Terça, 04 Dezembro 2018 - 19:20

Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz forma primeiros alunos da rede

Cerca de 120 alunos da rede municipal de ensino participarão da formatura dos primeiros mediadores escolares de Petrópolis na sexta-feira (07.12), às 14h, no Palácio de Cristal. A ação faz parte do Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz em parceria com s Secretaria de Educação. O projeto acontece no município desde agosto de 2017, após uma iniciativa do prefeito Bernardo Rossi, através da Lei n° 7.532.

Durante todo o ano letivo alunos, docentes, profissionais, responsáveis, representantes da comunidade, além de voluntários estiveram envolvidos em atividades que promovem a paz social e a inclusão, com o curso de Introdução a Mediação Escolar. Participaram do curso estudantes do 6ª ano, com idades de 12 a 15 anos, da Escola Municipal Liceu Carlos Chagas, Escola Municipal Amélia Antunes Rabello e Escola Municipal Governador Marcelo Alencar.

“Os formados já podem interferir de forma pacífica no seio familiar e na própria comunidade que resida, promovendo a Paz através do entendimento de que a maioria das nossas contendas podem e devem ser resolvidas através do diálogo e da escuta ativa. Surge uma nova era, que será desenhada pelos nossos alunos mediadores da rede municipal de Ensino. O respeito, a tolerância e a dignidade fazem e farão parte da caminhada dos nossos futuros homens que formarão a sociedade petropolitano” pontua coordenadora do Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz, Elsie-Elen Carvalho.

Durante o curso, os alunos desenvolveram habilidades sócio emocionais, introdução a ferramentas de mediação de conflitos, além da parte prática com teatro, muitas dinâmicas e muita prática da cultura de paz.

“A experiência da mediação escolar vem nos apontando, em linhas gerais, para o desenvolvimento de uma comunidade mais engajada, democrática, respeitável, promovendo a cada passo o fortalecimento de uma cultura de paz. Uma honra participar deste momento único para o nosso município, com todos os olhares voltados para o desenvolvimento das nossas novas gerações! É um privilégio fazer parte deste grupo”, destaca a pedagoga e psicóloga e responsável pelo Departamento da Mediação Escolar, Vanessa Siqueira.

O diretor do Liceu Carlos Chagas, Marcos de Souza Machado, contou a importância da inserção do programa na unidade. “Aqui temos alunos de comunidades carentes. Acho importante a pacificação da escola. Com a Mediação Escolar os alunos aprendem sobre a convivência, isso melhora a relação entre eles e a relação na escola e alcança os familiares”, relatou o diretor da unidade escolar que fica no Retiro.

“A rede municipal de Educação agradece o empenho e esforço das escolas participantes no projeto. Tenho certeza que esses alunos mediadores farão a diferença no ambiente escolar e até mesmo nas suas comunidades. A cultura da paz deve ser incentivada e propagada, sempre. Obrigada equipe do Petrópolis da Paz por esse projeto tão bonito”, afirma a secretária de Educação, Marcia Palma.

Os formados poderão atuar no próximo ano ainda com o acompanhamento da equipe do Programa Petrópolis da Paz.

Notícias por data

« Março 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP