Imprimir esta página
Quarta, 26 Junho 2019 - 18:25

Petrópolis sedia o primeiro encontro temático do Conselho Nacional das Instituições de Mediação e Arbitragem

Comissão Executiva do Programa Petrópolis da Paz participa do evento

Está marcado para o dia 11 de julho, o primeiro “Encontro Temático” realizado pelo Conselho Nacional das Instituições de Mediação e Arbitragem (Conima), em parceria com o Programa Petrópolis da Paz. O evento com o tema “Mediação na Administração Pública e o Projeto Mediação em Foco”, acontece às 10h, no Palácio Sesc Quitandinha. Estão disponíveis 100 vagas e  as inscrições que são gratuitas, já estão abertas, e podem ser feitas através do site www.conima.org.br.

O encontro conta com a participação das palestrantes Fernanda Levy, presidente do Conima, abordando a Mediação na Administração Pública e Tânia Almeida, Diretora de Mediação do Conima, divulgando Projeto Mediação em Foco, além da debatedora Cláudia Clemente, da Comissão Executiva do Programa Petrópolis da Paz. O objetivo do encontro é trazer a discussão da mediação e principalmente na administração pública e apresentar o projeto Mediação em Foco, que visa que o trabalho seja realizado em rede, adaptando cada um com a sua realidade.

“O Programa Petrópolis da Paz possui um método diversificado, o que é destaque em todos os espaços da mediação. Para nossa equipe é de extrema importância ter esta parceria com o Conima que é uma entidade com selo de qualidade no tema”, destacou a participante da Comissão Executiva do Programa Petrópolis da Paz, Cláudia Clemente.

Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz, Elsie-Elen Carvalho, é muito importante para cidade receber este tipo de evento. “Este encontro mostra a importância do nosso trabalho de mediação na cidade. O Conima é uma entidade renomada que está realizando um evento em Petrópolis, com a participação do Programa Petrópolis da Paz. Ficamos muito felizes e esperamos que a cidade receba ainda mais eventos desse porte”, contou.

Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz

O programa atua desde 2017 no município, e possui três projetos: Mediação Escolar, em quatro unidades da rede municipal de ensino; Comunitária e Justiça Restaurativa - com a primeira Câmara Pública de mediação do país, que já atendeu mais de 100 casos. A base do trabalho começa nas unidades de ensino, onde a equipe assiste e capacita os alunos e professores, de forma social e emocional. Os conflitos existentes são mediados e orientados pelos voluntários do programa, o que beneficia a organização da escola, onde os próprios alunos, através das ferramentas apresentadas pelo projeto, saberão resolver as questões.

O grande destaque do programa é o trabalho na Câmara Pública. O local, é um segmento do projeto, que atende as pessoas que são encaminhadas pelos parceiros, comunidade e pessoas que procuram o serviço de forma espontânea. A Câmara recebe casos para serem mediados como brigas domésticas, família, vizinho entre outros. A ação consiste em ouvir os dois lados e buscar de forma pacificadora uma solução satisfatória para ambos. As mediações podem durar mais de três meses para serem concluídas.

Itens relacionados por tópico