Ministério do Desenvolvimento Regional destinou R$ 477,5 mil para intervenções que vão dar segurança aos pedestres e acessibilidade

Para dar mais segurança a uma população de oito mil pessoas e promover maior acessibilidade, a prefeitura firmou um convênio junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional para construção de calçadas em Araras. O projeto prevê a implantação do espaço destinado aos pedestres por cerca de dois quilômetros na Estrada Bernardo Coutinho, desde a entrada do bairro até o terreno onde ficam a UBS, a quadra esportiva e o ecoponto de coleta seletiva.

Além da população que vive no bairro e em comunidades como Poço dos Peixes, Vista Alegre e Santa Luzia, Araras também é destino muitos veranistas que buscam a região para aproveitar as pousadas e a gastronomia local. O trecho onde o projeto se concentra é um dos mais movimentados e ainda conta com duas escolas, com cerca de 700 alunos.

Os recursos serão usados para reurbanização do espaço com a construção de calçadas em concreto, com instalação de meio-fio e guarda-corpo alguns pontos, no lado esquerdo da estrada. O projeto executivo das intervenções será elaborado de acordo com os parâmetros do manual de calçadas acessíveis “Todos na Calçada” criado pelo município junto com a Firjan e a ABCP (Associação Brasileira de Cimento Portland).

O governo federal vai repassar R$ 477,5 mil para o município, com contrapartida de R$ 7,5 mil (total de R$ 485 mil).

A prefeitura de Petrópolis esclarece que todas as sirenes do Sistema de Alerta e Alarme contra Chuvas Fortes de Petrópolis estão funcionando normalmente no município. Sobre a comissão especial para apurar a atuação da Defesa Civil aberta pela Câmara Municipal, o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias esclarece que se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos dos vereadores. O secretário lembra ainda que esteve na Casa Legislativa em audiência pública realizada no dia 14 de janeiro deste ano, logo após as chuvas do início do ano. Na oportunidade, ele explicou o protocolo de funcionamento dos equipamentos do Sistema de Alerta e Alarme e esclareceu as dúvidas dos vereadores presentes. Vale ressaltar que três vereadores – Dudu, Marcelo da Silveira e Marcelo Chitão – participaram da plenária. O vídeo completo da audiência pública já foi encaminhado pela Defesa Civil ao Ministério Público Estadual (MPE).

Entenda como funciona o Sistema de Alerta e Alarme por Sirenes contra Chuvas Fortes

Importante destacar que o Sistema de Alerta e Alarme contra Fortes Chuvas é uma rede que conta com pluviômetros; pessoas treinadas que atuam durante as chuvas; sirenes e abertura dos pontos de apoio para atendimento à população durante os temporais.

Principal sistema de alerta do município, as sirenes são acionadas pela Defesa Civil seguindo critérios técnicos, de acordo com a quantidade de chuva em cada bairro. Os equipamentos são ligados levando em consideração os acumulados recentes 24 e 96 horas - associados à quantidade de chuva na última hora. Os protocolos são iguais para todos os bairros que apresentam maior risco geológico (primeiro distrito).

O setor técnico da Defesa Civil também leva em consideração os núcleos de chuva que são acompanhados por quatro radares: Alerta Rio (Prefeitura do Rio de Janeiro), REDEMET (Aeronáutica), Instituto Estadual do Ambiente (Inea) (Sistema de Alerta de Cheias) e RainViewer (World Live Weather Radar). A soma deste conjunto de fatores fez com que a pasta acionasse dois equipamentos no dia 2 de janeiro – Morro do Estado e Rua Nova.

O sistema de alerta usa três sinais sonoros. O primeiro é uma mensagem preventiva. Com a chuva forte, o segundo sinal é de mobilização para que os moradores procurem locais seguros ou pontos de apoio. Quando a chuva melhora e não há mais risco para os moradores, soa a terceira sirene para desmobilização.

Caso o equipamento seja acionado, os moradores devem seguir para o ponto de apoio do bairro. São 15 cadastrados pela prefeitura, em 12 comunidades que contam com 20 conjuntos de sirenes. Cada local de abrigo oferecido conta com três pessoas voluntárias que podem fazer a abertura, caso seja necessária.

Defesa Civil em atenção: chuvas fortes até quinta-feira (13)

Com a previsão de chuvas fortes até quinta (13), a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias permanece em estado de atenção. O órgão mantém todo o contingente de 52 agentes de prontidão 24 horas para atender aos chamados dos moradores, que podem ser feitos pelo telefone 199. O órgão mantém monitoramento constante dos radares e dos pluviômetros e, em caso de necessidade, poderá acionar as sirenes do sistema de Alerta e Alarme.

Merenda e atividades diferenciadas em 24 escolas

Com mais de 2 mil alunos matriculados em 24 escolas, a educação em tempo integral já é referência no ensino de qualidade na rede municipal de Educação. Em 2016 apenas 4 escolas ofereciam esse tipo de atendimento. O prefeito visitou nessa segunda-feira (10.02) três escolas que oferecem o integral: Soroptimista, Municipalizada Sebastião Lacerda e São João Batista.

O integral chegou na E.M Soroptimista, no Pedras Brancas, em 2018 e já atende 90 alunos da educação infantil até o 5º ano do ensino fundamental. Na escola as atividades funcionam de forma integrada, o que encanta as crianças. “Os alunos estão integrados com a proposta. Valores foram pensados para envolver toda a comunidade escolar nessa realidade tão rica que é o integral. A integralidade é trabalhada de todas as formas. Amor, respeito, honestidade, companheirismo, amizade e tolerância são os valores que incentivam o nosso trabalho”, contou a diretora da escola, Cristiana Alves.

Durante a visita na escola, o prefeito conversou com funcionários e visitou as salas temáticas especialmente preparadas para atendimento do integral. 

“Gosto muito da escola e principalmente das atividades com a leitura”, disse o aluno Mauro de Lima, de 9 anos, aluno do 4º ano do ensino fundamental. O integral também conquistou Ana Lívia Barbosa, de 7 anos, aluna do 2º ano do ensino fundamenta. “É mais divertido ficar o dia inteiro na escola. A gente brinca e aprende muitas coisas bacanas também”.

Na Escola Municipalizada Sebastião Lacerda, no Rocio, o integral chegou nesse ano: são 43 alunos matriculados do 3º período da educação infantil até o 5º ano do ensino fundamental e foi uma conquista há muito tempo esperada pela comunidade. “Eles queriam o integral e isso mudou a nossa realidade. É muito importante para as crianças e estamos realmente muito felizes. Agradeço ao prefeito pela visita e por ter tornado nosso sonho realidade”, contou a diretora da escola, Deise Mota de Oliveira.

A Escola São João Batista funciona como integral desde 2018 e atende atualmente 97 alunos do 4º período da educação infantil até o 5º ano do ensino fundamental. Além de Português e Matemática, corpo e movimento, saber saúde e inglês são eixos trabalhados no integral na escola.

Vale salientar que as estratégias do município para incentivar a educação integral superaram as expectativas: até 2025 o governo federal, segundo o Plano Nacional de Educação, estipula que 50% dos alunos da rede precisam estar em escolas de tempo integral. A meta 6 do PNE também prevê que o município tem que aumentar gradativamente, a cada ano, até 20% das escolas que trabalham anos iniciais do ensino fundamental com educação integral e o município já superou a meta: com 22% de unidades atendendo em tempo integral.

Passaram a oferecer o ensino integral – a partir do programa PIAC, em 2020 - as unidades: E.M Oswaldo Costa Frias (Posse); E.M Antonio José de Lima (Posse); E.M Sebastião Lacerda (Rocio); E.M Américo Fernandes Ribeiro (Vale das Videiras); CIEP Brizolão 474 Maestro Guerra Peixe Municipalizado (Cascatinha); E.M Amélia Antunes Rabelo (Madame Machado); E.M Lúcia de Almeida Braga (Carangola); EM Professor Joaquim Deister (Floresta) e E.M Darcy Correa da Veiga (Itaipava).

Além dessas, já atendem de forma integral as escolas: E.M Johan Noel – educação infantil até o 5º ano do fundamental; E.M Luiz Carlos Soares (Morin) – educação infantil ao 4º ano do ensino fundamental; E.M Senador Mário Martins (Caxambu) – educação infantil até o 5° ano do ensino fundamental; E.M Monsenhor Cirillo Calaon (Jardim Salvador) –educação infantil até o 3° ano do ensino fundamental; EM Magdalena Tagliaferro (Castelo São Manoel) – educação infantil até o 5° ano do ensino fundamental;  Ana Mohammad (Sargento Boening – educação infantil ao 5º ano), Soroptimista (Pedras Brancas – educação infantil ao 5º ano), Leonardo Boff (Duarte da Silveira / Contorno – educação infantil ao 5º ano), Colégio Gunnar Vingren (Valparaíso – educação infantil ao 5º ano), Professor Nilton São Thiago (Nogueira – 1º ao 5º ano), São Francisco de Assis (Moinho Preto – educação infantil ao 3º ano), São João Batista (Duarte da Silveira – educação infantil ao 5 º ano), Dom Pedro de Alcântara (BR-040 – educação infantil ao 5º ano). Além dessas, duas escolas oferecem atendimento integral a partir de projetos distintos: Escola Santo Antônio do Vale do Cuiabá / Padre Quinha e o Centro Educacional Comunidade São Jorge.

Os pais que quiserem informações sobre o funcionamento das escolas que funcionam integralmente podem procurar o Departamento de Inspeção Escolar da Secretaria de Educação pelo telefone 2246-8675.

Segunda, 10 Fevereiro 2020 - 18:29

Balcão de Empregos tem 13 vagas disponíveis

Site da prefeitura é a ferramenta para os candidatos cadastrarem seus currículos

O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, tem 13 vagas disponíveis nesta semana. Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura no site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas pelos telefones 2249-4337 / 2246-9019 / 2246-8942 e 2246-9009.

O balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Rua Aureliano Coutinho, 203, no Centro. Confira as oportunidades:

Assistente de processos químicos e mecânicos - 3 vagas - ambos os sexos - Ensino médio e conhecimento de informática, experiência e disponibilidade para trabalhar em turnos.

Auxiliar de serviços gerais - 2 vagas - sexo masculino - Experiência

Operador de retroescavadeira - 2 vagas - sexo masculino - Experiência e CNH compatível

Promotor de vendas - 4 vagas - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Além dessas foram cadastradas 2 vagas para portadores de necessidades especiais. Confira:

Assistente Administrativo - 1 vaga - ambos os sexos - Ensino médio, conhecimento do pacote office e experiências administrativas

Repositor - 1 vaga - ambos os sexos - Ensino médio e laudo atualiza

Membros das coordenações das urgências e emergências (pública e particulares), superintendências de Atenção à Saúde e Vigilância em Saúde, da Secretaria de Saúde, se reúnem esta semana para abordar o fluxograma de notificação montado pelo município para possíveis caso suspeitos de coronavírus. Segundo o Ministério da Saúde, o coronavírus apresenta uma transmissão menos intensa que o vírus da gripe e, portanto, o risco de circulação mundial é menor.

Apesar de nenhum caso da doença ter sido confirmado até o momento no Brasil, as cidades devem estar preparadas. A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro emitiu, na última semana, notas técnicas para o manejo com os pacientes. O Ministério da Saúde também emitiu um protocolo de tratamento das possíveis vítimas do vírus no país, além de disponibilizar uma plataforma para que os municípios acompanhem em tempo real os casos suspeitos.

Além de seguir as orientações da Secretaria de Estado e do Ministério da Saúde, o município criou um fluxograma próprio para a notificação.

Segundo o Ministério da Saúde, o novo coronavírus (2019-nCoV) é um vírus identificado como a causa de um surto de doença respiratória detectado pela primeira vez em Wuhan, China.

As investigações sobre transmissão do novo coronavírus ainda estão em andamento. Segundo o ministério, a transmissão do coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como: gotículas de saliva; espirro; tosse; catarro; contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Todos os 51 agentes permanecem de prontidão para atender a população

A previsão de 160 milímetros de chuva até a próxima quinta-feira (13.02) mantém a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias em estado de atenção. O órgão mantém todo o contingente de 52 agentes de prontidão 24 horas para atender aos chamados dos moradores, que podem ser feitos pelo telefone 199. As equipes também monitoram os radares e dos pluviômetros e, em caso de necessidade, poderá acionar as sirenes do sistema de Alerta e Alarme. Todos os equipamentos estão funcionando normalmente.

Uma nova frente fria chegou no Estado hoje (10). Segundo o Climatempo, até à noite, a chuva ocorre de forma mais generalizada e há grande risco de temporais. A temperatura diminui em relação ao fim de semana, mas a sensação ainda é de abafamento. Na terça-feira (11), o tempo fica fechado e com chuva frequente. Entre a madrugada e a manhã, ainda há risco de chuvas fortes. No restante do dia, chove com fraca a moderada intensidade.

Em janeiro deste ano, a Defesa Civil registrou um quantitativo de ocorrências que corresponde a 47% do total de atendimentos do ano passado. Foram cadastradas 734 em 2020, enquanto nos 12 meses de 2019 foram 1.575 chamados. Os índices de chuva também aumentaram: foram 690,6 milímetros acumulados em janeiro na Rua 24 de Maio - lugar que mais choveu -, por exemplo, um crescimento de 711% em comparação com o mesmo período do ano passado (85,4 milímetros na localidade).

Já em fevereiro, no mesmo bairro, o acumulado é de 178 milímetros até o momento.

Em Petrópolis são 20 conjuntos de sirenes do Sistema de Alerta e Alarme em 12 comunidades: Gentio, Buraco do Sapo, 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe. O acionamento leva em consideração os acumulados recentes 24 e 96 horas - associados a quantidade de chuva na última hora. Os protocolos são iguais para todos os bairros que apresentam maior risco geológico (primeiro distrito).

Outra ferramenta importante para a população é o alerta de Whatsapp da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias. O número é o (24) 98863-5497.

Evento aconteceu dentro do Circuito Imperial de Lazer

A hashtag #diversão sem agressão foi tema da ação coordenada pelo Gabinete da Cidadania, com objetivo de conscientizar a população para questões relacionadas a violência contra as mulheres durante o período de Carnaval. O evento aconteceu em consonância com o Circuito Imperial de Lazer, na Rua do Imperador, durante o domingo (09.02). Cento e quarenta camisetas, 600 ventarolas e 400 pulseiras com a inscrição da hashtag foram distribuídas durante as aulas de ritmos, step e de zumba, além da presença do Ônibus Lilás.

O evento teve o apoio de várias instituições privadas, que ajudaram com a cessão de material, como a Body Culture com as camisetas e a Jack Festas com doação de confete e serpentina.

Promovido pela prefeitura, o Circuito Imperial de Lazer contou ainda com o apoio da Universidade Cruzeiro do Sul. Também são parceiros da iniciativa o Sesc Rio, a Unopar, a academia Korper e a Estácio de Sá, que disponibilizam professores e estagiários para o espaço. O trecho entre a Praça Dom Pedro e o início da Rua Marechal Deodoro funciona aos domingos com atividades esportivas e de lazer.

Segunda, 10 Fevereiro 2020 - 18:23

Petrópolis é opção para turistas no Carnaval

Mais da metade dos brasileiros que irão viajar no período do Carnaval optaram por deixar os tradicionais destinos ligados à festa de lado. É o que aponta um levantamento realizado pelo site Booking.com. Com isso, cidades conhecidas pelas opções de descanso, como é o caso de Petrópolis, podem se beneficiar com a chegada de turistas do feriadão. Na Cidade Imperial, além do Carnaval que acontece nos bairros com shows e blocos de rua, os diversos circuitos turísticos oferecem todo tipo de programação. Os preferidos durante o período da folia são os ligados à natureza.

No ano passado, o município registrou de sábado (02.03) a terça-feira de Carnaval (05), uma média de 91,4% de ocupação nos meios de hospedagem, com destaque para os distritos, que ocupou 93,4% de seus leitos. A expectativa da prefeitura é continuar mantendo os bons resultados este ano. São cerca de 300 restaurantes, 119 meios de hospedagem e 6.339 leitos à disposição do visitante.

Uma das festas mais populares do mundo, Petrópolis também não fica de fora da folia e vai contar com shows e recreação infantil pelos bairros, como em Pedro do Rio, Posse, Corrêas, Nogueira, Alto da Serra, entre outros. E ainda o desfile dos blocos de rua. Mas, para quem procura descanso, a cidade está entre as principais opções do estado.  Com 26 instituições museológicas, Petrópolis é um museu a céu aberto em seu Centro Histórico, com rico patrimônio preservado. Apesar de o carro chefe da cidade ser o turismo histórico-cultural, a cidade também oferece opções de ecoturismo, turismo rural, turismo de compras, gastronômico, cervejeiro e religioso, por todos os distritos.

Desde 2017, o município vem tratando o turismo como prioridade. O setor já se firmou como um dos pilares da economia de Petrópolis e representa, hoje, R$ 760 milhões, ou seja, 6% do PIB anual. Categoria A no Mapa do Turismo Nacional, do Ministério do Turismo, a prefeitura aumentou a divulgação com a participação em eventos e feiras especializadas, firmou parcerias com a iniciativa privada para aumentar a oferta de eventos, expandiu as grandes festas, como Bauernfest e Natal Imperial, além de estar cuidando do patrimônio histórico e cultural, como com as reformas do Palácio de Cristal e do Theatro D. Pedro.

Prova de seis quilômetros acontece no dia 8 de março para 300 pessoas

A Corrida das Mulheres 2020 segue com inscrições abertas. São 300 vagas para a prova que será realizada no dia 8 de março, começando às 8h, na Rua Alfredo Pachá, no Centro.  O valor dos kits varia de R$ 55 até R$ 115. As interessadas podem garantir sua vaga pela internet no site: www.peixelersonal.site. O evento conta com o apoio da prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer e da CPTrans.

A premiação com troféu será para as cinco primeiras colocadas no geral e nas três melhores corredoras por categoria. O objetivo do circuito é incentivar a presença das mulheres nas corridas de rua realizadas no município. A prática da modalidade ajuda na melhora da resistência física, circulação sanguínea, fortalece o sistema imunológico e ajuda a emagrecer. 

Os benefícios da corrida de rua para a saúde são diversos e proporcionam mais saúde e qualidade de vida. “Quando pensamos nos benefícios para as mulheres, vale destacar o aumento do metabolismo, mais lento se comparado ao dos homens”, explica o professor de educação física responsável pela prova, Alexandre Jerônimo. “Será um evento para toda a família, de incentivo ao esporte. Agradeço o empenho e o apoio da prefeitura para a realização do evento. Buscamos incentivar as mulheres a praticar a corrida de rua”, ressalta.

Além desta prova, até o momento, outros 48 eventos estão previstos para 2020. A programação completa está disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Prefeito reforça a importância da manutenção da BR-040 e retomada das obras da Nova Subida da Serra

As diretrizes que subsidiarão a modelagem das novas concessões nas rodovias federais foi tema de um encontro realizado nessa sexta-feira (07.02) pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia e pelo Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, no município de Duque de Caxias. Entre as novas concessões que serão formalizadas está a da BR-040. O prefeito fez questão de participar do encontro.

A prefeitura de Petrópolis solicita com urgência o auxílio do governo federal para que a estrada volte a ter a manutenção adequada, para que a regularização fundiária das pessoas que moram às margens seja efetivada, além da retomada do posto da PRF da pista de subida, da obra da Nova Subida da Serra e da construção da ligação Bingen – Quitandinha.

O encontro “Concessão das Rodovias - Rumo a um futuro melhor”, também contou com a participação do prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis e do presidente da Empresa de Planejamento e Logística, Arthur Lima – empresa que será a responsável pela elaboração do planejamento das novas concessões.

De acordo com Rodrigo Maia e Tarcísio Filho, serão investidos mais de R$ 15 bilhões em investimento no estado só nas rodovias. A primeira concessão que está sendo planejada é a da Dutra que está na fase de consulta pública. Dando sequência será a vez da CRT e depois, a BR 040 também entrará na programação. Entre as questões que estão sendo levadas em consideração nas novas modelagens: pagamento proporcional de pedágio e estradas mais seguras e iluminadas com LED. Cerca de dez mil empregos deverão ser gerados com as novas concessões.

O prefeito pontua que a prefeitura de Petrópolis precisa acompanhar todos os trâmites do processo para a escolha da nova concessionária da BR-040 e pediu celeridade no processo. Vale destacar que, em setembro de 2019 a prefeitura entregou à ANTT e à EPL sugestões de intervenções que devem ser previstas no novo edital para concessão da BR-040. O documento inclui criação de novos acessos, retomada da obra da Nova Subida da Serra e transferência da praça de pedágio.

Entre as intervenções solicitadas estão a eliminação de cruzamentos em nível em Araras/Vale das Videiras e Fazenda Inglesa; criação de vias marginais para tráfego local no trecho de Itaipava; criação e melhoria de acessos interligando os dois lados da rodovia nos acessos - Duarte da Silveira; acesso à comunidade Leonardo Boff; acesso ao Carangola; acesso à Feirinha de Itaipava - rotatória de Bonsucesso; acesso à BR-040 (Bramil) / BR-495; acesso à ponte do Aranha Céu; acesso ao Castelo de Itaipava; acesso ao Condomínio Industrial da Posse - Revisão dos acessos à Av. Brasil e Linha Vermelha; manutenção da atual Subida da Serra na futura concessão e uso do túnel, compatibilizando com uso misto de Estrada Parque no futuro; transferência do local da praça de pedágio a fim de melhorar a isonomia do uso da tarifa da rodovia e a incorporação de medidas sugeridas pelo MPF quanto a postos de Polícia Rodoviária Federal, em especial no Belvedere, com disponibilização de informações, imagens, comunicação, bem como outros apoios que se fizerem necessários para a garantia da segurança na rodovia.

Pagina 7 de 1435

Notícias por data

« Fevereiro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29  

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo