Terça, 25 Junho 2019 - 19:19

Prefeito visita local da nova sede do Parnaso

Um espaço para hospedagem, com alojamento de pesquisadores e brigadistas, área para camping, loja de souvenir, sala de informações, possibilitando dobrar o número de visitantes - são mais de 42 mil pessoas por ano. Assim será a nova sede do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, o Parnaso, no Bonfim. A nova estrutura será semelhante à de Teresópolis. O parque está em fase final para a viabilização da área, quando dará início às intervenções do espaço.

A maior parte do território do Parnaso está na Cidade Imperial. É aqui a entrada da travessia Petrópolis-Teresópolis, considerada a mais bonita do Brasil, que atraí visitantes de todo o país. No ano passado, o parque registrou mais de 42 mil pessoas passando pela entrada de Petrópolis. 

Com a nova sede do Parnaso também será possível ampliar o número de brigadistas no local, já a parte de Petrópolis é a que mais sofre com problemas relacionados aos incêndios florestais. "Estamos em fase final no processo de desapropriação do terreno para a nova sede. O próximo passo será a implementação desse espaço. Além de recebermos mais visitantes, também teremos reforço na nossa brigada operacional, com uma estrutura que vai lembrar a sede de Teresópolis", destacou o chefe do Parnaso, Leandro Goulart.

Petrópolis tem seguido a tendência mundial de valorização do turismo sustentável, de natureza e ecoturismo. Cercado de opções para lazer e prática de esportes ao ar livre, o Parnaso é só um exemplo de que o município vem se consolidando como referência nesse tipo de atividade.

Sobre o Parnaso

O Parnaso é uma Unidade de Conservação Federal de Proteção Integral, subordinada ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Em Petrópolis, o acesso é feito por Corrêas. A Travessia Petrópolis-Teresópolis é um dos atrativos mais conhecidos do parque, feita em dois ou três dias, percorrendo 42 km de trilhas. Banhos de cachoeira e as caminhadas para apreciar a vegetação e a fauna da Mata Atlântica também estão entre as opções. Criado em 1939 para proteger a paisagem e a biodiversidade daquele trecho da Serra do Mar na Região Serrana, são 20.024 hectares protegidos nos municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim. O Parque abriga mais de 2.800 espécies de plantas, 462 espécies de aves, 105 de mamíferos, 103 de anfíbios e 83 de répteis, incluindo 130 animais ameaçados de extinção. O parque funciona de 8h às 17h.

Notícias por data

« Julho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP