Município já iniciou vistorias dos 776 apartamentos para emitir o “Habite-se” e manterá equipes no conjunto habitacional até a entrega das chaves

A implantação da rede elétrica e a construção da rede de coleta de esgoto do conjunto habitacional do Vicenzo Rivetti estão avançando. Na reta final de construção dos 776 apartamentos, a prefeitura está mantendo uma equipe composta por técnicos de várias secretarias para que tudo fique pronto para a entrega das chaves no fim deste ano. O município já iniciou as vistorias para emissão do documento de “Habite-se”, que atesta que o imóvel foi construído de acordo com o projeto e está pronto para receber os moradores. O prefeito esteve no conjunto para acompanhar os trabalhos nesta sexta-feira (25.10).

Técnicos das secretarias de Obras, Assistência Social, Defesa Civil, Meio Ambiente, CPTrans e do Gabinete do prefeito permanecerão em vistorias diárias no local do empreendimento.

O conjunto habitacional está sendo construído dentro da faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida (famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil). As unidades serão destinadas a pessoas que ficaram desabrigadas em função de chuvas. Os apartamentos estão divididos em três condomínios, sendo os dois maiores com 300 unidades e o último com 176, erguidos em 18 blocos. Os condomínios ainda vão contar com áreas de lazer infantil e salão de festas. Das 776 moradias, 3% serão destinadas para famílias que possuem pessoas com deficiência.

Futura moradora do Vicenzo Rivetti, a dona de casa Raquel de Oliveira Félix Gonçalves espera receber uma casa há 11 anos, depois de perder a moradia em que vivia, no próprio bairro Carangola, na chuva de 2008. Desde então, já passou por cinco casas e, agora, vive a expectativa de poder entrar no apartamento que será dela.

“Eu fico sem dormir porque a expectativa é grande. São 11 anos esperando, 11 anos de uma luta para ter a minha casa de volta. Agora essas obras estão em reta final, estamos empolgados. É uma vitória para gente, tudo que a gente deseja é ter a alegria de estar aqui”, afirmou ela.

A rede elétrica está sendo feito pela Enel na parte interna do condomínio e ficará pronta até fim de novembro, de acordo com a distribuidora de energia. A rede de esgoto teve mais de 450 metros de rede implantados pela Águas do Imperador nesta semana e a elevatória que será construída pela concessionária será iniciada na próxima semana. Além disso, a empresa responsável pelo empreendimento, a AB Construtora, também dará sequência à outra parte da rede coletora de esgoto.

Outras intervenções também estão sendo providenciadas, como um arruamento de acesso a um dos condomínios e a construção de uma baia de ônibus em frente ao empreendimento. A prefeitura também está solicitando que a Enel faça a instalação de mais poste para permitir a ampliação da iluminação pública no local.

Também serão feitos uma UBS, uma creche e um trabalho técnico-social de capacitação profissional dos cerca de 3 mil futuros moradores do conjunto habitacional e também para gestão dos condomínios.

Sete bairros receberam aplicação de asfalto dentro do programa Prefeitura Presente nesta sexta-feira (25.10). O prefeito Bernardo Rossi acompanhou os trabalhos das equipes que atuaram no Sargento Boening, no Caxambu e na Estrada da Saudade. Além desses locais, o trabalho também aconteceu em Quitandinha, Duarte da Silveira, Siméria e Itaipava.

Esta foi a segunda semana de atuação do programa e, neste período, foram realizadas 64 ações de tapa-buraco, que atenderam 70 ruas em 25 bairros.

Nesta sexta, o trabalho aconteceu na Rua Alagoas (Quitandinha), Estrada do Paraíso (Sargento Boening), Rua do Esqueleto (Siméria), Henrique João da Cruz (Estrada da Saudade), Estrada José Almeida Amado (Caxambu), Rua Corrêa da Veiga (Itaipava) e João Xavier (Duarte da Silveira).

“Algumas vezes, eu tentei ajudar para minimizar os buracos por aqui, mas agora eles vieram colocar o asfalto e nós só podemos agradecer. Sabemos que a situação está difícil para a prefeitura, não tem muitos recursos, então ver que estamos sendo atendidos agora é muito importante”, disse o morador do Sargento Boening Robson Wendling.

“Essa era uma reivindicação nossa e da cidade toda e a prefeitura está fazendo o possível para atender. Essa é uma necessidade grande nossa, por aqui passam cinco linhas de ônibus, então esse serviço é muito importante para gente”, falou o secretário da Associação de Moradores do Boa Vista (Estrada da Saudade), Djalma Fragoso.

A Comdep também atuou fazendo remoção de entulho em ruas do Valparaíso, Bingen, Duarte da Silveira, Capela, Quarteirão Ingelheim e Corrêas. 

Também houve capina e roçada no Sargento Boening, Alto da Serra, Vila Militar, Quarteirão Brasileiro, Valparaíso, Dr. Thouzet, Duarte da Silveira, Caxambu, Quitandinha, Bingen, Alto da Serra, São Sebastião, Centro, Corrêas e Bela Vista.

Sexta, 25 Outubro 2019 18:50

Começam as obras do Theatro D. Pedro

Prefeito Bernardo Rossi vistoriou o trabalho da empresa responsável pelo serviço nesta sexta-feira (25.10)

O prefeito vistoriou o início das obras no Theatro D. Pedro, cujo trabalho dos operários começou nesta sexta-feira (25.10). A reforma a princípio está no anexo do atrativo, mas vai contemplar toda a estrutura do patrimônio histórico, que há 16 anos não passava por uma grande obra. No projeto está prevista a revitalização da infraestrutura do prédio, como a revisão das instalações elétricas, recuperação do sistema de ar condicionado, adequação para acessibilidade, conserto de infiltrações, entre outras melhorias. Todo o serviço vai custar R$ 1.686.000,00, com a maior parte dos recursos provenientes de emenda parlamentar.

A responsável pelo serviço é a empresa Studio G, vencedora da licitação realizada em julho. A obra também vai contemplar a implantação do sistema de prevenção e combate a incêndio e pânico e terá diversas fases. “São muitos profissionais envolvidos, é uma obra com muitos detalhes. Começamos pelo anexo para depois avançar para todo o prédio, inclusive a fachada. São várias especialidades que estarão envolvidas aqui, como para os acabamentos, restauração, pintura, sistema hidráulico”, explicou o arquiteto responsável, Luis Mendonça.

“É uma belíssima atitude de ter a preocupação para que seja mantido esse teatro tão significativo para Petrópolis e até para o Brasil”, completa o arquiteto. 

Inaugurado em 2 de janeiro de 1933 pela família D'Ângelo, atualmente, o teatro conta com 500 lugares divididos em platéia, balcão e camarotes. O teatro foi construído unindo estilos arquitetônicos e decorativos de art-nouveau e art déco. A decoração interna reúne estilos geométrico, mitológico e futurista, como flores com corolas viradas para baixo. O espaço passou por pequenas intervenções também entre os anos de 2009 e 2011.

Obras também no Palácio de Cristal

Outro patrimônio do município, o Palácio de Cristal também passa por obras.A empresa Ponta do Céu Urbanização Construções e Paisagismo foi a vencedora da licitação para o serviço de reforma do atrativo e já está instalando o canteiro de obras no local. O trabalho, que vai custar R$ 1.144.768,83, conta com a reforma dos banheiros, acessibilidade e iluminação dos jardins. Os trabalhadores começaram a chegar nesta terça-feira (22.10).

Município quer dar continuidade no reconhecimento de posse em 22 comunidades em Petrópolis

A prefeitura está alinhando com o Instituto de Terras e Cartografias do Estado do Rio de Janeiro (Iterj) um novo termo de cooperação técnica para a realização do serviço de regularização fundiária em Petrópolis. O município quer dar sequência ao trabalho em 22 comunidades. Em uma reunião que contou ainda com participação da promotora do Ministério Público Estadual Zilda Januzzi, o Iterj se comprometeu a elaborar um plano de ação para análise da prefeitura e, então, formalizar o acordo.

Hoje, o município está em processo de regularização fundiária de cerca de 1,5 mil famílias em nove comunidades. O mais avançado é do condomínio Sérgio Fadel, no Samambaia, onde serão entregues os títulos de posse definitiva de 60 moradias para cerca de 250 pessoas. Além dessa comunidade, o trabalho por parte do município também é feito em Cantinho da Esperança (Atílio Marotti), Vicenzo Rivetti, Vila São José, Pedras Brancas, Olho da Águia (Siméria), Alto da Derrubada (Fazenda Inglesa), Castelo São Manoel e Vale do Carangola.

“O município busca constantemente recursos, seja no Estado ou na União, junto aos ministérios ou via emendas, para fazer a regularização fundiária plena, ou seja, com condições de infraestrutura para os moradores dessas comunidades. Além do trabalho do município, são 22 áreas em que o trabalho é do Iterj. Então essa cooperação é para agilizar a regularização fundiária em Petrópolis”, diz a subsecretária de Obras, Raquel Mota.

“Além disso, nós já temos outras áreas onde o processo será iniciado em breve. É importante ter esse trabalho conjunto com o Iterj para encontrar formas de fazer a regularização fundiária de forma célere e efetiva”, destaca o diretor de Habitação e Regularização Fundiária, Antônio Neves.

O acordo de cooperação técnica vai orientar os trabalhos entre município e Iterj dentro das fases de cadastro das famílias, levantamento topográfico e registro das escrituras.

“Nós só podemos dar os títulos de posse das casas fazendo ações de urbanismo nessas comunidades. Nós temos dificuldade por conta das restrições financeiras, mas precisamos encontrar formas de mitigar essas dificuldades e fazer a regularização fundiária plena”, disse a presidente do Iterj, Cláudia Franco.

Em algumas dessas comunidades, onde o trabalho já está mais adiantado, a prefeitura dará sequência com a análise dos licenciamentos ambientais dessas moradias. O trabalho será executado pela Secretaria de Meio Ambiente com o objetivo de verificar se as casas não estão de proteção permanente ou em margem de rios, por exemplo. Isso vai acontecer, entre outros locais, na Rua 24 de Maio.

Para receber a regularização fundiária, a família deve ter renda de até cinco salários mínimos e não pode possuir e nem ter condições de adquirir um imóvel. O beneficiado também não pode vender ou alugar a unidade habitacional regularizada para terceiros. Toda o trabalho é realizado com base na lei municipal 7.198/2014, que traz os parâmetros para a delimitação de área de especial interesse social, como o local ter condições para fornecimento de energia e abastecimento de água, esgotamento sanitário, coleta de lixo e rede de drenagem de águas pluviais. Além disso, a casa não pode ser considerada de risco.

O Procon Petrópolis lançou nesta sexta-feira (25.10) o Selo de Excelência, que reconhece o bom trabalho das empresas do município junto aos consumidores, que cumprem com legitimidade o Código de Defesa do Consumidor. A apresentação aconteceu na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrópolis (CDL), onde os participantes puderam conhecer quais são as exigências para obter o Selo, além de todos os benefícios que a premiação oferece tanto para os consumidores quanto para os fornecedores.

Os empresários que desejarem ter o Selo de Excelência do Procon devem fazer uma solicitação pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , até o dia 19 de dezembro, e a mesma será avaliada por uma comissão formada pelo assessor jurídico, fiscal e coordenador do Procon; pelo presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal de Petrópolis e pelo presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da 3ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil.  Entre os critérios de avaliação estão o quantitativo de reclamações e denúncias formalizadas no Procon, bem como o índice de resolutividade e tempo de resposta de demandas dos consumidores; relatórios de fiscalizações realizadas pelo órgão; adoção de boas práticas de acessibilidade e atendimento prioritário, além da participação em ações de educação para o consumo e ações solidárias.

Segundo a empresária, Teresa Cristina Carneiro do Carmo, o Selo também mostra um atendimento atualizado dentro do CDC para o consumidor. “O Selo traz uma confiabilidade para os nossos clientes. Minha loja existe há 64 anos e o Selo soma a tradição à qualidade no atendimento com conhecimento nos direitos do Consumidor”, explicou.

“O Selo é muito importante para o empresário que está preocupado em desenvolver um trabalho de respeito para o consumidor, cumprindo o que determina a lei. O Selo representa um avanço para o segmento”, falou a presidente da Comissão dos Consumidores da OAB, Denise Nunes. Já o presidente da CDL, Luiz Felipe Caetano da Silva e Souza, destacou a parceria com o Procon e os benefícios do Selo: “O Selo transmite ao consumidor uma referência de trabalho, que acontece de acordo com a legislação. É uma confiança para o consumidor”, disse.

O Selo foi instituído após a Lei Municipal 7.775, de autoria do vereador Jamil Sabrá. As empresas cadastradas, após a analise de excelência, estando em dia com todas as exigências receberá o Selo do Procon em março, – mês que é comemorado o Dia Mundial do Consumidor, durante uma solenidade na Câmara Municipal de Petrópolis. O Selo vale por um ano.

Esporte e diversão no 32º Batalhão

Coordenação motora, equilíbrio, fortalecimento muscular e interação social são apenas alguns dos benefícios do esporte. E foi justamente para fomentar atividades físicas e mostrar que não há limitações para quem busca e precisa participar de alguma atividade, que a Secretaria de Educação, em parceria com o 32º Batalhão de Infantaria Leve, realizou nesta sexta-feira (25.10) o Dia Paralímpico: cerca de 200 alunos da rede municipal, incluídos na modalidade de educação especial, participaram da programação, que também contou com música, dança e muita diversão.

“Adorei. O lugar aqui é muito bonito e deu vontade mesmo de correr pelo campo. Tomara que a gente volte mais vezes”, disse Yasmin Ferreira, 14 anos, aluna da EM Dr. Theodoro Machado.

A professora Renilda Quintela, que atua na sala de recursos multifuncionais – local onde os alunos recebem um atendimento diferenciado – confirmou que todos os alunos ficaram animados. “Eles estavam ansiosos, queriam conhecer o batalhão, ver a banda e participar das atividades. É muito gratificante poder participar desses momentos com eles”, contou. 

Na ocasião, os alunos tiveram a oportunidade de conferir o talento da banda do 32º Batalhão e, em seguida, partiram para as atividades: a programação contou com três circuitos diferentes: pular cone, andar na barra, pular, corda, passar no túnel e corrida sentada. No segundo: corrida da colher, corrida bambolê no cone, corrida pega a bola e joga no cesto, revezamento 20 metros e passar a bola. Já o terceiro contou com capoeira, dança e judô.

O diretor da EM Monsenhor João de Deus Rodrigues acompanhou, no evento, alguns dos alunos que participam das atividades do projeto ISE – Inclusão Social Esportiva – que promove aulas de natação na sede da escola, em Pedro do Rio. “Mais uma ação que reforça essa nossa intenção de incentivar a autonomia, mostrar que esses alunos podem participar de atividades físicas e que estamos sempre dispostos a ajudá-los”, contou Ney Marcos de Paula Júnior.

As atividades foram realizadas com alunos a partir de 8 anos de idade. 

De acordo com o Departamento de Educação Especial da Secretaria de Educação, as atividades físicas estimulam, também, o cognitivo, mas, sobretudo, a autonomia desses jovens. “São atividades que contribuem efetivamente para o desenvolvimento integral do aluno. Como ser social, autônomo, democrático e participante, estimulando o seu pleno exercício da cidadania através do esporte”, completa a responsável pelo departamento, Bianca Caetano.

Alex Lautherbach, representante do Comitê Paralímpico Brasileiro – segmento de educação paraolímpica – lembrou que o evento complementa a capacitação realizada neste ano com os professores que atuam diretamente com os alunos inseridos na modalidade da inclusão – aproximadamente 50 participaram das aulas teóricas e práticas sobre bocha, atletismo e gol bol, ação que também foi resultado de uma parceria com a Secretaria de Educação.

“Nada melhor do que colocar em prática, com os alunos, todas as dicas recebidas sobre comportamento, interação e auxilio aos estudantes e, esse também foi um momento de aprendizado para os professores. Uma ação importante e que com certeza foi inesquecível para todos”, disse.

Vilma Oliveira, mãe do Caio Oliveira Fernandes, de 14 anos, aluno da EM Dr. Theodoro Machado, diagnosticado com síndrome de down, parabenizou a iniciativa: “Maravilhoso. Foi uma manhã mais do que inesquecível. Ele está muito feliz, o que me deixa realizada. Não tenho palavras para descrever a alegria de vê-lo fazendo atividades no batalhão”.

A Cidade Imperial está mergulhada na sétima arte graças ao Festival de Cinema de Petrópolis, que termina neste domingo (27.10). No total, 15 longas e quatro curtas fazem parte da programação gratuita, que acontece no Sesc Quitandinha. Entre os destaques do fim de semana estão os longas “Veneza”, de Miguel Falabella, que estreou mundialmente no 47º Festival de Gramado; “Turma da Mônica – Laços”, de Daniel Rezende; “Mussum, Um Filme do Cacilds”, de Susanna Lira, entre outros.

Com o apoio da prefeitura de Petrópolis, o evento foi aberto com o filme “Intimidade entre Estranhos”, de José Alvarenga Jr., na quinta-feira (24), e já contou com diversas exibições. 

Este ano, o festival chega à sua IV edição. Tradição do evento, mais uma vez está sendo promovido ainda o projeto “Visão do Futuro”, uma ação social que beneficia diversas crianças de escolas públicas. A parceria é do festival com a Oftalmo Clínica. O patrocínio dessa ação é da CM Satisloh, Essilor, Óticas Carol, Petrótica, com apoio da Secretaria Municipal de Educação de Petrópolis.

“É uma alegria imensa poder realizar mais um ano do Festival de Cinema De Petrópolis. E muito bom poder ver o empenho de todos que fazem esse evento acontecer. Acredito que aos poucos estamos conseguindo mobilizar setores importantes para que o evento cresça. Mais do que nunca tivemos o apoio da prefeitura e o entendimento da parte da Secretaria de Turismo da importância do evento. Gostaria de agradecer ao prefeito e ao secretário da Turispetro, por tamanho empenho”, ressaltou Daniela Monteiro, uma das organizadoras.

“Pode ter certeza que estamos preparando um evento maior para 2020. Que a cidade não perca a oportunidade de prestigiar grandes nomes do audiovisual como pro exemplo a produtora da Casa de Papel. Estamos trazendo a Petrópolis nomes nunca vistos no Brasil antes. Vamos mostrar Petrópolis para o mundo”, completa ela.

A programação é gratuita, exceto para o Petrópolis Conference que vai debater sobre mercado audiovisual brasileiro, tecnologia e capacitação. Para levar o público carioca até as sessões o festival fornece transporte Rio-Petrópolis-Rio. 

Confira a programação do fim de semana:

No sábado (26) o longa “Veneza”, de Miguel Falabella, foi selecionado para o festival. O longa conquistou os prêmios de Melhor Atriz Coadjuvante (Carol Castro) e Melhor Direção de Arte no 47º Festival de Gramado. Neste mesmo dia serão exibidos “Turma da Mônica – Laços”, de Daniel Rezende, “Nunca Fomos Tão Modernos”, de Gustavo Coelho Moretzsohn; “Saudade”, de Renata Saraceni; “Socorro, Virei Uma Garota”, de Leandro Neri; “Rio Seco”, de Pedro Hernandez Avellaneda.

No último dia de programação (27) serão exibidos os filmes: “Detetives do Prédio Azul 2 – Mistério Italiano”, de Vivianne Jundi; “225 Gramas”, de Mariana Rhosa e João Paulo Saraceni; “Cold Night”, de André Costa; “Padroeiros Oficiais do Brasil – A Comovente História de Aparecida e Pedro de Alcantara”, de Emílio Gallo e “Mussum, Um Filme do Cacilds”, de Susanna Lira. Também haverá a projeção de curtas realizados pelos alunos do curso de Audiovisual do Colégio Estadual Dom Pedro II.

O festival conta com o patrocínio de Youse e Certisign, em parceria com o SESC. A realização é da PM Comunicações, em coprodução com Kinobras. Além da Prefeitura de Petrópolis, o festival também conta com apoio da Globo Filmes, Locanda Della Mimosa, Tave Pharma, Ministério da Cultura, Firjan SESI, Ooppah, Fazenda Vira Mundo e Hotel Petrópolis Inn.

O Centro de Referência de Atendimento à Mulher segue com o projeto Mulher 365 dias, que conscientiza toda a população sobre a violência contra a mulher. Nesta sexta-feira (25.10), a coordenadora do Cram, Cleo de Marco, fez uma roda de conversa com as mães dos alunos do CEI Professora Patrícia Ferreira e Silva Freitas, no Caxambu. Durante a reunião, as mulheres puderam tirar dúvidas sobre medida protetiva, violência contra mulher, tipos de violência, além de conhecer todo o trabalho da rede e do Cram para assistência das mulheres que são vítimas de violência doméstica.

O último dia do Seminário de Educação "A Educação nos move: repensando ideias, atualizando propostas", realizado nesta sexta-feira (25.10), foi marcado por duas palestras no salão nobre da UCP: “Educação pública de qualidade: metas a serem alcançadas” e “A Educação nos move”. Oitenta pessoas prestigiaram o evento que fechou a programação do seminário promovido pela Secretaria de Educação com o objetivo de discutir as práticas pedagógicas e trocar informações sobre os projetos de sucesso na rede municipal de Educação.

A palestra “Educação pública de qualidade: metas a serem alcançadas” foi ministrada pela doutoranda em educação e Técnica do MEC Cintia da Luz Rodrigues. A apresentação faz uma análise do que é a educação de qualidade e quais os instrumentos necessários para alcançar esse objetivo. “Importante a existência de políticas públicas que viabilizam ações pontuais, programas federais, entre outros, e a importância do gestor e todos os envolvidos na educação acompanharem sempre, monitorarem para que os mesmos tenham resultados pontuais para, de fato, se atingir a educação de qualidade”, explicou Cintia.

O tema do encerramento do evento foi: "A educação nos move", ministrado por Pilar Lacerda, diretora Fundação SM Brasil, que desenvolve programas de formação para professores de várias etapas do processo educativo, com a intenção de criar espaços de reflexão e renovar a motivação dos profissionais.

Em três dias de seminário foram realizadas 14 palestras e três mesas redondas com apresentação de projetos de sucesso realizados na rede municipal de Educação. Vários temas foram abordados, como: “Brincadeiras Musicais na Educação Infantil”; “As habilidades cognitivo-linguísticas e sua relação com o desenvolvimento da leitura e escrita”; “Roda Literária: Tecendo fios, bordando sentidos”; “Repensando as práticas de avaliação”; “Material Adaptado através do brincar” e “Neurociências e o desenvolvimento das potencialidades em sala de aula”.

Melhores vídeos serão premiados

Vídeos produzidos por alunos da rede municipal serão apresentados durante a programação do Festival de Cinema de Petrópolis, na próxima sexta-feira (25.10), às 10h, no Sesc Quitandinha. Na ocasião, serão apresentados para o público os três melhores vídeos de cada categoria: Fundamental 1º e 2º segmentos, Educação Especial, Educação de Jovens e Adultos e Ensino Médio.

Ao todo foram confeccionados 33 vídeos, a partir do tema: "Qualidade de vida na comunidade com sustentabilidade”.

Os três melhores vídeos de cada categoria serão apresentados no festival, mas todos os vídeos produzidos serão apresentados também em mostras no Centro, Corrêas, Itaipava e Posse, após o dia 30 de outubro. As datas, horários e locais serão divulgados posteriormente.

“Todos os 1.300 alunos que participaram da confecção dos vídeos receberão certificados e, nas apresentações nos bairros, todos poderão assistir”, explicou Ana Lúcia de Oliveira, integrante da equipe de projetos da Secretaria de Educação.

O festival de Cinema de Petrópolis conta com o patrocínio de Youse e Certisign em parceria com o Sesc, a realização é da PM Comunicações com Kinobras

Dentro do movimento Maio Amarelo, que acontece também durante todo o ano no município, a equipe de educação no trânsito da CPTrans, em parceria com o Programa Lei Seca, do Detran-RJ, fez uma palestra de conscientização, nesta quinta-feira (24.10), na Escola Municipal Odette Fonseca, para os alunos do Ensino Fundamental. O grupo também percorreu pelas ruas do Centro Histórico distribuindo panfletos e tirando as dúvidas da população. A ação tem o objetivo de preservar, conscientizar e salvar vidas.

Atividades de lazer, recreativas e esportivas agitam o Parque Municipal, em Itaipava, no próximo domingo (27.10). A prefeitura, em parceria com a Universidade Cruzeiro do Sul e a academia Korper, promove uma edição do Circuito Imperial de Lazer de 10h às 15h. A programação infantil conta com gincanas e brincadeiras, além de iniciação esportiva. Para os adultos serão oferecidas aulas de ritmo e de jump. O Circuito funciona normalmente também na Rua do Imperador – de 9h às 14h – e na Av. Barão do Rio Branco – de 7h às 14h.

Sucesso de público, o Circuito Imperial de Lazer funciona aos domingos, de 9h às 14h, no trecho entre a Praça Dom Pedro e o início da Rua Marechal Deodoro com atividades esportivas e de lazer. Lançado pela prefeitura no aniversário da cidade, o espaço tem o objetivo de fomentar o esporte, proporcionando uma série de atividades para todas as idades.

A iniciativa da prefeitura conta com o apoio do Sesc Rio, Unopar, Universidade Cruzeiro do Sul, Estácio de Sá e a academia Korper, que disponibilizam professores e estagiários para o espaço. A ideia é envolver ainda mais a população nas ações realizadas.

Enduro Imperial também acontece no domingo

Mais de 300 pessoas participam do Enduro Imperial no próximo domingo também no Parque Municipal, em Itaipava. Dentro do evento são disputadas as etapas da Copa MXF Rio, última prova do calendário dessa competição, e do regional de amadores. A largada dos pilotos começa às 9h para um percurso de 120 quilômetros. Por se tratar de um evento de regularidade, vence o atleta que completar os trechos em menos tempo na soma final. Segundo os organizadores, mais de mil pessoas devem acompanhar a programação.

Geografia e Defesa Civil: Mudanças climáticas e desastres de origem natural. Esse foi o tema do “aulão” promovido pela pasta para alunos do ensino médio que fazem parte do Defesa Civil Jovem e que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Realizada nesta quinta-feira (24.10), a ação reuniu 150 pessoas de cinco instituições de ensino. O programa, lançado em setembro pelo prefeito Bernardo Rossi, está capacitando os estudantes para se tornarem monitores do Defesa Civil nas Escolas em suas instituições de ensino e em escolas com ensino fundamental e educação infantil. Além do reforço no aprendizado para o Enem, a atividade também aproximou os adolescentes da Defesa Civil.

Além disso, Defesa Civil cumpre com o papel social de ajudar os jovens na preparação para o Exame. O tema da aula é recorrente nos últimos vestibulares. Por outro lado, os jovens têm papel fundamental na sociedade e precisamos reforçar a importância da prevenção de desastres na cidade.

O Enem avalia o desempenho escolar ao final da educação básica. Realizado anualmente pelo Inep, desde 1998, o exame colabora para o acesso à educação superior e a programas de financiamento e apoio estudantil. Os resultados também permitem o desenvolvimento de estudos e indicadores educacionais. Neste ano, as provas serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro. Os alunos devem estar atentos a tema atuais, como as mudanças climáticas.

“Aprendi bastante. Esse é um momento importante para todos nós que estamos aqui. Quanto mais informação sobre problemas ambientais e geografia, que são assuntos que estão em evidencia, mais isso vai melhorar a nossa preparação, disse Everton Dias, aluno e integrante do grêmio estudantil do Colégio Estadual Princesa Isabel.

“Trouxemos alunos de outras turmas, além do terceiro ano, para que já tenham essa vivência e conhecimento. O Enem é um momento importante para os alunos, então quanto mais tempo eles estiverem se preparando, melhor será o desempenho de cada um”, disse Karine Vaz Toraldo, orientadora pedagógica do Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio.

O Defesa Civil Jovem tem o objetivo de abordar a prevenção de desastres de origem natural com os adolescentes nas salas de aula do ensino médio.

Notícias por data

« Outubro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo