Sexta, 30 Agosto 2019 - 19:18

Segunda etapa de recadastramento do Cartão Imperial se estende até outubro

Usuários do benefício devem se apresentar ao CRAS Centro para a atualização dos dados

Até o dia 11 de outubro a Secretaria de Assistência Social realiza a segunda etapa de atualização cadastral das famílias usuárias do Cartão Imperial. Estão sendo chamadas ao recadastramento as 373 famílias das regiões do Alberto Torres, Castrioto, Bingen, Capela, Contorno, Dias de Oliveira, Duarte da Silveira, Fazenda Inglesa, Moinho Preto, Mosela, Pedras Brancas, Vila Militar e Vila São José. Os usuários do benefício, moradores dessas regiões, devem comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Centro – Rua Dr. Sá Earp, 39 - das 9h às 16h.

A atualização anual de dados dos beneficiários teve início em julho, com a comunidade de Madame Machado. O Cartão Imperial faz parte do Programa de Segurança Alimentar e Nutricional, concede auxílio de R$ 70, para 3700 famílias do município. O recadastramento visa garantir que o benefício continue sendo direcionado para as famílias que ainda se enquadrem ao perfil do serviço. 

São incluídas no programa famílias em vulnerabilidade alimentar ou que necessitem de alimentação especial por recomendação médica.  O auxílio é creditado mensalmente em cartão magnético, que é aceito em 145 estabelecimentos do setor de alimentação na cidade. O benefício é concedido para as famílias até que consigam se reestruturar e deixem de depender do auxílio. 

Os usuários que não comparecerem para realizar o recadastramento terão o auxílio bloqueado e após 30 dias, se não houver contato, o benefício é descontinuado. Desde a nova gestão, cerca de 1500 cadastros foram desligados por falta de comparecimento para a atualização dos dados ou não adequação aos critérios para a inclusão ao serviço.

Para realizar a atualização cadastral os beneficiários do Cartão Imperial devem comparecer ao CRAS portando o documento de identificação do titular, CPF, carteira de trabalho de todos que residem na mesma casa, comprovante de renda atualizado, certidão de nascimento e carteira de vacinação dos menores de 18 anos, declaração de escolaridade, comprovante de residência atualizado, laudo médico ou documento que comprove que o beneficiário tenha doença crônica grave ou seja deficiente.

As famílias atendidas são acompanhadas pelos CRASs, onde todo perfil da família é avaliado e é providenciado o direcionamento dos usuários para outros programas que visam a reinserção social. Pelo CRAS, o usuário é inserido no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), que dá acesso a diversos programas do Governo Federal. A partir daí, os agentes atuam nas necessidades de cada família, na busca por emprego, no combate ao trabalho infantil, na melhoria do desenvolvimento e educação das crianças, entre outros. 

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Outubro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo