A Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) iniciou nessa semana a instalação de novas placas alertando sobre a proibição do despejo de entulho nas ruas da cidade e a possibilidade de multa para o responsável. A iniciativa faz parte do Programa Petrópolis sem Lixo, criado pelo prefeito Rubens Bomtempo por meio da lei municipal 7.268, de 12 de dezembro de 2014. Além das placas, a Comdep criou um número no Whatsapp para recebimento de denúncias, inclusive fotos que possam ajudar na identificação dos responsáveis pelo despejo irregular.

As primeiras placas indicando a proibição da prática, passível de multa de até R$ 800, como definido pelo Código de Posturas, foram instaladas no Alto da Serra e no Campo do Serrano, em pontos onde o despejo é freqüente. Nos locais, equipes removeram o entulho e orientaram moradores. Nos próximos dias, a Comdep irá instalar placas em outros pontos da cidade.

“Se você fez uma obra, deve providenciar o transporte do entulho para o aterro de Pedro do Rio. O depósito no local é gratuito. O espaço está aberto de segunda-feira a sábado, das 8h às 17h. É importante que os moradores façam a sua parte para que Petrópolis seja uma cidade cada vez melhor”, frisou o diretor-presidente da Comdep, Anderson Cruzick “Kaxuxa”.

A destinação final do entulho é de responsabilidade do construtor e/ou proprietário da obra. Diz o Código de Posturas que “os entulhos de obras, construções e reformas são de responsabilidade da fonte geradora, cabendo à mesma o acondicionamento, o transporte e a sua destinação final, sem que comprometa a limpeza pública e o meio ambiente”.

O presidente da Comdep pede ajuda da população na campanha, atuando também como fiscalizador, enviando denúncias por telefone (2292-9500) ou pelo whatsapp (98881-0099). “A responsabilidade pela limpeza da cidade é de todos nós. Para que dê certo, todos têm que participar do processo. O programa Petrópolis Sem Lixo busca conscientizar as pessoas sobre o despejo irregular de entulho, que gera grandes transtornos para os moradores, os comerciantes, a Prefeitura. Se atuarmos juntos, vamos conseguir ter uma cidade mais limpa e bonita, com mais qualidade de vida a todos”, disse Kaxuxa.

Morador da Lopes Trovão desde que nasceu, Gerson Rocha, de 58 anos, afirma que é comum moradores jogarem entulho em um ponto próximo ao posto da Polícia Militar do bairro. “Acho errado o pessoal jogar entulho ali. Se a pessoa está fazendo uma obra, ela é que tem que tirar o entulho. Com o lixo, você coloca na lixeira, e o caminhão vem e recolhe. Mas com o entulho é diferente. Nesses dias, eu vi três sofás ali. A pessoa não quer mais e joga ali? Pega mal, né?”, disse Gerson Rocha.

O estímulo à economia local tem sido cada vez mais fomentado em Petrópolis. Mais um encontro do Projeto “Da Roça para a Mesa”, uma iniciativa da Prefeitura, por meio da secretaria de Agricultura, Abastecimento e Produção, garante o relacionamento estreito entre produtores rurais, chefs de cozinha e empresários. O evento, que aconteceu na manhã desta quarta-feira (4/11), no Hortomercado Municipal, em Itaipava, faz parte da programação da XV edição do Petrópolis Gourmet, que acontece entre os dias 13 e 29 de novembro e traz como tema Cozinha da Serra.

“Este é um novo canal de comercialização. Nosso objetivo é mostrar para os compradores que temos uma gama de produtos diversificados que são produzidos na cidade. Neste projeto ganha o comprador, com produtos frescos e mais baratos, e o produtor, aproveitando canais mais curtos, driblando os intermediários diários”, explicou o secretário de Agricultura, Abastecimento e Produção, Leonardo Faver.

A organizadora do Petrópolis Gourmet, Márcia de Paula, destacou que a proposta veio a calhar com o tema desta edição do festival, que propõe a utilização de dois ingredientes produzidos na cidade para a elaboração dos menus: “Nossa ideia é sempre prestigiar os produtores e profissionais locais, fomentando assim a economia do município”.

“Com certeza teremos um aumento nas vendas e menos perda na produção. É uma iniciativa maravilhosa, que não só nos aproxima dos restaurantes, mas que também valoriza o nosso trabalho”, avaliou o produtor de hortaliças do Brejal, Alcebíades Teixeira Bastos Filho. “O sucesso das receitas e dos pratos dependem da qualidade dos produtos. É por isso que sempre valorizei a produção regional”, concluiu o chefe Barão.
Participaram do encontro produtores rurais de orgânicos, flores, hortaliças, cogumelos e escargot, além de fabricantes de farinha sem glúten, doces, compotas, mel, própolis e mostarda.

Mais informações sobre o XV Petrópolis Gourmet podem ser obtidas no site www.petropolisgourmet.com.br.

Mais de seis mil pessoas participaram, no último sábado (31/11), no Centro, da caminhada do Outubro Rosa, campanha internacional para promover ações preventivas contra o câncer de mama. Em Petrópolis, a campanha foi promovida pela Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO), em parceria com a Prefeitura. O prefeito Rubens Bomtempo e a secretária-chefe de Gabinete e vice-presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim), Luciane Bomtempo, participaram da caminhada e convocaram a população para a luta contra o câncer de mama.

O ato teve início na Catedral, passou pela Rua da Imperatriz, Praça Dom Pedro, Rua do Imperador, Rua Dr. Sá Earp, Praça da Liberdade, Avenida Koeller e chegou até a sede da Prefeitura, onde foi realizado um show do cantor petropolitano Gabriel Silva, nas escadarias do Palácio Sérgio Fadel.

O prefeito Rubens Bomtempo e a secretária-chefe de Gabinete, Luciane Bomtempo, destacaram o crescimento da campanha em Petrópolis nos últimos. Além disso, lembraram os avanços conquistados por Petrópolis nos cuidados com a saúde da mulher, por meio do Hospital Alcides Carneiro. No último ano, a Prefeitura zerou a fila de cirurgia mastológica, passou a oferecer cirurgias de reconstrução de mama e implantou novos serviços para facilitar e agilizar o diagnóstico da doença. Apenas entre janeiro de 2013 e setembro de 2015, foram realizadas no Hospital Alcides Carneiro 511 cirurgias de mama.

“Vocês conseguiram contagiar toda a cidade com um bem maior, que é essa campanha linda de conscientização. Temos que agradecer também os funcionários do CTO (Centro de Terapia Oncológica), do Hospital Alcides Carneiro e todos aqueles que todos os dias estão doando um pouco mais do amor que têm pelo próximo. Parabéns a todos que estão envolvidos diretamente nesta causa”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

“Esta é uma causa que move a cidade. Ganhou as ruas, ganhou Petrópolis. Na Prefeitura, trabalhamos de forma ininterrupta para avançar nesta luta. Me sinto feliz ao ver que estamos ajudando a salvar vidas. Nesta caminhada, encontramos várias pessoas que vieram até a gente dizer que fizeram cirurgia no Hospital Alcides Carneiro. Muitas inclusive já marcaram cirurgia para reconstrução da mama. Impossível não me emocionar com isso! Agora, estamos dando mais um passo, levando a APPO para dentro do hospital”, disse Luciane Bomtempo.

“Foi uma linda caminhada. A cada ano mobilizamos mais pessoas. Isso é muito importante para continuarmos nossas conquistas”, disse a presidente da APPO, Ana Cristina Coelho Mattos.

A dona de casa Sueli Tinoco, moradora da Mosela, fez questão de participar da caminhada. “Achei muito legal. Pessoal todo participando. Tem que ter muita união na cidade. Se não tivermos união, não vamos chegar a lugar nenhum. Eu quis estar no meio do povo”, disse Sueli.

Quarta, 04 Novembro 2015 - 08:35

Viagem para o Saber chega a sua última etapa

Cinquenta alunos das escolas da rede municipal participaram na última quinta-feira (29/10), na Universidade Católica de Petrópolis, da última etapa da Viagem para o Saber, um projeto promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, que tem como objetivo estimular os alunos a buscar conhecimento cultural e interdisciplinar.

Nesta última fase, 10 equipes de estudantes que fazem parte da modalidade II, destinada aos alunos do 7º e 8º anos, tiveram que apresentar um seminário com o tema Brasília, um lugar para conhecer, atividade proposta pelo projeto, onde os alunos explicaram por que a capital de Brasília é um lugar para conhecer.

A secretária Mônica Freitas, destacou a importância deste projeto para os alunos. “O Viagem para o Saber proporcionou a troca de conhecimento entre os alunos, ampliando os conhecimentos gerais e fazendo com que eles tivessem uma relação mais estreita entre o conhecimento acadêmico e o contexto social e cultural. Além disso, eles terão oportunidade de conhecer a capital de Brasília”, ressaltou.

“Estamos muito felizes com o resultado deste projeto. É emocionante ver a qualidade das pesquisas realizadas por eles. Foi uma oportunidade de aprendizado acadêmico e pessoal. É gratificante ver os pais dos alunos comemorando o desempenho dos pequenos. Todos estão de parabéns”, disse a subsecretária de ensino infantil, Rosilene Ribeiro.

A organizadora Deise Goettnauer falou da importância da participação dos alunos e das escolas neste projeto. “Essa última fase da Viagem para o Saber está nos surpreendendo. Os alunos desenvolveram os trabalhos com bastante eficiência, conseguimos estimular o conhecimento acadêmico e cultural destes estudantes. É gratificante saber que todo esse trabalho só contribuiu para o aprendizado desses alunos. Parabéns a todos”.

No dia 5 de novembro, os alunos que fazem parte da modalidade III, voltada para os alunos do 8º e 9º ano, participarão desta última fase do projeto no salão nobre da UCP.   

Vencedores desta última etapa:

MODALIDADE II
1° e 2° lugar - E. São Judas Tadeu
3° lugar - E. Municipal Bataillard

Depois de duas grandes rodadas de negociação, a Prefeitura confirmou neste sábado (31/10) que vai estender até o dia 30 de novembro o Concilia Petrópolis, garantindo a todos os que têm débitos com o município chances de negociar suas dívidas com redução de até 100% de juros e multa e parcelamento em até 60 vezes. Desde 24 de setembro, quando foi iniciada a primeira etapa da campanha, 11.057 negociações foram fechadas, em montante que ultrapassa os R$ 47 milhões em débitos negociados, referentes a IPTU, ISS, taxas e multas.

O prefeito Rubens Bomtempo agradeceu os contribuintes, que têm comparecido à mesa de negociação, dando exemplo de cidadania. “O município precisa manter os serviços, os investimentos, e os recursos para isso vêm dos tributos. Esses recursos vão contribuir de forma significativa para que possamos continuar realizando serviços importantes na cidade, especialmente nas áreas de saúde, educação, limpeza urbana e assistência social”, explicou.

O procurador Geral do Município, Marcus São Thiago, lembrou que, quem tem dívidas com a Prefeitura e ainda não negociou o débito deve procurar a equipe do Concilia Petrópolis. “Estamos oferecendo todas as condições para que o contribuinte possa fazer o pagamento da dívida”, destacou. De acordo com a Procuradoria quem não negociar ficará sujeito a sanções, com inclusão do nome do devedor nos serviços de proteção ao crédito e até penhora de bens. “É importante que todos os que têm débitos, seja de IPTU, ISS ou referente a qualquer taxa ou multa, procure a Prefeitura e negocie a dívida”, ressaltou.

“Estamos oferecendo todas as condições para o contribuinte ficar em dia com o município, possibilitando que a Prefeitura continue investindo em saúde e educação”, disse o secretário de Fazenda, Paulo Roberto Patuléa, O atendimento no Clube Petropolitano será feito de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. Débitos de ISS, multas e taxas podem ser negociados também na Secretaria de Fazenda, na Rua 16 de Março, que mantém atendimento das 10h às 17h.

As condições de negociação, publicadas no Diário Oficial do Município de 23 de julho de 2015 (disponível no site da Prefeitura – www.petropolis.rj.gov.br) prevêem redução de até 100% de juros e multa no pagamento à vista, dependendo do valor do débito.


CONHEÇA AS CONDIÇÕES DE PAGAMENTO



Limite do Crédito Tributário
Percentual de redução de juros de multa para quitação à vista
Percentual de redução de juros de multa para quitação em até 6 vezes
Percentual de redução de juros de multa para quitação em até 12 vezes

Quitação em até 60 vezes
Até R$ 80.000,00
100,00%
80,00%
70,00%
20,00%
De 80.000,01 a R$ 150.000,00
80,00%
60,00%
50,00%
15,00%
De R$ 150.000,01 a R$ 400.000,00
70,00%
50,00%
40,00%
10,00%
De R$ 400.000,01 a R$ 1.000.000,00
60,00%
40,00%
30,00%
5,00%
De R$ 1.000.000,01 a R$99.999.999.999,00
50,00%
30,00%
20,00%
0,00%

A quadra do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrópolis (Sisep), na Rua Dr. Sá Earp, ficou lotada nesta sexta-feira (30/10) para as comemorações do Dia do Servidor. Muita música, sorteio de cerca de 60 brindes e recreação infantil marcaram a festa, que contou com a presença do prefeito Rubens Bomtempo, secretários de governo, vereadores e representantes do sindicato. Na ocasião, Bomtempo assinou o termo de autorização de uso da quadra pelo Sisep por dez anos, formalizando o que já acontecia na prática, o que dará mais garantias aos servidores em relação ao espaço.

A festa foi uma realização da Prefeitura, por meio da Secretaria de Administração e Recursos Humanos, em parceria com o Sisep. O Dia do Servidor é oficialmente comemorado no dia 28 de outubro, quando houve a missa em ação de graça pelos servidores, celebrada na Igreja de São Judas Tadeu. Para a sexta-feira, dia da festa, o prefeito Rubens Bomtempo decretou ponto facultativo.

“A festa do Dia do Servidor é uma homenagem, um reconhecimento, ao esforço e à dedicação dos nossos servidores em levar um serviço de qualidade para a população. Os nossos investimentos em saúde, educação, obras, limpeza urbana e outros serviços somente são possíveis com o trabalho dos nossos servidores, que colocam em prática os nossos projetos. Essa festa então é um agradecimento a esses servidores, por trabalharem para fazer uma Petrópolis melhor”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

“Ficamos felizes em ver a quadra lotada. A festa foi um sucesso. A Prefeitura vem procurando cada vez mais valorizar o servidor, e essa festa é um exemplo disso”, disse o secretário de Administração e Recursos Humanos, Henrique Manzani.

“É uma festa já tradicional, muito importante para a integração dos servidores. É a hora em que os servidores da Comdep se encontram com os da Saúde, da Educação. É uma grande confraternização. E hoje deu muito certo a festa, porque ficou lotada. A vinda do prefeito Rubens Bomtempo foi muito importante, porque é uma oportunidade de ele estar com os servidores. Quando ele escuta a base, o servidor público, ele está ouvindo a comunidade”, disse o presidente do Sisep, Oswaldo Magalhães.

O vereador Thiago Damaceno discursou, ao lado dos vereadores Jorginho Banerge, Meirelles, Marcos Montanha, Luizinho Sorriso e Roni Medeiros. “Parabéns a todos os servidores. Vocês são a alma da Prefeitura, estão sempre lutando para que a população receba um serviço cada vez melhor”, disse Damaceno.

Um dos prêmios sorteados para os servidores foi uma televisão 32 polegadas. Quem ganhou foi a servidora técnica-administrativa da Secretaria de Saúde Dilene Cassemiro de Oliveira, de 24 anos, moradora do Atílio Marotti. “Pra mim, foi ótimo. Como eu viajar, eu vou vender a televisão, então é mais um dinheirinho para a viagem”, disse Dilene, que há 24 anos trabalha na Prefeitura e que, no ano passado, também ganhou prêmios no sorteio da festa do Dia do Servidor, entre eles, dois vale-compras, fones de ouvido e um pen drive.

Petrópolis vai ganhar mais 840 apartamentos pelo Programa Minha Casa, Minha Vida. O anúncio foi feito pelo prefeito Rubens Bomtempo, que se reuniu, na última semana, com os responsáveis por três novos empreendimentos voltados para famílias com renda bruta entre R$ 1,6 mil e R$ 3,275 mil – faixa 2 do programa – que serão construídos no Bingen, no Morin e em Pedro do Rio. A Prefeitura já recebeu os projetos e decretou os terrenos áreas de especial interesse social, abrindo caminho para que sejam realizados pelo programa.

Durante reunião do Grupo de Análise de Empreendimentos (GAE), realizada nesta semana, os empreendedores apresentaram os projetos. “O GAE foi criado para dar mais celeridade ao trabalho de análise dos projetos. Hoje reunimos todas as secretarias responsáveis pelos licenciamentos para discutir o projeto ao mesmo tempo. Isso torna o trâmite, dentro da Prefeitura, muito mais rápido, e permite que o empreendedor faça as adequações necessárias também muito mais rapidamente”, lembrou o prefeito.

Os projetos preveem a construção de 304 unidades habitacionais no Bingen, 256 em Pedro do Rio e 280 no Morin. “Estes projetos se somam a outros três, já licenciados pela Prefeitura. Estamos avançando nesta questão”, frisou o prefeito, fazendo referência aos empreendimentos Cenário de Monet, Bosque de Montreal e Palmeiras do Prado, que receberam incentivos fiscais da Prefeitura e garantirão a construção de 814 novas unidades habitacionais na região de Corrêas.

Sábado, 31 Outubro 2015 - 09:12

Concilia Petrópolis termina nesta sexta-feira

O Concilia Petrópolis chega, nesta sexta-feira (30/10), ao seu último dia com saldo positivo. Mais de 11 mil negociações foram concluídas até agora nesta campanha da Prefeitura que, desde o dia 24 de setembro, oferece condições especiais para o pagamento de débitos com o município incluindo redução de até 100% de juros, multas e o parcelamento em até 60 vezes. Mesmo com o ponto facultativo pelo Dia do Servidor, o atendimento no Clube Petropolitano (Av. Roberto Silveira – Centro) acontecerá normalmente das 10h às 17h.

“Quem tem dívidas com a Prefeitura e ainda não negociou o débito deve ficar atento porque estamos oferecendo todas as condições para que o contribuinte possa fazer o pagamento da dívida”, destacou o procurador Geral do Município, Marcus São Thiago. De acordo com a Procuradoria quem não negociar ficará sujeito a sanções, com inclusão do nome do devedor nos serviços de proteção ao crédito e até penhora de bens. “É importante que todos os que têm débitos, seja de IPTU, ISS ou referente a qualquer taxa ou multa, procure a Prefeitura e negocie a dívida”, ressaltou São Thiago.

“Estamos dando todas as condições para o contribuinte cumprir com o seu dever de cidadão, possibilitando que a Prefeitura continue investindo em saúde e educação”, disse o secretário de Fazenda, Paulo Roberto Patuléa, lembrando que esta é a oportunidade que o contribuinte tem para quitar seus débitos também com o Imposto Sobre Serviço (ISS) dos profissionais autônomos e a taxa de vigilância sanitária, por exemplo. “No caso do ISS, a pessoa pode retirar as guias pela internet, no site da Prefeitura – www.petropolis.rj.gov.br. Já a guia para pagamento da taxa de vigilância sanitária tem que ser retirada no segundo andar da Secretaria de Fazenda, na Rua 16 de Março, 183, Centro”, esclareceu.

“Aqui está melhor do que qualquer hospital particular. Lá fora a gente fica preocupado, pensando em como vai ser, mas quando chega aqui na maternidade vê que é bom mesmo”. Foi com essas palavras que o motorista Jesse de Almeida Souza, de 40 anos, que acompanhava a esposa Rosana Astine Ferreira de Souza, definiu a nova ala da maternidade do Hospital Alcides Carneiro (HAC), entregue na última quarta-feira (28/10) pelo prefeito Rubens Bomtempo. O prédio, com 28 leitos, faz parte da primeira grande reforma do hospital, que vai ganhar mais leitos de clínicas médica e cirúrgica e de alojamento na pediatria, totalizando 44 novos leitos.

A entrega da nova ala aconteceu em clima de festa e de muita emoção. “As mulheres serão recebidas em um lugar especial, dedicado a elas. Ao entrar nestes leitos, tenho a certeza de que estamos no caminho certo, trabalhando para dar espaço digno e atendimento de qualidade às pacientes”, disse o prefeito, ao lado da primeira dama e secretária Chefe de Gabinete, Luciane Bomtempo, que foi presidente do Conselho Municipal dos Diretos da Mulher (Comdim) e é presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). “Fico emocionada ao ver este espaço pronto. É resultado de muito trabalho, muito empenho, muita dedicação de muita gente. Vi de perto todo o esforço do Rubens (Bomtempo), do André (Pombo, secretário de Saúde) e de toda a equipe do hospital, incluindo diretores e funcionários, para tornar este sonho realidade. Ver os primeiros leitos prontos, perceber a alegria das mulheres e de seus familiares entrando aqui, nos traz uma alegria indescritível”, ressaltou.

Com a entrega desta primeira etapa, 60% da obra do hospital está concluída. “Agora iniciamos a reforma dos outros leitos da maternidade. A expectativa é entregar a maternidade totalmente concluída em dezembro. Também estamos com intervenções na portaria e na pediatria. Além disso, outros espaços como as clínicas também passarão por reforma. A nossa prioridade foi começar pela maternidade, uma vez que desde o dia 31 de dezembro de 2012 o HAC passou a ser a única maternidade pública da cidade após o fechamento da Casa Providência. Desde então, a maternidade funcionava em duas alas e, com a obra, ela passa a funcionar em único local, com mais comodidade para as mães e organizando também o trabalho das equipes do hospital”, disse o prefeito.

A moradora de Madame Machado, Monalisa Figueiredo Martins, de 19 anos, também foi só elogios para a nova maternidade. “Estava na outra ala e quando me trouxeram para cá vi que tudo ficou lindo. Tudo bem diferente e muito melhor, mais amplo e arejado”, disse. As novas instalações também agradaram os funcionários da maternidade. “Amei tudo. Está parecendo um hospital particular. Estou torcendo para que a obra toda acabe logo”, comemorou a técnica de enfermagem, Angela Maria de Jesus, que trabalha na unidade há quatro anos.

A maternidade, que, após a reforma, passará a funcionar em uma única ala. A unidade também vai ganhar um elevador, consultórios, sala de exames, novos banheiros e unidade intermediária, além de um espaço para a gestante receber a medicação. Além da maternidade passarão por obras a clínica cirúrgica, pediatria, enfermaria da clínica médica e a portaria. Os projetos prevêem, além da troca do piso, pintura, revestimento e isolamentos.

Uma obra irregular com movimentação de terra provocou a queda de um poste na Rua Bartolomeu Sodré, no Caxambu, na noite de quarta-feira (28/10), já que as intervenções no imóvel particular descalçaram a rua. O proprietário foi notificado nesta quinta-feira (29/10) pela Secretaria de Proteção e Defesa Civil a protocolar na Prefeitura, dentro de um dia útil, um projeto para restabelecer a segurança da via. No caso de descumprimento, o proprietário será multado em R$ 20 mil.

O Núcleo de Fiscalização de Obras Particulares, coordenado pela Secretaria de Proteção e Defesa Civil, já havia embargado a obra em julho e multado o proprietário em R$ 1 mil. Em setembro, quando a fiscalização constatou o descumprimento do embargo, o proprietário foi novamente multado, em R$ 2 mil. Nesta quinta-feira, a fiscalização voltou ao local e constatou que a obra avançou ainda mais, gerando uma nova multa de R$ 5 mil. Em nenhum momento o responsável apresentou a autorização da Prefeitura para a obra.

No local, havia uma placa indicando um engenheiro como responsável técnico pela obra. A Secretaria de Proteção e Defesa Civil informou o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ) sobre o caso, para que o órgão de classe avalie o caso.

Plano de Contingência de Petrópolis – A queda do poste provocou a interrupção do trânsito e do fornecimento de energia elétrica no bairro na noite de quarta-feira. Logo após a ocorrência ser registrada na Secretaria de Proteção e Defesa Civil pelo telefone 199, agentes foram prontamente ao local. A Secretaria e acionou o Plano de Contingência de Petrópolis para mobilizar a Secretaria de Obras, a CPTrans e a concessionária de energia elétrica, Ampla, para devolver a normalidade à região.

“É importante que todos entendam o seu papel na segurança da população. Para realizar obras, é preciso ter autorização da Prefeitura e a orientação de um responsável técnico, como um engenheiro e um arquiteto. No caso do Caxambu, um ato isolado, de não cumprir a legislação, prejudicou a população de todo o bairro, que ficou sem energia elétrica e com o trânsito interrompido. Quando uma pessoa decide fazer uma obra irregular, sem autorização da Prefeitura, ela está assumindo um risco, ameaçando a própria segurança e a de terceiros. Além disso, corre o risco de ser multada, como foi o caso do Caxambu, e de perder os recursos investidos na obra. Viemos reestruturando o Núcleo de Fiscalização de Obras Particulares, para que fique cada vez atuante nesse sentido, contribuindo para a segurança da cidade. Mas é preciso que a população participe desse processo, não construindo de forma irregular”, disse o secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Agosto 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo