Sábado, 01 Fevereiro 2020 - 07:07

Feirão Limpa Nome termina com mais de R$ 5 milhões negociados

Feirão Limpa Nome termina com mais de R$ 5 milhões negociados

Com R$ 1.142.874,39 milhões negociados, até às 16h desta sexta-feira (31.01), a terceira edição do Feirão Limpa Nome chegou ao fim com recorde de público desta edição: 1818 pessoas conseguiram acordar um montante de R$ 5.092.873,35 milhões. Nos cinco dias de evento, as 20 empresas que participam do evento atenderam a mais de mil pessoas que começam 2020 com o pé direito após conseguir tirar seus nomes do cadastro de negativados e recuperar o crédito na praça.

A edição foi marcada por acordos que ultrapassaram os 90%. Em alguns casos, o abatimento foi de 99%, como o da dona Ângela Rabelo, do Santo Mônica. Ela tinha uma dívida de R$ 13.634,07 e, na negociação, conseguiu abatimento para pagar, apenas, R$ 36.

“Em 2011 perdi minha casa durante o temporal que caiu sobre a cidade. E, desde então, fiquei endividada. Um evento como este é uma bênção, uma verdadeira gratificação para nós que trabalhamos tanto. Desde 2011 ainda não consegui ter um guarda-roupas e agora comprarei um e será como realizar um sonho! ”, comemorou.

Quem também teve o abatimento em 99% foi José Ricardo Pereira, morador do Estrada da Saudade. Com uma dívida que ultrapassava os R$ 32 mil ele vai pagar R$ 132. “Eu confesso que não acreditava que fosse conseguir chegar a um valor que pudesse pagar. Minha dívida já estava muito alta. Poder pagar esta dívida é uma vitória para minha vida”, destacou.

O caso de Jeniffer Satyro, moradora da 24 de Maio, também retrata como a iniciativa pode mudar a vida das pessoas. Ela tinha uma dívida com um banco de R$ 4.759,59 e não teve dúvidas quando viu uma matéria em um telejornal anunciando o evento. A negociação terminou com um acordo de pagamento de R$ 156, ou seja, 3% do total devido. “Como autônoma, muitas vezes precisei de crédito e não consegui. Agora terei mais oportunidades”, comemorou.

            Carlos de Assis, do Bairro Esperança, destacou a diferença entre negociar no Feirão e negociar diretamente no banco. “Muitas vezes tentei negociar, mas nunca conseguia chegar a um acordo que pudesse honrar. É difícil negociar com eles, mas aqui é diferente. Está excelente”, comemorou ele, que, de uma dívida de R$ 6.815,97 vai pagar R$ 650 em 10 prestações.

 

Nesta edição, participaram do Feirão as empresas Feirão a Enel, Águas do Imperador, Oi, Claro, Tim, Vivo, Sky, Net, Tech Cable; Santander, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Gisele Jeans, Bico da Bota e a administradora de cartões de crédito Servir Card. O Feirão também contou com a participação da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) para consultar negativação junto ao SPC e por qual empresa e com a OAB, que homologou os acordos junto com os fiscais do Procon e auxiliaram nas dúvidas dos consumidores


Notícias por data

« Agosto 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo