Terça, 09 Abril 2019 - 19:30

Polo de Assistência Farmacêutica, reestruturado, tem rapidez de atendimento

Polo de Assistência Farmacêutica, reestruturado, tem rapidez de atendimento

Com 2,1 mil pessoas atendidas todos os meses, o Polo de Assistência Farmacêutica Integrado passa a oferecer mais acesso e melhor acomodação para os usuários da rede pública de saúde. Com dois farmacêuticos atendendo à população e dois médicos em suporte interno, a unidade não tem filas e o atendimento é rápido.  A unidade disponibiliza 1, 3 mil tipos diferentes de medicamentos e materiais pelo SUS, nesta terça-feira (09.04).

Com funcionamento de 8h às 17h, no Centro, na Rua Epitácio Pessoa (ao lado dos Correios), a unidade passou a contar com dois farmacêuticos para o atendimento aos público e dois médicos para analisar os receituários clínicos. O polo atende cerca de 2100 usuários ao mês com o fornecimento das medicações disponibilizadas pelo Estado, município e governo federal e ainda, partir de nova dinâmica de trabalho, facilita o acesso aos remédios que precisam ser reivindicados por procedimentos administrativos ou judiciais.

O polo do Centro é especifico para o fornecimento das medicações do Estado e das incluídas na Relação Nacional de Medicamentos (Rename), adquiridas por processos. Em sua maioria são medicamento de especialidades clínicas e alguns, muitas vezes, de alto custo para os pacientes como o de hemodiálise ou que precisam de tratamento contínuo de doenças como hepatite, artrite reumatoide, esclerose múltipla, entre outras.

O local também conta com suporte para o atendimento dos pacientes da atenção básica. Esses são orientados a recorrer às unidades de saúde para a aquisição dos remédios que fazem parte da relação da Relação Municipal de Medicamentos (Remume). Além dos farmacêuticos, a unidade conta com médicos e assistentes sociais que, além de auxiliar os pacientes quanto ao receituário, avaliam cada solicitação de medicamentos de maior complexidade. Para as medicações de responsabilidade do Estado, a equipe contribui com o envio de dados para as devidas análises dos pedidos.

O aposentado Marivaldo de Oliveira Gomes, 56 anos é um dos usuários do serviço. Há meses recorre à rede para a obtenção de medicamentos para o tratamento da esposa, que se fossem comprados, não teria como ter acesso. Nesta terça-feira (09.04) compareceu à unidade para dar entrada a uma solicitação.  “Agora minha esposa faz uso de um medicamento que custaria R$ 8 mil por aplicação e ela precisa de duas doses por mês. Impossível comprar. Esse serviço é de grande importância para a população que não pode ter acesso a medicações de alto custo”, destaca o aposentado.

Notícias por data

« Fevereiro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29  

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo