Dia D foi nesta terça-feira (05.06) e contou com a presença de 45 servidores municipais

Foram arrecadados 23 litros para o estoque do Banco de Sangue que fica no Hospital Santa Teresa

O Dia D da campanha “De gota em gota a gente alimenta a vida”, organizada pela prefeitura, arrecadou 23 litros de sangue, garantindo que 180 vidas sejam salvas. Realizada nesta terça-feira (05.06), a ação foi organizada para contribuir com a normalização do estoque do Banco de Sangue que fica no Hospital Santa Teresa, no Bingen, que teve uma queda considerável em virtude da greve dos caminhoneiros que atingiu todo o país. Por conta da paralisação, a quantidade está abaixo do nível considerado ideal.  

Com a paralisação dos caminhoneiros, a prefeitura tomou uma série de medidas de contingência para que os serviços essenciais à população não fossem prejudicados. Com a crise, o estoque do banco de sangue Santa Teresa também foi afetado. A prefeitura espera que com a contribuição dos servidores e da população, consiga normalizar o quanto antes a situação.

A campanha de doação de sangue foi coordenada pela Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias em parceria com a Secretaria de Assistência Social. A ação já era prevista como parte do eixo humanitário do Plano Inverno de Petrópolis 2018. A mobilização estava marcada para o dia 14 de junho, Dia Mundial do Doador de Sangue, mas foi antecipada devido à crise no estoque do banco de sangue.

“Assim como no ano passado, o efetivo da Defesa Civil já estava mobilizado para o Dia Mundial do Doador, mas agora antecipamos e ampliamos a campanha. A presença dos servidores da prefeitura e da população foi muito importante para o sucesso do nosso Dia D”, destacou o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, primeiro a doar nesta terça-feira.

A secretaria de Assistência Social, Denise Quintella, também participou do Dia D. “O trabalho em conjunto com a Defesa Civil acontece desde o ano passado, dentro das ações do eixo humanitário do Plano Inverno de Petrópolis. Neste ano a parceria foi ampliada, com o apoio ao nosso atendimento aos moradores em situação de rua. A mobilização pela campanha de doação de sangue partiu da prefeitura para ajudarmos no retorno à normalidade do estoque do banco de sangue”, disse.

Rodrigo Scot, de 41 anos, é professor de jiu-jitsu em uma academia de Itaipava e convenceu oito alunos a participarem do Dia D. Ele destacou a importância da campanha para a cidade e reforça que os esportistas precisam ser exemplo para a sociedade. "Mais importante do que formar um atleta de alto rendimento ou um competidor, é a formação do indivíduo. Aqui a gente faz um ato solidário e ajuda a toda a população da cidade. Acredito que o esporte oferece valores que vão além dos títulos e medalhas”, disse.

O Dia D para doação ao banco de sangue também contou com a presença do secretário de Meio Ambiente, Fred Procópio, do superintendente de Esportes e Lazer, Hingo Hammes, do coordenador de Políticas para a Juventude, Wesley Barreto, e de representantes da Legião da Boa Vontade (LBV), parceria da Defesa Civil no eixo humanitário do Plano Inverno de Petrópolis 2018.

Rodrigo Moreira, que é captador do Banco de Sangue Santa Teresa, explica que o local atende três hospitais credenciados da cidade e região, realizando 650 transfusões por mês. Ele ressalta que a importância da população ajudar neste momento de crise. “Para atender a demanda com segurança, são necessárias 80 doações por dia. Por conta dessa crise, chegamos a receber menos da metade desse número de doações. A campanha da prefeitura é importante e chama atenção para que todos ajudem nesse momento”, disse.

 O banco está localizado no Hospital Santa Teresa, na rua Paulino Afonso, 477, no bairro Bingen. O local possui estacionamento próprio, sendo gratuito para o doador. Mais informações pelo telefone (24) 2245-2324/ (24) 99269-4355.

Critérios para doar

Os interessados precisam pesar mais de 50 quilos e estar em boas condições de saúde. Não é necessário fazer jejum, mas é preciso esperar 3 horas após o almoço ou a ingestão de alimentos gordurosos. No local, basta apresentar um documento oficial com foto e ter entre 16 e 69 anos (menores de idade precisam de autorização e estar acompanhados por um responsável).

 O voluntário não pode ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação. Quem tiver feito tatuagem e/ou piercing recentemente precisa aguardar 12 meses após o procedimento, e quem fez endoscopia deverá aguardar 6 meses após a realização do procedimento.

Campanha organizada pela Defesa Civil segue até o dia 4 de julho

Dentro do eixo humanitário do Plano Inverno 2018 de Petrópolis, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias inicia nesta quarta-feira (06.06), a campanha de arrecadação de agasalhos e cobertores a serem doados para instituições que prestam atendimento a pessoas carentes.Uma barraca será montada na Praça Dom Pedro.As doações podem ser entregues até o dia 4 de julho - mesma data em que acontece uma Festa Julina solidária na sede da Defesa Civil encerrando a programação. A ação faz parte do Plano Inverno de Petrópolis 2018, que busca enfrentar as ameaças da estação com ações em dois eixos: operacional e humanitário.

A meta da Defesa Civil é ultrapassar o número de peças do ano passado, quando o órgão municipal entregou mais de 2 mil doações em nove instituições da cidade. Além da barraca na Praça, a sede da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias também vai receber as doações. Seguindo a vertente da ajuda humanitária, a Defesa Civil realiza a campanha pensando na população mais carente da cidade. A Festa Julina solidária, que encerra a campanha, acontece no dia 7 de julho.

“Além do trabalho operacional, o Plano Inverno de Petrópolis conta com o eixo humanitário que tem o objetivo de contribuir para o bem-estar e saúde das pessoas. Sabemos que durante o inverno o frio em Petrópolis é intenso e a nossa campanha busca contribuir com as pessoas que mais precisam. Contamos com o apoio dos petropolitanos para o sucesso em mais uma campanha”, explica o secretário de Defesa Civil, coronel Paulo Renato Vaz.

Além das ações humanitárias, o Plano Inverno de Petrópolis 2018 também conta com um eixo operacional, com ações de prevenção feitas com o apoio de um drone. O equipamento auxiliará o trabalho das equipes, que cumprem um calendário de vistorias - realizadas em conjunto com órgãos ambientais - nas áreas de maior índice de incêndios florestais do município com o objetivo de mapear estes locais. Sobrevoos já foram realizados nas áreas de preservação da Reserva Biológica Estadual de Araras (Rebio/Araras) e do Parque Natural da Serra dos Órgãos (Parnaso). A próxima ação acontece no dia 11, no Caxambu, com o apoio de agentes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Semanalmente são realizadas reuniões setoriais para a elaboração de planos de contingência com ações de resposta para o período. Também serão elaboradoras matrizes de atividades e responsabilidades. A ideia é trabalhar na redução dos casos de incêndios florestais durante o período de estiagem.

 “A escassez de água já atinge as grandes cidades do país. As queimadas dos últimos anos atingiram áreas de nascentes na nossa cidade. Precisamos preservar esses locais para que a população não sofra no futuro”, destaca Paulo Renato.

Campanhas humanitárias também foram realizadas no ano passado

No ano passado, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias promoveu uma campanha de recolhimento de agasalhos e arrecadou  2.300 peças, que foram entregues para instituições carentes do município.

Dentro o eixo humanitário, a Secretaria de Defesa Civil arrecadou ainda chocolates, colaborando com a Páscoa da Sociedade Pestalozzi; distribuiu rosas em lares de idosos da cidade no Dia das Mães, organizou a doação dos agentes no Banco de Sangue Santa Teresa no Dia Mundial do Doador de Sangue, além de entregar para a Creche Santo Antônio, da Paróquia de Santo Antônio e Santo Agostinho em Nogueira, 108 pacotes, totalizando 2.412 fraldas infantis.

Nesta terça-feira (05.06), o pórtico do Bingen recebeu pintura e também manutenção viária. Dois homens da Comdep aplicaram 36 litros de tinta branca e 36 litros de tinta rosa, na tonalidade “Rosa Imperial”, a mesma do Museu Imperial, um dos ícones da cidade. Já a Secretaria de Obras promoveu a manutenção viária do local.

O setor de obras é responsável pela pintura de equipamentos públicos e pontos turísticos da cidade. No último mês, por exemplo, houve pintura de pontes na Barão do Rio Branco, no Morin, no Bingen e na João Xavier, de parquinhos infantis no condomínio Sérgio Fadel, no Samambaia, e em Madame Machado, no pórtico do Quitandinha e na Praça da Liberdade, em brinquedos, canteiros e pontes.

O serviço ocorreu nas partes mais próximas ao chão, com auxílio de escada. Para a parte do telhado, a empresa vai contar com auxílio da CPTrans para utilizar um caminhão cesto que vai levantar os funcionários até o local.

Também no pórtico do Bingen, foram aplicadas oito toneladas de asfalto nesta terça. O trabalho mobilizou sete homens, com auxílio de um caminhão e um rolo compressor.

A manutenção viária segue em ritmo intenso, procurando atender todos os locais em que a Secretaria de Obras recebe demanda. Em maio, foram 17 ruas atendidas em 13 bairros. No Bingen, a importância é garantir a fluidez de quem sai da rodovia e entra na cidade, para que não aconteçam retenções no local.

Cidade bem cuidada: prefeitura trabalhando nos bairros

A Comdep fez capina e roçada em Fabrício de Matos (Valparaíso), São Sebastião, Franklin Roosevelt (São Sebastião), Av. Ayrton Senna (Quitandinha),Estrada Bernardo Coutinho (Araras), Rua Candimbas (Vila do Sossego), Paulo Hervê, Imperatriz (Centro), Siméria, Floresta, Bairro Esperança.

Também houve coleta de entulho em Visconde do Bom Retiro (Centro), Rua José da Rosa Rabello e reta de Itaipava, Cel. Veiga, Duarte da Silveira, 24 de Maio.

A Secretaria de Obras promoveu manutenção de rede de águas pluviais na Rua João Barcelos (Itamarati), Rua Antônio Machado (Centro), Rua Piauí (Quitandinha), Rua Carlos Tyll (Samambaia), Rua Prudente Aguiar (Centro) e Servidão Antenor de Oliveira (Vale do Carangola). Também houve manutenção de calçamento nas ruas Estados Unidos, Joaquim Rolla (Quitandinha), Casemiro de Abreu (Centro) e São Sebastião (São Sebastião).

A manutenção de iluminação pública ocorreu em Quarteirão Ingelheim, Bairro da Glória, Corrêas, Posse, São Sebastião,Castelânea, Retiro, Bingen e Valparaiso.

Parceria realizada através do Departamento de Capacitação e Formação Profissional

Servidores de todas as secretarias municipais terão a oportunidade de participar de cursos diferenciados com 60% de desconto nas mensalidades, graças a uma parceria entre o Departamento de Capacitação e Formação Profissional da Secretaria de Educação e o curso Yes.O desconto está garantido para os cursos de inglês e espanhol.

Essa é uma boa oportunidade para os servidores que sempre quiseram fazer esses cursos. Vale a pena separar um tempo do dia para se dedicar a aprender coisas novas. O Departamento de Capacitação e Formação Profissional da Secretaria de Educação foi criado em 2017 justamente com a missão de proporcionar aos servidores novas chances de aprendizado.

Além do desconto de 60% nos cursos, o Yes ofertou cinco bolsas de estudo com desconto integral. Uma delas foi sorteada durante o curso de gastronomia que também é realizado através de uma parceria entre a Secretaria de Educação e a FASE. A ganhadora foi a cozinheira Adriana Martins. As demais bolsas serão sorteadas pelo Departamento de Capacitação e Formação Profissional durante os cursos e workshops programados para o mês de junho.

“Os próximos sorteios serão realizados nos cursos de primeiros socorros e história e turismo de Petrópolis”, afirmou a diretora do Departamento de Capacitação e Formação Profissional, Marcia Chiote.

“Agradecemos a parceria do curso e esperamos que os servidores, não só os da educação possam aproveitar essa oportunidade. Participar de cursos diferenciados é uma ótima oportunidade para aqueles que desejam aprender coisas novas”, afirma a secretária de Educação, Samea Ázara.

Os servidores interessados em aproveitar o desconto podem entrar em contato direto com o Departamento de Capacitação de Formação Profissional da Secretaria de Educação que funciona na Casa da Educação Visconde de Mauá. O telefone é o 2246-8679.

A prefeitura voltou a cobrar à Concer entendimento com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para a saída da ligação Bingen-Quitandinha. Em reunião realizada nesta quarta-feira (05.06) o presidente da Concer, Marco Antônio Ladeira, disse que realizar a obra também é importante para concessionária e que não há objeção em torno do tema. Agora, o município vai se reunir com representantes de ambas as instituições para evitar informações conflituosas e para que a obra seja, enfim, realizada.

Essa é uma das obras de maior importância para o município e que, ao sair do papel, irá facilitar a vida dos petropolitanos, tirando do Centro cerca de 8 mil veículos que deslocam entre os bairros e que além de tempo e agilidade no percurso, dará mais qualidade de vida aos moradores da nossa cidade. O objetivo principal é buscar o entendimento entre todos os entes envolvidos para que essa ligação ocorra. Desde o primeiro mês da gestão, a prefeitura busca em Brasília a realização dessa obra.

Em maio, uma equipe técnica da ANTT realizou uma visita ao município e também se mostrou favorável à ligação, obedecendo aos critérios técnicos de segurança e também garantiu que auxiliaria o município para que realizasse um projeto a ser apresentado à Concer para a realização. Entre as intervenções que deverão contemplar o projeto estão a criação de um pórtico limitando à altura para impedir que veículos altos utilizem o trecho – uma vez que ficou acordado que a rota alternativa será utilizada por veículos de passeio; a colocação de balizadores flexíveis na via; ajuste de concordância nas saídas e entradas das vias; a criação de faixas de aceleração e desaceleração; entre outras alterações.

De acordo com o presidente da Concer, Marco Antônio Ladeira, a concessionária já havia apresentado um projeto que depende da aprovação da ANTT. Durante a reunião, ele informou que agência fez alguns questionamentos que foram respondidos, mas que ainda não houve resposta da agência sobre assunto. “Não vemos razão para que a ligação não saia. Esse movimento da prefeitura para juntar às partes em busca de um entendimento é fundamental que obra realmente saia. A falta dessa ligação não é apenas um problema para Petrópolis, mas também é para a Concer”, destacou.

O diretor-presidente da CPTrans, Jairo Cunha, destaca que a mão dupla que foi realizada inicialmente pela Concer, como alternativa ao trecho que foi interditado após a abertura de uma cratera, em novembro do ano passado, mostra que a ligação é possível de ser realizada, desde que haja boa vontade. “Sabemos que é possível e que, com boa vontade iremos conseguir tirar essa ligação do papel”, destacou.

Só no Centro de Saúde, referência do município na realização do exame, foram feitos mais de 1,8 mil testes desde o ano passado

O país comemora, nesta quarta-feira (06.06), o Dia Nacional do Teste do Pezinho, considerado um dos exames mais importantes para detectar possíveis problemas na saúde de recém-nascidos. A data reforça a importância da triagem neonatal, já que o exame é realizado preferencialmente até o quinto dia de vida do bebê e garante que doenças raras sejam detectadas. Ele pode ser feito até o trigésimo dia de vida. Em Petrópolis, o Centro de Saúde Coletiva Professor Manoel José Ferreira, no Centro, é a referência do município na realização do teste.

O Teste do Pezinho permite que doenças congênitas sejam detectadas precocemente. Quanto mais cedo estas doenças forem identificadas, mais cedo pode se realizar o tratamento, dando maior possibilidade, também, de se evitar sequelas nas crianças. O Centro de Saúde tem um papel muito importante, sendo a referência do município na realização destes exames.

O Centro de Saúde Coletiva realizou, em 2017, 1.021 testes do pezinho. Já em 2018, só de janeiro a abril, foram feitos 785 testes. A média mensal neste período foi de 196 exames, mais que o dobro da média mensal do ano passado. A unidade fez, também, em 2018, 208 testes da orelhinha, exame para avaliar a audição e detectar precocemente algum grau de surdez no bebê.

Os testes são importantes para identificar desde cedo estas doenças e permitir o tratamento o quanto antes. Ele é quase indolor. Uma pequena picada que pode ser importantíssima para o desenvolvimento da saúde do recém-nascido.

Para a professora Juliana de Morais, de 33 anos, a apreensão relacionada a dor que o filho Lorenzo sentiu ao receber a leve picada da agulha na hora do exame é bem pequena, se comparada ao objetivo do teste, que pode identificar uma série de doenças.

“Este é o meu terceiro filho e, como nas minhas duas primeiras gestações, fiquei apreensiva, mas sei da importância que este teste tem para a saúde do Lorenzo. Reconheço que aperta o coração, mas a saúde está em primeiro lugar. Agora, vou buscar acompanhar o resultado do exame pela internet”, contou Juliana.

O resultado do Teste do Pezinho pode ser obtido pelo site Conexão Saúde (https://www.saude.rj.gov.br/testedopezinho), pelo governo do estado. Para acessar o resultado, basta ter em mãos o número do filtro do exame fornecido pela unidade de saúde onde foi feito o teste e a data de nascimento do bebê.

A coleta de sangue para o Teste do Pezinho é realizada no Centro de Saúde Coletiva Professor Manoel José Ferreira, que fica na Rua Santos Dumont, número 100, de segunda a quinta-feira, entre 8 e 14h30, e às sextas-feiras e vésperas de feriado, das 8 às 12h30.

Intenção é que elas conquistem a independência financeira

Mulheres que sofreram algum tipo de violência doméstica e são assistidas pelo Centro de Referência em Atendimento à Mulher (CRAM), subordinado do Gabinete da Cidadania, estão participando do projeto COMAC Costurando com Amor, by Fátima Bastos. A ação faz parte de uma parceria entre as instituições e tem como objetivo motivar às assistidas a conquistar a independência financeira, por meio da profissionalização.

No projeto, que existe há 7 anos, as mulheres aprendem desde o início da história da moda até os cortes, moldes, manuseio das máquinas de costura, chegando ao produto final. São produzidas bolsas, almofadas, roupas, pastinhas, necessaries entre outras coisas. São usados materiais como lonas e tecidos doados por parceiros. O curso tem duração de 8 meses.

“No CRAM nós temos o lema que essas mulheres devem voltar ao mercado de trabalho. E para que isso aconteça elas precisam ter uma profissão. O projeto Costurando com Amor, não é um curso básico, é um curso de alta costura, as mulheres saem sabendo cortar, costurar e podem ter uma fonte de renda. É isso que queremos para essas mulheres”, destacou coordenadora do CRAM, Cléo de Marco.

Trabalhando há 50 anos com corte e costura, a voluntária que ministra as aulas, Fátima Bastos, vai para COMAC todos os dias e conta a satisfação de participar deste projeto que leva o seu nome. “Eu vejo nascer nas mãos delas todo o trabalho que eu ensino. Isso é muito gratificante”, disse Fátima emocionada.

Uma das frequentando das aulas encaminhada pelo CRAM, destacou a importância do projeto “Eu fui muito bem acolhida. Foi uma luz para eu continuar minha caminhada, me abriu uma porta. Com as coisas que eu estou aprendendo, vou tentar ganhar dinheiro para ajudar no sustendo do meu filho”, relatou a assistida.

“Este projeto vai além do aprendizado de costura. Trabalha o ‘eu’ delas, é o momento que elas possuem de cuidar delas. É o momento de superação, que elas também podem”, relatou a coordenadora da COMAC Petrópolis, Fernanda Ferreira. A coordenadora frisou, ainda, a importância da parceria com toda a rede. “Esta parceria é uma troca, assim como acolhemos as mulheres encaminhadas pelo CRAM, nós também identificamos alguns casos e encaminhamos para lá. Temos parceria com CRAS, Proppaz entre outros”, disse Fernanda.

“Estamos trabalhando na integração das instituições. O Gabinete tem como finalidade facilitar de forma mais aberta este diálogo entre essas instituições. Parcerias como esta sempre tem um resultado positivo”, disse Ana Maria Rattes, presidente do Comdim e coordenadora do Gabinete da Cidadania.

Programação segue até o próximo sábado com foco na preservação ambiental

Foram iniciadas nesta terça-feira (05.06) as atividades da Semana do Meio Ambiente. No Centro, na Praça Dom Pedro, a Exposição Aldeia Ecológica traz  as unidades de conservação da cidade e a importância da preservação ambiental até sexta-feira, de 10 às 17h. Na Posse, no Centro de Esportes Unificados (CEU), a Mostra Cine Ecologia apresentou um filme sobre reciclagem. A programação no local também segue até sexta, com curtas-metragens sobre reflorestamento e bem-estar animal. Até sábado, dia 9, atividades educativas que buscam a redução nos crimes ambientais no município serão realizadas.

Estão sendo apresentadas questões que influenciam diretamente a vida de cada um, como o abastecimento de água, por exemplo. O trabalho realizado pela prefeitura é antecipado, promovendo ações educativas que garantam um futuro com menos ocorrências de crimes ambientais. Por conta disso, o foco da Semana do Meio Ambiente é na preservação ambiental. Em um ano e meio, foram atendidas 1.300 denúncias relacionadas ao Meio Ambiente.

No Projeto Araras, também acontece a Mostra Cine Ecologia, a partir de quarta-feira. O encerramento da Semana do Meio Ambiente será com uma caminhada ecológica no Parque Natural Municipal Padre Quinha, na Av. Ipiranga, no dia 9 de junho, às 8h30. O percurso de dois quilômetros nas duas trilhas do local.

Como a cidade é cercada de áreas de preservação, nada melhor que uma atividade ao ar livre, estimulando a presença de crianças e adolescentes. A Semana vai contar com a presença de alunos da rede municipal de ensino, que terão uma aula sobre o Parque Natural. Também será realizado o plantio de 30 mudas de árvores da Mata Atlântica no local.

São 30 horas de atividades com foco na educação ambiental dentro da Semana do Meio Ambiente. A programação completa com todas as atividades da semana está disponível no site da prefeitura.

Ações de fiscalização

O principal objetivo do trabalho de orientação da Semana do Meio Ambiente é diminuir os casos de crimes ambientais no município. Desde janeiro do ano passado, o setor atendeu mais de 1.300 denúncias em toda a cidade. Com o auxílio de um drone, o setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente registrou 270 notificações em cinco meses de uso da ferramenta. Foram 143 horas de sobrevoo em atendimentos a denúncias de crimes ambientais, como desmatamento, invasões de áreas de preservação e despejo irregular de entulho. A ferramenta vem sendo bastante utilizada no atendimento às ocorrências pelos fiscais, que aplicaram 134 multas no mesmo período. Houve também uma prisão em flagrante em Araras de um homem que fazia o corte, sem autorização, de 20 árvores.

O setor de fiscalização organiza um cronograma de visitas na cidade e também a partir de denúncias, fazendo vistorias em locais apontados pelos reclamantes. A sede no Centro Administrativo, na Av. Barão do Rio Branco, 2.846 – Centro. O horário de funcionamento é de 9h às 18h, de segunda a sexta. Os telefones para outras informações são o (24) 2233-8180 e (24) 98828-8633.

 

11,7% dos veículos ainda estão com o cadastro pendente

Levantamento feito pela CPTrans após o fim do prazo para vistorias de táxis mostra que 11,75% dos veículos ainda estão com pendências junto à companhia. Com uma frota de 536 permissões, 63 motoristas devem comparecer à sede da companhia para a regularização. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, de 8h30 às 17h, na Rua Alberto Torres, 115, Centro. A companhia vai dar início à fiscalização da categoria e aqueles que não realizaram o serviço correm o risco de receber multa. A intenção é garantir um serviço de qualidade à população, levando segurança aos passageiros e coibindo o transporte irregular.

Para a vistoria, é necessário levar a seguinte documentação com cópia legível: CRLV 2017 ou 2018 – de acordo com o licenciamento do Detran; inspeção GNV 2017; aferição taxímetro 2017; ISS 2017 pago: permissionários e auxiliares (no caso de isenção, apresentar cópia do cartão comprovando); certidão negativa do registro de distribuição criminal atualizada do permissionário e auxiliares; CNH com a indicação que exerce atividade remunerada do permissionário e auxiliares; comprovantes de residência; uma foto 5x7 de permissionário e auxiliares; alvará 2017 original e pagamento da taxa de vistoria.

Terça, 05 Junho 2018 18:29

CPTrans tem novo diretor-presidente

Jairo da Cunha Pereira é o novo diretor diretor-presidente da CPTrans. Ele assume após a saída de Maurinho Branco, vereador licenciado que atuou na administração desde 1º de janeiro de 2017 e que agora retorna à Câmara. A decisão foi tomada pelo Conselho Administrativo da companhia em reunião na sexta-feira (01.06).

O novo diretor-presidente da CPTrans, Jairo da Cunha Pereira, também atua na companhia desde janeiro do ano passado na função de diretor administrativo e financeiro. Jairo tem 51 anos, é formado em Ciências Econômicas e Educação Física, pós-graduado em Marketing Empresarial e bacharelando em Direito. Sua trajetória passa por cargos de direção na Câmara dos Vereadores e Prefeitura de Petrópolis, gestão na Auriverde Comércio e Transporte, consultoria comercial e financeira na SHV, entre outras atividades.

À frente da CPTrans, a missão de Jairo, conforme determinação do governo, é melhorar a frequência de viagens de ônibus - que aumentou em 12 mil comparando os anos de 2016 e 2017; dar continuidade ao processo de otimização do serviço de transporte público, que começou pela Posse; buscar alternativas viárias para diminuir o tempo do transporte público; concluir o Plano de Mobilidade; além de atuar para renovação da frota.

Já estão abertas as inscrições para o concurso de cucas da 29ª Bauernfest, a tradicional Festa do Colono Alemão, que este ano acontece de 22 de junho a 1º de julho no Palácio de Cristal e arredores. Interessados têm até o dia 20 de junho para se candidatar no Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE).O concurso será realizado no dia 23 de junho, às 16h, no Palácio de Cristal, quando os candidatos deverão levar suas cucas para serem avaliadas pelos jurados.

A seleção terá duas fases: na primeira será avaliado o aspecto visual e a apresentação da cuca. Os aprovados nessa fase passarão pela avaliação gustativa, quando serão analisados critérios como: corte (o pedaço deverá permanecer o mais íntegro possível após o corte); textura e sabor da massa; textura e sabor do recheio; equilíbrio e harmonia entre os sabores; além do respeito às origens da receita.

A vencedora do ano passado, a descendente de alemães Lea Guimarães, estará no corpo de jurados deste ano. Ela conquistou o prêmio em 2017 graças a uma receita de família. “Minha mãe e minha avó costumavam fazer cucas de banana, farofa ou de coco. Mas a que eu mais gosto é a de banana, por isso resolvi fazer. O concurso foi muito bom. Minha bisavó era alemã e aprendi com a minha família a cozinhar. Elas faziam também muitos pães, amassavam a massa na mão”, conta Lea.

Além dela, fazem parte do corpo de jurados outras quatro especialistas no ramo de confeitaria, gastronomia e padaria.

Para o diretor-presidente do IMCE, Leonardo Randolfo, essa é mais uma forma de estimular a preservação das tradições germânicas em Petrópolis. “Nossos colonos nos deixaram ricas heranças, que fazem parte do nosso dia a dia até hoje. A comida é uma delas. Muitas receitas alemãs fazem parte da nossa cultura. No ano passado o concurso foi um sucesso e tenho certeza que será novamente”, frisa.

As inscrições para o concurso são gratuitas e devem ser feitas até o dia 20 de junho, de 10h às 13h e de 14h às 17h no Instituto Municipal de Cultura e Esportes, que fica na Praça Visconde de Mauá, 305 (Praça da Águia), no Centro. O vencedor terá como prêmio um jantar com direito a acompanhante em um restaurante da cidade, que será divulgado no dia do evento.

Notícias por data

« Junho 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30  

Alvará Online - BANNER

DO

loa 2018

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

cpge

gabinete cidadania.fw

selo acesso informacao.fw

cmv-logo