Sexta, 05 Abril 2019 - 18:56

Ouvidoria SUS tem 80% dos casos resolvidos

Ouvidoria SUS tem 80% dos casos resolvidos

Sistema foi implantado no município como mais um meio de garantir o funcionamento dos serviços

Em quatro meses de implantação, a Ouvidoria da Secretaria de Saúde resolveu 80% dos registros feitos no sistema. Desde novembro de 2018, quando foi lançado, o canal de comunicação recebeu 200 notificações feitas pelos telefones 2233-8888 e 136 ou pelo endereço eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . O serviço foi criado para estabelecer mais um espaço de acolhimento de denúncias, reclamações, sugestões e elogios relacionados à rede pública de saúde.

O canal de comunicação com o usuário da rede garante maior agilidade para a solução dos casos registrados. O prazo de conclusão dos atendimentos varia de 24 horas a 15 dias, para situações mais imediatas. A depender da prioridade de cada caso será apresentada uma solução em 30, 60 e até 90 dias.

Os registros feitos pelo 2233-8888 e endereço de e-mail, são recebidos e tratados de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. O canal do Disque Saúde 136, do Ministério da Saúde, funciona 24 horas por dia. Os registros feitos por esse meio são encaminhados para a Ouvidoria SUS e como todos os casos, são acompanhados e regulados para que sejam resolvidos dentro dos prazos adequados.  

A Ouvidoria da Secretaria de Saúde foi implantada nos moldes do sistema Ouvidor SUS, do Ministério da Saúde e segue os mesmos padrões de prioridade para as resoluções dos casos. Na época da implantação no município, foram identificadas 350 demandas em espera de solução. Todas foram sanadas.

A dona de casa Maria Aparecida Ferreira Roza, de 78 anos, há um mês recorreu ao sistema para solucionar questões relativas ao agendamento de consultas e exames. Em 15 dias conseguiu ser atendidas em todas as solicitações. “Já consegui marcar todas as minhas consultas e exames. Estou com todos os pedidos em dia”, conta a usuária da rede pública que mora no bairro Atílio Marotti.

Dos casos registrados, a maior parte foi de reclamações e denúncias para casos de assistência à saúde. No sistema foram computados casos na área farmacêutica, odontológica, transporte, serviços de urgência, entre outros. A maioria dos casos está resolvida. Dos registros, 79% são realizados pelo telefone fixo, o restante se divide entre os atendimentos presenciais, por e-mail, pelo formulário do Ouvidor SUS, acessado pelo site do Ministério da Saúde (http://ouvprod01.saude.gov.br/ouvidor/CadastroDemandaPortal.do) e uma menor parte por carta.

Notícias por data

« Setembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo