fevereiro.

Notícias por data

« Dezembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo