Terça, 19 Novembro 2019 - 18:52

Exposição fotográfica: Ubuntu – Minha Beleza tem Raízes

Exposição fotográfica: Ubuntu – Minha Beleza tem Raízes

Fotografias de alunos do Centro Educacional Comunidade São Jorge

Visitação pode ser feita na Casa da Educação Visconde de Mauá

Respeito, cortesia, compartilhamento, comunidade, generosidade, confiança, desprendimento e amor. Tudo isso está relacionado ao significado da palavra Ubuntu. E foi através desse espírito de cumplicidade que surgiu, no Centro Educacional Comunidade São Jorge, um projeto diferente: 57 alunos da escola, entre 7 e 15 anos, se tornaram modelos e suas fotos, que valorizam a história e cultura africana, estão em exposição na Casa da Educação Visconde de Mauá. A abertura da mostra, que recebeu o nome de “Ubuntu: Minha Beleza tem Raízes” ocorreu nessa terça-feira (19.11) e a visitação poderá ser feita até o dia 30 de novembro.

A exposição é a culminância do projeto Independência que foi trabalhado com os alunos da escola durante todo o ano através de duas oficinas: Ubuntu e Eu No Mundo. Na oficina Ubuntu o foco foi trabalhar aspectos da história e cultura africana, valorização e resgate, identidade e representatividade. Na Oficina Eu no Mundo, as crianças tiveram oportunidade de refletir sobre a atuação crítica e responsável na sociedade, partindo dos valores que são a base do trabalho desenvolvido na escola: amor, responsabilidade, amizade, companheirismo, honestidade e respeito. Além de serem modelos nas fotos, os alunos receberam dicas sobre fotografia.

“Estou me achando muito bonito nessa foto. Não sabia que ficaria tão legal. Adorei participar do projeto. Estou feliz”, disse o aluno Daniel Maia, de 11 anos.

No total, 59 fotos ilustram o projeto. A produção e as fotografias são de Bia Wolf. A edição, de Sophia Ázara e o patrocínio é da Bem Cultural Editora. “Esses jovens podem ser o que eles quiserem e devem ter orgulho de suas origens. Esse é o resultado de um trabalho de um ano inteiro e que me deixou muito orgulhosa”, disse Bia.

A professora Cecília Pinheiro destacou a importância do trabalho para os alunos. “Viver junto, abraçar o outro, se alegrar pelas conquistas dos amigos, se reconhecer nessa foto e ter orgulho de cada traço. A alegria de cada um deles se reconhecendo nas fotografias, não tem preço”, contou.

A diretora da Casa da Educação, Maria Fernanda Secco, fez questão de providenciar uma apresentação dos alunos da Casa que participam da oficina de canto. “É uma alegria imensa receber essa mostra na Casa e mostrar para cada criança que eles também podem fazer parte da nossa Casa, fomentar o talento e os parabenizar pelo resultado”.

A mostra poderá ser visitada de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. A classificação é livre e a Casa fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 03.

Centro Educacional Comunidade São Jorge: atendimento integral

O Centro Educacional Comunidade São Jorge mantém parceria com a prefeitura, através da Secretaria de Educação. O local oferece atendimento integral com o apoio da Associação Parceiros da Educação e do Projeto EcoHabitare.  Os alunos do Centro Educacional Comunidade São Jorge estão matriculados do 4º período da educação infantil até o 5º ano do ensino fundamental. O atendimento integral funciona das 7h30 às 16h30, com aulas intercaladas e projetos diferenciados: teatro, educação física, psicologia e artes, são alguns dos destaques. Os alunos também praticam atividades em grupos, de acordo com a proposta pedagógica da instituição.

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Dezembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo