Sexta, 15 Março 2019 - 19:31

Pré-conferência de saúde discute benefícios das Práticas Integrativas na rede pública

Pré-conferência de saúde discute benefícios das Práticas Integrativas na rede pública

Yoga, shiatsu, acupuntura, a fitoterapia, os florais e outros métodos são oferecidos pelo SUS há seis meses

Com bons resultados de adesão pelos usuários da rede pública de saúde, as Práticas Integrativas Complementares (PICs) foram tema da Pré-conferência de Saúde realizada nesta quinta-feira (14.03). Há seis meses implantados na rede de atenção básica do município, os tratamentos alternativos já foram oferecidos para cerca de mil pessoas nas quatro unidades das Academias da Saúde do município. Durante o encontro, que reuniu profissionais da área de saúde e representantes da sociedade, integrantes do Conselho Municipal da Saúde, no Palácio Quitandinha, foram discutidos os benefícios dos métodos aplicados e a importância da manutenção dos serviços e adoção das práticas.

A pré-conferência antecede as discussões que serão levadas para a Conferência Municipal de Saúde, que será realizada nos dias 29 e 30 de março. A discussão sobre as PICs teve como objetivo demonstrar os resultados do processo de implantação do método voltado para o tratamento de doenças e melhoria de qualidade de vida, que teve início, a partir de debates feitos com a sociedade e órgãos competentes.

Essa é uma conquista adquirida a partir de discussões com a sociedade. A expectativa é de que para a próxima conferência surjam novas propostas para a rede pública.

Os tratamentos alternativos das PICs são oferecidos nas Academias da Saúde do Vale do Carangola, Itaipava, Castelo São Manoel e Quitandinha. As unidades além de oferecer atividades físicas e educativas para o público de todas as idades passou a contar com tratamentos como yoga, bio pilates, ginástica funcional, alongamento, fisioterapia, shiatsu, acupuntura, fitoterapia, florais, shantala, rodas de conversa, além de teatro, dança de salão, capoeira e jump.

A questão das PICs vem sendo discutida há muito tempo. São tratamentos alternativos de fundamental importância para a promoção de saúde e prevenção de doenças. É preciso que as pessoas participem das conferências para trazer as ideias e a Secretaria de Saúde é uma executora das propostas da população de determinações do Ministério da Saúde. Durante o evento o representante do Conselho Municipal da Saúde, Danati Canna Caleri apresentou os avanços obtidos na saúde pública desde a criação do SUS e debateu sobre o tem da próxima e enfatizou o tema da próxima Conferência, que vai tratar da saúde como um direito de todos.

A coordenador das academias da saúde Márcia Verônica Ferreira, ressaltou o quanto as práticas integrativas se tornaram fundamentais para o atendimento da população. Os diferentes métodos oferecidos têm se mostrado como alternativas de grande relevância para a garantia da qualidade de vida da população. Atualmente os tratamentos são oferecidos com regularidades. “Hoje temos agendamentos para dois meses de atendimento. As PICs são complementares aos tratamentos indicados pela rede e muitas das vezes contribuem para a redução de uso de medicamentos. Hoje nas academias oferecemos tratamentos para o corpo e alma”, destaca Márcia.

Profissionais da área de saúde debateram sobre a importância da discussão sobre a saúde pública para que haja cada vez mais avanços para o Sistema Único de Saúde.

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Novembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30  

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo