Quinta, 23 Maio 2019 - 17:46

Nape-IJ discute o abuso contra jovens em fórum no Rio de Janeiro

Programa implementado em Petrópolis foi apresentado durante evento que se discutiu a erradicação do trabalho infantil

O trabalho desenvolvido em Petrópolis para proteção da crianças e adolescentes em vulnerabilidade e risco social foi destacado nesta quinta-feira (23.05), no Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação ao Trabalho Infantil, realizado no Rio de Janeiro. A convite do Centro Estadual de Defesa Da criança e do Adolescente (CEDECA), as ações do município para a identificação e combate de casos de suspeita de abusos de menores foram apresentadas para cerca de 100 representantes de diversos municípios do interior do estado, como Araruama, Nova Iguaçu, São Pedro da Aldeia, Itaguaí, Belford Roxo e outros.

Representantes do Núcleo de Atendimento Psicológico Especializado Infantojuvenil (Nape-IJ) e do Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil (PETI) expuseram algumas das iniciativas de Petrópolis para o combate ao abuso de menores. Um dos destaques foi a atuação do Nape – IJ, que falou sobre a implantação do serviço na cidade. Desde 2017, foram atendidos cerca de 400 casos, dos quais 33% houve indícios e foram encaminhados ao Ministério Público por haver suspeita de algum tipo de abuso praticado contra crianças e adolescentes.

Essa foi mais uma ação de alerta realizada pelo Nape-IJ, durante o mês em que as ações de conscientização para os casos de abuso a menores são intensificadas. O fórum é realizado mensalmente com temas variados. A discussão desse mês levou em consideração o Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, com data de conscientização de 18 de maio.

Através do Nape-IJ é feito um trabalho especializado para a análise de denúncias de abuso a menores. As crianças e adolescentes encaminhadas pelo Conselho Tutelar passam por acompanhamento qualificado. Com equipe formada por psicólogas, o setor criado pela Secretaria de Assistência Social, faz estudo de todo o contexto social das supostas vítimas de abusos. “A palestra nesse fórum foi de grande valor para uma troca de experiências com outros municípios”, destaca a coordenadora do Nape-IJ, Isabela Wildberger, que apresentou palestra ao lado da psicóloga Ana Carla Karl. O trabalho desenvolvido caminha em conjuntou com outros programas e serviços mantidos pela Secretaria de Assistência Social, como o Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil (PETI).

Implantado desde 2017, o PETI atua em casos encaminhados pelo Ministério Público do Trabalho, pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e também recebe denúncias anônimas, que podem ser feitas pelo 2291-1927. Entre os casos mais comuns, estão os que as crianças são obrigadas a trabalhar pela própria família, seja em vendas ambulantes pelas ruas, no tráfico de drogas e o trabalho doméstico imposto de forma abusiva. “São casos em que as crianças são afastadas de suas atividades escolares e convívio social, muitas vezes provocando a evasão escolar”, destaca a pedagoga do PETI, Daniele Ferreira.

Atualmente o programa acompanha 10 casos em que foi constatado o trabalho infantil. Além dos casos específicos do programa, o PETI atua em conjunto com o CREAS que acompanha casos de jovens em cumprimento de medida socioeducativa. A atuação do programa visa garantir que os menores não sejam mais expostos a situações de vulnerabilidades. Toda a família é acompanhada para que as ocorrências não sejam reincidentes. Os jovens são inseridos em atividades no contraturno e participam de grupos de convivência, onde são desenvolvidas diversas atividades.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Abril 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30      

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo