Terça, 27 Agosto 2019 - 21:10

Feirão Limpa Nome lota Casa dos Conselhos e negocia com mais 260 pessoas nesta terça-feira

Feirão Limpa Nome lota Casa dos Conselhos e negocia com mais 260  pessoas nesta terça-feira

Quando Carine da Conceição saiu de casa nesta terça-feira (27.08) com a expectativa de negociar seus débitos e ter seu nome limpo, mal poderia esperar que o acordo chegasse a tamanho desconto. Com débito acumulado de 21 mil, fruto do gasto desenfreado com um cartão de crédito  e  juros que foram acumulando,  a possibilidade de quitar o débito foi ficando cada vez mais distante. “Até que fiquei sabendo do feirão e vim aqui negociar. Foi um desconto de 97% no valor da dívida. Vou pagar R$ 620. Saio daqui aliviada, realizada. Aprendi a minha a lição”, conta.

Como Carine, outras 260 pessoas buscaram o Feirão Limpa Nome neste segundo dia para regularizar sua vida financeira. São pessoas com histórias distintas, mas que, em comum, têm a vontade de quitar suas dívidas, regularizar seus débitos e ficar com o nome limpo na praça. E a oportunidade para fazer isso com as 24 empresas participantes vai até a próxima sexta-feira (30), das 9h às 16h, na Avenida Koeler, 260 – prédio anexo à Prefeitura.

São casos como o da agente comunitária Regiane Novena, moradora de Itaipava, que fazem do feirão um sucesso. Ela não escondia sua felicidade pela renegociação de sua dívida com o carnê de uma loja da cidade. Regiane conseguiu um desconto de 94,7%: o valor caiu de R$ 2.188 para R$ 140. “Estou muito feliz com a negociação. Pude até escolher o dia de pagamento. A negociação foi muito vantajosa. Agora vou aproveitar para negociar débitos com outras lojas”, contou ela, sorridente.

As empresas que estão participando são os bancos Santander, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Banco do Brasil; as empresas de telefonia, internet e TV à cabo, Oi, Claro, Tim, Vivo, Sky, Net e Tech Cable; as concessionárias Enel e Águas do Imperador; as varejistas Casas Bahia e Ponto Frio; as sapatarias Bico da Bota, Stella Maris e Real Modas; as lojas de vestuário Pirulito e Gisele Jeans; a Ótica Obeslico; a Universidade Católica de Petrópolis negociando dívidas de alunos e ex-alunos, e a Servir – empresa de cartões de crédito do Grupo Mil.

A aposentada Angela Catarina da Silva, moradora do Chácara Flora destacou: “precisei fazer uma obra e gastei mais de R$ 120 mil. Para concluir precisei pegar um empréstimo e acabei ficando sem emprego na época e doente. Hoje a dívida chegou a mais de R$ 18 mil – um valor que eu não conseguiria pagar nem se parcelasse. Mas vim aqui, negociei e saio com a minha vitória. Vou pagar R$ 1.762. Estou muito feliz”, comemorou.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Agosto 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo