Quarta, 28 Agosto 2019 - 18:30

Palestra sobre a criação de Reservas Particulares do Patrimônio Natural acontece neste sábado

Informar e sensibilizar proprietários de terras sobre a importância da criação de Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) para a proteção da Mata Atlântica. Esses são os objetivos de uma palestra promovida pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente, neste sábado (31.08), às 10h, no auditório da Apa-Petrópolis em Itaipava (ao lado do Corpo de Bombeiros). Durante o evento, dúvidas sobre os documentos necessários e especificações sobre mapeamento também poderão ser sanadas.

Em Petrópolis são 12 RPPNs - cinco elaboradas pelo governo federal, quatro pelo Estado e três municipais. Segundo estudo realizado pelo Inea, o município possui 11.471 hectares de florestas em áreas privadas, o que indica um potencial para o estabelecimento de RPPNs. Também são parceiros da iniciativa o Refúgio de Vida Silvestre Estadual da Serra da Estrela (Revisest) e a Reserva Biológica Estadual de Araras (Rebio-Araras).

É uma forma do morador contribuir para a proteção dos ecossistemas locais e regionais. É importante ressaltar que o proprietário do terreno ganha alguns benefícios, como isenção de impostos sobre a terra.

Como tem caráter perpétuo, as RPPNs - mesmo no caso de venda - continuam sendo uma unidade de conservação (UC) e deve ser preservada. Novas reservas podem melhorar ainda mais a posição de Petrópolis no ranking do ICMS Verde. Petrópolis é a melhor colocada da Região Serrana na classificação do ano passado – 8ª entre as 92 cidades do Estado do Rio de Janeiro.

A preservação das áreas verdes é uma das prioridades da gestão. A excelente colocação do município no ICMS Verde e o aumento na arrecadação indicam que o trabalho realizado dentro das áreas de preservação de Petrópolis está sendo bastante efetivo.

Outras unidades de conservação de Petrópolis são o Parque Natural, no Centro, o Monumento Natural da Pedra do Elefante (MONA-PE), no Taquaril, o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, a APA Petrópolis, a Reserva Biológica de Araras, a Reserva Biológica do Tinguá e o Refúgio de Vida Silvestre da Serra da Estrela.

Para ajudar na criação de uma RPPN, o Inea faz o reconhecimento da reserva por meio de portaria definitiva publicada no Diário Oficial do estado. Além disso, o instituto oferece suporte técnico, com apoio ao georreferenciamento da propriedade. Tudo será apresentado para quem participar da palestra.

"As RPPNs são importantes ferramentas de gestão para a preservação de ambientes naturais, podendo trazer algumas estratégias de negócios para os proprietários", completa a chefe da Rebio-Araras, Isabela Bernardes.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Agosto 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo