Segunda, 30 Dezembro 2019 - 18:24

Políticas públicas voltadas para a causa animal avançam em Petrópolis

Políticas públicas voltadas para a causa animal avançam em Petrópolis

Criação do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais foi o destaque deste ano

As políticas públicas voltadas para a causa animal avançaram neste ano em Petrópolis: o fim do uso de cavalos em charretes de passeios foi anunciado em março, após 117 mil pessoas votarem pelo fim do uso dos animais para o trabalho. Também neste sentido, a prefeitura promoveu mais uma etapa do serviço de castração, atendendo a 1.266 cães e gatos na região da Posse. Em paralelo, o município criou o Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (Comupa) e implementou, também em 2019, a Semana Municipal de Proteção Animal.

Outras novidades são as leis que proíbem as cirurgias com fins estéticos em animais e do uso e a comercialização de coleiras de choque. Outro pedido antigo dos protetores e que se tornou realidade nesta gestão, foi a realização do 1º Outubro Rosa Pet, graças a parceria entre a Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea) e a clínica veterinária Patas e Pelos.

Principal novidade da gestão, o Comupa vai permitir o debate de campanhas que visam à proteção e defesa animal, assim como as medidas para a conservação da fauna silvestre e a manutenção dos seus ecossistemas. Também será criado o Fundo Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (FMPDA), com seus recursos voltados para a elaboração de programas e ações indicados pelo conselho.

Já a criação Semana Municipal de Proteção Animal prevê a realização de campanhas de conscientização sobre bem-estar animal, guarda responsável, importância da vacinação e do controle reprodutivo de cães e gatos na primeira semana do mês de outubro. Também estão previstas palestras nas escolas municipais neste mesmo período.

Em outubro deste ano, a Cobea realizou uma série de atividades com alunos e professores da rede municipal, com palestras e eventos de conscientização. Além desse trabalho, no mesmo mês, também aconteceu o 1º Outubro Rosa Pet - em parceria com a veterinária Patas e Pelos - e que contou com mais de 200 pessoas envolvidas. Neste evento, a “cãominhada” no entorno da Praça da Liberdade foi o destaque.

Outra novidade foi a proibição das cirurgias com fins estéticos em animais, que já é realidade em Petrópolis. As medidas previstas na lei nº 7.853 passaram a valer no município para evitar a realização, por exemplo, de retirada ou corte da cauda e das orelhas em cães e gatos, consideradas mutilações e maus-tratos.

Três dessas cirurgias agora proibidas por lei acontecem em cães: a caudectomia (retirada ou corte da cauda); a cordectomia (retirada das cordas vocais) e a conchectomia (corte na orelha). A onicectomia é a extração das unhas dos gatos e a proibição também está prevista na norma.

Notícias por data

« Fevereiro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29  

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo