Sábado, 24 Outubro 2015 - 03:09

Aviso: Centro de Cultura Raul de Leoni

Informamos que o Centro de Cultura Raul de Leoni não abrirá nos dias 30 e 31 de outubro e 01 e 02 de novembro devido ao feriado do Dia do Funcionário Público que foi transferido do dia 28 para o dia 30, conforme publicação no Diário Oficial de 10 de outubro.

Por esse motivo, os filmes "A dança dos vampiros", "Rio 2" e "Questão de tempo", que estavam na programação, não serão exibidos.

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) diplomou na última quinta-feira (22/10) os 26 novos conselheiros tutelares. O evento foi realizado na Casa dos Conselhos Municipais Augusto Ângelo Zanatta e contou com presença de membros do conselho e representantes de instituições ligadas à rede de proteção à criança e ao adolescente.
 
Secretária Chefe de Gabinete e presidente do CMDCA, Luciane Bomtempo lembrou que a diplomação dos conselheiros marca um momento importante na cidade. “Temos a sensação de dever cumprido. O processo eleitoral, conduzido de forma transparente, com a participação direta do Ministério Público, está finalizado e, agora, cabe a cada um dos conselheiros eleitos trabalhar com afinco. O conselheiro tutelar é peça fundamental na rede de proteção à criança e ao adolescente. É ele quem, na maioria das vezes, tem o primeiro contato com a realidade da criança ou do adolescente. É ele quem, primeiramente, a livra da situação de vulnerabilidade”, ressaltou, pedindo empenho de todos.

O promotor de Justiça da Infância e Juventude da Comarca de Petrópolis Odilon Lisboa Medeiros destacou o trabalho da comissão eleitoral formada no CMDCA e parabenizou a participação popular. “Estamos hoje aqui para celebrar a verdadeira democracia”, disse. O promotor também falou sobre a importância do conselho e dos próximos passos dos novos conselheiros. “Estejam preparados porque, lá fora, existem centenas de crianças precisando de auxílio. Vocês são a linha de frente dessa rede”, destacou. A eleição do Conselho Tutelar foi realizada no dia quatro de outubro e contou com a participação de mais de 14 mil eleitores, que votaram em 34 pontos espalhados pela cidade.

A secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Fernanda Ferreira destacou o apoio do CMDCA na realização da eleição e a vice-presidente do conselho, Irmã Irma Guizzo falou sobre a transparência do processo eleitoral. “A parceria entre a sociedade civil e o poder público foi fundamental”, frisou.

Os novos conselheiros tutelares têm mandato de quatro anos (2016/2019) e a posse está prevista para o dia 10 de janeiro.

Segue a lista dos eleitos:

Centro

Merilen Dias
Antônio Cesar Santos Santiago
Suany do Posto
Marise Brand
Margarete Amorim

Suplentes

Pedro Henrique Santos
Ednery Mello
Tia Neia
Tia Penha
Cristiane Pires
Professora Elenice
Ruana

Distritos

Idaiane Neves
Jorge Júnior
Débora Moravia
Rafael Soares
Pamela Amarante

Suplentes
Mestre Pequeno
Dos Anjos
Emmanuel
Jaciara do Quinzinho
Leandro Micaum
Leandro DDD
Luiz Afonso
Tatty Pimentel
Robson Bastos

O prefeito Rubens Bomtempo deu hoje (22/10) o primeiro passo para criar, em Petrópolis, um programa municipal voltado exclusivamente para as parcerias público-privadas (PPPS). Projeto de lei da Prefeitura enviado durante a tarde à Câmara Municipal busca criar mecanismos que permitam planejamento de longo prazo para a cidade, ampliando as possibilidades de atração de empresas e geração de empregos. A ideia é aproximar poder público e iniciativa privada, abrindo caminho para a concretização de ações e projetos com recursos privados.

Bomtempo lembra que, embora a lei das PPS tenha sido criada em 2004, poucos municípios do Brasil conseguiram estabelecer, de fato, as parcerias. “O caminho é tortuoso e cheio de obstáculos, mas temos que pensar e nos preparar para o futuro. Temos consciência das dificuldades e sabemos que provavelmente não conseguiremos aprovar, de fato, uma PPP ainda neste governo, mas é preciso começar. Estamos dando o pontapé inicial e temos certeza de que, no futuro, os petropolitanos colherão os frutos deste trabalho”, explicou.

Líder do governo na Câmara, o vereador Thiago Damaceno recebeu o projeto com entusiasmo. “É arrojado, de extrema importância para a cidade. Traz avanços significativos em relação a outras leis que prevêem parcerias público-privadas pelo Brasil. Estamos dando, agora, um grande passo no trabalho por uma cidade melhor. Fico feliz em ver que este é um governo que olha para frente e que pensa, de fato, no bem da população”, disse.

As parcerias público-privadas (PPPs) encontram-se tuteladas pela Lei Federal 11.079/2004. Em Petrópolis, serão geridas pelo Fundo do Desenvolvimento Econômico do Município (Fundemp), abrindo caminho para o compartilhamento, com a iniciativa privada, das ações para execução de atividades estatais e serviços públicos, garantindo maior capacidade de investimentos e melhoras na sua execução.

A Universidade Federal Fluminense (UFF) divulgou nesta quinta-feira (22/10), a relação dos 50 aprovados no vestibular para o curso de Engenharia de Produção, o primeiro a ser oferecido pela instituição na cidade. A pré-matrícula desta primeira chamada está marcada para o dia 27 de outubro e será realizada presencialmente das 10h às 14h no Campus Petrópolis (Rua Domingos Silvério s/nº, Quitandinha). As aulas já têm data para começar: 25 de novembro.

“É agora que o prédio começa a ganhar vida, com a chegada e a expectativa dos estudantes para o início das aulas. Tenho certeza que Petrópolis está comemorando essa conquista, que é mais do que um sonho. É a garantia do desenvolvimento de um clima totalmente favorável ao desenvolvimento tecnológico, às pesquisas e à formação de mão de obra qualificada. Estou muito feliz”, comemorou o prefeito Rubens Bomtempo.

A lista nominal dos aprovados e a relação dos documentos para a realização da pré-matrícula podem ser acessadas pelo endereço eletrônico www.vestibular.uff.br/2015/edital3. De acordo com o calendário divulgado pela UFF ainda haverá mais três chamadas e a inscrição nas disciplinas.

O curso – Com carga horária de 3.660 horas, o curso de Engenharia de Produção da UFF, campus Petrópolis, será inovador. A aprendizagem será baseada em projetos garantindo sólida formação científica, tecnológica e profissional. A metodologia integrada e interdisciplinar privilegia o trabalho sob a óptica da sustentabilidade.

A grade curricular do curso está dividida em três núcleos de conteúdo. Básico: comum a todos os cursos de engenharia. Profissionalizantes: estudos necessários à formação do engenheiro de produção. Específicos: conhecimentos científicos, tecnológicos e instrumentais para a garantia do desenvolvimento das habilidades e capacidades desejadas para o profissional da Engenharia de Produção. Além disso, 420 horas de disciplinas optativas, estágio supervisionado, projeto final e atividades complementares também fazem parte da grade curricular.

Apoio da Prefeitura – A instalação da estrutura acadêmica mais moderna da Escola de Engenharia da UFF, a primeira universidade pública de Petrópolis, é resultado do trabalho da Prefeitura, que garantiu a infraestrutura necessária para a vinda da instituição. Porém, faltava o espaço. O prédio aonde funcionava a Faculdade de Medicina, em Cascatinha, foi cedido pela Prefeitura para abrigar o Centro Vocacional Tecnológico. A iniciativa garantiu ao município a cessão do prédio onde funcionava o Cetep, no antigo Ciep do Quitandinha, concretizando assim, o sonho da instalação de um campus da UFF em Petrópolis.

A Prefeitura realizou todas as obras de reforma e adaptação do prédio e ainda adquiriu mobiliário, equipamentos, livros, material didático e ainda foi a responsável pelos laboratórios.

O Campus da UFF em Petrópolis é totalmente acessível com rampas e elevadores, tem acesso à internet em alta velocidade com cobertura wireless, conta com auditório, biblioteca, refeitório, quatro laboratórios temáticos, dez salas de aula, secretaria e atendimento ao aluno, coordenação de graduação, pós-graduação e do departamento de engenharia, laboratórios de Física I e II, Química e Informática, três salas de reunião, sala de professores e espaço de convivência. O anexo do prédio abrigará ainda incubadora de empresa e empresa júnior.

O prefeito Rubens Bomtempo conseguiu, junto ao governador Luiz Fernando Pezão, a garantia de concessão de uma licença provisória, válida por 90 dias, para funcionamento do aterro controlado de Pedro do Rio. O anúncio foi feito durante reunião de Bomtempo com o governador, realizada na manhã desta quinta-feira (22/10), no Palácio Guanabara, no Rio de Janeiro. Desde julho, quando a licença de operação do aterro expirou, o governo municipal vem arcando com despesa mensal de aproximadamente R$ 700 mil para levar os resíduos sólidos produzidos na cidade para aterro de outro município.

“Agradeço a sensibilidade do governador nesse momento de dificuldade. Trabalhamos muito para adequar o aterro e conseguir a licença de operação. Já avançamos muito e ainda vamos avançar mais. Vamos continuar as ações no aterro e, agora, sem a necessidade de aportar mais de R$ 700 mil para levar os resíduos para outro município, teremos mais tranqüilidade, especialmente neste momento difícil que o país atravessa”, frisou o prefeito Rubens Bomtempo, ao lado do secretário de Estado do Ambiente, André Correa, o presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Marcos Lima, o presidente da Comdep, Anderson Cruzick (Kaxuxa), e o deputado estadual Marcus Vinícius, o Neskau, que também participaram da reunião.

No encontro, Bomtempo assumiu a responsabilidade de assinar um Termo de Ajustamento de Conduta, para que sejam realizadas intervenções no espaço, como a complementação da drenagem no terreno e um estudo geotécnico. O objetivo desse documento é respaldar a utilização do aterro, após o término do prazo de três meses, até que o aterro sanitário previsto no Consórcio Público para Manejo de Resíduos Sólidos da Região Serrana II, que será implementado em Três Rios, saia do papel. O consórcio envolve as cidades de Petrópolis, Três Rios, Areal, Comendador Levy Gasparian, Paraíba do Sul e Sapucaia.

Uma reunião entre o presidente da Comdep, Anderson Cruzick, o presidente do Inea, Marcos Lima, e o secretário de Estado do Ambiente, André Corrêa, já ficou agendada. “Nesse próximo encontro iremos elaborar o TAC, a fim de garantir a liberação da licença provisória o mais rapidamente possível”, explicou o presidente da Comdep.

Cruzick lembrou que o prefeito Rubens Bomtempo, ao assumir o governo, em 2013, encontrou o aterro funcionando sem licença e com inúmeras irregularidades. “Investimos mais de R$ 3 milhões em adequações. Com as melhorias realizadas pela Prefeitura no aterro, o acondicionamento do lixo - cerca de 250 toneladas por dia - passou a ser realizado de forma correta, obedecendo as normas ambientais”.

Entre as ações realizadas estão a reformulação do sistema de drenagem de águas pluviais, a recuperação e monitoramento dos taludes, que receberam cobertura de gramínea e passaram a ser monitorados por inclinômetros, e a queima controlada do biogás por meio de “flare” (evitando que o gás metano seja lançado na atmosfera). Através de uma parceria com a Águas do Imperador, o chorume produzido no local passou a ser levado para uma Estação de Tratamento de Esgoto. Outra medida importante foi a contratação de uma empresa para fazer a coleta e dar destino correto ao lixo hospitalar.

O último show na agenda da temporada 2015 do Som e Cristal acontece no próximo sábado, 24 de outubro, às 18h, no Palácio de Cristal: “All that jazz”, com Marta Estrella. Realizado pela Prefeitura de Petrópolis, por meio da Fundação de Cultura e Turismo, em parceria com o SESI Cultural e o Conselho Municipal de Cultura, o projeto selecionou este ano nove espetáculos de artistas locais, que foram realizados entre os meses de março a novembro, todos com entrada franca.

Com influências de Thelonius Monk, Charlie Parker, Hermeto Pascoal, Monsueto, Edu Lobo, Wilson Simonal, Jorge Benjor, Buena Vista Social Clube, Jim Hall, Herbie Hancock, entre outros, a cantora Marta Estrella apresenta um repertório que percorre desde as raízes do jazz até a Bossa Nova tradicional, estruturado diante de leituras e concepções musicais diferenciadas. Sem perder sua identidade latina e o som quente dos trópicos, é acompanhada por Emerson Costa (sax e flauta), Rodolfo Cornélio (violão), Coquinho Batera (bateria) e Helio Moulin (arranjos, violão, guitarra, baixo).

O Som e Cristal objetiva valorizar e estimular a classe musical local, além de fortalecer a programação cultural da cidade e dar uso e valor a espaços públicos, históricos e turísticos de Petrópolis. Com apresentações abertas a todo tipo de público, tanto população local como visitantes, turistas e apreciadores da música popular e erudita em geral, a programação diversificada trouxe muito MPB, samba, rock, jazz, blues, fanfarra e música erudita.

Grandes artistas petropolitanos passaram pelo palco do Palácio de Cristal, e deixaram suas vozes e instrumentos marcados na memória de quem prestigiou as apresentações. O show de abertura confirmou a qualidade musical que vinha pela frente com Henrique Cazes Quarteto, seguido pela banda Closer to the Rush, Mariza Sorriso, Diego Forte, Dudu King, Trio Dubrá, Banda Marcial Wolney Aguiar, Bruna Souza e Olívia Fernandes e Marta Estrella.

O encerramento oficial da temporada do Som e Cristal acontece no dia 11 de novembro, com show surpresa. Em breve mais informações.

SERVIÇO
Show Marta Estrella – “All that jazz”
Data: 24 de outubro (sábado)
Horário: 18h
Local: Palácio de Cristal (Rua Alfredo Pachá, s/nº - Centro Histórico)
Entrada franca

O prefeito Rubens Bomtempo se reuniu, na manhã desta quarta-feira (21/10), com o presidente da Concer, Pedro Jonsson, e com o diretor da Águas do Imperador, Márcio Salles, para buscar soluções que garantam a chegada da água em comunidades que margeiam a Rodovia BR-040. Os vereadores Oswaldo do Vale (Vadinho), e Reinaldo Meireles, assim como uma comissão de moradores da Comunidade Boa Vista (Bananeira), em Pedro do Rio, também participaram do encontro.

“Somos todos parceiros e foi isso que garantiu que o resultado da reunião fosse bastante positivo, principalmente para a Bananeira e Contorno, que inclui as Comunidades Kreischer e do Km-79. São comunidades consolidadas, com centenas de famílias e que há alguns anos sofrem com a falta d’água”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

Sobre a comunidade Bananeira, a Concer autorizou que a Águas do Imperador inicie os estudos para a implantação da rede, enquanto para as comunidades do Contorno, onde a água já chega ao Terminal Rodoviário e a um dos lados da Rodovia, na pista sentido Juiz de Fora, Pedro Jonsson se comprometeu a tentar acelerar o processo junto a Agência Nacional de Transporte Terrestre – ANTT. “A Concer não é contra os avanços, ao contrário, é uma empresa pró-ativa as soluções dessas questões. Vamos trabalhar juntos para garantir que essas famílias sejam atendidas o mais breve possível”, frisou o presidente da companhia, Pedro Jonsson.

Os vereadores Reinaldo Meirelles e Vadinho saíram satisfeitos do encontro. “A extensão da rede de água irá acabar com o sofrimento da população, garantindo ainda mais dignidade e tranqüilidade para essas famílias, com uma água de qualidade”, disse Meireles. Vadinho complementou: “Com essa medida, está sendo assegurada uma melhoria das condições de vida daqueles que moram nessas comunidade. Acredito que, em breve, os moradores estarão dando adeus a esses transtornos”.

“Estamos felizes, pois estamos encontrando boa vontade do Governo Municipal para resolver o nosso problema, o qual tem se agravado nos últimos anos. Agora temos ainda mais esperanças”, disse Patrícia de Freitas Lima Corrêa, de 44 anos, da Comunidade Boa Vista. O morador Sérgio Paulo Guidinho, de 50 anos, também elogiou a iniciativa. “Os órgãos estão trabalhando juntos e observando todos os pontos. Isso mostra que entendem a nossa necessidade, o que aumenta as nossas expectativas”.

A Prefeitura de Petrópolis divulgou há pouco balanço parcial da segunda etapa do Concilia Petrópolis: desde segunda-feira, 784 negociações foram concretizadas. A campanha de negociação de débitos, realizada pelo município, segue até o dia 30, com atendimento no Clube Petropolitano (de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h) e na Secretaria de Fazenda (de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h). A lei que permite a negociação prevê redução de até 100% de juros e multa (no caso de pagamento à vista) e parcelamento em até 60 vezes.

O Procurador Geral do Município, Marcus São Thiago, lembra que o Concilia Petrópolis é uma oportunidade para o contribuinte negociar suas dívidas, aproveitando as condições especiais oferecidas pela Prefeitura. “É importante que o contribuinte fique em dia com as suas obrigações, quitando os seus débitos”, diz. O procurador alerta, ainda, que quem não negociar as dívidas ficará sujeito a sanções como inscrição nos serviços de proteção ao crédito (SPC e Serasa) e penhora de bens.

A costureira Sueli Martins da Silva destacou como o programa Concilia Petrópolis é importante para quem está em débito. Ela, que fez a negociação por conta de um dívida da sogra, disse que o atendimento foi rápido e eficiente. “Eu fiquei sabendo da negociação de débitos pela internet e fiquei muito satisfeita”, disse a costureira.

As condições de negociação, publicadas no Diário Oficial do Município de 23 de julho de 2015 (disponível no site da Prefeitura – www.petropolis.rj.gov.br).

A Universidade Federal Fluminense (UFF) divulgará nesta quinta-feira (22/10), a partir das 16h, pelo endereço eletrônico www.vestibular.uff.br/2015/edital3, a relação dos 50 aprovados no vestibular para o curso de Engenharia de Produção, primeiro a ser oferecido pela instituição na cidade. Foram 1.470 inscritos para essas vagas. As aulas, em período integral, começam ainda este ano. A classificação tem como base o Exame Nacional do Ensino Médio 2014 (Enem).

As datas de divulgação das chamadas e de suas respectivas datas da pré-matrícula e de inscrição em disciplinas serão informadas pela UFF por meio de comunicado oficial juntamente com o resultado final. A pré-matrícula de todos os candidatos selecionados na primeira chamada será realizada em Niterói. A inscrição em disciplinas dos candidatos de todas as chamadas será realizada no campus Petrópolis: Escola de Engenharia de Petrópolis/UFF, na Rua Domingos Silvério, sem número, 1º andar, Quitandinha, das 14h às 18h.

O prefeito Rubens Bomtempo comemorou o resultado. “A UFF é uma de nossas maiores conquistas. É um sonho que se tornou realidade. Com o campus da UFF no município garantimos um clima totalmente favorável ao desenvolvimento tecnológico, às pesquisas e à formação de mão de obra de qualidade. Essa é mais uma das grandes vitórias do povo petropolitano”, disse.

A iniciativa vai permitir que o município tenha oferta de ensino público de qualidade a partir da educação infantil até o doutorado, no Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC).

O curso – Com carga horária de 3.660 horas, o curso de Engenharia de Produção da UFF, campus Petrópolis, será inovador. A aprendizagem será baseada em projetos garantindo sólida formação científica, tecnológica e profissional. A metodologia integrada e interdisciplinar privilegia o trabalho sob a óptica da sustentabilidade.

A grade curricular do curso está dividida em três núcleos de conteúdo. Básico: comum a todos os cursos de engenharia. Profissionalizantes: estudos necessários à formação do engenheiro de produção. Específicos: conhecimentos científicos, tecnológicos e instrumentais para a garantia do desenvolvimento das habilidades e capacidades desejadas para o profissional da Engenharia de Produção. Além disso, 420 horas de disciplinas optativas, estágio supervisionado, projeto final e atividades complementares também fazem parte da grade curricular.

Apoio da Prefeitura – A instalação da estrutura acadêmica mais moderna da Escola de Engenharia da UFF, a primeira universidade pública de Petrópolis, é resultado do trabalho da Prefeitura, que garantiu a infraestrutura necessária para a vinda da instituição. Porém, faltava o espaço. O prédio aonde funcionava a Faculdade de Medicina, em Cascatinha, foi cedido pela Prefeitura para abrigar o Centro Vocacional Tecnológico. A iniciativa garantiu ao município a cessão do prédio onde funcionava o Cetep, no antigo Ciep do Quitandinha, concretizando assim, o sonho da instalação de um campus da UFF em Petrópolis.

A Prefeitura realizou todas as obras de reforma e adaptação do prédio e ainda adquiriu mobiliário, equipamentos, livros, material didático e ainda foi a responsável pelos laboratórios.

O Campus da UFF em Petrópolis é totalmente acessível com rampas e elevadores, tem acesso à internet em alta velocidade com cobertura wireless, conta com auditório, biblioteca, refeitório, quatro laboratórios temáticos, dez salas de aula, secretaria e atendimento ao aluno, coordenação de graduação, pós-graduação e do departamento de engenharia, laboratórios de Física I e II, Química e Informática, três salas de reunião, sala de professores e espaço de convivência. O anexo do prédio abrigará ainda incubadora de empresa e empresa júnior.

Em cumprimento a decisão judicial da 4ª Vara Cível, a Prefeitura, por meio da Coordenadoria de Bem Estar Animal retirou nesta quarta-feira (20/10), 16 cachorros de uma casa na Rua Paulino Afonso, no Centro. Os animais foram levados para um canil, onde ficarão sob proteção da Prefeitura. A operação foi acompanhada pela coordenadora Rosana Portugal e pelos proprietários dos animais.

“Dois cachorros vão ficar na casa, conforme decisão judicial. Os outros serão levados para este canil, onde ficarão sob nossa guarda. É importante dizer que os animais não estão doentes e lembrar que esta operação foi realizada em cumprimento a uma decisão judicial”, ressaltou Rosana Portugal, acrescentando que desde 2013 vem acompanhando o caso.

Os animais estão na casa há oito anos. A ação judicial começou no fim de 2014, após uma vistoria feita em conjunto com a coordenadoria.

Notícias por data

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30        

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo