Dois caminhões de entulho foram retirados da via principal da região do Campo do Serrano nesta quinta-feira (10.10). A ação da Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Público promoveu a remoção de 15 toneladas de materiais indevidamente descartados na margem da via. A equipe também percorreu a comunidade do Amazonas para realizar a limpeza das vias. O serviço, que foi acompanhado pelo prefeito, mobilizou uma retroescavadeira, dois caminhões e cinco funcionários.

O trabalho de remoção de restos de obras, lixo verde, móveis e eletrodomésticos é feito tanto pela SSOP quanto pela Comdep e deu destinação correta – ou seja, o aterro de Pedro do Rio – neste ano para 93 mil toneladas de entulho até agosto. A remoção de entulhos é rotineira no Campo do Serrano, onde semanalmente são deixados restos de obras, parte de madeira, móveis e até eletrodomésticos em desuso.

O Código de Posturas proíbe o despejo de entulho em ruas e calçadas e determina que o caminho correto é levar os resíduos volumosos para o aterro de Pedro do Rio. Quem for flagrado cometendo a irregularidade é intimado a fazer a remoção imediata e pode ser multado em R$ 800. A população pode apresentar denúncia da irregularidade tanto pelo telefone da Comdep (2292-9500) quanto junto à Fiscalização de Posturas (2246-9042).

O Disque Entulho faz a coleta gratuita de até 20 sacos de 25 kg de entulho e dá a destinação correta para o material. Os agendamentos podem ser feitos pelo telefone 2243-7822.

Com 65 alunos sendo atendidos de forma integral, a EM Luiz Carlos Soares, no Morin, realizou nesta semana, um encontro especial entre os alunos e a comunidade escolar. Foi o “Giro Cultural - Diálogos entre a infância e cultura”, culminância dos projetos realizados no bimestre com os alunos, oportunidade para os pais e responsáveis conhecerem um pouco dos assuntos que estão sendo trabalhados na unidade escolar.

Durante o Giro Cultural, os trabalhos do bimestre foram apresentados através de cartazes, apresentações e maquetes. Os alunos pesquisaram sobre vários temas e confeccionaram matérias diferentes. Entre os assuntos abordados estão: as trilhas do bairro, como a que é conhecida como Castelinho, com dicas e sugestão de melhorias para o percurso, as particularidades das fábricas antigas como Santa Helena, as mudanças ambientais no bairro, as histórias da Quadra Cruzeiro do Sul e memórias da infância, com pesquisas sobre brinquedos antigos.

“Foi muito gratificante ver a integração entre família e escola nos encontros. O projeto Giro Cultural foi realizado nos meses de agosto e setembro e envolveu todas as turmas com o objetivo de estudar a cultura como quem estuda a si mesmo, passando por temas como o conceito de cultura e memória, infância e cultura, crianças como produtoras de cultura. Para todos os integrantes da escola, bem como para as famílias, o trabalho com projetos é muito gratificante, visto que oportuniza aprendizagens dialógicas e significativas”, explicou a diretora da escola, Derminda de Souza Barbosa.

Na EM Luiz Carlos Soares, os alunos atendidos no período integral - do 5º período da educação infantil ao 3º ano do ensino fundamental, participam das oficinas de iniciação científica, informática, inglês, educação ambiental e reforço em matemática e língua portuguesa.

Passaram a atender de forma integral em 2019 as escolas: EM Johan Noel – 4º período até o 3º ano do fundamental; EM Luiz Carlos Soares (Morin) – 5º período ao 3º ano do ensino fundamental; EM Senador Mário Martins (Caxambu) – do 4° período da educação infantil até o 5° ano do ensino fundamental; EM Monsenhor Cirillo Calaon (Jardim Salvador) – 1° período da educação infantil até o 3° ano do ensino fundamental e EM Magdalena Tagliaferro (Castelo São Manoel) – do 4° período da educação infantil até o 5° ano do ensino fundamental.

Além das cinco novas escolas que passaram a atender de forma integral em 2019, já oferecem esse tipo de atendimento as unidades escolares: Ana Mohammad (Sargento Boening), Soroptimista (Pedras Brancas), Leonardo Boff (Duarte da Silveira / Contorno), Colégio Gunnar Vingren (Valparaíso), Professor Nilton São Thiago (Nogueira), São Francisco de Assis (Moinho Preto), São João Batista (Duarte da Silveira), Dom Pedro de Alcântara (BR-040). Além dessas, duas escolas oferecem atendimento integral a partir de projetos distintos: Escola Santo Antônio do Vale do Cuiabá / Padre Quinha e o Centro Educacional Comunidade São Jorge.

 

O Procon Petrópolis realizou a segunda edição da operação “Oliveira”, fiscalizando 33 lojas de 14 redes de supermercados da cidade, para verificar se estão cumprindo a determinação do Ministério da Agricultura sobre a proibição da venda de lotes 2017 e 2018 de 32 marcas de azeite de oliva que foram considerados fraudados e impróprios para o consumo. Durante a ação desta quarta-feira (09.10), a equipe de fiscalização não encontrou nenhuma irregularidade.

Segundo o Ministério da Agricultura, 59 lotes apresentaram irregularidades. A mercadoria foi adulterada, apresentando fraudes feitas com mistura com óleo de soja e óleos de origem desconhecida. Os rótulos suspensos foram: Aldeia da Serra; Barcelona; Casa Medeiros; Casalberto; Conde de Torres; Dom Gamieiro; Donana; Flor de Espanha; Galo de Barcelos; Imperador; La Valenciana; Lisboa; Malaguenza; Olivaz; Olivenza;One; Paschoeto; Porto Real; Porto Valencia; Pramesa; Quinta da Boa Vista; Rioliva;San Domingos; Serra das Oliveiras; Serra de Montejunto; Temperatta; Torezani; Tradição; Tradição Brasileira; Três pastores; Vale do Madero; Vale fértil.

A equipe de fiscalização do Procon percorreu 14 redes de supermercados: Dib, Bramil, Petro Verde, Armazém do Grão, SuperSerra, Celma, Extra, SuperTere Frutas, Supermarket, Tá no Gosto, Multimix, ValleJu, Rede Economia e MegaDelli e todos cumpriam a determinação do Ministério da Agricultura.

Denúncias sobre irregularidades podem ser feita na unidade do Procon que funciona na Rua Dr. Moreira da Fonseca 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. Os telefones para contato são o 2246-8469 / 8470/ 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Há, ainda, a unidade de Itaipava, que fica na Estrada União e Indústria 11.860, no Centro de Cidadania. Os usuários também têm como opção o WhatsApp Denúncia pelo 92257-5837 e o site www.petropolis.rj.gov.br/procon e o serviço de mensagens da página Procon Petrópolis no Facebook.

Quinta, 10 Outubro 2019 18:18

Servição – feriado 12 de outubro

As unidades de saúde de urgência e emergências funcionarão normalmente no sábado (12.10), feriado pelo Dia de Nossa Senhora Aparecida.

Guardas Civis e agentes da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) irão manter equipes nas ruas normalmente. Os ônibus urbanos têm autorização para funcionar com os horários aplicados no domingo.

A coleta de lixo também funciona normalmente.

A maioria dos pontos turísticos também estará aberto, como Museu Casa de Santos Dumont, Museu Casa do Colono, Museu de Cera, Trono de Fátima, Museu Imperial, entre outros. Para quem quiser curtir a natureza, os Parques Cremerie, Natural Padre Quinha (Av. Ipiranga) e o Parque Itaipava estarão abertos. A Feirinha de Itaipava e o HortoMercado Municipal, em Itaipava também funcionarão durante o feriado. Mais informações podem ser obtidas no Disque Turismo – 0800 024 1516.

Com o objetivo de agilizar e facilitar o processo de atualização na concessão que permite o transporte de vans, kombis e ônibus escolares no município, a CPTrans realiza nos dias 14 e 15 de outubro, das 9h ás 15h, na Praça Princesa Isabel – em frente à Catedral, uma ação oferecendo os serviços de regularização. Os dois dias foram escolhidos de forma estratégica, já que dia 15 é Dia do Professor e as escolas estarão em recesso nessas datas. Os veículos que circulam de forma irregular estão passíveis de multa gravíssima, no valor de cerca de R$ 1.500,00 e perda de 7 pontos na Carteira de Habilitação Nacional.

Serão três barracas disponíveis na praça, com equipes da CPTrans, emitindo as autorizações necessárias para vistoriar e regularizar os veículos de transporte escolar que estão irregulares, além de orientações sobre educação no trânsito. Vale lembrar que a partir do ano que vem a regularização acontecerá especificamente nos meses de janeiro e julho, diferente dos anos anteriores, que não possuíam período determinado. É necessário que os motoristas levem os documentos: cópia da CNH categoria D; cópia CRLV e certidão criminal negativa (fórum). A cidade possuí 140 veículos escolares cadastrados na companhia.

“Estaremos com vistorias, possibilidades de resolver pendências, recadastramento e cadastramento para quem não está credenciado, vamos ter prestador de serviço e educação para o transito. Vamos mostrar as ações importantes que acontecem em parceria com a Secretaria de Educação, em toda a rede, para reforçar a necessidade de utilizar o transporte escolar regular”, frisou o Diretor Operacional da CPTrans, Luciano Moreira.

Dentro da programação, na segunda-feira (14), às 15h, na Casa dos Conselhos, na Av. Koeler, 260, a CPTrans realiza uma reunião pública com os responsáveis pelos transportes escolares. O objetivo é escutar a classe e ajustar as demandas de forma conveniente para os envolvidos. A equipe também está realizando uma ação de conscientização, em toda a rede de educação do município, sobre a importância do transporte escolar.

Outras informações sobre o assunto podem ser obtidas pelo telefone: 2237-1703.

Confira algumas dicas na hora de contratar o transporte escolar:

Certifique-se se o transporte escolar possui o selo da CPTrans do ano vigente – renovado semestralmente e se o Cartão de Identificação do Condutor está em local visível no veículo;

Busque o máximo de informações sobre o motorista e se informe se, além do condutor, há outra pessoa no transporte que auxilie na segurança dos passageiros;

Procure saber se o motorista ou o auxiliar leva e busca os alunos até a porta da escola;

Verifique se o transporte escolar possui um cinto de segurança para cada passageiro;

Veja se o veículo que irá transportar seu filho está em bom estado de conservação e, caso seja uma Kombi, se possui a tela de proteção entre o último banco e a parte do motor.

Os 80 alunos que frequentam as aulas de basquete na EM Monsenhor João de Deus Rodrigues, em Pedro do Rio, participaram, nesta quinta-feira (10.10), de uma programação especial: um torneio entre equipes. A atividade fez parte da programação em homenagem ao Dia das Crianças.

A EM Monsenhor João de Deus Rodrigues atende aproximadamente mil alunos, matriculados do 4º período da educação infantil até o 9º ano do ensino fundamental e EJA – Educação de Jovens e Adultos, em três turnos. Mas, além das aulas da grade curricular, a escola possui um complexo esportivo com quadra poliesportiva e piscina, que oferece aulas gratuitas para a comunidade, incluindo o basquete.

“A ideia foi de promover uma atividade diferenciada com esses alunos que participam das aulas de basquete, um torneio saudável, com direito a confraternização no final, para salientar a importância do esporte, mas, também, comemorar o Dia das Crianças da maneira que eles mais gostam, que é praticando o esporte”, explica o diretor da EM Monsenhor João de Deus Rodrigues, Ney Marcos de Paula Júnior.

Além do torneio de basquete, a escola preparou uma programação especial para todos os alunos da educação infantil e ensino fundamental I, que inclui circuitos na quadra, capoeira no pátio coberto, cinema na sala de vídeo e piscina.

Vale salientar que ainda há vagas para as aulas de basquete que são oferecidas na EM Monsenhor João de Deus Rodrigues e a atividade pode ser feita por alunos de outras escolas da rede. Os pais e responsáveis interessados em matricular os filhos podem fazer as inscrições na secretaria da escola, que fica na Rua Dr. Barros Franco, s/nº, em Pedro do Rio, das 8h às 20h.

A II Copa Imperial de futsal para surdos vai reunir mais de 200 atletas do Estado do Rio de Janeiro em 12 equipes no dia 2 de novembro, no Centro Esportivo da Escola Municipal Fábrica do Saber, na Estrada da Saudade. Petrópolis será representada por um time. A competição está sendo organizada pela prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer, em parceria com a Associação Petropolitana de Surdos (APES).

Cada partida será disputada em dois tempos de 12 minutos. Os times serão divididos em quatro grupos, acontecendo o cruzamento das chaves. Após o encerramento da primeira fase, as equipes classificadas jogam os confrontos eliminatórios que começam nas quartas de final e seguem até a decisão. Os jogos serão realizados de 9h às 18h.

O torneio é mais uma ação da Superintendência de Esportes e Lazer pela inclusão social.

Além da Copa, outras competições também fizeram parte do calendário esportivo do município desde 2017. “Também foram realizadas uma etapa da Taça Rio de Futsal de Surdos e o Campeonato Municipal de futsal de surdos, de maneira inédita, no ano passado. Apesar de ser pouco divulgado no Brasil, o futsal para surdos está em ascensão em todo o mundo”, explica a coordenadora de esportes para grupos especiais e idosos da Superintendência de Esportes e Lazer, Clévia Sies.

Arbitragem será feita por profissionais da LPD

A arbitragem de toda a competição será da Liga Petropolitana de Desportos (LPD). Ainda em 2017, cinco árbitros foram capacitados para apitar jogos de surdos. Neste ano, a APES vai oferecer um novo curso de atualização.  Marcelo Rosa, responsável pelas equipes de arbitragem da LPD, destacou a oportunidade de desenvolvimento dos profissionais e abertura de novas oportunidades no mercado de trabalho.

“Foi muito importante para todos os árbitros que participaram do treinamento e do torneio no ano passado. Acredito que tenha sido uma oportunidade fantástica de crescimento. Também é um diferencial, que pode garantir mais espaço dentro do mercado da arbitragem em todo o Estado”, disse Marcelo.

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Outubro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo