Quinta, 12 Outubro 2017 - 02:00

Prefeitura inicia 2018 com três escolas em horário integral

Prefeitura inicia 2018 com três escolas em horário integral

Três escolas da rede municipal iniciam 2018 com ensino integral: são 224 alunos do 1 º ao 5º ano do Ensino Fundamental que passam a estudar o dia todo. Nas unidades Abelardo de Lamare, no Caxambu; D. Pedro de Alcântara, na subida da Serra, e Soroptmista, no Pedras Brancas, os alunos  em turno integral - crianças de 6 a 10 anos - terão atividades pedagógicas, de esportes, artísticas e culturais.   Os alunos terão mais refeições na escola e acompanhamento de educadores e professores de educação física.

A meta é fazer as mudanças que serão transformadoras na vida das crianças, na formação do cidadão. São 224 alunos que, em tempo integral e dentro da escola, terão um rendimento escolar e um crescimento humano diferenciados.

Hoje, apenas quatro escolas das 115 unidades da rede têm ensino integral, o que representa 3,5% das unidades. São 504 alunos apenas – de um universo de 42 mil - estudando o dia todo.  O desafio é aumentar a oferta do ensino integral e alcançar maior número de alunos.

Esta transformação está prevista no Plano Nacional de Educação, editado em junho de 2014 e com cumprimento atrasado em Petrópolis. A mudança já deveria ser mais ampla para chegar a 2025 com a meta cumprida. Também atendendo ao Plano Municipal de Educação, o ensino integral, em oito anos, precisa estar funcionando em 50% das escolas públicas.

Na Escola Abelardo de Lamare são 100 alunos que vão estudar o dia todo. Já na D. Pedro de Alcântara, são 67 estudantes passam a ficar o dia todo na escola e, na Soroptminista, 57 alunos terão o ensino integral. A reorganização do ensino nestas unidades modifica a rotina de alunos, do 6º ao 9º do ensino fundamental  destas três escolas que serão transferidos para escolas próximas às originais, porém com transporte escolar garantido pela prefeitura. As mudanças foram apresentadas a pais e responsáveis pelos alunos em reuniões realizadas ao longo da semana pela Secretaria de Educação.

Os alunos da escola D. Pedro de Alcântara do 6º ao 9º ano vão passar a estudar na Odette Fonseca, também na serra, escola mais próxima da unidade.

“Fiquei tranquila em saber que vai ter o transporte e aceitei o convite da secretaria para conhecer a nova escola para onde minhas filhas vão. E quero repassar estas informações para outros pais também. Acredito que a adaptação delas vai ser tranquila”, afirma Maria Aparecida, mãe de meninas de 8 e 11 anos, que iniciarão o ano letivo na escola Odette da Fonseca.

Já os 115 alunos do 6º ao 9º ano da Escola Abelardo de Lamare terão aulas na unidade Senador Mário Martins, que fica a cinco minutos do local– 1,5 km - e o transporte desses alunos será ofertado pela Secretaria de Educação, em ônibus escolar próprio. Os 67 alunos do ensino fundamental II (6º ao 9º ano)da Escola Soroptimista poderão escolher vaga em outras escolas como a São Judas, Salvador Kling e Bataillard, por exemplo – todas no mesmo bairro.

Notícias por data

« Outubro 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

DO

loa 2018

plano-plurianual-final

iptu

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

cpge

selo acesso informacao.fw