Segunda, 29 Abril 2019 - 19:41

Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz se torna referência no Estado

A equipe do Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz, foi convidada pela juíza titular da Vara da Infância e da Juventude do TJ-RJ, Vanessa Cavalieri, apresentar na quarta-feira (02.05), no Núcleo da Justiça Restaurativa do Rio de Janeiro, as ações de mediação que estão sendo realizadas em Petrópolis.  O programa começou em 2017 após uma iniciativa do prefeito Bernardo Rossi por meio da Lei n° 7.532, com a finalidade de buscar soluções para os conflitos apresentados e as mudanças na busca da inclusão e paz social de toda a comunidade e hoje já é uma referência para o Estado.

O programa possui três projetos: Mediação Escolar, em quatro unidades da rede municipal de ensino; Comunitária e Justiça Restaurativa - com a primeira Câmara Pública de mediação do país, que já atendeu mais de 100 casos. A base do trabalho começa nas unidades de ensino, onde a equipe assiste e capacita os alunos e professores, de forma social e emocional. Os conflitos existentes são mediados e orientados pelos voluntários do programa, o que beneficia a organização da escola, onde os próprios alunos, através das ferramentas apresentadas pelo projeto, saberão resolver as questões.

O grande destaque do programa é o trabalho na Câmara Pública. O local, é um segmento do projeto, que atende as pessoas que são encaminhadas pelos parceiros, comunidade e pessoas que procuram o serviço de forma espontânea. A Câmara recebe casos para serem mediados como brigas domésticas, família, vizinho entre outros. A ação consiste em ouvir os dois lados e buscar de forma pacificadora uma solução satisfatória para ambos. As mediações podem durar mais de três meses para serem concluídas.

“Estamos cumprindo a meta nacional da Cultura da Paz no nosso município. E agora o trabalho do Petrópolis da Paz se tornou referência, estamos apresentando o programa para várias autoridades e instituições. Petrópolis está na frente dos outros municípios dentro da iniciativa de mediações”, frisou a coordenadora do Petrópolis da Paz, Elsie-Elen Carvalho, que ainda ressaltou que todo o programa trabalha em conjunto. “Observamos que as mediações escolar e comunitária se complementam levando ao trabalho da Justiça Restaurativa. Se os três eixos andarem em conjunto conseguiremos uma implantação real da Cultura de Paz”, finalizou.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Junho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30          

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo