Anjos, estrelas, gnomos, fadas, papais e mamães noéis ganharão vida no primeiro dos três desfiles da Parada Iluminada, que acontece neste domingo (03.12), a partir de 19h30, no lado par da Rua do Imperador. Com 300 figurantes e quatro alegorias, o desfile promete emocionar e contagiar o público com o clima de Natal, que ficará ainda mais evidente somado à iluminação especial instalada ao longo de todo Centro Histórico, em árvores, prédios públicos e casarões históricos. A Parada Iluminada também será realizada nos domingos dos dias 10 e 17 de dezembro, nos mesmos horários.

Cada desfile dura em torno de 50 minutos. Totalmente renovado, o espetáculo deste ano traz surpresas que só serão reveladas no domingo. “Esta nova versão irá proporcionar momentos de pura magia e beleza para a população da cidade e também os turistas. O desfile é composto por fantasias, alegorias e músicas natalinas, que buscam provocar corações e mentes, num espetáculo exclusivo, construído e interpretado por artistas petropolitanos”, explica Arthur Varella, responsável pela produção da Parada. Adultos, crianças e adolescentes farão parte dos desfiles.

As fantasias que serão usadas no espetáculo estavam abandonadas por governos anteriores. O Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE) conseguiu recuperar e reconstruir quase 100% dos adereços. Todas serão cedidas para os figurantes que farão parte da Parada Iluminada, que promete seu um marco do Natal Imperial.

O desfile será dividido em quatro partes: Abertura (Anunciação), com anjos, estrelas e pastores; Nascimento e Glória, com estrela-guia, presépio, reis magos e animais; Natal, Natal, com crianças, brinquedos, presentes e árvore de Natal; e, por último, Papai Noel & Cia, com o bom velhinho, cortejo, gnomos e fadas.“Preparamos uma festa linda, tenho certeza que todos ficarão emocionados durante o desfile”, frisa o diretor-presidente do IMCE, Leonardo Randolfo.

Alterações no trânsito

A Parada Iluminada oferecerá ao público uma viagem ao universo mágico do Natal, com muita música, dança e alegria na Rua do Imperador, a partir das 19h30. As alterações, no entanto, começarão mais cedo para garantir que o evento aconteça sem intercorrências. O desfile acontece no lado par da rua e a concentração será na altura da Casa e Vídeo e termina próximo à saída da Alencar Lima. Todo o trecho estará sinalizado e devidamente monitorado pelos agentes da trânsito e guardas civis.

Para turismo: Os veículos de turismo deverão adentrar a cidade pelo Quitandinha, ou pelo Bingen, como formais conveniente ao grupo. O estacionamento destes veículos deverá se dar na Av. Barão do Rio Branco, sentido bairro. Embora haja demarcação de ciclofaixa no local, o estacionamento será permitido sobre no lado par, durante os dias em que serão realizados os desfiles. O embarque/desembarque ocorrerá nos espaços jáexistentes.

O Circuito de Lazer irá terminar mais cedo também nos dias 3, 10 e 17, indo até 13h. A partirdeste horário fica permitido o estacionamento de veículos de turismo ao longo da via no sentido bairro (lado par). A saída dos ônibus da cidade deverá se dar preferencialmente pelo Bingen, que possui fluidez melhor que a saída pela Cel. Veiga.

Serviços gratuitos serão ofertados à população de 9 às 14h na Escola Municipal Marieta Gonçalves

A prefeitura promove neste sábado (02.12) uma ação social no bairro da Glória que reúne mais de 15 mil moradores na região. Serão ofertados de 9 às 14h, na Escola Municipal Marieta Gonçalves serviços assistenciais, de saúde e de beleza. A expectativa do município é que cerca de duas mil pessoas participem do evento que é aberto para toda família.

Dentre os serviços assistenciais estão a inscrição no Cadúnico e orientações sobre benefícios sociais, entre eles, a tarifa social de energia elétrica, ID Jovem, Benefício de Prestação Continuada (BPC), além de segunda via do RG (necessita levar foto 3x4) e certidões. Também será realizado um Dia da Beleza com cortes de cabelo.

A população também poderá fazer teste de glicemia, aferição de pressão e obter informações sobre os testes de DST, planejamento familiar, Programa da Mulher (pré-natal, pós-parto, amamentação, exames preventivos). O prefeito Bernardo Rossi destaca que a Ação Social tem o objetivo de levar os serviços da prefeitura para mais perto da população.

Essa é uma maneira da prefeitura estar cada vez mais presente nas comunidades, oferecendo os serviços, mas também verificando as necessidades do bairro. A meta para o próximo ano é estender esses benefícios para os outros bairros da cidade.

O município vem fortalecendo o vínculo junto à Associação Comunitária de Moradores do Bairro da Glória que, segundo o presidente Josué Lima Assis, é de extrema importância para proporcionar melhorias futuras na localidade.

“Essa gestão é diferenciada. Nós nunca tivemos uma prefeitura tão presente dentro da comunidade. Sempre que precisamos de serviço de capina ou para recolher o lixo somos prontamente atendidos, essa ação social vem para estreitar laços e mostrar o comprometimento da Associação junto ao poder público em promover melhorias para a comunidade”, afirma Josué Lima Assis.

O evento proporcionará a divulgação dos programas sociais e orientações de Saúde tendo o atendimento referenciado para a Unidade de Saúde e Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) em Corrêas para darem continuidade aos atendimentos.

“Será um marco para o nosso bairro, pois vai facilitar muito a vida dos nossos moradores. Só temos a agradecer a atenção e carinho com a nossa população”, disse o vice-presidente da Associação Comunitária de Moradores do Bairro da Glória, Rogério Penna de Azevedo.

Todos os moradores que apresentarem as taxas de glicemia ou de pressão alteradas serão encaminhados para fazer acompanhamento junto às unidades de Saúde.

Essas ações em bairros são importantes para identificar as pessoas que estão há muito tempo sem realizar uma consulta ou exame de rotina. Então a equipe estará lá realizando os testes mas também orientando a população sobre a adoção de hábitos saudáveis e da busca de uma unidade de Saúde para acompanhamento clínico como prevenção de agravos de doenças. 

A secretária de Assistência Social, Denise Quintella, destaca a integração das secretarias na Ação Social. “Assim como foi na ação do Independência, esse será um trabalho coletivo e integrado entre as secretarias. O Glória merece essa atenção. Nossa proposta é realizar esse tipo de ação de dois em dois meses nos bairros da nossa cidade”, anuncia Denise Quintella.

A prefeitura reforçou o pedido do envio de R$ 4 milhões em recursos federais para compra de equipamentos, veículos, obras e incremento do PAB – Programa de Atenção Básica junto ao Ministério da Saúde. Em reunião em Brasília nesta quinta-feira (30.11) o ministro Ricardo Barros anunciou que ainda nesta sexta-feira (01.12) depositará R$ 1,1 milhão para o município e reforçou o comprometimento de liberar os outros recursos prometidos na última visita do prefeito ao ministério em junho.

O município tem algumas demandas mais urgentes para melhorar a infraestrutura nos hospitais e postos de saúde, como a necessidade de recursos para obras e equipamentos para o Hospital Alcides Carneiro, Hospital Municipal Nelson de Sá Earp e a liberação dos recursos federais de emendas já aprovadas para a Saúde, esses R$ 1,1 milhão será de grande importância para avançar ainda mais já no início de 2018.

Todas as propostas de 2017 enviadas ao Ministério estão sendo pagas e reforçou a tentativa do município em recuperar R$ 2,5 milhões que foram perdidos pela gestão anterior, relativas a emendas do ano de 2014, mas que não tiveram projetos executados para liberação dos recursos destinados. Ter o apoio do Ministério da Saúde com o envio de recursos importantes para a pasta da cidade representa um avanço no atendimento a população.

Ao passo que todo governo está trabalhando para enxugar despesas, pagar dívidas e ajustar as contas ao orçamento do município, é preciso buscar mais recursos federais. Agora o município terá verba para investir na Saúde. Mas não irá desistir das emendas canceladas referentes a gestão anterior, pois são verbas para obras de unidades de saúde e compras de equipamentos que são de grande importância. A prefeitura irá refazer a proposta e criar projetos para que esse dinheiro possa ser destinado ao município.

Das emendas aprovadas que serão depositadas nesta sexta-feira (01.12) são R$ 700 mil para insumos do HMNSE e R$ 400 mil para ampliação e fortalecimento de serviços em Saúde. Há ainda emendas que serão depositadas no início de 2018 já destinadas para reforma da cozinha e refeitório do HMNSE de R$ 275 mil; para compra do tomógrafo do HMNSE de R$ 807 mil; ultrassom, bisturi elétrico, densitometria e aparelhagens para o HMNSE no valor de R$ 460 mil, ultrassom transesofágico (Para exames cardíacos) de R$ 240 mil; mamógrafo digital do HAC R$ 809 mil; equipamentos de informática para implantação do E-Sus de R$ 396 mil além de equipamentos, materiais e insumos para o Centro de Saúde e Postos de Saúde no valor de R$ 638 mil.

O ministro da Saúde Ricardo Barros, prometeu empenho na aprovação de projetos de ampliação de unidades e serviços de Saúde. “O prefeito e o secretário pontuaram as necessidades imediatas do município, eles já nos deixaram as propostas e projetos para que possamos analisar e destinar o envio das verbas no próximo ano”, garantiu o ministro.

A Secretaria de Saúde ainda levou alguns projetos para habilitação e credenciamento para recebimento de recursos federais.

Solicitou a habilitação do Caps Itaipava, de leitos de adulto, central de regulação de exames, consultas e internações dentro do nosso sistema de saúde. Deu entrada na habilitação da Unidade de Acidente Vascular Cerebral que será implantada em parceria com o Hospital Santa Teresa. Continuará trabalhando empenhado para buscar mais credenciamento e recursos para o município.

Sexta, 01 Dezembro 2017 18:09

Quadra do Morin tem cobertura instalada

Obra de reforma do equipamento esportivo já se aproxima de 70% de conclusão

Depois de ter sido retomada este ano pela prefeitura, a reforma da quadra do Morin alcançou a etapa mais importante. As telhas da cobertura do equipamento esportivo foram instaladas e, com isso, a obra se aproxima do fim, com 70% de conclusão.

A obra estava paralisada por causa de uma dívida de R$ 3,1 mil deixada pelo governo passado. Esse débito travou o investimento de R$ 487,5 mil feito pelo governo federal nesta quadra. Por isso, logo no início do ano, a prefeitura honrou este pagamento e, assim, a obra foi retomada. A partir disso, foram instaladas a vigas de sustentação da cobertura, foi feita pintura e, agora, colocadas as telhas de alumínio. Ainda serão feitas intervenções no piso da quadra e área do vestiário.

A cidade tinha uma obra que vai beneficiar os moradores e a escola do bairro que estava parada por causa de uma dívida pequena. A prefeitura retomou a reforma deste e de outros equipamentos esportivos e recebeu mais recursos para investir na melhoria de outras quadras da cidade.

Além da quadra do Morin, outra que está avançando é do Pedras Brancas, que também estava paralisada no início de 2017 por falta de pagamento de R$ 11,1 mil e agora já está próximo também de 70% de conclusão. Ainda foi destinado R$ 487,5 mil da União para esta reforma. O local é mais um que está vendo ser construída cobertura, além de outras melhorias no equipamento.

Paralelo a essas duas, o município retomou a construção do Centro de Iniciação Esportiva (CIE) do Caxambu com o pagamento de uma dívida de R$ 60 mil – e que paralisou o investimento de R$ 3,2 milhões feito pelo Ministério do Esporte. Agora, a obra está 80% pronta.

A quadra do Morin vai atender os moradores e também os cerca de 280 alunos da Escola Municipal Luiz Carlos Soares. Hoje, eles fazem educação física em um campo ao lado da quadra – atividade que não pode ser realizada em dias como esta sexta-feira (01.12), com chuva.

“Com certeza será melhor para eles, os alunos terão um espaço mais adequado para as aulas de educação física. A comunidade precisa saber usar este espaço, que ficará para todos”, afirma a diretora da escola, Augusta Almeida.

As obras de reforma de quadras esportivas também possuem outro efeito. Elas vão ajudar na recuperação econômica município. Petrópolis já assinou convênios para receber R$ 4,7 milhões em verbas federais que serão usadas para reformas em Bairro da Glória, Cascatinha, Comunidade do Alemão, Taquara, Madame Machado, Amazonas, Vale do Carangola, Vila São José e Oswaldo Cruz. Esses locais vão receber reformas em piso, vestiário, troca de telas, a construção de coberturas, entre outros pontos. Este montante faz parte do investimento de quase R$ 10 milhões que a cidade terá em 2018 com apoio da União.

“Essas quadras serão usadas pelas comunidades para campeonatos e jogos e pelas escolas próximas para educação física com ainda mais frequência depois das melhorias. Temos quase 50 quadras comunitárias em todo município e nove serão reformadas. O esporte de Petrópolis está sendo beneficiado, com a possibilidade de incentivar a entrada de novos praticantes, e também está ajudando o município no crescimento econômico”, analisa o superintendente de Esporte e Lazer, Hingo Hammes.

Casos de HIV e Aids aumentam em 96% no município

O número de casos de HIV aumentou em 96% no município com relação ao ano passado. São 90 novos diagnósticos realizados em 2017, de janeiro a novembro, contra 48 notificados no mesmo período do ano passado. O aumento no número de diagnósticos é considerado positivo, uma vez que mais pessoas têm acesso ao tratamento precocemente adquirindo uma melhora na qualidade de vida e evitando a transmissão do vírus.

O município tem atualmente 1.212 pessoas cadastradas com a doença, destas, 1.052 estão buscando o medicamento com regularidade na Área Técnica de IST/HIV e Hepatites B e C. A Secretaria de Saúde trabalha com dois desafios durante a programação do ‘Dezembro Vermelho’: realizar a busca ativa e a reinserção dos 227 pacientes que abandonaram o tratamento e conscientizar a população a realizar o teste rápido de HIV para diagnosticar precocemente a infecção.

Atualmente há 14 unidades de saúde que oferecem o teste rápido de 8 às 16h, mas a Área Técnica de IST, HIV e Hepatite B e C (antigo programa DST/Aids) realiza o atendimento todas as quartas-feiras das 12h30 às 19h30 e sextas-feiras de 7h30 às 12h30 na unidade localizada ao lado do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp.

A campanha Dezembro Vermelho foi criada no município no ano de 2014, pela Lei nº 7.270 de 19/12/2014. A Secretaria reafirma o compromisso de continuar conscientizando a população e informa que as unidades de Saúde do município realizarão palestras ou discutirão o tema nos grupos de convivência a fim de promover a prevenção e o diagnóstico precoce da doença.

Neste 1º de dezembro se comemora 30 anos do lançamento da campanha anual do dia mundial de luta contra a Aids. A cidade tem atualmente 14 unidades realizando o teste rápido e o restante das equipes finalizando as capacitações para podermos em 2018 ter todas as unidades oferecendo o teste. O município não medirá esforços para incentivar a prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas que vivem com o HIV.

Município está participando da meta do Ministério da Saúde para o fim da epidemia de Aids

A prefeitura aderiu a campanha do Ministério da Saúde para contribuir para o fim da epidemia de Aids até 2020. Durante o período, o município terá que aumentar o acesso ao diagnóstico em 90% e garantir o tratamento a todos os diagnosticados diminuindo a carga viral a níveis indetectáveis, reduzindo o risco de transmissão do vírus para outras pessoas.

No Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde desde 2012, o número de pessoas diagnosticadas com HIV aumentou 18%. Estima-se que 0,6% da população tem o vírus e não sabe. Em Petrópolis, contabilizando uma população de 298 mil habitantes, estima-se que 1.788 pessoas estariam infectadas, destas, 1.212 já estão cadastradas no programa de DST/Aids.

Maria Inês Ferreira, enfermeira da Área Técnica de IST, HIV e Hepatite B e C reitera que embora muitas estratégias ainda sejam necessárias para acabar com a epidemia de AIDS é preciso ampliar o acesso ao diagnóstico para que a pessoa tenha a oportunidade de receber o tratamento antes que a infecção por HIV evolua para um quadro de doença.

“O tratamento do HIV também se caracteriza como uma importante estratégia de prevenção, pois a pessoa portadora do vírus, quando adequadamente tratada (com o uso de antirretrovirais), reduz a carga viral e, consequentemente, reduz drasticamente o seu potencial de transmissão. O tratamento é ofertado pelo SUS gratuitamente e com o uso regular da medicação garante melhora da qualidade de vida do paciente”, afirma.

Tratamento é oferecido pelo SUS gratuitamente

O tratamento para pessoas com HIV/Aids é oferecido gratuitamente pelo SUS. Mensalmente o paciente retira os medicamentos fornecidos pelo Ministério da Saúde na Área Técnica de IST, HIV e Hepatite B e C – ao lado do HMNSE, onde é realizado uma consulta e acolhimento do paciente.

A farmacêutica da unidade Daniele Machado, explica que um dos processos que auxiliam na melhora do paciente são o acolhimento e o tratamento humanizado prestado pela equipe. 

“Não é simplesmente entregar o medicamento ao paciente, nós temos todo o histórico deles. Sabemos das dificuldades, auxiliamos em muitas delas, como exemplo a entrega de cestas básicas que nos são doadas. Temos todo um trabalho psicológico para que os pacientes iniciem o tratamento e não abandonem e os que não estão comparecendo fazemos o contato para que eles retornem à unidade e estejam em dia com todos os exames, consultas e uso da medicação indicada”, informa.

Em Petrópolis houve um aumento 96% do número de casos notificados da doença, principalmente entre os adolescentes e homens de 30 a 49 anos. De janeiro a novembro foram de 67 casos notificados de HIV/Aids apenas do público masculino sendo que no mesmo período do ano passado foram de apenas 29. As mulheres somam 23 casos, contra 19 notificações de 2016, mas o fator preocupante é o aumento de casos em adolescentes e mulheres com mais de 50 anos. Já o número de óbitos houve redução, de 19 casos para 17 em 2017.

Teste rápido é oferecido nas unidades:

PSF Alto da Serra - Rua Teresa, 2.024 (Praça Miguel Couto)

PSF Posse - Estrada União de Indústria nº 33.530

PSF Amazonas Rua Alagoas s/n

PSF Bairro Castrioto - Rua Santa Rita de Cássia, nº 114.

PSF Batallard Rua E nº 35 – Parque Residencial Mosela.

PSF Comunidade Menino Jesus de Praga - Rua Dias de Oliveira, nº 560, Duarte da Silveira.

PSF Comunidade São João Batista - Rua Luiz Winter,Nº 560, Duarte da Silveira.

PSF Pedras Brancas - Rua Pedras Brancas nº 1.190.

PSF Fazenda Inglesa - Estrada da Fazenda Inglesa s/n.

PSF Vila Felipe - Ermínio Schimidt , S/N.º

PSF São Sebastião - Rua São Sebastião nº 625

PSF Moinho Preto - Rua João Xavier, nº 2.109.

PSF Dr. Thouzet - Rua Dr. Thouzet, nº 609, Quitandinha.

PSF Meio da Serra I Estrada Velha da Estrela s/n

Setor de fiscalização atendeu a nove denúncias ao longo dessa semana

O setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente notificou o dono de um terreno que realizava a movimentação irregular de terra em uma encosta no Santa Mônica, em Itaipava. No momento da ação, ele não apresentou a documentação necessária para realizar a atividade e tem o prazo de 10 dias para entregar a permissão. Caso contrário, o proprietário pelo espaço será multado. O caso aconteceu na quinta-feira (30.11).

“Para realizar esse tipo de intervenção, é necessário adotar todas as medidas adequadas para que não coloque em risco as propriedades vizinhas, tornando o local uma possível área de risco em virtude de uma intervenção malfeita. É importante a supervisão de um responsável técnico, atestando a viabilidade e segurança dos projetos, além de providenciar as licenças ambientais e de obras”, explica o chefe do setor de fiscalização da secretaria de Meio Ambiente, Miguel Fausto.

Além disso, o setor realizou uma operação contra as queimadas, como forma de prevenir a ação de fiscalização. Os fiscais conversaram com os moradores e orientaram quanto aos riscos da prática. Desde janeiro o órgão atendeu 750 denúncias de crimes ambientais, entre casos de supressão de vegetação, poluição de curso hídrico, contaminação de solo, empresas funcionando sem licença ambiental e queimadas.

“Nossos fiscais foram até Itaipava e Araras conversar com os moradores. O trabalho de conscientização é muito importante, pois enquanto a ação de fiscalização atinge apenas uma pessoa, a conscientização chega a inúmeros moradores, e isso representa o caráter preventivo da fiscalização”, disse Miguel.              

Ao longo da semana, o setor atendeu nove denúncias que chegaram a Secretaria de Meio Ambiente, sendo três casos de queimadas, três de desmatamento, duas de movimentação irregular de terra e uma de contaminação do solo. Os bairros atendidos foram Itaipava, Mosela, Araras e Vale das Videiras.

“Organizamos as denúncias de acordo com às regiões e montamos operações para atendermos a todas as solicitações. Nosso objetivo é reduzir o número de casos e, ao mesmo tempo, promover a educação ambiental, mostrando a importância de se preservar e cuidar do Meio Ambiente”, explica Fred Procópio, secretário de Meio Ambiente, destacando o apoio da população com as denúncias.

“A participação da população em denunciar as condutas e atividades consideradas lesivas à natureza é fundamental para as nossas ações, otimizando o trabalho da fiscalização garantindo a devida proteção ao Meio Ambiente”, completa o secretário.

As denúncias de crimes ambientais podem ser feitas para a Secretaria de Meio Ambiente através dos telefones: (24) 2233-8180 e (24) 98828-8633.

17 escolas e 60 alunos farão parte do evento

Temperança, fortaleza e generosidade. Esses valores nortearão a apresentação especial do Auto de Natal 2017 das escolas da Rede Municipal de Educação, que será apresentado no dia 5 de dezembro, às 14h, no salão da Igreja de Santo Antônio, no Alto da Serra. Serão 17 instituições participando da atividade, que reunirá cerca de 60 alunos da educação infantil ao ensino fundamental.

O auto é realizado há seis anos e nesta edição, a apresentação começará falando das virtudes que o mundo precisa, a história do nascimento de Jesus e encerra destacando o valor da família.

Os alunos estão animados para participar do auto. Será um momento especial para as escolas, pais e responsáveis, que poderão acompanhar de perto os seus filhos encenando o auto de Natal.

Durante a apresentação, os alunos mostrarão símbolos e seus significados como o coração, símbolo da doação e amor ao próximo e a pomba da paz, que significa vida e virtude de viver bem. Também será representada as passagens em que o anjo Gabriel visita Maria e anuncia a chegada de Jesus.

"O Auto de Natal é o momento em que além de integrarmos alunos e familiares de diversas escolas da rede municipal, resgata às novas gerações as virtudes da Sagrada Família, considerando a importância da família na formação de uma sociedade", explica Cristiane Noel, da divisão de ensino religioso da Secretaria de Educação.

As escolas participantes são: Escola Paroquial Santa Bernadete, Escola Paroquial da Alcobaça, São Judas Tadeu, Carlos Canedo, CEI Inês Belarmino, Educandário Terra Santa, Escola São Geraldo, Escola Paroquial Loteamento Samambaia, São Cristôvão, São Pio X, CEI Sagrada Família, Santa Rota de Cássia, Escola Paroquial Nossa Senhora das Graças, Escola Germano Valente e Escola das Comunidades Santo Antônio.

Atividade reuniu os trabalhos feitos pelos alunos ao longo do ano

Capoeira, dança, declamação de textos e show de talentos fizeram parte das apresentações especiais da exposição “Comunicando boas práticas de ensino e aprendizagem” nessa sexta-feira (01.12) na E.M Theodoro Machado, localizada no Vale do Cuiabá.

Durante o evento, os 245 alunos, do 4º ano da educação infantil até o 9º ano do ensino fundamental II, mostraram para os visitantes as atividades feitas através dos projetos Agenda 21, que promove o recolhimento de pilhas, baterias e óleo que são enviados para reciclagem; projeto África, que realiza pesquisas sobre a cultura africana; Café com Cultura, que seleciona textos dos alunos, os imprime e distribui em duas padarias da região; Matematicando, praticas de matemática em campo e OBA, Olimpíada Brasileira de Astronomia.

“É muito gratificante acompanhar o trabalho realizado nas escolas da rede. A equipe da E.M Theodoro Machado participa de projetos que incentivam os alunos. Um dos destaques é o projeto Áfricas, que mostra que não é possível trabalhar a cultura brasileira sem a valorização da cultura africana. Através de pesquisas, os alunos aprendem mais sobre a música, religião e literatura. O projeto foi abraçado pela equipe da escola e pelos alunos”, disse a subsecretária de Educação, Marcia Palma.

“A nossa intenção foi a de mostrar o que nós fizemos nesse ano com os alunos. Os pais que puderam prestigiar o evento conheceram um pouco mais da nossa proposta pedagógica e todo o processo de aprendizagem da escola”, explicou a diretora da E.M Theodoro Machado Eliane Rose Santos de Araújo.

Uma revista com os textos feitos pelos alunos e distribuídos nas padarias através do projeto “Café com Cultura” também ficou a mostra. Os gêneros textuais foram destaques nas lendas, cartas, crônicas, narrativas, reportagens, artigos de opinião, fábulas e biografias escritas pelos alunos.

“Realizamos esse trabalho há três anos. Eles escrevem os textos, nós selecionamos os mais interessantes e esses são distribuídos em duas padarias da região. Todos adoram participar dessa atividade e ficam felizes quando as pessoas da comunidade falam que leram os textos. Sentimos uma evolução grande na escrita por parte de cada um deles”, contou a professora Romelita Reis.

Em uma tenda ficaram a mostra os números do projeto Agenda 21 na escola: Coleta de resíduos plásticos: em 2015 foram 1.464 quilos e em 2016, 1.014 quilos. Coleta de óleo de cozinha: em 2015 foram 400 litros e em 2016, 420 litros. Coleta de pilhas e baterias: em 2015 foram 24,9 quilos e em 2016, 27,8 quilos.

“Esse trabalho começou após 2011 com a coleta seletiva e o recolhimento de pilhas, baterias e óleo de cozinha. Os alunos são conscientes e estimulam a doação. Após a implantação do projeto, eles passaram a se preocupar com a comunidade e mudaram de comportamento”, disse o professor de geografia, Luiz Antônio Souza.

Em outra tenda, releituras do artista plástico Ivan Cruz. “Foi muito bom poder mostrar tudo o que aprendemos nesse ano. Eu fiquei muito feliz porque consegui pintar como o Ivan Cruz. As pessoas prestaram atenção nos nossos trabalhos, por isso o dia foi tão especial”, comentou o aluno do 8º ano, Augusto Verdugo.

“Algumas pessoas não têm ideia das atividades que praticamos na escola. Hoje pude falar um pouco sobre o Ivan Cruz. Foi uma experiência diferente e eu gostei muito”, falou Yago Silva, aluno do 8º ano.

Nesse ano de 2017, o aluno Mateus Portela, do 7º ano, conquistou uma medalha de bronze na Olimpíada Brasileira de Astronomia. “Participamos todos os anos da competição. Nesse ano, tivemos essa grata surpresa com a premiação do Mateus. Também deixamos em exposição os foguetes confeccionados pelos alunos com materiais recicláveis”, contou a professora Vera Lúcia Barbosa.

Em uma semana de evento, na Praça da Inconfidência, população foi orientada sobre formas de se cadastrar no programa Luz Para Todos

Encerrando a programação do projeto ‘Enel compartilha consumo consciente – Carreta Educacional’, a prefeitura e a concessionária entregaram 20 geladeiras aos vencedores do concurso cultural “consumo consciente de energia” promovido pela Enel. A entrega do prêmio ocorreu mediante a troca da geladeira usada por uma nova, presenteada pela concessionária, de 9 às 11h, desta sexta-feira (01.12) na Praça da Inconfidência.

Durante uma semana de evento, a Enel presenteou cerca de 200 pessoas com lâmpadas econômicas e uma equipe da Secretaria de Assistência Social orientou a população sobre como se cadastrar na tarifa social de energia elétrica que proporciona descontos de até 65% na conta de energia elétrica.

Em Petrópolis são cerca quatro mil famílias que têm acesso ao benefício garantido por lei federal de 2010. A meta do município é divulgar para os 20 mil petropolitanos com perfil de inclusão na tarifa informações sobre como se cadastrar para receber os descontos.

“Essa é uma parceria muito importante para o município, pois acabamos de implantar o programa Luz para Todos, então muitas pessoas vieram por curiosidade em saber como se inscrever no programa e a nossa equipe do CadÚnico orientou os interessados a buscarem a unidade do CRAS mais próxima da residência da pessoa. No CRAS é realizado o Cadúnico e posteriormente a pessoa deve buscar a loja da Enel para fazer o cadastro da tarifa social”, explica Denise Quintella, secretária de Assistência Social.

A carreta da Enel ficou aberta à visitação para a população saber mais sobre como economizar energia elétrica e os que já possuíam a tarifa social puderam participar do sorteio que premiou 20 pessoas com as respostas mais criativas do Concurso Cultural “consumo consciente de energia”

A dona de casa Irenice Feliciano, de 50 anos, foi uma das pessoas que ganhou a geladeira. Ela fretou uma Kombi para poder levar o equipamento para casa, na 24 de Maio. Ao receber a geladeira, ela não escondeu a felicidade. 

"Fiquei sabendo da carreta por uma reportagem e vim aqui para trocar algumas lâmpadas. Aí me contaram do concurso e escrevi que sempre apago as lâmpadas e desligo os aparelhos da tomada quando não preciso usar. Faço várias ações para economizar energia. Agora vou poder substituir minha geladeira por uma melhor e mais nova", disse a dona de casa.

Sobre a Tarifa Social:

A tarifa social de energia elétrica teve início no município em agosto com o lançamento do programa Luz para Todos. A proposta da prefeitura é aumentar em 80% o número de beneficiados com a implantação do programa alcançando 19.469 famílias dos 22.197 cadastrados no Cadúnico. A concessão do benefício é subsidiada pelo Ministério do Desenvolvimento Sustentável. 

“Para o próximo ano, a Enel irá treinar nossos funcionários e disponibilizar um formulário para que as nossas equipes dos CRAS façam os cadastros nos bairros – Quitandinha, Centro, Posse, Retiro, Vale do Carangola, Itaipava, Corrêas e Madame Machado. Atualmente a nossa equipe só verifica se o cadastro está atualizado e encaminha para a loja, em breve os serviços serão otimizados e a população poderá ser assistida em um só lugar”, afirma Denise Quintela.

Como receber o benefício:

Tem direito ao benefício, além dos inscritos no Cadastro Único cuja renda per capita seja igual ou inferior a meio salário mínimo, os beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada) ou famílias com integrantes portadores de doenças ou deficiências cujo tratamento ou procedimento terapêutico requeira uso continuado de aparelhos que demandem consumo de energia elétrica.

Para receber os descontos na conta de energia elétrica é preciso estar cadastrado no CadÚnico e possuir o número do NIS (Número de Inscrição Social), ambos os cadastros devem ser realizando em uma unidade do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social). O cadastro na tarifa social de energia elétrica é realizado exclusivamente nas lojas da Concessionária Enel.

Dezenove alunos de escolas do município conheceram nesta sexta-feira (01.12) a sede da Prefeitura de Petrópolis. A visita faz parte do projeto Câmara Mirim, criado em 2001, que tem como objetivo construir cidadãos mais conscientes e interessados na política. Os estudantes, que cursam entre o 5º e 9º ano do ensino fundamental, foram instruídos sobre as funções dos três poderes na sociedade e pediram melhorias que consideram relevantes à cidade.

A 28ª edição do projeto, que acontece duas vezes por ano - uma edição por semestre, sendo uma com escolas públicas e outra com particulares - elegeu sua Mesa Diretora a partir de votação realizada pelos estudantes. A eleita como presidente da Câmara Mirim foi Thamine Lago Miquelotte Julião, estudante do 7º ano no Colégio Petrópolis, que tem 13 anos. “Foi muito legal, aprendi muito! Fiquei super feliz em ter sido votada como presidente, um cargo de muita responsabilidade”, disse Thamine.

Os conhecimentos adquiridos na experiência como vereador mirim contribuem para a construção da cidadania nos jovens petropolitanos. A cidade precisa incentivar os estudantes a participarem da política, sabendo como funcionam os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário e descobrindo quem eles devem cobrar quando acharem algo errado. É um projeto muito positivo, que possui apoio total da Prefeitura.

Para o professor de história da escola São Judas Tadeu, Fábio Marques, a ideia é muito positiva também pela oportunidade de conhecer locais históricos da cidade. “Eles adoraram conhecer a sede da Prefeitura, por onde muitos passam na frente, mas nunca tinham entrado. Eles ficaram por dentro da história do prédio e estavam todos muito animados. Além disso, é uma ótima forma de ajudar na formação destes alunos”, destacou Fábio.

Com apenas 10 anos, Guilherme Corrêa obteve a mesma quantidade de votos para presidente que Thamine, mas perdeu devido à idade inferior, critério de desempate. Mas Guilherme não ficou de fora da Câmara: o estudante do 5º ano da Escola Sesi foi escolhido como secretário de gabinete. “Não sabia que um vereador tem tanto trabalho, foi muito legal aprender sobre o assunto. Fiquei muito feliz em ter tantos votos, é uma honra”, destacou Guilherme.

Professora e mãe de uma das vereadoras eleitas no plenário mirim, Marta Rocha aprova a iniciativa. “É muito importante para a sociedade que as pessoas saibam como funciona a Câmara dos Vereadores e a Prefeitura. Minha filha, de 11 anos, gostou muito de fazer parte do projeto, e eu estou muito orgulhosa. Em uma prova realizada ontem, caiu uma questão sobre os três Poderes e ela soube responder graças ao conhecimento adquirido no projeto. Adorei”, declarou a professora.

Fiscalização encontrou irregularidades relacionadas à atendimento prioritário em duas agências do Santander

O Procon Petrópolis notificou na última quinta-feira (30.11) duas agências do Santander, que não disponibilizavam atendimento prioritário para idosos e portadores de necessidades especiais, uma no caixa e outra no auto atendimento. Uma das agências já se adequou às exigências do órgão e a outra possui 30 dias para realizar as mudanças. O Procon encontrou as irregularidades durante fiscalizações realizadas nos últimos 25 dias pela equipe do órgão, que visavam certificar se as agências vinham cumprindo as exigência do Código de Defesa do Consumidor.

As ações realizadas pelo Procon tinham como objetivo garantir o cumprimento das leis municipais que exigem a disponibilização de guarda-volumes antes dos detectores de metais, o tempo máximo de espera para atendimento (de 15 minutos, com exceção aos dias que antecedem e sucedem feriados, quando o teto passa para meia hora) e as exigências de acessibilidade e atendimento prioritário.

“Estamos trabalhando para recuperar o tempo perdido pelas últimas administrações, que não possuíam o comprometimento necessário com a população. Queremos garantir um atendimento de qualidade ao consumidor, e vamos manter a fiscalização constante no próximo ano”, frisa Bernardo Sabrá, coordenador do órgão municipal.

Quanto à acessibilidade e atendimento prioritário, o órgão municipal encontrou irregularidades em duas agências do Santander, localizadas no Centro Histórico. A agência 1768, que fica na Rua Barão de Amazonas, já se adequou às normas, e agência 3533, localizada na Av. Koeller, possui o prazo de 30 dias para regularizar sua situação.

Na última semana, o Procon Petrópolis notificou todas as 29 agências bancárias da cidade, em todos os distritos, solicitando que os bancos informem se possuem ou não guarda-volumes. Caso não possuam, as agências terão 90 dias para disponibilizar o serviço, e o descumprimento sujeita o infrator à advertência e suspensão do alvará de funcionamento.

O Procon realizou quatro ações de fiscalização quanto ao tempo de atendimento nas agências, encontrando irregularidades em oito bancos da cidade. O descumprimento da lei resulta em uma multa no valor de R$ 24.500, quantia que é dobrada caso o fato se repita.

Neste primeiro ano de nova administração, o órgão municipal realizou mais de seis mil atendimentos, com taxa de resolução de 90%.

Aos que desejam realizar alguma reclamação ou tirar dúvidas, a sede do Procon fica na Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, ao lado da Câmara dos Vereadores, e a unidade de Itaipava funciona no Centro de Cidadania, na Estrada União e Indústria, 11.860. Para realizar os atendimentos os usuários podem utilizar, ainda, o serviço de mensagem da página Procon Petrópolis, os telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Os telefones da unidade em Itaipava: 2222-1418 / 7448 e 7337, ou WhatsApp Denúncia no número 98857-5837. O atendimento pelo site pode ser acessado pelo link http://www.petropolis.rj.gov.br/procon/index.php/fale-conosco.

Prazo estendido até o dia 7 de dezembro

Ballet, musicalização infantil, coral infantil, violino e informática. Esses são alguns dos cursos que ainda têm vagas disponíveis para matrícula na Casa da Educação. As inscrições foram estendidas até o dia 7 de dezembro e devem ser feitas na Casa, que fica na Rua Barão do Rio Branco, nº 03, das 9h às 12h e das 13h às 16h.

Cada aluno poderá cursar, no máximo, duas oficinas por ano. Os documentos necessários para a matrícula são: cópia da certidão do nascimento e do comprovante de residência, declaração escolar, cópia da identidade do responsável e uma foto 3x4.

Há vagas para duas turmas de ballet, uma para crianças de 10 a 12 anos e a outra para maiores de 13 anos. Violão, acima de 10 anos; Musicalização infantil, de 4 a 7 anos; Oficina de Ópera, maiores de 8 anos; Prática de Conjunto, acima de 10 anos; Preparatório das Princesas de Petrópolis, a partir de 8 anos; Coral Infantil, de 4 a 7 anos. Há vagas ainda para Coral masculino, acima de 8 anos; Flauta doce, a partir de 8 anos; Violino, de 6 a 10 anos; Informática, alunos do 6º ao 9º ano; Capoeira, acima de 4 anos; Viola de arco, de 7 a 16 anos e Violino infantil, de 4 a 7 anos. Há vagas também para as turmas de inglês, aulas manhã e tarde para alunos do 6º ao 9º ano e aulas à noite para funcionários da rede. Os funcionários da rede podem, inclusive, se inscrever para as aulas de teatro.

Os pais que ainda não inscreveram os filhos podem conferir o quadro de vagas. Há oportunidades para diferentes faixas etárias. A Casa da Educação tem um espaço maravilhoso preparado para atender as crianças com comodidade. Além disso, os profissionais que atuam no espaço são extremamente competentes.

As inscrições para os cursos na Casa começaram na última semana. No começo de 2016, a Casa atendia 180 alunos. Nesse ano, o quantitativo de vagas passou para 600 e para 2018 serão mais 200 vagas.

“Estamos vibrando, toda a equipe da Casa da Educação Visconde de Mauá, pela enorme procura e pela quantidade de matrículas já feitas na primeira semana, duzentas. Isso prova que os responsáveis acreditam nos projetos da Casa e buscam melhores oportunidades para suas crianças e jovens. Orgulho de estarmos no caminho certo da Educação”, disse a diretora da Casa da Educação, Catarina Maul.

Iniciativa do Sebrae contou apoio da Prefeitura de Petrópolis, Sistema FIRJAN e Sindtec

Promover a interação entre diferentes setores produtivos, incentivando o networking e facilitar a geração de novos negócios. Com esse intuito, foi realizado nessa quinta-feira (30/11), o primeiro encontro de negócios do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), na sede da Representação Regional da FIRJAN na região Serrana, em Petrópolis. Na ocasião os empresários puderam conhecer as tendências do mercado e as particularidades do setor em constante crescimento no município que já é considerado um dos principais polos tecnológicos do Rio de Janeiro. O encontro foi idealizado pelo Sebrae com apoio da Prefeitura de Petrópolis, Sistema FIRJAN e SindTec – Sindicato das empresas de tecnologia do Rio de Janeiro.

“Esse é um importante encontro para possibilitar a criação de novos negócios, já que Petrópolis conta com cerca de 200 empresas ligadas ao setor. A ideia é promover novos eventos como este para continuar incentivando o desenvolvimento. O município já trabalha na criação da Lei da Inovação e o Sebrae atua na consultoria e na aproximação de cursos e faculdades com o empresariado”, afirmou Claudia Pacheco, coordenadora Regional do Sebrae/RJ.

Presidente da Representação Regional da FIRJAN na Região Serrana, a empresária Waltraud Keuper, acredita que este é um segmento promissor e com grande potencial inovador. “As empresas de tecnologia são muitas em nossa cidade. É um setor que cresce de forma inovadora e que precisa ter espaço para mostrar todo o seu potencial. As indústrias daqui precisam de oportunidades como esta para concretizar novos negócios e se expandirem promovendo o desenvolvimento ao seu redor”, destacou.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini, agradeceu a parceria das instituições. “Esse tipo de atividade é muito importante para o crescimento do setor. Fizemos encontros com os atores do setor cervejeiro e design e, agora estamos focados na tecnologia. Pudemos nesse encontro apresentar as empresas para seus pares, fomentando as negociações”.

O andamento da criação da Lei da Inovação, que está sendo criada pela Secretaria de Desenvolvimento, também foi abordado. “A Prefeitura está estudando ações para facilitar o desenvolvimento do setor na cidade. A Lei da Inovação é uma delas, e por isso, estamos conversando com os empresários do setor, ouvindo as sugestões para construir o documento final de forma colaborativa. Queremos que não só os empresários, mas também os investidores sejam beneficiados com a nova legislação”, explicou o subsecretário da pasta, Fernando Pessoa.

A programação ainda contou com a palestra do especialista setorial em TIC da Federação das Indústrias, Rafael de Jesus que apresentou um panorama atualizado sobre o mercado TIC e novas tendências de mercado e consumo.

O encontro ainda contou com um bate papo sobre Ambiente de Inovação, realizada por Bernardo Manzo, do programa de Start Up do Sebrae; uma explanação sobre os processos e critérios adotados para a contratação de produtos e serviços pela Prefeitura e, a palestra do especialista setorial em TIC da Federação das Indústrias, Rafael de Jesus, sobre as novas tendências de mercado e consumo do setor TIC.

Unindo tecnologia e educação, a empresária Marcilene Scantamburlo aprovou o formato do encontro e mostrou otimismo com a possibilidade de concretizar novos negócios. “Fiquei animada com a quantidade de novas empresas deste setor em Petrópolis, com a possibilidade de interação entre os profissionais e a chance de falar para muitos de uma só vez. Com certeza teremos parcerias e projetos concretizados em breve”, destacou.

Empresário do setor de telecomunicações, Luiz Daud e, representante do SindTec na região, destacou a oportunidade unir fornecedores e compradores na mesma mesa. “Quem veio buscar clientes acabou se tornando fornecedor de algum serviço. Essa dinâmica aproxima as partes e propõe o início de um relacionamento que pode ser finalizado com negócios e contratos. É o que buscamos para desenvolver o nosso setor e mostrar todo o potencial das empresas daqui”, disse.

Diretor de Assistência à Juventude de Balneário Camboriú veio à Petrópolis conhecer o trabalho da Coordenadoria

À frente da Coordenadoria da Juventude, Wesley Barreto recebeu na última quinta-feira (30.11) os representantes da Prefeitura de Balneário Camboriú (SC) Douglas Schwolk Aguirre e Thiago Pacheco, diretor de Assistência à Juventude e coordenador de Promoção Social, respectivamente. Interessados no trabalho realizado neste ano pelo órgão, os dois foram recebidos pelo coordenador na Casa dos Conselhos e conversaram sobre formas de ampliar as agendas voltadas à juventude de ambas cidades.

No encontro, foi discutida a Semana do Jovem Empreendedor 2017, iniciativa que foi de muito interesse à Diretoria de Assistência da cidade catarinense e que a partir de 2018 acontecerá anualmente em Petrópolis, na última semana de abril. Também foi abordada a segunda edição do TEDx, que aconteceu no último fim de semana na Cidade Imperial.

“A Semana do Jovem Empreendedor foi uma das formas que encontramos de incentivar o empreendedorismo, que é uma realidade muito atual. O apoio ao TEDx também foi essencial para encorajar o jovem a empreender e conhecer novas frente de trabalho. Vivemos em uma época em que os jovens se veem sem lugar no mercado local, e nossa missão é mostrá-los que seu espaço existe, mas em coisas novas. Precisamos incentivá-los a criar seus próprios empregos, e o empreendedorismo é a ferramenta para isso”, destaca Wesley Barreto, coordenador do órgão municipal.

“Viemos conhecer o trabalho da Coordenadoria de perto, que estamos acompanhando pelas redes. Gostamos muito do trabalho realizado, que dá valor ao empreendedorismo, que é onde está o futuro. As ações da Prefeitura estão sendo muito positivas e queremos adaptar algumas ideias em Balneário, como a Semana do Jovem Empreendedor”, frisa Douglas Schwolk Aguirre, diretor de Assistência à Juventude de Balneário Camboriú.

“A Coordenadoria da Juventude de Petrópolis é um órgão de excelência no país, que vem realizando um trabalho muito legal, abrindo novas portas ao jovens. Vamos nos unir para criar novas ações voltadas a este público, que é de extrema importância para o futuro de nossas cidades. Recebemos recentemente o Congresso Nacional do Jovem Empreendedor, e a ideia da Semana voltada a este tema nos interessou muito”, declarou Thiago Pacheco, coordenador de Promoção Social da cidade catarinense.

Notícias por data

« Dezembro 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Alvará Online - BANNER

DO

plano-plurianual-final

loa 2018

iptu

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

cpge

selo acesso informacao.fw

cmv-logo