Segunda, 12 Março 2018 - 19:07

Prefeitura mantém suporte à família de vítima de deslizamento

Com índice pluviométrico de 122,6 milímetros em 10 horas de chuvas ininterruptas, o Independência, onde um casal morreu soterrado no domingo (11.03) pela manhã foi um dos bairros com maior incidência de chuva que iniciou no sábado, às 15h. O local, uma das 236 áreas de risco (que alcança 47 mil pessoas), apontada Plano Municipal de Redução de Risco (PMRR) tem duas sirenes de alerta (Rua O e Taquara) que soaram na noite de sábado indicando a necessidade de evacuação do local.  

A secretária de Assistência Social, Denise Quintella, garantiu apoio aos parentes do rodoviário Eloidson Antonio da Silva, vítima de um dos deslizamentos. A Secretaria de Saúde também colocou à disposição uma equipe para fazer acompanhamento médico e psicológico da família.

Edeilson Natanael da Silva, de 40 anos, que é irmão de Eloidson, disse que toda a família está muito sensibilizada com o que aconteceu e agradeceu a presença das equipes da prefeitura.“Este é um momento muito complicado e agradeço ao prefeito a presença dele aqui. A chuva foi muito forte e a Defesa Civil nos atendeu prontamente. Estamos muito sensibilizados e, com certeza, esta proximidade é muito importante para a gente”, disse Edeilson.

Em seguida, o prefeito foi à Rua Onofre dos Santos, no bairro Taquara, onde ocorreram dois deslizamentos de terra. Não houve imóveis atingidos ou vítimas. Bernardo Rossi colocou à disposição a Secretaria de Obras, que vai enviar um técnico para avaliar a estrutura da rua e solicitar os reparos necessários.

Defesa Civil atuou em 42 ocorrências no fim de semana

Por conta das chuvas de sábado (10.02), a Defesa Civil registrou 42 ocorrências, sendo 28 deslizamentos de terra. O restante foram vistorias preventivas em casas, terrenos e encostas. No fim de semana foram interditados três imóveis: um na Posse e dois no Quarteirão Ingelhein.

Seguindo o protocolo do Sistema de Alerta e Alarme, sirenes foram acionadas no sábado no Espírito Santo, Ceará, Amazonas, Dr. Thouzet, Independência, Vila Felipe, Alto da Serra e Sargento Boening.  O município conta com 20 sirenes instadas em 12 localidades. O Sistema de Alerta e Alarme é acionado seguindo o protocolo - a partir da quantidade de chuva correlacionada com os acumulados.

Desde o dia 3, a Secretaria de Assistência Social fez atendimento de 69 famílias que precisam deixar as suas casas. O maior dado é referente ao distrito da Posse, onde 36 famílias precisaram deixar suas casas em consequência das chuvas que atingiram a região entre a noite de quarta (07.03) e madrugada de quinta-feira (08.03). No Caxambu – área atingida por uma cabeça d'água no dia 3 deste mês - foram 19 famílias desalojadas.

Índice pluviométrico é um dos maiores dos últimos 4 anos

Em janeiro de 2018, choveu 420 milímetros na cidade, 180% a mais em comparação com o mesmo período do ano passado. Em fevereiro, com registro de 295 milímetros de chuva, o índice também foi superior a 2017 -  138% mais. Março, nestes primeiros 12 dias, registrou 180 milímetros. No sábado, o índice de chuva no Independência foi de 122,6 milímetros.

Equipes da prefeitura seguem, nesta segunda-feira (12.03), os trabalhos nas áreas atingidas.

Notícias por data

« Junho 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30  

Alvará Online - BANNER

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

cpge

selo acesso informacao.fw

cmv-logo