Parcerias vão permitir 1.800  cirurgias

Petrópolis vai contar com duas campanhas para castração de cães e gatos nos meses de outubro e novembro. Uma parceria da Secretaria de Saúde com a Secretaria de Estado de Ambiente (SEA) e o Instituto Estadual do Ambiente vai permitir a castração de 600 animais durante um mês. A ação, que começa na próxima segunda-feira (08.10), é realizada por meio do Projeto Ambiente Animal, da SEA, que leva o mutirão para cidades do interior do estado.

“Já recuperamos o projeto de Castração Gratuita, que esterilizou mais de 900 animais em julho, e, agora, tivemos a boa notícia, de que vamos receber apoio neste sentido. Devemos ter atenção especial para este assunto. Cuidar da questão dos animais de maneira responsável é fundamental e todo este processo é feito com transparência. A castração é importante para ajudar a controlar e reduzir a população de animais abandonados nas ruas”, pontua o prefeito Bernardo Rossi.

O Projeto vai atender regiões prioritárias ao redor de áreas de conservação. Os cadastros já estão sendo feitos por agentes da Rebio Araras, nos bairros Araras, Rocio, Vale das Videiras, Vista Alegre, Santa Luzia, Poços Peixes, Caititu, Santa Isabel, Bonfim, Castelo São Manoel, Caxambu e Tapera. A campanha começa na próxima segunda e vai até o dia 7 de novembro.

“O município não mediu esforços para retomar o serviço em julho e agora recebeu este apoio do estado, que é essencial para o controle da população de animais domésticos. A castração previne a ninhada indesejada e o consequente abandono de filhotes. A ação da Secretaria de Estado de Ambiente fortalece o nosso trabalho e já temos agendada nossa próxima fase da campanha. Sempre importante possibilitar que ações como estas cheguem a mais bairros”, destacou a secretária de Saúde, Fabiola Heck.

O Projeto Ambiente Animal é executado e desenvolvido pelo Viva Rio Socioambiental que firmou Termo de Cooperação Técnica com a clínica veterinária Can & Fel, com recursos da Câmara de Compensação Ambiental. O Projeto foi lançado em maio, na capital, e já passou por Vassouras e Valença.

Castração Gratuita do município vai atender região de Itaipava em novembro

Dando continuidade ao serviço de Castração Gratuita, mais de mil cães e gatos do bairro do segundo distrito vão ser atendidos na ação que acontece entre os dias 22 e 29 de novembro, no Parque Municipal de Itaipava. Agentes comunitários estão percorrendo as comunidades para cadastrar os moradores que quiserem o serviço, que será restrito para beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF). Mais 1,2 mil cadastros foram abertos para esta etapa.

“Nossas equipes de agentes de endemias estão cadastrando moradores desde a região da Estrada Mineira, entre Corrêas e Nogueira, até Itaipava. Será uma semana de castrações, operando, inclusive, no sábado”, afirmou a diretora de Vigilância em Saúde, Elisabeth Wildberger.

O Departamento de Vigilância em Saúde, por meio da Coordenadoria de Vigilância Ambiental, está organizando o cronograma de atendimentos. Panfletos com as orientações para o pré e pós-cirúrgico estão sendo disponibilizados para os donos dos animais. As cirurgias serão realizadas em dois turnos.

Principal via da cidade recebeu asfalto em toda a sua extensão

Previsão é que toda a sinalização da via seja concluída até o fim de semana

A pintura de meio de pista já pode ser observada pelos petropolitanos que passaram pela Rua do Imperador nesta terça-feira (02.10). A CPTrans iniciou na noite de segunda (01) a implementação da sinalização horizontal na principal via do município. A previsão é que até o fim desta semana ambos os sentidos, aproximadamente dois quilômetros, já tenham recebido a sinalização adequada. Esse trabalho acontece na sequência do serviço de pavimentação feito pelo programa Mais Asfalto, em setembro.

A nova sinalização inclui a pintura de meio pista, revitalização de faixas de pedestres e implementação de marcas de canalização – pintura realizada para apontar por onde os veículos podem passar, como no trecho em frente à Estação Rodoviária Imperatriz Leopoldina. As melhorias irão beneficiar, só na Rua do Imperador, 22.800 mil veículos que passam diariamente, além de 112 linhas de ônibus e milhares de petropolitanos.

“Nosso cronograma de pintura foi frustrado algumas vezes devido às condições climáticas e o serviço só pode ser realizada com o tempo bom, sem previsão de chuvas. Na última semana, com a melhoria do tempo, fizemos a revitalização da Fonseca Ramos, além de atuar no São Sebastião com melhorias para o local”, explica o diretor-presidente da CPTras, Jairo Cunha.

Todo o serviço na Rua do Imperador será executado à noite e durante a madrugada para que não haja problemas com retenção de trânsito, assim como foi feito o próprio asfaltamento. Durante a execução do serviço as ruas precisam ser interditadas e são liberadas em seguida, após a secagem da tinta no asfalto.

Após a conclusão da pintura na Rua do Imperador, a CPTrans também vai realizar a sinalização da Santos Dumont, Rua Visconde de Bom Retiro e Aureliano Coutinho. O circuito serve de itinerário de 25 linhas de ônibus, que fazem mais de 800 viagens por dia e transportam mais de 20 mil pessoas por dia. A Rua Teresa também receberá melhorias na sinalização horizontal.

Serviço de manutenção viária nesses locais beneficiam mais 1,6 mil viagens de ônibus por dia

O programa Mais Asfalto realizou a manutenção viária de duas importantes ruas do Centro: a Paulo Barbosa e a Cel. Veiga. A melhoria nas condições das duas vias beneficia usuários de transporte público em mais de 1,6 mil viagens de ônibus que passam por esses locais todos os dias. A primeira é pontos de parada de linhas de Petro Ita e Turb, mas serve de itinerário ainda para veículos de Cascatinha, Cidade Real e Cidade das Hortênsias.

Na Paulo Barbosa, foram aplicadas três toneladas de asfalto, melhorando as condições de passagem de 86 linhas de ônibus. O serviço também beneficia mais de 17 mil veículos que passam na rua diariamente, de acordo com levantamento da CPTrans. Também foi atendida a Rua Silva Jardim, itinerário de 12 linhas que fazem 322 viagens por dia.

Já Cel. Veiga, 34 linhas de ônibus fazem 626 viagens por dia. Por isso, foram usadas cinco toneladas de asfalto no local. O trecho serve de rota para mais de 16 mil veículos todos os dias, pela contagem da CPTrans. Além dela, a Rua Washington Luiz também recebe manutenção viária.

São ruas de intenso fluxo durante todo o dia e com grande movimento de linhas de ônibus. Por isso, a manutenção viária na Paulo Barbosa e na Cel. Veiga tem ainda mais importância. Esse é um foco importante do programa Mais Asfalto, beneficiar o transporte público da cidade, para que as linhas sigam os itinerários normais e com mais comodidade e segurança para motoristas e passageiros.

O bairro Duarte da Silveira continua sendo atendido pelo programa Mais Asfalto. O trabalho, iniciado na semana passada, teve mais um trecho realizado nesta terça-feira (02.10), com aplicação de cinco toneladas de asfalto. O local é atendido pelas linhas 110, que faz 39 viagens por dia, e 111, com 12 viagens. A linha noturna 126 também passa pelo local, com oito viagens.

Também nesta terça foram feitas manutenções viárias em Vale Florido (Fazenda Inglesa) e a Rua Leila Diniz (Independência).

Inauguração vai acontecer no Palácio Sérgio Fadel, na quinta-feira (04.10)

Outubro é o mês de incentivo e promoção à Saúde da Mulher, com foco na prevenção ao câncer de mama. No próximo sábado (06.10), 330 mulheres serão atendidas em um mutirão de consultas no HAC. A Secretaria de Saúde tem ampliado o atendimento e realizado também mais exames na prevenção do câncer de mama. Em 2018, de janeiro a agosto, foram realizados 7.471 exames de mamografia no município. Somente no Hospital Alcides Carneiro (HAC), foram mais de 3 mil exames. A tendência é que o número deste ano ultrapasse o de 2017, quando foram feitos 8.988 exames em toda rede da Saúde.

Para marcar a importância da prevenção do câncer de mama, a prefeitura e a Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos vão realizar, nesta quinta-feira (04.10), a abertura oficial da Campanha Outubro Rosa, que completa 10 anos em Petrópolis.

Este é um assunto dos mais importantes, pois é preciso trabalhar a prevenção da doença entre as mulheres. A Campanha vem para trazer este alerta e a prefeitura quer que seja um evento para marcar, realmente, o início do período de conscientização, trabalho que já é desenvolvido o ano inteiro. O Outubro Rosa completa dez anos em Petrópolis e a prefeitura tem orgulho de colaborar.

O evento está marcado para as 19h, no Palácio Sergio Fadel, sede da prefeitura, na Avenida Koeler, que será iluminado na cor da Campanha. A abertura vai contar, também, com a apresentação da música oficial da Campanha Outubro Rosa 2018 pelos integrantes do Grêmio Recreativo Bloco Carnavalesco (GRBC) Guerreiros da Vinte.

“Temos trabalhado junto à nossa equipe e usuárias da rede a importância de manter a prevenção em dia, incentivando a procura dos nossos postos para o caso de dúvidas, manter as consultas em dia e realizar os exames de rotina. A Campanha Outubro Rosa vem para somar e temos uma parceria muito grande com a APPO no apoio a pacientes”, avalia a secretária de Saúde, Fabiola Heck.

O mutirão de sábado será o nono realizado este ano. Mais uma vez, a ação vai ser realizada no Ambulatório do HAC, que vai oferecer consultas em cinco especialidades: 160 atendimentos de ginecologia pré-operatória e 50 de dermatologia, além de neurologia, oftalmologia e cardiologia (40 cada).

A programação do Outubro Rosa terá sequência com ação voltada para o atendimento de mulheres e caminhada no Sesc de Nogueira, no próximo sábado (06.10), e com o Bazar da APPO, entre os dias 8 e 10, na Casa de Apoio da Associação. No dia 9, haverá a inauguração da iluminação dos demais atrativos turísticos, às 19h, na Câmara de Vereadores. Está marcado para o dia 27 a tradicional Caminhada do Outubro Rosa. Ela vai acontecer às 15h, pelas ruas do Centro Histórico.

Nesta quarta-feira acontece uma reunião com os alunos inscritos no programa da UCP

O programa SOS Chuvas conta com 48 estagiários voluntários cadastrados. São estudantes de arquitetura e engenharia das universidades Estádio de Sá e UCP que se colocaram à disposição da prefeitura para trabalhar nas áreas de Defesa Civil, Obras e Meio Ambiente. Os interessados em participar devem procurar a coordenação de seus cursos para se inscreverem. O projeto foi criado no ano passado para impedir o avanço das ocupações e construções irregulares na cidade, reduzindo os prejuízos causados pelas chuvas de verão.

Nesta quarta-feira (02.10) acontece uma reunião na Sala de Cooperação da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias para a apresentação do programa aos alunos da UCP. São 24 universitários da instituição inscritos no SOS Chuvas até o momento. As ações do programa são direcionadas para articulação e mobilização comunitária, com a distribuição de panfletos informativos e de orientação; fiscalização e controle da ocupação desordenada e de proteção ambiental.

Para os alunos, o programa é uma oportunidade de executarem na prática aquilo que aprendem dentro de sala de aula. Além disso, existe a troca de experiências com os profissionais da prefeitura que trabalham em uma das secretarias que participa do projeto. Segundo o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, o SOS Chuvas é mais uma ação do governo municipal com foco na prevenção aos desastres de origem natural.

“Estamos trabalhando de forma antecipada para garantir a redução do número de ocorrências no próximo verão. O SOS Chuvas faz parte do eixo operacional, com ações nas comunidades com maiores riscos geológicos. Os benefícios para a cidade são diversos. Para os alunos o desenvolvimento profissional é indiscutível, pois vão trabalhar com profissionais competentes da prefeitura, desde geólogos, engenheiros e arquitetos”, disse Paulo Renato.

O desenvolvimento na área escolhida é o que mais chama a atenção dos universitários que se inscreveram no programa. Letícia da Silva, que curso Engenharia de Produção na UCP, conta que descobriu sobre o programa em uma palestra na universidade e acredita que será uma boa oportunidade para crescer na profissão.

“A gente precisa de experiência na prática para aprender sobre a profissão. O estágio é tão importante quanto o aprendizado nas salas de aula. Vai ser uma oportunidade de crescer na minha área, além de conhecer mais gente e criar novos contatos”, afirmou Letícia.

Cada setor da prefeitura vai utilizar os estudantes dentro da sua atribuição, sempre acompanhado de um responsável técnico. O programa SOS Chuvas foi criado em 2017, buscando a redução dos danos humanos, materiais e ambientais causados pelas chuvas de verão.

A Guarda Civil realiza nesta primeira metade de outubro um trabalho de atualização dos agentes sobre a legislação e atuação no trânsito. Os cursos estão sendo ministrados para turmas de até 10 pessoas, tanto aqueles que trabalham na rua quanto aos que prestam outros serviços na corporação. O objetivo é orientar sobre as mudanças mais recentes no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e formas de abordagem de condutores.

Desde 2016, por exemplo, uso de celular durante a condução de veículos, o estacionamento em vagas destinadas para pessoas com deficiência e para idosos, a falta de habilitação para guiar motos de 50 cilindradas (as chamadas “cinquentinha”) ou recusar o bafômetro passaram a ter punições mais rigorosas: as duas primeiras se tornaram infrações gravíssimas, enquanto as outras tiveram os valores das multas aumentadas.

“Além disso, entrou em vigor o novo padrão de placas, que passou a ter quatro letras e três números, novas cores, chip. Tudo isso o guarda preciso estar atento na hora do trânsito no trânsito”, diz o chefe do setor de ensino, Leandro da Silva. Além dele, também ministram o curso de atualização o corregedor da Guarda, Vinicius Silva, e o guarda Marcelo Chaves, que é o responsável na corporação pelas estatísticas de trânsito.

A Guarda Civil mantém um efetivo de pelo menos 15 agentes para fazer a orientação do trânsito na cidade todos os dias. Esse número aumenta quando há grandes eventos ou necessidade de reforçar a escala, porque mais de 90% da corporação é capacitada para atuar nesse serviço.

O guarda Milton Silva Santana atua há 10 anos fazendo a orientação do trânsito na Rua Paulo Barbosa. Para ele, um dos principais pontos do curso de atualização foi o reforço de recomendações para boa abordagem de condutores no trânsito.

“São as recomendações de fazer a abordagem com educação, com cuidado para não se precipitar, evitar o bate-boca, mas manter um diálogo aberto com o condutor. Acho que o curso foi muito bom, muito proveitoso, porque mostrou como as leis vem mudando para melhorar o dia a dia do trânsito”, ressaltou o agente.

Os cursos de atualização terão sequência até o fim da semana que vem.

Os amantes das telas com cores vibrantes, flores, árvores e pássaros que retratam bem ao tema “Natureza”, poderão visitar as obras do artista plástico Luiz Fernando Aquino até a próxima sexta-feira (05.10), na Galeria Djanira, no Centro de Cultura Raul de Leoni. Usando técnicas como a de expansão e o pontilhismo, 15 quadros fazem parte da mostraque já recebeu uma média de 30 visitantes por dia. A entrada é gratuita.

O artista que durante 30 anos, pertenceu à Força Aérea Brasileira, onde foi piloto de caça e de transporte aéreo, serviu 10 anos de sua carreira em Manaus, na Floresta Amazônica, expôs suas obras pela primeira vez na Cidade Imperial, as quais remetem a toda essa vivência e contato com a natureza.

“Fiquei muito feliz! A Galeria Djanira é muito bem localizada, as obras ficaram muito bem distribuídas. Espero poder voltar ano que vem, pois fiquei bem satisfeito com o resultado. Foi gratificante estar em Petrópolis”, contou Luiz Fernando Aquino.

De acordo com o artista, as técnicas de pontilhismo e expansão utilizadas nas obras, permitem o observador viajar nos milhares de pontos feitos com pincel e tinta acrílica, um a um. Há quadros que reúnem mais 90 mil pontos. Aquino já esteve com suas obras na Flórida, nos Estados Unidos e em 2019 irá expor na França e Portugal.

“As galerias estão recebendo exposições de alto padrão de qualidade sempre com belas obras e grandes artistas. Queremos a presença dos petropolitanos nos espaços do Centro de Cultura, destaca o diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), Leonardo Randolfo.

O Centro de Cultura Raul de Leoni fica Praça Visconde de Mauá, 305, no Centro e a Galeria Djanira abre de segunda à sexta-feira, das 10h às 17h.

A instituição apresentou possibilidades de profissionalizar e melhorar o mercado local

Mais de dez cursos profissionalizantes nas áreas de turismo, eventos, hotelaria e hospitalidade foram apresentados pelo Senac-RJ, durante a reunião do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) que aconteceu nesta segunda-feira (01.10) na Casa da Educação. Na ocasião, também foi apresentada a participação de membros do conselho no Festival do Imigrante na Argentina, além das discussões de ações do Comtur visando melhorias para melhor atender ao município.

Representando o Senac-RJ, Marília Hills, mostrou detalhes e novidades sobre as novas vagas disponíveis na instituição e também das atualidades do mercado. “Oferecemos esta ampla programação de cursos para essas áreas, com o objetivo de que haja um crescimento no turismo do município, além de serviços qualificados”, contou Marília. A agenda completa dos cursos está disponível no site www.rj.senac.br.

Os participantes também ressaltaram os cursos profissionalizantes gratuitos oferecidos pela Faetec Petrópolis, com inscrições até a próxima quinta-feira (04.10) através do site http://www.faetec.rj.gov.br.

Em seguida, Marcos Carneiro apresentou sua experiência no Festival do Imigrante que aconteceu no mês de setembro em El Dorado, na Argentina, onde realizou uma palestra sobre Petrópolis, explanando as questões germânicas, desde a história até os dias de hoje, com a Bauernfest. De acordo com Marcos, o evento contou com 23 palestras todas sobre a influência alemã, com um rico conteúdo cultural. “As pessoas ficaram encantadas com a magnitude que a Bauernfest tem no país. Conseguimos parcerias e ver de perto como são produzidos os eventos germânicos em vários outros lugares do mundo”, contou Marcos.

“Conseguimos abordar aspectos importantes para o turismo local e principalmente conhecer as possibilidades de qualificar os serviços oferecidos no município. O Comtur sempre tem o objetivo de discutir e trocar idéias para melhorar o turismo na cidade trazendo também melhorias para os empresários” ressaltou o presidente do Comtur Marcelo Florêncio.

Alunos da rede municipal de ensino poderão assistir ao Festival de Esquetes gratuitamente. A organização do evento está oferecendo metade dos ingressos disponíveis para os estudantes, com o objetivo de fomentar e promover o acesso à cultura na cidade, selando então o compromisso de oferecer a oportunidade a jovens que não têm acesso ao teatro. O Festival acontece pelo sexto ano consecutivo no município.

As apresentações começam nesta quarta-feira (03.10) às 19h30 e a grande final está marcada para sábado (06.10) às 20h no Theatro D. Pedro. Os ingressos possuem preços populares de R$ 10.

“Os festivais sempre são muito importantes para o município. Receber pela sexta vez o grande encontro do teatro regional, que movimenta os artistas locais é muito rico para a programação cultural” disse o diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes Leonardo Randolfo.

São 18 companhias participantes que foram selecionadas após um edital que aconteceu há três meses, onde grupos de teatro de todo o país se inscreveram. Uma curadoria selecionou os melhores esquetes que irão participar do evento. São grupos do Rio de Janeiro, Cabo Frio, Niterói, São Gonçalo e Belo Horizonte. E, ampliando a programação, o no sábado (06.10), às 17h, acontece o espetáculo infantil “Reino Sonolento”, além de debates com diretores e atores, todos os dias no alojamento dos artistas na Rua Visconde do Bom Retiro, 38 – Centro. Os debates são abertos ao público.

“Quero que o Festival se coloque entre os grandes festivais do teatro nacional. Já somos da Região Serrana e de todo Estado do Rio de Janeiro. Esse ano a gente quer se consolidar ainda mais esse evento e deixar Petrópolis em voga no teatro e para os artistas”, contou o organizador Rodolfo Medeiros.

Os três melhores esquetes serão premiados com valores de R$ 1 mil, R$ 800 e R$ 500. Também serão premiados os trabalhos nas categorias melhor ator e atriz, texto original, figurino e cenário.

Curso é voltada para alunos da rede municipal

Aulas serão ministrada por Rodrigo Santana CB

Alunos da rede municipal de Educação já podem se inscrever para mais um curso de fotografia ofertado pela Casa da Educação Visconde de Mauá. As aulas, ministradas pelo professor Rodrigo Santana CB, ocorrerão nas quartas-feiras, a partir do dia 10 de outubro.

Podem se inscrever alunos do ensino fundamental - entre 12 e 15 anos – matriculados na rede municipal de Educação. As aulas começam as 14h30 e terminam às 16h30.

O curso “Introdução a arte da fotografia”, tem como objetivo despertar o gosto pela fotografia, a partir dos melhores ângulos e iluminação. “Até mesmo as fotos das câmeras dos celulares podem ter um resultado incrível. Os equipamentos simples podem e devem ser usados por aqueles que apreciam a arte”, afirma Rodrigo Santana CB.

De acordo com o professor, os alunos terão a oportunidade de aprender sobre enquadramento e até fotografia de produtos, além das técnicas básicas em estúdio, composição e controle de luz.

“A fotografia pode começar como um hobby e se tornar uma grande paixão, até mesmo uma profissão e tudo começa com o estimulo. O professor Rodrigo é muito querido pelos alunos e a cada aula consegue extrair o melhor do talento de cada um deles”, diz a diretora da Casa da Educação, Catarina Maul.

Informações adicionais podem ser obtidas pelo telefone 2246-8661. As inscrições podem ser feitas na secretaria da Casa que funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Estão sendo disponibilizadas 15 vagas. Os documentos necessários para a matrícula são: cópia da certidão do nascimento e do comprovante de residência, declaração escolar, cópia da identidade do responsável e uma foto 3x4.

Iniciativa do Departamento de Capacitação e Formação Profissional da Secretaria de Educação

Servidores da rede municipal de Educação já podem se inscrever para mais uma turma do curso de pintura predial promovido pelo Departamento de Capacitação e Formação Profissional da Secretaria de Educação. Iniciado nesse ano, 50 servidores e seus dependentes já participaram do curso que dura seis dias. A próxima turma terá aulas em novembro.

O curso é resultado de uma parceria com Itaipava Tintas e a Rio Color. Durante a formação, os servidores aprendem técnicas de pintura e colocam a mão na massa. As aulas ocorrem nas escolas da rede. Espaços como EM Salvador Kling, EM Beatriz Zaleski e Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio já receberam aulas do curso. A próxima será no Centro de Educação Infantil Lions Clube de Petrópolis.

Os interessados devem se inscrever diretamente no Departamento de Capacitação e Formação Profissional, através do telefone 2246-8679, o departamento funciona das 10h30 às 20h30. É necessário apresentar a cópia dos documentos: carteira de identidade, CPF e comprovante de residência.

“Vale destacar que os familiares dos servidores interessados em participar também podem se inscrever. Agradecemos a parceria com a Itaipava Tintas. Muitos servidores estão colocando em pratica tudo o que aprenderam nas suas casas e até conseguindo uma renda extra em trabalhos formalizados após o horário de trabalho”, disse a diretora do Departamento de Capacitação e Formação Profissional, Marcia Chiote.

Nos seis dias de curso, os servidores têm a oportunidade de conhecer as melhores técnicas que devem ser utilizadas para pintura de acordo com a superfície. No primeiro dia de aula eles aprendem sobre a tinta acrílica: identificação de problemas e preparação de superfície para pintura, saponificação, descascamento, mofo, parede no reboco novo, repintura, fundo preparador, selador acrílico, massa corrida, massa acrílica e selador impermeabilizante. No segundo dia eles aprendem a preparar superfície para o recebimento da tinta: fundo preparador, selador acrílico, massa corrida e lixamento.

Já no terceiro dia é hora de colocar a mão na massa e aprender na pratica como usar a tinta acrílica. No quarto dia ocorre a identificação de possíveis problemas e os servidores aprendem a preparar a superfície para a pintura. No quinto dia os alunos aplicam os produtos na parede e no sexto ocorre o acabamento com a pintura geral.

Cada turma tem 24 horas de aula. Os encontros ocorrem sempre após às 18h30 nas escolas escolhidas como polo de atendimento do curso. Um veículo sprinter, todo adaptado pela Itaipava Tintas e Rio Color para ser unidade móvel de treinamento dá todo o suporte necessário para as aulas.

Ideia do festival é atender a mais de duas mil pessoas até o fim do ano

Atividades esportivas e de lazer para crianças, adolescentes e adultos acontecem no próximo sábado (06.10) no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis, que fica no Caxambu, de 9h às 12h. A programação faz parte do Festival das Comunidades, que atende jovens de 7 a 16 anos com modalidades coletivas e adultos com aulas de dança e ginástica nos bairros da cidade. Todos que participarem da programação oferecida pela prefeitura ganham medalha, como forma de incentivar a prática esportiva.

Mais de mil jovens já participaram do Festival das Comunidades, que já foi realizado em oito locais: Comunidade do Alemão, São Sebastião, João de Deus, Oswaldo Cruz, Chácara Flora, Gaspar Gonçalves e Boa Vista e Alberto de Oliveira. O programa faz parte do conjunto de ações que a prefeitura realiza junto a Superintendência de Esportes e Lazer com o objetivo de fomentar a prática de esportes nos bairros da cidade.

O esporte é uma ferramenta importante na prevenção de doenças, garantindo mais saúde, bem-estar e qualidade de vida para a população. O programa é uma recomendação da prefeitura, com o objetivo de estimular a prática de atividades físicas, começando pelos jovens.

Além do Festival das Comunidades, a Superintendência de Esportes e Lazer criou no ano passado o Agita Petrópolis, com aulas de ginástica, dança e alongamento gratuito nas comunidades. A pasta também promove atividades com as Secretarias de Saúde e de Educação, promovendo atividades esportivas nos Postos de Saúde da Família, nas Academias da Saúde e nas Escolas Municipais. Mais de cinco mil pessoas já foram atendidas, somando todas a programação.

A ideia é que a população entenda os benefícios da prática esportiva e que se torne um hábito na vida das pessoas. A prefeitura já atende mais de cinco mil pessoas com várias atividades físicas distribuídas em ações pelas comunidades dentro do Agita Petrópolis e espera aumentar esse número até o final.

Vagas abertas para 12 modalidades no CIE

São 12 modalidades esportivas gratuitas para a população, todas com vagas abertas para novos alunos no CIE. Para as crianças e os adolescentes, são oferecidas aulas gratuitas de futsal, vôlei, handebol, basquete, basquete 3x3, jiu-jitsu, muay thai, karatê e capoeira, de segunda à sexta-feira, de 10h às 18h. Para os adultos, existem turmas de dança, ginástica e alongamento as segundas, terças, quintas e sextas, a partir das 18h30.

Os interessados em participar das atividades esportivas oferecidas pelo município podem procurar a sede da Superintendência de Esportes e Lazer da cidade, que fica no Centro de Cultura Raul de Leoni, na Praça Visconde de Mauá, no Centro ou fazer contato com a unidade pelo telefone: 2233-1218.

A tarde desta segunda-feira (01.10) foi especial para mais de 200 alunos da Escola Liceu Municipal Carlos Chagas, na Avenida Barão do Rio Branco. O programa Petrópolis da Paz preparou uma atividade diferente para os estudantes durante o intervalo das aulas. Quando os alunos saíram para o pátio, encontraram o “Quarteto Pop Music” com instrumentos como violino e viola, com um repertório de música clássica com uma roupagem popular.

A finalidade da apresentação musical, foi com uma linguagem universal que é a música, tentar atingir todos os alunos da escola de forma que pudessem conhecer a Mediação Escolar e seus benefícios. A unidade de ensino foi a primeira escola a receber a capacitação do programa. Atualmente, 62 alunos entre 10 e 16 anos participam semanalmente dos encontros de mediação que são ministrados pela pedagoga, psicóloga e responsável pelo Departamento da Mediação Escolar, Vanessa Siqueira.

“É uma oportunidade que a gente vai aproveitar para alcançar toda a escola, falar um pouco sobre a Cultura da Paz. Ter contato com a música é ter contato com outra cultura, outra possibilidade. Eles precisam saber que existem várias possibilidades e precisamos falar mais de Paz” ressaltou Vanessa Siqueira.

“Queremos buscar soluções para os conflitos e mudanças por meio da educação com o objetivo de buscar a inclusão e paz social”, disse a coordenadora do Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz, Elsie-Elen Carvalho.

Os integrantes do Quarteto fazem parte do Coral dos Anjos, e se apresentam juntos há 2 anos. O grupo é composto por Gabriel Reis; as irmãs Tainara e Dandara Claudino e pelo maestro do coral Danilo Henriques. “A gente sempre espera que a música toque no coração das pessoas. Quero muito que hoje eles tenham mais interesse pelos instrumentos e engrene na música, ela tem esse poder” contou o Maestro Danilo Henriques.

“Os alunos gostam de atividades diferenciadas. A música instrumental traz um pouco dessa cultura diferente do que eles estão acostumados a ver”, falou o diretor da unidade de ensino Marcos Machado.

O programa tem parceria com a Secretaria de Saúde e Gabinete da Cidadania, além do Tribunal de Justiça, Delegacias de Petrópolis, Conselho Estadual e Municipal de Segurança Pública, Procon, Conselho Tutelar e Universidades.

Notícias por data

« Outubro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        

Alvará Online - BANNER

DO

loa 2018

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

cpge

gabinete cidadania.fw

selo acesso informacao.fw

cmv-logo