Sábado, 15 Julho 2017 - 11:54

Eleitas as associações que integrarão o Compaf – Conselho Municipal de Políticas Agrícolas e Fundiárias.

Votação ocorreu durante a 1ª Conferência Municipal de Política Agrícola e Fundiária - CMPAF – Petrópolis

 

Seis associações foram eleitas para representar os produtores agrícolas no Compaf – Conselho Municipal de Políticas Agrícolas e Fundiárias: Sindicato Rural, Emater, Associação dos Produtores do Brejal, Associação dos Produtores do Bonfim, Apherj (Associação dos Produtores de Hortifrutigranjeiros do Rio de Janeiro) e Associação dos Produtores do Caxambu. A eleição ocorreu durante a 1ª Conferência Municipal de Política Agrícola e Fundiária - CMPAF – Petrópolis, realizada nessa sexta-feira (14.07), na sede da Emater – Rio, em Itaipava. O evento foi coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio do Departamento de Agricultura.

 

O tema da conferência foi o Fortalecimento do Associativismo. Cerca de 40 produtores agrícolas participaram do encontro. Segundo a Emater, 800 famílias, 5 mil pessoas, sobrevivem da produção rural em áreas do distrito da Posse, Jacó, Caititu, Vale das Videiras, Brejal, Taquaril, Secretário, Bonfim e Caxambu, movimentando R$ 16 milhões por ano na cidade.

 

“A realização dessa conferência é uma conquista para o setor agrícola do nosso município. O prefeito tem uma atenção especial para esse público e, por isso, as ações para melhor desenvolvimento do setor estão sendo cumpridas, como por exemplo, o aumento na compra de produtos da agricultura familiar para a composição da merenda escolar. Esse é um setor que injeta R$ 16 milhões por ano na economia da cidade. Agradecemos o empenho na escolha dos conselheiros e reafirmo que os pontos destacados no plano de governo para o setor agrícola serão cumpridos, como a licitação para o conserto do maquinário que atende aos produtores rurais”, disse o secretário chefe de Gabinete.

 

O evento também contou com uma palestra sobre o Fortalecimento do Associativismo, ministrada pelo técnico da Emater-Rio, André Luis da Costa Azevedo e por Paulo Aguinaga, produtor.

 

“Quase todas as comunidades rurais de Petrópolis têm associação e quase todas estão bem estruturadas. O nosso intuito é mostrar a força que as associações possuem na busca por alternativas que viabilizam as atividades econômicas, garantindo ao produtor, melhor desempenho para competir no mercado. Além disso, através da união dos produtores, a comunidade é beneficiada. Temos uma associação que conseguiu comprar de forma coletiva calcário com um custo 70% menor. Isso só foi possível através da associação”, explicou André.

 

As vantagens do associativismo também foram destacadas como a força para reivindicar melhorias junto ao poder público, poder usufruir de programas governamentais e uma facilidade maior de acesso à credito e a programas de ajuda ou desenvolvimento rural sustentável.

 

“Vivemos em uma sociedade individualista. A agricultura familiar tem que inverter essa lógica, afinal, juntos, somos mais fortes”, disse Paulo.

 

As seis associações eleitas têm até 30 dias para indicar os nomes dos titulares e suplentes que representarão cada associação no Compaf.

 

“É uma alegria participar da eleição dos novos integrantes. Agora, acredito que o conselho vai, de fato, representar os produtores, discutindo políticas públicas para o setor. Os produtores devem ser beneficiados, afinal, os alimentos que compõem o almoço e jantar dos petropolitanos são produzidos na cidade. Queremos uma representação ativa que lute por nossos direitos e faça nascer na geração mais nova, a vontade de dar continuidade à agricultura familiar no nosso município”, exclamou Henrique Mesquita, produtor rural e presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Petrópolis.

 

Na próxima reunião do Compaf, que será realizada na segunda sexta-feira de agosto, serão escolhidos cinco eixos da política agrícola e fundiária do município de Petrópolis.

 

“Agradeço a participação dos produtores na escolha dos novos integrantes na conferência. Vale destacar que o conselho é deliberativo e influi diretamente nas políticas públicas para o setor agrícola”, disse Celso Albuquerque, diretor do Departamento de Agricultura.

 

Notícias por data

« Julho 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

DO

LDO 2018

iptu

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

selo acesso informacao.fw