45 operários atuam na manutenção viária

O programa Mais Asfalto agora tem 7 equipes todos os dias nos bairros. São 45 operários trabalhando na  manutenção viária na cidade e com uma nova ‘modalidade’: não são feitos tapa-buracos e, sim, trechos maiores de cobertura.  A meta é melhorar as condições de ruas que servem de itinerário para os ônibus que atendem as comunidades. Nesta segunda-feira (08.10), 9 ruas receberam o serviço, beneficiando 30 linhas de ônibus e cerca de 850 viagens diárias. A prefeitura acompanhou os serviços feitos em São Sebastiao e Castelo São Manoel. Também foram atendidas ruas da Mosela, Quitandinha e Centro.

Cada local recebeu uma média cinco toneladas de asfalto. Petrópolis passou mais de cinco anos sem aplicação de asfalto. Hoje está trabalhando duro para recuperar tudo. Tem frentes do Mais Asfalto em ruas centrais onde circulam os ônibus e também nos bairros para garantir a circulação de todas as linhas.

No Castelo São Manoel, o serviço ocorreu na Rua 8 (Rua Ricardo Otello). A linha 609 usa a rua como itinerário em 41 viagens por dia. A linha noturna 619 também passa por lá, com cinco viagens. “Tem ônibus aqui praticamente a cada 20 minutos. A gente as vezes tenta ajudar, colocando um pouco de cimento, mas o asfalto é melhor. Esse serviço é muito importante”, destacou o morador Francisco de Assis.

O bairro já vem sendo atendido desde o fim de setembro, com aplicação de asfalto nas ruas 12 (Estrada Manoel Walter Bechtulluft) e Visconde de Taunay. Outros trechos do bairro também serão atendidos nos próximos dias.

No São Sebastião, o trabalho ocorreu na Rua João Evangelho, que é o ponto final das linhas que atendem a comunidade Olga Castrioto – 409, 448 e 461 – que fazem 38 viagens por dia no total.

“Para a gente, isso é ainda mais importante porque, quando chove, o ônibus derrapa e fica perigoso, então é muito bom que estejam colocando asfalto por aqui”, afirmou o morador Flávio Henrique.

Ainda no São Sebastião, a Servidão Aladia Lopes também recebeu manutenção viária.  O serviço ainda ocorreu na Rua Silva Jardim, itinerário de 12 linhas que fazem 322 viagens por dia. Também foi atendida a Rua Fonseca Ramos, que serve de passagem 13 linhas e 438 viagens. A Rua Frederico Francisco Mayworm (Mosela), Cardoso Fontes (Castelânea), Victor Meirelles (Alto da Serra) e a Travessa Augusto Fragoso (Quitandinha)foram outras ruas com manutenção viária nesta segunda.

O serviço vai continuar avançando e já estão no cronograma dessa semana para serem atendidas ruas do Castelo São Manoel, Mosela, Quitandinha, Retiro, Estrada da Saudade, Duarte da Silveira, Itaipava, Samambaia, Corrêas, Quarteirão Brasileiro, entre outros. Esse trabalho vai melhorar a passagem dos ônibus, diminuir o tempo de viagem, reduzir as quebras de peças dos veículos, dar mais conforto para o passageiro e segurança para os motoristas.

Além dos bairros, o Mais Asfalto atua também nas vias de maior circulação da cidade. O programa já pavimentou quase cinco quilômetros entre as ruas Santos Dumont, Souza Franco, Visconde de Bom Retiro, Aureliano Coutinho e Imperador. O serviço terá continuidade pela Rua Nelson Sá Earp, com cerca de 350 metros e com movimento de 22,5 mil veículos por dia. A via é uma das alternativas para quem vai para Mosela, Bingen, Valparaíso e Quitandinha.

Em quatro meses, foram realizadas 2,2 mil visitas

A Secretaria de Assistência já registra 300 famílias cadastradas no Programa Criança Feliz, que presta acompanhamento visando estimular o desenvolvimento integral de crianças em situação de risco ou vulnerabilidade social, na primeira infância. Esta é a fase determinante para o desenvolvimento de habilidades de coordenação, memória e capacidade de aprendizado. Na semana passada, as equipes chegaram à marca de 2,2 mil visitas realizadas.

A prefeitura tem muito orgulho deste programa, tão importante para o desenvolvimento de crianças em todo o país. Petrópolis foi um dos primeiros a aderir no estado e está trabalhando muito para atender a todas as famílias. Tem equipes capacitadas para realizar os trabalhos e reconhecer as necessidades de cada família, oferecendo o apoio necessário para cada caso em um momento fundamental.

O Programa Criança Feliz foi iniciado no município em junho. Com ele, as visitadoras fazem trabalhos que despertam a curiosidade, a coordenação e a memória das crianças, com atividades lúdicas. O programa, conduzido pela Secretaria de Assistência Social, conta com o apoio das secretarias de Educação e Saúde.

“Esta integração é uma característica da nossa gestão. É fundamental que os setores se unam visando o mesmo objetivo: mudar a realidade de quem precisa. Para isso, recebemos o apoio da Educação e Saúde para dar mais este acompanhamento. Nossa ideia é que, com este apoio, consigamos reduzir a evasão escolar”, disse a secretária de Assistência Social, Denise Quintella.

Estão sendo atendidas famílias que tenham crianças de até 3 anos beneficiárias do Bolsa Família e as de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O programa funciona em todas as oito unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município, com os 23 visitadores prestando atendimento em casa. São atendidas, também, gestantes, que recebem apoio no pré-natal e orientações sobre a melhor maneira de estimular os filhos nos estudos.

“Fiquei sabendo do programa no CRAS Centro, onde sou atendida, e estou muito contente. As meninas vêm me visitar, procuram saber como estou e, em caso de dificuldade, me auxiliam, como para marcação de exames, consulta... Tenho dois filhos e isto está sendo importante para eles também”, contou a dona de casa Rayssa Lopes, de 24 anos. Ela aderiu ao Programa para receber apoio durante a gestação, que chegou ao quinto mês.

 As orientadoras do Criança Feliz passaram por um treinamento organizado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) na capital e multiplicaram os conhecimentos para os 23 visitadores. Petrópolis foi um dos primeiros municípios a aderir ao Programa. A implantação no município foi graças a uma verba federal de R$ 52,5 mil mensais, liberada pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

“Estamos muito felizes, pois nosso trabalho vem recebendo reconhecimento. Na semana passada, representantes do Programa no estado vieram a Petrópolis e nos parabenizaram pelo serviço que temos prestado Nossas equipes vem realizando o Programa de forma eficaz, conforme a metodologia passada para todos nós”, destacou a assistente social supervisora do Programa Criança Feliz, Catia Vasconcellos.

600 procedimentos serão oferecidos durante um mês

Esta segunda-feira (08.10) foi destacada para os últimos acertos no espaço onde vão acontecer as 600 castrações de cães e gatos, em uma parceria da prefeitura com a Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) e o Inea. A campanha, que começa nesta terça (09.10) e vai ter duração de um mês, vai beneficiar moradores das regiões de Araras, Rocio, Vale das Videiras, Vista Alegre, Santa Luzia, Poços Peixes, Caititu, Santa Isabel, Bonfim, Castelo São Manoel, Caxambu e Tapera. O objetivo é castrar animais que vivam próximos às áreas de preservação ambiental.

“Faz parte do nosso trabalho o controle da população de cães e gatos para evitar o aumento do número de animais de rua. Para isso, o município já fez um mutirão, em julho, quando quase mil cães e gatos da região de Corrêas foram castrados. Agora, temos o apoio do estado neste objetivo e isso é um grande fortalecedor durante o mês de outubro”, destacou a secretária de Saúde, Fabiola Heck, que visitou o espaço acompanhada do secretário de Meio Ambiente, Renato Couto.

As castrações vão se estender até o dia 07 de novembro. Os cadastros já foram feitos por agentes da Rebio Araras, nos bairros. A ação é por meio do Projeto Ambiente Animal, da SEA e do Inea, leva o mutirão de castração para cidades do interior do estado. Ele é executado e desenvolvido pelo Viva Rio Socioambiental que firmou Termo de Cooperação Técnica com a clínica veterinária Can&Fel, com recursos da Câmara de Compensação Ambiental. O Projeto foi lançado em maio, na capital, e já passou por Vassouras e Valença.

Já em novembro, a Prefeitura vai realizar mais uma etapa do serviço de Castração Gratuita, que vai esterilizar mais de mil cães e gatos de Itaipava, ação que acontece entre os dias 22 e 29 de novembro, também no Parque Municipal. Agentes comunitários estão percorrendo as comunidades para cadastrar os moradores que quiserem o serviço, que será restrito para beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF). Mais 1,2 mil cadastros foram abertos para esta etapa.

“O município conseguiu recuperar este serviço, que estava paralisado. Agora, vamos atender os moradores de Itaipava. Com mais estas duas etapas, serão mais de 2 mil animais castrados em todo o município, em apenas um ano. A castração previne a ninhada indesejada e o consequente abandono de filhotes”, disse Fabiola.

Encontro entre os profissionais acontece no primeiro dia do II Colóquio de Defesa Civil de Petrópolis

Profissionais da Defesa Civil municipal e de outras cidades do Estado palestram sobre a construção de cidades resilientes nesta terça-feira (09.10), primeiro dia do II Colóquio de Defesa Civil de Petrópolis. O promotor da Organização das Nações Unidas (ONU), Sidnei Furtado, também vai participar da abertura do evento que acontece no auditório da Universidade Estácio de Sá, no Bingen. Até a próxima quinta, dia 11, o congresso propõe a discussão em torno da prevenção aos desastres de origem natural em três eixos: profissional, acadêmico e comunitário. Durante os dias do encontro, também serão apresentados os primeiros trabalhos realizados pelas escolas dentro da política pública municipal de Defesa Civil nas Escolas.

A primeira palestra será às 14h, com o promotor da Organização das Nações Unidas (ONU), Sidnei Furtado. Na sequência, às 14h40, será a vez do coronel Roberto Robadey, secretário de Estado de Defesa Civil. Representantes da Defesa Civil da cidade do Rio de Janeiro, Niterói e Nova Iguaçu também participam do primeiro dia do encontro.

 “É importante esse encontro entre os profissionais de Defesa Civil. As outras cidades que estão participando também estão concorrendo ao título de cidade resiliente. Vamos apresentar a nossa política pública de Defesa Civil nas Escolas como a principal ação do governo com foco na prevenção aos desastres de origem natural”, explica o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz.

Na quarta, dia 10, acontecem oito palestras com professores universitários, que começam às 9h. Também está previsto um debate entre os todos os conferentes às 16h. Na quinta-feira, seis escolas apresentam seus trabalhos realizados dentro da política pública municipal de Defesa Civil nas Escolas. Além disso, acontece a capacitação dos estagiários voluntários inscritos no SOS Chuvas, a partir das 14h. O encerramento das atividades será às 17h.

O encontro dos profissionais faz parte do conjunto de ações do governo municipal no desenvolvimento de uma cultura de resiliência na cidade, promovendo o encontro dos moradores com os técnicos da pasta. Com a organização do congresso, a Defesa Civil Municipal quer se aproximar das universidades e dos centros de pesquisa, como forma de aprimorar as ações de prevenção tendo como foco principal a preservação da vida do ser humano.

“Desde o ano passado realizamos uma série de ações com foco na prevenção aos desastres. Ganhamos o reconhecimento da ONU e do Tribunal de Contas do Estado por todo esse trabalho. É importante mantermos o foco para conquistarmos bons resultados no futuro", completou o secretário.

Com uma programação extensa e cheia de novidades, a quarta edição do Festival Agroserra da Roça ao Prato acontece no próximo feriado, do dia 12 ao 14, e, pela segunda vez, no Palácio de Cristal. O evento que surgiu com a finalidade de valorizar os pequenos empreendedores na região de Secretário e Sebollas este ano trouxe um novo desafio: descobrir novos microempreendedores da região de Petrópolis por meio do projeto Talentos da Roça. O festival conta com o apoio da Prefeitura por meio da Turispetro.

São mais de 50 expositores nos jardins e no interior do Palácio de Cristal, onde o público vai conferir uma variedade de cervejas e cachaças artesanais, queijos diversos, doces e compotas, legumes e hortaliças orgânicas, artesanato em geral, além da alta gastronomia com opções vegetarianas e veganas, contando ainda com oficinas e workshops. A criançada também terá uma programação especial para comemorar o dia 12. Serão diversas atividades e oficinas o dia inteiro exclusivo para os pequenos.

“A AgroSerra é um evento de produtos de Petrópolis que já se tornou uma referência em secretário e agora vem para cidade. A programação especial no Palácio de Cristal vai atrair ainda mais visitantes já que o local é um ponto turístico muito visitado. Vale a pena prestigiar o evento que tem uma programação eclética e conhecer e comprar os produtos produzidos em Petrópolis, movimentando a economia do setor”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico Marcelo Fiorini.

A iniciativa faz parte de mais uma ação para fomentar o turismo em Petrópolis, com a finalidade de destacar e valorizar o produtor local através da união do poder público e da iniciativa privada.

“O Agroserra acontece em um dos nossos cartões postais, com uma proposta diferenciada, onde possibilita aos visitantes uma experiência de degustação dos melhores produtos da região. Estamos impulsionando as programações do município buscando parcerias com a iniciativa privada”, pontua secretário da TurisPetro, Marcelo Valente.

O Agroserra Imperial começa na sexta-feira (12.10) às 10h e a última atração conta com o show da finalista do The VoiceKids, Valentina Francisco, está marcada para às 20h30. No sábado (13.10) o evento acontece de 10h às 23h e no domingo (14.10) de 10h às 19h.

“Nós acreditamos que o Agroserra não é apenas um festival e sim um grande movimento. Temos o interesse de contribuir de forma sócio cultural, contribuir para o desenvolvimento do empreendedor, focado sempre na educação.  Esta edição o Agroserra conta com o apoio de três secretarias de Turismo, Educação e Agricultura, frentes importantes que unidas nos ajudam a realizar o movimento Agroserra”, contou a organizadora do Festival Janice Caetano.

PROGRAMAÇÃO:

12.10 - Sexta-feira (Especial Dia das Crianças):

10h30 – Workshop "Como ser criança, vegana e feliz" pela mini-chef Maria Hang
12H – Apresentação Musical com a Camerata do Projeto Ação Social pela Música do Brasil
13h30 – AgroChefKids: nosso tradicional projeto de cozinha colaborativa agora com mini chefs 
15h30 – Oficina de produção de iogurte probiótico para crianças com a nutricionista Noadia Lobão
17h – Apresentação Musical com a Escola de Samba Unidos de Vila Isabel, apresentando o samba enredo de 2019, que homenageará a cidade de Petrópolis: “Em nome do Pai, do Filho e dos Santos. A Vila canta a Cidade de Pedro” 
20h30 – Apresentação Musical com Valentina Francisco, finalista da 2° temporada do The VoiceKids

13.10 - Sábado

10h – Oficina de graffiti com Rodrigo CB e pintura para as crianças com Débora Farias
14h – Workshop “Plantas Incríveis, Alimento Livre” (PANCs)”, com a chef Ana Ribeiro
18h – Apresentação Musical com Guido Martini Trio
20h30 – Apresentação Musical com Os Improváveis

14.10 - Domingo

10h30 – Oficina de horta urbana com Mudas Katsumoto
12H – Apresentação Musical com a Camerata do Projeto Ação Social pela Música do Brasil
14h – Workshop de produção de massas artesanais com a Arteculinarista Adriana Marchese
16h – Apresentação do espetáculo teatral infantil “O Circo de Serafim”, por Grupo de Teatro Circense Andança
17h – Apresentação Musical com Daniel Monnerat

A prefeitura e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), prepararam uma ampla programação para a próxima sexta-feira (12.10), feriado nacional, dia da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida e também a data que se comemora o Dia das Crianças. Durante todo o dia, a Praça da Liberdade vai receber várias atividades recreativas, além de shows do grupo “BFF Girls” com a participação de Valentina Francisco. A comemoração conta com a participação do DJ Mr.Jam, Banda Marcial e distribuição de pipoca e algodão doce.

A comemoração do Dia das Crianças foi organizada com uma programação extensa que possa atender a todo o município e os visitantes. O CMDCA também estará oferendo atividades junto às instituições, para que as crianças atendidas também possam usufruir desta comemoração.

Com o objetivo de mudar a rotina da garotada e relembrar os velhos tempos das brincadeiras de rua, a partir das 11h, na Praça da Liberdade, o grupo Petrópolis para Crianças realiza o projeto “Criança em Movimento”. Serão oferecidas brincadeiras de roda, dança, corda, hip hop, corrida do saco, dança da laranja, amarelinha, elástico e imagem e ação todas com acompanhamento de profissionais de dança e educação física.

“Queremos estimular as crianças a praticarem mais atividades físicas e saiam desses brinquedos tecnológicos onde ficam presos às telas. O objetivo é focar na saúde e na interação com os pais que também participam das atividades” contou a responsável pelo grupo Jeane Avellar.

Mais tarde às 14h, o grupo Tindolelê estará na praça com muitas gincanas e pinturas artísticas para a criançada. A tarde começa animada com dança da cadeira, gincana de objetos, estátua, brincadeira com bola e muitas outras. Com a finalidade de estimular a interação entre pais e filhos, a diversão está garantida também para os adultos que poderão acompanhar as crianças durante as brincadeiras. “ O grupo foi criado para levar alegria com foco na educação e boas maneiras dos pequenos e assim estaremos participando da programação do Dia das Crianças sempre com muita alegria”, pontuou a fundadora do Tindolelê Darci Pinheiro.

“Estamos sempre empenhados para fomentar os eventos na cidade. Temos trabalhado para promover ações em diversos segmentos diferentes, como teatro, música, entre outras atividades culturais. O Dia das Crianças também terá uma ampla programação não só para as crianças, mas para toda família”, destaca Leonardo Randolfo, a frente do IMCE.

Encerrando a programação do Dia das Crianças, na Praça da Liberdade, o trio musical “BFF Girls” com a participação da Valentina Francisco se apresentam às 17h.

As jovens Bia Torres, Giulia Nassa e Laura Schadeck, participaram do programa da Rede Globo The Voice Kids, em 2016 e se tornaram os ícones musicais dessa geração. As meninas já fecharam contrato com a Sony Music, lançaram singles e já possuem mais de 2 milhões de visualizações na página do YouTube, com mais de 100 mil inscritos.

Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA)

As crianças atendidas pelas 39 instituições que fazem parte do CMDCA terão um dia de lazer e muita diversão no Sesc de Nogueira. Em parceria com a prefeitura, o Conselho irá oferecer atividades recreativas para a garotada.

Outras atividades oferecidas pelo município

Corrida Imperial Kids

Já no domingo (14.10), o município promove a corrida Imperial Kids no Centro da cidade.  Crianças e adolescentes de Petrópolis podem comemorar o Dia das Crianças praticando atividade física. A largada para o evento será na Praça Dom Pedro, às 9h, em percursos de 100, 200 e 400 metros, de acordo com a idade de cada atleta mirim participante. Serão disponibilizadas 400 vagas gratuitas, que atendem desde os pequenos com quatro até os maiores de 14 anos. As inscrições podem ser feitas no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Festival Agroserra

A quarta edição do Festival Agroserra da Roça ao Prato acontece no próximo feriado, do dia 12 ao 14, e, pela segunda vez, no Palácio de Cristal com programação especial no Dia das Crianças:

10h30 – Workshop "Como ser criança, vegana e feliz" pela mini-chef Maria Hang

12H – Apresentação Musical com a Camerata do Projeto Ação Social pela Música do Brasil

13h30 – AgroChefKids: nosso tradicional projeto de cozinha colaborativa agora com mini chefs

15h30 – Oficina de produção de iogurte probiótico para crianças com a nutricionista Noadia Lobão

17h – Apresentação Musical com a Escola de Samba Unidos de Vila Isabel, apresentando o samba enredo de 2019, que homenageará a cidade de Petrópolis: “Em nome do Pai, do Filho e dos Santos. A Vila canta a Cidade de Pedro”

20h30 – Apresentação Musical com Valentina Francisco, finalista da 2° temporada do The VoiceKids

Casa da Educação

Na sexta-feira (12.10) ás 9h tem oficina de dança de rua e, às 14h30, aula de ritmos. A partir das 15h30 terá pintura artística facial.

Deguste Especial de Dia das Crianças

A feira de cerveja artesanais mais famosa da Serra, terá a programação estendida no feriado. Acontece do dia 11 ao 13, na Praça da Águia. Serão três dias de muita diversão e cerveja, com espaço Kids especial para os baixinhos.

Site da prefeitura é a ferramenta para os candidatos cadastrarem seus currículos

O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo – Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, tem 36 vagas disponíveis nesta semana. Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura pelo site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas no telefone (24) 2233-8113.

Vale destacar que o balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846. Confira as oportunidades:

Ajudante de armazém - 1 vaga - sexo masculino - Ensino fundamental e experiência

Arrumadeira - 4 vagas - ambos os sexos - Ensino fundamental e experiência

Atendente de cafeteria - 2 vagas - sexo feminino - Experiência

Balconista de farmácia - 1 vaga - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Barbeiro - 2 vagas - sexo masculino - Experiência

Cozinheiro - 1 vaga - ambos os sexos - Experiência

Garçom - 4 vagas - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Motorista carreteiro - 3 vagas - sexo masculino - Experiência

Promotor de vendas - 4 vagas - ambos os sexos - Ensino superior em andamento, possuir notebook e experiência com vendas

Supervisor de vendas - 2 vagas - ambos os sexos - Ensino médio, experiência, possuir carteira CNH e veiculo

Técnico de portão eletrônico - 2 vagas - ambos os sexos - Conhecimento em manutenção de portões eletrônicos e otimização de novos motores

Técnico de rede - 2 vagas - sexo masculino - Ensino médio, experiência em instalação e reparo de redes de informática

Vendedor - 2 vagas - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Alem dessas foram cadastradas 6 vagas para portadores de necessidades especiais. Confira:

Assistente de mecânica - 2 vagas - ambos os sexos - Ensino médio e laudo atualizado

Auxiliar de loja - 1 vaga - ambos os sexos - Ensino médio completo e laudo atualizado

Promotor de vendas - 3 vagas - ambos os sexos - Ensino médio, habilitação categoria A e laudo atualizado.

A rede municipal deu um salto em 2018 na oferta de vagas em unidades escolares que oferecem ensino integral: 800 estudantes matriculados em 8 escolas passaram a participar de atividades diferenciadas no contraturno. Em 2016, apenas quatro escolas ofereciam esse tipo de atendimento. A Secretaria de Educação estuda o aumento na oferta nos próximos anos, e, para fortalecer o aprendizado, formações foram realizadas durante o ano com os monitores do PIAC - Programa Integrado de Atendimento à Criança.

 “O PIAC possibilitou o aumento de carga horária diária nas unidades visando garantir o desenvolvimento dos sujeitos em todas as suas dimensões – intelectual, física, emocional, social e cultural e se constituir como projeto coletivo, compartilhado por crianças, jovens, famílias, educadores, gestores e comunidades locais”, explica a secretária de Educação, Samea Ázara.

Atualmente, as escolas que atendem em horário integral são: Ana Mohammad (Sargento Boening), Soroptimista (Pedras Brancas), Leonardo Boff (Duarte da Silveira / Contorno), Colégio Gunnar Vingren (Valparaíso), Professor Nilton São Thiago (Nogueira), São Francisco de Assis (Moinho Preto), São João Batista (Duarte da Silveira), Dom Pedro de Alcântara (BR-040).

Além dessas, duas escolas oferecem atendimento integral a partir de projetos distintos: Escola Santo Antônio do Vale do Cuiabá / Padre Quinha e o Centro Educacional Comunidade São Jorge.

A última formação ocorreu no mês de setembro e reuniu 51 monitores. O tema abordado foi “A Escola e a Vida Fora Dela: Menos Muros, Mais Pontes."

“A Educação Integral está na pauta dos atuais debates e propostas de políticas educacionais. O objetivo das formações é o de criar um diálogo que contribua com o direcionamento de práticas pedagógicas nas escolas em Tempo Integral, considerando o território como espaço educativo, criando, assim, pontes e integrando diferentes espaços de aprendizagens”, explica Gloria Vargas, coordenadora da Educação Integral.

Educação integral está prevista no Plano Municipal de Educação e no Plano Nacional de Educação

O Programa Integrado de Atendimento à Criança - PIAC - surgiu com o intuito de atender as demandas da Meta 6 do PME (Plano Municipal de Educação) e PNE (Plano Nacional de Educação). As escolas que atendem integralmente tiveram a oportunidade de escolher os eixos de trabalho desenvolvidos nas oficinas. Todas as escolas elaboraram um plano de trabalho e as ações são avaliadas periodicamente. Vale salientar que os monitores que atuam nas unidades passaram por um processo seletivo de cinco etapas e participam dos programas de formação coletiva.

Temas das oficinas oferecidas na educação em tempo integral: Orientação de Estudos (Linguagem e Matemática); Iniciação Científica (Pedagogia de Projetos); Teatro; Recreação, Jogos e Contestes; Artes; Informática; Inglês; Musicalidade; Literatura e Corpo e Movimento.

263 beneficiários ainda não regularizam a situação no CRAS Retiro

Moradores de 12 localidades têm até a próxima quinta-feira (11.10) para recadastrar o Cartão Imperial. São beneficiários do Atílio Marotti, Jardim Salvador, Max Manoel Molter, Nova Aliança, Professor João de Deus, Quarteirão Brasileiro, Retiro, Roseiral, Vale dos Esquilos e comunidades do Alemão, do Neylor e São Luiz, que ainda não atualizaram seus cadastrados. A atualização acontece desde o dia 20 de agosto, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Retiro.

Das 544 famílias cadastradas nesta região, 263 ainda não haviam procurado o CRAS para regularizar a situação até esta segunda-feira (08.10) e precisarão atualizar os dados para manutenção do benefício. Por serem regiões muito populosas, o atendimento foi dividido em ordem alfabética. A meta da prefeitura é manter ativo o benefício dos que comprovarem a situação de vulnerabilidade social, de insegurança alimentar e/ou nutricional para manter o recebimento de R$ 70 mensais. As convocações dos beneficiados estão sendo realizadas junto aos Centros Comunitários, unidades de Saúde e templos religiosos das localidades.

"Este foi um processo bem sucedido durante o ano passado, com a convocação dos beneficiários por ordem alfabética. Isto, para garantir um atendimento mais organizado. Quem, ainda assim, não conseguiu atualizar o cadastro durante a etapa em que aconteceu em seu bairro, pode procurar o CRAS mais perto e se regularizar", reforça a secretária de Assistência Social, Denise Quintella. Seguindo o cronograma, nesta terça-feira (09.10), serão atendidos beneficiários cujo nome inicie com as letras “S”, “T” e “U”. Na quarta e na quinta-feira (10 e 11.10), será a vez das letras “V”, “W”, “X”, “Y” e “Z”.

As famílias que não se recadastrarem terão, inicialmente, o benefício bloqueado por 30 dias. Atualmente, o município conta com 5.118 pessoas com os cadastros atualizados e 1.718 usuários já foram desligados do programa por não comprovarem a situação de vulnerabilidade social, de insegurança alimentar e/ou nutricional.

“Importante frisar que o desligamento não é automático. Primeiro, o benefício é bloqueado. Então, a família que não conseguir utilizar o benefício deve procurar atendimento no CRAS mais próximo de sua residência ou o atendimento junto à Secretaria localizada no Centro Administrativo da prefeitura na Avenida Barão do Rio Branco para avaliar o cadastro", afirma Denise Quintella.

O CRAS Retiro fica na Rua Henrique Dias, 221, no Retiro. O atendimento é de segunda-feira a sexta-feira, de 9 às 16h.

Como se recadastrar?

O recadastramento do Cartão Imperial garante o recebimento do benefício aos atendidos que estejam dentro dos critérios do programa, ou seja, que comprovem situação de vulnerabilidade social e estejam devidamente cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Caso a família não atualize os dados, o benefício é inicialmente bloqueado para que a pessoa entre em contato com a Secretaria de Assistência Social para regularizar o cadastro.

A Secretaria de Assistência Social disponibiliza uma equipe para convocar as famílias por telefone. Para fazer o recadastramento, o usuário deve levar documento de identificação, CPF, comprovante de residência, carteira de trabalho ou comprovante de renda, certidão de nascimento dos filhos menores, comprovante de escolaridade e carteira de vacinação dos menores de 10 anos.

Pessoas com deficiência ou portadores de doença crônica devem apresentar laudo ou comprovante de acompanhamento médico. Em casos de dúvidas, os moradores podem entrar em contato pelos telefones (24) 2233-8109 e 2233-8110.

Dez crianças participaram de visita à sede do executivo nesta segunda-feira

O Palácio Sérgio Fadel, sede da Prefeitura de Petrópolis, recebeu nesta segunda-feira (08.10), a visita de dez estudantes do ensino fundamental de escolas privadas para conhecer um pouco mais sobre o trabalho realizado pelo executivo. São crianças que participara da iniciativa “Câmara Mirim” e que levaram ao governo propostas de melhorias para seus bairros e a cidade. As crianças puderam conhecer toda a estrutura de governo e tirar dúvidas sobre o trabalho do prefeito e secretarias, além de poder aprender as diferenças entres os poderes executivo, legislativo e judiciários.

Os estudantes foram recebidos pelo assessor especial de governo, Rodrigo Bueno, que pode falar sobre ações da administração municipal. No encontro, os temas principais abordados pelos estudantes foram obras, educação e assistência social – frutos de trabalhos desenvolvidos em sala de aula e aprofundado durante a visita na prefeitura.

“Essa visita demonstra que as crianças, apesar da pouca idade, têm grande discernimento e sabem se impor e questionar sobre os assuntos que as incomodam. Porém, mais do que inquietação, elas apresentam soluções para a cidade, trazem ideias e buscam entender como funcionam toda a estrutura de uma máquina de administração pública como a prefeitura”, destacou Rodrigo Buenos, em elogio às crianças.

A presidente da Câmara Mirim, Ana Luiza Varella Montenegro, de 11 anos, aluna do Bom Jesus Canarinhos, saiu satisfeita com a visita. “É importante que a gente entenda como funciona a prefeitura, suas responsabilidades e o também até onde vai seu poder de atuação. Fiquei muito feliz em poder questionar e ter essas respostas aqui hoje. Quero ser escritora, mas desejo tudo de melhor para a nossa cidade e torço para que o prefeito consiga realizar cada vez mais coisas positivas para Petrópolis”, destacou a estudante do 6º ano.

Além dela, participaram da visita Sophia Robin Orcut, também do Bom Jesus Canarinhos; Sofia Pereira, do Santa Isabel; Diana Dantas de Souza e Miguel Carodozo Firmino, do Centro Educacional Krimberg; Maria Eduarda Ribeiro, do CEPEC; Kiría Ana Apolinário Taradelli de Oliveira e Ana Luísa Borzino Afonso, do Colégio Ipiranga; Isabella Alves Nascimento do São Judas Tadeu e Rafael Camargo Lossio Pinto, da Escola João de Barro.

No tour pela prefeitura, os estudantes puderam conhecer desde a recepção à sala do prefeito, passando por salas de reunião, do vice-prefeito, entre outros locais que compões a estrutura de governo no Palácio Sérgio Fadel.

Os alunos que participam das aulas na Casa da Educação Visconde de Mauá participaram de atividades diferenciadas nessa segunda-feira (08.10), primeiro dia da programação especial em comemoração ao Dia das Crianças. Contação de história, oficina de dança e de origami foram algumas das atividades realizadas com os alunos.

Até quinta-feira (11.10) serão mais de 12 atividades diferenciadas promovidas para a alegria dos 800 alunos matriculados nos cursos e oficinas realizadas no contraturno escolar. A programação começou com contação de história e oficina de origami.

“O Livro de Lara foi o título escolhido para a contação de história. Depois de um bate-papo sobre a importância da atenção, parceria e alegria durante as atividades realizadas durante o dia, conversamos com os alunos sobre o origami e mostramos as possibilidades dessa técnica da cultura japonesa. Foi um encontro muito interessante e cheio de alegria”, contou Cecília Aragão, docente da Fundação Logosófica, responsável pela contação e oficina.

Cerca de 20 alunos também participaram de uma oficina de construção de brinquedos confeccionados com material reciclado. “A ideia foi a de mostrar quer uma simples garrafa de plástico pode ser transformada em três coisas diferentes: um peixinho, uma cestinha e a um prendedor de plástico. Não precisamos jogar fora essas coisas, tudo pode ser reaproveitado”, explicou Cineia Wendling, responsável pela oficina.

A diretora da Casa da Educação, Catarina Maul, explicou que as atividades enfatizam os hábitos incentivados pelo projeto “Atitude Responsável”. “Todas as ações na Casa incentivam a sustentabilidade por isso, as oficinas também abordaram essa temática tão importante. Também fizemos questão de trazer oficinas de ritmos diferenciados, como a dança de rua, para que alunos também possam conhecer outras vertentes da arte da dança”, contou.

Rayana Monteiro, aluna do curso de ballet, adorou a oficina de origami. “Aprendi a criar figuras bem legais. Achei muito legal participar e já estou ansiosa pelas próximas oficinas”, contou.

Programação continua

A programação especial em Homenagem ao Dia das Crianças continuará até quinta-feira. Na terça-feira (09), a programação começa às 9h com oficina de dança de rua. Às 10h tem oficina de culinária e às 14h ocorre mais uma edição do projeto Conversas Musicais e abertura da Mostra de Fotografias do artista André Henriques. Alunos do Liceu Carlos Chagas participarão da atividade. Já às 17h30 tem Roda de Capoeira com o professor Fumacinha e às 15h30, demonstração de skate.

A programação de quarta-feira (10) começará às 9h com contação de história com o livro “E Deus Criou o Mundo”, de Catarina Maul. Às 10h tem apresentação teatral “Feira das Vitaminas”, com Diego Teixeira e Mary de Paulla. A “feira das Vitaminas” também ocorrerá às 14h. Das 16h às 18h ocorrerá o “Bailão”, com DJ Ventura e Coral dos Anjos.

Já na quinta-feira (12.10) às 9h tem oficina de dança de rua e, às 14h30, aula de ritmos. A partir das 15h30 terá pintura artística facial.

Programação foi realizada no último sábado para jovens e adultos

Cerca de 150 pessoas participaram das atividades esportivas e de lazer do Festival das Comunidades realizado no último sábado (06.10) no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis, que fica no bairro Caxambu. Para as crianças e os adolescentes, aconteceram jogos de basquete, handebol, futsal e brincadeiras, como pique e pega e passar a bola. Os adultos queimaram calorias em uma animada aula de dança, que durou quase duas horas. No final da programação, todos receberam medalhas como forma de incentivar a prática esportiva.

A quadra poliesportiva do CIE foi dividida pela metade para que fossem realizados jogos para os adolescentes em um lado e para as crianças no outro. As atividades aconteceram no modelo de festival, sem que houvesse uma equipe campeã no final do evento. O programa é uma das ações da prefeitura na promoção de atividades esportivas e de lazer nas comunidades da cidade, proporcionando mais saúde e qualidade de vida para a população.

O programa é uma recomendação da prefeitura, proporcionando mais saúde e qualidade de vida para a população. É preciso estimular as crianças e adolescentes a praticarem mais atividades físicas, para que isso se torne rotina na vida deles. O CIE é um espaço para os moradores do Caxambu e da população de toda a cidade, sendo usado o fomento ao esporte no município.

A aula de dança aconteceu no mezanino e contou com variados estilos musicais, como samba, funk e pagode. Entre os benefícios para a saúde, estão a melhora da coordenação motora, o equilíbrio e a agilidade. Também proporciona a sensação de bem-estar durante a prática do exercício, melhorando o humor e a autoestima. Ivone dos Santos, 51 anos, disse que a prática 'e uma recomendação médica.

"Os exames mostraram que preciso ser mais ativa. Nada melhor do que fazer isso perto da minha casa. É importante que a população abrace o CIE, cuide, já que só vai trazer benefícios para o nosso bairro”, comentou Ivone.

Mais de mil pessoas já participaram do Festival das Comunidades, que já foi realizado em oito nove: Comunidade do Alemão, São Sebastião, João de Deus, Oswaldo Cruz, Chácara Flora, Gaspar Gonçalves, Boa Vista, Alberto de Oliveira e Caxambu. O programa faz parte do conjunto de ações que a prefeitura realiza junto a Superintendência de Esportes e Lazer com o objetivo de fomentar a prática de esportes nos bairros da cidade.

O governo municipal mantém também diversas modalidades esportivas nos Postos de Saúde da Família (PSF), nas Academias da Saúde e nas Escolas Municipais, além de apoiar os projetos sociais que existem na cidade. Criado no ano passado, o Agita Petrópolis atende 13 bairros com atividades esportivas e de lazer para todas as idades.

Somando todas as atividades oferecidas de maneira gratuita pela prefeitura, mais de cinco mil pessoas são beneficiadas. A ideia é que a população entenda os benefícios da prática esportiva e que se torne um hábito na vida das pessoas.

Vagas abertas para a população em 12 modalidades no CIE

São 12 modalidades esportivas gratuitas para a população, todas com vagas abertas para novos alunos no CIE. Para as crianças e os adolescentes, são oferecidas aulas gratuitas de futsal, vôlei, handebol, basquete, basquete 3x3, jiu-jitsu, muay thai, karatê e capoeira, de segunda à sexta-feira, de 10h às 18h. Para os adultos, existem turmas de dança, ginástica e alongamento as segundas, terças, quintas e sextas, a partir das 18h30.

Os interessados em participar das atividades esportivas oferecidas pelo município podem procurar a sede da Superintendência de Esportes e Lazer da cidade, que fica no Centro de Cultura Raul de Leoni, na Praça Visconde de Mauá, no Centro ou fazer contato com a unidade pelo telefone: 2233-1218.

Atendimento é realizado em todas as unidades de Saúde da Rede

“O tratamento que estou tendo aqui não encontrei igual no hospital que me atendia no plano de saúde”. Este é o sentimento da garçonete Thalita Pinheiro, de 25 anos, que é uma das mais de mil mulheres que realizam o pré-natal pelo Sistema Único de Saúde (SUS), em Petrópolis. Ela está no oitavo mês de gestação, é moradora do Centro da cidade e realiza o acompanhamento no Centro de Saúde Coletiva Professor Manoel José Ferreira.

“Fiz a primeira consulta em um hospital que atende pelo meu plano de saúde e não gostei. Foi um atendimento sem muita atenção, de forma fria. Resolvi vir até o Centro de Saúde e não me arrependi. Toda a equipe me atende muito bem, fazem de tudo para me deixar à vontade e tranquila. Então, continuei o acompanhamento por aqui e estou muito satisfeita”, contou Thalita, que está à espera da Betina. 

Para reforçar o apoio à gestante e incentivar a realização do pré-natal, a Secretaria de Saúde vem promovendo ações junto às equipes de diferentes setores, com o intuito de integrar as ações e promover a orientação. O Departamento de Atenção Básica e a Superintendência de Urgência e Emergência Hospitalar vem sensibilizando os profissionais para que encaminhem a gestante para o pré-natal junto ao posto de saúde mais perto de sua casa.

Todos os 44 postos de Saúde da Família (PSF), além do Centro de Saúde Coletiva e o Ambulatório do Hospital Alcides Carneiro (HAC) oferecem o pré-natal. São nestas consultas onde a paciente recebe orientações necessárias ao acompanhamento da gestação. A gestante é examinada e encaminhada para realização de exames, vacinas e ecografias. São recomendadas no mínimo 6 consultas de pré-natal durante toda a gravidez. O ideal é que iniciem nos primeiros três meses de gestação.

“Temos realizado diversas ações de promoção pré-natal e um atendimento mais humanizado. Desde o Agosto Dourado, trabalhamos a importância deste acompanhamento durante a campanha que incentivou o aleitamento materno, como o bellymapping, a pintura de barriga. Esta é uma forma de integrar as equipes dos postos e as gestantes acompanhadas pela Secretaria de Saúde”, afirmou a diretora de Atenção Básica, Fátima Coelho.

 

Restam apenas mais dois muros para serem finalizados, no Bela Vista e no Caxambu
Já foram terminadas ações como limpeza de ruas, desobstrução de galerias, entre outros serviços e obras

O plano de recuperação dos locais atingidos pela chuva de março está perto da conclusão. Dos 25 serviços previstos para o Caxambu (bairro mais castigado pela enxurrada), Posse, Itamarati, Corrêas, Morin e Bela Vista, 23 já estão finalizados. Agora, faltam apenas serem entregues dois muros de contenção, que estão com obras em andamento: um na Rua Alberto Pullig (Bela Vista) e outro na José Almeida Amado (Caxambu). Todos os serviços foram feitos com aporte de R$ 4,5 milhões do Ministério da Integração Nacional.

As obras em andamento são de construção de muros de gabião. O maior deles é no Bela Vista, que terá cerca de 30 metros de extensão por seis metros de altura. Já no Caxambu, a última obra no bairro terá 20 metros de extensão por dois metros de altura. Dessa forma, será finalizado o planejamento que incluiu ações de limpeza de ruas, desobstrução de galerias, retirada de pedras de córregos, entre outras intervenções.

Pela primeira vez Petrópolis teve uma resposta rápida e efetiva. No primeiro momento a prefeitura se mobilizou para desbloquear ruas e recompor acessos. Ao mesmo tempo buscou-se e conseguiu, em pouco mais de um mês, recursos federais para a reconstrução dos locais. Em 9 meses, os bairros atingidos, em especial ao Caxambu voltaram ao normal.

Maior volume de obras ocorre no Caxambu

O Caxambu foi o local mais atingido pelas chuvas de março, o que exigiu maior volume de obras e de recurso. São 14 ações, que somam R$ 2,9 milhões de verbas vindas do Ministério da Integração Nacional para serem aplicadas no bairro. Só na localidade conhecida como Três Pedras, foram feitos sete muros de gabião e limpeza de córrego, para evitar que as pedras arrastadas pela chuva pudessem atrapalhar o curso da água e causar novos alagamentos. Também houve desobstrução de galerias de águas pluviais na região e ainda em Santa Isabel e Rua Aurélio Pires.

Em Santa Isabel, também houve remoção de pedras do leito de um córrego. A Rua Aurélio Pires recebeu limpeza de via, assim como em Mata Banco. Nesse último local, foram feitos ainda um talude projetado e um outro sistema de drenagem de águas pluviais.

Outras ações em Pose, Morin, Corrêas, Itamarati e Bela Vista

A Posse, outro local que sofreu bastante com a chuva de março, teve ações de limpeza de via, desobstrução de galerias de águas pluviais e construção de muros em locais como Xingu, Nossa Senhora de Fátima (Querosene), Centro do distrito, Brejal e Sabará.

No Morin, houve remoção de lama e desbloqueio da Rua Augusto Severo. Em Corrêas, as limpezas e desobstruções de galerias ocorreram desde o Posto 2 até ponte do bairro e ainda na Estrada Mineira. O mesmo aconteceu no Itamarati, na Rua Pedro Elmer até a Bernardo Vasconcelos e no Quissamã. E no Bela Vista, a Rua Gregório teve desobstrução de galerias, a Rua Alberto Pullig teve limpeza de córrego, além de outras pequenas intervenções na Rua Timóteo Caldara.

Juntas, todas essas ações somam R$ 1,6 milhão da verba repassada pelo Ministério da Integração Nacional.

 

Estão sendo construídas, escolas, unidades de saúde, quadras de esportes
3 obras do PAC das Encostas também já voltaram

Uma cidade com 11 obras paradas por falta de pagamento e outras 12, de contenção de encostas, uma das prioridades de Petrópolis, também paralisadas. O início da gestão foi marcado pelo desafio de retomar as intervenções, apresentando as contrapartidas necessárias para que o governo federal voltasse a enviar recursos e ainda investir verbas próprias para as obras, que são de construção de escolas, unidades de saúde, quadra de esportes e um centro de iniciação esportiva, saírem do papel. Um ano e 10 meses depois, 11 obras foram retomadas, outras 3 do PAC das Encostas também já voltaram e mais 9 serão iniciadas: são R$ 134,2 milhões em intervenções aguardadas pela população.

O desafio continua grande: manter as contas públicas em dia, com dívidas sendo pagas, e crescer ao mesmo tempo, recuperar obras, ter mão de obra para poder colocar as novas estruturas em funcionamento. E o governo está conseguindo avançar em meio a uma crise econômica nacional e a uma crise municipal, de contas públicas desordenadas que foi herdada na gestão anterior.

Das 11 obras retomadas pela gestão Bernardo Rossi, já está concluído o Centro de Iniciação Esportiva, no Caxambu, um complexo para atender de imediato mais de 500 pessoas. A segunda maior obra, de R$ 59 milhões também está em fase final: as 766 unidades do MCMV, do Vicenzo Rivetti, destinado a desabrigados das chuvas, já com 90% de conclusão.

Também estão em fase final as quadras do Morin e do Pedras Brancas e foi retomada ainda a reforma da Escola Jandira Bordignon, fechada em 2016 por risco às crianças.  As quadras recebem cerca de R$ 900 mil, dos quais apenas R$ 22 mil da prefeitura. O restante da verba, no entanto, seria perdido por falta do pagamento desta pequena contrapartida da prefeitura. Já a escola, com recursos próprios na ordem de R$ 2,5 milhões aplicados pela prefeitura, vai devolver à comunidade um prédio com capacidade para 700 crianças.

O conjunto habitacional da Posse, onde são erguidas 72 unidades pela prefeitura também precisou de atenção especial: algumas unidades foram entregues com problemas em 2016 e precisaram ser feitas reformas. O restante também está sendo concluído.

Na área da Saúde, a Unidade Básica de Saúde de Araras, teve suas obras retomadas esta semana e nas próximas semanas reiniciam as obras da UBS da Posse e da UBS do Caxambu, três intervenções que somam R$ 2,9 milhões.

Em Itaipava, uma obra de contenção na Desembargador Luiz Severo tinha uma dívida de R$ 11 mil da prefeitura. O valor foi pago e o governo federal liberou R$ 384 mil que são fruto de emenda parlamentar. O dinheiro e a obra seriam perdidos.

PAC das Encostas e Creche na Estrada da Saúde

Do PAC das Encostas, iniciado em 2013, prevendo 14 obras, apenas 2 foram concluídas. As outras 12 foram paralisadas depois de um arresto judicial ter retirado verbas das contas da prefeitura, na gestão passada, para pagamento do 13º salário do funcionalismo. Quando assumiu, a gestão Bernardo Rossi negociou a reposição deste dinheiro e repôs R$ 11 milhões nas contas do PAC das Encostas com o programa sendo retornado.

Três destas 12 obras já retornaram: Rua Brigadeiro Castrioto (Floresta), Rua Eugênio Werneck (Morin) e Rua Amaral Peixoto (Quitandinha). Também serão retomadas as outras 9: Rua Alexandre Fleming (São Sebastião), Rua Antônio Soares Pinto (Centro), Rua Henrique Paixão (Floresta), Rua Casemiro de Abreu (Floresta), Rua Atílio Marotti (Campo do Serrano), Comunidade do Neylor (Retiro), Comunidade dos Ferroviários (Alto da Serra), Alto Bataillard (Mosela) e Comunidade do Veludo (Bingen). 

Na Estrada da Saudade está sendo iniciada a construção de uma creche na comunidade Boa Vista. São R$ 559 mil do governo federal aplicados no PAC Estrada da Saudade depois de garantida contrapartida da prefeitura de XXX.  O governo Bernardo Rossi também trabalha em mais dois projetos dentro do programa: pavimentação e rede de drenagem na Estrada da Chácara e a construção de uma creche na comunidade do Félix.

Prefeitura recupera R$ 134 milhões e retoma obras paralisadas

Vicenzo Rivetti 
776 unidades habitacionais paralisadas desde 2015 –  R$ 59 milhões

Conjunto habitacional da Posse
72 apartamentos – R$ 4,1 milhões

Centro de Iniciação Esportiva do Caxambu 
Estrutura esportiva para atender até 2 mil pessoas – R$ 3,8 milhões

Reforma de quadra - Morin
Quadra esportiva– R$ 487,5 mil

Reforma de quadra - Pedras Brancas 
Quadra esportiva - R$ 487,5 mil

Reforma - Escola Municipal Jandira Bordignon 
Com recursos próprios – R$ 2,5 milhões

PAC Encostas
12 obras que estavam paradas  - R$ 60 milhões

Obra de contenção - Itaipava
Rua Desembargador Luiz Antônio Severo – R$ 384 mil

UBS  Araras Posse e Caxambu
Unidades Básicas de Saúde nos bairros  - R$ 2,9 milhões

PAC Estrada da Saudade
Construção de Creche no  Boa Vista – R$ 559 mil

 

Ação reforçou incentivo à Saúde da Mulher pelo Outubro Rosa

O Ambulatório do Hospital Alcides Carneiro (HAC) fez, neste sábado (06.10), o quinto mutirão de consultas, neste ano. Desta vez, a ação promoveu 380 consultas médicas pré-agendadas direcionadas para mulheres, como referência à campanha Outubro Rosa. Este foi o nono mutirão realizado pelo HAC, entre consultas e cirurgias, em 2018.  

Ao todo, foram 160 atendimentos de ginecologia pré-operatória, 50 de dermatologia e 50 de proctologia, além de neurologia, oftalmologia e cardiologia (40 cada). O Ambulatório do Hospital Alcides Carneiro fez 69,4 mil atendimentos, em 2017, 6% mais que no anterior, que fechou com 65,3 mil consultas realizadas. Em 2018, de janeiro a agosto, só nestas cinco especialidades, já foram feitas 6,2 mil consultas.

O Ambulatório do HAC oferece 30 especialidades médicas. Para o primeiro atendimento na unidade é preciso ter um encaminhamento fornecido pelo médico no posto de saúde ou unidade básica de saúde. Esse encaminhamento é regulado pela Secretaria Municipal de Saúde para agendamento junto ao hospital. A administradora de RH, Renata Marques, aprovou a ação deste sábado.

“Já sou atendida pelo Ambulatório do HAC e sou testemunha da boa recepção de toda a equipe aqui, principalmente, da minha médica ginecologista. Vim ser atendida e já estou com a cirurgia marcada. Isso é muito bom, pois nos passa segurança na hora de buscarmos atendimento médico”, disse Renata.

Os mutirões no HAC não param por aí. Já estão previstas ações, também, durante o Novembro Azul, voltados para a Saúde do Homem. “Temos trabalhado muito para oferecer mais serviços e nosso próximo objetivo é realizar uma ação voltada para a prevenção de doenças relacionadas à Saúde do Homem. O ambulatório tem uma variedade grande de especialidades e teremos mais novidades em breve”, completou o gerente do Ambulatório do HAC, Rene Giardini.

Notícias por data

« Outubro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        

Alvará Online - BANNER

DO

loa 2018

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

cpge

gabinete cidadania.fw

selo acesso informacao.fw

cmv-logo