Quinta, 12 Setembro 2019 - 18:22

Rede de saúde do município prepara profissionais para o cuidado de pessoas com transtorno mental

Rede de saúde do município prepara profissionais para o cuidado de pessoas com transtorno mental

Profissionais da rede de atenção básica e especializada atuam para intensificar o cuidado de pacientes com transtorno mental

Os profissionais da rede pública de saúde participaram essa semana de debate sobre a identificação de pacientes com quadro depressivo. A iniciativa faz parte das ações de sensibilização ao Setembro Amarelo, que visa o cuidado e prevenção ao suicídio. No próximo dia 24 será realizado ainda o 1º Seminário de Prevenção ao Suicídio, organizado pela Coordenaria de Políticas sobre Drogas, no auditório da Casa de Educação Visconde de Mauá – Avenida Barão do Rio Branco, 3 - Centro – das 9h às 12h. O evento será aberto a todo o público que queira entender mais sobre as motivações que levam as pessoas a cometerem suicídio.

No município essa é uma realidade que segue os índices nacionais, que indicam um aumento de ocorrência de 60% da década de 1980 até esse ano. Entre os registros tem sido identificado, nos últimos anos, uma crescente incidência envolvendo jovens. Cerca de 20% dos casos da estatística nacional são entre adolescentes.

Além de psicólogos, o debate realizado no Centro de Saúde envolveu enfermeiros, fonoaudiólogos, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e professores de educação física que atuam na rede.

A Secretaria de Saúde atua para que os profissionais de todas as áreas médicas da rede pública estejam preparados para identificar pacientes que apresentem transtornos mentais e tendências ao suicídio. O preparo dos profissionais vai possibilitar avanços nas notificações dos casos. Um dos grandes obstáculos é a dificuldade em diagnosticar os pacientes. A ideia é de que em qualquer atendimento oferecido pela rede, o paciente possa ser acolhido e encaminhado para a rede especializada, garantindo o tratamento adequado e a consequente prevenção do ato suicida.

“Vamos trabalhar na implementação da notificação dos atendimentos em que as pessoas apresentam transtornos e chegam até a citar o interesse pelo suicídio. Essas pessoas precisam ter um olhar diferenciado desde o momento em que se identifica essa tendência”, destaca o diretor do Departamento da Saúde Mental, Oswaldo Alberto Filho, citando o relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) que aponta que o número de pessoas que vive com depressão aumentou 18% desde 2005. No Brasil, a depressão atinge 5,8% da população.

Para dar suporte ao atendimento a pacientes com algum tipo de transtorno mental, o município conta com a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) que oferece o serviço de urgência/emergência psiquiátrica durante 24 horas em regime de plantão no Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE). A unidade dispõe de 10 leitos para internação (Leitos 72 horas), para casos em que é necessário um maior tempo de estabilização em pacientes que apresentem quadros psiquiátricos, inclusive depressivos graves com ideação suicida.

A rede de saúde pública também possui outras unidades de atendimento especializado, que são os centros de Atenção Psicossocial que atuam em diferentes linhas. Os CAPS dão o suporte aos pacientes de diferentes diagnósticos, tendo o voltado para os usuários de álcool e outras drogas (CAPS AD III), o Infantojuvenil (CAPS I) e outros dois no Centro e em Itaipava. As unidades contam com médicos, psicólogos, assistentes sociais e equipe de enfermagem, capacitados para atenderam pacientes com transtorno depressivo recorrente, grau leve, moderado e grave com e sem sintomas psicóticos, quadros de ansiedade, dentre outros transtornos mentais.

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Novembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30  

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo