Serviço nesta segunda-feira (09.12) teve início pelas unidades do condomínio 3

Na reta final para entrega do conjunto habitacional do Vicenzo Rivetti, a prefeitura está intensificando os trabalhos no local: nesta segunda-feira (09.12), o município deslocou uma equipe de 25 funcionários do programa Prefeitura Presente para fazer a limpeza dos 776 apartamentos. O prefeito Bernardo Rossi acompanhou o primeiro dia de serviço, que teve início pelo condomínio 3.

As 776 unidades estão em fase final de construção, restando concluir acabamentos como pintura, troca de vidros quebrados, concluir o acesso de um dos condomínios e fazer a limpeza dos blocos. O município trabalha para fazer a infraestrutura de entorno, como o arruamento e construção da rede de esgoto, para implantar equipamentos comunitários – creche e UBS – e ainda o trabalho na área social de capacitação profissional dos futuros moradores e orientação para gestão dos condomínios. Os apartamentos estão recebendo instalação de hidrômetros e padrões de luz e os trabalhos de Águas do Imperador e Enel estão sendo finalizados no local.

Um dos funcionários contratados para fazer a limpeza dos apartamentos é Robson Luiz, que é um dos beneficiários do conjunto habitacional. Ele ainda não tinha tido a oportunidade de visitar o local durante as obras, mas agora que vai trabalhar, reconheceu estar duplamente emocionado: por estar empregado e próximo de encerrar a espera de quase 18 anos de espera por uma casa. Robson ficou desabrigado em 2002, quando morava no Quitandinha.

“Em 2002 foi só tristeza. Perdi pessoas que eu considerava da família. De lá pra cá, eu só tive não na vida. Mas hoje, graça a Deus, estou nesse caminho para receber minha casa. Estou muito feliz porque isso está acontecendo. Entrar aqui, além de eu trabalhar nessas casas, sendo que uma delas vai ser minha, para mim está sendo fundamental. Estou muito emocionado”, afirmou o futuro morador.

O trabalho de limpeza dos apartamentos está sendo feito dentro do programa Prefeitura Presente, que busca intensificar os serviços já realizados normalmente nos bairros e comunidades do município, como manutenção viária, capina e remoção de entulho, iluminação pública e pintura de sinalização de ruas.

As atrações e toda a decoração do Natal Imperial têm atraído cada vez mais visitantes para Petrópolis. Neste fim de semana, 330 ônibus de turismo entram na cidade entre sábado (07.12) e domingo (09). O número positivo foi sentido também na hotelaria: só no Centro Histórico – onde acontecem as principais atrações -, hotéis e pousadas registraram uma média de 86,1% de ocupação de sexta-feira (06) a domingo. A festa continua até 12 de janeiro com a expectativa de continuar movimentando inclusive restaurantes e comércio com a vinda de turistas.

Os dias sem chuva contribuíram para que os espaços do evento ficassem lotados tanto durante o dia quanto à noite durante todo o fim de semana. Palácio de Cristal – a Casa do Papai Noel, Praça da Liberdade – a Vila Imperial, além da Rua do Imperador durante a Parada Iluminada foram os espaços mais procurados. Principalmente visitantes vindos de cidades próximas, como o Rio de Janeiro, aproveitaram para curtir a festa.

“Estamos achando tudo lindo. Viemos conhecer a cidade e o Natal daqui. Conhecemos muita coisa e assistimos algumas atrações, como um show de balé. Se eu pudesse moraria aqui, é um lugar muito tranquilo”, explicou a dona de casa Sulamita de Lima, que veio em grupo de Campo Grande, no Rio.

O prefeito explica que mais do que movimentar os espaços do evento, a chegada de turistas ajuda a aquecer a economia da cidade como um todo.

Durante todo o fim de semana, não faltaram atrações para todos os gostos. Entre os pontos altos estiveram as recreações infantis, os shows, além da Parada Iluminada, que aconteceu no domingo. Entre sexta-feira e domingo também foi realizado o Natal Cervejeiro, uma feira de produtores de cerveja artesanal na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia). No Quitandinha, o Sesc Rio inaugurou a árvore do Lago, com 12 metros de altura.

Um espetáculo a céu aberto que transformou a Rua do Imperador, em pleno Centro Histórico, em passarela para contar a história de Natal desde o simbolismo religioso até Papai Noel e sua turma. A primeira Parada Iluminada desta edição do Natal Imperial, realizada na noite deste domingo (08.12), levou mais de 15 mil pessoas para assistir uma das principais atrações da festa – criada e produzida por petropolitanos. O desfile, que contou com carros alegóricos, fantasias, música e dança emocionou o público. A Parada Iluminada também acontece nos dois próximos domingos, dias 15 e 22 de dezembro.

Com cerca de 250 desfilantes, entre crianças e adultos, o lado par da Rua do Imperador recebeu animados papais e mamães noéis, fadas, duendes, árvores de Natal, presépio vivo, entre diversos outros personagens que simbolizam a celebração. A atração é um dos pontos altos de todo o evento e ajudou a atrair não só moradores da cidade para a festa, como também milhares de turistas. Só no domingo, 115 ônibus de turismo entraram na cidade, além de diversas vans.

“É um momento muito emocionante do Natal Imperial, principalmente para as crianças. O desfile este ano está ainda mais especial e encantou o público. Tivemos um domingo – assim como todo o fim de semana – lotado na cidade em função da festa. É um dos motivos pelos quais os eventos são muito importantes para a economia do município”, frisa o prefeito Bernardo Rossi.

Com fantasias e carros alegóricos novos, o desfile contou setores como a “Anunciação”, narrando o nascimento do menino Jesus, com anjos, estrelas, fadas e presépio vivo; o “simbolismo natalino”, com confeiteiros, soldadinhos, bonecas, a ala nova das árvores de Natal, e outros elementos desse período do ano; além do “Reino Encantado de Papai Noel” com, claro, a presença do bom velhinho em um trenzinho totalmente renovado, e da presença de seus ajudantes gnomos.

As amigas Marcia Valéria de Souza, professora, e Luzimar Vasconcellos, dona de casa, subiram a Serra para aproveitar o domingo em Petrópolis e disseram ter saído encantadas com a Parada Iluminada e com toda a decoração da cidade. “Eu estou achando maravilhoso. Tudo ótimo, o astral, tudo. Assistimos ao desfile, e estamos desde cedo na cidade. Viemos em um grupo, do Rio de Janeiro”, disse Marcia. “Passamos pelo Palácio de Cristal, pela Praça da Liberdade, Rua do Imperador. Gostamos”, completa Luzimar.

A Parada Iluminada vai contar com mais dois desfiles, que começam às 19h. Durante todo o domingo, o público pôde contar ainda com diversas atrações também na Praça da Liberdade e no Palácio de Cristal, como shows e atividades para as crianças. “O fim de semana foi muito movimentado na cidade e fechamos com chave de ouro com um desfile encantador”, frisa o diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), Marcelo Florencio.

“É importante lembrar que termos o desfile nos domingos à noite é uma forma, também, de atrair turistas para que fiquem mais tempo na cidade. Muitos hóspedes que iriam embora no domingo acabam ficando mais uma diária para aproveitar toda a programação da festa”, explica o secretário da Turispetro, Marcelo Valente.

Empresários petropolitanos participaram nesta segunda-feira (09.12) de uma palestra sobre como investir em projetos sociais utilizando o imposto de renda. O Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (Funcria), que faz parte do Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA), foi o exemplo da reunião, já que é entre os poucos fundos do estado do Rio de Janeiro em que a empresa pode escolher o projeto para realizar a doação do recurso. Esta possibilidade, oferece mais transparência da doação aplicada e o acompanhamento do projeto.

A finalidade é fomentar as doações do Funcria, por meio de doação de parte do Imposto de Renda. Durante a reunião, a equipe da Firjan divulgou também mecanismos para quem quer doar, além de quebrar paradigmas de burocracias da doação, para criar uma cultura social nas empresas locais.

O recurso destinado ao Fundo, apenas deixa de ir à União, e é encaminhado como investimento local para as entidades assistenciais. Pessoas físicas podem destinar até 6% do imposto, e as pessoas jurídicas podem doar 1%, conforme o Artigo 260 do Estatuo da Criança e do Adolescente. O prazo é até o último dia do expediente bancário do mês de dezembro.

“Para a empresa, o rastreamento do recurso doado significa uma transparência e segurança do resultado do projeto e sua aplicabilidade. Hoje as empresas estão mais preocupadas com os impactos de uma doação, com as leis de incentivos. Criou-se uma cultura de mecanismos de responsabilidade social como uma estratégia de força de mercado”, destacou o assessor do Conselho Empresarial de Responsabilidade Social da Firjan, Wagner Ramos.

O doador pode escolher a entidade a ser beneficiada. Do valor total doado, 20% ficam no fundo a fim de serem distribuídos entre outras entidades através de edital. Os 80% serão repassados às entidades indicadas, que deve apresentar um projeto ao CMDCA e aprovado pela Comissão de Orçamento e pela Plenária do Conselho. As instituições indicadas pelos doadores, assim como os participantes de editais, deverão estar registradas e atualizadas no CMDA.

O vice-presidente da Firjan Serrana, Valter Zanacoli Jr., ressalta a importância da contribuição das empresas no desenvolvimento social dos municípios. “Na falta de folego para doação direta, o uso do imposto é uma excelente forma de contribuir para causas que pensam o bem-estar social de crianças, adolescente e idosos, além de projetos direcionados ao esporte e a cultura. A iniciativa privada tem uma grande importância no cuidado da população e esta é uma maneira interessante de se relacionar com as famílias de colaboradores e comunidades próximas as empresas”, pontua.

“Nossa empresa é preocupada com as causas socioambientais. Temos parcerias com projetos ligados ao CMDCA, como a Comac, São Chabel. Viemos hoje esclarecer as dúvidas sobre as doações com o recurso do Imposto de Renda, para discutirmos e aprofundarmos o assunto dentro da empresa para que possamos executar este tipo de doação”, contou a Assistente Administrativa da Werner Tecidos, Aline de Oliveira Pencinato.

Quem não tem imposto a pagar, também pode contribuir com fundo. Basta entrar em contato com a sede do CMDCA pelo telefone 2246-1508.

A Guarda Civil deteve um homem de 18 anos na noite de sábado (07.12) por tráfico de drogas. Ele foi encontrado pelos agentes do posto fixo da Praça da Liberdade. O jovem estava em meio a um grupo e tentou fugir durante a aproximação dos guardas, mas foi abordado e confessou a posse de maconha – ainda foram apreendidos R$ 40 em dinheiro. O homem foi levado para a 105ª DP, no Retiro, onde foi registrada a ocorrência.

A corporação atua para coibir o tráfico de drogas em Petrópolis e tem realizado ações em diferentes pontos do Centro, em ações que também contam com auxílio do Grupamento de Operações com Cães.

O posto fixo da Guarda Civil na Praça da Liberdade, em funcionamento desde o início de 2017, opera 24 horas por dia, de domingo a domingo, e conta com cinco homens atuando diariamente para combater delitos de menor potencial ofensivo.

 

Ação do Plano Verão 2020 tem o objetivo de reforçar a importância do sistema de sirenes

O calendário de visitação aos pontos de apoio dos agentes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias continua nesta terça-feira (10.12). As equipes irão verificar as condições da E.M. Stefan Zweig, às 10h, na Rua Sergipe. A mesma ação será realizada às 14h, na E.M. Marcelo Alencar, na Rua Espírito Santo. Nas duas localidades também serão entregues cartilhas de prevenção aos desastres de origem natural para moradores e comerciantes dessas localidades. Até o dia 18 de dezembro, a Defesa Civil irá vistoriar todos os 15 locais de apoio cadastrados na prefeitura.

Esse trabalho de prevenção integra as ações de prevenção do Plano Verão 2020 e reforça a importância do Sistema de Alerta e Alarme. Também é uma maneira de preparar os pontos de apoio para estarem abertos em casos de chuvas fortes. 

Petrópolis conta com 20 conjuntos de sirenes do Sistema de Alerta e Alarme em 12 comunidades: Gentio, Buraco do Sapo, 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe. São 15 pontos de apoio, que são locais seguros para os moradores permanecerem caso os índices de chuva estejam alarmantes.

No dia 18 de dezembro, último dia do calendário nas comunidades, a Defesa Civil vai promover o treinamento dos responsáveis pela abertura destes locais de apoio. Os 45 voluntários que fazem este trabalho irão participar.

Após o trabalho dos agentes na terça-feira, o calendário continua na quinta-feira (12.12), às 10h, na E.M. Odette Fonseca, no Duques. No mesmo dia, às 14h, será a vez da visita na Escola Paroquial Bom Jesus, no Dr. Thouzet.

Licitação ocorreu nesta segunda-feira (09.12)

A rede municipal de Saúde de Petrópolis passará a contar com mais 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A contratação foi realizada nesta segunda-feira (09.12) na modalidade de licitação e o certame foi vencido pelo Hospital Clínico de Corrêas (HCC). Com isso, serão ao todo 63 leitos para atendimento à população pelo SUS. Agora, o processo licitatório vai passar pelos trâmites burocráticos, tendo as demais empresas concorrentes o prazo de três dias para recorrer.

Pela proposta, o custo da diária de UTI fica em R$ 2.430,00 no HCC. O hospital foi um dos cinco que concorreram à licitação. No entanto, os outros quatro foram inabilitados por não apresentarem a documentação exigida no processo, conforme especificações e exigências no edital. O processo, porém, contempla 29 leitos de adulto. Os outros nove não licitados nesta segunda serão ofertados em uma nova licitação prevista já para o início do próximo ano. 

Na contramão de outras cidades do Brasil, Petrópolis vem melhorando cada vez mais a qualidade da saúde. Só no Hospital Alcides Carneiros estão sendo investidos R$ 13 milhões em obras e R$ 7 milhões em equipamentos. A unidade, que está sendo reformada, ganhará novas salas de cirurgia, um Centro Obstétrico reformulado, maternidade com mais 20 leitos, quatro salas de parto e um banco de leite e, ainda, mais vagas para UTI Neonatal e Adulto. Além disso, a prefeitura também inaugurou Unidades Básicas de Saúde, reformou PSFs, ampliou o atendimento nas UPAs e se prepara para inaugurar a “UPA de Itaipava”.

Site da prefeitura é a ferramenta para os candidatos cadastrarem seus currículos

O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, tem 10 vagas disponíveis nesta semana. Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura no site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas pelo telefone (24) 2233-8113.

O Balcão de Empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Rua Aureliano Coutinho, 203, no Centro. Confira as oportunidades:

Auxiliar de serviços gerais - 2 vagas - sexo feminino - Experiência

Garçom - 2 vagas - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Montador de móveis - 1 vaga - sexo masculino - Experiência

Motorista de entrega - 1 vaga - sexo masculino - Experiência

Vendedora - 4 vagas - sexo feminino - Ensino médio e experiência

O Papai Noel chegou com muitas novidades no CEI Zilda Arns, no Centro: graças a um projeto de voluntários da GE Celma, o bom velhinho presenteou nessa segunda-feira (09.12) os 150 alunos do CEI. Os pequenos do berçário até os alunos do 5º ano da educação infantil ganharam presente e carinho do bom velhinho.

Até o final da semana, 460 crianças de cinco instituições de ensino serão beneficiadas com a ação e receberão a visita do bom velhinho. “Ficamos muito felizes quando recebemos a notícia de que nossas crianças receberiam a visita do Papai Noel. Eles ficaram animados. Enfeitamos o CEI, as crianças criaram até presépio, tudo para receber bem esses voluntários”, afirmou a diretora do CEI Zilda Arns, Solange Maria de Araújo.

Com direito a música e aplausos, cada criança ganhou o seu presente. “Eles escreveram a cartinha pedindo um brinquedo e as cartas forma entregues ao grupo de voluntários. Cada criança foi apadrinhada e ainda recebeu uma cartinha de feliz Natal. Agradecemos o carinho da empresa e dos voluntários que fizeram o nosso dia e o das crianças, muito mais feliz”, explicou a orientadora do CEI Zilda Arns, Sonia Damico.

Sonia afirmou, ainda, que as crianças também agradeceram a boa ação. “Cada uma do seu jeito, através de desenhos ou cartas. O que buscamos foi incentivar a gratidão, resgatar valores, mostrar esse sentimento bom que o Natal transmite, lembrar do nascimento de Jesus. Foi uma experiência encantadora”.

Geni Cabral é uma das voluntárias. Há dois anos participa do projeto da GE Celma e diz que está cada vez mais encantada. “Ver a alegria deles, ganhar um abraço, constatar os olhinhos brilhando ao ver o Papai Noel, isso não tem preço. A gente precisa doar um pouco de tempo, carinho e até presentes. Faz bem para a gente também”.

O CEI Zilda Arns foi uma das unidades da rede municipal que ganhou uma ampliação nesse ano. Duas salas de aula forma abertas, o que garantiu a abertura de 28 vagas na educação infantil.

Com 1.500 alunos e um espaço físico extenso, o Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrosio vem realizando projetos diferenciados ao longo do ano com os estudantes – matriculados desde o 6º ano do ensino fundamental até o 3º ano do ensino médio. Para estimular os jovens a se expressar e identificar o que eles desejam para o futuro, a escola lançou nesse ano o projeto “Cidadania: O Liceu que nós queremos”.

Através de cartazes e colocações em um mural em um dos corredores do Liceu, os alunos foram incentivados a escrever, dar dicas sobre as iniciativas que devem fazer parte da rotina dos jovens no ambiente escolar. “Queríamos que os jovens nos falassem o que eles esperavam da escola, o que gostariam que acontecesse para tornar a vida escolar cada vez mais atrativa. Os jovens devem se expressar e participar ativamente da rotina da escola”, explica a diretora do Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio, Marcia Chiote.

A professora a frente do projeto, Luciane Mota Pimentel Bica, da disciplina de história, explica que a intenção foi a incluir os alunos nos processos da escola. “Ao longo do ano eles foram incentivados a participar, expressar suas opiniões, ajudar a identificar os deveres de cada um no espaço escolar. Eles criaram cartazes, conseguiram expressar as suas necessidades e se mostraram felizes também com a parte das obrigações. Os pais tiveram a chance de conhecer o projeto durante a feira de conhecimento e o resultado foi muito positivo”, contou Luciane.

Luciane acrescenta, ainda, a importância de se falar com os jovens sobre cidadania para o futuro deles. “São lições para a vida. Os alunos multiplicadores, cerca de 40, ficaram responsáveis por repassar tudo aos colegas e dessa forma, conversando uns com os outros, eles aprendem e incentivam praticas positivas. Além disso, esse tipo de atividade também contribui no processo de aprendizagem”.

As competições que aconteceram na cidade contaram com o apoio da prefeitura

Seis eventos esportivos agitaram o fim de semana em Petrópolis. A programação contabilizou 36 horas de atividades. Na noite da última sexta-feira (06.12) começou o Petrópolis Open 2019 de tênis, que seguiu até domingo (08) com 15 partidas. Também aconteceram sete jogos dos Campeonatos Municipais de futsal e de futebol de campo; o Desafio do Castelo Itaipava; a final do sub-9 da Copa das Comunidades e o Natal Eficiente, na Praça Dom Pedro. As competições que aconteceram na cidade contaram com o apoio da prefeitura, por meio da Superintendência de Esportes e Lazer.

O Petrópolis Open 2019 trouxe para o município atletas de tênis renomados, como Christian Lindell (Suécia), João Okano (Paraná) e Wilson Leite (Rio de Janeiro). O paulista Júlio Silva foi o campeão do torneio, realizado na academia Locatelli. "Fizemos um grande esforço para trazer jogadores de nível internacional e o torneio foi um sucesso. Apesar de estar fora do calendário da ATP, a nossa competição é uma das principais do Estado", disse o diretor-geral da competição, Roberto Edler.

Na final da categoria sub-9 da Copa das Comunidades, a equipe do Chapa 4 venceu o Siméria por 1 a 0 e se sagrou campeã. As próximas categorias em disputa serão o sub-11 e 15, que têm previsão de começarem em janeiro. Os responsáveis pelos projetos sociais interessados em participar podem entrar em contato pelo telefone: (24) 9.7402-7107 e garantir sua vaga.

Outros sete jogos movimentaram os Campeonatos Municipais de futsal e de futebol de campo, organizados pela Liga Petropolitana de Desportos (LDP). Mais informações sobre essas competições, tabela, estatísticas e mais detalhes, no site: www.ligapetropolitana.com.br. “Esse apoio da prefeitura é fundamental para que as competições estejam ainda maiores, com mais atletas envolvidos", completa Geraldo Barros, presidente da Liga.

O calendário completo, com todos os eventos esportivos previstos para o município até o fim deste ano, está disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Dezembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo