Segunda, 29 Abril 2019 - 19:41

Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz se torna referência no Estado

A equipe do Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz, foi convidada pela juíza titular da Vara da Infância e da Juventude do TJ-RJ, Vanessa Cavalieri, apresentar na quarta-feira (02.05), no Núcleo da Justiça Restaurativa do Rio de Janeiro, as ações de mediação que estão sendo realizadas em Petrópolis.  O programa começou em 2017 após uma iniciativa do prefeito Bernardo Rossi por meio da Lei n° 7.532, com a finalidade de buscar soluções para os conflitos apresentados e as mudanças na busca da inclusão e paz social de toda a comunidade e hoje já é uma referência para o Estado.

O programa possui três projetos: Mediação Escolar, em quatro unidades da rede municipal de ensino; Comunitária e Justiça Restaurativa - com a primeira Câmara Pública de mediação do país, que já atendeu mais de 100 casos. A base do trabalho começa nas unidades de ensino, onde a equipe assiste e capacita os alunos e professores, de forma social e emocional. Os conflitos existentes são mediados e orientados pelos voluntários do programa, o que beneficia a organização da escola, onde os próprios alunos, através das ferramentas apresentadas pelo projeto, saberão resolver as questões.

O grande destaque do programa é o trabalho na Câmara Pública. O local, é um segmento do projeto, que atende as pessoas que são encaminhadas pelos parceiros, comunidade e pessoas que procuram o serviço de forma espontânea. A Câmara recebe casos para serem mediados como brigas domésticas, família, vizinho entre outros. A ação consiste em ouvir os dois lados e buscar de forma pacificadora uma solução satisfatória para ambos. As mediações podem durar mais de três meses para serem concluídas.

“Estamos cumprindo a meta nacional da Cultura da Paz no nosso município. E agora o trabalho do Petrópolis da Paz se tornou referência, estamos apresentando o programa para várias autoridades e instituições. Petrópolis está na frente dos outros municípios dentro da iniciativa de mediações”, frisou a coordenadora do Petrópolis da Paz, Elsie-Elen Carvalho, que ainda ressaltou que todo o programa trabalha em conjunto. “Observamos que as mediações escolar e comunitária se complementam levando ao trabalho da Justiça Restaurativa. Se os três eixos andarem em conjunto conseguiremos uma implantação real da Cultura de Paz”, finalizou.

Notícias por data

« Junho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP