Quinta, 09 Julho 2020 - 15:34

Justiça Federal não aprecia Ação Civil Pública dos MPs que pedia fechamento de templos religiosos

O juiz da 2ª Vara Federal, João Paulo de Mello Castelo Branco, julgou extinto o feito sem resolução do mérito da Ação Civil Pública impetrada pelos Ministérios Públicos Estadual e Federal, que solicitava o fechamento de igrejas e demais atividades religiosas presenciais, além de obrigar o município, no prazo de 10 dias, a apresentar estratégia de testagem de 10% da população com abrangência em toda extensão territorial.

De acordo com a decisão, o juiz João Paulo de Mello Castelo Branco profere que “diante do exposto, em face da indevida cumulação de demandas constante da petição inicial e da manifesta incompetência da Justiça Federal para conhecer da pretensão formulada em face do município de Petrópolis, julgo extinto o feito sem a resolução do mérito, com fundamento no art. 109, inciso I, da CF/88 e no art. 485, incisos IV e VI c/c art. 54 c/c art. 327, §1º, II, todos do Código de Processo Civil”.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Agosto 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo