A Prefeitura vai participar com oito escolas da cerimônia de premiação da XVI Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) que acontece nesta terça-feira (3/12), às 13h, na UCP (rua Benjamin Constant, 213). O evento acontece pela primeira vez na cidade e quatro alunos da rede recebem medalha de ouro.

A OBA reúne anualmente alunos de todos os anos do ensino fundamental e médio do país e é promovida pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), Agência Espacial Brasileira (AEB) e Eletrobras Furnas. Nesta edição, Petrópolis possui 32 escolas inscritas no total e conta com 2.863 alunos participantes.

A OBA tem como objetivos fomentar o interesse dos jovens pela astronomia, astronáutica e ciências afins e promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa. Para estimular ainda mais o aprendizado, a organização da olimpíada doa anualmente livros, galileoscópios, revistas especializadas, planisférios e outros materiais educacionais às escolas que participam. Além disso, as mesmas recebem sugestões de atividades práticas a serem realizadas em sala de aula como construção de relógios de Sol e Estelar, planisfério celeste rotativo, observações astronômicas e montagem e lançamento de foguetes feitos de garrafas pet.

Este ano, a OBA distribuiu quase 34 mil medalhas. Foram cerca de nove mil de ouro, 10 mil de prata e 15 mil de bronze. Participaram da iniciativa 775 mil estudantes de quase nove mil escolas públicas e particulares de todas as regiões do país. A OBA contou ainda com o auxílio de mais de 62 mil professores e cerca de mil alunos foram pré-selecionados para participar da seleção das duas equipes que vão representar o Brasil nas Olimpíadas Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA, na sigla em inglês) e na Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA).

Terça, 03 Dezembro 2013 - 09:52

Metade dos servidores recebe pagamento na CEF

Cerca de cinco mil servidores públicos municipais já receberam os vencimentos pela Caixa Econômica Federal na última sexta-feira (29/11). Este foi o primeiro mês da migração dos pagamentos da Prefeitura para a instituição vencedora do processo público licitatório. Uma descompatibilidade do arquivo eletrônico para a recepção de dados da Secretaria de Administração impediu que os salários fossem creditados ainda na parte da manhã, mas os problemas foram sanados e os valores depositados no mesmo dia.

De acordo com o gerente geral da Agência Imperial da CEF Petrônio Garcia, tão logo a falha técnica foi detectada, as providências começaram a ser tomadas. “Todos que procuraram a agência foram atendidos e conseguiram retirar seus salários, assim como aqueles que deixaram para sacar no fim de semana e não tiveram qualquer impedimento”, explicou .

De acordo com Petrônio, apenas os servidores da Educação e de outras partes da Administração Direta foram afetados. “Para o pagamento do 13º salário, previsto para o dia 20, já estaremos com todo o processo finalizado e atendendo cem por cento da folha”, complementou.

Com o objetivo de garantir mais comodidade aos servidores, a pedido do prefeito Rubens Bomtempo, caixas eletrônicos serão instalados na Secretaria de Fazenda, na sede da Prefeitura e na Comdep. “Uma providência imediata foi a ampliação do número de caixas eletrônicos na Agência Imperial, que passou de 12 para 24 equipamentos”, destacou. Uma agência no Alto da Serra também deve ser inaugurada antes do final do ano.

Iniciativa reforça Patrulha Mecanizada da Prefeitura

O projeto de Patrulha Mecanizada da Prefeitura de Petrópolis, que garante assistência aos produtores rurais da cidade, ganhou reforço nesta segunda-feira (2/12) do Programa Nossa Terra, do Instituto de Terras e Cartografia do Estado (Iterj) e da Secretaria de Estado de Habitação. As comunidades rurais de Jacó, Caxambu, Brejal e Bonfim receberam R$ 671 mil em maquinários e equipamentos como trator, microtrator, arados e roçadeiras. A iniciativa aumenta a produtividade e ainda gera mais renda para o setor, uma das maiores vocações da cidade.

“Estamos cada vez mais valorizando a produção agrícola da cidade, que é uma das cinco maiores do estado e garantindo a qualidade e o aumento da produção. É sem dúvida mais uma avanço nesse setor tão importante para o país”, disse o vice-prefeito Luiz Fernando Vaz, que estava representando o prefeito Rubens Bomtempo durante a solenidade.

O secretário municipal de Agricultura, Leonardo Faver, ressaltou que poderá ampliar o número de produtores atendidos: “Com esse reforço do estado, o município poderá expandir a patrulha mecanizada para outras áreas garantindo o atendimento e o apoio técnico em todas as fases da produção”.

As quatro comunidades agrícolas de Petrópolis reúnem 355 trabalhadores do Campo e já receberam investimentos de R$ 253 mil, após serem incluídas no programa de regularização fundiária: “Queremos assegurar a democratização da terra e fixar o homem no campo com dignidade, qualidade de vida, sustentabilidade e geração de emprego e renda”, destacou o secretário estadual de Habitação, Rafael Picciani, que no ato representou o governador Sérgio Cabral.

“Essa é uma iniciativa muito importante para os agricultores. Queremos aumentar em pelo menos 20% a nossa produção e tenho certeza que conseguiremos fazer bom uso dos equipamentos”, declarou o vice-presidente da Associação de Produtores Rurais da Comunidade do Bonfim, Robson Batista da Silva.

Uma parceria da Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, com o curso de nutrição da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) está melhorando ainda mais a qualidade da merenda das escolas da rede municipal. Na última semana, três instituições foram visitadas por alunos da faculdade, acompanhados por nutricionistas da secretaria, para a realização da pesagem e aferição da estatura de 150 alunos. A ação faz parte da pesquisa que está sendo realizada para a avaliação nutricional do cardápio.

“O prefeito Rubens Bomtempo sempre esteve preocupado com esta questão e busca fortalecer a alimentação escolar, que entendemos ser uma importante política pública de promoção da saúde dos estudantes”, avaliou a secretária Mônica Freitas. A nutricionista da rede Nathália Thomaz conta que, além das avaliações nutricionais, estão sendo realizados testes de aceitação do cardápio pelos alunos, com o método chamado Resto Ingestão. “Pesamos separadamente todos os alimentos assim que são preparados; o que não é consumido e também os restos que sobram nos pratos dos alunos. Dessa forma, ficamos sabendo o nível de aceitação”, explica. O processo de aperfeiçoamento é contínuo. “Estamos sempre procurando melhorar a alimentação dos alunos da rede e essa parceria com a FMP/Fase é construtiva para todos”, completou.

A subsecretária de Ensino Fundamental, Fátima Lavrador, responsável pelo planejamento da Alimentação Escolar, explica que a base vem do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), resolução nº 26 de 17 de junho de 2013, do Ministério da Educação. “O município oferece, diariamente, cinco refeições nos Centros de Educação Infantil e nas escolas que possuem o Programa Mais Educação (nestas, os alunos ficam em horário integral). Já para as unidades escolares e escolas de Educação Infantil, são servidas três refeições por turno”, disse. Considerando o número de alunos que se alimentam em cada escola do município, ao todo são servidas mais de dois milhões de refeições por mês.

As pequenas são à base de leite e/ou frutas. Já as grandes refeições são compostas diariamente por hortaliças e fontes protéicas. “Além do aporte calórico obtido dos carboidratos e lipídios, as refeições foram pensadas para atender no mínimo 70% das necessidades nutricionais dos alunos que permanecem dois turnos na escola e 30% para aqueles que ficam apenas um turno”, detalha.

A subsecretária garante que “se alimentando de acordo com o cardápio oferecido pela Prefeitura, o aluno matriculado na rede municipal de ensino receberá diariamente porções proporcionais de fibras, vitaminas A e C e minerais como cálcio, ferro, magnésio e zinco.” Os cardápios que estão em vigência nas unidades escolares e Centros de Educação Infantil do são sempre publicados em Diário Oficial (D.O). O cardápio atual foi publicado no D.O nº 4316, do dia 26 de setembro de 2013.


ALIMENTAÇÃO DIFERENCIADA

Para o primeiro semestre de 2014, a Assessoria Adjunta de Alimentação Escolar vai consultar todas as escolas para verificar quantos e quais os casos de alunos que necessitam de uma alimentação diferenciada, tais como diabetes, intolerância a lactose, entre outros.

“Atualmente essa alimentação diferenciada é feita pontualmente. Os pais notificam as escolas e as diretoras ficam responsáveis em fornecer esses alimentos. Porém, a maioria desses alunos, hoje, leva seu próprio lanche”, disse a subsecretária.


ESTÍMULO À AGRICULTURA FAMILIAR

Outro ponto importante a ser ressaltado pela secretária de Educação é o compromisso  com a agricultura familiar do município, por meio de um convênio da secretaria de Agricultura, Abastecimento e Produção com a Associação de Produtores Hortifrutigranjeiros do Estado do Rio de Janeiro (Aperj). “O município repassa R$ 1,2 milhão por ano para a Aperj, pois 32% da merenda escolar é comprada dessa associação”, explica o secretário de Agricultura, Abastecimento e Produção, Leonardo Faver.

Para Mônica Freitas, trata-se da conjunção de dois fatores relevantes: a garantia da alimentação saudável e o estímulo ao trabalho dos produtores rurais. “Temos um compromisso com a alimentação saudável dos nossos alunos e também com a agricultura familiar, pois valorizamos os produtores da região”, resumiu.

O prefeito Rubens Bomtempo participou na última quinta-feira (28/11), no Rio, do lançamento do Plano Estadual de Proteção e Defesa Civil. O evento, realizado no Palácio Guanabara, em Laranjeiras, contou com a presença do governador Sérgio Cabral, do vice-governador, Luiz Fernando Pezão, do ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, e de prefeitos e secretários de Defesa Civil dos municípios do estado do Rio.

O governo do estado apresentou as medidas que vem tomando na prevenção e na resposta a desastres em parcerias com os municípios. Durante a apresentação do plano, o comandante do Corpo de Bombeiros e secretário estadual de Defesa Civil, coronel Sérgio Simões, citou Petrópolis como exemplo a ser seguido pelos demais municípios na prevenção de desastres naturais: além da iniciativa de criar os Nudecs (Núcleos comunitários com voluntários da comunidade), a Prefeitura criou uma gratificação adicional para agentes de saúde que atuam na prevenção, realizando o acompanhamento das chuvas, por meio de pluviômetros caseiros, cadastrando moradores de áreas de risco e participando dos cursos de capacitação da Defesa Civil.

“O prefeito Rubens Bomtempo criou uma gratificação adicional para os agentes de saúde. Com isso, criou um pequeno exército de prevenção de tragédias. Só temos uma chance de prevenção de desastres naturais, que é a comunidade reagir proativamente, ser capaz de autoproteção”, disse Simões.

Acompanharam o prefeito no evento no Rio os secretários de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão, de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Jorge Maia, e de Ciência e Tecnologia, Airton Coelho. O Plano Estadual de Proteção e Defesa Civil define as competências de cada órgão na resposta e na prevenção de desastres naturais nos 92 municípios fluminenses. Além desse documento, Petrópolis vai contar, já no próximo verão, com o Plano Municipal de Contingência, em fase final de elaboração pela Prefeitura, que também define o que caberá a cada órgão em caso de tragédia das chuvas no município.

Na próxima quarta-feira (4/12), às 15h30, o Clube Petropolitano será palco do Baile da Terceira Idade, evento gratuito da Secretaria Estadual do Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida (SEESQV) com o apoio da Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac). Esta é a 11ª edição do programa Bailando na Melhor Idade, que reúne as pessoas com mais de 60 anos com o objetivo de promover a interação e elevar a autoestima. Cerca de 500 pessoas são esperadas nesta edição.

Para o secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania Jorge Maia, o evento reafirma o compromisso do governo municipal com a terceira idade. “Momentos de lazer e descontração e, sobretudo, gratuitos, são muito importantes para os que já passaram dos 60 anos. Esse evento vai reafirmar o compromisso do nosso governo com os cidadãos e fortalecer a nossa parceria com o secretário Marcus Vinícius, que tem se mostrado um gestor com uma grande visão.”

Até o fim do ano, 18 bailes serão realizados em todo Estado do Rio de Janeiro. De acordo com o secretário Estadual do Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida, Marcus Vinícius, durante os bailes já realizados, muitos idosos o procuraram para agradecer a realização do evento. “Eles merecem esses momentos de descontração. Muitas senhoras me disseram, por exemplo, que esquecem de cuidar delas mesmas e de se divertir, porque passam o dia com tarefas. Não podemos esquecer essas pessoas que tanto contribuíram para a sociedade. Eles também têm o direito de aproveitar a vida, fazer amigos, ter alegria.”


Serviço

Local: Clube Petropolitano - Avenida Roberto Silveira, 82, Centro

Horário: das 15h30 às 17h30

Entrada gratuita

Estudantes e servidores de dez escolas municipais participaram nesta sexta-feira (29/11), Dia Municipal de Redução de Riscos de Desastres, de treinamentos de evacuação. A iniciativa uniu Prefeitura, Estado e União, já que também se comemora o Dia Estadual de Redução de Riscos nesta data. Os alunos de cada unidade foram treinados para deixar as salas de aula e a ir para a quadra da escola em poucos minutos, para assim estarem preparados no caso de incêndios, deslizamentos ou inundações.

A Prefeitura participou das atividades por meio das secretarias de Proteção e Defesa Civil e de Educação. As secretarias estadual e nacional de Defesa Civil também acompanharam as ações. O secretário de Proteção e Defesa Civil, tenente-coronel Rafael Simão, lembrou que prevenção de riscos de desastres deve ser feita em parceria pelo poder públicos e população.

“Para fazer Defesa Civil, tem que começar nas escolas, para as crianças aprenderem sobre prevenção desde cedo, começando assim uma mudança de comportamento em Petrópolis. Se cada um fizer um pouco, podemos ter uma cidade mais segura”, disse o secretário.

Os treinamentos foram realizados em dez escolas municipais: Dr. Rubens de Castro Bomtempo (Vila Felipe), Prefeito Jamil Sabrá (Rua Coronel Veiga), Governador Marcello Alencar (Quitandinha), Odette Fonseca (Duques), Stefan Zweig (Quitandinha), Vereador José Fernandes da Silva (Alto da Serra), Paroquial Bom Jesus (Dr. Thouzet), Clemente Fernandes (24 de Maio), Ana Mohammad (Castelânea) e João Paulo II (São Sebastião).

Outros treinamentos de evacuação foram realizados pelo Corpo de Bombeiros no Fórum, na Avenida Barão do Rio Branco; no Senac, na Rua Alfredo Pachá, no Centro; e na empresa GE Celma, no Bingen.

Na Escola Municipal Dr. Rubens de Castro Bomtempo, na Vila Felipe, os alunos deixaram as salas de aula e foram para a quadra da unidade em dois minutos e 14 segundos. A diretora da escola, Eliane Soares, afirmou que o resultado foi positivo, garantindo mais segurança para os estudantes na escola e em casa. Na unidade, há 900 estudantes do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, e participaram da atividade 401 alunos do turno da manhã.
“Se precisarem, esses alunos vão fazer a diferença nas escolas, na comunidade. É um ensinamento que eles vão levar para a vida deles”, disse a diretora.

Os interessados em participar do programa Projovem, do Ministério da Educação em parceria com a Prefeitura, têm uma boa notícia: a data das inscrições foi prorrogada até o dia 20 de dezembro. O programa é voltado para os jovens entre 18 e 29 anos que ainda não concluíram o Ensino Fundamental. Além do certificado de conclusão do curso, os participantes recebem aulas de capacitação profissional na área de vestuário ou turismo, tudo em 18 meses. Também é oferecida uma bolsa de R$100,00 por mês e as escolas dispõem de educadores para cuidarem dos filhos (até oito anos) dos alunos.

Em Petrópolis, o projeto é realizado em quatro escolas-polo e os interessados podem se matricular nestes locais ou na secretaria de Educação. Para participar é necessário saber ler e escrever, porém, estar fora da escola e não ter concluído o Ensino Fundamental. É necessário apresentar CPF, identidade, certidão de nascimento ou casamento e comprovante de residência no ato de inscrição.

Endereços para as inscrições:

Secretaria de Educação - Avenida Koeler, 341, no setor do Projovem Urbano, das 9h às 18h30, de segunda a sexta-feira, telefone 2246-8673

EM Monsenhor João de Deus Rodrigues, Pedro do Rio (80 vagas), tel: 2223-2238

EM Josemar Contage, Corrêas (20 vagas), tel: 2221-4289

Liceu Municipal Carlos chagas, Centro (25 vagas), tel: 2242-1062

EM Stefan Zweig, Quitandinha (80 vagas), tel: 2245-6737

Sábado, 30 Novembro 2013 - 09:47

Projeto de Orientação Psicológica no HMNSE

Entre os meses de dezembro e janeiro, começa no Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE) a primeira etapa do projeto Orientação Psicológica, promovido pelo Serviço de Segurança do Trabalho, a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). A iniciativa tem como objetivo orientar os funcionários quanto ao comportamento, motivação, integração e humanização.

“As equipes envolvidas neste projeto reconhecem que o ambiente hospitalar, por suas características próprias elevam as chances de desencadear várias doenças para este trabalhador, podendo ser utilizado como exemplo o estresse”, comentou o Técnico de Segurança do Trabalho Éverton Alves, presidente da CIPA.

Inicialmente serão oferecidas 20 vagas para os servidores lotados na unidade. As inscrições podem ser feitas diariamente com a chefe do almoxarifado Célia Regina. Os atendimentos acontecem às terças e quintas entre 15 e 17h.

O prefeito Rubens Bomtempo firmou na manhã desta sexta-feira (29/11) uma parceria com o governo do Estado que aproxima ainda mais os petropolitanos de concretizarem um antigo sonho da cidade: a instalação de um campus da Universidade Federal Fluminense (UFF). O convênio, assinado pelo prefeito e o subsecretário estadual de Ciência e Tecnologia, Alexandre Vieira, garante a cessão do prédio onde funcionava a Faculdade de Medicina na Estrada da Saudade, totalmente reformado pela Prefeitura, para abrigar o polo da Faetec e o Cederj, que atualmente estão instalados no Ciep do Quitandinha. A mudança permitirá a implantação em Petrópolis de um Centro Vocacional Tecnológico (CVT). Com a iniciativa, o prédio do Ciep do Quitandinha passará a funcionar como um campus da UFF, em parceria com a Prefeitura.

“Esse passo é consequência de todas as ações já realizadas por diversos atores da cidade. É a prova de que todos nós construímos um ambiente favorável para chegarmos hoje e podermos anunciar que Petrópolis terá uma universidade pública. Essa notícia garante também a realização de outro sonho: a implantação de um Parque Tecnológico, que trará um outro sentido e uma nova importância para Petrópolis. Vamos receber a UFF de braços abertos e garantirmos, com isso, educação pública de qualidade, do Ensino Infantil ao Doutorado”, comemorou o prefeito.

A UFF campus Petrópolis vai oferecer os cursos de graduação em Engenharia de Produção e Engenharia de Computação além do Mestrado Profissional na área de Engenharia. A instituição vai permitir que o município tenha oferta de ensino público de qualidade, desde o técnico oferecido atualmente pelo CEFET - conquista de Bomtempo na sua segunda gestão como prefeito em 2008-, até o doutorado, que ficará por conta do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC).

O subsecretário estadual de Ciência e Tecnologia, Alexandre Vieira, que no ato estava representando o secretário Gustavo Tutuca, destacou que a iniciativa marca a história do município: “Quando um polo da UFF, uma das melhores universidades públicas do país, chega a uma cidade, ela nunca mais é a mesma. Essa será a realidade de Petrópolis do dia de hoje em diante. A população vai sentir um outro clima, totalmente favorável ao desenvolvimento tecnológico, a pesquisas, à formação de mão de obra de qualidade. O prefeito Rubens Bomtempo foi incansável nessa batalha e hoje estamos tendo a felicidade de anunciar a todos os petropolitanos”.

O vice-reitor da UFF Sidney Luiz de Matos Mello destacou o ambiente favorável de Petrópolis para a instalação do campus da universidade: “A vocação da cidade para a tecnologia é o que nos atrai. Entraremos aqui com o pé direito e com muita felicidade porque sabemos o quanto essa notícia era esperada por essa cidade. Rubens Bomtempo é um prefeito persistente, dedicado e que conduziu essa negociação e parceria com muita serenidade em prol de um sonho de todos. É uma satisfação enorme estarmos em Petrópolis”.

Segundo distrito terá polo da Faetec, Cederj e ainda um CVT para o Turismo – Com a cessão de parte do prédio da antiga Faculdade de Medicina pelo município para o Estado, o local abrigará os polos da Faetec, Cederj e ainda um Centro Vocacional Tecnológico. Com isso, os cursos de graduação à distância oferecidos pelo Cederj poderão ser ampliados. Para o ano que vem, além das licenciaturas em Biologia, Matemática e Pedagogia, também será implantado o curso de técnico de Segurança Pública. A expectativa é de que as atividades do CVT na Estrada da Saudade abriguem cursos nas áreas de auxiliar de restaurante, cozinheiro, garçom, camareira, recepcionista de hotel e restaurante, além de espanhol e inglês.

Também participaram da solenidade o presidente da Faetec, Celso Pansera, o diretor do LNCC, Pedro Leite da Silva Dias, o secretário municipal de Ciência e Tecnologia, Airton Coelho, a secretária municipal de Educação, Monica Freitas, o presidente do Cecierj, Miguel Badenes e o juiz José Cláudio Macedo Fernandes.

Notícias por data

« Julho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP