Terça, 03 Dezembro 2019 - 18:27

Rio Limpo continua em outros pontos do Piabanha

O programa Rio Limpo continua sendo feito em outros pontos do Rio Piabanha, no Centro. Nesta terça-feira (03.12), o serviço aconteceu na Av. Koeler. Antes, as equipes já haviam atuado no entorno do Palácio de Cristal e na Rua Padre Feijó. O trabalho consiste na retirada de areia, pedras, mato e lixo que podem atrapalhar o curso natural da água e, assim, causa transbordamentos em dias de chuvas mais intensas. Na maioria das vezes, os sedimentos são arrastados de forma natural pelo vento ou pela própria água. É uma das ações da prefeitura dentro do Plano Verão 2020 para minimizar os efeitos da chuva na cidade.

Há poucas vagas para a palestra "Eu professor: Desafios e Potenciais da Profissão Docente" que será ministrada no dia 5 de dezembro pela professora doutora Jane do Carmo Machado, na EM Monsenhor João de Deus Rodrigues. O evento é direcionado para professores da rede municipal.

As inscrições podem ser feitas pelo telefone 2223-2857 ou na própria unidade escolar – Rua Dr. Barros Franco, s/nº, Pedro do Rio. O encontro no dia 5 será às 17h30.

O diretor da EM Monsenhor João de Deus Rodrigues, Ney Marcos de Paula Júnior, salienta que restam poucas vagas – cerca de 20. “A inscrição prévia é necessária para organizarmos o espaço. Também agradeço à professora Jane pelo encontro que, com certeza, será muito rico em conhecimento. A professora fez parte da nossa rede, conhece a realidade da educação pública e poderá nos dar muitas dicas”, explica Ney.

A Comissão de Defesa do Consumidor da Alerj está em Petrópolis, com atendimento itinerário nesta terça (03.12) e quarta-feira, no centro da cidade e quinta e sexta-feira (06.12), em Itaipava. A equipe busca orientar a população sobre relação de consumo, direitos e deveres do consumidor e captar reclamações. O serviço atua em parceria com o Procon Petrópolis, que também disponibilizou sua unidade móvel de atendimento para fortalecer a ação na cidade.

É a primeira vez que a van da Comissão vem a Petrópolis, contribuir com todas as ações voltadas para os consumidores já realizadas no município. Segundo o coordenador da unidade móvel da Alerj, Vitor Andrade, o veículo irá percorrer os 92 munícipios do estado do Rio de Janeiro, e já na próxima semana irá atender a Região dos Lagos.

“É mais uma proximidade com o consumidor. Estamos no centro da cidade realizando atendimentos e mostrando a população que muitas vezes desconhecem que podem contar com uma rede de assistência a defesa do consumidor muito ampla”, destacou. Ainda de acordo com o coordenador, a ação tem o intuito também de desafogar o jurídico e pacificar os conflitos entre consumidor e fornecedor.

O serviço itinerante da Comissão, é mais uma ferramenta disponível para os petropolitanos durante esta semana, que sucede o destaque de vendas no comércio nacional, com grandes promoções que é a Black Friday.

Denúncias sobre a irregularidades podem ser feitas na unidade do Procon que funciona na Rua Dr. Moreira da Fonseca 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. Os telefones para contato são o 2246-8469 / 8470/ 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Há, ainda, a unidade de Itaipava, que fica na Estrada União e Indústria 11.860, no Centro de Cidadania. Os usuários também têm como opção o WhatsApp Denúncia pelo 92257-5837 e o site www.petropolis.rj.gov.br/procon e o serviço de mensagens da página Procon Petrópolis no Facebook.

Inspeção, matrícula e psicologia escolar foram temas abordados durante o 8º módulo do curso de gestão promovido pela Secretaria de Educação para os diretores das unidades educacionais da rede municipal de Educação. Dois encontros foram realizados nessa terça-feira (03.12) no Salão Nobre da UCP.

Crianças e jovens da Orquestra Sinfônica de Charbel participaram da abertura do evento, com a apresentação de músicas de Natal.

O trabalho realizado pela Inspeção Escolar – que faz visitas rotineiras nas escolas e CEIs foi abordado durante esse módulo. “Estamos sempre à disposição para ajudar no que for necessário, tirar dúvidas e dar orientações sobre as práticas nas unidades escolares, mas o encontro com todos os diretores também serve para mostrar um pouco da nossa rotina e de que forma as visitas e relatórios são organizadas”, explica a responsável pelo Departamento de Inspeção Escolar, Ana Paula Valle.

O Departamento de Educação Especial também marcou presença no evento e o assunto abordado foi o trabalho realizado pela equipe da Psicologia Escolar. “Operacionalizamos uma política pública que prevê o acompanhamento dos alunos que necessitam dessa atenção, muitos deles em vulnerabilidade social. O trabalho é articulado com demais setores, incluindo a Inspeção Escolar”, afirmou a responsável pelo Departamento de Educação Especial, Bianca Paiva.

As dúvidas sobre o setor da matricula também forma esclarecidas durante o módulo. Nesse ano, o período de pré-matrícula 2020 da rede municipal de Educação começará no dia 18 de dezembro e seguirá até o dia 6 de janeiro de 2020. Um link será disponibilizado no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). Já no caso dos alunos com deficiência, o atendimento será diferenciado: os pais ou responsáveis terão prioridade nas vagas - eles deverão agendar um horário para atendimento no Departamento de Educação Especial da Secretaria de Educação e não precisarão fazer a pré-matrícula no site da PMP.

No curso para gestores já foram apresentados outros temas como a importância dos Conselhos Escolares e uso do PDDE – Programa Dinheiro Direto na Escola, Assessoria Jurídica da Educação e Patrimônio.

As inscrições dos clubes e equipes para a III Copa Imperial de futsal feminino seguem até o dia 12 de dezembro. Os times interessados em participar devem ligar para o telefone: (24) 2233-1218, ou comparecer na Superintendência de Esportes e Lazer, no Centro de Cultura Raul de Leoni, de 9h às 18h. São oito vagas para o torneio que será realizado no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis, no Caxambu, no dia 15, começando às 9h.

Ainda no dia 12, será realizado o congresso técnico, às 17h, com os representantes das equipes. A reunião acontece na Superintendência de Esportes e Lazer e vai definir a tabela da competição. Segundo o regulamento, cada time pode inscrever o número máximo de 12 jogadoras acima de 16 anos, mas será exigida uma autorização assinada pelos responsáveis para as meninas menores de idade.

Os finalistas da III Copa Imperial de futsal feminino recebem medalhas e troféu de premiação. Desde 2017, o governo municipal promoveu dois torneios de futsal e outro de futebol society para as mulheres.

Outra novidade implementada pela atual gestão neste sentido foi o futebol de campo das meninas nos jogos estudantis no primeiro ano da gestão. Desde então, as escolas também estão se mobilizando para formar equipes. Neste caminho, a prefeitura também quer incentivar os clubes da cidade a montarem times femininos.

 

A partir da gestão da fila, iniciada em novembro, a Secretaria Municipal de Saúde verificou que o número de pessoas à espera de consultas e exames está abaixo do que vem sendo apresentado pelo sistema usado pela rede municipal de saúde. Isto porque foram identificadas falhas como a não retirada da fila dos pacientes que já passaram pelos exames em clínicas conveniadas, por exemplo, ou de casos de pessoas que acabaram fazendo o procedimento nas unidades de emergência do SUS ou em unidades privadas que não são retirados do sistema. Todo o sistema já está sendo remodelado para acabar com esse tipo de problema. A fila de espera por uma ultrassonografia, por exemplo, possui 58% de pacientes nesta situação. Vale ressaltar que de janeiro a setembro deste ano, foram realizados 40.235 ultrassonografias pelo município, sendo eletivas e de emergência. O preconizado pelo SUS para o município seriam de 33.994 exames do tipo, segundo a portaria 1.631/2015. Ou seja, quase 7 mil exames a mais.

Ao longo de 2018, foram feitas 45.063 ultrassonografias pelo SUS, tanto em unidades de emergência e/ou urgência e eletivas, quanto em clínicas conveniadas e nos aparelhos pertencentes ao município.

Outro exemplo suspeito de falhas no sistema é no caso de tomografias. Entre janeiro e setembro deste ano, foram realizados 17.976 exames no município pelo SUS. O previsto pelo Ministério da Saúde era de 7.592 exames, ou seja, 10 mil exames a mais foram realizados pelo município. Na lista de espera, existem 755 pessoas hoje aguardando agendamento para este exame, porém, a lista possui 9.558 pedidos cancelados e mais de 5 mil pedidos que precisam ser reavaliados para saber se constam ainda como pendentes ou se os pacientes já passaram pelo procedimento e a unidade executora não deu baixa; ou se passaram pelo exame entrando pelas unidades de emergências ou se ainda foram realizados na rede privada.  

A Secretaria de Saúde vem trabalhando pontualmente nos casos reais onde há necessidade de investimentos e maior oferta dos serviços para atender a demanda.  No caso da ortopedia, por exemplo, em 2018, foram oferecidas 45.799 consultas. Este ano, o sistema apresenta que existem ainda 15.595 pessoas na fila, no entanto, 42% deste número precisa ser investigado, pelos mesmos motivos informado acima, ou seja, podem ter tido o atendimento realizado nas urgências.

Também foi identificado um aumento de 40% nos pedidos de exames feitos pelos médicos nestes dois últimos anos. Desta forma, para aumentar a oferta de exames de imagens, o município está em processo de compra de mais um aparelho de ressonância magnética e um mamógrafo o centro de imagens do Nélson de Sá Earp. Nesta segunda-feira (02.12) a secretária participou em Macuco da reativação do consórcio da Região Serrana para iniciar a repactuação do serviço identificando a necessidade de contratação de exames e consultas em clínicas especializadas e também levantar os serviços oferecidos por cada município.

O sábado (30.11) foi o dia mais movimentado do Natal Imperial neste fim de semana. Só no Centro Histórico e arredores, hotéis e pousadas registraram 97,3% de ocupação, e a média em toda a cidade chegou a 84,2%. Outro número alto foi registrado pela CPTrans; no dia, mais de 150 ônibus de turismo entraram no município com visitantes vindo, principalmente, para a festa. Alguns, inclusive, chegaram no período da noite por causa da iluminação especial que invade a Cidade Imperial desde o dia 14 de novembro.

O que três anos atrás era considerado baixa temporada, hoje o setor de turismo enxerga dezembro como um dos meses mais movimentados para Petrópolis. Só em 2018, a festa injetou R$ 300 milhões na economia do município.

No sábado, entre os turistas que escolheram Petrópolis para aproveitar o fim de semana estava a professora Gisele Pereira, do Rio de Janeiro, que subiu a Serra com toda a família e ainda se hospedaram na cidade. “Vim com toda família, já à noite, só pra ver o Natal. No ano passado estivemos aqui, gostamos muito, e voltamos. Vamos ficar até domingo para ver tudo”, disse ela. Neste período, a Cidade Imperial tem recebido, principalmente, visitantes do Rio de Janeiro e outros municípios próximos.

O Natal Imperial segue até 12 de janeiro com shows, desfiles, corais, teatro, recreação infantil, gastronomia e atividades para toda a família. A Praça da Liberdade – a Vila Imperial - e o Palácio de Cristal – que abriga a Casa do Papai Noel – são os principais palcos da festa, que tem todas as atrações gratuitas.

De caixa registradora ao título de campeão mundial para o Flamengo, pedidos inusitados não faltaram ao Papai Noel neste domingo (1º.12), dentro da programação do Natal Imperial. O “Bom Velhinho” chegou para ocupar sua casa, montada no Palácio de Cristal, e mesmo a chuva que caía na cidade não desanimou a criançada e até os adultos de fazer aquele pedido especial para o Papai Noel. A “Casa” funciona todos os dias – inclusive durante a semana - até 23 de dezembro e a entrada é gratuita.

A festa, que começou no dia 14 de novembro, vai até 12 de janeiro com extensa programação para a toda a família, além de uma decoração especial no Centro Histórico e nos bairros. Neste domingo, o destaque foi a chegada do Papai Noel e muitos visitantes subiram a Serra exclusivamente para ver o “Bom Velhinho”. Não só as crianças, mas até os adultos. “Somos do Rio de Janeiro e viemos só pra ver o Papai Noel e ver o Natal de Petrópolis”, disse o marítimo Wellington Pereira, que aproveitou a ocasião pra fazer um pedido: “Eu pedi o mundial (de Futebol) pra ele. O Flamengo vai ganhar do Liverpool de 3 a 0, igual em 1981”, brincou.

Durante todo o domingo, o público pôde contar com recreação infantil, contação de história, personagens animados, shows e corais, tanto na Praça da Liberdade, que se transformou na Vila Imperial, quanto no Palácio de Cristal. É lá que está a Casa do Papai Noel e a chegada do “Bom Velhinho” movimentou o atrativo à tarde. A partir de agora, o Papai Noel recebe os visitantes de segunda à sexta-feira das 18h às 21h, sábados das 11h às 21h e domingos das 11h às 18h30. .

Quem aproveitou para curtir a programação da festa neste domingo não se arrependeu: “O Natal aqui está maravilhoso. Somos da Baixada e viemos só para curtir o evento. Passamos pela Praça (da Liberdade) e também o Palácio de Cristal. Pra gente foi uma surpresa encontrar o Papai Noel, ficamos maravilhados. As crianças adoraram”, disse a dona de casa Raquel Ribeiro, que subiu a Serra com a família.

 

Com o objetivo de incentivar projetos assistências voltados para a criança e adolescente do município, o Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA), inicia a campanha Leão Amigo da Criança, em parceria com a Prefeitura de Petrópolis e o judiciário. A finalidade é fomentar as doações do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (Funcria), por meio de doação de parte do Imposto de Renda. O recurso destinado ao Fundo, apenas deixa de ir para à União, e é encaminhado como investimento local para as entidades assistenciais. Pessoas físicas podem destinar até 6% do imposto, e as pessoas jurídicas podem doar 1%, conforme o Artigo 260 do Estatuto da Criança e do Adolescente. O prazo é até o último dia do expediente bancário do mês de dezembro. As doações podem ser feitas pela conta da Caixa Econômica Federal – agência:  1651; c/c: 155-6; operação: 006. O CNPJ é: 18.210.251/0001-66.

Podem doar, as empresas que declaram Imposto de Renda pelo Regime de Lucro Real ou pessoas físicas que pelo formulário completo podem participar do redirecionamento fiscal em favor do Funcria. Quem não tem imposto a pagar, também pode contribuir com fundo. Basta entrar em contato com a sede do CMDCA pelo telefone 2246-1508.

O doador pode escolher a entidade a ser beneficiada. Do valor total doado, 20% ficam no fundo a fim de serem distribuídos entre outras entidades através de edital. Os 80% serão repassados às entidades indicadas, que deve apresentar um projeto ao CMDCA e aprovado pela Comissão de Orçamento e pela Plenária do Conselho. As instituições indicadas pelos doadores, assim como os participantes de editais, deverão estar registradas e atualizadas no CMDA.

O CMDCA possui 43 instituições inscritas, atendendo a mais de 7 mil crianças e adolescentes no município. Para 2020, foram aprovados 19 projetos assistenciais, e 3 chancelados, no valor de até R$ 50 mil, que serão financiados pelo Funcria. Os projetos contemplados foram Apae, com projeto Integração de Diversidades; Instituto Mafer- Lar Santa Catarina, com projeto Reformar Crianças; creche São Judas Tadeu, com projeto Restaurando os Ambientes; Projeto C3; Renovar Saúde Criança; Centro Educacional Terra Santa; creche São José do Itamarati; Aldeia da Criança; Instituto Recicla Vida; Sadias; CDDH; Amparo; Amigos da Mata; Colégio Santa Catarina; creche Santo Antônio; Pestalozzi; creche Nossa Senhora da Glória; creche Castelo e Sal para Terra.

Este ano foram aplicados, a captação junto à iniciativa privada de R$ 3.033.352,69, mais um recurso que a atual gestão destinou ao Funcria, no valor de R$ 250 mil. 

Dados do Funcria:

Rua do Imperador, 38 - sala 101 – Centro

Cep: 25620-000

Tel: 224615-08 ou 2249-4284

CNPJ: 18.210.251/0001-66

Caixa Econômica Federal – agência:  1651; c/c: 155-6; operação: 006

A Guarda Civil coibiu um ato de vandalismo na Rua Teresa no domingo (01.12). As câmeras do Centro Integrado de Operações de Petrópolis (Ciop) registraram o momento em que três adolescentes chutaram uma peça de decoração de natal instalada no polo de moda. Um Papai Noel feito de pneus foi chutado por um deles e caiu na via. Agentes que monitoravam as imagens acionaram uma equipe que fazia patrulhamento na rua. O caso ocorreu por voltar de 18h40, próximo ao número 300. Em menos de 15 minutos, os jovens foram localizados e, na abordagem, os guardas identificaram os responsáveis. Em seguida, os jovens recolocaram a peça no mesmo local.

Na semana passada, a Guarda Civil já havia conduzido para a delegacia sete homens por suspeita de vandalismo com a decoração do Natal Imperial. Após danificarem lixeiras, o grupo foi localizado na Av. Koeler com lâmpadas utilizadas na decoração da cidade e vara de bambu usada para alcançar a parte mais altas de árvores. O Ciop também fez registros do grupo se movimentando no local – todos eles foram levados para a 105ª DP e prestaram depoimento.

A Guarda Civil mantém patrulhamento reforçado no Centro Histórico para a segurança durante o Natal Imperial, tendo como um dos focos coibir atos de vandalismo. O Ciop também é uma ferramenta utilizada para coibir a ação de vândalos. Caso alguma ação seja registrada pelas câmeras, a Polícia Militar será acionada para agir no flagrante e as imagens serão repassadas para investigação pela Polícia Civil.

Pagina 10 de 1392

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Dezembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo