CREI João Pedro de Souza Rosa já está funcionando na Rua Buenos Aires, nº 155

Referência na oferta de atendimento especializado para os alunos incluídos na modalidade de educação especial da rede municipal, o Centro de Referência em Educação Inclusiva João Pedro de Souza Rosa está funcionando em novo endereço: Rua Buenos Aires, nº 155. A inauguração do novo espaço foi realizada nesta terça-feira (29.10) pelo prefeito e contou com a participação dos alunos, famílias, professores, e do Coral dos Anjos, com direito a bolo.

No imóvel há salas preparadas para o atendimento de todas as oficinas que são oferecidas no CREI:  braille, orientação e mobilidade, técnicas de baixa visão, psicomotricidade, apoio pedagógico, informática, música, teatro, capoeira, musicalização, oficina da palavra, estimulação precoce e ludicidade, cozinha laboral e horta e vida diária.

O juiz da Vara da Infância e Juventude, Alexandre Teixeira de Souza, parabenizou o prefeito pelos avanços na área educacional. “Acompanho o olhar atento da administração municipal que está com um planejamento para aumentar as vagas na educação infantil e também na educação inclusiva. Sei das dificuldades da administração e por isso acho importante parabenizar o prefeito e sua equipe por essa ação. Sou de escola pública e tenho muito orgulho disso e é uma honra poder conferir esse olhar cuidadoso, com espaço digno para atendimento das crianças. Esse legado ficará na história de Petrópolis, a inclusão é uma oportunidade de um futuro melhor”, disse.

Atualmente, 191 alunos da rede municipal estão sendo atendidos no CREI, todos incluídos na modalidade de atendimento especial: são alunos com déficit de atenção, síndrome de down, autistas, cegos e etc.

“É uma alegria sem tamanho estar aqui hoje nesse espaço maravilhoso, com quadra, cozinha, salas especialmente decoradas para os alunos. Agradeço ao prefeito e a equipe da Secretaria de Educação por todo auxilio. Tudo o que podemos fazer por essas crianças nós fazemos, com muito amor e carinho”, afirmou a diretora do CREI, Claudia Mussel.

Na ocasião, o reitor da UCP, Padre Pedro Paulo, abençoou a equipe e o espaço: “Celebramos, aqui, um passo importante, com um espaço digno para acolher e oferecer atendimento de qualidade, exaltando a educação humanizada. Deus está aqui presente e vai abençoar a todos”.

Débora Guimarães, mãe do Vinicius Augusto, de 6 anos, aprovou o novo espaço. “Ele participa das aulas de música e estimulação precoce. Os avanços são significativos, ele se comunica melhor e é outra criança. O estimulo é tudo. A equipe é maravilhosa e esse novo espaço é perfeito, eles poderão fazer atividades diferentes e isso me deixa muito feliz”, explica. Vinicius foi diagnosticado com autismo e hiperatividade com 2 anos.

Incentivo a inclusão e ao esporte

Além do CREI, o atual governo vem investindo em atividades diferenciadas para o público da educação especial.

Um dos exemplos é o projeto ISE - Inclusão Social Esportiva – que oferece aulas de natação para alunos especiais na EM Monsenhor João de Deus Rodrigues.

Neste ano, o governo também realizou o ParaJeds – competições com os alunos especiais na programação dos Jogos Estudantis dos Distritos, os JEDs. Outra ação que foi realizada na última semana, no dia 25, foi o Dia Paralimpico no 32º Batalhão. Na ocasião, 200 alunos especiais participam de atividades físicas diferenciadas no batalhão, como corrida da colher, corrida bambolê no cone, corrida pega a bola e joga no cesto, revezamento 20 metros e passar a bola.

Desde o início do programa, já foram realizadas 74 ações de tapa-buraco em 71 ruas de 25 bairros

O programa Prefeitura Presente levou o serviço de aplicação de asfalto nesta terça-feira (29.10) para ruas de sete bairros. Foram atendidos Cascatinha, Nogueira, Quitandinha, Siméria, Estrada da Saudade, Caxambu e Itaipava. Desde o início do programa, já foram realizadas 74 ações de tapa-buraco em 71 ruas de 25 bairros.

Nesta terça, houve aplicação de asfalto na Estrada Correa da Veiga (Itaipava), Estrada José Almeida Amado (Caxambu), Rua Alagoas (Quitandinha), Estrada de Cascatinha (Cascatinha), Henrique João da Cruz (Estrada da Saudade), Rodolpho Bruno (Nogueira) e Rua do Esqueleto (Siméria).

O programa Prefeitura Presente amplia os trabalhos de limpeza, manutenção viária, iluminação pública e pintura de sinalização que são realizados diariamente por Comdep, Secretaria de Obras, Secretaria de Serviços e CPTrans. O município vai reforçar esses trabalhos com até 150 homens para atuação nos bairros.

Além da aplicação de asfalto, também foram realizados outros serviços nos bairros do município.

A Comdep promoveu remoção de entulho em Castelânea, Centro, Estrada da Saudade e Itaipava.

A capina e roçada aconteceu em Nogueira, Sargento Boening, Alto da Serra, Vila Militar, Bingen, Quarteirão Brasileiro, Dr. Thouzet, Duarte da Silveira, Caxambu, Quitandinha, 

A manutenção de iluminação pública ocorreu em Itaipava, Quitandinha e Bingen.

A Secretaria de Obras também fez desobstrução de caixa de passagem e colocação de grade de ferrona Rua Nicarágua (Quitandinha).

Município está oferecendo apoio na reta final de preparação de toda região que receberá cerca de 3 mil novos moradores

A prefeitura se reuniu com a Caixa Econômica Federal e a empresa responsável pela construção do conjunto habitacional do Vicenzo Rivetti, a AB Construtora, e reafirmou o compromisso de trabalhar para entregar as chaves dos 776 apartamentos o mais breve possível. Nesta terça-feira (29.10), o grupo composto por diversas secretarias municipais esteve no local com a Caixa e a AB para verificar a reta final das obras e avaliar os passos decisivos para finalização das obras. A prefeitura está oferecendo apoio para disponibilizar funcionários para concluir algumas intervenções, como por exemplo, o acesso para um dos blocos, limpeza e acabamento de pintura.

No conjunto habitacional, a implantação da rede elétrica está sendo feita pela Enel. A AB Construtora vai providenciar as caixas de padrão de luz para serem instaladas nos apartamentos.

A rede de esgoto está avançando, com a construção de uma elevatória no Caetitu que vai levar o material coletado nos apartamentos para a Estação de Tratamento de Corrêas. A AB Construtora também já está fazendo parte do serviço na área do conjunto habitacional.

A construtora também está providenciando a aquisição dos hidrômetros que serão instalados nas unidades de dois blocos.

Também serão feitos pelo município uma UBS, uma creche e um trabalho técnico-social de capacitação profissional dos cerca de 3 mil futuros moradores do conjunto habitacional e também para gestão dos condomínios. Outras intervenções também estão sendo providenciadas, como um arruamento de acesso a um dos condomínios e a construção de uma baia de ônibus em frente ao empreendimento. A prefeitura também está solicitando que a Enel faça a instalação de mais poste para permitir a ampliação da iluminação pública no local.

O Vicenzo Rivetti tem 776 unidades divididos em 18 blocos erguidos em três condomínios - dois deles com 300 apartamentos e o último, com 176. As casas são destinadas a pessoas que ficaram desabrigadas por causa de chuvas no município e que se enquadram na faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, com renda familiar de até R$ 1,8 mil por mês.

O município já iniciou as vistorias para emissão do documento de “Habite-se”, que atesta que o imóvel foi construído de acordo com o projeto e está pronto para receber os moradores. Técnicos das secretarias de Obras, Assistência Social, Defesa Civil, Meio Ambiente, CPTrans e do Gabinete do prefeito vão permanecer em vistorias diárias no local do empreendimento.

As obras no Palácio de Cristal seguem em ritmo acelerado. Operários da empresa responsável pelo serviço de reforma do atrativo - Ponta do Céu Urbanização Construções e Paisagismo - já trabalham na área dos banheiros, que ficará totalmente nova. Banheiros químicos foram instalados no local para atender os visitantes que passam pelo ponto turístico já que, mesmo durante as obras, o Palácio funciona normalmente. O serviço não terá interferências no Natal Imperial.

Além dos banheiros, a reforma vai contemplar também acessibilidade e iluminação dos jardins.O trabalho vai custar R$ 1.144.768,83. O canteiro de obras tanto do Palácio de Cristal quanto do Theatro D. Pedro – que também passa por reforma – começou a ser montado na última semana. Juntas, as duas obras vão custar mais de R$ 2,8 milhões, sendo a maior parte do recurso proveniente de emendas parlamentes.  No Theatro D. Pedro, a responsável pelo serviço é a Studio G. No projeto está prevista a revitalização da infraestrutura do prédio histórico, como a revisão das instalações elétricas, recuperação do sistema de ar condicionado, adequação para acessibilidade, conserto de infiltrações, entre outras melhorias. Além disso, a obra contempla a implantação do sistema de prevenção e combate a incêndio e pânico.

Petrópolis já está entrando no clima do Natal Imperial com a instalação da iluminação especial para tornar a cidade um verdadeiro cenário para a festa. O trabalho de instalação das lâmpadas de LED nas árvores já está concluído em alguns pontos do Centro Histórico, como na Avenida Koeler. Nesta terça-feira (29.10), o serviço foi realizado na Praça da Liberdade, na Rua Roberto Silveira e no Bingen. Equipes da empresa responsável pela instalação da iluminação do evento trabalham dia e noite.

Este ano, a festa começa no dia 14 de novembro e vai até 12 de janeiro. Serão 52 dias com decoração especial por toda a cidade e programação cultural. Enfeites também já foram instalados em postes pelo Centro Histórico e vão chegar em breve aos distritos.

Principalmente o entorno dos centros comerciais serão contemplados, um pedido de moradores e comerciantes. Toda a cidade receberá um tratamento especial. No Centro, o coração da festa será o Palácio de Cristal, que recebe a Casa do Papai Noel, com uma cenografia ainda mais especial.

Para este Natal Imperial, o projeto da iluminação contempla os cinco distritos do município. Além de estar voltado para quatro grandes áreas como a Praça da Liberdade, Palácio de Cristal, Rua do Imperador/ Rua 16 de Março e o entorno do Hotel Quitandinha, o projeto visa integrar o acesso a essas áreas, para proporcionar ao visitante o clima natalino desde sua chegada na cidade até as principais áreas.

A Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea) promove na próxima quarta-feira (30.11) um curso de capacitação sobre bem-estar animal e guarda responsável para professores da rede municipal. O objetivo é mostrar novas possibilidades de atividades para os profissionais de ensino, chamando a atenção dos estudantes com relação aos assuntos. O curso, que acontece na Casa dos Conselhos de 9h às 11h, tem parceria com o setor de educação ambiental da Secretaria de Meio Ambiente.

 "O trabalho em sala de aula é fundamental e o nosso objetivo é apresentar novas possibilidades para os professores. A gente quer que os alunos disseminem essa informação em casa, com os familiares, e em toda a comunidade, com os amigos e conhecidos. O bem-estar animal é um assunto importante para a sociedade e deve ser tratado desde a infância", disse Renato Couto, coordenador de Bem-estar Animal.

Neste ano, por exemplo, a Cobea recebeu 439 denúncias de casos de maus tratos em todo o município. Com o trabalho nas escolas, o objetivo é que esse número diminua no futuro. Neste mês, a coordenadoria também promoveu um "aulão" para 50 alunos da Escola Municipal Geraldo Ventura. O mesmo trabalho também será desenvolvido em outras escolas.

Ao longo deste ano, os professores da rede estão participando do curso de educação ambiental. São aulas teóricas e práticas, divididas em seis módulos: Unidade de Conservação e Água; Cidadania e patrimônio; Meteorologia e Defesa Civil; Lixo, Coleta Seletiva e Artesanato; Bem-estar Animal e Sementes e Árvores da Mata Atlântica. O bem-estar animal é uma novidade neste mês.

“Através do curso os professores também estão tendo a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o projeto Inteligência Ambiental que norteia as atividades relacionadas a educação ambiental da Secretaria de Meio Ambiente. A ideia é que os profissionais pratiquem e promovam atividades relacionadas também ao bem-estar animal com os alunos", explicou Anderson Campos, responsável pelo setor de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente.

Vale salientar que o curso atende a Lei de Educação Ambiental nº 9.795/99 e está em consonância com os princípios e diretrizes da lei municipal de Petrópolis n º 7.034/12 da política de Educação Ambiental.

“A singularidade como elemento potencial do pensar e agir”

Para contribuir com as práticas dos orientadores escolares, o Departamento de Educação Especial da Secretaria de Educação vai promover, em novembro, mais um encontro de formação. Dessa vez, o tema será: “A singularidade como elemento potencial do pensar e agir”.

Segundo o Departamento de Educação Especial, o objetivo é o de contribuir com as práticas dos orientadores escolares. “Fortalecendo a sua função por meio do conhecimento sobre subjetividade e a coletividade que o constitui, fornecendo elementos para a condução de seu trabalho com os professores na atuação com os alunos em sistema de inclusão”, explica a responsável pelo setor, Bianca Paiva.

Os encontros acontecerão no Centro de Referência em Educação Inclusiva - Rua Buenos Aires, 155, Centro. O cronograma já foi enviado para as escolas da rede municipal.

O Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público do Município de Petrópolis (INPAS) oferece nesta quinta-feira (31.10), às 9h30, no Palácio de Cristal, a edição especial do Café com Sabedoria, em homenagem aos aposentados pelo Dia do Servidor Público.  A atividade faz parte do Projeto Conviver, que tem o objetivo de realizar um momento de descontração entre os aposentados e pensionistas, sempre oferecendo uma palestra de conscientização sobre temas variados.

Mais de 200 atletas participam da II Copa Imperial de futsal para surdos no próximo sábado (02.11). A competição vai reunir 12 equipes do Estado do Rio de Janeiro e será realizada no Centro Esportivo da Escola Municipal Fábrica do Saber, na Estrada da Saudade, de 9h às 18h. O torneio está sendo organizada pela prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer, em parceria com a Associação Petropolitana de Surdos (APES).

Cada jogo será disputado em dois tempos de 12 minutos. Os times serão divididos em quatro grupos, acontecendo o cruzamento das chaves. Após o encerramento da primeira fase, as equipes classificadas jogam os confrontos eliminatórios que começam nas quartas de final e seguem até a decisão. Petrópolis será representada por uma equipe.

A prática esportiva promove a melhora da qualidade de vida das pessoas com deficiência. O esporte fortalece também a autoestima.

Além desse torneio, outras competições também fazem parte do calendário esportivo do município desde 2017 e ganharam apoio da atual gestão. A prefeitura mantém outras parcerias, como é o caso da Associação Petropolitana dos Deficientes Físicos (APDEF) na bocha adaptada.

“Também foram realizadas uma etapa da Taça Rio de Futsal de Surdos e o Campeonato Municipal de futsal de surdos, de maneira inédita, no ano passado. Apesar de ser pouco divulgado no Brasil, o futsal para surdos está em ascensão em todo o mundo”, explica a coordenadora de esportes para grupos especiais e idosos da Superintendência de Esportes e Lazer, Clévia Sies.

Terça, 29 Outubro 2019 18:04

Criado o Conselho Local de Vila Rica

Neste domingo (27.10), foi criado o Conselho Local de Vila Rica, na escola Municipalizada Santa Teresinha. O Conselho tem como objetivo aproximar a comunidade do governo na discussão da saúde como um todo, que abrange não apenas os postos de saúde (PSF), mas também outras questões, como: transporte, esporte, saneamento básico e mais, atuando de forma educativa e preventiva na área da saúde e facilitando o acesso aos programas e demandas locais.

O Primeiro passo para a criação do Conselho Local foi o Diagnóstico Rápido Participativo (DRP), realizado pela Fiocruz em parceria com a Secretaria de Saúde, que busca informações e impressões que a própria comunidade possui. O Diagnóstico Rápido Participativo (DRP) permanece atuando junto ao conselho após a criação do mesmo.

Esta foi uma iniciativa do atual governo, que já está no 4° Conselho Local criado este ano, sendo os outros três localizados na: 1° de Maio  (23.02); Amazonas (18.05); e Sargento Boening (15.06). O próximo está previsto para 24.11 no Carangola.

“Eu acho muito bom. Vai gerar apoio a comunidade e gerar agilidade nas demandas”, ressalta Leidiane de Lima Barbosa, moradora da comunidade.

“O importante é a comunidade participar de forma ativa para fazer o Conselho Local funcionar, possibilitando a comunidade a discutir a saúde com o poder público. Ele vai tratar de toda a demanda própria da comunidade”, ressalta Rogério Lima Tosta, presidente do Conselho Municipal de Saúde.

Durante a criação do Conselho Local de Vila Rica, foi realizada a eleição que terá em sua composição quatro representantes da comunidade e seus respectivos suplentes, além da gestão composta pela Roseli Soares, representando a saúde, Mariaurea Branco Albuquerque, diretora da Escola Santa Teresinha, representando a educação e representantes da Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (COMDEP), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Esporte.

"Já estava em busca de um cachorrinho para fazer companhia para uma cadela que eu tenho e se sente sozinha. Eu encontrei aqui na feira o cachorro que eu queria. Muito boa a iniciativa e importante para a causa animal", contou o aposentado Luis Otávio Almeida, que adotou um cãozinho na primeira edição do Feirão Procão, que aconteceu neste domingo (27.10), na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia). A ação realizou 29 adoções, entre cachorros e gatos de Ongs e protetores de animais do município. A Feira é uma realização do Procon Petrópolis, em parceria com Coordenadoria de Bem-Estar Animal (Cobea).

O evento reuniu os adoradores do mundo pet, que puderam conferir os animais das Ongs e protetores, que estavam para adoção, além das novidades caninas como acessórios, saúde, alimentação entre outros, também com o apoio dos estudantes voluntários do curso Index, profissionalizante de auxiliar de veterinário. O público contou também com espaço Kids, cervejas artesanais, área gastronômica e com as barraquinhas artesanais da Economia Solidária e as de antiguidades.

Segundo Betty Lage, proprietária da instituição Pães dos Cães, é muito importante que a feira aconteça com frequência. "O ponto fixo de adoção de animais é essencial para a causa animal. Assim, quem tem o interesse de adotar já tem o local certo", contou.

"Eu estava querendo um cachorrinho, mas nos canis achei todos bem caros, e aqui na feira consegui unir a solidariedade de adotar e ter um cachorro do jeito que eu queria. Estou muito feliz e satisfeita com minha nova cachorrinha", disse a técnica Química, Daniele Praga Santana Miranda, que adotou na feira uma cadelinha.

A feira de Adoção do Procão é mais uma ação solidária de sucesso da atual gestão do órgão de defesa do consumidor. Entre as iniciativas sociais temáticas que ocorrem durante todo o ano, o Procão, além de arrecadar rações que são doadas para as instituições cadastradas no Procon, visa fortalecer a causa animal na cidade.

Participaram na Feira os protetores e Ongs de animais: Pães dos Cães, Bicharada, Cão Amor, Claudia, Fatima, Gapa, Dogs Heaven, Kapps e Melol.

Mais de 200 pessoas participaram da programação do 1º Outubro Rosa Pet realizado no domingo (27.10) na Praça da Liberdade. A iniciativa teve como objetivo principal conscientizar a população sobre a importância da prevenção do câncer de mama também nos cães e envolveu crianças, adultos e idosos em uma manhã com diversas atividades. Inédita, a iniciativa envolvendo a causa animal na Campanha Mundial do Outubro Rosa aconteceu graças a uma parceria da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea) com a clínica Patas e Pelos.

Por causa do grande público e do sucesso da iniciativa, o evento está garantido no calendário oficial da cidade do ano que vem.

A banda Trovão Imperial, da Escola Municipal Geraldo Ventura, puxou a fila para a “cãominhada” no entorno da Praça da Liberdade. A veterinária Patas e Pelos distribuiu 200 kits com camisa e um informativo sobre o câncer de mamas nos animais. “Todas as raças estão sujeitas a doença. O mais importante é prevenir, fazendo exames nos machos e fêmeas”, disse o oncologista veterinário Bruno Baetas.

"Adoramos o evento. Acho importante esse trabalho de orientação, já que muitas vezes as pessoas não têm acesso a esse tipo de informação", disse Carla Pereira, de 34 anos, que levou seu cachorro Thor para o 1º Outubro Rosa Pet. "Também é uma oportunidade bacana para envolvermos a família, ensinando também as crianças e os jovens", completou.

O tumor de mama é o segundo mais comum em cachorros, perdendo apenas para o de pele. Geralmente acontece nos animais mais velhos, com cerca de 10 anos de idade ou mais. "O cachorro sofre igual a gente sofre, tem sentimentos, e assim como a gente se cuida, temos que cuidar deles também. Prevenir é o caminho. Sempre que posso, estou levando o meu no veterinário", conta Maria Eduarda de Oliveira, que levou para o evento a cadela Luna.

O evento também teve avaliação dos animais, além de uma feira de adoção, perna de pau, pintura facial em crianças e distribuição de esculturas de balões. "Vamos ampliar a programação no ano que vem, para que ainda mais pessoas participem. O bem-estar animal é um assunto cada vez mais presente. Estamos avançando nesse sentido", disse Renato Couto, coordenador de Bem-estar Animal.

"Recentemente, o prefeito sancionou a lei que proíbe o uso e a comercialização de coleiras de choque e as cirurgias de fins estéticos. Além disso, criamos o Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais, o COMUPA, entre diversas outras ações", completou Renato.

Notícias por data

« Outubro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo