Quinta, 11 Julho 2019 - 18:55

Pioneira no Brasil em mediação de conflitos na rede pública de Educação, Petrópolis sedia encontro temático do Conima

Encontro do Conselho Nacional das Instituições de Mediação e Arbitragem aconteceu no Quitandinha

Município pioneiro no Brasil em implantar a cultura da mediação de conflitos na rede pública de educação, Petrópolis sediou pela primeira vez um Encontro Temático” realizado pelo Conselho Nacional das Instituições de Mediação e Arbitragem (Conima). Mediação, soluções de controvérsias, conciliação entre partes foram alguns dos tópicos abordados durante o evento, realizado em parceria com o Programa Petrópolis da Paz. O evento aconteceu nesta quinta-feira (11.07), no Palácio Sesc Quitandinha e contou com as palestras da presidente do Conima, Fernanda Levy, que abordou o tema Mediação na Administração Pública, e da Diretora de Mediação do Conima, Tânia Almeida, que apresentou o Projeto Mediação em Foco,além da debatedora Cláudia Clemente, da Comissão Executiva do Programa Petrópolis da Paz.

As palestrantes ressaltaram a importância da Mediação em vários segmentos e principalmente o destaque do trabalho realizado na rede pública de Educação. O Petrópolis da Paz é referência e atua também com Mediação Comunitária, nos bairros e com Justiça Restaurativa com a primeira Câmara Pública de Mediação do país.

“É uma alegria, uma honra estar em Petrópolis e trazer os temas que nós nos dedicamos há mais de 20 anos. Essa terra abençoada que já é atuante em mediação através do Petrópolis da Paz. O Conima é uma instituição nacional que reúne outras instituições que prestam serviços de mediação e arbitragem em meios privados e a prefeitura de Petrópolis já é nossa parceira”, destacou a presidente do Conima, Fernanda Levy.

A diretora de Mediação do Conima Tânia Almeida, destacou que a ampliação da pratica da mediação é muito importante para o município. “Para o Conima a importância é capilarizar este tema, e Petrópolis é um grande polo e certamente vai agregar muito ampliando o tema da mediação”, disse.

“A mediação e conciliação é algo crescente nos meios jurídicos. É uma alternativa inovadora de grande importância para o resultado dos casos. É um processo que cria uma relação direta com as partes envolvidas diferente do processo judicial que é mais frio. As pessoas precisam de mais olho no olho e de compreender umas às outras. É muito bom saber que o poder público já possui um programa de mediação”, contou a estudante do curso de Direito, Lídia Gomes Gonçalves.

Notícias por data

« Setembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo