Espaços da festa estiveram movimentados no sábado e no domingo

Com a cidade iluminada e decorada por todos os lados, a programação do Natal Imperial segue esta semana. A primeira será na quinta-feira (28.11), com um concerto de Natal na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia), às 19h, aberto ao público. Se apresentam o Coral de Petrópolis, fundando há 30 anos, e o coro Bienias&Prim, grupo formado por ex membros dos “Canarinhos de Petrópolis”. Durante todo o fim de semana, os principais espaços da festa, como a Praça da Liberdade e o Palácio de Cristal estiveram movimentados de petropolitanos e turistas.

O Natal Imperial, que começou no último dia 14, transformou a cidade em um grande cenário de Natal – indo até 12 de janeiro. A decoração está por todo o município e, principalmente, no Centro Histórico, que recebe a maior parte da programação cultural. Entre os destaques deste último fim de semana esteve a recreação infantil. A professora Gisele Ventura, que veio do Rio de Janeiro para passar o dia em Petrópolis com o filho disse ter adorado as atividades voltadas para os pequenos.

“Eu achei muito legal. Costumo vir em Petrópolis, mas sempre pra compras, nunca a passeio assim. Estou gostando muito, estamos aqui a tarde toda, fomos nos pontos turísticos e estamos curtindo muito. Estou achando muito legal a decoração”, disse ela, que aproveitou a programação do grupo Olímpei, na Praça da Liberdade.

Nesta quinta-feira, o público vai poder contar com apresentações dos corais de Petrópolis e Bienias& Prim. O Coral de Petrópolis foi fundado em 1989 pelo maestro Marco Aurélio Xavier e vem ao longo do tempo consolidando o seu valor artístico no cenário cultural da cidade. Sua trajetória conta com participações em concertos pelo país e no exterior.  Por seu valor cultural, o coral recebeu os títulos de utilidade pública nos âmbitos municipal e estadual. Já o Bienias&Prim é um coro masculino, fundado em 2019, que atua em missas, casamentos, festas e eventos corporativos. O grupo é formado por ex membros dos “Canarinhos de Petrópolis”. O nome Bienias&Prim é uma homenagem aos “mestres” Frei Leto Bienias e Frei José Luiz Prim, grandes educadores e responsáveis pela sólida formação musical dos componentes do grupo.Dono de um vasto repertório (Canto Gregoriano, Polifonia Renascentista, Música Secular, Música Popular Brasileira), o coro Bienias&Prim destaca-se pela excelência em suas performances.

Equipamento é um dos 200 mais rápidos do mundo e maior da América Latina

Inauguração da expansão foi realizada pelo Ministro Marcos Pontes

O Supercomputador Santos Dumont – que fica no Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) – teve sua capacidade ampliada em cinco vezes, passando a ser considerado o maior computador em capacidade de processamento da América Latina e um dos 200 mais rápidos do mundo. A inauguração da expansão ocorreu nessa segunda-feira (25.11) e contou com a participação do Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Marcos Pontes, do prefeito e do diretor do Laboratório, Augusto Cesar Gadelha.

“Satisfação enorme estar aqui nessa cidade histórica inaugurando a expansão do supercomputador. A tecnologia está diretamente ligada ao desenvolvimento social e econômico, por isso, esse é um grande presente. O futuro depende do conhecimento e Petrópolis está de parabéns pelos incentivos e pelo supercomputador”, disse o ministro Marcos Pontes.

O prefeito da cidade agradeceu o apoio do governo federal, parabenizou a equipe do LNCC e destacou a importância do setor de tecnologia para a cidade.

Ele aproveitou a ocasião para pleitear, junto ao governo federal, que a cidade também possa abrigar, futuramente, um Laboratório de Inteligência Artificial. O laboratório será dedicado à cibersegurança e à inteligência artificial aplicada, como internet das coisas. “O governo do Estado também é favorável à ideia e apoia todo tipo de investimento que possa incentivar a área tecnológica no Estado”, avaliou Leonardo Rodrigues, secretário de Estado de Ciência e Tecnologia.

Com a expansão, o Supercomputador Santos Dumont – que antes podia processar 1,1 milhão de bilhões de operações matemáticas por segundo (Pflops), terá a capacidade de realizar 5,1 Pflops, um incremento da ordem de 360%. O investimento foi possível devido à receita de 1% do valor bruto da produção anual de petróleo do campo de Mero, na Bacia de Santos. Esse recurso é destinado para atividades de pesquisa e desenvolvimento, como parte das obrigações do contrato da partilha de petróleo. “Onde perfurar, investir, reduz incertezas e dá mais confiabilidade nas decisões, essas são algumas das vantagens do supercomputador quando utilizado em favor das pesquisas realizadas pela Petrobras”, explicou Juliano de Carvalho, representante da Petrobras.

De acordo com o LNCC, a expansão permitirá que aplicações científicas oferecer resultados em menor tempo e com maior precisão. “É um presente para todos que fazem parte do LNCC, para a cidade e para o Brasil. O Supercomputador poderá ser usado cada vez mais para pesquisas, ajudando a entender várias áreas. Atualmente são mais de 130 projetos científicos, de 27 áreas diferentes de conhecimento que são trabalhadas no supercomputador. É a maior plataforma computacional instalada na América Latina disponível para pesquisas em Ciência e Tecnologia”, completou o diretor do LNCC, Augusto Gadelha.

O supercomputador Santos Dumont desenvolve, em Petrópolis, pesquisas sobre Genoma do Zika Vírus (Labinfo); Modelagem e simulação de reservatórios do Pré Sal; Diagnóstico por imagens do sistema cardiovascular (MACC); Inteligência Artificial e Machine Learning (Ciência de Dados); Design de fármacos (Dockthor); e Soluções em segurança cibernética. O supercomputador é utilizado em mais de 110 projetos científicos e tecnológicos.

Nesta terça-feira (26.11), será realizado o II Seminário de Prevenção da SAF (Síndrome Alcoólica Fetal), no pavilhão de ensino do Hospital Alcides Carneiro (HAC). O evento traz como palestrante convidado dr. José Mauro Braz de Lima, professor de Medicina da UFRJ e diretor geral científico da Associação Brasileira de Álcool e Drogas. O seminário será realizado das 9h às 14h e é voltado aos profissionais da Saúde, da Educação e da Assistência Social. A SAF atinge 10 de cada 1.000 nascidos vivos.

Durante o II Seminário de Prevenção à SAF será entregue ao prefeito o anteprojeto do Programa SAFPETRÓPOLIS, que visa criar protocolo de atendimento às crianças vítimas da síndrome alcoólica fetal.

Desde outubro de 2018, a Coordenadoria de Políticas sobre Drogas, da Secretaria de Saúde, presta informações e dá orientações às grávidas que participam do pré-natal no Centro de Saúde por meio de reuniões semanais. Este trabalho está começando a ser desenvolvido no HAC, no Ambulatório Escola da FMP/FASE e também nos PSF's. Setenta profissionais da Atenção Básica já foram capacitados para atuar junto às gestantes.

Petrópolis é a primeira cidade da América Latina que possui uma Lei Municipal (número 6.641), de autoria do prefeito Bernardo Rossi quando ocupava uma cadeira na Câmara de Vereadores, para tratar sobre o tema durante uma semana de prevenção.

A Síndrome Alcoólica Fetal, SAF, é caracterizada por um conjunto de sinais e sintomas apresentados pela criança decorrentes da ingestão de álcool pela mãe durante a gravidez. O que pode acarretar diversos problemas futuros para o indivíduo, desde a má formação de órgãos aos problemas de aprendizagem, retardos e até microcefalia.

Leandra Iglesias, psicóloga especialista em Dependência Química, coordenadora municipal de Política sobre Drogas e presidente do Conselho Municipal de Política sobre Drogas faz o alerta: "No Brasil, cerca de 30 mil crianças por ano são vitimadas pela SAF. Em Petrópolis, de acordo com a proporção, tivemos 3.965 grávidas em 2018, logo, cerca de 39/40 crianças portadoras de SAF", estimou Leandra.

A Organização Mundial da Saúde e também a ONU, elegeram o tema como tema de Saúde Pública inserindo no calendário das Campanhas de Saúde e instituíram o dia 9 de setembro como Dia Mundial de Prevenção à SAF.

A Organização Mundial da Saúde e também a ONU, elegeram o tema como tema de Saúde Pública inserindo no calendário das Campanhas de Saúde e instituíram o dia 9 de setembro como Dia Mundial de Prevenção à SAF.

Consultas já podem ser marcadas para os três turnos

Moradores do Retiro e entorno já contam com atendimento odontológico na UBS Dr. Latuf Gibrail Neto (UBS Retiro). O serviço teve início na última quinta-feira e vai funcionar de segunda à sexta, das 8h às 20h. Já são 42 unidades de saúde do município que contam com dentistas, incluindo os centros de especialidades odontológicas, localizados no Centro e em Corrêas. O prefeito esteve nesta segunda-feira (25.11) na unidade, que só este ano já realizou mais de 6 mil atendimentos, pra conferir o trabalho desenvolvido na unidade.

O consultório está funcionando no ônibus odontológico, no pátio da UBS Retiro. As consultas são oferecidas de manhã, à tarde e à noite, já que a unidade funciona nos três turnos. A marcação é feita na própria unidade, no balcão de atendimento.

Quem foi marcar a consulta saiu satisfeito. Esse é o caso de Vanessa Souza, que mora no Quarteirão Brasileiro. Ela conseguiu atendimento já na próxima semana. “A equipe do posto é muito atenciosa. Eu já faço tratamento médico aqui e fiquei sabendo que agora tem dentista. Não vou precisar pagar pelo tratamento, vou também poder fazer por aqui. Isto é ótimo”, elogiou.

A UBS Retiro conta com equipes com médicos clínicos, pediatras, enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes de saúde e agora com dentistas e auxiliares de saúde bucal. Também funciona na unidade uma sala de vacina.

Já são 40 unidades da assistência básica de saúde, entre PSFs e UBSs que contam com dentistas. Além dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO), que funciona na Rua Monsenhor Bacelar, 352, no Centro e na Rua Vigário Corrêa, 79, em Corrêas.

"Entre essas unidades, várias já funcionam com atendimento à noite, ampliando ainda mais o acesso da população ao serviço odontológico", explicou Carla Collis, diretora do Departamento de Saúde Bucal.

Petrópolis foi selecionada pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) para um encontro com municípios de Minas Gerais e do Rio de Janeiro na discussão de boas práticas voltadas para a prevenção de desastres. A reunião acontece nesta terça-feira (26.11), em Juiz de Fora, e tem o objetivo de aperfeiçoar a assistência humanitária em catástrofes a partir de experiências locais. A Cidade Imperial vem se destacando com o Defesa Civil nas Escolas, programa pioneiro do país e que ganhou o reconhecimento das Organizações das Nações Unidas (ONU).

O encontro também irá avaliar os modelos anteriores usados pela Sedec em casos de desastres. Uma nova logística para compra, acondicionamento, armazenamento, transporte e distribuição de itens de assistência humanitária em resposta será discutida. 

Referência no Estado do Rio de Janeiro na prevenção de catástrofes, o Defesa Civil nas Escolas está alinhado à estratégia internacional de redução do risco de desastres das Organizações das Nações Unidas (ONU). Graças a proposta de abordar o assunto em sala de aula, Petrópolis é destaque nacional com o programa, que também já rendeu um prêmio para a atual gestão.

No primeiro semestre deste ano, foram mais de 20 mil alunos envolvidos em 631 atividades sobre as ameaças de inverno. Os trabalhos foram desenvolvidos em todas as 183 unidades da rede municipal, além de outras 30 particulares e outras duas estaduais. O objetivo da Defesa Civil municipal é aumentar ainda mais a participação dos jovens no programa.

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) vai entregar um pluviômetro semiautomático e um kit educativo para serem usados dentro da política pública. O reconhecimento nacional é mais um indício do sucesso do Defesa Civil nas Escolas.

A unidade itinerante começou suas atividades nesta segunda-feira (25.11)

A primeira unidade do Procon Móvel do estado do Rio de Janeiro iniciou suas atividades nesta segunda-feira (25.11) atendendo os consumidores do distrito da Posse. Durante a ação itinerante, a equipe entregou panfletos com dicas sobre consumo, orientou a população sobre seus direitos e deveres, além de realizou atendimentos de denúncias de consumidores. A ação segue nesta terça-feira (26.11) em Pedro do Rio, e no decorrer da semana em Itaipava, Corrêas, Cascatinha e Centro Histórico.

O veículo foi entregue na semana passada pelo prefeito Bernardo Rossi, adquirido por meio de um pregão eletrônico com recursos das multas às empresas que, de alguma forma, violaram as relações de consumo. A nova ferramenta tem o objetivo de atender o consumidor que não pode ir até a sede do órgão. Com a nova unidade, o Procon realizará ações em várias comunidades da cidade, com orientações educativas, conscientização de consumo, tirando as principais dúvidas dos moradores e, principalmente, atendendo as demandas do consumidor de imediato.

O órgão está criando um cronograma de serviços de atendimento itinerante, em parceria com associações de moradores e líderes comunitários, para que, juntos, alcancem toda as pessoas das regiões atendidas.

O Procon Móvel possui espaço para atender duas pessoas na parte interna e ainda a possibilidade de mais uma na parte externa. Possui também elevador para acessibilidade de portadores de deficiência física, computadores com internet, banco de espera, TV, entradas USB para carregamento de smartphones e conexão wi-fi. Todo o ambiente foi elaborado para atender o consumidor com a mesma qualidade da sede.

Trabalho é feito pela Comdep na Rua Oscar Weinschenck, no Centro

A prefeitura iniciou a montagem da Praça Stefan Zweig nesta segunda-feira (25.11). Ela fica na Rua Oscar Weinschenck, entre as ruas da Imperatriz e Irmãos D’Ângelo, no Centro, e vai homenagear uma das maiores personalidades que viveu em Petrópolis: o escritor austríaco Stefan Zweig, que escolheu o município quando veio para o Brasil na década de 1940. Os setores de obras e jardinagem da Comdep mobilizaram mais de 20 funcionários para o trabalho.

O espaço de 4,5 metros onde ficará a praça teve a tela em frente removida, recebeu limpeza, plantio de grama e flores e instalação de quatro bancos de madeira. O terreno foi doado pela família Orleans e Bragança com esta finalidade. O trabalho da Comdep estará finalizado até esta terça (26.11).

Segundo Francisco de Orleans e Bragança o local foi doado em 1940. “É uma homenagem muito importante a Stefan Zweig, um escritor que morou por um tempo em Petrópolis, e contribuiu muito para a cultura local, disseminando a história da cidade”, frisou.

O escritor veio para o Brasil durante a Segunda Guerra Mundial e escolheu Petrópolis para se refugiar junto com a mulher. Por aqui, escreveu “Brasil, um país do futuro”, livro em que exalta as qualidades da terra tupiniquim, a pluralidade e hospitalidade do povo que o acolheu. As obras de Stefan Zweig foram traduzidas em mais de 50 países e o tornaram best-seller pelo mundo. Ainda assim, a solidão e as notícias da guerra levaram à depressão e o austríaco, junto com a esposa, ingeriram veneno. O local onde eles morreram é hoje um museu dedicado a ele – a Casa Stefan Zweig tem visitação gratuita de sexta a domingo, de 11 às 17h, na Rua Gonçalves Dias, 34 (Valparaíso). Além disso, a Biblioteca Municipal Central Gabriela Mistral guarda 80 volumes doados pessoalmente pelo escritor.

Moradores da região onde está sendo construída a praça elogiaram a iniciativa.

“Acho ótimo. Um espaço como esse vai valorizar e tornar mais bonita essa área”, afirmou a moradora Juliana Maria de Souza, que vive na Irmãos D’Ângelo há 18 anos.

O programa Prefeitura Presente promoveu aplicação de asfalto nesta segunda-feira (25.11) em ruas de Nogueira, Quitandinha, Carangola, Centro, Araras, Bingen e Caxambu. Desde o início do programa, há quase um mês e meio, já foram realizadas 183 ações de tapa-buraco, com 120 ruas atendidas em 33 bairros.

Calembe e Rua Amazonas (Nogueira), Rua Itaperuna (Quitandinha), Rua Vicenzo Rivetti (Carangola), Carlos Gomes (Centro), Vista Alegre (Araras), Rua Bingen (Bingen) e Estrada das Três Pedras (Caxambu) foram os locais atendidos nesta segunda-feira.

"O serviço está muito bom. Venho pedindo para a prefeitura há muito tempo e agora consegui ser atendida. Quero agradecer ao prefeito Bernardo Rossi e ao Baninho por tudo, agora vamos aguardar terminar toda a rua, que estava com muitos buracos", afirmou o morador da Rua Itaperuna, Maria da Conceição.

Além do tapa-buraco, outros serviços de limpeza, iluminação pública, pintura de meio-fio e sinalização de vias serão reforçados nas comunidades de Petrópolis. A meta é chegar a 150 homens trabalhando nos bairros, somando ao que já é feito diariamente pela Comdep, além das secretarias de Obras e de Serviços e CPTrans.

Aulas gratuitas direcionadas para alunos da rede municipal de Educação

“Aquarela”, de Toquinho e “Berimbau”, de Vinicius de Moraes e Baden Powell foram algumas das músicas escolhidas pelos alunos da Orquestra de Violões Raphael Rabello para uma apresentação especial nessa segunda-feira (25.11). A orquestra conta com a participação de 20 alunos – matriculados nas aulas gratuitas de violão da Casa da Educação Visconde de Mauá. O prefeito Bernardo Rossi fez questão de conferir o talento dos jovens e parabeniza-los por mais uma conquista: a orquestra será uma das atrações na programação do Natal Imperial.

A orquestra é uma iniciativa da produtora Bem Cultural produções em parceria com a Casa da Educação Visconde de Mauá e foi criada para homenagear o violinista e compositor petropolitano Raphael Rabello, considerado um dos maiores violonistas brasileiros de todos os tempos.

A apresentação da orquestra na programação do Natal Imperial será no dia 13 de dezembro, às 18h30, no Palácio de Cristal. No repertório, seis músicas.

“Harmonia é tudo. Eles se empenham e mostram, a cada ensaio, o quanto é gratificante se dedicar a música”, contou o professor João Pedro Gomes.

Lucas Gotelip, que também é professor da Casa, fala sobre o talento dos jovens. “Aprendemos com eles. São dedicados e apaixonados pela música e isso nos estimula a ensinar”.

Luiz Henrique Guerra Perixe, de 11 anos, é um dos alunos da orquestra. Além de aprender a toca, ela afirma que as aulas tiveram resultado positivo na escola. “Fiquei mais atento nas aulas. Eu gosto de tudo. Quero sempre aprender mais”.

“É uma segunda casa para gente esse espaço. Aprendemos muito, a cada aula, fico mais animado. Já estou na expectativa de poder mostrar para as pessoas tudo o que aprendi durante esse ano na orquestra”, contou o aluno Marcelo da Silva.

Referência na oferta de aulas no contraurno escolar

Na Casa da Educação são oferecidos os cursos: viola, violino, violão, flauta, desenho, fotografia, coral, banda, capoeira, ballet, judô, karatê, inglês, alemão, jogos matemáticos, letramento, Educação Patrimonial e reforço em matemática. Atualmente, 850 alunos são atendidos na Casa da Educação. Além dos cursos no contraturno escolar, a Casa está abrigando uma turma da EJA – Educação de Jovens e Adultos – da 5ª fase. Além da grade curricular da EJA, os alunos têm a oportunidade de participar de oficinas oferecidas na Casa da Educação Visconde de Mauá.

Corrida de montanha foi a última que contou pontos para o ranking municipal

Mais de 500 pessoas participaram da WTR Serra do Mar, última prova que contou pontos para o ranking municipal de corrida, no sábado (23.11), no Vale das Videiras, em Araras. Apenas os atletas inscritos no percurso de oito quilômetros somaram pontos para a classificação. Nesta categoria, entre os homens, quem venceu foi Mayke Edson Moura, da Torres Trail Run, com o tempo de 37 minutos e 23 segundos. Já no feminino, Isis da Costa Silva, da Jotafe, conquistou o primeiro lugar no pódio em 40 minutos e 11 segundos.

Além deste percurso, a prova também foi disputada nos 16, 26 e 52 quilômetros. O resultado completo está disponível na internet, no site: https://cronochip.com.br/resultados/corrida/56. A trail run - corrida em montanha - contou com o apoio da prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer e da CPTrans.

"O resultado da prova é bastante positivo. Os corredores sempre aguardam para a etapa em Petrópolis, cidade que conta com montanhas e trilhas muito bonitas. A inclusão no ranking municipal dos corredores também foi interessante, já que bastante gente procurou o evento por conta disso", disse Rodrigo Isaac, organizador.

A premiação do ranking municipal de corrida será em janeiro de 2020, em data a ser definida. O calendário esportivo completo, com todos os eventos previstos para o município até o mês de dezembro, está disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

O dia 25 de novembro é marcado pela celebração do Dia Internacional da Não-violência com a Mulher. A data foi definida pela Organização das Nações Unidas (ONU), em homenagem as irmãs Pátria, Maria Teresa e Minerva Maribal que eram conhecidas como “Las Mariposas”, pois lutavam por soluções de problemas sociais, em 1960 na República Dominicana. As três foram torturadas e brutalmente mortas por ordem ditador, Rafael Trujillo. Lembrando a data, o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram), destaca a importância de denunciar o agressor.

O Cram atendeu de janeiro a outubro deste ano, 545 vítimas de algum tipo de violência doméstica. No último mês, foram 28 novos casos assistidos e 40 retornos de mulheres que participam de todo acompanhamento que o Centro oferece. O levantamento é feito pela equipe do Cram – que é subordinado ao Gabinete da Cidadania e mostra a confiança e segurança das mulheres que buscaram ajuda. Porém, os dados do Centro apontam que muitas vítimas desistem de dar continuidade ao processo da denúncia, colocando em risco a sua própria vida.

“Os números de violência aumentaram muito nos últimos meses, não só em Petrópolis, mas em todo o estado. Vimos que na semana passada em menos de 48h quatro mulheres foram assassinadas no estado do Rio. A data lembra a que as mulheres vítimas devem denunciar seus agressores, pois o município possui uma rede de assistência eficaz, que junto com a equipe do Cram acompanha todo o caso com apoio jurídico e psicológico”, frisou a coordenadora do Cram, Cleo de Marco.

Em Petrópolis, o Dossiê Mulher 2019 – relatório de dados anuais de violência contra mulher, apontou que 35,5% das mulheres sofreram violência psicológica, 52,1% das vítimas variam entre 30 e 59 anos e como a média estadual, 52,7 % dos casos de violência doméstica aconteceram dentro da casa da vítima.

O Cram possui uma equipe multidisciplinar e oferece gratuitamente assistência social, jurídica e psicológica para mulheres que sofreram qualquer tipo de agressão.

Denuncie:

O Cram possui um telefone de emergência, disponível para chamadas de voz, mensagens de texto ou WhatsApp no número (24) 98839-7387. Para denunciar ou solicitar informações, pode-se ligar para o telefone 2243-6152 ou comparecer à sede do Cram, localizada na Rua Santos Dumont, número 100, no Centro. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, de 8 às 17h. Caso se sinta violentada de alguma forma, a mulher pode contatar a Polícia Militar pelos números 2291-5071, 2242-8005 ou na Central de Atendimento à Mulher pelo 180, além de poder contatar via WhatsApp a emergência da Polícia Militar, pelo número (24) 99222-1489.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Novembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30  

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo