Sexta, 17 Janeiro 2020 - 18:26

Primeiros moradores do conjunto habitacional do Vicenzo Rivetti realizam cadastro para serviços de água e luz

Primeiros moradores do conjunto habitacional do Vicenzo Rivetti realizam cadastro para serviços de água e luz

Os moradores do condomínio 3 do conjunto habitacional do Vicenzo Rivetti realizaram nesta sexta (17.01) o cadastro para que o recebimento de água e luz já esteja regularizado assim que se mudarem. São 300 famílias que receberão no dia 1º de fevereiro a chave da casa própria, com a entrega das primeiras unidades do condomínio.

O cadastro dos moradores foi feito durante o dia na Casa dos Conselhos, na sede da prefeitura. Estiveram presentes no local representantes da Enel e da Águas do Imperador, que prestarão os serviços de fornecimento de luz e abastecimento de água, respectivamente, para os moradores do conjunto. Além disso, quem possuía débito com alguma das prestadoras de serviço, pôde negociar e regularizar sua situação junto às empresas.

A doméstica Dulce Helena, de 56 anos, conta que espera há nove anos pela casa: “Eu morava no Alto Independência, minha casa rachou e perto dela havia uma árvore muito grande com risco de queda. Acabei indo morar no Floresta pelo Aluguel Social, após minha casa ser interditada e estou há nove anos na espera. Estou feliz pela conquista da casa, é uma sensação boa”, lembrou.

O conjunto habitacional do Vicenzo Rivetti é destinado para pessoas que ficaram desabrigadas por causa de chuvas no município e que se enquadram na faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, com renda familiar de até R$ 1,8 mil por mês. São 18 blocos construídos em três condomínios – dois deles com 300 unidades e o último, com 176. Os apartamentos possuem 49 m² e contam com dois quartos, sala, cozinha/área de serviço e banheiro. Os condomínios ainda vão contar com áreas de lazer infantil e salão de festas. Das 776 moradias, parte será destinada para famílias que possuem pessoas com deficiência.

Ele começou a ser construído em 2013, mas as obras foram paralisadas pela empresa anterior já no ano seguinte. Só em 2017, já no governo Bernardo Rossi, os trabalhos ganharam ritmo.

Justamente no início de 2013, fortes chuvas atingiram a cidade e prejudicaram muitas famílias, como aconteceu com a cozinheira Sandra Santos, de 40 anos, que perdeu tudo após a parte da frente da sua casa ceder: “Nós morávamos na Rua Cuba, no Quitandinha e, com as chuvas em 2013, a parte da frente da casa desceu e perdemos tudo. Atualmente moramos no Samambaia com o Aluguel Social. Receber uma casa nova é gratificante, é uma sensação de alívio. Estamos contando os dias depois de tudo que passamos, dia primeiro de fevereiro às 9 horas estaremos lá”, contou ela empolgada.

O condomínio 3 está nos passos finais de acabamentos e limpeza dos blocos – este último trabalho assumido pelo município. O mesmo vai acontecer na sequência com os condomínios 1 e 2, que também terão sorteios realizados nas próximas semanas. A previsão de entrega das demais unidades é para o primeiro trimestre desde ano.

Notícias por data

« Fevereiro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29  

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo